Ir para conteúdo

Argentina e Chile 8.200 km em 14 dias de carro


Posts Recomendados

  • Membros

Este é o relato da viagem que eu minha esposa e nossa filha fizemos em julho ( inverno ) pela Argentina e Chile, de carro.

Queria dizer aos colegas de site, que estamos muito felizes em poder compartilhar com vocês essa magnífica viagem que fizemos durante as ferias escolares e tbm mostrar como esta a situação das rodovias para aqueles que vão fazer uma viagem passando pelos mesmos lugares ou que pretendem um dia passar. ::otemo::

 

Enfim chegou o dia da viagem, desde o inicio de abril traçando a rota, definindo lugares a visitar, quais rodovias usar,quais evitar, praticamente estudando cada daquele que achávamos que seria um detalhe, mas que na prática é uma enorme fase a ser completada.

Saímos de São Miguel do Iguaçu, aprox.30km de Foz do Iguaçu – oeste do Paraná - dia 07-07-11 as 04:00hs da madrugada, destino ,,,,

ARGENTINA E CHILE !

 

Queríamos ver de perto como é este conjunto de montanhas impressionante que estendende-se pela America do Sul chamada de Cordilheira dos Andes e desfrutar de paisagens, muitas paisagens . . .

Nosso objetivo ainda era:

 

Visitar a cidade mais afetada pelas cinzas do vulcão chileno Puyehue, chamada Villa La Angostura na Argentina, que fica apenas 30 km do mesmo vulcão;

Fazer a subida ( a pé ) no Vulcão Vilarica que fica em Pucón no Chile;

Conhecer a capital do Chile, Santiago;

"brincar"na estação de esqui Farelones e El Colorado, aprox 40 km de Santiago - Chile;

Conhecer 2 praias banhadas pelo oceano pacifico, Viña Del Mar e Valparaiso;

Conhecer e atravessar a Cordilheira dos Andes pela ruta 60, onde passaríamos pelos famosos "caracoles" (conjunto de curvas fechadas que percorrem as montanhas nos andes);

Saborear um bom vinho em Mendoza ( cidade famosa por suas inúmeras vinícolas);

Passar uns dias numa estação de esqui cravada no meio das montanhas dos Andes do lado argentino chamada Las Leñas, isolada do mundo, sem telefone, internet, televisão (opcional Sky), radio, isolamento total ( nem maquininha de passar cartão tinha rs).

Acreditamos ter cumprido todos eles, porém com um pouco de pressa, é verdade, mas QUASE tudo na vida é assim,as coisas mais belas duram pouco mesmo.

O roteiro oficial foi esse abaixo, com pequenas modificações, mas foi o mais fiel possível a idéia inicial. Isto é importante numa viagem pré programada e longa como esta.

Então, vou postando as fotos e comentando-as .

No total foram pouco mais 8.200 km em 14 longos e inesquecíveis dias, viajando de carro pelo sul do continente com muita tecnologia, conforto, segurança, espaço, e potencia que o C4 PICASSO nos proporcionou.

 

O roteiro oficial é este abaixo, coloquei as principais cidades que servem de referencia para futuros viajantes.

 

20110812101429.jpg

dados/ fonte: Mapa Rodoviário da Argentina e Chile, Mapa Rodoviário Detalhado da Patagonia, google earth, google mapas, Guia de Hoteis Arg. e Chile 2011 e GPS Garmin 1310 no carro.

 

1º Trecho - Foz do Iguaçu – Rosário Arg: 1.317 km, desviando Corrientes pela Ruta 12 saída prevista para dia

09-07-11 entre 03:30 e 06:00hs hs com chegada a noite em Rosário

(trecho somente estrada pernoite em Rosário sem reserva de hotel, somente com catálogo de hoteis )

 

2 º Trecho Rosário – Neuquén Arg. : 1.168km Ruta 33 e 152 saída prevista para 06:00hs dia

10-07 com chegada começo da noite em Neuquen. ( trecho somente estrada sem reserva de hotel)

 

 

20110812101756.JPG

Travessia do deserto reserva muitas retas e paisagens unicas!

 

20110812103455.JPG

Ao fim de um longo dia dirigindo , fomos contemplados com um por do sol exuberante... sem palavras!

 

 

3º Trecho Neuquen – Villa La Angostura Arg : 470 km Ruta 22,237,40 e 231. Na verdade fomos para Villa, via Sam Martin de los Andes.

 

Nesta região, fosseis de dinossauros encontrados nas proximidades da rodovia, confirmam que estes seres ja viveram por ali em algum ponto do passado...

fosseisdedinodesertoarg2.jpg

fosseisdedinossauro-desertoarg.jpg

 

PIT STOP, parada para reabastecer ! No total usamos 13 tanques de combustível cerca de 780 litros de gasolina.

IMG_1029.jpg

 

 

Encontramos muitos animais mortos devido as cinzas, principalmente de fome prox. a ruta. muitas cinzas na pista desde Piedra del Aguila, aprx. 300 km do Vulcão Puyehue, ficamos impressionados com o que viamos , ele simplesmente mudou a paisagem local, cobrindo com cinzas tudo o que antes era verde.

IMG_1132.jpg

IMG_1091.jpg

 

Poerão de cinzas no C4 - 200km do vulcão Puyehue

acostamentoepaisagemcomcinza300kmdovucoarg.jpg

 

As cinzas ja não faziam mais parte só do acostamento 100km do vulcão

estradalisacomcinzas-barilochepatagoniaarg.jpg

 

Agora ja era fato, estávamos sobre as cinzas literalmente, aprox 1 metro de cinzas acima do asfalto, essa era a visão que eu tinha da rodovia "asfaltada" estrada de Sam M. de los Andes \ Villa La Angostura, trecho pequeno, mas levamos mais de 3 horas desviando de galhos, troncos, atoleiros, estrada esta precaria.

estaradacomcinzasproxaovulcao.jpg

 

mesmo num cenário como este, a natureza insiste em mostrar suas belezas, olha a cor deste lago...

lagonocaminhoavilaangosturaargcomcinzas.jpg

lagonocaminhovilaangosturacomcinzas2.jpg

lagoespelhopatagonia.jpg

 

Estrada secundaria que levava para uma pousada, atualmente desativada assim como a maioria na região...

estradacomcinzasvilaangosturaarg.jpg

estaradacomcinzas30kmdovulcao.jpg

 

Estas fotos não estão preto e brancas não... chegava até dar uma coisa ruin olhar pra tanto cinza, cinza, cinza, toneladas de cinzas na paisagem, que força impressionante da natureza e deste vulcão tbm, capaz de mudar tudo do dia pra noite!... sem palavras

IMG_1189.jpg

 

estradacomcinzasproximoaovulcao.jpg

 

vejam detalhe nas pedras, agua de cor escura...contaminada...

riocontaminadopelascinzas.jpg

 

Maquinas trabalhando e removendo as cinzas do vulcão o dia inteiro, exército argentino na area tbm ajudando, foram bem atenciosos conosco, viram carro com placa brasileira devem ter pensado..... "vamos tratar bem esses brasileiros loucos que resolveram gastar dinheiro aqui "

maquinasremovendocinzas.jpg

 

Chegando em villa la Angostura

IMG_1283.jpg

COMPARAÇÃO COM O ANO PASSADO, QUANDO SÓ TINHA NEVADO...SEM CINZAS DE VULCÃO...

cerroBayo21-1-1-1.jpg

 

Aqui uma vista parcial da Villa, as ruas, gente isso tem 40 dias que o vulcão tinha expelido estas cinzas...40 dias e ainda essa quantidade de cinzas nas ruas, falei com algumas pessoas la, disseram que a informação que eles tem, é que estas cinzas vão demorar aproximadamente de 2 a 4 anos para "sumirem" da paisagem...que locura :shock:

IMG_1223.jpg

 

hostel que ficamos em V. Angostura, chamado Las Cumbres, recomendadíssimo, estava fechado assim como os 95% dos hostels locais, mas o dono se comoveu por estarmos com criança, carro. em famila,.. e resolveu nos acomodar em um quarto .somente nós de hospedes e mais um amigo do cara da Califórnia.

IMG_1285-1.jpg

 

Uma mesinha pra jogar um truco...mas não desta vez

IMG_1220.jpg

 

Sem muita coisa pra fazer em Villa la Angostura (centro de esqui fechado), comercio parcialmente aberto... Pé na estrada no dia seguinte, fomos ate Bariloche,e região, mas sem muita esperança de encontrar neve, fomos só para passear mesmo, nosso objetivo neste dia, era chegar no Cerro Tronador, Um lugar onde o som do gelo se desprendendo das montanhas, emite um enorme barulho similar ao de um trovão! Esse era o caminho....C4 mais uma vez sendo testado em um "piso" diferente, o Ripio, especie de estrada de cascalho.

estradacomripiopatagoniaarg2.jpg

estradaderipioarg.jpg

caminho bem sinuoso...

 

estaradacomripiopatagonia1.jpg

 

"estrada" sem demarcação, sinalização, e estreita tbm, encontramos vários animais neste trecho soltos na estrada de chão. . .

estradacomripio-patagonia.jpg

 

Depois de uns 14 km eis que surge uma placa avisando que ainda faltava 40km para chegar no tal Cerro Tronador, eu ja estava me vendo trocando pelo menos 2 pneus furados hehe.

cerrotronadorpatagoniaarg.jpg

 

rioemmeioasmontanhas.jpg

Pessoal vamos ficar devendo a foto boas deste Cerro, porque quando chegamos lá para ver e ouvir o tal barulho a surpresa, não tinha gelo pra cair da montanha..... Claro, não tinha neve ainda na região inteira de Bariloche por causa do Vulcão, que mesmo sem entrar em erupção, ainda emanava gases com alta temperatura, formando uma massa de ar quente em toda região, impedindo a entrada de frentes frias que logicamente causaria neve...mas tudo bem, agente começa pensar...férias..passeio...tudo vale a pena, de volta a estrada, fomos rumo a Sam Martin de los Andes, iriamos enfrentar a famosa estrada com cinzas novamente, pouco mais de 140km de cinzas... e mais 300km até a fronteira com o Chile, nossos planos era dormir em territorio chileno- na cidade de Pucón

 

Este é o lugar deonde da pra se ouvir os barulhos de trovão, mas neve...pouquissima

 

IMG_1272.jpg

 

 

será que Passa??? um de cada vez passa, só ter cuidado e ver se não tinha algum prego solto no meio dessas tabuas soltas tbm

IMG_1307.jpg

 

caminhoparaochile-1.jpg

 

IMG_1151.jpg

 

4º trecho - Sam Martin de los Andes \ Pucon - chile.

 

Fronteira da Argentina com Chile, mais ripio ( estrada de cascalho )... via paso Mamuil Malau, aos pés do Vulcão Lanin é assim....sem asfalto

ladochilenodaaduana.jpg

 

No caminho animais na pista era meio comum, do lado esquerdo e direito hehe

IMG_1279.jpg

 

No dia seguinte chegando em Pucon -Chile, ja conseguiamos visualizar o Vulcão Vilarica, nossa vontade era de chegar até ele...vulcovilaricapuconchile.jpg

 

...e conseguimos, contratamos uma empresa na cidade ( politur ) que fazia a escalada no vulcão, ( cerca de R$ 50,00 por pessoa ) os guias muito atenciosos .

 

A regra era simples: andar em fila indiana para evitar de cair em "buracos" escondidos abaixo da neve, tinha 3 guias, um na frente abrindo trilha, um no meio, e outro em ultimo para se assegurar que todos permaneciam "vivos" rs

IMG_1334.jpg

A " patroa" guentou subir tbm

IMG_1335.jpg

 

EM alguns pontos da caminhada , neve até os joelhos

IMG_1344.jpg

 

Uma pausa para descansar tomar um refri gelado naturalmente rs

pepsigelando.jpgar

 

apreciar a paisagem, mais pra frente teriamos a noticia de que não iriamos mais pra frente, porque o tempo estava "fechando" muito rapido , e o vento forte com neblina, obrigaria nós a usarmos equipamentos mais específicos , que para o momentos não dispunhamos, nesta foto, ja estávamos a mais de 1.500 mts de altitude, o ar ja estava bem rarefeito, a sensação é de respirar e não encher o pulmão, o cansaço e despreparo ajuda nesta sensação tbm :lol:

 

IMG_1379.jpg

 

Pra descer todo santo ajuda, aqui a minha esposa deslizando pra descer mais rápido, voltamos aos tempos de criança em fração de segundos...isso não tem preço pessoal!!

IMG_1385.jpg

 

ficamos 2 dias em Pucon, hotel 3 estrelas em media 60.000 pesos chilenos para 3 pessoas. Pucon tbm oferece passeio as famosas Aguas termais, não fomos por 2 motivos, um pq estava muuuita chuva, e outro que termas...fala serio temos otimas aqui no Brasil com café da manha de tirar qualquer um da dieta. Ao contrario dos hoteis chilenos que servem cafe, paes, queijos, presuntos contados na mesa, 2 para cada pessoa. aff..

 

Tradicional foto em frente a Prefeitura de Pucon, onde se encontra o semaforo vulcanico rs

IMG_1409.jpg

 

Bom...depois de dois dias dexamos PUCÓN e o vulcão vilarica para trás e fomos em direção a capital Santiago, pegamos chuva praticamente 800km seguidos desde que saimos até a chegada em Santiago, onde estava chovendo faziam 2 dias tbm, andar de carro num país diferente já é meio estranho, com muita chuva ainda... a viagem parece que não rende , mas as estradas estão muito boas, a ruta 5 chilena esta toda duplicada neste trecho, pedágios meio salgados, em torno de R$ 7,20 cada, deve ter uns 5 até Santiago.

rumosantiago.jpg

 

Chegando em Santiago, fomos procurar hotel pra ficar, não tinhamos feito reserva, ( alias não fizemos reserva em nehum momento, em nehuma cidade por onde passamos )fomos pelo endereço do guia de hoteis em Santiago, encontramos ( ja ao anoitecer ) Hotel Londres, muito ruin , não recomendo, pelo menos pra quem vai com familia, os móveis cheirando a mofo, sem calefação, camas muito ruins, predio muito antigo, parece mau assombrado :D a unica coisa que valeu, foi o chuveiro, que deu pra tomar um banho tranquilo, mas o resto...sem chance, na manha seguinte, tratamos de ver outro, encontramos o

Maria Angola, aí sim recomendadíssimo!!!! hotel bom bonito e barato, fomos muito bem atendidos, inclusive a dona do hotel quando viu que nós iriamos a farelones, tratou rapidamente de nos "emprestar" uma garrafa térmica com café quentinho para levarmos e ajudar a superar o frio, pena que ela esqueceu de adoçar o café ::lol4:: mas valeu a intenção rs

 

Contratamos um city tour pelo hotel mesmo, saiu 100 dolares nós 3 e fomos debaixo de muita chuva visitar os pontos turisticos e centro historico de Santiago.

No outro dia, fomos conhecer o centro de esqui proximo a sanitago, El Colorado e Farelones. Vale a pena !, O aluguel de todos os equipamentos sai na faixa de 120 dolares, e vc paga a parte os telefericos, mas eh bem tranquilo, dá para ficar em santiago , ir e voltar no mesmo dia, os hoteis em sua maioria , possui translados em Vans, mas nós preferimos ir com nosso carro hehe ::cool:::'>

 

segue fotos de parte do trajeto que leva ao alto das montanhas, cerca de 40 km de santiago.

 

Caminho para ir a estação de esqui, Farelones e El Colorado cerca de 35 km de santiago, bem perto, da pra ir e voltar no mesmo dia pra Santiago. Da pra ver a fila de carros contornando a montanha gelada...

caminhonamontanha.jpg

 

No caminho uma pausa obrigatória para colocar as correntes nos pneus, dali pra cima, só sobe quem tem correntes, senão os "carabineiros do chile" ( Policiais ) mandam descer...

Da uma ligada na viatura dos caras...

policiachilena.jpg

 

eu colocando as "cadeñas", aqui ja estava desenrolada...

 

colocandocadeas.jpg

 

no detalhe da placa informando a obrigatoriedade do equipamento.

centrodecordilheira.jpg

 

depois de colocada parece até facil rs

acostamentogeladocomcorrentes.jpg

Mais pra cima a neve foi aumentando na pista... da uma olhada na temperatura no painel...

IMG_1743.jpg

 

blackorwithe3.jpg

Caminho para Farelones e El Colorado - Chile

nevenapista.jpg

nevenapista2.jpg

nebenapista.jpg

 

Judiando do C4, uso severo mesmo, agora o C4 vai ter que provar que vale o que foi pago nele!! hehe

usosevero.jpg

 

Teve carro que não conseguiu subir, alias passamos por alguns que ficaram pelo caminho, nesta foto, um Peugeot ferveu no dia anterior e ficou "abandonado" no acostamento, os ocupantes passaram a noite em um abrigo do pessoal que faz a manutenção da pista ao redor da montanha.

IMG_1499-1.jpg

 

chegando ao objetivo, uma comemoração, o MEU "batizado"...

batismo4.jpg

 

e agora o "batizado" do C4 tbm... bom garoto não deu problema a viagem toda... NEVE NELEEE !

batismo3-1.jpg

 

Tradicional foto com boneco de neve não poderia faltar no albun hehe!

IMG_1863-1.jpg

 

BOM,, depois de curtir um dia especial na montanha, iniciamos a descida e o retorno pra Santiago, mas antes, coloquei a "patroa" pra apertar as cadeñas,

Ram Ram...achou que ia escapar hehe.... vai ver como é gostozo mecher com gelo a -5C,º mas depois tive que conferir rs :lol:

197624_131887340231586_100002309630953_223055_3717096_n.jpg

 

Ainda durante a estadia em Santiago, tiramos um dia para conhecer o litoral do pacifico, fomos a Viña del Mar e Valparaiso, sem muitas surpresas, lugares muito bonitos mas bem tranquilo para transitar e conhecer, vale a pena pela gastronomia e para quem tiver mais tempo, fazer visitas em algumas nas inumeras vinicolas que sem encontram pelo caminho das praias, como a Concha y Toro por ex.

Dias depois iniciavamos nossa volta para Argentina ( objetivo era Mendoza e Las Leñas ), mas antes teríamos que atravessar os mais de 3.000mts de altura da Cordilheira dos Andes.

 

Começavamos a deixar o Chile pra trás...

ruta60-1-1.jpg

 

Depois de alguns sobe desce, curvas fechadas, penhascos conforme esta placa curiosa...

placainteressantenacordilheira.jpg

placareletronico.jpg

 

...surge o conjunto de curvas que sobe a cordilheira, um enorme paredão de pedras cortado por uma estreita faixa de asfalto, essa era a visão de baixo para cima dos caracoles da ruta 60, infelizmente nao conseguimos fotos boas ,porque não podia parar o carro durante a subida, não tinha acostamento seguro e ou confiável e os guardas tbm ficavam monitorando a subida o tempo todo. Agora eu entendo porque é tão dificil encontrar fotos dos caracoles na internet nesta epoca do ano, com neve, pela dificuldade de saber onde pode-se parar.

 

IMG_1689.jpg

 

Caracoles Ruta 60

blogDSC03634-1.jpg

 

Aviso de curvas fechadas e com desnível acentuado

IMG_1698.jpg

lasleasandes.jpg

IMG_1701.jpg

 

Mais pra frente, a entrada do tunel del cristo redentor debaixo de nevasca, ao final deste dia, ficamos sabendo que o tunel ficou fechado 3 dias por causa das fortes nevascas que aconteceram na região...sorte nossa!, dentro deste tunel, tem uma placa que avisa a chegada em territorio argentino.

IMG_1712.jpg

Da uma ligada na altitude\elevação que mostrava no GPS

elevaogps.jpg

 

Esse trecho é na saída do tunel, logo a frente é a aduana oficial para fazermos a migração novamente para Argentina, perdemos só 4 horas entre chegar, enfrentar fila de carros e onibus fazer os tramites e sair, básico né...

sedespedindodochile.jpg

 

A mais de 3.000 metros de altura, mereciamos outra comemoração..tratei de batizar a patroa haha

IMG_1770.jpg

IMG_1766.jpg

 

Passamos ao lado do "teto da americas" o ACONCÁGUA,o pico mais alto das americas, mas a estrada até ele estava fechada, intrafegável...

IMG_1761.jpg

 

Nossa meta para este da era chegar em Mendoza, e curtir a cidade e seus arredores, não demos sorte, Mendoza esta LOTADAAA por causa dos jogos da copa america, com base nisso, encontramos um hostel meia boca só para durmir mesmo, e na manha seguinte resolvemos descer ate Las Leñas via San Rafael.

 

Acertamos em cheio!! A estrada é Linda , muitas retas, asfalto muito bom, planicie total, existe um trecho bem curto com curvas traiçoeiras, mas com uma paisagem deslumbrante como estas que vcs verão abaixo, não tem como não ir devagar apreciando essa beleza que a natureza esconde neste "cantinho" esquecido da Argentina.

 

 

fotos do caminho Mendoza / San Rafael

 

IMG_1907.jpg

 

IMG_1901.jpg

 

Lugar deserto tbm

IMG_1823.jpg

 

ATENÇÃO Pessoal,.... pra aqueles que querem ir de carro, de San Rafael a Las Leñas, só existem 3 postos de combustivel, um em san rafael, um em El Sosneado, e outro no "fim da linha" Las Leñas são aprox 200km de estrada deserto puro!!! Atentem para isto!!!

Nesta região, meio tanque é sinal de perigo, mantenha sempre meio taque pra cima.

 

Em alguns trechos a ruta 40 não tem sinalização, nem demarcação, é tudo no "olhometro" mesmo, uma 4x4 ao passar contra nos, arremessou pedras no parabrisas, mas só foi um susto mesmo...

 

ruta402.jpg

 

meiodonada5.jpg

 

Simplesmente no MEIO DO NADA.... se o carro quebrar ali..meo... senta e chora, porque vc esta a 300km da civilização hehe

 

neste trecho saimos da ruta 40 e entramos na ruta 222, esta é a estrada... sem palavras pra tanta beleza!

 

meiodonada2.jpg

 

imagemdosandes2.jpg

 

imagemdosandes3.jpg

 

Este foi o hotel que ficamos em Los Moles ( 10km de Las Leñas ) faixa de 400 pesos por noite, para 3 pessoas, recomendo ficar la, o dono é muito simpatico, morou muitos anos na Bahia, fala bem portugues e sabe do que os brasileiros gostam, serem bem recebidos, fartura na mesa, e um lugar acolhedor. Neste lugar existem 3 hoteis , em Las Leñas tbm tem hotel , mas nao ficamos la, motivo, o valor da diaria em Las Leñas , chega a 1.100 pesos por dia, sem internet, num quarto 3x3mts . e ainda vc tem que desembolsar o aluguel de equipamentos entrada nos telefericos etc... Fica a criterio do bolso de cada um hehe

 

hotelpequenoc4.jpg

 

O Aluguel de equipamentos esta na faixa de 100 dolares completo por possoa! com esquis e roupas impermeaveis.

 

Chegada em Las Leñas, estrutura perfeita, tem até hospital. dai nós vimos porque é tão caro se hospedar lá....

centrodeesquilasleas.jpg

 

Passamos otimos momentos , Las Leñas possui uma curiosidade, a 30 km do centro de esqui foi o lugar que caiu o avião uriguaio em 1972, onde os sobreviventes da queda, para se manterem vivos, precisavam comer carne humana, perdidos em meio aos Andes, virou até filme este fato. Neste lugar, foi onde registramos a temperatura mais baixa da Viagem, vejam vcs mesmos no painel do Carro.

 

painel4.jpg

 

Na volta, enfretamos a mesma ruta 222 sentido San Rafael, passamos por uma ventania tremenda, a uma temperatura muuito baixa, pois o vento derruba o termometro drasticamente, e a sensação termica é absurdamente fria!!

 

ventonapista5.jpg

ventonapista4.jpg

 

Não tenho ideia de Km/h da ventania, mas era muuito forte mesmo, algo que aos meus 34 anos, nunca tinha visto parecido aqui no Brasil.

 

IMG_1875.jpg

 

mais a frente, enfrentamos a estrada mais traiçoeira , neve com gelo na pista, digo traiçoeira, porque não exige colocação das cadenas, mas ao mesmo tempo, o carro "sai" de traseira e muitas veses de frente tbm, o controle de tração do C4 "trabalhou" firme neste momento mantendo a trajetoria nas curvas, e com uma velocidade compatível, não tivemos problemas, ja que o acostamento nao permite erros.

 

pistacomgeloeneve2.jpg

 

pistacomgeloeneve.jpg

 

Ja estavamos 12 dias na estrada, exaustos, querendo estar emc asa já, mas ainda faltava chão.... neste dia que saímos de Las Leñas, fomos parar sómente em Rosário ( via Gen. Alvear ruta 188, Rufino ruta 33 ) . No dia seguinte fizemos Rosario - Foz do Iguaçu, saimos as 10hs da manha e chegamos em foz as 02:00hs da madrugada. Viajar pelas estrada argentinas a noite foi um desafio diferente, muitos, mas, muuuitos animais soltos cruzando a estrada(cachorros, furões, veados, cavalos, e até uma famila de capivaras nós desviamos ) sentimos falta de olhos de gato no asfalto demarcando a separação das pistas, com neblina e ou chuva isso faz falta.

 

questão do Guardas Argentinos, mais uma vez não tivemos problemas , foi bem traquilo nossas paradas em postos de controle, mantendo a tradição de que ir para o sul da argentina via ruta 12 ainda é a melhor opção, ainda que se faça 100km a mais. Tivemos que escutar algumas piadinhas dos guardas coom relação ao fiasco do Brasil na Copa America....masss faz parte, descobri tbm que os chilenos tem a mesma visão dos argentinos que a maioria dos brasileiros acham, arrogantes e autoritários. Mas na prática, pelo menos conosco isso não procedeu! Ate fomos mais bem tratados na Arg. que no Chile. Alias a policia chilena não parou nosso carro em nenhuma vez, somente olhavam para conferir se estavamos com cadenas nos trechos de uso obrigatorio das mesmas.

 

Gastamos em torno de 13 tanques de combustivel ( 60 lts), e mais uma vez, indo por conta propria saiu bem mais barato do que ir por "agencia de turismo". Quem precisar de informações de valores específicos, favor enviar MP que serão todos respondidos.

 

E encerro este relato curtindo um por do sol maravilhoso na praia de Valparaiso, litoral chileno, um abraço Paz no coração, essa é a estrada!!

 

pordosolpacifico.jpg

Editado por Visitante
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Respostas 37
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

  • Membros

Parabens pelo relato e fotos.

Fiz uma viagem idêntica a sua, mesmíssimos lugares (menos viña e valpa) e mesma época, mas fui em 2010 com uma Triton em 24 dias e confesso que fiquei muito triste ao ver as fotos da região de villa la angostura, que foi um dos locais mais agradáveis que já conheci.

Ainda bem que vc vc aproveitou bem arredores de Santiago

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Blz de viagem e relato pessoal, fico feliz em ter noticias de vcs como sempre bem agradaveis, agora que a paisagem mudou muito , isso mudou, vila angostura ficou irreconhecivel, tronador ficou longe do que era...pelo jeito bariloche deve ter ficado deserta...ai rafa, trocou de maquina e deu um up, bem dado a proposito....parabens e abçs na familia... ::otemo::

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 4 semanas depois...
  • Membros

Cara, muito bom teu relato, vai me ajudar muito muito na minha viagem, afinal, temos algo em comum: o carro! kkkkkkkk, adorei as fotos e gostaria muito de ter mais detalhes, vc levou o quê? cambão, 2 triângulos? essas coisas. Eu estarei saíndo de Brasília em 2012, provavelmente junho, julho, e gostaria de todas as informações que vc puder me transmitir. Vou levar minha filha de 3 anos, vai estar com 4 na época, é seguro? é um passeio legal pra criança tb? Um forte abraço e mantenha contato! Obrigada

Dani

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 2 semanas depois...
  • Membros

danielerss, para o carro é necessário o seguinte:

1) ser o proprietário do carro um dos componentes da viagem (você ou seu marido). Caso contrário (se o proprietário não vai viajar junto), é necessária autorização junto ao consulado de cada país (Argentina+Chile);

2) seguro carta verde - existem duas possibilidades - contratar o seguro antes de viajar aqui no Brasil mesmo (e pagar bem caro por ele!) ou contratar o seguro na primeira cidade argentina da fronteira (e pagar bem barato por ele!). Não sei como funciona o seguro para o Chile;

3) cambão (lanza, em espanhol - compre na primeira cidade argentina da fronteira);

4) dois triângulos;

5) kit de primeiros socorros (band-aid, tesoura sem pontas, luvas, mertiolate, fitas, gazes, ...).

O que posso dizer é que nunca me foi exigido esses itens, com exceção é claro, do item 1 - fazem a conferência da carteira de identidade com o documento do carro para ver se é o mesmo nome e do item 2 - que foi contratado na primeira cidade argentina da fronteira, no meu caso, foi a cidade de Bernardo de Irigoyen. O restante dos itens (3, 4 e 5) NUNCA me foram exigidos apesar de estar com todos eles no carro! No Chile eu não sei como funciona, pois eu nunca fui para lá (ainda).

Para as pessoas é necessário apenas o RG ou passaporte. No caso específico, para sair do país com sua filha de 3 anos, é necessário que AMBOS os pais estejam na viagem. Caso contrário (na ausência de um deles), é necessária autorização (feita em cartório) do ausente para que a menor possa deixar o país. Essa autorização feita em cartório (somente se um dos pais NÃO se fizer presente na viagem) deve ser levada junto à Polícia Federal (brasileira) para ser carimbada e depois levar na Aduana que for fazer o registro de entrada na Argentina.

 

Abraço,

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 3 meses depois...
  • Membros

TIVEMOS QUE LEVAR TODOS OS ITENS OBRIGATORIOS, POREM EM TODAS AS VEZES QUE NOS PARARAM, NAO PEDIRAM NADA ALEM DOS DOC DE ENTRADA NO PAIS DELES, E CARTA VERDE ( na arg); masssss, é bom nao dar motivo pra eles te encomodarem, alem de que , eh tudo baratinho, por ex: o cambão pagamos 30 reais aqui na fronteira, kit primeiros socorros 35 reais, entao nao compensa arriscar.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 1 mês depois...
  • 2 semanas depois...
  • Membros

Parabéns e é muito bom ouvir relatos assim pois pensamos em fazer nossa primeira viagem internacional de carro. Algúem pode me dizer em torno de quanto custaria uma viagem parecida? Comb. + hosp.+ refeições?

É melhor dezembro ou janeiro?

 

Agradeço e um abraço a todos.

 

Antonio Miazaki

SãoPaulo.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.


×
×
  • Criar Novo...