Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

nnaomi

25 dias desbravando Maranhão e Piauí - Parte 2: Lençóis Maranhenses

Posts Recomendados

Depois de alguns dias na capital, partimos para os Lençóis Maranhenses.

 

Período: 06 a 14/07/2011

Cidades: Santo Amaro do Maranhão e Barreirinhas

 

O Parque Nacional dos Lençóis, situado no litoral oriental do Maranhão, envolve os municípios de Humberto de Campos, Primeira Cruz, Santo Amaro do Maranhão e Barreirinhas.

 

O Parque Nacional dos Lençóis é um Paraíso ecológico com 155 mil hectares de dunas, rios, lagoas e manguezais. Raro fenômeno geológico, foi formado ao longo de milhares de anos através da ação da natureza. Imensidões de areias fazem o lugar assemelhar-se a um deserto, mas com características bem diferenciadas, pois chove na região, que é banhada por rios. As águas pluviais formam lagoas que variam do verde-claro ao azul bem intenso, algumas chegam a ter 2 km de extensão e 5m de profundidade. O cenário é dominado por dunas e lagoas de água doce. As grandes formações de areia alcançam até 40m de altura e são geradas pela ação dos ventos que sopram constantemente do mar. O avanço continente adentro chega a 50 km e estende-se por cerca de 70 km de praias desertas.

 

Barreirinhas e Santo Amaro do Maranhão são as cidades de apoio para se conhecer o Parque Nacional dos Lençóis, sendo que Barreirinhas recebe o maior fluxo de turistas por possuir acesso mais fácil e contar com infra-estrutura maior.

 

Confira abaixo as dicas e informações gerais sobre a cidade.

 

Obs.: "Outras opções" referem-se às indicações que não foram testadas. ATENÇÃO: não possuo nenhum vínculo com pousada, hotel, restaurante, agência, loja e qualquer outro tipo de estabelecimento divulgado nos meus relatos de viagem. Alguns dos pontos turísticos, bem como alguns estabelecimentos, não foram visitados por mim e as informações foram pesquisadas em guias. Portanto, recomendo que antes de utilizar qualquer serviço, verifique com a secretaria de turismo da cidade, se os dados são atualizados e/ou verossímeis.

 

A cidade

 

Santo Amaro do Maranhão está localizado na região do Norte Maranhense. Possui área de 1.601 km² e população de 13.821 habitantes (dados IBGE 2010).

 

Barreirinhas está localizada na região do Norte Maranhense. Faz limite com as cidades de Urbano Santos, Santa Quitéria do Maranhão, São Bernardo, Primeira Cruz e Santo Amaro do Maranhão. Possui área de 3.111 km² e população de 53.746 habitantes (dados IBGE 2010).

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Santo Amaro e Barreirinhas estão localizados a 243 km e 253 km, respectivamente, da capital.

 

Transporte São Luis/Santo Amaro:

 

* Van + toyota. Busca no aeroporto ou pousada/hotel de São Luis e leva até pousada em Santo Amaro. Pode reservar direto com eles ou pedir para a pousada em Santo Amaro reservar. Saídas diárias de São Luis, por volta das 4h e 14h. De Santo Amaro, também há dois horários, um pela manhã e outro à tarde. Na melhor das situações, são cerca de 5h de viagem, sendo 3h de van até o Distrito de Sangue e mais 2h de Toyota até Santo Amaro. Pode demorar muito mais, levamos mais de 8h... Se estiver na época de cheia, a Toyota pode não conseguir atravessar o rio. Nesse caso, a travessia será feita de canoa e, do outro lado do rio, haverá outra Toyota para continuar o percurso. Atualmente, a Cisne Branco não faz mais esse percurso e estes são os três contatos que operam regularmente:

- Denilson, 8808-9091 / 9148-8904 / 3271-6426 / 3369-1080, [email protected]

- Joaninha, 3246-9112 / 8853-7094 / 8832-7108 / 3238-4256

- Tatá, 3253-3335

Outra opção é ir de ônibus Cisne Branco até o povoado de Sangue e de lá pegar uma toyota até Santo Amaro. Saídas diárias das toyotas às 8h e 17h. Parece que esse esquema funciona bem na baixa temporada, mas na alta, as vans já partem lotadas de São Luis e estes já têm lugar reservado nas toyotas. Dessa forma, pode-se ficar preso em Sangue sem transporte p/ Santo Amaro

* De carro, partindo de São Luís pelas Rodovias BR 135 até a Bacabeira e de lá passando por Rosário pela Rodovia MA 110 até Morros. De Morros siga pela BR 402 (Translitorânea) até o km 101 na localidade Sangue. A partir desse ponto, somente de 4x4, são 40 km até Santo Amaro. Se carro não for 4x4, estacione em Sangue e siga de Toyota de linha

 

Transporte São Luis/Barreirinhas:

 

* BRTur, 3236-6056 / 3082-8825 / 3232-2834 / 9114-5813 / 8114-3649, [email protected], [email protected] Translado de van/microônibus, São Luís/Barreirinhas às 4h30 e 7h, Barreirinhas/São Luís às 16h30. Pouco mais caro do que o ônibus, mas compensa por ter a vantagem de buscar no hotel ou aeroporto em São Luis e levar até o hotel em Barreirinhas

* FANTUR, 3236-1608, [email protected], [email protected] São Luís/Barreirinhas às 4h30 e 7h. Barreirinhas/São Luís às 16h30. Também faz o translado de van/microônibus, de hotel/aeroporto a hotel

* Carro privativo: há algumas pessoas que organizam esse tipo de transporte, me passaram os seguintes contatos: Jorge Arruda ( 9969-4544) ou Jouberth (9992-8810 / 3349-0545) ou Chico da Fia (3349-9015 / 8121-7141)

* Viação Cisne Branco, 3243-2847 / 3245-1233, http://www.cisnebrancoturismo.com.br" onclick="window.open(this.href);return false; São Luís/ Barreirinhas: ônibus às 6h, 8h45,14h e 19h. Barreirinhas/São Luís: ônibus às 6h, 9h, 14h e 18h30. Via Rosário ou Morros, a viagem leva de 4 a 5h

* De carro, a partir de São Luís, pela BR 135 até Bacabeira, segue-se pela BR 402 (Translitorânea) até Sobradinho, onde acessa a MA 225, no total são 253 km e 3h de viagem, em estrada pavimentada

* De avião bimotor e monomotor, a partir de São Luís, são 50min, em média

 

Transporte Santo Amaro/Barreirinhas:

 

* De Santo Amaro, partem toyotas de linha para o povoado de Sangue, em dois horários (manhã e tarde), 15,00 por pessoa. Lá passa ônibus e vans para Barreirinhas em vários horários, durante a semana, 5,00 por pessoa. Aos finais de semana, horários são mais escassos, mas há opção de fretar um carro

 

Transporte Santo Amaro/Atins:

 

* Parece que é possível contratar translado direto de Santo Amaro para Atins

* O que a maioria dos estrangeiros adora fazer é a travessia Santo Amaro-Atins. São 3 dias de caminhadas, com paradas em comunidades como a Queimada de Britos, onde há possibilidade de pernoite e alimentação. O pessoal de Santo Amaro pode indicar bons guias

 

Transporte “de linha” Barreirinhas/Atins:

 

* Barco funciona como um ônibus fluvial. São 5h de viagem. Saída da orla, no centro de Barreirinhas, por volta das 9h. Parece que não sai aos domingos

* Toyota leva a Atins. São 2h de viagem. Saída da praça na Av. Joaquim Soeiro de Carvalho. Normalmente sai uma vez por dia, mas parece que dependendo da época tem dois horários por dia

* Para voltar de Atins para Barreirinhas, o barco e a Toyota de linha saem por volta das 13h30 a 14h. Não entendi se depende da maré ou da época de seca das lagoas para ter Toyota no período da manhã também. A Toyota vai parando no caminho para pegar/deixar pessoas/mercadorias. Parece que, às vezes, ele vai até o Canto de Atins.

 

Transporte privativo Barreirinhas/Atins:

 

* Pode-se fretar um barco com agências de Barreirinhas ou com o Chico da Fia, 3349-9015 / 8121-7141

* Agencia Alternativa Trip Turismo, Av. Beira Rio, s/n, Centro, 8865-0905 / 3349-1407, [email protected], combinei o passeio de voadeira que passa por Vassouras, Mandacaru e Caburé e depois o transfer Caburé-Atins com o Marcílio e deu tudo certo. Aproveitei e fiz outros passeios com ele também, o atendimento foi ótimo

* Para voltar de Atins para Barreirinhas, a voadeira do passeio das agências sai por volta das 14h de Caburé. Combine para ir te buscar em Atins ou pegue outro barco até Caburé

 

Dicas de Transporte:

 

* Peça dicas de transporte ao hotel/pousada, no qual fizer reserva. Eles podem até reservar os translados. Para garantir é melhor reservar lugar com antecedência

* No Transporte São Luis/Santo Amaro aconselharam a ir de van, pois esta já reserva teu lugar na Toyota e o trecho Sangue/Santo Amaro fica garantido. Se for de ônibus, pode demorar até conseguir uma vaga na Toyota. A vantagem é que a van te pega no hotel ou no aeroporto, basta combinar. Assim não se gasta com ônibus circular ou com táxi. A desvantagem é que ela faz isso com todos, então pode demorar para sair da cidade. Aconselharam a ir pela manhã, vai mais rápido, a temperatura é mais amena e ainda dá tempo de fazer algum passeio à tarde. Parece que de manhã, vai mais turista, a van pega a maioria no aeroporto e pousadas da cidade e já pega a estrada. Fui à tarde com a Joaninha e demorou muito, a van rodou muito pelos bairros de São Luis. No total deu mais de 8h de viagem

* No Transporte Sangue/Santo Amaro eles costumar lotar a Toyota. Na volta, viemos sossegados, mas a outra Toyota veio abarrotada e o pessoal reclamou muito

* No Transporte Sangue/Barreirinhas há vários horários de ônibus e vans no meio da semana. Nos finais de semana horários são mais escassos, mas há possibilidade de fretar carros. Este são mais caros, mas na hora do aperto é a solução

* Transporte São Luis/Barreirinhas: é tranquilo tanto de ônibus Cisne Branco, quanto das vans e microônibus que fazem a linha. Recomendaram a BRTur, disseram que é boa, mas não posso confirmar, pois não fiz esse trecho.

* Transporte Barreirinhas/Atins: se aproveitar o passeio de voadeira que passa por Vassouras, Mandacaru e Caburé para fazer o translado até Atins, combine valor do transporte até Atins, antes de partir de Barreirinhas. Normalmente o valor fornecido engloba apenas o trecho Barreirinhas-Caburé e na hora de fazer o percurso Caburé-Atins, alguns cobram um valor adicional muito alto para fazer o último trecho. Dá para levar bagagem numa boa, a voadeira em que eu fui não pulou e não molhou a bagagem, mas é sempre bom ensacar os pertences. Use saco de lixo, de preferências do mais grosso, pois é mais resistente. Ponha roupas e outros itens dentro do saco e o saco dentro da mala. É bom para proteger da chuva também

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

As lagoas ficam mais cheias entre maio a agosto, entretanto algumas localidades podem ficar inacessíveis se o nível d'água subir muito. Julho é alta temporada por ser mês de férias escolares e época de lagoas cheias com poucas chuvas. Em Barreirinhas, ocorre a Vaquejada na terceira semana de julho, bom para quem gosta de agito. Disseram que moradores alugam suas casas, pois hotéis e pousadas ficam lotadas com o evento. A partir de setembro as lagoas começam a secar, mas tudo depende da quantidade de chuvas no ano. Disseram que se chover pouco, as lagoas já começam a secar em agosto, mas se chover muito também não é bom, pois as lagoas "estouram", uma emenda na outra e vazam para o mar. Janeiro e fevereiro também são meses de férias escolares, mas apenas algumas lagoas têm água e a estação chuvosa está começando. Entretanto, nessa época, dizem que o atrativo dos Lençóis é a imensidão das areias que é ainda mais surpreendente nesse período.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

* Queimada dos Britos, passeio com duração do dia todo. Passamos por inúmeras lagoas. Na minha opinião, as Lagoas Emendadas é o lugar mais bonito dos Lençóis. Almoçamos galinha caipira na casa de Seu Raimundo, na Queimada dos Britos. Depois fomos até uma cachoeira, perto da praia. A queda é pequena, mas é um local diferente. Não fomos até a praia, mas é possível ir, basta combinar antes o roteiro e o valor. Retornamos e passamos na Lagoa da Gaivota para ver o pôr-do-sol. Achei o passeio mais lindo de todos

* Lagoa da Betânia, passeio com duração de quase o dia todo. Pode-se almoçar galinha caipira na casa de Seu Francisco. Há quem vá para Betânia a pé. Fomos e voltamos de toyota, mas algumas pessoas do meu grupo voltaram a pé junto com outro grupo. Disseram que são cerca de 4h, mas parando para banho nas lagoas no meio do caminho e passando pela Lagoa da Gaivota. Também dá para voltar de barco, pelo rio. Costuma-se conjugar o passeio da Betânia com o Espigão, mas não fomos para o Espigão, pois estava muito cheio e não dava para ir

* Lagoa da Gaivota, dá para ir de toyota ou a pé, fica cheia o ano todo. Ao lado dela tem outras lagoas. É muito bonita

* Passeio de barco para América, Lagoa do Reflexo, passeio com duração de pouco mais de meio período. É um passeio diferente, começando pelo passeio de barco que segue por uma área que tem bastante vegetação no meio da água. Por conta disso tem muito gado "pastando" por ali, mergulhado com água até o pescoço. Vi até um porco. Depois do barco, andamos um curto trecho pelas dunas até chegar às lagoas. A Lagoa do Reflexo é grande e bonita, como todas as lagoas da região

 

Dicas de passeios:

 

* Se não me engano a única lagoa perene é a da Gaivota

* Algumas pousadas tem Toyotas e organizam os passeios, que é cobrado por frete, ou seja, o passeio tem um valor que deve ser rateado pelo número de pessoas. Na pousada que fiquei, eles ligavam para outra pousada para arrumar mais gente para dividir. Cada roteiro tem um número máximo de pessoas que a Toyota leva, por exemplo, para a Betânia são 10 e para a Queimada dos Britos são 8

* Passeios ficam mais baratos do que em Barreirinhas se conseguir arrumar pessoas para dividir a Toyota. Para alguns lugares dá para ir a pé, mas mesmo assim é bom ir com mais pessoas para dividir despesa do guia. Acho meio complicado andar sem guia, mas isso depende de cada um

* Se tiver um dia só, faça Queimada dos Britos. Se tiver dois, faça Betânia também, mas sugiro deixar Queimada para depois, para não correr o risco de achar Betânia sem graça, depois de se encantar com as Lagoas Emendadas. Se tiver mais um dia faça o passeio de barco para América. Depois disso, vai ter que começar a repetir passeio. Encontramos um rapaz que ficou muitos dias lá e estava fazendo isso, repetindo passeio

* Não precisa pagar passeio só para a Lagoa da Gaivota. O passeio da Queimada dos Britos passa lá na volta. O da Betânia pode passar também, basta combinar, mas não sei se paga um adicional por isso. Há quem vá a pé. A lagoa não é longe e é muito bonita

* Dá para ir para a Betânia a pé também. Disseram que passa por várias lagoas e o visual é muito legal, mas deve ser meio cansativo fazer a ida e a volta. Dá para voltar de barco, se quiser, mas tem que combinar com alguém da comunidade. Talvez tenha que ver isso com antecedência

* Normalmente as Toyotas carregam caixa térmica para você levar suas bebidas. Não tem comércio perto das Lagoas

* Nos passeios para a Queimada dos Britos e a Betânia, servem almoço, se deixar encomendado. Comi galinha caipira, acompanhava arroz, feijão, farinha d'água, macarrão. Eles fizeram duas travessas, numa a galinha estava num molho com sangue e outra sem. Comida simples e gostosa. Tinha lido alguns posts reclamando do preço da comida. Acho que se dividir uma galinha por um casal fica caro mesmo, mas isso é muita comida. Outros reclamaram que era pouca galinha. As galinhas são caipiras e magrinhas, não têm aquela gordura de granja, mas fomos bem servidos. Deu para comer bem, o suficiente. Achei a quantidade boa, pois é forte e não dá para comer muito, mas acho que se tivesse mais comida, os meninos comeriam mais ou não, pois estavam mais interessados na cerveja. Teve ainda os que reclamaram da higiene. O local é bem simples e tem suas limitações, mas achei que é bem cuidado, do jeito que é possível. Não é feito para quem tem frescuras, mas para começo de conversa, quem tem algum tipo de restrição nem deve ir para Santo Amaro

* Vimos alguns jegues e muitos porcos pelo caminho. Eles pertencem a alguém, mas ficam todos soltos, passeando por aí. Eles andam mais em locais com vegetação, é mais difícil vê-los pelas dunas e lagoas, mas às vezes você vê algum passeando por lá

* Betânia tem energia elétrica. Queimada dos Britos tem geradores. Vi painel solar lá. Os meninos disseram que por conta disso a cerveja não é tão gelada, na Queimada dos Britos

* Curiosidade: em Queimada dos Britos, assinamos o livro de visitantes e folheamos. Tinha assinatura de muitos estrangeiros, principalmente europeus. Vimos a foto da equipe que trabalhou na filmagem de Casa de Areia

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Na cidade:

* Igr Matriz. Data do século XVIII é uma das mais antigas do estado

* Praça da Matriz

* Praça do Trabalhador. Nesta praça está localizada a Prefeitura e posto de táxi

* Av. Beira Rio. Às margens do rio Preguiças, possui um porto para embarque e desembarque de carga e passageiros, quiosques de água de coco, sorveteria, lanchonetes, bares, restaurantes e bancos para sentar e apreciar a passagem do rio. À noite ocorrem, em alguns bares, apresentações de música popular

 

Nos Lençóis:

* Sobrevoo. Não deu para escolher lugar para sentar, pois o piloto fez a distribuição de acordo com o peso dos passageiros. O piloto indica os pontos pelos quais passamos. Seguimos o curso do Rio Preguicas, vemos Vassouras, Mandacaru com seu farol, Caburé e Atins. Depois seguimos pelos Lencóis, vendo toda aquela imensidão de areia, salpicadas pelas inúmeras lagoas. Um dos visuais mais lindos que já vi

* Lagoa Bonita, um pouco mais longe que a Lagoa Azul. Percorre-se um pequeno trecho de estrada até a balsa. Atravessa-se o rio e depois é uma trilha pela areia, passando por algumas áreas alagadas. Depois disso, deixa-se a Toyota e anda um pouco para alcancar as lagoas. Na volta, enquanto aguarda a fila da balsa, há uma barraca que prepara tapioca

* Lagoa Azul, percorre-se uma estrada até a balsa. Depois do rio, há uma trilha de areia que a Toyota vence fácil. Depois disso é necessário seguir a pé, passando por várias lagoas. O local de travessia da balsa é outro, não é o mesmo da Lagoa Bonita, mas tem comércio no local também

* Passeio de voadeira pelo Rio Preguiças, com parada nos povoados de Vassouras, Mandacaru e Caburé, com possibilidade de estender o passeio até o Atins. Em Vassouras, restaurante e loja de artesanato. Todos querem tirar foto dos macaquinhos. Parada para percorrer as dunas e lagoas dos pequenos lençóis. Em Mandacaru, a principal atração é o farol de 54m de altura, 178 degraus, de onde se tem vista panorâmica da região. As crianças se oferecem para ser guias mirins até o farol. Disseram que o farol fecha das 11h30 até 13h30, mas não tenho certeza. Caburé é uma faixa de areia entre o rio e o mar. Há uma fileira de pousadas e restaurantes. Normalmente é onde se faz a parada para almoço

 

Dicas de passeios:

 

* Há várias agências na cidade, que levam para os passeios. Os roteiros oferecidos e os valores são praticamente os mesmos, mas vale conferir. Eu fiz os passeios com a Alternativa Trip Turismo, do Marcílio e gostei muito do atendimento

* A Operatur citada como responsável pelo sobrevoo fechou. Agora é a WM Turismo. Fui até lá, mas subi aquela duna toda à toa, pois não ganhei nenhum desconto. Tentei negociar diretamente com eles, pois achei que sem intermédio de outra agência daria para conseguir desconto, mas nada. Então é mais fácil comprar com uma agência na Beira-Rio mesmo, que te poupa o trabalho de ir até a WM. Acredito que esse passeio só vale a pena na época de cheia, quando as lagoas estão com volume máximo de água

* Nos passeios para a Lagoa Bonita e Azul, o guia avisou para deixar o chinelo na Toyota, pois a areia não era quente. Não tem comércio nas lagoas, mas tem perto das balsas, do local de travessia. Aproveite para comprar água e guarde na caixa térmica que as Toyotas costumam carregar

* Se tiver que escolher entre um dos dois passeios para as lagoas, escolha a da Lagoa Bonita. E vá sempre à tarde, que se aproveita muito mais o passeio, com temperatura mais amena, melhor para caminhar, além de curtir o pôr-do-sol. Se fizer o passeio na parte da manhã, a parte mais longa da caminhada vai ser por volta das 12h, com sol a pino. O guia pode ficar com preguiça de te levar para outras lagoas e você também pode não estar com pique para andar muito

* Um cara me disse que, no Passeio para a Lagoa Azul, depois de ir para a Lagoa do Peixe, você deve pedir para o guia voltar por outro caminho, que é mais legal, pois passa por outras lagoas

* No passeio de voadeira, se quiser estender até Atins, combine direitinho o valor antes de sair para não correr o risco de ter que pagar uma diferença muito grande na hora H. É um passeio bem turístico, as paradas são questionáveis. Gostei mais da parada no Farol de Mandacaru

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

* Igarapé para banho e passeio

* Praia. Quando a maré está baixa, visual legal no pôr do sol, com as croas a mostra e o céu avermelhado

* Passeio de barco para ver a Revoada dos Guarás

* Caminhada de Atins a Canto do Atins, até o Rest. do Antônio ou da Luzia, ficam um ao lado do outro e são irmãos. A especialidade das casas é o camarão grelhado com molho especial. Fui de Toyota, então não sei dizer com exatidão a distância, mas disseram que são cerca de 2h para ir e mais 2h para voltar de caminhada. No caminho dá para curtir o visual de dunas e lagoas

* Lagoa Verde. Acho que não dá para ir a pé de Atins, pois é longe. Fui de Toyota até depois do Restaurante da Luzia, sempre com o visual da praia à direita. Deixamos a Toyota e seguimos a pé por cerca de 1h até a lagoa, parque a dentro. Na volta, paramos em Canto de Atins para almoçar. De lá voltamos a pé, até parar na primeira duna (mais perto de Atins) para curtir o pôr-do-sol. A Toyota nos pegou lá para nos levar até a pousada

* Cachoeira. O pessoal estava organizando passeio para uma cachoeira perto da praia. Deve ser parecida com aquela que vi perto da Queimada dos Britos

 

Dicas de passeios:

 

* É fácil caminhar de Atins a Canto de Atins, basta sair da vila em direção às dunas e ir seguindo pela beirada das dunas, sempre beirando o pasto e o mar pela direita. Logo de cara tem uma lagoa bem grande, mas ela tem bastante alga no fundo, então não é tão clara como as demais. Basta seguir até encontrar os restaurantes. Acho que esse é o melhor caminho. Parece que dá para ir pela praia na maré baixa. Na alta é perigoso, pois corre o risco de ficar preso entre a água e a vegetação que parece ser alta em alguns trechos. Andamos mais na beira das dunas, não andei para dentro, então não sei dizer se tem mais lagoas por perto, mas deve ter. Parece que tem algumas lagoas perto dos restaurantes, no Canto de Atins, mas não fomos até lá

* A Pousada Rancho dos Lençóis tem Toyotas e organizam passeios pela região. Não sei como as outras pousadas fazem, mas há outras Toyotas para os passeios, pois vimos outro grupo passeando pela Lagoa Verde também, com eles estava um casal da Pousada do Irmão

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Nos Lençóis Maranhenses eu fiquei hospedada em Santo Amaro, Barreirinhas e Atins. Foi dessas cidades que eu parti para os passeios. Há pousadas em Caburé também, mas não vi nada que justificasse passar alguns dias lá.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pela pesquisa que realizei, vi que tem várias opções, algumas mais simples, outras mais estruturadas com ar condicionado, frigobar e TV. Apenas duas têm site, outras têm fotos em sites de relacionamento, poucas têm e-mail. Entrei em contato apenas com as que têm e-mail. Fiz o levantamento de hospedagem no Guia 4Rodas e em sites de turismo. Listas mais abrangentes podem ser obtidas em http://www.turismo.ma.gov.br/

 

* Pousada Bellas Águas, R. Osvaldo Cruz, 35, 3369-1176 / 8145-7512 / 8873-1022, http://ecoviagem.uol.com.br/brasil/maranhao/santo-amaro/pousada/pousada-bellas-aguas/ [email protected] Selecionei essa pousada por ter boa estrutura e preço um pouco menor que as outras duas da lista das mais bem recomendadas, segundo um guia. Outro fator foi a recomendação positiva de um usuário do fórum. Fiqui lá e gostei. Atendimento foi muito bom

 

Outras opções:

 

Mais estruturados:

* Pousada Cajueiro, R. Osvaldo Cruz, 2-A, 3369-1119 / 8711-0043 http://www.pousadacajueiro.com/ [email protected] Disseram que é boa, mas era mais cara e sem frigobar. Além disso, tem barulho, por causa do clube em frente. É verdade, se tiver algum evento lá, o barulho é garantido. Conheci um rapaz que ficou lá e ele não conseguia dormir, acordou e foi para a festa! Se essa for sua escolha também, então tudo certo

* Pousada Água Doce, R. Osvaldo Cruz, 14, 3369-1105 http://www.pousadaaguadoce.com.br Não entrei em contato, pois não encontrei seu e-mail. Entretanto, num guia consultado, o valor de diária era maior e disseram que a relação custo/benefício não era boa

* Pousada Mendonça, 3369-1166, http://ecoviagem.uol.com.br/brasil/maranhao/santo-amaro/pousada/pousada-mendonca/

* Pousada Rio Alegre, R. 28 de Julho, s/n, 3369-1137 / 1007

 

Mais simples:

* Hospedaria São José, 3369-1074 http://ecoviagem.uol.com.br/brasil/maranhao/santo-amaro/pousada/hospedaria-sao-jose/ [email protected] O que me cativou foi o atendimento e a atenção da Marineide. Ela respondeu meus mails de forma clara e informativa. Só não optei por essa pousada pela falta de ar condicionado, mas mesmo sabendo que eu não ficaria lá, me ajudou com dicas e sugestões. Fiz questão de passar lá e conhecê-la pessoalmente. Um casal, que ficou hospedado lá, me disse que a pousada é muito boa, mas é uma casa e não há muita privacidade. Eles ficaram num quarto com forro, mas estava muito quente e mudaram para um sem. Este mais fresco, mas como a parede não vai até o teto, fica aquele vão e dá para escutar tudo de um cômodo para o outro. Eles disseram que foi a única ressalva da pousada, no mais tudo ótimo, café da manhã muito bom e atendimento 10 da Marineide

* Pousada Areias, Av. Mandacaru, s/n, 3369-1182 / 9992-0811. http://www.pousadaareias.com/ [email protected], [email protected]

* Hospedaria Lagoa Azul, R. das Flores, 38, 3369-1294 / 9194

* Pousada Pontual, Praça. N Sra da Conceição, s/n, 3369-1112

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pela pesquisa que realizei, vi que tem muitas opções, desde as mais simples até resorts. Fiz uma lista daquelas com site e e-mail e entrei em contato. É mais fácil ficar no centro. Algumas pousadas ficam no outro lado do Rio Preguiças e/ou longe e isso dificulta a locomoção Fiz o levantamento de hospedagem no Guia 4Rodas e em sites de turismo. Listas mais abrangentes podem ser obtidas em http://www.turismo.ma.gov.br/ e http://www.pi.sebrae.com.br/guiaturismo/index_guia.html

 

* Pousada do Rio, R. Cazuza Ramos, 700, Carnaubal, 3349-1255 / 0056 (fax) / 9132-6448 / 9606-5038 / 9984-0101, http://www.pousadadorioma.com.br/ [email protected], [email protected], Selecionada pela localização, estrutura e preço. Das que responderam e-mail, apresentava boa localização, boa estrutura e preço foi o menor. Fiquei lá e gostei. Ambiente agradável, quarto bom e café da manhã muito bom. Perto do centro, dava para ir e voltar a pé numa boa, mas a rua é de terra e cheia de buracos. O acesso é meio isolado e parece estranho à primeira vista, mas as famílias ficam sentadas a frente de suas casas, as crianças brincando, o que dá um ar bem familiar à rua

 

A lista abaixo contempla as pousadas com site, e-mail e que responderam. Está mais ou menos em ordem crescente de valor de diária pesquisada para a época de julho (alta temporada)

* Pousada Boa Vista, R. Mangue Alto, s/n, Boa Vista, 3349-0348 / 9993-8079 http://www.pousadaboavista.com.br [email protected]

* Riverside Hotel, Av. Amapá, 100, Amapá, 3349-1421 / 1291 http://www.hotelriverside.com.br/

* Pousada Sossego do Cantinho, R. Principal, 02, Cantinho, 3349-0753 http://sossego-do-cantinho.com/br/pousada.html [email protected]

* Pousada Murici, R. Domingos Carvalho, 590, Bairro do Murici, 3349-1192 / 9618 / 9962-4283 / 3349-0633 (fax) http://www.pousadamurici.com.br [email protected]

* Pousada Encantes do Nordeste, R. Boa Vista, s/n, Bairro Boa Vista, 3349-0288 http://www.encantesdonordeste.com.br [email protected], [email protected], [email protected]

* Pousada do Buriti, R. Inácio Lins, s/n, Centro, 3349-1800 / 1338 / 1053 / 1802 / 1849 http://www.pousadadoburiti.com.br [email protected], [email protected]

 

Outras opções:

* Pousada Belo Horizonte, Av. Joaquim Soeiro de Carvalho, 245, Centro, 3349-0054 http://bhmirante.com.br/

* Parknaútico, Sítio Cantinho, Estrada do Carnaubal, s/n, Carnaubal, 3349-1314 http://www.parknautico.com.br

* Pousada D'Areia, Av. Joaquim Soeiro de Carvalho, 888, Centro, 3349-0550 http://www.pousadadareia.com.br [email protected]

* Pousada Igarapé, R. Coronel Godinho, 320, Centro, 3349-0641 / 9111-0401

* Pousada Lins, Av. Joaquim Soeiro de Carvalho, 550, Centro, 3349-1494 / 9616-1446

* Pousada Beira Rio, R. Anacleto de Carvalho, 99, Centro, 3349-0579 http://www.hotelbeirareipa-lencois.net

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pela pesquisa que realizei, vi que tem algumas opções, umas mais simples, outras mais estruturadas, mas ainda sem ar condicionado, chuveiro elétrico, TV e frigobar, pois, segundo informações recebidas, a energia elétrica é monofásica. Fiz o levantamento de hospedagem no Guia 4Rodas e em sites de turismo. Listas mais abrangentes podem ser obtidas em http://www.turismo.ma.gov.br/

 

* Pousada Rancho dos Lençóis, R. Principal, s/n, 3349-5005 / 9616-9646 / 9132-7677 http://ranchopousada.com/ [email protected], [email protected] - Como a internet não funciona, a Mônica vai periodicamente para Barreirinhas e checa os e-mails lá. Pode demorar um pouco para ela responder. Se tiver pressa, telefone. Conferi o site, entrei em contato por e-mail e recebi resposta. Selecionei por ser bem recomendada. Se a maré estiver alta e a voadeira for privativa, o desembarque pode ser feito nos fundos da pousada. Se a maré estiver baixa, o desembarque é feito no Porto de Fora, mas a Mônica manda alguém para buscar lá, de Toyota. Simples, inusitada, num estilo rústico fashion, acho que é do jeito que estrangeiro gosta. Com direito a ducha fria e ventilador de mesa, nada de frigobar, TV ou AC. Água da torneira também é amareladinha. Depois de dormir com toda aquela rusticidade e ser acordado de madrugada com uma sinfonia de galos, gansos e outros animais cantando, um café da manhã com direito a tapiocas maravilhosas (uma tapioca doce com mel e tahine que nunca provei igual!) e chá inglês importado. Surreal! Foi uma experiência inesquecível, bom para conhecer e passar alguns dias. Atendimento da Mônica nota 10

 

Outras opções:

* Pousada Filhos do Vento, R. da Praia, s/n, Centro, 3349-5007 / 9966-7100 http://www.filhosdovento.com.br

* Pousada do Irmão. Bastante recomendada pelos mochileiros

* Pousada da Tia Rita 9968-6094 / 9993-7537 / 8837-6919, [email protected]

* Pousada do Seu Pedro Bruno

* Pousada do Antônio, em Canto de Atins

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.




×
×
  • Criar Novo...