Ir para conteúdo

BOLIVIA ( RUTA DEL CHÊ )


Posts Recomendados

  • Membros

Oi pessoal, fui para Bolivia para fazer a rota do chê(sonho de juventude) e espero que o relato sirva de alguma forma para vocês.

Saí de Curitiba na madrugada do dia 10/09/2011 de carro e dirigi por 1050 km até Campo Grande Ms(visite feira gastronômica de comidas típicas), chegando lá final de tarde. Fiquem em um hotel e saí bem cedo nom dia 11 para dirigir mais 427 km até Corumbá Ms, chegando lá por volta das 14:00 horas, onde deixei o carro em um estacionamento(seguro) chamado de estacionamento do bradesco( 07 dias = R$ 35,00 ). Peguei um táxi até Quijarro (Bol) R$25,00 para tentar obter o visto, fazer o câmbio e pegar o trem. O visto não consegui por que a imigração só funcionava até às 15:00 horas ( estava lá às 14:30 ) e já estava fechada desde às 12:00. Acostume-se na Bolivia é assim. Fiz o câmbio ( troque em Quijarro somente o nescessário para chegar em Santa Cruz ( soube apenas depois de trocar R$300,00 e ser garfiado em mais de 25% de diferença para o câmbio em Santa Cruz ), então fui orientado a ir de ônibus, pois desceria fora do terminal bimodal e não teria fiscalização com relação ao visto de entrada. Diferente seria com o trem pois também desce no terminal, só que dentro e com fiscalização, o que mais tarde soube ser vedade. Peguei um ônibus às 18:30 por 110,00 Bobs-com ar ( têm bem mais barato ), só que sem ar o que te digo é uma péssima idéia ( Tem uns 60 km entre as montanha de pura poeira + calor extremo, 38 graus no dia em que estava lá ), promessa de chegada às 5:00 da manhã de 12/09/11 com uma parada para comer( realidade= chegamos às 9:30 e paramos umas seis vezes, uma para comer e as outras para pegar passageiros ). Pois bem, chegando lá peguei um tàxi(15,00 Bobs) para a emigração para resolver o meu visto( importantíssimo guardar o recibo da passagem para que possam saber quanto tempo você está no país), foi tudo bem e não paguei nada a não se as cópias dos documentos ( na bolivia não precisa o passaporte, basta Rg com menos de 10 anos de emissão).

Ao que importa que é a Rutal Del Chê:

- Hotel em Santa Cruz US 65,00 ( muito bom ).

- Comida, roupas e táxi na Bolivia é muito barato, não deixe de comer na La Casa de Camba.

- Tour para Ruta del Chê US 470,00 para duas pessoas, ou seja US 235,00 por pessoa e se tiver mais gente vai baixando o preço que pode chegar a US 165,00 por pessoa(pode ser contratado o tour na praça central de Sta Cruz numa agência de turismo que fica a 50 metros em uma rua que dá acesso a praça(é só perguntar).

- Saída 14/09/11 ás 6:00 horas ( a van te pega no hotel ) com destino a Vallegrande (290 de Sta Cruz), onde se encontra o hospital e a lavanderia onde colocaram o corpo do Chê para conhecimento mundial de sua morte,como também visitação no museu da cidade e local onde foram encontrado os restos mortais do Chê e mais seis guerrilheiros.

- Antes de Vallegrande paramos em uma cidadezinha chamada Samaipata(120 km de Sta Cruz), local onde chegaram os Incas.

- Dormimos em uma pousada em Vallegrande ( Simples mais bem limpa ).

- Obs - Todas as despesas com comida + refrigerante, hotel e ingressos nos locais de visitação está incluso no pacote.

- Saída 15/10/11 de Vallegrande ás 07:30 de Van e com um guia local para La Higuera( 57 km de Vallegrande somente por estradas de chão por entre montanhas e abismos de tirar o fôlego), local próximo à sua captura e fuzilamento e retorno no mesmo dia para Sta Cruz mais ou menos às 19:30.

- Voltei para Quijarro de trem ( Ferrobus-mesma linha do trem da morte que de morte está no conforto, pois a passagem do trem da morte é por volta de 60,00 Bobs))- ar condicionado, DVD, jantar e café da manhão ( 257,00 Bobs ), saindo às 18:00 horas e chegando às 8:00 do dia seguinte.

- Descendo em Quijarro já fui mordido por um carregador e pelo táxi que me cobrou 30,00 Bobs, sendo que na ida me cobraram 5,00 Bobs.

- Sugiro sempre negociar antes os preços de carregador que mesmo sem precisar você vai ter um pode acreditar e principalmente de tàxi que pode variar de 5,00 a 35,00 Bobs pelo mesmo percurso, pois na Bolivia os tàxis não tem taxímetro e quando se trata de estrangeiro vem logo a mordida.

- É verdade também que fui muito bem tratado na Bolivia em todos os lugares que fui, me fazendo lembrar do tratamento que recebi no Uruguai, contrastando com o tratamento que tive na Argentina talvez assim tipo cordial para não entrar em detalhes( culpa dos galvões buenos da vida ).

e-mail - [email protected]

Um abraço, até..............

Seguem algumas fotos da minha viagem.

 

 

 

20111007022147.JPG

20111007022244.JPG

20111007022334.JPG

20111007022425.JPG

20111007022513.JPG

20111007022643.JPG

20111007022729.JPG

20111007022814.JPG

20111007022900.JPG

20111007022950.JPG

20111007023034.JPG

20111007023117.JPG

20111007023203.JPG

20111007023253.JPG

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros de Honra

Ivan, muito legal o relato!!

Achei interessante o teu esforço de viajar tanto para ir visitar a ruta del Che! É dificil ver isso por aqui! Muitas vezes as pessoas agregam a ruta a outros passeios.

Eu também não sabia que existia pacote para esse trecho, pois nos relatos que li a respeito desse tema as pessoas foram por conta. Então é mais uma alternativa!!

Parabéns.

 

Abraço.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros de Honra

Ivan.

 

Parabéns pela trip. As fotos estão muito boas. ::otemo::

 

::cool:::'> ::cool:::'> ::cool:::'>

 

Na sua chegada fez o correto para quem viaja sem o Permission do local de partida.

 

Quando a Imigraccion do local de partida estiver fechada e o local de chegada for Santa Cruz de la Sierra ou La Paz o que deve ser feito é procurar a Imigraccion em uma dessas duas cidades e apresentar o bilhete de passagem e a documentação, que pode ser o RG ou o Passaporte e solicitar o Permission, o tramite é simples e rápido e você não corre o risco de ficar ilegal no país.

 

Quanto ao preço de pacotes fechado diretamente em Santa Cruz, é uma opção valida, se bem que cara demai$$$.

 

Maria Emilia

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

É verdade Maria Emilia quanto ao preço, mas não tinha muito tempo e nem conhecimento de alternativas até então. Mas hoje eu pegaria um ônibus de Sta Cruz até Vallegrande( 35,00 Bobs- R$9,00 ), e contrataria um guia( Adalí ) local ( no museu na praça de Vallegrande ) e acordaria um táxi até La Higuera( 57km de Vallegrande ), pois não tem nenhum tipo de condução até lá. Acredito que guia + táxi = (+ou-) 380,00 Bobs-R$ 95,00, bem mais barato.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 1 mês depois...

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

×
×
  • Criar Novo...