Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Peça ajuda, compartilhe informações, ajude outros viajantes e encontre companheiros de viagem!
    Faça parte da nossa comunidade! 

peter tofte

Roupas Técnicas para o Frio

Posts Recomendados

Li uma vez que o corpo humano foi projetado e estava muito mais equipado fisiologicamente para o calor do que para o frio. Possivelmente pela origem africana da raça humana. Assim temos o suor que é um eficientíssimo meio de dissipar o calor.

 

Para o frio precisamos inventar as roupas. Quanto mais frio mais roupas e maior o peso. Mais recentemente as roupas tecnicas diminuiram muito a relação peso/eficiência, o que é especialmente importante para trekking e montanhismo. Outra questão é o volume. Roupas para frio normalmente são volumosas jogando as mochilas para a faixa de 70 - 80 litros para cima.

 

Este tópico é para trocarmos idéias sobre este assunto. Cada um pode dar seu testemunho sobre roupas técnicas de frio ou a combinação delas (3 peles).

 

Vou começar a falar de algo que gosto bastante e que custo/peso/benefício sempre achei muito vantajoso:

 

BALACLAVAS

 

É aquela coisa que alpinista, explorador polar, terrorista e bandido adora: uma máscara normalmente negra que só deixa os olhos de fora. Daí uma ressalva: não dá muito para usar numa cidade mesmo que esteja bem frio, a não ser que queira a polícia atrás de você!

 

O que mais gosto na balaclava é sua extrema versatilidade: podemos usar como a máscara protegendo toda a cabeça ou apenas para proteger o pescoço, no lugar de um cachecol, ou ainda como um gorro (tudo bem que furado).

 

A cabeça é onde mais geramos calor e o perdemos. Daí aquele antigo ditado que diz: se está sentindo frio nos pés use um chapéu.

 

Para cada uso uma espessura de tecido e tipo de material. Para frio abaixo de zero um de Polartec bem grosso. Gosto muito daquelas de Polartec Powerstretch porque são confortáveis e flexíveis.

 

Sempre compre uma que não fique apertando muito sua cabeça ou seu pescoço impedindo o movimento dele. Deve ser num tamanho bem ajustado mas sem folga .

 

Outra coisa que a experiência me mostrou ser muito útil são dois furinhos na altura do nariz para fazer que o ar expirado saia por estes orifícios. Especialmente para quem usa óculos (como eu) é um achado. O vapor no ar quente da expiração sai por cima e embaça o óculos que estão com as lentes frias. Os orifícios evitam ou diminuem este problema. Na hora de dormir com a balaclava tb faz a diferença. O ar quente da expiração rapidamente começa a incomodar.

 

A balaclava no trekking sempre me foi especialmente útil a noite, nos Andes, quando a temperatura baixa bem. Na hora do sono pode ser um auxílio precioso se a temperatura ficar abaixo daquela de conforto do seu saco de dormir. Sua noite vai continuar desconfortável, mas vai ser bem melhor que sem a balaclava.

 

Durante o dia pode ser utilizada baixada, apenas para proteger o pescoço. Se o frio e o vento apertar bem então passamos a usar como máscara. Se perder o boné ou chapéu, faça dele um gorro.

 

Aqui no Brasil tranquilamente pode ser usada numa noite fria de inverno nas montanhas, PP, peterê, Serra Fina...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

NECK GAITER

 

Não sei a tradução para o português desse termo. Protege o pescoço do frio e do vento. É um lenço em formato tubular que enfiamos pela cabeça e que fica em torno do pescoço.

 

Eu particularmente acho o pescoço uma das regiões mais sensíveis ao frio do corpo, depois da cabeça. Várias vezes tive a impressão que iniciei um resfriado ou gripe ou inflamação na garganta porque deixei o pescoço exposto ao frio.

 

Mencionei anteriormente que a balaclava também protege o pescoço. Porém muitos modelos de balaclava não descem muito na região do peito. É interessante esta extensão cobrindo parte do peito logo abaixo da garganta porque deixa a gola de seu agasalho mais vedada contra a entrada de frio pela região do pescoço.

 

Um cachecol pode também substituir o neck gaiter tendo a vantagem da versatilidade: pode ser usado também para outros fins, até para improvisar uma tipóia em caso de acidente. Mas o cachecol normalmente é mais pesado e pode não vedar tão bem o pescoço. As pontas do cachecol podem se enroscar em galhos causando um “enforcamento” do usuário.

 

Um pequeno elástico de ajuste com uma presilha é interessante de modo a evitar que o neck gaiter fique caindo no pescoço ou para fazer que ele cubra inclusive sua boca em caso de frio intenso. A presilha não deve ser volumosa pois pode incomodar na hora de dormir com o neck gaiter.

 

Para lugares mais frios levaria tanto a balaclava como o neck gaiter. O fato de usar um não impede de usar o outro. Gosto do material Gore Windstopper pela sua eficiência em cortar o vento. É quentinho mesmo. Também há ótimos em Polartec.

 

Uma consideração sempre a ser levada em conta, qualquer que seja a peça de roupa contra frio, é uma eventual alergia pelo usuário. Se começar a pinicar o pescoço e aparecer uma vermelhidão na pele, é bom deixar de usar o material.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

CHAPÉUS E BONÉS

 

Embora estejamos falando sobre proteção térmica, o chapéu tem o seu valor, mesmo considerando que uma balaclava ou um gorro esquentam mais a cabeça.

 

A função do chapéu é proteger a cabeça do sol e das intempéries. Porém de nada adianta uma balaclava no frio, se estiver chovendo e ela ficar molhada. O capuz do seu agasalho é uma alternativa, mas algumas pessoas, entre elas eu, não gosta de usar o capuz por algumas razões: diminui seu ângulo de visão lateral, incomoda e esquenta.

 

Eu prefiro um chapéu ou boné porque são mais eficientes para cortar o sol ou a chuva. Mesmo que use o capuz do agasalho para proteger a cabeça, a aba de um boné é muito útil, pois não deixará o rosto molhar.

 

É no sol que o boné ou chapéu mostram seu valor. Um gorro esquenta demais. Esqueci o chapéu no trekking da Quebrada Santa Cruz no Peru e notei ao final do trekking, espantado , como o meu couro cabeludo estava queimado de sol (tá bem que eu tenho um “desmatamento” capilar, mas ainda não apareceram as clareiras na mata...). Tentei improvisar usando uma toalhinha de secagem rápida como uma bandana de pirata, mas não era muito eficiente.

 

Pessoalmente não acho que exista um chapéu ou boné 100% que possa utilizar em todas as ocasiões. Um chapéu impermeável pode ser muito quente num dia de sol. Um chapéu australiano de tecido de algodão pode deixar passar água depois de muita chuva.

 

Normalmente levo dois quando vou para a Patagônia, onde as condições de tempo variam muito:

 

- um chapéu tipo australiano, da Columbia, muito ventilado e excelente para um dia de sol ou chuva leve;

- um boné, da Lowe Alpine, impermeável, respirável e quente, que protege as orelhas (tem earflaps). O exterior tem um tecido técnico chamado Triplepoint Ceramic e, internamente, um fleece. Uma delícia.

 

Destes dois, o chapéu ou boné para frio/chuva é o mais importante. Acho o boné mais conveniente. Temos ótimos modelos das marcas TNF, Mountain Hardwear, Outdoor Research, REI e outras, em tecido respirável e forrados internamente. Alguns usam Gore-Tex, outros Polartec Powerstretch.

 

Requisitos de um bom boné ou chapéu:

 

- A aba ou a pala do chapéu, que faz sombra no seu rosto, deve ser negra na parte inferior, para absorver a luz. Este detalhe faz uma enorme diferença.

- É bom que o chapéu ou o boné tenha um cordão retentor que impeça que ele seja arrastado pelo vento ou então que tenha um ajuste muito bom na cabeça.

- Tenha um cordão elástico que permite ajustar o chapéu ou boné na circunferência da sua cabeça. Se precisarmos usar um gorro ou balaclava por baixo, folgamos um pouco o elástico para que o chapéu continue cabendo. Os bonés já vêm normalmente com uma tira de regulagem.

- O tecido deve ser resistente, lavável e de secagem rápida. Escolha um com tecido técnico.

- Se você prefere um boné para usar aqui no Brasil ou em outro país ensolarado, pense num modelo tipo legionário, pois protege a nuca e o pescoço do sol. Há modelos que tem o lenço destacável, assim você vai poder usá-lo em outras ocasiões. Velejadores e montanhistas usam muito o boné modelo legionário, porque não faltam raios solares aonde vão.

- Escolha um boné para frio que proteja as orelhas (com earflaps), daquele tipo que vemos russos de filme usando. Dê preferência a um que tenha aba (earflap) que prenda ou dobre para cima no boné caso queiramos deixar as orelhas descobertas.

- O ajuste na cabeça é essencial. Prove, prove, prove...

- Obviamente devemos também se identificar com o chapéu. Se você comprar um modelo eficiente, mas que ache feio, acabará não usando.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá

Acho que não levarei uma balaclava para Torres del Paine e El Chalten pois tem como fazer uma com o neck gaiter e com o gorro.

Abraço

AugustoWS

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sim Augusto.

 

Embora a balaclava seja muito eficiente, item imprescindível em alta montanha, acho traquila sua opção para Torres del Paine no verão. E duas peças são mais versáteis que uma.

 

Abs, peter

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Peter

 

Irei esquiar este ano com meus filhos e queria dicas de que tipo de segunda pele comprar? Já que pretendo voltar a esquiar e não parar mais....

Sei que os casacos e calças impermeavéis no primeiro momento não são prioridades, ou são?

Para os meninos, acha que vale a pena?

 

Ajuda?

 

Antonio

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Antonio,

 

Ski não é minha praia, ou melhor, minha montanha!

 

Creio que há diferença numa especificação de roupa de ski e de trekking.

 

Mas acho que como segunda pele um fleece espesso estaria bom pois é resistente (em caso de queda) e seca rápido. Não recomendaria nada de duvet (penas de ganso) pois se houvesse um rasgo numa queda depois seria pena voando durante a esquiada (imagine a cena) e molhadas as penas perdem sua capacidade de isolamento.

 

Acho que vcs deveriam ter algo impermeável sim (casaco e calça). Lá em cima pode ter vento e eventualmente nevar. Sempre vejo fotos de pessoal esquiando com algo impermeável por cima. Como vc subiria a montanha de ascensor e não caminhando não precisa ser algo respirável. Nas estações de ski normalmente alugam. Se seus filhos ainda estão em idade de crescimento é melhor alugar porque senão depois rapidamente perde.

 

Entre no Santo Guru Google que ele pode lhe dar informações mais precisas.

 

Boa esquiada!

 

Peter

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Peter

 

Irei esquiar este ano com meus filhos e queria dicas de que tipo de segunda pele comprar? Já que pretendo voltar a esquiar e não parar mais....

Sei que os casacos e calças impermeavéis no primeiro momento não são prioridades, ou são?

Para os meninos, acha que vale a pena?

 

Ajuda?

 

Antonio

Olá Antonio (e com licencia Peter),

No meu caso sim e minha esqui sim e minha praia (ou, parafraseando a Peter, montanha).

O primeiro que tem que fazer seguir as dicas de se vestir por camadas (tanto adultos como crianças).

Parte Superior

 

Primeira Camada: Blusa térmica de manga cumprida, que normalmente são de Poliéster ou alguma mistura de materiais sintéticos (nunca de algodão). Deve ficar colada ao corpo.

Seu objetivo e tirar a transpiração para fora e manter o corpo seco. Você ira a transpirar muito por causa da atividade física, que não será pouca, mais na etapa de aprendizagem.

 

Segunda Camada: Um Fleece de Polartec. Veja que tem diferentes modelos de tipo tecido desde os mais leves e mais pesados (Micro, 100, 200 e 300 gramas); quanto mais pesado, maior possibilidade de manter o calor. Esta roupa tem por função te manter aquecido com o calor que produz teu corpo, deixando passar a evaporação da transpiração.

No teu caso compraria algo intermédio, e logo, poderias comprar algum Micro para ter para os dias menos frios. Eu tenho um Micro e um de 300.

 

Terceira Camada: Uma jaqueta impermeável e com tecido respirável. Que tenha capuz e muito importante. O ideal para esquiar e algo bem técnico, com zíper nas axilas para ventilação, todos eles termosselados, trampa de neve, etc. Quanto mais leves melhor, para te permitir mobilidade. A impermeabilidade se mede em milímetros de coluna de água (uso uma que suporta ate 10.000 mm de coluna de água). Meu filho utiliza muito um Windstoper.

 

Parte Inferior

 

Calça Térmica e Impermeável. Aqui o mais importante e a membrana, que deve ser impermeável e respirável. Veja que também ofereça elasticidade para os movimentos. O recheio permite manter o calor e normalmente de materiais sintéticos (o mais conhecido e Primaloft) .

 

Meias: Um bom par de meias térmicas (para ski) vai estar bem, mais se quer ficar melhor, utiliza umas Liner de primeira camada e acima delas meias Térmicas (podem ser de lã ou sintéticas). Se os pés se esfriam, se esfria o corpo tudo.

 

Outros

 

Luvas: Um bom par de luvas são fundamentais. Novamente a impermeabilidade e fundamental, assim como que sejam respiráveis.

 

Gorro: De lã, e que possas tampar as orelhas. Importantíssimo

 

Notas:

Nota 1: Em todas as camadas externas anteriormente mencionadas (jaqueta, calça e luvas) tem matérias que ajudam muito; Goretex e um deles, mas normalmente mais caro.

 

Nota 2: Para a criança e bom calça com tiradores. Ela vai cair mais que vocês na neve e assim a mesma não vai entrar na roupa. Melhor ainda um macacão.

Nota 3: coincido com Peter que a criança cresce mas o problema e que alugando não vai conseguir boa qualidade. Tentem comprar um numero a mais que normalmente vai durar por duas temporadas e com isso vão gastar o mesmo que no aluguel. Outra coisa e que o irmão menor (se houver) pode usar. Isso que fiz com meus filhos e eles começarem com 5 e 8 anos (hoje tem 18 e 21).

 

Qualquer duvida por equipamento também podem consultar.

Abraços

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Essas jaquetas técnicas de ski podem ser usadas depois em trekking em lugares frios, tipo Pico da Bandeira? Porque se puder, de repente vale a pena comprar em vez de alugar - se não for estourar o orçamento, é claro. E a calça, outro dia vi na internet uma calça dessas de ski da Adidas, e parecia tão fininha, dá pra usar isso sem fleece por baixo mesmo, nossa.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Essas jaquetas técnicas de ski podem ser usadas depois em trekking em lugares frios, tipo Pico da Bandeira? Porque se puder, de repente vale a pena comprar em vez de alugar - se não for estourar o orçamento, é claro. E a calça, outro dia vi na internet uma calça dessas de ski da Adidas, e parecia tão fininha, dá pra usar isso sem fleece por baixo mesmo, nossa.

Depende o que compres da sim. Tem algumas que são bem leves, tem outras que tem forro interior desmontável (como a Montage que tem minha mulher). No recomendo um Windstoper, porque na montanha (para mim) só dão resultado quando não e um dia muito frio. Explica para a pessoa onde compres; sempre tem algum que entende bem do assunto e vai te recomendar o que você precisa.

Eu te recomendo que a Calça de ski seja com recheio (a maioria são). Esse negocio de calça impermeável como 3ra camada e só para te incomodar em um esporte que precisas de mobilidade nas pernas. E te asseguro que não precisaras mais nada e não vai passar frio.

Para falar honestamente, descobri que Adidas faz uma calça de ski agora que você falou e procurei. Não compraria não, porque não e o forte de Adidas. Vai nas marcas conhecidas no rubro (Columbia, Montange, TNF, Northland, etc.)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.




×
×
  • Criar Novo...