Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Quintanilha

Mochilão Cusco - Arequipa - Puno - Copa - La Paz - Uyuni - SP Atacama - Santiago (set/11) - Completo

Posts Recomendados

cade o restante??

 

Oi kalissinha

tranquilo? Tô devendo o restante do relato :oops: não consigo me organizar para escrever aqui. Mas prometo que vai sair em breve!

Valeu!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

rsrs. é pq o relato ta ficou mto bom, e esta me ajudando mto..

mas falta o resto..

blza, as fotos ficaram otimas..

tanks.!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

11/09 - Copacabana/Isla del Sol

 

Hotel Utama (Calle Michell Perez esquina San Antonio)

Valor diária: US$ 25 (quarto matrimonial com banheiro privativo)

Avaliação: ::cool:::'> ::cool:::'> ::cool:::'> Muito bom. Apesar do preço um pouco acima da média, vale a pena. O hotel é bem limpo, organizado e com o melhor café da manhã de toda a viagem. Sem contar que pegamos um quarto com uma visão muito bonita do Titicaca.

 

Neste dia todo o planejamento seria realizar a trilha lado norte - lado sul da Isla del Sol.

 

OBS: Não esqueçam do boné, protetor solar, água....pegamos um sol/calor de RJ em janeiro! E tudo na Isla é mais caro, água, biscoito....levem de Copacabana.

 

Portanto, logo após o café da manhã nos dirigimos para o cais de Copacabana com o objetivo de comprar o bilhete de ida e volta para a Isla del Sol. Depois de dar uma pesquisada rápido fechamos ida e volta por 20 BOL / pessoa. O barco saiu às 8:40 de Copa e às 10:00 encostou no lado Sul da Isla del Sol para uma rápida parada e logo após seguir para o lado norte (chegando às 10:40). Saindo do cais na parte borte atravessamos um corredor de casas até sairmos em uma praia com uma extensão de areia grande (vale ressaltar que neste corredor existem algumas setas indicando que é "obrigatório" entrar em um tal de Museo del Oro pagando 10 BOL / pessoa, ignoramos um senhorzinho que tinha lá e passamos direto sem entrar nesse Museo que na verdade se resume a uma sala minúscula). Logo após a praia há o primeiro pedágio que não tem escapatória, afinal era um portão com 2 pessoas controlando a entrada (10 soles / pessoa....importante guardar o papel)....a partir daí começa efetivamente a caminhada apreciando a vista sensacional da Isla del Sol rumo ao Norte da ilha.

 

20120616202417.JPG

 

20120616202525.JPG

 

20120616211112.JPG

 

20120616202632.JPG

 

Entretanto, com o sol, as subidas e principalmente a altitude minha esposa começou a não se sentir bem (a altitude pegou em Copa e La Paz para ela....até ali estava tudo bem, mas estes 2 locais foram onde ela mais sofreu!)....dor de cabeça, cansaço, ânsia de vômito. Começei a ficar preocupado afinal teríamos que chegar até o lado sul da ilha (cerca de 9 a 10 km) em tempo de pegarmos o barco de volta a Copacabana (retorno 15h30)...ao mesmo tempo que se fôssemos desistir de fazer a caminhada e retornar para o lado sul onde chegamos teríamos que estar ali até 13h30 para pegarmos o barco que parte para o norte. E a coisa começou a piorar para ela quando logo após a rocha sagrada/mesa de sacríficio há uma baita subida até o topo da ilha....ali resolvemos que era melhor respeitarmos os limites e desistirmos para termos tempo de retornar para o barco.... peguei sua mochila, entreguei minha água para ela e apertamos o passo para retornarmos para o cais do lado norte (que bom que agora era só descida! ::cool:::'> ). Chegamos por volta de 13h15 com minha esposa esbaforida e com um sentimento de que queria me esganar ::lol4::::lol4:: até pq eu não estava sentindo nada! Estava super bem, carreguei 2 mochilas e ela sofrendo demais com a altitude (agora estou brincando, mas na hora foi brabo...apesar de variar mto de pessoa para pessoa, recomendo tomarem logo o chá de coca e mta, mta água).... e fomos de barco mesmo para o lado sul. Às 15h30 saimos do sul e retornarmos para Copa (chegada aproximadamente 17h).

 

20120616203614.JPG

 

Achei a Isla del Sol linda, com o sol que estava fazendo parecia que era mais bonita ainda! Não tem a menor comparação com Puno. Infelizmente não conseguimos realizar a trilha entre os 2 extremos da ilha, mas gostaria de um dia voltar lá para cumprir este objetivo.

 

Retornamos a Copacabana por volta das 17h. Antes de retornarmos para o hotel fomos comprar o ônibus para La Paz. Quando estava no planejamento da viagem, havia anotado que os ônibus turísticos partiam às 9h30 e 14h30. Nossa idéia inicial era pegar o de 9h30 mas para nossa surpresa, a Titicaca Tours estava com saída somente 13h30 e 18h30, enquanto a Diana Tours somente 14h00. Como não tinha jeito, compramos para 13h30 pela Titicaca no dia seguinte.

 

OBS1: no dia seguinte enquanto esperávamos na Titicaca Tours o horário de pegarmos o bus para La Paz, peguei um folder da própria empresa de passeio para Isla del Sol informando que eles saíam do lado Norte às 16h30 e chegavam em Copa às 18h (à tempo de pegar o bus deles para La Paz que saía às 18h30). Bem, fica aí a dica....para quem quiser um tempo a mais para fazer a trilha e curtir mais calmamente a ilha vale dar uma olhada como mais atenção nesta Titicaca, ok?

 

OBS2: para quem vai se hospedar no Hotel Sagárnaga em La Paz (ou nas redondezas da Calle Llampu) a Diana Tours não pára no terminal rodoviário, mas sim em frente a esta própria agência que fica dentro deste hotel. Já economiza um dinheiro do táxi.

 

OBS3: existem diversos ônibus, vans que saem praticamente de hora em hora de Copacabana para La Paz da Plaza Sucre. Entretanto estes são ônibus comuns, que vão parando toda hora durante o trajeto. Além disso, estes não vão até o terminal rodoviário mas sim até o cemitério, na região chamada El Alto em La Paz e que fica bem afastado do centro.

 

Voltamos para o hotel e enquanto minha esposa descansava, subi o Cerro Calvário para apreciar o pôr do sol. Nem preciso dizer que a vista é sensacional e o por do sol mais ainda. Mas a subida é sinistra! Achei pior até que HP, pqp! Mas realmente a visão que se tem lá de cima compensa o esforço. O Lago Titicaca do lado boliviano é realmente descomunal. Tirem suas conclusões...

 

20120616203540.JPG

 

20120616203722.JPG

 

20120616203813.JPG

 

À noite, acho que por ser domingo a cidade estava muito vazia e até com alguns restaurantes fechados. Entretanto demos sorte e fomos em um tal de Coffe Shop Copacabana (Av 6 de Agosto) que recomendo! Uma das melhores refeições da viagem. Entrada, 2 pratos, 2 refrigerante por 125 BOL....32 reais.

 

12/09 - Copacabana/La Paz

 

Aproveitamos para acordarmos um pouquinho mais tarde, tomarmos um café reforçado e fomos conhecer um pouco mais Copacabana, incluindo a Catedral, Mercado Municipal além de comprarmos algumas lembranças. Às 13h30 pegamos o ônibus para La Paz (sem banheiro, não esqueçam). Uma parte interssante desta viagem é atravessarmos o Estreito de Tiquina (1,50 BOL / pessoa). Temos que descer do ônibus e pegarmos um barquinho em condições de conservação duvidáveis ::lol4:: enquanto o ônibus atravessa em uma balsa. O lugar é bem legal e dá para tirar umas fotos interessantes.

 

20120616204008.JPG

 

Chegando em La Paz impressiona a geografia da cidade!!! O centro fica no centro de um vale profundo, com todas aquelas construções na encosta do vale...achei muito maneiro.

 

Chegamos na rodoviária às 16h50 e pegamos um táxi para o Hotel Sagárnaga (também aqui vale um conselho que li mto aqui no mochileiros de pegarem somente táxis que estiverem com letreiros no teto, e não aqueles que estiverem somente com um adesivo colado na táxi na lataria....). O trânsito de La Paz é simplesmente caótico. Não existem leis, ao mesmo tempo que se pisa no acelerador também se aperta a buzina....coisa de maluco :shock:

 

Deixamos nossas coisas no hotel e já saímos para darmos uma andada pela cidade...sendo bem sincero com vocês, eu adorei La Paz. Mesmo com todo o trânsito caótico, aquela confusão de pessoas na rua eu achei uma cidade muito legal. Existe um preconceito mto grande quando se diz de La Paz, acho que na verdade com toda a Bolívia....é claro que problemas existem, mas em nenhum momento me senti inseguro andando por lá (me sinto mto mais preocupado andando em alguns locais aqui do RJ). É claro que não se pode dar bobeira, mas tomando as precauções básicas acredito que sairá tudo tranquilo.

 

Na parte da noite segui o conselho de um amigo meu e fui jantar no restaurante do Hotel Glória. Este fica no último andar do hotel e a vista à noite da cidade é espetacular. Mesmo sendo um hotel mto tradicional da cidade a comida é mto barata....vinho, 2 pratos, sobremesa por 100 BOL (27 reais!!!). Olhem a vista.....

 

20120616204127.JPG

 

13/09 - La Paz

 

Hotel Sagarnaga (Calle Sagarnaga)

Valor diária: US$ 29 (quarto matrimonial com banheiro privativo)

Avaliação: ::cool:::'> ::cool:::'> Muito bem localizado, quarto limpo, entretanto o café da manhã é bem caído.

 

Tiramos este dia para procurarmos casacos para o salar de Uyuni pela manhã e claro andar pela cidade. Realmente a Calle Llampu tem de tudo que vc precisa para artigos de inverno, mas como em qualquer lugar tem que tomar cuidado com as falsificações. Andamos bastante por lá e no final compramos na Tatoo 2 casacos de pluma de ganso, luvas, gorros, meias. Bem, volto a dizer....o frio é uma coisa mto pessoal, no meu caso não quis arriscar e decidi me precaver comprando casacos um pouco mais preparados do que utilizo aqui no RJ). Para terem idéia paguei 1200 BOL neste casaco que comprando aqui no Brasil não seria menos de 600, 700 reais. Depois aproveitamos para conhecermos a cidade....calle Jaen (rua com várias casas em estilo colonial e com vários museus....indico o Museu da Música), Calle de las Brujas, Plaza Murillo, Shopping Norte, Alexandre Coffee (muito bom, excelente dica que peguei aqui nos relatos). Vale a pena tirar um dia para andar por La Paz... ::cool:::'>

 

20120616210827.JPG

Plaza Murillo

 

20120616210929.JPG

 

20120616211013.JPG

Calle Jaen

 

Neste dia aproveitei para fechar com a X-treme (Calle Sagarnaga) o Downhill em Coroico para o dia seguinte...paguei 500 BOL em uma bicicleta com suspensão dupla, equipamentos, camisa, DVD com fotos, café da manhã e almoço incluso. Achei que valeu a pena, saiu tudo conforme o planejado, equipamentos e bikes em bom estado. Também compramos a passagem para Uyuni já que havíamos esquecido de comprar quando chegamos na cidade, o escritório da Todo Turismo fica em frente à rodoviária no 2º andar de um prédio comercial. Pagamos 230 BOL / pessoa na passagem e demos sorte já que mesmo com antecedência haviam poucos lugares disponíveis. Recomendo comprarem quando chegarem em La Paz.

 

14/09 - La Paz/Downhill Coroico

 

Confesso que estava um pouco receoso para este passeio, tanto é que antes do previsto que era às 7h eu já estava em frente ao escritório da X-treme na Calle Sagarnaga. Nos dirigimos de van para o ponto de partida (El Alto) onde tomamos o café da manhã e nos foi passado todas as instruções, além de um tempo para cada um se adaptar de uma certa maneira com a bicicleta que faria a descida. A parte inicial da descida é toda asfaltada, com muito trânsito de caminhões e um frio fudido!!!!! Não esqueçam de levar uma luva, além de óculos escuros.... Mas a vista é simplesmente SENSACIONAL!!! No início estava um pouco receoso mas a medida que fui descendo com aquela paisagem descomunal e pegando um pouco mais de confiança fui deixando a bicicleta embalar um pouco mais....atingimos uma velocidade insana e a sensação que se tem é indescritível.

 

20120616214635.JPG

 

20120616214732.JPG

 

20120616214921.JPG

 

São cerca de 35 km de descida no asfalto. Em seguida inicia-se a estrada da morte propriamente dita... estrada de terra bem estreita no meio de uma mata, cheia de pedras em muitos trechos (a mão fica destruída depois do passeio), e descidas muito íngremes...tomei uns 2 sustos, principalmente devido aos trechos com muitas pedras que você acaba perdendo um pouco do controle da bicicleta. Em alguns trechos dá para ser um pouco mais ousado, mas na maior parte do trecho fiquei ali com o grupo intermediário...na metade do trecho fazemos uma parada para tirar os casacos pois começa a esquentar muito (a van vai nos seguindo com as mochilas, água, lanche etc)...preparem-se pois nesta parada tinha uns mosquitos do tamanhos dos condores de Arequipa!!! ::lol4:: Bizarro!! Mas vale muito a aventura...mais fotos aí.

 

20120616220132.JPG

 

20120616220248.JPG

 

20120616220530.JPG

 

20120616220726.JPG

 

20120616220835.JPG

 

Chegamos em Coroico por volta de 12h30 (um calor descomunal) e nos dirigimos para o hotel para tomarmos um banho e almoçarmos (regado!!!) antes de retornamos para La Paz (saímos 14h). No início a estrada de volta para La Paz é mto ruim, mta pedra, poeira, obras....depois pegamos a parte asfaltada e tivemos a oportunidade de apreciarmos uma paisagem deslumbrante....

 

20120616221321.JPG

 

Chegamos em La Paz por volta das 17h e à noite fomos em um restaurante muito bom e que também recomendo...The SteakHouse (Calle Tarija, em um lugar chamado 4 Corners), 100 BOL com 2 pratos individuais de carne, entrada de salada liberada, vinho, sobremesa... ::cool:::'>

 

15/09 - La Paz/Uyuni

 

Neste dia minha esposa passou muito mal de madrugada...falta de ar, dor de cabeça, enjôo e decidimos não fazer o Chacaltaya já que subiríamos 5421 m e em diversos relatos que lemos durante o planejamento vários haviam passado mal pela altitude. Mesmo sendo nosso último dia em La Paz e sabermos que não teríamos a oportunidade de realizá-lo outro dia achamos melhor nos precaver já que pegaríamos no final do dia uma viagem pesada para Uyuni e além disso sabíamos que seriam praticamente 3 dias isolados no Salar...Desta forma de manhã ficamos de bobeira no hotel, internet e com minha esposa tomando mto chá de coca e água. Apenas no início da tarde saímos para almoçar e depois fomos no Museo da Coca e compramos algumas lembranças ali no comércio da Calle de las Brujas que fica perto ali do Sagarnaga.

 

No início da noite pegamos o táxi e fomos para o prédio da Todo Turismo para pegarmos o ônibus para Uyuni (saída 21h). Logo no início da viagem é servido uma pequena janta e 5 minutos depois o cara já passa querendo recolher o lixo já que ele fica na região El Alto...é só o tempo de sair da rodoviária e chegar até ali, rs. Depois a viagem segue com o motorista e um outro ajudante que sobe na região El Alto...não me perguntem pq o 2º não pode fazer isso...não entendi tb . Não sofri tanto com o frio durante este trajeto, fui preparado pelos relatos que havia lido aqui....o negócio é que nas últimas 3, 4 horas de viagem é praticamente estrada de chão com mta pedra!!! Impossível conseguir dormir com o sacolejo dentro do ônibus ::hein: Quando começa a amanhecer dá para ver no vidro do ônibus o frio que tá fazendo lá fora....

 

20120617204349.JPG

 

16/09 - Uyuni

 

Chegamos em Uyuni por volta de 7 da manhã, um pouco quebrados pelas últimas horas de viagem...o ônibus pára no escritório da Todo Turismo. Andamos um pouco e decidimos procurar um hostal para tomarmos um banho antes de começarmos o passeio do Salar, já que não saberíamos quando seria o próximo. Pagamos 40 BOL por um quarto em um hostal que não anotei o nome. Enquanto minha esposa ficou no quarto eu fui direto para o escritório da Cordillera Traveller onde TEORICAMENTE tínhamos uma reserva! Pq teoricamente?? Quando estávamos em La Paz ligamos para a Cordillera e dissemos que queríamos fazer o Salar com eles e tal....tudo certo, combinamos preços, horário, anotaram nossos nomes...Bem, no dia seguinte, ligamos novamente e confirmamos a reserva!!!! Bem, ficamos tranquilos né?? Ledo engano, chegando lá a safada com a maior cara de pau do mundo me diz que não tinha nenhuma reserva em nosso nome já que chegou gente lá, efetuou o pagamento e eles decidiram ceder nossa vaga..... pqp, que desgraçada!! Ainda tentei argumentar, mas sabia que não ia dar em nada....era só tempo que estava perdendo ali.....saí puto e começei a procurar agências (isso já eram umas 8h)....Bem, tinha lido que é mto tranquilo de chegar lá e no mesmo dia encontrar passeios para o Salar, não foi o meu caso. Andei pra cacete e tudo lotado, fui na Colque e queriam me colocar em um carro compartilhado com outras agências.....fiquei receoso com as histórias que tinha lido aqui e não aceitei. Até que fui na Quechua Connection onde tinha um brasileiro, o Bruno, que me salvou. Na própria Quechua não tinha vaga mas ele ligou para outras e descobriu a Oasis Tour... nunca havia ouvido falar, mas acabou sendo a minha salvação...era pegar ou largar. Negociamos 700 BOL / pessoa (incluso transfer da fronteira para SP Atacama) e foi tudo 100%....alimentação, guia, carro, além de termos dado sorte de terem mais 2 casais mto gente boas (bolivianos e neo-zelandeses)....neste caso, a cozinheira foi no carro mas não teve nenhum problema de espaço pq a galera era tranquila e há todo momento fazíamos um revezamento nos piores lugares. Em suma, recomendo a agência.

 

Compramos água, biscoito, chocolate e partimos por volta de 10h30 da manhã... Primeira parada cemitério de trens, depois Colchani que tem um pequeno povoado que vende peças de artesanato de sal, Hotel de Sal, diversas paradas para tirarmos fotos até chegarmos na Isla Pescado onde foi realizado o almoço. Lembro que na Isla tem que pagar 20 BOL....Nem preciso dizer o quanto é fantástico o Salar, lugar incrível, lindo....aquela paisagem totalmente branca é simplesmente indescritível. Sempre entro aqui nas fotos para relembrar aquele lugar mágico e inóspito... já viajei bastante e posso afirmar sem dúvida que é um dos lugares mais lindos que já tive a oportunidade de ver. Falo para os meus amigos que todo esforço de compensa e mto!!! ::otemo::

 

20120617211212.JPG

 

20120617211255.JPG

 

20120617211332.JPG

Colchani

 

20120617211420.JPG

 

20120617211514.JPG

 

20120617211645.JPG

Isla del Pescado

 

20120617211739.JPG

Clássica no Salar

 

20120617211846.JPG

Grupo reunido depois do almoço

 

Saímos por volta de 15h30 da Isla e nos dirigimos à San Juan de Rosário, vilarejo na qual dormimos na 1ª noite no meio do nada!!!

 

20120617221556.JPG

 

Na verdade o alojamento era uma casa com 5 quartos na parte superior (cada casal ficou em um quarto), refeitório na parte inferior e banheiro compartilhado (sem chuveiro)....tudo mto simples, mas cama limpa, com mtos cobertores e possibilidade de tomar banho em uma casa que tinha ao lado por 10 BOL / pessoa. Tomamos um banho antes do anoitecer (Aquecedor com carvão, mas pelo menos tinha água quente....hehehehe) e por volta das 19h foi servido a janta....depois ficamos jogando conversa e em seguida descanso!!

 

17/09 - Uyuni

 

Foi servido o café por volta das 7h30, e 8h30 já estávamos partindo rumo ao alojamento da Laguna Colorada onde passaríamos a 2ª noite. Vale ressaltar que o salar mesmo termina no 1º dia, no 2º e 3º dias temos basicamente diversas Lagunas que assim como o Salar são espetaculares. Passamos pela Laguna Cañapa, Hedionda (onde foi servido o almoço), Árbol de Piedra e Laguna Colorada...o guia era mto gente boa, tranquilão parava a todo momento para tirarmos fotos, várias paisagens deslumbrantes, o contraste areia, céu azul e gelo é de tirar o fôlego....seguem mais fotos....mto melhor que eu tentar ficar descrevendo as paisagens....

 

 

20120617222939.JPG

 

20120617223101.JPG

Laguna Cañapa

 

20120617223235.JPG

 

20120617223341.JPG

Laguna Hedionda e os milhões de Flamingos

 

20120617223501.JPG

 

20120617223547.JPG

 

20120617223646.JPG

Caminho entre a Hedionda e Árbol de Piedra

 

20120617223835.JPG

Dias incríveis....

 

20120617223957.JPG

 

20120617224324.JPG

 

20120617224127.JPG

Laguna Colorada

 

Para entrar na Reserva Eduardo Avaroa (Laguna Colorada) é necessário pagar 150 BOL / Pessoa. O alojamento que ficamos nesta 2ª noite fica bem depois da entrada na reserva e constitui-se basicamente de diversos quartos com 9, 10 camas em cada um e cada agência fica com um quarto. Há um único banheiro compartilhado para todos estes quartos (mulheres e homens vão se revezando) e sem chuveiro. Se bem que a temperatura da água não é nada convidativa tb, então não faz mta diferença... ::cool:::'> Para aqueles que se animarem, sugiro depois do jantar darem um pulo rápido do lado de fora do alojamento....apesar do frio descomunal, o céu estrelado que será observado é uma coisa de maluco. Aquela escuridão total, sem luzes ao redor faz do céu um espetáculo a parte..Janta por volta das 19h, mta conversa com o pessoal do nosso grupo e cama já que iríamos acordar 5 da manhã para partirmos rumo ao geisers Sol de la Mañana.

 

18/09 - Uyuni/SP de Atacama

 

Acordamos 5 da manhã e nem preciso dizer o estado do banheiro para aquela galera toda ::bruuu::::otemo:: Partimos 5h40 da manhã rumo ao campo geotérmico Sol de La Manãna...frio, mto frio!!! ::Cold:: Mas era preciso sairmos cedo já que a atividade destes campos é mais intensa no início da manhã, caso contrário não conseguiríamos ver nada!! Tanto é que o café da manhã é servido no refeitório dos banhos termais.... Para sair do carro para tirar fotos tava complicado, a galera tava inibida!

 

20120617230101.JPG

 

20120617230145.JPG

 

Depois nos dirigimos para os baños termais de Polques onde além de ter sido possível a galera tomar um banho foi servido o café da manhã, extremamente reforçado...eu não me aventurei a entrar na água, tava um frio desgraçado e mesmo sabendo que era água quente não tive mta coragem.. :oops: É engraçado como os gringos não tão nem aí, em 1 segundo a galera já tá peladona trocado de roupa, se enxugando, nem aí.... ::lol3::

 

20120618214132.JPG

 

Por volta de 9h da manhã partimos rumo a Laguna Verde, última antes de chegarmos na fronteira com o Chile. A saudade já tava batendo... :(

 

20120618214556.JPG

 

Chegamos na fronteira por volta de 10h30, nos despedimos dos companheiros de viagem (apenas nós ficamos na fronteira, todos iriam retornar para Uyuni) e entramos na fila para fazermos todos os procedimentos de saída da Bolívia....tudo tranquilo, sem qualquer problema. O transfer é da Cordillera mas junta a galera de várias agências... não esqueçam de negociar na agência de Uyuni o transfer e claro guardarem o papel que é dado para evitar qualquer problema...olha a emigração da Bolívia aí... ::lol4::

 

20120618215136.JPG

 

Às 13h chegamos em SP Atacama. Todo mundo desceu da van e aí veio o chá de cadeira....quase 1 hora para conseguirmos entrar no Chile, o procedimento de entrada no país é mais rigoroso, revistam malas, a fronteira estava cheia (era feriado nacional, dia da independência nacional)...em suma, chegamos no escritório da Cordillera no centro de SP Atacama quase 15h da tarde. Ao longo da viagem tínhamos reservado o Hostal Lickana e fomos direto para lá deixarmos nossas malas e irmos almoçar. Almoçamos no Café Adobe (muito bom, recomendado), andamos pela cidade que é pequena mas muito agradável e no fim da tarde aproveitamos para pesquisarmos as agências para fecharmos os seguintes passeios:

 

19/09 - Lagunas Altiplânicas (manhã) + Lagunas Cejas/Ojos del Salar/Laguna Tebenchique (tarde)

20/09 - Vale do Arco Íris (manhã)

21/09 - Geisers del Tatio (manhã) + Vale de La Luna/Muerte (tarde)

22/09 - Salar de Tara (seria o dia todo mas não foi realizado...explico em breve!)

 

Total: 100000 pesos / pessoa ( 40000 Tara + 15000 Arco íris + Pacote Básico Altiplânicas, Cejas, Geisers, Vale de La Luna)

 

Além disso fechamos o Tour Astronômico (endereço Caracoles 166) por 18000 / pessoa.

 

20120618221333.JPG

Café Adobe

 

20120618221703.JPG

SP Atacama

 

20120618222015.JPG

 

(Continua)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá, estou amando seu relato. Vou agora em julho Bolivia/Peru.

Fiz varias anotações, tendo suas dicas como referencias.

valeu!!!! ::cool:::'>

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Olá, estou amando seu relato. Vou agora em julho Bolivia/Peru.

Fiz varias anotações, tendo suas dicas como referencias.

valeu!!!! ::cool:::'>

 

Oi maria rz, tudo bem? Obrigado! Faltam apenas 4 dias em SP de Atacama para terminar o relato...agora sai!! ::otemo::

 

Se precisar de alguma dica é só falar! ::cool:::'>

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Poxa, valeu! tenho varias perguntas, mas vou aos pouco..rs ::lol4::

Vou postar meu roteiro, assim que terminar. ::mmm: Gostaria de opiniões, ja que é meu 1 muchilão. ::mmm:

A principio gostaria de saber se há vantagens em comprar eletronicos na Bolivia ou no Peru, e em qual seria o melhor.

Obs: eletronicos, tipo blue ray.

Desde de já abrigada.

Abraços!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Poxa, valeu! tenho varias perguntas, mas vou aos pouco..rs ::lol4::

Vou postar meu roteiro, assim que terminar. ::mmm: Gostaria de opiniões, ja que é meu 1 muchilão. ::mmm:

A principio gostaria de saber se há vantagens em comprar eletronicos na Bolivia ou no Peru, e em qual seria o melhor.

Obs: eletronicos, tipo blue ray.

Desde de já abrigada.

Abraços!!

 

Oi maria rz....pelo menos no Peru (Cuzco, Arequipa e Puno) não vi mtas lojas de eletrônicos não....já na Bolívia tem mas não achei que os preços compensem tanto. Tem que tomar cuidado com as falsificações, pelo menos com roupas tem mto "genérico"...principalmente casacos, roupas de grife. Tem um shopping perto do hostel Torino (se não me engano shopping Norte) que me pareceu um pouco mais confiável...

 

Abraço!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

vou fazer exatamente isto, em setembro.

 

aguardando pra saber como vc foi de calama para santiago, onibus ou avião.

 

vc sabe mais ou menos qto gastou por pessoa?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ei Quintanilha! Td joia? Caramba, seu relato está muito bom, valeu mesmo!

Sempre gosto de planejar e ler muuuuito antes de viajar, mas agora resolvi aceitar de última hr uma aventura por esse percurso, e estou indo essa sexta, um pouco receosa e queria te perguntar sobre uma coisa que não tenho encontrado aqui nos relatos...é que depois do tour Bol-Chile (salar e atacama)- e Arequipa, vou para a colombia direto, fazer um intercambio...está complicadíssimo caber tudo no meu mochilão, você acha que levar mala de rodinha nesse trajeto(sabendo que vou pegar um tanto bom de onibus) é impossível?

Brigadão e mais uma vez obrigada pelo relato!!! Abs!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
vou fazer exatamente isto, em setembro.

 

aguardando pra saber como vc foi de calama para santiago, onibus ou avião.

 

vc sabe mais ou menos qto gastou por pessoa?

 

Oi claudiabaltazar, tudo bem?

 

Fiz o trecho Calama ----> Santiago de avião, pela SKY Airline (www.skyairline.cl). Como queria deixar em aberto o dia que faria este trecho, deixei para comprar esta passagem no escritório da Sky Airline de La Paz e paguei na época 200 dólares / pessoa. Sabia que não seria mto barato pelo fato de ser apenas 1 trecho e não ter tanta antecedência, mas foi um "risco" que assumi. O vôo foi excelente, com 1 escala em Antofagasta (cerca de 3 horas de viagem). Recentemente entrei no site para ver o valor Santiago ---> Calama ---> Santiago para março do ano que vem e os valores estão em 79 dólares o trecho.

 

Caso vc decida ir de ônibus, o recomendado era a Pullman (www.pullman.cl)...o negócio é que são quase 24 horas de viagem...

 

Boa viagem!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.




×
×
  • Criar Novo...