Ir para conteúdo

Mutirão no Anhangava


Posts Recomendados

  • Membros de Honra

Transcrevo aqui artigo publicado no Blog da AMC em que relatamos nossas ações no Morro do Anhangava.

Espero que este relato inspire pessoas a doar seu tempo e disposição para manter as montanhas e locais naturais para que além de nós as próximas gerações possam usufruir dessa benção de Deus.

Espero que gostem!!!

 

Manutenção da trilha do Anhangava – setembro 2012

 

O morro do Anhangava está localizado no município de Quatro Barras, região metropolitana de Curitiba. Com 1.450 m de altitude é considerado o campo escola da escalada paranaense, pelo seu fácil acesso e um grande número de vias de vários graus de dificuldade, e faz parte do Parque Estadual da Serra da Baitaca, criado em 2002, juntamente com outras montanhas da região como Morro da Samambaia, Pão de Loth, Corvo, Sapo e outros.

 

20121024185541.jpg

 

Por estar muito próximo da cidade e ser uma montanha de fácil acesso, o Anhangava tem um grande número de visitantes, chegando a 200 pessoas num final de semana, o que gera a degradação natural da trilha devido ao seu uso intenso. Esta proximidade também faz com que vândalos pichem e destruam tudo o que conseguirem, como as contenções de erosão, degraus, etc...

Além disso, a mais de 50 anos é rezada no alto da montanha a Missa da Paz, todo dia 1º de maio. A partir de 2007 a celebração passou a ser feita no Morro da Samambaia, devido ao impacto ambiental causado no cume do Anhangava. Para se chegar ao Samambaia usa-se a trilha da asa delta, mais curta e de fácil ascensão.

A Associação Montanhistas de Cristo – AMC faz parte do Programa Adote uma Montanha da Confederação Brasileira de Montanhismo e Escala. A montanha escolhida por nós foi o Anhangava. Ações como limpeza, remoção de espécies exóticas (pinus) contenção de erosão e outras são realizadas em mutirões pelos associados da AMC, montanhistas e pessoas interessadas na conservação desse patrimônio natural.

 

20121024185654.jpg

 

Estivemos lá agora em setembro, com a intenção de além de fazer as contenções de erosão, limpar as pichações que ocorreram nos últimos meses. Neste mutirão tivemos a ajuda de muitas pessoas, em especial a galera do Clube Paranaense de Montanhismo - CPM. Não vou citar os nomes, pois com certeza irei esquecer de alguém...

O Instituto Ambiental Paranaense - IAP também colaborou com a autorização para o corte de pedras, que foram utilizadas nas contenções. O Anhangava é uma antiga pedreira, e a atividade ainda é realizada nas suas imediações, fora do parque.

 

20121024191127.JPG

 

As pichações foram quase todas retiradas, apenas a última (já perto do cume) foi removida parcialmente, pois acabou o solvente. Foram feitas contenções na trilha, transporte de pedras e limpeza do lixo que alguns ainda insistem em deixar por lá.

 

20121024185925.JPG

antes

 

20121024190024.JPG

depois

 

20121024190128.JPG

antes

 

20121024190407.JPG

depois

 

20121024190531.JPG

antes

 

20121024190630.JPG

depois

 

Foi mais um dia animado e de muito trabalho na montanha na companhia dos amigos. Ainda resta muito trabalho por lá (e muitas pedras pra levar lá pra cima!), isto quer dizer que teremos outras oportunidades de trabalhar por aquilo que amamos, nossas montanhas...

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros de Honra

Olá Otávio!

 

 

Show de bola!!!

 

Belo trabalho este que vocês fizeram. Pena eu não ter podido participar nestes dias, duas vezes já que coincide com outros compromissos, vão ficar pensando que ando fugindo do trabalho pesado... :mrgreen: Mas logo logo tem mais, até porque ficou faltando material para eliminar as pichações das pedras na área do cume e restou aquela descida depois da Pedra dos Incas para o Samambaia, que está deplorável e precisa urgentemente de um serviço de contenção.

 

Grande abraço!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 2 semanas depois...
  • Membros de Honra

João, o risco existe, mas é pequeno. Como o Anhangava fica próximo a cidade pode ocorrer furtos por lá, como já aconteceu.

Quando estivemos lá nada de anormal, inclusive nas várias vezes que já fui lá nunca vi nada referente a assaltos, só fiquei sabendo por relatos.

Vá num final de semana, quando a montanha está mais movimentada. Sempre tem gente por lá nos fds...

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

×
×
  • Criar Novo...