Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Mochilando sozinho em Cuba e Panamá (10 e 2 dias).


Posts Recomendados

  • Membros

Aoba! Acabo de voltar de uma viagem de 12 dias, 10 em cuba e 2 no Panamá e vou compartilhar minhas experiências por aqui!

 

Brasil - Anterior a Viagem

 

Marquei meus 20 dias de férias para agosto. Sempre quis conhecer Cuba e sempre quis que minha primeira viagem internacional sfosse para lá - e foi! E, pensei, para aproveitar que obrigatoriamente teria uma conexão no Panamá, ficaria um ou dois dias por lá. Como tinha outras coisas para fazer nas férias, reservei doze dias para a viagem. Decidi passar 10 dias em Cuba e na volta 02 dias no Panamá.

 

Antes de tudo já comprei as passagens, em MARÇO, e, mesmo assim paguei muito caro...mas como tive que marcar minhas férias para esta data, não tive muita escolha. Paguei R$ 2100,00 com todos os trechos.

 

O próximo passo foi escolher as cidades que conheceria em Cuba...e, baseado no pouco tempo de viagem e em outros relatos aqui do site escolhi: Havana - Trinidad - Santa Clara - Varadero. Já comprei pela internet as passagens de Ônibus para cada cidade através do site da Viazul, bem seguro e tranquilo.

 

HAVANA - TRINIDAD = US$ 25,00

TRINIDAD - SANTA CLARA = US$ 8,00

SANTA CLARA - VARADERO = US$ 12,00

VARADERO - HAVANA = US$ 10,00

 

Depois reservei as casas para cada cidade pela internet, pesquisando por aqui e em outros blogs...Em Havana, Trinidad e Santa Clara reservei através do site Hostelbookers, onde se paga 10% do valor total da reserva pelo site e depois o restante para o proprietário da casa, na moeda local. Site confiável e bom. PORÉM não tem mais Cuba como opção. Em Cuba, muitos proprietários destas casas que conheci estavam realmente preocupados com isso, pois para muitos este site representava até 90% de suas locações.

 

Lá, me recomendaram o site MyCasaParticular.com (http://mycasaparticular.com/es/index.php) e disseram ser confiável.

 

ATUALIZANDO: Novo site enviado pelo amigo Cubano Rolando, criado devido a retirada do país do hostelbookers: www.havanahostelbooking.com

 

Hostel Rolando's Backpacker - Havana: 12 CUC a diária (04 diárias- reservei três diárias na chegada e mais uma no ultimo dia, antes de viajar)

Hostal la Caridad Trinidad - 7,50 CUC/pessoa a diária (02 diárias)

Casa Eva e Ernesto - Santa Clara - 10 CUC/pessoa a diária (02 diárias)

 

A casa em Varadero, reservei com um casal chamado Eric e Arelis, através do site connect2cuba. Não tinha que pagar reserva, apenas na hora, 25 CUC a diária (02 - diárias).

 

Consegui uma mochila de 60 litros da marca WANGARATTA, brasileira. Como consegui emprestada e não estava em condições de comprar uma boa mochila, foi esta mesmo. Até que é uma mochila boa, para mochilão mesmo, com todos os itens necessários e tudo mais...

 

20130809_082753.jpg.d149f793585d8f46d1779818a45fabb0.jpg

 

De roupa levei Uma calça para viajar, três bermudas de nylon/tactel, 8 Camisetas, 1 blusa de frio, sunga e cuecas e meias. Um tênis e um Chinelo. Produtos de higiene pessoal, medicamentos, protetor solar, repelente e toalha de banho. Máquina digital, celular e carregadores. Levei mais de um cartão de memória para a câmera. Óculos de sol, cadeado e chave e documentos. Levei umas barras de cereal para comer durante o dia.

Também nos preparativos para a viagem comprei 02 caixas de Sabonetes (Dove), Canetas e Isqueiros para levar de presente. Não tirei da minha cabeça estas idéias estranhas de presentes, mas de amigas que já estiveram lá e disseram que são itens de difícil acesso ou caros. Além disso, levei algumas bandeiras do brasil, compradas baratinho em barraquinhas.

 

VISTO: No aeroporto de guarulhos, no momento de despachar a bagagem nos guichês da Copa, já se pode pagar pela Tarjeta Turística US$ 20 (pago em reais, na cotação do dia). É muito fácil, rápido e sem burocracia. Recomendo este caminho ao invés de ir pessoalmente ao consulado cubano em SP levar documentos e blá, blá, blá...

Se for descer no Panamá, como eu, é necessária vacina para febre amarela, no mínimo 10 dias antes da viagem, e, após a vacina, retirar um cartão de vacinação internacional, que antigamente era só em aeroportos mas hoje quase todos os postos de saúde onde se aplica a vacina já fornecem.

 

Meu voo saiu de Guarulhos numa sexta feira, dia 09 de agosto, as 11:55 com direção ao Panamá. A previsão de chegada era 16:55 (horário do Panamá). No panamá são 02 horas a menos, então no Brasil seria 18:55h.

O Voô chegou no panamá (horário local) umas 17h. As 18:45h foi o horário de Partida do meu voo para Havana, Cuba. O avião chegou umas 22h:10h.

 

Gostei bastante da Copa Airlaines. No trecho do voô Brasil - Panama o avião tinha TV individual com filmes, seriados, músicas, mapa do viajante...O serviço de bordo é bom também, com bastante variedades de bebidas e as comdias são boas. Os voôs não atrasaram. No trecho entre Panamá - Havana o serviço era o mesmo, porém sem a televisão. Recomendo levar fones de ouvido porque os fones fornecidos pela COPA são um pouco desconfortáveis.

 

CUBA

 

Havana

 

Chegando no aeroporto é necessário passar pela imigração. Pega uma fila, passa pelo guichê, tem que apresentar tarjeta turística, um papel para estrangeiros que entregaram no avião (quantos dias vai ficar, motivo da viagem, se tem uma quantia grande de dinheiro, seus dados pessoais...) e o passaporte. Pronto - CUBA!

 

Já troquei algum dinheiro para os primeiros dias no Aeroporto, a cotação da moeda local é muito próxima a Cotação do Dólar - 1 Dólar = 1 CUC. Levei o dinheiro em Euros, segundo recomendações, pois se paga uma taxa adicional para trocar dólar. Paguei 1 Euro = 1,29 CUC.

 

Não marquei táxi com ninguém, e pelo horário que cheguei quase não havia táxis do lado de fora do aeroporto...não tive muita poder de barganha, peguei um táxi até Centro Habana e tive que desembolsar 35 CUC (por isso recomendo pedir um táxi para o dono da primeira casa que vá permanecer, pois cobram algo em torno de 20 CUC)

 

Hostel Rolando's Backpacker (Rolando e Magaly): Calle San Miguel, entre Gervasio e Belascoaín, Número 567, 1º piso, Centro Habana. Telefone: 879 9045, Celular 05 292 3074; e-mail: [email protected]

 

Cheguei no Hostel do Rolando, fui muito bem atendido, ele explica em um mapa onde estamos, alguns locais turísticos, dá umas dicas de roteiros, dicas de como se virar por lá, explica as normas do Hostel, entrega a chave e já era. Guardei minha mochila no quarto e fui para um barzinho que tem no próprio Hostel, subindo uma escada, no terraço. Tomei umas cervejas e bati um papo com um pessoal de outros países que já estava lá.

 

O quarto que fiquei (quarto 02) era para 04 pessoas (02 beliches), com um banheiro e 04 portas de armário, uma para cada. Tem ventilador, ar condicionado, lençol, "travesseiro". O chuveiro é mediano, com água fria e quente. O café da manhã é 3 ou 4 (com fruta - muito pouco) CUCs. Tem pão, manteiga, goiabada, marmelada, ovo, suco, leite, café. Vale pela comodidade. Mas, se quiser economizar, em todos os cantos nas ruas tem pessoas vendendo abacate, banana, manga, mamão em moeda nacional, o que sai muito, muito mais barato.

 

A localização depende do rolê que você vai querer fazer. O hostel fica em Centro Habana, exatamente no meio do caminho entre Habana Vieja e Vedado, e, como eu queria conhecer ambos, foi bom (cerca de 15 minutos andando para qualquer um). Fica uns 5 minutos a pé do Malécon.

 

É um bom lugar para conhecer pessoas de vários lugares do mundo, para trocar experiências e é bom por ter o barzinho no terraço, para tomar uma, conversar e também serve jantar, que não é muito caro e é bom (de 5 a 8 CUCs). O Barman que trabalha lá é muito gente boa, o Léo.

 

DSC02638.JPG.1fea1d6eb2379b9b7e9db8990ada5ddf.JPG

DSC00117.JPG.a2642ba2b841899beee27788e990207f.JPG

 

Em Havana existem milhões de lugares para conhecer, fiquei 04 dias e não consegui ir a todos os lugares que queria. Segue alguns lugares que fui:

 

Malécon: Toda orla da cidade, tem um calçadão e uma muretinha, do lado do mar. Recomendo muito ir no pôr do sol! Ou tomar um Rum de madrugada com os cubanos!

 

20130818_194506.jpg.87748b4a73c639b24a99206f94837489.jpg

 

Habana Vieja:

Turismo:

  • - Monumento a Máximo Goméz, no final do Malécon, início da avenida del puerto.
    - Museu nacional da música, pertinho do monumento acima
    - Restos de la Antigua Muralla, descendo, no caminho para o Museu da Revolução
    - Museu de la Revolucion: 07 CUC para entrar mais 02 CUC para tirar foto. Bom, aqui depende muito de cada um...Conheci gente que não gostou, que achou médio, ou que gostou muito. Um dos motivos pelo qual fui à Cuba é a história da revolução cubana, da guerrilha, etc. Então, para mim, o Museu foi um passeio ótimo, enquanto algumas pessoas passavam por 30 minutos em todo o museu eu passei horas lá dentro.
    - Memorial Granma: Memorial com restos de avião, tanque, aviões, uma tocha em homenagem aos combatentes e o iate Granma. Já está incluso na entrada do Museu de la Revolucion.
    - Catedral de La Habana e plaza de la catedral: Catedral muito bonita, e em sua praça tem um restaurante, com música ao vivo...Um lugar muito bonito e agradável, mas só tomei uma cerveja por lá, não sei se a comida é boa. Calle Empedrado com San Ignácio.
    - La bodeguita del médio - Barzinho bem famoso, com o Mojito Famoso, com todas as paredes escritas, bem legal para passear e conhecer, não para ficar, pois é mais caro.
    - PLaza de Armas: Com uma grande feira de livros usados, CDs, posteres, fotos, cartão postal
    - Calle Obispo: Rua famosa e movimentada, com bares, restaurantes, lojinhas, bem turística! Vale a pena a caminhada.
    - Calle Mercaderes - Outra rua turística, com Museus, Bares, algumas lojinhas diferentes - também vale a pena andar por esta rua toda!
    - Maquete da Cidade de La Habana - Uma maquete perfeita da cidade, com muita riqueza de detalhes, tem o amanhecer, o entardecer, a noite....os barulhos da cidade. É interessante, mas é cinco minutos visualizando e acabou. E para para entrar custa 1,50 CUC e mais 3,00 CUC para tirar foto, se quiser (se não me engano, fica na Calle mercaderes também).
    - Camara Oscura - Demais! Achei muito interessante, a entrada é 2,00 CUC, a visita dura uns 10 minutos talvez, mas é uma maneira legal de conhecer a cidade.
    - Plaza Vieja - Praça antiga, ao fim da calle Mercaderes com a Calle Brasil, nesta praça fica a cervejaria nacional
    - Factoria PLaza VIeja - Cervejaria Nacional, com Canecas de cerveja clara, oscura e negra, acompanha um amendoinzinho, as vezes tem um som ao vivo. Abre ao Meio dia, 2 CUC cada Caneca de breja. Como adoro cerveja, gostei muito!
    - Almacenes de San José - Feira de artesanatos bem grande, com pinturas, quadros, fotos, artesanatos em couro, madeira...um bom lugar para conhecer a arte local e para comprar lembrancinhas. Um pouco longe andando, Ao Sul de Habana Vieja.
    - La floridita - Bar em que o famoso escritor Ernest Hemingway enchia a cara de Daiquirí. Legal para conhecer, mas também é um pouco mais caro.
    - Casa do Rum e Tabaco Oficial - Quase ao lado da Floridita, na mesma quadra, para comprar Rum e Charutos sem se preocupar se são originais. Mas prepare-se, é bem caro (Os charutos - a unidade - varia entre 3 CUC e 20 CUC. Uma caixa de Cohiba Esplendido com 25 charutos, por exemplo, custa mais de 500 CUC. O Rum Havana Club, que é o mais famoso, não é o melhor segundo os cubanos - me recomendaram muito o (melhor!) Santiago Anejo 11 anos - 40 CUC - e o Rum Varadero 7 anos, um Rum mais comum e mais barato).
    - Além destes lugares, procurei andar por todas as ruas de Habana Vieja, para conhecer coisas não tão conhecidas e a arquitetura da cidade, as praças, vale a pena. Outros pontos que conheci por lá: Museo Nacional Bellas Artes, Edifício Bacardi, Museu da Farmacia Habanera - Taquechel, Castillo de la Real Fuerza, Castillo de San Salvador de la Punta, Hotel Ambos mundos (residência de Hemingway), Plaza de San Francisco de Asis, Plaza del Cristo

 

zemedelinrelato07.jpg.61fe7f56da85acaad8f0a728c904a1ea.jpg

zemedelinrelato04.jpg.cfa932ea0a8b8bb7cbe5fbbbae3aaa0c.jpg

 

Centro Habana:

  • - Capitólio: Muito bonito, mas, por enquanto, apenas por fora...está fechado para restauração
    - Plaza Central - Praça grande ao lado do Capitólio com pontos de táxi - é um museu de carros antigos a céu aberto!
    - Los Nardos - Restaurante realmente muito bom, bem próximo ao capitólio. Para o jantar existe uma fila grande para entrar. Paga-se um pouquinho mais para comer, nada muito caro, mas vale! Recomendo o camarão a Salsa Cuabana, dá até para dividir em 2!
    - Fábrica de Tabacos Real Patargás - A fábrica está fechada, mas funciona a lojinha no térreo, com charutos e bebidas.
    - Restaurante la Guarida, famoso por ser cenário do filme "Morango e Chocolate", fica na parte de cima de um conjunto habitacional. Nada demais, não vale o tempo, a não ser que você seja um fã do filme.
    - Outros lugares bonitos para passar: Hotel Inglaterra, Gran Teatro Nacional.

 

DSC02640.JPG.bf48eebbff81ed190b645f6c289f2e82.JPG

 

Vedado:

  • - Callejón de Hamel: Centro de música Afrocubana, em um beco cheio de pinturas, esculturas de origem africana e "Santeria" (outras crenças de origem africana, como umbanda, candomblé). Lugar muito bom para conhecer, fui de domingo e rola um som ao vivo do meio dia às 15h, com tambores e bem animado. É mais frequentado pelos próprios Cubanos. Free. Calle Concórdia, esquina com calle hospital (aproximadamente)
    - Universidad de La habana
    - Hotel Nacional de Cuba
    - Hotel Havana Libre
    - Sorveteria Copelia (não é caro, cai muito bem no calor Cubano...mas é um sorvete comum)
    - Calle 23 ou "La Rampa": Rua movimentada, para caminhar. Há diversas atrações e pontos turísticos. A noite, tem umas três casas de Jazz boas aqui.
    - Plaza de la Revolucíon: Prédios com as imagens de Che e Camilo Cinfuegos.
    - Memorial a José Martí: Em frente a Plaza de la Revolucion, tem um observatório na parte de cima, é o ponto mais alto de Havana, fica aberto para visita, menos de Domingo.
    - Cemitério de Colón: Um pouco longe e não achei grande coisa não. Cobram 05 CUCs para entrar. (pelo menos não paguei...explico ao final)

 

DSC02542.JPG.529507bcd825c277cb6402ddcdd45bb6.JPG

DSC02546.JPG.ccba66184415967ddfebf635bf784de8.JPG

 

Dicas gerais sobre Havana:

 

Assim que cheguei no aeroporto, algumas pessoas me disseram que eu parecia muito ser cubano, se não tivesse o sotaque brasileiro, passaria batido. Quando cheguei no Hostel, me disseram a mesma coisa...E realmente, era verdade. Quando andava sozinho pelas ruas de Havana, foram raríssimos os episódios de abordagem dos famosos Jineteiros (sim, eles existem, e aos montes!). Este pessoal vem, conversa, fala sobre Cuba, sobre o Brasil, te oferecem algumas coisas para comprar, querem te levar para conhecer algo...sempre muito amigáveis. Se você permitir, o cara passa o dia todo com você. Maaaas, no fim, eles sempre pedem um trocado para ajudar. E, se você parecer muito turista, vão vir falar com você com este intuito a cada 5 minutos caminhando nas ruas. Percebi isso quando saia para andar com umas amigas que fiz no hostel, com estilão de europeias mesmo (da Alemanha e da Eslováquia). Eles querem te levar para algum restaurante, ou algum bar, ou para comprar charutos e rum...e no fim, um troco para ajudar. Isso é muito ruim, porque sempre viajamos com o intuito de conhecer as pessoas que moram no local, trocar idéia, experiências e em Havana isso é um pouco complicado. É importante deixar claro que não vão te roubar, machucar, agredir ou coisa do tipo...São muito raros episódios assim em Cuba.

 

IMPORTANTE: Sempre querem te levar para comprar charutos nas "cooperativas", segundo os cubanos são casas de família que trabalham fazendo charutos para o governo Cubano. Sempre vai ser o último dia de alguma promoção nas cooperativas que você não pode perder. Fui até algumas ver qual que era...Eles tem charutos perfeitamente idênticos, com selo de segurança, numa caixa bonita de madeira igual à original, com selos de garantia do governo e o que mais você possa imaginar. Porém, não são verdadeiros. Pode reparar que sempre te levam para comprar este charuto no interior de casa escondidas, alguém vai buscar no quarto, sempre assim....e uma caixa de Cohiba esplêndido, por exemplo, na loja custa 500 dólares. O cara começou me vendendo uma por 90 e acabou oferecendo por 20 dólares. Existem até lojas ou barracas que vendem estes charutos...e é engraçado, porque na frente da loja estão os originais, sempre muito caros, e, se você reclama do preço, eles te levam para o fundo da loja, onde tem exatamente o mesmo produto por um valor menor. Ou seja, sempre escondido. Se for para comprar para fazer uma graça, trazer uma caixona de charutos bonita, beleza. Mas se gosta de apreciar ou se vai presentear alguém que curte bons charutos, não aconselho. Fiquei sabendo de um caso até de charutos feitos com folhas de Bananeira.

 

Em agosto é Carnaval em Cuba. Fui ao carnaval a noite no Malécon e é bem divertido, com músicas e carros alegóricos.

 

Em Cuba, nunca pague o primeiro valor que te disserem. Se disser que está caro, eles sempre abaixam os preços. E se chorar bastante, abaixam mais. E, se fingir que vai embora, mais um pouquinho.

Eu aconselho fazer os passeios a pé. Tudo bem que gosto muito de andar, mas a questão é que existem muitas belezas escondidas nas ruas de Havana, e caminhando, você poderá encontrá-las todas. E, se for utilizar transporte, não utilize os táxis convencionais, utilize os carros compartilhados, os cocotaxis, os ônibus, pois são muito mais baratos. Muito mesmo.

 

Fui para o terminal da Viazul de Ônibus para pegar o Busão para Trinidad. Aqui vai outra recomendação que dou. Não comprar as passagens antecipadamente na internet. Quando cheguei no terminal da Viazul, tinha Carros compartilhados e Caminhões para dividir com outras pessoas para ir para diversas cidades. E sai muito mais barato. E isso ocorreu no terminal de todas as cidades que fui pegar ônibus. Mas....já foi!

 

Havana - Trinidad: 06 horas de Viagem, uma parada num posto.

 

TRINIDAD:

 

Chegando em Trinidad, como o terminal de Ônibus é próximo ao centro da cidade, ele fica lotado de pessoas tentando alugar suas casas para os turistas que estão chegando. E, se você diz que já tem uma casa, dizem que é longe, que é cara, que é ruim, que o dono está doente, etc... Aconselho que vá pessoalmente até a casa antes de trocar de local. E isso acontece com todo mundo, sempre tentam te desviar para a casa deles.

 

Desci e fui a pé até a casa que eu havia reservado, o Hostal la Caridad. Chegando lá, conversei com a dona e havia uma japonesa com quadro de diarréia e vômitos, e a dona estava preocupada em deixar a moça viajar assim. Pediu para que ela pudesse ficar mais um dia, e que me arrumaria uma casa de um amigo, ali do lado pelo mesmo preço. Aceitei sem problemas e o Sr. Jorge Luís veio me buscar. Chegando até a casa dele, me mostrou o quarto, o banheiro, me explicou como funcionava e tudo mais. Deixei minhas coisas e fui andar pela cidade.

 

DSC02712.JPG.ac2e806d2e521039268e7308b426eeb1.JPG

 

Casa Sr. Jorge Luís Companioni: Calle Antonio Guiteras (ou mercedes) 131 A entre pedro Zerqueira y Anastácio Cárdenas. Celular: +53 53 531201

 

Trinidad parece muito aquelas cidades do interior de Minas Gerais, com ruas de pedras, praças, casas antigas...uma boa cidade para relaxar e dar umas voltas. Conheci a cidade e voltei para jantar na casa do Sr. Jorge Luís. No jantar, ficamos conversando eu, ele, a esposa e filha dele. Passamos umas 3 horas batendo papo, sobre Cuba, sobre o Brasil e sobre assuntos aleatórios. Família Fantástica! Depois saí a noite.

Nesta casa o Café da manhã e o jantar não é barato (5 CUC e 8 CUC) mas é muito bom e tem muita comida. E vale pela conversa com os donos da casa. Mas não deixa de ser caro.

 

DSC02702.JPG.c90fd559c52d1453a0da77d9bafc79de.JPG

 

Depois, no segundo dia, voltei para o Hostal La Caridad, onde fiquei mais uma noite. A primeira casa era melhor, com uma cama mais confortável, um pouco mais nova. O Maior problema no La Caridad é a água. Tive que tentar umas 5 vezes para conseguir tomar um banho...A água acaba, da torneira, descarga, chuveiro. Tem que esperar algum tempo pra voltar.

A comida era pra ticamento o mesmo preço que na casa anterior. Mas não experimentei.

 

Hostal la Caridad: Calle Lino Perez 173, E Frank País y Pedro Zerquera, Sancti Spiritus, Trinidad, 62600, Cu, Telefone: 53041992104, E-mail: [email protected]

 

DSC02821.JPG.8400916c15b40a79b7c02af185e85643.JPG

 

Locais que visitei em Trinidad:

  • - Centro Histórico: Toda a parte com ruas de pedra na cidade, onde se encontra o Museu de Arquitetura Colonial, o Museu Romântico, as atrações noturnas e quase tudo da cidade.
    - Casa de la Música: Todas as cidades tem uma casa da música, mas a de Trinidad é a mais legal, fica em uma escadaria de pedras, lugar muito gostoso. Durante o dia é aberto e a partir das 20h é 1 CUC. Toca música tradicional cubana e a bebida é barata.
    - Palenque de los Congos Reales: Bar de Música Afrocubana, 1CUC para entrar e tocam músicos muito bons, mas é menos animado que a casa da música.
    - De resto andei bastante pela cidade, conheci muitas pessoas e no segundo dia fui para Playa Ancón, uma praia próxima a Trinidad.
    - Playa Ancón: Tem um ônibus (trinidad bus tour) que vai e volta em alguns horário de trinidad para a playa ancón. 02 CUC e pode utilizar o busão das 9am a 9pm. A praia é muito bonita, areia clara, água clara e quente e a vantagem é que não fica muito cheia, dá para ficar bem tranquilo por lá. Tem bares, restaurantes, um Hotel. Lá também tem passeios de barco, pode-se alugar caiaques...

 

DSC02735.JPG.21dba7f0b9291da5999c0c61174473ae.JPG

 

No meu ultimo dia de Trinidad fiquei meio zuado, estava tendo um surto de diarréia e náuseas na cidade. Fiquei mais tranquilo e dei uma descansada para o resto da viagem.

 

Busão para Santa Clara: 3:15h de viagem.

 

Santa Clara:

 

Santa Clara é uma cidade que respira Che Guevara, uma cidade tranquila, no interior, fica no centro da Ilha.. Todos me disseram que um dia ou um mesmo um período do dia em Santa Clara era o Suficiente para as atrações turísticas, mas fiquei dois dias e não me arrependo. Chegando no terminal já tem uma parede pintada com o Che, quando entra na parte fechada, um quadro do Che...e assim por diante.

 

Saí a pé do terminal da Viazul até a casa que havia reservado. Se estiver com muito peso ou muito cansado, não aconselho, andei bastante (ainda mais que me perdi um pouco).

 

Casa Eva y Ernesto: J.B Zayas 253A, entre Berenguer e Padre Tuduri, Santa Clara, Cuba. Telefone: +53 42 204 076, e-mail: [email protected]

 

Porém, quando cheguei na casa acima, duas notícias: 1) O Ernesto havia falecido há alguns meses, mas, mesmo assim a Eva continuava com a casa particular para turistas. 2) O quarto que eu iria ficar teve uma infiltração e foi necessário quebrar o quarto para reforma...subi para conferir e realmente era verdade.

A Eva me indicou uma amiga dela que alugava casas ali por perto, ligou para ela e deu tudo certo, pelo mesmo valor combinado. Mas mesmo assim recomendo a Casa da Eva, pessoa muito simpática, casa muito limpa e bem organizada, bons quartos. Fui pra:

 

Hostal La Casa de Tula - Sra. Aylin. Calle Evangelista Yanes No 10 entre máximo gómez y callejón del carmen, Santa clara, Reparto Carmem. Telefone 53 0142 202566 e celular 53 52 407232.

 

Local muito bom, mas bem grande. Tinha uma varandinha, uma cozinha, um banheiro e um quarto com uma cama de casal e outra de solteiro. Vale a pena ir para dividir....mas, como estava pagando o mesmo preço combinado na casa da Eva, tudo OK. A dona da casa, a Aylin é muito simpática e prestativa, a casa é limpa, organizada e o espaço enorme. Apenas tomei café da manhã lá, por 4 CUC, ótimo!!! Com pão salgado, pão doce, coisas típicas de cuba, geléia, suco, café, frutas, ovo, leite!

 

DSC02853.JPG.d27c4b6516eb67060ec19a1de601de6f.JPG

 

Sou leitor dos livros do Che e gosto muito, por isso, usei muito tempo nos museus de Sta Clara. Lugares visitados:

  • - Museu do Trem Blindado: Museu com os vagões do trem descarrilhado na Batalha de Santa Clara pela Coluna do Che Guevara, com todas as fotos, utensílios da época e histórias, gostei bastante. Tem até o "trator" usado para descarrilhar e tudo mais. Não lembro bem, mas acho que são 3 CUC
    - Ao sair do museu do trem Blindado, tem a linha do trem e algumas lojinhas de lembranças. Achei meio caro as coisas por ali. E, continuando reto na mesma avenida, existe uma estátua do Che.
    - Estátua do Che: Fica em frente ao Comite provinvial do partido. Tem uma escultura em homenagem a tomada de Sta Clara e tem a estátua do Che. Dentro do Comitê você pede um papel com a explicação dos detalhes da estátua, é muito legal. Na estátua tem vários desenhos, vários detalhes escondidos.
    - Mausoléu do Che: Muito, muito bonito. Tem aquela escultura famosa, com várias imagens entalhadas, a estátua do próprio e algumas coisas escritas. Embaixo tem o museu do che, tem uma homenagem aos mortos na batalha de santa clara e ao fundo tem o cemitério dos combatentes da batalha também. Tem uma lojinha, uma livraria lá dentro deste complexo também.
    - Em um dos caminhos do Mausoléu até o centro, tem um muro com pinturas de humoristas, que também é muito legal. É na rua Marta Abreu.
    - Bar el Mejunje: É um bar interessante, com umas duas arquibancadas pequenas para sentar e apreciar a banda, todas as paredes são escritas, tem umas árvores dentro do local. Tem uma cafeteria na frente e um barzinho no fundo. Em cima, funciona uma galeria de arte. A tarde pode entrar de graça. A noite, é 2 moedas nacionais (muito barato). O dia que fui rolou um palco aberto, todo mundo podia subir e tocar qualquer instrumento. Recomendo!
    - Restaurante Rolando: Comida boa, barata, lugar legal, não fica muito cheio...E um prato dá para duas pessoas tranquilo! Próximo a rua San Mateo, reparto el carmen.
    - Boulevard: Estilo Calçadão, com lojinhas, livrarias....bom para passear.
    - El Burro perico - Um burrinho de metal, sentado em uma praça, famoso por lá...(???)
    - Praça Central: bonita, tem uns prédios bonitos em volta, tem algumas esculturas na praça, tem a estátua do menino segurando a Bota que sai água....etc.

 

DSC03257.JPG.1f5ca3efad33acb2475e86a22bf989df.JPG

 

Em santa Clara a vantagem é que se pode conhecer muita gente, sem interesses como em Havana. Fiz umas amizades legais por lá! Sai com uns camaradas Cubanos. Realmente se pode conversar e conhecer cubanos nas ruas, bares. Essa foi minha impressão e o que ocorreu comigo, ao menos.

 

Busão Santa Clara - Varadero: 03:15h de viagem.

 

VARADERO

 

Cheguei no terminal de ônibus e fui andando até a casa que havia reservado, cheguei no endereço, 49 com primeira, e fui perguntar por alguma casa que alugasse por alí, ou pelo nome do casal que entrei em contato - ninguém conhecia ambos e nem nenhuma casa que alugasse por ali. Um casal muito gente boa (José Antonio e Olalis) me chamou para entrar, me deram uma breja, coloquei minha mochila no chão e batemos um papo...ficaram meio bravos porque acharam que me enrolaram, ninguém alugava por ali. Tentaram ligar para muitas casas que alugam e nada...depois de muito tempo, arrumaram uma. Puta casa legal! Mas, era mais cara um pouco, 25CUC por diária, mas era o que tinha! Em agosto Varadero fica muito cheio de turistas e não haviam muitas casas. Pelo menos a casa era muito boa, os donos muito simpáticos e o endreço muito bem localizado.

 

Casa Karelia e Victor, Calle 43 entre segunda e terceira. Tem uma placa na frente pendurada. Se eu encontrar o e-mail e telefone depois, atualizo aqui!

 

DSC03309.JPG.cfab993e0cbc36db515c3d68f4419f63.JPG

 

A cidade é: Avenida primeira, segunda e terceira e as ruas que as cortam...1, 2, 3, 4.....Bem pequena e fácil de andar. O terminal de ônibus fica na 36. A regiao central é entre a 40 e a 62. Os quarteirões não são grandes. Lá para quem quiser tem um onibus que você paga uma vez ao dia e pode pegar e descer a hora que quiser dele, ele anda toda a península de Varadero.

 

Locais:

  • - A praia é do lado norte da cidade, uma praia só do começo ao fim, bem comprida.É uma praia muito bonita, muito mesmo. Mais bonita que a playa ancón, porém estava muito cheia, pois era férias em Cuba e fui em um sábado. Mas, o ponto mais lotado fica em torno da Rua 46, onde descem os onibus para a praia...se distanciar desta região, fica bem mais tranquilo. Fui próximo à rua 65, na praia. Passei um bom tempo lá, quase final de viagem, estava meio quebrado...curti para descansar
    - Bares: A maioria dos bares mais movimentados está entre a primeira e a segunda e 60 e a 62. Tem o Bar The Beatles, que toca rock'n roll, bandas conhecidas internacionais, um som bem tocado pela banda, inclusive. Tem o Bar Calle 62, na rua de mesmo número, que o pessoal fica na rua, tem bandinha com música cubana, é muito bom. Ao fim da rua tem o Havana Club, uma coisa mais chique, mas nada demais. Na segunda com a 60 tem um bar que nao lembro bem o nome, mas acho que é compadecida, que é 10 CUC para estrangeiros mas é open bar e tem música também.

Na rua da praia, entre a 42 e a 43 fica a Casa da Música de Varadero, de 05 a 15 CUC para entrar, dependendo do dia e tem mais atrações musicais, não pode entrar de chinelo e não tem consumação inclusa.

- Feiras de artesanato: Na avenida primeira, entre a 45 e a 62 existem inúmeras feiras de artesanato, incontáveis, com todos os tipos de souvenir possível. A vantagem de ter bastante lojas é que se pode negociar muito os preços.

- Na avenida primeira também fica a Casa do Rum e Tabaco de Varadero.

- Restaurante na esquina da 39 com a primeira: não lembro o nome, mas comida boa e barata.

 

zemedelinrelato022.jpg.f5eb47906b7138c120a3ea36571f3884.jpg

 

Varadero é uma cidade tranquila, mais nova, bem cara de cidade litorânea mesmo. Mas, durante o dia, fora a praia e as feiras de artesanato, não há muito o que fazer. A noite é mais movimentada. Moram muitos poucos cubanos lá mesmo, pois casas são poucas, existem muitos hotéis para turistas, mas, mesmo assim, muitos cubanos trabalham lá, de outras cidades mais próximas.

 

Busão Varadero - Havana: 3:05h de viagem.

 

De volta a Havana, mais um dia e no outro fui para o Aeroporto. Com o Rolando, do Hostel, Chamando o Táxi, paguei 20 CUCs. No aeroporto tem que pagar 25 CUCs para deixar o país.

 

Outras observações: As casas que podem legalmente alugar para turistas são que estão escritas Divisa na frente e contém um símbolo azul, como este:

 

9736365576_475e9bc2ba_b.jpg.40eda5bae4e9cdcbb4be72699383d432.jpg

 

Quando estava em Havana, como já disse, muitas pessoas pensaram que eu era cubano. Alguns lugares turistas pagam e cubanos não...ou pagam bem menos. Conversando com um Cubano um dia ele disse que se prestassem atenção, eu não parecia cubano apenas quando falava (pelo sotaque) ou quando viam minha Havaianas! E disse que por lá se usa muito "chancletas" que é tipo um chinelo de couro em cima e borracha embaixo. Depois conheci outro cubano com uma chancleta, e perguntei se ele queria trocar na Havaiana, o cara ficou felizão, trocamos e pronto! Passei quase sempre por Cubano.

 

Resumindo, Cuba é um país muito mágico, um lugar fantástico de conhecer, as pessoas gostam muito de conversar nas ruas, tirando nos locais mais movimentados como disse, que, as pessoas até conversam, mas algumas vezes com interesse em tirar um troco. Até o tempo passa diferente por lá, tipo um universo paralelo, sempre com muita música pelas ruas e um astral bem único. É difícil de explicar, alguns dizem que parece que parou no tempo, devido as construções antigas, os carros muito antigos mas não é apenas isso, é o sistema, a maneira como as coisas funcionam, a educação diferente dos cubanos, o pensamento....uma junção de fatores que criam uma aura fantástica.

 

 

De Cuba, fui para o Panamá - quase 03 horas de voo.

 

Ao chegar no aeroporto, existem os táxis individuais (você sozinho - o mais caro), os táxis compartilhados (mais uma ou duas pessoas no carro com você -preço médio) e os táxis coletivos (umas vans que esperam mais pessoas que vão para próximo do seu local e dividem - o mais barato). Fui de táxi coletivo, paguei 8 dólares.

 

No Panamá, fui para o Hostel Los Mostros. Lugar muito bom, se for para o Panamá, é o lugar para ficar! ótima infraestrutura, limpeza, atenção, com café da manhã incluso, ar condicionado, piscina, mesa de sinuca, ping pong...E as pessoas que trabalham ou que estão por lá são fantásticas!

 

  • - Conheci o Bairro próximo ao Hostel.
    - Fui até a Cinta costeira, calçadão na beira do oceano pacífico, onde o pessoal vai correr, andar de bike, lugar bem bonito.

- Conheci o Albrook Mall, um centro enorme de venda livre de impostos.

- Fui até o Casco Viejo, a parte mais antiga do Panamá. Fomos a um bar lá também, legal que se Chama Relic, se não me engano! (rs)

- O resto do tempo passei com o pessoal do hostel , tinha muita gente de muitos países, jogando os jogos lá, tocado violão, tomando cerveja...

 

O Panamá é do Naipe dos Estados Unidos, mas falam espanhol...só prédios, arranha céu, transito, loucura, fast food....Não foi uma boa opção de escolha depois de sair de cuba....porque você sai no ritmo de cuba e volta para a loucura da selva de cimento, dá um choque....mas valeu muito a pena pelas pessoas que conheci e pelas histórias que compartilhamos no Hostel Los Mostros. Este é possível ainda alugar pelo Hostebookers, por 15 dólares a diária, com café da manhã incluso.

 

DSC03863.JPG.70ea48e7252f9518f53ab835c84e27bc.JPG

zemedelinrelato026.jpg.a5a84a8b120cc2e43d42ea7f2e33657d.jpg

 

Do Hostel ao Aeroporto é 20 a 25 dólares, se chamar pelo Hostel. E é isso!!!

 

Com certeza estou esquecendo de passar outras informações, mas assim que for lembrando, atualizo o relato!

 

Abraços!

 

Zé Medelin

zemedelinrelato09.jpg.904b18a026aaf1491a8e271532d4e897.jpg

zemedelinrelato013.jpg.c18f0b6940ef413b15768a608c271bdd.jpg

DSC02637.JPG.4695f4e9430ce541a601419259dc63a3.JPG

DSC02639.JPG.2572e25c0a38794ef7c543b7ee5295ce.JPG

20130818_191305.jpg.a07758ee500847eaf3361b8abf62cf32.jpg

DSC02618.JPG.1835378359d2edd893d9ece33d3d5810.JPG

DSC02701.JPG.f6dabe9cb89c3a09c4c4e6c905827a54.JPG

DSC02719.JPG.a8060b28b29c0503430e02dd60d6f1c5.JPG

DSC02856.JPG.49dfcf8ba95c0a7d376d8e64aa2e563d.JPG

DSC02857.JPG.cf289108d6c87248ae005bbeba73e51d.JPG

DSC02887.JPG.8fc24c6830747ef1be6956e09aca6ca5.JPG

DSC03040.JPG.0bbb6133a141c18c5f33e2d03e036618.JPG

DSC03124.JPG.f48a2d7728ba9ae5e331ce2c5a6e48b6.JPG

DSC03302.JPG.895191c7c5c9a81a8dd1e222b88babeb.JPG

DSC03345.JPG.976d6ed385e1003f6450f313d9ffa8e8.JPG

DSC03384.JPG.b010f410516e9148d80852e12a62691f.JPG

DSC03868.JPG.41b21944f46d1d7d38b2551f593d1cc3.JPG

DSC03865.JPG.edc108185d0ba8f2ae57139868f53651.JPG

DSC03870.JPG.4afc7304704ab35b4d65f20f98bc28f5.JPG

DSC03881.JPG.cf2481993513aec3f6325e72d7a3baa3.JPG

DSC03895.JPG.4526788bf321fc5795a7c5ddc9d010bf.JPG

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 4 semanas depois...

  • 1 mês depois...
  • 2 meses depois...
  • Membros

Fala Zé!

 

To começando a pesquisar para fazer um rolê Cuba-Jamaica-Panamá. O teu relato é um dos que mais curti sobre a ilha. Nem consigo imaginar o choque de ir para o Panamá depois de chegar de Cuba. Só lá mesmo p sentir.

Dúvidas: a) quanto vc gastou no total? (pelo menos um valor aproximado)

b) Quanto tempo ficou no Panamá?

c) Sei que não tem muito a ver visitar Cuba e depois ir para o Panamá consumir feito louco num Free Shop... mas vc visitou algum por lá? é realmente barato?

d) Normalmnete tiro férias nos meses que não são de temporada... vc disse que em agosto é carnaval em Cuba. É considerado alta temporada? E o clima? Agradável? Muito quente?

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Fala Marcos!

 

REALMENTE só lá para sentir! Mas vale a pena esperar!

 

a) Gastei no máximo uns R$ 3700,00 com tudo (passagem, hospedagem, rango, bebidas, presentes).

b) No panamá fiquei quase 3 dias.

c) No Panamá tem uns 3 centros de compras enormes. O mais próximo do centro, com ônibus fácil e tudo mais é o Albrook Mall. Eu fui até lá conhecer. Cara, o lugar é do tamanho de 60 estádios de futebol. Andei muito e desisti antes de conhecer todo o andar térreo. Mas os preços são menores do que em Free Shops. O Aeroporto do Panamá em si já eh um Freeshop enorme, mas vale a pena ir fora, nestas zonas de livre comércio. Tem um outro, que dizem ser maior, em Cólon.

d) O clima em Cuba é dividido em dois períodos do ano: De Junho a Novembro mais quente, com mais chuvas e com probabilidade de tempestade e furacões. De Dezembro a Maio menos quente e mais seco, fora da temporada ciclônica. Lá sempre é calor. Então não tem muito erro, mas o pessoal prefere ir no período de Dez a Maio, por ser mais ameno o calor e por ter menos chuvas. Em agosto é férias em Cuba, férias na Europa (vão uns europeus para Cuba) e o mês mais quente do ano (muito calor). Levei sorte, choveu um ou dois dias e só no finalzinho da tarde, tipo as chuvas de verão por aqui, tranquilo. Tem o lado bom de estar todo mundo em festa, ruas cheias, as casas que fiquei podiam dar atenção, conversar....Lá é alta temporada. Mas pelo que pesquisei os preços em Cuba não mudam em razão disso.

 

Espero ter ajudado. Fique a vontade para tirar dúvidas. E vá mesmo!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 5 meses depois...
  • Membros
Aoba! Acabo de voltar de uma viagem de 12 dias, 10 em cuba e 2 no Panamá e vou compartilhar minhas experiências por aqui!

 

Brasil - Anterior a Viagem

 

Marquei meus 20 dias de férias para agosto. Sempre quis conhecer Cuba e sempre quis que minha primeira viagem internacional sfosse para lá - e foi! E, pensei, para aproveitar que obrigatoriamente teria uma conexão no Panamá, ficaria um ou dois dias por lá. Como tinha outras coisas para fazer nas férias, reservei doze dias para a viagem. Decidi passar 10 dias em Cuba e na volta 02 dias no Panamá.

 

Antes de tudo já comprei as passagens, em MARÇO, e, mesmo assim paguei muito caro...mas como tive que marcar minhas férias para esta data, não tive muita escolha. Paguei R$ 2100,00 com todos os trechos.

 

O próximo passo foi escolher as cidades que conheceria em Cuba...e, baseado no pouco tempo de viagem e em outros relatos aqui do site escolhi: Havana - Trinidad - Santa Clara - Varadero. Já comprei pela internet as passagens de Ônibus para cada cidade através do site da Viazul, bem seguro e tranquilo.

 

HAVANA - TRINIDAD = US$ 25,00

TRINIDAD - SANTA CLARA = US$ 8,00

SANTA CLARA - VARADERO = US$ 12,00

VARADERO - HAVANA = US$ 10,00

 

Depois reservei as casas para cada cidade pela internet, pesquisando por aqui e em outros blogs...Em Havana, Trinidad e Santa Clara reservei através do site Hostelbookers, onde se paga 10% do valor total da reserva pelo site e depois o restante para o proprietário da casa, na moeda local. Site confiável e bom. PORÉM não tem mais Cuba como opção. Em Cuba, muitos proprietários destas casas que conheci estavam realmente preocupados com isso, pois para muitos este site representava até 90% de suas locações.

 

Lá, me recomendaram o site MyCasaParticular.com (http://mycasaparticular.com/es/index.php) e disseram ser confiável.

 

ATUALIZANDO: Novo site enviado pelo amigo Cubano Rolando, criado devido a retirada do país do hostelbookers: http://www.havanahostelbooking.com

 

Hostel Rolando's Backpacker - Havana: 12 CUC a diária (04 diárias- reservei três diárias na chegada e mais uma no ultimo dia, antes de viajar)

Hostal la Caridad Trinidad - 7,50 CUC/pessoa a diária (02 diárias)

Casa Eva e Ernesto - Santa Clara - 10 CUC/pessoa a diária (02 diárias)

 

A casa em Varadero, reservei com um casal chamado Eric e Arelis, através do site connect2cuba. Não tinha que pagar reserva, apenas na hora, 25 CUC a diária (02 - diárias).

 

Consegui uma mochila de 60 litros da marca WANGARATTA, brasileira. Como consegui emprestada e não estava em condições de comprar uma boa mochila, foi esta mesmo. Até que é uma mochila boa, para mochilão mesmo, com todos os itens necessários e tudo mais...

 

chalten.JPG.6695b18c16ae3570fc98fa11e789f3cf.JPGCUBA[/size]

 

Havana

 

Chegando no aeroporto é necessário passar pela imigração. Pega uma fila, passa pelo guichê, tem que apresentar tarjeta turística, um papel para estrangeiros que entregaram no avião (quantos dias vai ficar, motivo da viagem, se tem uma quantia grande de dinheiro, seus dados pessoais...) e o passaporte. Pronto - CUBA!

 

Já troquei algum dinheiro para os primeiros dias no Aeroporto, a cotação da moeda local é muito próxima a Cotação do Dólar - 1 Dólar = 1 CUC. Levei o dinheiro em Euros, segundo recomendações, pois se paga uma taxa adicional para trocar dólar. Paguei 1 Euro = 1,29 CUC.

 

Não marquei táxi com ninguém, e pelo horário que cheguei quase não havia táxis do lado de fora do aeroporto...não tive muita poder de barganha, peguei um táxi até Centro Habana e tive que desembolsar 35 CUC (por isso recomendo pedir um táxi para o dono da primeira casa que vá permanecer, pois cobram algo em torno de 20 CUC)

 

Hostel Rolando's Backpacker (Rolando e Magaly): Calle San Miguel, entre Gervasio e Belascoaín, Número 567, 1º piso, Centro Habana. Telefone: 879 9045, Celular 05 292 3074; e-mail: [email protected]

 

Cheguei no Hostel do Rolando, fui muito bem atendido, ele explica em um mapa onde estamos, alguns locais turísticos, dá umas dicas de roteiros, dicas de como se virar por lá, explica as normas do Hostel, entrega a chave e já era. Guardei minha mochila no quarto e fui para um barzinho que tem no próprio Hostel, subindo uma escada, no terraço. Tomei umas cervejas e bati um papo com um pessoal de outros países que já estava lá.

 

O quarto que fiquei (quarto 02) era para 04 pessoas (02 beliches), com um banheiro e 04 portas de armário, uma para cada. Tem ventilador, ar condicionado, lençol, "travesseiro". O chuveiro é mediano, com água fria e quente. O café da manhã é 3 ou 4 (com fruta - muito pouco) CUCs. Tem pão, manteiga, goiabada, marmelada, ovo, suco, leite, café. Vale pela comodidade. Mas, se quiser economizar, em todos os cantos nas ruas tem pessoas vendendo abacate, banana, manga, mamão em moeda nacional, o que sai muito, muito mais barato.

 

A localização depende do rolê que você vai querer fazer. O hostel fica em Centro Habana, exatamente no meio do caminho entre Habana Vieja e Vedado, e, como eu queria conhecer ambos, foi bom (cerca de 15 minutos andando para qualquer um). Fica uns 5 minutos a pé do Malécon.

 

É um bom lugar para conhecer pessoas de vários lugares do mundo, para trocar experiências e é bom por ter o barzinho no terraço, para tomar uma, conversar e também serve jantar, que não é muito caro e é bom (de 5 a 8 CUCs). O Barman que trabalha lá é muito gente boa, o Léo.

 

terra_do_fogo.JPG.462a3a0b156a350d4938b68b75d611d8.JPG20130818_194506.jpg[/attachment]

 

Habana Vieja:

Turismo:

  • - Monumento a Máximo Goméz, no final do Malécon, início da avenida del puerto.
    - Museu nacional da música, pertinho do monumento acima
    - Restos de la Antigua Muralla, descendo, no caminho para o Museu da Revolução
    - Museu de la Revolucion: 07 CUC para entrar mais 02 CUC para tirar foto. Bom, aqui depende muito de cada um...Conheci gente que não gostou, que achou médio, ou que gostou muito. Um dos motivos pelo qual fui à Cuba é a história da revolução cubana, da guerrilha, etc. Então, para mim, o Museu foi um passeio ótimo, enquanto algumas pessoas passavam por 30 minutos em todo o museu eu passei horas lá dentro.
    - Memorial Granma: Memorial com restos de avião, tanque, aviões, uma tocha em homenagem aos combatentes e o iate Granma. Já está incluso na entrada do Museu de la Revolucion.
    - Catedral de La Habana e plaza de la catedral: Catedral muito bonita, e em sua praça tem um restaurante, com música ao vivo...Um lugar muito bonito e agradável, mas só tomei uma cerveja por lá, não sei se a comida é boa. Calle Empedrado com San Ignácio.
    - La bodeguita del médio - Barzinho bem famoso, com o Mojito Famoso, com todas as paredes escritas, bem legal para passear e conhecer, não para ficar, pois é mais caro.
    - PLaza de Armas: Com uma grande feira de livros usados, CDs, posteres, fotos, cartão postal
    - Calle Obispo: Rua famosa e movimentada, com bares, restaurantes, lojinhas, bem turística! Vale a pena a caminhada.
    - Calle Mercaderes - Outra rua turística, com Museus, Bares, algumas lojinhas diferentes - também vale a pena andar por esta rua toda!
    - Maquete da Cidade de La Habana - Uma maquete perfeita da cidade, com muita riqueza de detalhes, tem o amanhecer, o entardecer, a noite....os barulhos da cidade. É interessante, mas é cinco minutos visualizando e acabou. E para para entrar custa 1,50 CUC e mais 3,00 CUC para tirar foto, se quiser (se não me engano, fica na Calle mercaderes também).
    - Camara Oscura - Demais! Achei muito interessante, a entrada é 2,00 CUC, a visita dura uns 10 minutos talvez, mas é uma maneira legal de conhecer a cidade.
    - Plaza Vieja - Praça antiga, ao fim da calle Mercaderes com a Calle Brasil, nesta praça fica a cervejaria nacional
    - Factoria PLaza VIeja - Cervejaria Nacional, com Canecas de cerveja clara, oscura e negra, acompanha um amendoinzinho, as vezes tem um som ao vivo. Abre ao Meio dia, 2 CUC cada Caneca de breja. Como adoro cerveja, gostei muito!
    - Almacenes de San José - Feira de artesanatos bem grande, com pinturas, quadros, fotos, artesanatos em couro, madeira...um bom lugar para conhecer a arte local e para comprar lembrancinhas. Um pouco longe andando, Ao Sul de Habana Vieja.
    - La floridita - Bar em que o famoso escritor Ernest Hemingway enchia a cara de Daiquirí. Legal para conhecer, mas também é um pouco mais caro.
    - Casa do Rum e Tabaco Oficial - Quase ao lado da Floridita, na mesma quadra, para comprar Rum e Charutos sem se preocupar se são originais. Mas prepare-se, é bem caro (Os charutos - a unidade - varia entre 3 CUC e 20 CUC. Uma caixa de Cohiba Esplendido com 25 charutos, por exemplo, custa mais de 500 CUC. O Rum Havana Club, que é o mais famoso, não é o melhor segundo os cubanos - me recomendaram muito o (melhor!) Santiago Anejo 11 anos - 40 CUC - e o Rum Varadero 7 anos, um Rum mais comum e mais barato).
    - Além destes lugares, procurei andar por todas as ruas de Habana Vieja, para conhecer coisas não tão conhecidas e a arquitetura da cidade, as praças, vale a pena. Outros pontos que conheci por lá: Museo Nacional Bellas Artes, Edifício Bacardi, Museu da Farmacia Habanera - Taquechel, Castillo de la Real Fuerza, Castillo de San Salvador de la Punta, Hotel Ambos mundos (residência de Hemingway), Plaza de San Francisco de Asis, Plaza del Cristo

 

598d9e06a002c_BasemilitardoHezbollah.jpg.2a063b4b995149f906a724cc8f265283.jpg

  • - Capitólio: Muito bonito, mas, por enquanto, apenas por fora...está fechado para restauração
    - Plaza Central - Praça grande ao lado do Capitólio com pontos de táxi - é um museu de carros antigos a céu aberto!
    - Los Nardos - Restaurante realmente muito bom, bem próximo ao capitólio. Para o jantar existe uma fila grande para entrar. Paga-se um pouquinho mais para comer, nada muito caro, mas vale! Recomendo o camarão a Salsa Cuabana, dá até para dividir em 2!
    - Fábrica de Tabacos Real Patargás - A fábrica está fechada, mas funciona a lojinha no térreo, com charutos e bebidas.
    - Restaurante la Guarida, famoso por ser cenário do filme "Morango e Chocolate", fica na parte de cima de um conjunto habitacional. Nada demais, não vale o tempo, a não ser que você seja um fã do filme.
    - Outros lugares bonitos para passar: Hotel Inglaterra, Gran Teatro Nacional.

 

598d9e06d1b7a_CpiadeRelease-Umaviagempelasia.jpg.223f24d37bb12ab50f22e77c9559343c.jpg - Callejón de Hamel: Centro de música Afrocubana, em um beco cheio de pinturas, esculturas de origem africana e "Santeria" (outras crenças de origem africana, como umbanda, candomblé). Lugar muito bom para conhecer, fui de domingo e rola um som ao vivo do meio dia às 15h, com tambores e bem animado. É mais frequentado pelos próprios Cubanos. Free. Calle Concórdia, esquina com calle hospital (aproximadamente)

- Universidad de La habana

- Hotel Nacional de Cuba

- Hotel Havana Libre

- Sorveteria Copelia (não é caro, cai muito bem no calor Cubano...mas é um sorvete comum)

- Calle 23 ou "La Rampa": Rua movimentada, para caminhar. Há diversas atrações e pontos turísticos. A noite, tem umas três casas de Jazz boas aqui.

- Plaza de la Revolucíon: Prédios com as imagens de Che e Camilo Cinfuegos.

- Memorial a José Martí: Em frente a Plaza de la Revolucion, tem um observatório na parte de cima, é o ponto mais alto de Havana, fica aberto para visita, menos de Domingo.

- Cemitério de Colón: Um pouco longe e não achei grande coisa não. Cobram 05 CUCs para entrar. (pelo menos não paguei...explico ao final)

 

598d9e0694f9d_comprovdepsitoParati.jpg.7add08b13de3679f83faa303f3d1b692.jpg

 

Assim que cheguei no aeroporto, algumas pessoas me disseram que eu parecia muito ser cubano, se não tivesse o sotaque brasileiro, passaria batido. Quando cheguei no Hostel, me disseram a mesma coisa...E realmente, era verdade. Quando andava sozinho pelas ruas de Havana, foram raríssimos os episódios de abordagem dos famosos Jineteiros (sim, eles existem, e aos montes!). Este pessoal vem, conversa, fala sobre Cuba, sobre o Brasil, te oferecem algumas coisas para comprar, querem te levar para conhecer algo...sempre muito amigáveis. Se você permitir, o cara passa o dia todo com você. Maaaas, no fim, eles sempre pedem um trocado para ajudar. E, se você parecer muito turista, vão vir falar com você com este intuito a cada 5 minutos caminhando nas ruas. Percebi isso quando saia para andar com umas amigas que fiz no hostel, com estilão de europeias mesmo (da Alemanha e da Eslováquia). Eles querem te levar para algum restaurante, ou algum bar, ou para comprar charutos e rum...e no fim, um troco para ajudar. Isso é muito ruim, porque sempre viajamos com o intuito de conhecer as pessoas que moram no local, trocar idéia, experiências e em Havana isso é um pouco complicado. É importante deixar claro que não vão te roubar, machucar, agredir ou coisa do tipo...São muito raros episódios assim em Cuba.

 

IMPORTANTE: Sempre querem te levar para comprar charutos nas "cooperativas", segundo os cubanos são casas de família que trabalham fazendo charutos para o governo Cubano. Sempre vai ser o último dia de alguma promoção nas cooperativas que você não pode perder. Fui até algumas ver qual que era...Eles tem charutos perfeitamente idênticos, com selo de segurança, numa caixa bonita de madeira igual à original, com selos de garantia do governo e o que mais você possa imaginar. Porém, não são verdadeiros. Pode reparar que sempre te levam para comprar este charuto no interior de casa escondidas, alguém vai buscar no quarto, sempre assim....e uma caixa de Cohiba esplêndido, por exemplo, na loja custa 500 dólares. O cara começou me vendendo uma por 90 e acabou oferecendo por 20 dólares. Existem até lojas ou barracas que vendem estes charutos...e é engraçado, porque na frente da loja estão os originais, sempre muito caros, e, se você reclama do preço, eles te levam para o fundo da loja, onde tem exatamente o mesmo produto por um valor menor. Ou seja, sempre escondido. Se for para comprar para fazer uma graça, trazer uma caixona de charutos bonita, beleza. Mas se gosta de apreciar ou se vai presentear alguém que curte bons charutos, não aconselho. Fiquei sabendo de um caso até de charutos feitos com folhas de Bananeira.

 

Em agosto é Carnaval em Cuba. Fui ao carnaval a noite no Malécon e é bem divertido, com músicas e carros alegóricos.

 

Em Cuba, nunca pague o primeiro valor que te disserem. Se disser que está caro, eles sempre abaixam os preços. E se chorar bastante, abaixam mais. E, se fingir que vai embora, mais um pouquinho.

Eu aconselho fazer os passeios a pé. Tudo bem que gosto muito de andar, mas a questão é que existem muitas belezas escondidas nas ruas de Havana, e caminhando, você poderá encontrá-las todas. E, se for utilizar transporte, não utilize os táxis convencionais, utilize os carros compartilhados, os cocotaxis, os ônibus, pois são muito mais baratos. Muito mesmo.

 

Fui para o terminal da Viazul de Ônibus para pegar o Busão para Trinidad. Aqui vai outra recomendação que dou. Não comprar as passagens antecipadamente na internet. Quando cheguei no terminal da Viazul, tinha Carros compartilhados e Caminhões para dividir com outras pessoas para ir para diversas cidades. E sai muito mais barato. E isso ocorreu no terminal de todas as cidades que fui pegar ônibus. Mas....já foi!

 

Havana - Trinidad: 06 horas de Viagem, uma parada num posto.

 

TRINIDAD:

 

Chegando em Trinidad, como o terminal de Ônibus é próximo ao centro da cidade, ele fica lotado de pessoas tentando alugar suas casas para os turistas que estão chegando. E, se você diz que já tem uma casa, dizem que é longe, que é cara, que é ruim, que o dono está doente, etc... Aconselho que vá pessoalmente até a casa antes de trocar de local. E isso acontece com todo mundo, sempre tentam te desviar para a casa deles.

 

Desci e fui a pé até a casa que eu havia reservado, o Hostal la Caridad. Chegando lá, conversei com a dona e havia uma japonesa com quadro de diarréia e vômitos, e a dona estava preocupada em deixar a moça viajar assim. Pediu para que ela pudesse ficar mais um dia, e que me arrumaria uma casa de um amigo, ali do lado pelo mesmo preço. Aceitei sem problemas e o Sr. Jorge Luís veio me buscar. Chegando até a casa dele, me mostrou o quarto, o banheiro, me explicou como funcionava e tudo mais. Deixei minhas coisas e fui andar pela cidade.

 

Dsc00379.jpg.a4b40ae9f015a0cbaadff1765200cb3f.jpgDSC02701.JPG[/attachment]Dhal_Bhat_Sangbadanda.jpg.5b4af50139b596c6d557fb4f3dc005a5.jpgDSC02821.JPG[/attachment]

 

Locais que visitei em Trinidad:

  • - Centro Histórico: Toda a parte com ruas de pedra na cidade, onde se encontra o Museu de Arquitetura Colonial, o Museu Romântico, as atrações noturnas e quase tudo da cidade.
    - Casa de la Música: Todas as cidades tem uma casa da música, mas a de Trinidad é a mais legal, fica em uma escadaria de pedras, lugar muito gostoso. Durante o dia é aberto e a partir das 20h é 1 CUC. Toca música tradicional cubana e a bebida é barata.
    - Palenque de los Congos Reales: Bar de Música Afrocubana, 1CUC para entrar e tocam músicos muito bons, mas é menos animado que a casa da música.
    - De resto andei bastante pela cidade, conheci muitas pessoas e no segundo dia fui para Playa Ancón, uma praia próxima a Trinidad.
    - Playa Ancón: Tem um ônibus (trinidad bus tour) que vai e volta em alguns horário de trinidad para a playa ancón. 02 CUC e pode utilizar o busão das 9am a 9pm. A praia é muito bonita, areia clara, água clara e quente e a vantagem é que não fica muito cheia, dá para ficar bem tranquilo por lá. Tem bares, restaurantes, um Hotel. Lá também tem passeios de barco, pode-se alugar caiaques...

 

IAQUE_CAPITULO56.zipSanta Clara[/size]:

 

Santa Clara é uma cidade que respira Che Guevara, uma cidade tranquila, no interior, fica no centro da Ilha.. Todos me disseram que um dia ou um mesmo um período do dia em Santa Clara era o Suficiente para as atrações turísticas, mas fiquei dois dias e não me arrependo. Chegando no terminal já tem uma parede pintada com o Che, quando entra na parte fechada, um quadro do Che...e assim por diante.

 

Saí a pé do terminal da Viazul até a casa que havia reservado. Se estiver com muito peso ou muito cansado, não aconselho, andei bastante (ainda mais que me perdi um pouco).

 

Casa Eva y Ernesto: J.B Zayas 253A, entre Berenguer e Padre Tuduri, Santa Clara, Cuba. Telefone: +53 42 204 076, e-mail: [email protected]

 

Porém, quando cheguei na casa acima, duas notícias: 1) O Ernesto havia falecido há alguns meses, mas, mesmo assim a Eva continuava com a casa particular para turistas. 2) O quarto que eu iria ficar teve uma infiltração e foi necessário quebrar o quarto para reforma...subi para conferir e realmente era verdade.

A Eva me indicou uma amiga dela que alugava casas ali por perto, ligou para ela e deu tudo certo, pelo mesmo valor combinado. Mas mesmo assim recomendo a Casa da Eva, pessoa muito simpática, casa muito limpa e bem organizada, bons quartos. Fui pra:

 

Hostal La Casa de Tula - Sra. Aylin. Calle Evangelista Yanes No 10 entre máximo gómez y callejón del carmen, Santa clara, Reparto Carmem. Telefone 53 0142 202566 e celular 53 52 407232.

 

Local muito bom, mas bem grande. Tinha uma varandinha, uma cozinha, um banheiro e um quarto com uma cama de casal e outra de solteiro. Vale a pena ir para dividir....mas, como estava pagando o mesmo preço combinado na casa da Eva, tudo OK. A dona da casa, a Aylin é muito simpática e prestativa, a casa é limpa, organizada e o espaço enorme. Apenas tomei café da manhã lá, por 4 CUC, ótimo!!! Com pão salgado, pão doce, coisas típicas de cuba, geléia, suco, café, frutas, ovo, leite!

 

S5030170.JPG.d78caa1cc59f8aefe7c41d9322139d7b.JPG - Museu do Trem Blindado: Museu com os vagões do trem descarrilhado na Batalha de Santa Clara pela Coluna do Che Guevara, com todas as fotos, utensílios da época e histórias, gostei bastante. Tem até o "trator" usado para descarrilhar e tudo mais. Não lembro bem, mas acho que são 3 CUC

- Ao sair do museu do trem Blindado, tem a linha do trem e algumas lojinhas de lembranças. Achei meio caro as coisas por ali. E, continuando reto na mesma avenida, existe uma estátua do Che.

- Estátua do Che: Fica em frente ao Comite provinvial do partido. Tem uma escultura em homenagem a tomada de Sta Clara e tem a estátua do Che. Dentro do Comitê você pede um papel com a explicação dos detalhes da estátua, é muito legal. Na estátua tem vários desenhos, vários detalhes escondidos.

- Mausoléu do Che: Muito, muito bonito. Tem aquela escultura famosa, com várias imagens entalhadas, a estátua do próprio e algumas coisas escritas. Embaixo tem o museu do che, tem uma homenagem aos mortos na batalha de santa clara e ao fundo tem o cemitério dos combatentes da batalha também. Tem uma lojinha, uma livraria lá dentro deste complexo também.

- Em um dos caminhos do Mausoléu até o centro, tem um muro com pinturas de humoristas, que também é muito legal. É na rua Marta Abreu.

- Bar el Mejunje: É um bar interessante, com umas duas arquibancadas pequenas para sentar e apreciar a banda, todas as paredes são escritas, tem umas árvores dentro do local. Tem uma cafeteria na frente e um barzinho no fundo. Em cima, funciona uma galeria de arte. A tarde pode entrar de graça. A noite, é 2 moedas nacionais (muito barato). O dia que fui rolou um palco aberto, todo mundo podia subir e tocar qualquer instrumento. Recomendo!

- Restaurante Rolando: Comida boa, barata, lugar legal, não fica muito cheio...E um prato dá para duas pessoas tranquilo! Próximo a rua San Mateo, reparto el carmen.

- Boulevard: Estilo Calçadão, com lojinhas, livrarias....bom para passear.

- El Burro perico - Um burrinho de metal, sentado em uma praça, famoso por lá...(???)

- Praça Central: bonita, tem uns prédios bonitos em volta, tem algumas esculturas na praça, tem a estátua do menino segurando a Bota que sai água....etc.

 

lopo7.jpg.9e6a75e820140870e832db14b94a31fc.jpgVARADERO[/size]

 

Cheguei no terminal de ônibus e fui andando até a casa que havia reservado, cheguei no endereço, 49 com primeira, e fui perguntar por alguma casa que alugasse por alí, ou pelo nome do casal que entrei em contato - ninguém conhecia ambos e nem nenhuma casa que alugasse por ali. Um casal muito gente boa (José Antonio e Olalis) me chamou para entrar, me deram uma breja, coloquei minha mochila no chão e batemos um papo...ficaram meio bravos porque acharam que me enrolaram, ninguém alugava por ali. Tentaram ligar para muitas casas que alugam e nada...depois de muito tempo, arrumaram uma. Puta casa legal! Mas, era mais cara um pouco, 25CUC por diária, mas era o que tinha! Em agosto Varadero fica muito cheio de turistas e não haviam muitas casas. Pelo menos a casa era muito boa, os donos muito simpáticos e o endreço muito bem localizado.

 

Casa Karelia e Victor, Calle 43 entre segunda e terceira. Tem uma placa na frente pendurada. Se eu encontrar o e-mail e telefone depois, atualizo aqui!

 

598d9e0584fba_LandRoverTaxi.jpg.25f6bb786b53a2037c1ca9ca048a04a1.jpg - A praia é do lado norte da cidade, uma praia só do começo ao fim, bem comprida.É uma praia muito bonita, muito mesmo. Mais bonita que a playa ancón, porém estava muito cheia, pois era férias em Cuba e fui em um sábado. Mas, o ponto mais lotado fica em torno da Rua 46, onde descem os onibus para a praia...se distanciar desta região, fica bem mais tranquilo. Fui próximo à rua 65, na praia. Passei um bom tempo lá, quase final de viagem, estava meio quebrado...curti para descansar

- Bares: A maioria dos bares mais movimentados está entre a primeira e a segunda e 60 e a 62. Tem o Bar The Beatles, que toca rock'n roll, bandas conhecidas internacionais, um som bem tocado pela banda, inclusive. Tem o Bar Calle 62, na rua de mesmo número, que o pessoal fica na rua, tem bandinha com música cubana, é muito bom. Ao fim da rua tem o Havana Club, uma coisa mais chique, mas nada demais. Na segunda com a 60 tem um bar que nao lembro bem o nome, mas acho que é compadecida, que é 10 CUC para estrangeiros mas é open bar e tem música também.

Na rua da praia, entre a 42 e a 43 fica a Casa da Música de Varadero, de 05 a 15 CUC para entrar, dependendo do dia e tem mais atrações musicais, não pode entrar de chinelo e não tem consumação inclusa.

- Feiras de artesanato: Na avenida primeira, entre a 45 e a 62 existem inúmeras feiras de artesanato, incontáveis, com todos os tipos de souvenir possível. A vantagem de ter bastante lojas é que se pode negociar muito os preços.

- Na avenida primeira também fica a Casa do Rum e Tabaco de Varadero.

- Restaurante na esquina da 39 com a primeira: não lembro o nome, mas comida boa e barata.

 

598d9e057a231_Sudaneseport.jpg.832e297c5edbacc873e7b430f9e04eae.jpg9736365576_475e9bc2ba_b.jpg[/attachment]

 

Quando estava em Havana, como já disse, muitas pessoas pensaram que eu era cubano. Alguns lugares turistas pagam e cubanos não...ou pagam bem menos. Conversando com um Cubano um dia ele disse que se prestassem atenção, eu não parecia cubano apenas quando falava (pelo sotaque) ou quando viam minha Havaianas! E disse que por lá se usa muito "chancletas" que é tipo um chinelo de couro em cima e borracha embaixo. Depois conheci outro cubano com uma chancleta, e perguntei se ele queria trocar na Havaiana, o cara ficou felizão, trocamos e pronto! Passei quase sempre por Cubano.

 

Resumindo, Cuba é um país muito mágico, um lugar fantástico de conhecer, as pessoas gostam muito de conversar nas ruas, tirando nos locais mais movimentados como disse, que, as pessoas até conversam, mas algumas vezes com interesse em tirar um troco. Até o tempo passa diferente por lá, tipo um universo paralelo, sempre com muita música pelas ruas e um astral bem único. É difícil de explicar, alguns dizem que parece que parou no tempo, devido as construções antigas, os carros muito antigos mas não é apenas isso, é o sistema, a maneira como as coisas funcionam, a educação diferente dos cubanos, o pensamento....uma junção de fatores que criam uma aura fantástica.

 

 

De Cuba, fui para o Panamá - quase 03 horas de voo.

 

Ao chegar no aeroporto, existem os táxis individuais (você sozinho - o mais caro), os táxis compartilhados (mais uma ou duas pessoas no carro com você -preço médio) e os táxis coletivos (umas vans que esperam mais pessoas que vão para próximo do seu local e dividem - o mais barato). Fui de táxi coletivo, paguei 8 dólares.

 

No Panamá, fui para o Hostel Los Mostros. Lugar muito bom, se for para o Panamá, é o lugar para ficar! ótima infraestrutura, limpeza, atenção, com café da manhã incluso, ar condicionado, piscina, mesa de sinuca, ping pong...E as pessoas que trabalham ou que estão por lá são fantásticas!

 

  • - Conheci o Bairro próximo ao Hostel.
    - Fui até a Cinta costeira, calçadão na beira do oceano pacífico, onde o pessoal vai correr, andar de bike, lugar bem bonito.

- Conheci o Albrook Mall, um centro enorme de venda livre de impostos.

- Fui até o Casco Viejo, a parte mais antiga do Panamá. Fomos a um bar lá também, legal que se Chama Relic, se não me engano! (rs)

- O resto do tempo passei com o pessoal do hostel , tinha muita gente de muitos países, jogando os jogos lá, tocado violão, tomando cerveja...

 

O Panamá é do Naipe dos Estados Unidos, mas falam espanhol...só prédios, arranha céu, transito, loucura, fast food....Não foi uma boa opção de escolha depois de sair de cuba....porque você sai no ritmo de cuba e volta para a loucura da selva de cimento, dá um choque....mas valeu muito a pena pelas pessoas que conheci e pelas histórias que compartilhamos no Hostel Los Mostros. Este é possível ainda alugar pelo Hostebookers, por 15 dólares a diária, com café da manhã incluso.

 

[attachment=2]DSC03895.JPG[/attachment][attachment=3]DSC03881.JPG[/attachment][attachment=4]DSC03870.JPG[/attachment][attachment=5]DSC03865.JPG[/attachment][attachment=6]DSC03868.JPG[/attachment][attachment=7]DSC03863.JPG[/attachment]

[attachment=35]zemedelinrelato026.jpg[/attachment]

 

Do Hostel ao Aeroporto é 20 a 25 dólares, se chamar pelo Hostel. E é isso!!!

 

Com certeza estou esquecendo de passar outras informações, mas assim que for lembrando, atualizo o relato!

 

Abraços!

 

Zé Medelin

 

 

Achei demais o seu relato sobre Cuba Zé. Sou fascinado por conhecer Cuba. Final do ano estou me programando um mochilao pela América Central. Quais locais vc diria que são mais importantes e bacana na ilha? Estou querendo me adaptar para ficar 3 dias lá. O visto vc disse que pode-se tirar no aeroporto. Vou sair de BH pela copa, tem alguma dificuldade tirar no aeroporto? Voce sabe me dizer se tem ferry boat de lá pra Jamaica?

 

Abraço e muito obrigado.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 2 meses depois...
  • Membros

Fala Guilherme Frauche!

 

Que legal cara, obrigado! E vá mesmo, vai adorar.

 

Bom, depende do que quer conhecer e qual o foco da sua viagem para Cuba. Se quer conhecer história, parte mais política, os museus e afins, acredito que Havana, além de ser a Capital, maior cidade, ter o por do sol no Malécon, os barzinhos, charutarias e restaurantes famosos.

 

Já praia, a mais bonita que conheci é Varadero, porém mais "pop". Praia bonita e tranquila, é a Playa Ancón, que fica próxima de Trinidad, que tb é uma cidadezinha simpática e legal para conhecer, é patrimônio. E tem uma casa da música numa escadaria que à noite é demais.

 

Cidade mais no interior e com o povo que mais consegui conversar e viver momentos "cubanos" foi Santa Clara. Além de ser "a cidade do Che", tudo lá respira Che guevara. E tem o seu mausoléu e várias outras coisas relacionadas. Um barzinho muito bom (Mejunje), o trem.....

 

Mas não conheci tudo, existem as ilhas que circundam cuba (cayos) que dizem ter praias paradisíacas; Mas não conheci.... Não conheci mais nada do Meio da ilha (santa Clara) para baixo,...como Santiago de Cuba e outros....

 

E não ouvi falar de como ir para a Jamaica....talvez por não ter ido mais para o Sul ou talvez por não ter perguntado! rs

 

Abraços!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 4 meses depois...
  • Membros

Adorei seu relato, Zé Medelin!!

Estou pensando em ir a Cuba no meio do ano, em um estilo parecido com o seu... e acho que depois do seu relato eu vou cortar o Panamá da rota... rsrs

Vc viu mulheres viajando sozinhas por lá? Acha tranquilo?

Vc conseguiu se comunicar com o Brasil? Se sim, como?

 

Obrigada!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 4 semanas depois...
  • Membros
Adorei seu relato, Zé Medelin!!

Estou pensando em ir a Cuba no meio do ano, em um estilo parecido com o seu... e acho que depois do seu relato eu vou cortar o Panamá da rota... rsrs

Vc viu mulheres viajando sozinhas por lá? Acha tranquilo?

Vc conseguiu se comunicar com o Brasil? Se sim, como?

 

Obrigada!

 

Olá erikaquites!

 

Sim, vi variaaaas mulheres mochilando por lá sozinhas...da América latina, Alemanha, Eslovênia, Austrália... Acho super tranquilo. Só tem o lance dos jineteiros que comentei no relato...mas nada de violência.

E me ligaram no meu celular do brasil um dia. Eu consegui ligar para minha mãe um dia de um Hostel, ligando a cobrar (o cara ligou para mim, falou com uma telefonista e já me passou o tel chamando). Tem hotéis que você pode pagar e acessar a internet também...apesar de eu não ter usado.

 

E vá!!!!! rsrs

 

Bjos!

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
×
×
  • Criar Novo...