Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

sergiofoz

De Foz do Iguaçu-PR a cordilheira branca-Peru - Ago/2014

Posts Recomendados

Trajeto: Cochabamba-BO a Cochabamba-BO

Data: 15-09-2014

Km Inicio: 10468

Horas: 06h30min

 

Acordo bem cedo prevendo cruzar a fronteira da Bolívia com o Brasil em Corumbá ainda nesse dia. Abro a janela e encontro o céu estrelado sem nenhuma nuvem sequer, porem percebo centenas de raios no horizonte em direção ao caminho que pretendo pegar. Me preparo para a chuva e saio do hotel, na saída de Cochabamba um motociclista boliviano com destino a Santa Cruz de la Sierra me alcança e depois de algumas informações digo para seguir pois irei mais devagar devido à chuva preste a cair e as curvas da descida da cordilheira. Não demora muito e todas as nuvens vinda da Amazônia são barradas na cordilheira e descarregam toda sua agua exatamente onde estou. Desço a cordilheira muitas vezes engatada a 2 marcha e não me atrevo a ultrapassar os caminhões que também descem devagar. Não demora muito e sou surpreendido por um motociclista vindo do lado oposto e me da sinal para parar onde percebo que se trata do mesmo motociclista boliviano que encontrei minutos atrás que me traz noticias péssimas, “houve um derrume, não tem como passar, tudo fechado”. Com a noticia de desmoronamento da pista e sem chance de passar sou obrigado a retornar debaixo de chuva para Cochabamba. Foram aproximadamente 100 km rodando debaixo de muita chuva e retornar os mesmo 100 km debaixo de chuva, para chegar a Cochabamba debaixo de um sol incandescente, nenhuma nuvem no céu, simplesmente incrível.

Procuro outro hotel mais barato, mas sem o pontos demarcados no GPS se torna difícil, acabo encontrando um mais barato porem mais simples. Depois de acomodado, às 10 horas da manha, coloco minha roupa para secar e procuro noticias sobre a rodovia interditada. Somente às 22 horas fico sabendo que a estrada foi liberada. Sendo assim tentarei descer a cordilheira no dia seguinte. Fico o dia todo circulando pela cidade deserta devido ao feriado.

 

Abastecimento:

Km: 10476

Boliviano: 58,40 (cobrado preço da bomba)

Litros: 15,614

Valor do Litro: 3,74

 

 

Km Final: 10671

Horas: 10h00min

Hotel Monserrate: 200,00

Refeição: 70,00

Lanche: 30,00

Janta: 35,00

 

 

KM diario percorrido: 203 km

KM total percorrido: 9407 km

Custo diario: 393,40 Bol

Gasto total: BO$ 1264,40 (Bolivuiano) $ 182,98 (dollares)

 

 

Cochabamba a Cochabamba.kmz

DSC01323.jpg.3585b08e392e80b1f8ba3f1055528e83.jpg

DSC01322.jpg.a973345402f2fc8567195b5433347592.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Trajeto: Cochabamba-BO a Monteiro-BO

Data: 16-09-2014

Km Inicio: 10671

Horas: 08h30min

 

Nesse dia levanto sem muita pressa, tinha a meta de atrasar a viagem para que o sol saísse na cordilheira para poder secar a estrada um pouco mais, pois sabia que no trecho que houve o desmoronamento teria muito barro logo cedo. Saio as 08h30min de Cochabamba e começo a descer a cordilheira, passo por todos os lugares vendo a vista das montanhas que estavam escondidas pela chuva no dia anterior. Passando por um barracão da policia que fiscaliza todos os veículos, pergunto a um guarda sobre a condições da pista, o que me informa que esta trancada. Putz. Sem acreditar ou não querendo acreditar no que tinha ouvido sigo viagem mesmo assim, as 09h30min encontro o transito parado, ninguém sabia exatamente o que estava aconteçendo. Sigo devagar costurando os veículos com muito cuidado com os pedestre que estão seguindo viagem a pé com suas malas no meio da rua. Por algumas vezes uns poucos veículos cruzavam em sentido contrario e eu achava que eram pessoas retornando, até que aos poucos, sempre pedindo informação, fiquei sabendo que no local onde houve o desmoronamento, só passava um veiculo por vez e era nesse ponto que vários carros, caminhões tentavam descer e outros tentavam subir a cordilheira ao mesmo tempo dificultando a passagem nos dois entido. A policia teve que intervir para tentar desobstruir a pista, porem o caos já estava formado. Por 33 km fiquei nessa agonia de costurar alguns veículos e algumas vezes ficar trancado sem poder me movimentar. As 16h00min horas saio do congestionamento. Foram 33 km em 06h30min. A partir de Tunari-BO a pista fica mais livre e da para acelerar um pouco ate chegar a Montero-BO já à noite. Nesse trecho foram 257 km em 03h00minhoras de viagem, uma grande diferença em relação à descida da cordilheira. Ja em Montero foi dificil abastecer, pois em duas paradas os postos nao tinha como vender a gasolina por preço diferenciado e nem vendiam ao preço local pois eram proibido pelas cameras que gravavam toda a movimentação dos postos e deixei para abastecer no dia seguinte. Encontrei um hotel bom, barato e com estacionamento e apos um belo banho ssai para jantar.

 

Abastecimento:

Km: 10835

Boliviano: 72,00

Litros: 19,248

Valor do Litro: 8,74

 

Km Final: 11100

Horas: 19h00min

Hotel Pinocho: 170,00

Refeição: 30,00

 

 

KM diario percorrido: 429 km

KM total percorrido: 9836 km

Custo diario: 272,00 Bol

Gasto total: BO$ 1536,40 (Bolivuiano) $ 222,34 (dollares)

 

 

Cochabamba a Montero.kmz

DSC01328.jpg.36741a2cab910e122faac847e50d875a.jpg

DSC01326.jpg.7f37fd981df99d2f1f0cdcc9b4800ed0.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Trajeto: Montero-BO a Campo Grande-MS

Data: 17-09-2014

Km Inicio: 11100

Horas: 04h20min

 

Nesse dia acordo o mais cedo possível, as 04h20min estava acordando o guarda noturno do hotel e colocando a moto na estrada, hoje o dia teria que render muito. Passo por Santa Cruz de la Sierra-BO antes do transito pesado da manha sem problema. Sigo em direção a Corumba-MS pela estrada nova e retas a perder de vista, nesse trecho minha única preocupação era animais na pista e combustível, por isso não perdia a oportunidade de abastecer nas principais cidades no caminho,

Em El Carmen Rivero Torres-BO, no único posto da cidade paro a moto para abastecer e enquanto aguardo a frentista abastecer um caminha de dissel um militar vem conversar comigo sobre o valor de 3x para o turista e sua curiosidade sobre a moto. Durante uns 30 minutos ainda conversando com o militar o caminhao enfim é liberado e a frentista vem ao meu encontro e me informa de que nao havia gasoilina. O militar confirma de que nao ha combustivel Nafta, apenas Dissel. Putz, entao o porque o [email protected]#@#, Filha @#@$#@, Desg$%#¨do militar nao me informou isso assim que chegeuei? Assim nao teria perdido tempo parado.

Tentar chegar a Corumba-MS era ariscado, mesmo usando minha reserva de 3 litros, pois ainda faltava 100km até Corumbá-BR. Pela informação da frentista eu poderia tentar comprar gasolina numa mercearia próximo à praça da cidade. Após localizar o local consegui comprar apenas 10 litros a 7,00 boliviano o litro. Nem pensei na qualidade, pois não tinha outra opção. Enfim cheguei à fronteira as 12h15minhoras. Aproveitando que a aduana não fecha para almoço, fiz a saída da Bolívia sem maiores problema, dei entrada na policia federal do Brasil e enfim estou em casa.

Nada melhor do que estar no seu pais de origem. Com a sensação de estar em casa almoço em Corumba-MS e sigo viagem até Campo Grande-MS

 

Abastecimento:

Km: 11101

Boliviano: 50,00

Litros: 13,37

Valor do Litro: 3,74

 

Km: 11169

Boliviano: 26,24 (70,00 valor pago)

Litros: 7,015

Valor do Litro: 3,74

 

Km: 11427

Boliviano: 69,82 (168,50 valor pago)

Litros: 18,668

Valor do Litro: 3,74

 

Km: 11712

Boliviano: 70,00 valor pago em mercearia

Litros: 10

Valor do Litro: 7,00

 

Km: 11833

Reais: 48,00 reais

Litros: 14,83

Valor do Litro:3,24

 

Km: 12060

Reais: 45,00 reais

Litros: 13,72

Valor do Litro:3,28

 

Km: 12285

Reais: 45,00 reais

Litros: 15,38

Valor do Litro: 2,927

 

Km Final: 12291

Horas: 18h00min

Hotel :70,00

Refeição: 15,00

Lanche: 30,00

Janta: 35,00

 

 

KM diario percorrido: 1191 km

KM total percorrido: 11027 km

Custo diario: 358,50 Bol

Gasto total: BO$ 1622,90 (Bolivuiano) $ 234,86 (dollares)

 

Custo diario: R$ 288,00 REAIS

Gasto total: R$ 288,00 (REAIS) $ 122,55 (dollares)

 

 

Montero a Campo Grande.kmz

DSC01384.jpg.08c6bca3b80c9b9dbc48e19f7616b217.jpg

DSC01427.jpg.2751af40ee82a21f3e921aa5c40e3e20.jpg

DSC01439.jpg.f22ebbdc46f4f54954e654022a73a3e0.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Resumo da Bolivia

 

Nesta viagem a Bolivia foi apenas para passagem, pois ja tinha passado por esses caminhos em 2003 quando fui a Machu Picchu.

O pais esta com bastante obra de infraestrutura o que ira facilitar para os turistas brevemente, porem nao deixa de ser um pais pobre com grandes diferenças sociais.

Viajar a noite é uma verdadeira roleta russa devido aos diversos animais solto nas rodovias.

Em relação a policia nao tive nenhum problema.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Trajeto: Campo Grande-MS a Foz do Iguaçu-PR

Data: 18-09-2014

Km Inicio: 12291

Horas: 05h30min

 

Enfim o ultimo dia de viagem, como sempre acordo cedo, tomo cafe sossegado e caio na estrada com destino a Foz do Iguaçu.

Faltando 300km para chegar o freio traseiro da sinal de desgaste e inicia uma chuva que dura ate a chegada em Foz. Com isso piloto com muito cuidado utilizando apenas os freios dianteiro e sem dificuldade, mas com atraso chego em casa após 11533 km e 22 dias de viagem.

 

Abastecimento:

Km: 12585

Reais: 50,00

Litros: 16,04

Valor do Litro:3,12

 

Km Final: 12760

Horas: 16h00min

Refeição: 25,00

Lanche: 10,00

 

 

KM diario percorrido: 511 km

KM total percorrido: 11533 km

Custo diario: R$ 85,00 REAIS

Gasto total: R$ 373,00 (REAIS) $ 158,72 (dollares)

 

Campo Grande a Foz do Iguaçu.kmz

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Resumo final

 

Apesar do inicio dessa aventura ter sido meio dificultada por problemas particulares, a viagem sai melhor do que eu esperava.

Alguns pontos turisticos que estavam marcado para visitação não ocorreu por motivo do tempo chuvoso, por a moto ser muito pesada o que dificultaria levanta-la em caso de tombo, pneus nao adequado a terra, prazo de retorno no limite e mais alguns outros pequenos detalhes que foram somados.

Apesar de alguns pontos turisticos não ter sido visitado, a maioria dos locais que eu tinha em mente foi realizada e todos foram de uma beleza magnifica.

 

Os pontos nao visitados dão um motivo a mais para retornar numa proxima viagem.

 

 

Dados:

Km percorrido: 11533 Km

Dias: 22 dias

Valor gasto em Reais: 1.682,49

Valor gasto em NSol: 3.283,66

Valor gasto em Boliviano: 1.622,90

Valor total em Dollares: 2.067,70

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sérgio.

 

Parabéns pela viagem. Vi que teve que encurtar o tempo e com 22 dias não seria possível cumprir o roteiro planejado pq nas estradas pela região da Cordilheira (Abancay/Huaraz/Canyon del Pato) a velocidade média é bem baixa, como é do seu conhecimento, apesar de que deve estar quase toda asfaltada até a parte sul do Canyon del Pato.

 

Estava viajando e não tive tempo de acessar a internet.

 

Muito belas as fotos, principalmente das caminhadas na Cordilheira Branca. Tenho vontade de voltar para lá, pois quando passei, o tempo estava muito encoberto.

 

Abraços.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Kanai

 

Obrigado.

Sim foram varios obstaculos enfrentado para concluir o trajeto o qual não foi 100% concluido.

posso citar alguns obstaculos:

1- Problemas de saude no inicio

2- Problema no trabalho no inicio

3- Problema em ser juri,

Com isso fui modificando a data de partida.

4- Problema com o GPS onde não se podia colocar os trajetos do PC

5- Problema com o tempo (inicio de chuva)

6- e outros menores;

 

mas tudo isso faz parte

 

O lado bom disso eh que assim tenho um motivo para retornar (andar de moto)

 

Em relação as caminhadas, sim é muito bonito os locais, e é necessarias varias viagens para fazer todos esses passeios.

 

abç

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Muito bom o relato, saudades da Bolivia e Peru.

 

Como q esta a moto? Oq deu a embreagem?

 

Nao quer ir para a Bolivia em setembro?

 

Da uma olhada aqui:

www.fb.com/blogrobram

Uma aventura na Bolivia...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.




×
×
  • Criar Novo...