Ir para conteúdo
brunnoml

Europa Maio 2014 em 22 dias

Posts Recomendados

Olá pessoal, aqui estou novamente para discutir com vocês como diminuir os custos da viagem que farei em maio de 2014 para a Europa. Passagem comprada pela TAP.

 

Estou indo com a minha esposa de Recife para Madrid, antes passaremos 5h de conexão em Lisboa, onde surge a primeira dúvida, será que dar para ir até o bairro de Belém para comer o pastel na fábrica e visitar a torre de belém e o monumento do descobrimento e voltar para pegar o avião para Madrid. Verifiquei no googlemaps que o trajeto de carro (táxi) leva em torno de 17 minutos entre o aeroporto e o bairro de belém, ou ir de metrô + ônibus 47 minutos um trecho.

 

A ideia é alugar um carro em Madrid, pela http://www.sixt.es, pegando o carro no aeroporto de barajas e devolvendo no mesmo lugar, sendo que devolveria no dia 21.05. A opção por carro é pela independência em parar em qualquer lugar para visitar, além de facilitar no transporte das bagagens. Mas um problema é o estacionamento e trânsito nas grandes cidades como Madrid, Roma e Paris, o que está nos convencendo de deixar o carro estacionado enquanto utilizamos o metrô. O problema é que não consegui encontrar preços atualizados de estacionamento nas ruas dessas cidades, apenas em estacionamentos privados, como em Paris que encontrei um perto do hotel por 44 euros por 4 diárias, ou em Veneza que a diária é 21 euros, onde especificamente iriamos ficar em Mestre, mas preferimos deixar o carro no estacionamento e ficar hospedado dentro do coração de Veneza para poder facilitar o deslocamento e ficar até mais tarde perambulando pela cidade sem se preocupar com horário do transporte público. Mesmo assim, me parece que os preços de trem e avião ficariam aproximadamente o mesmo valor e não teríamos tanta liberdade, mas estou aberto a sugestões.

 

Segue o mapa da Europa onde pretendemos visitar e a tabela com o roteiro e respectivas distâncias e tempos de viagens (apenas deslocamentos diretos, sem contar as paradas) e os hotéis que já reservamos pelo http://www.booking.com e o seu respectivo preço em euros.

 

598dab2857713_Capturadetela2013-12-0222_42_55.png.0337b7bed91d07a03d036f0f5adaf207.png

 

 

598dab2785af0_Capturadetela2013-12-0222_38_53.png.7a65f03643be78a898a639621245d8ef.png

 

 

O custo estimado segue abaixo, gostaria da opinião de vocês se reflete a realidade e sugestão de como economizar.

 

Toda cotação está considerando 1 EUR = R$ 3,20

 

Seguro viagem Porto = R$ 412

 

Hospedagem = 1127,60 EUR ou R$ 3608,32

 

Alimentação e entradas = 1500 EUR ou R$ 4800

 

Estacionamento 15 EUR / dia x 22 = 330 EUR ou R$ 1056

 

Combustível carro = 1 litro de diesel custa 1,70 EUR

KM estimado = 6000 considerando que o carro faça 12 km/litro então precisaremos de 500 litros => 500 x 1,70 = 850 EUR ou R$ 2720

 

Aluguel do carro: Mercedes-Benz Classe A (Berlina (IDMR) ou BMW Série 1 / diária 30 EUR total 22 dias 660 EUR ou R$ 2112

 

TOTAL = R$ 14.708,32

 

 

 

Bom, é isso ::otemo::

 

 

Sugestões, críticas e dicas serão bem vindas para a construção do roteiro entre os dias 30.04 e 22.05

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

5 horas de conexão é meio apertado para sair do aeroporto. Você irá gastar 1 hora na imigração, 30 minutos para ir até o Belém, 30 para voltar, 1h30 de antecedência para o novo check-in, ou seja, em teoria lhe sobraria 1h30 para passear, e eu acho esse tempo meio curto, corre o risco de vocês se perderem, atrasar a volta ao aeroporto e perder o voo a Madri, cancelando assim toda a passagem, inclusive a de volta ao Brasil, em fim, um problemão. Alem de que com este tempo muito apertado, provavelmente você ficará estressado e nervoso em voltar ao aeroporto, não aproveitando direito...

 

Mas não acha que é muita estrada para somente 21 dias? Vocês passarão mais tempo dirigindo do que aproveitando os locais, eu cortaria essas passagens pelo interior da França, pelo sei planejamento não vai parar em nenhum lugar mesmo, só estará de passagem... Alem disto, a sua estimativa de custo com aluguel de carro está bem subdimensionado, você esqueceu de incluir o seguro e todas as taxas obrigatórias e pedágios que terá que pagar, ista fará o custo do aluguel subir para entre 1.100 e 1.200 Euros...

 

Eu alugaria um carro ao sair de Madri e devolveria em Barcelona, cortaria o sul da França, você só estará de passagem mesmo, já não irá ver nada mesmo e iria de avião de Barcelona até Roma, evitando assim esse trecho extremamente longo e desgastante, e alugaria um novo carro quando sair de Roma e devolve ele assim que chegar em Veneza. Também iria de trem ou avião para Paris, e de lá de volta a Madri novamente de avião. Na verdade, eu nem alugaria um carro na Espanha, Madri - Valencia - Barcelona são muito bem servidas de trem, e um carro só irá lhe atrapalhar nestas cidades... Só pegaria um carro mesmo no interior da Itália...

 

Desta forma você evitaria os longos e desgastantes trechos dirigindo, usando o carro somente onde ele lhe será útil, e nas cidades maiores como Madri, Roma, Veneza e Paris, você anda de metrô mesmo, economizando um bom dinheiro com diárias e estacionamento.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá AdrianoLB,

 

Gostei das suas observações, realmente havia me esquecido dos pedágios e taxas. Vou fazer a cotação de trem e avião para ver como fica e posto aqui.

 

Com relação ao trecho Madrid - Valencia e Barcelona, gostaria apenas de visitar o Oceanógrafo em Valencia e depois pegar direto para Barcelona, vou ver a possibilidade de trem para esse trecho também, como chegamos em Madrid às 18h20min, e como vi que você orienta aos tripulantes que é melhor fazer as viagens de trem no período noturno para aproveitar de dia nas cidades, de repente seria uma boa já descer em Madrid e pegar o trem para Valencia, ai já acordaria em Valencia e logo cedo já aproveitaria para conhecer as artes que ficam próximo do Oceanógrafo, antes dele abrir, o que acha?

 

A ideia de carro vai ser bastante útil na Itália e novamente em Paris, pois em nosso planejamento, na volta de Paris para Madrid, iríamos visitar Versalles, os castelos de Tours, Bordeaux e já na Espanha, Salamanca e Ávila antes de chegar em Madrid. Mas podemos repensar isso, deixando de lado Bordeaux, e alugando o carro só para visitar Versalles e os castelos em Tours, depois voltar para Paris e voar direto para Madrid.

 

Já na Itália, podemos pegar o carro quando sair de Roma e fazer o interior, San Giminiano, Firenze, Pisa, Porto Fino, Gavi, subir no Mont Blanc e entregar o carro em Veneza e depois ver a melhor forma de ir para Paris (avião ou trem).

 

 

Com relação a hospedagem, você acha que vale a pena pagar um pouco mais caro em hospedagem no centro, para facilitar a perambulada aos pontos turísticos e na vida noturna, ou cidades bem servidas de metrô dá para ficar hospedado longe do centro e ir e voltar de metrô? Sabe informar se em Madrid, Roma e Paris o metrô fica aberto até tarde?

 

Obrigado pelas dicas!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Estou muito encorajado a arriscar pegar um taxi e dar um pulo rápido em Belém, nem que seja para passar 20 min e comer o pastel de belém direto da fábrica ::putz::

 

Como prometido, fiz um levantamento do custo do transporte levando em consideração utilizar trem, carro e avião:

 

Custos de trem, carro e avião considerando preços para o casal: (aqui utilizei o dólar a R$ 2,35 e euro a R$ 3,19)

 

Trem

 

Rail Europe

 

Madrid Atocha - Valencia Joaquin Sorolla = 140,6 EUR em 2h no Renfe Trains 4140 = R$ 421,65

Valencia Nord - Barcelona Sants = 80,6 EUR em 3h36min no Renfe Trains 1202 = R$ 241,71

 

598dab2b9c002_Capturadetela2013-12-0311_38_20.png.bb7c9bbb61b09b6e37e61135f732ecb4.png

598dab2b957ed_Capturadetela2013-12-0311_37_29.png.50616c8f4136e5fe0dbf71cfe9fd77cd.png

 

Raildude.com:

 

Madrid Atocha - Valencia Joaquin Sorolla = U$ 132 em 1h38min = R$ 298,52

Valencia Joaquin Sorolla - Barcelona Sants = U$ 86 em 3h02min = R$ 194,49

 

598dab2b61902_Capturadetela2013-12-0310_31_38.png.4f7149dfdc72e369be976e0a3824c237.png

598dab2b5968a_Capturadetela2013-12-0310_27_05.png.2379b34577d7ade26c2fb24ae1aed00d.png

 

Obs: achei estranho a grande diferença entre os dois sites, inclusive porque a informação do Raildude é que os preços estão em dólares, e estão muito abaixo do apresentado pelo Rail Europe

 

 

Avião

 

Veneza - Paris = R$ 288 em 1h45min

 

Paris - Madrid = R$ 262 em 2h20min

 

598dab2b71e7f_Capturadetela2013-12-0310_50_29.png.bd937bbcea2b5c393a7bbe442c968252.png

598dab2b69ad5_Capturadetela2013-12-0310_42_40.png.a07f6bd7248c5f75f53d1ce4e5b20a0d.png

 

 

Carro

 

http://www.autoeurope.com

 

6 dias no interior da Itália (saindo de Roma e passando por San Giminiano, Florença, Pisa, Porto Fino, Gavi, MontBlanc, Verona e entregando o carro em Veneza)

 

Retirada Roma Termini - Devolução Aeroporto Veneza

 

Hyundai Atos ou similar = U$ 281,45 ou R$ 636,50

BMW Serie 1 automática = U$ 1103,41 ou R$ 2.495,36

 

 

2 dias para Versalles e castelos de Tours

 

Retirada e devolução no Aeroporto de Paris

 

Renault Twingo ou similar = U$ 111,12 ou R$ 251,30

Audi A3 ou similar = U$ 199,86 ou R$ 451,98

 

598dab2b79771_Capturadetela2013-12-0311_02_44.png.1681549761d4992199048d1d154e98a1.png

598dab2b80c94_Capturadetela2013-12-0311_03_49.png.ea21bae619baefb62ca1d908c57b2a3e.png

598dab2b88f37_Capturadetela2013-12-0311_11_25.png.8279ff740c819d31a199d26b31d98bb7.png

598dab2b8ed64_Capturadetela2013-12-0311_14_05.png.b9817dba60cb682b9dff33c752ca8edd.png

 

 

Considerando os preços mais baixos e os mais caros a viagem utilizando os três meios de transporte, sem contar com as despesas com transporte dentro das cidades ficaria em:

 

Mais barata: R$ 1.930,81 + combustível e estacionamentos

 

Mais cara: R$ 4.160,70 + combustível e estacionamentos

 

 

Abaixo seguem as capturas das telas com as pesquisas:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Cada um tem os seus gostos... Eu não conheço pessoalmente, mas um amigo meu que foi comer os tais pasteis de nata no Belém, falou que não é nada demais... Mas se você está com vontade de ir, deixe para decidir lá hora, se o seu voo chegar cedo, a imigração for rápida, e se vocês estiverem dispostos depois de 10 horas de voo, pegue o táxi e vá conferir se os pasteis realmente merecem a fama que tem, e se possível, volte aqui para nos contar se são realmente bons... hehehe

 

Eu não sou muito fã de pegar trem no mesmo dia da sua chegada, pois para garantir um preço bom, você teria q comprar com alguma antecedência. Mas aí surgem outras questões, o seu voo pode atrasar 1 ou 2 horas, a imigração demorar mais que o previsto, etc, e você perder o trem. Uma alternativa seria comprar o trem para umas 4 ou 5 horas depois da sua chegada prevista, mas aí também surge outra questão, se chegar na hora, você terá que esperar 3 horas pelo seu trem, tempo longo para esperar e muito curto para um passeio. Já se dinheiro não for problema, você pode comprar as passagens na hora... Mas o que eu recomendo é tirar esse primeiro dia para descansar, ficando no hotel e seguir viagem no dia seguinte, você pode até dividir a sua estadia em Madri em 2 partes, 1 dia na chegada e 1 ou 2 dias antes de voltar...

 

Você não precisa de carro para ir a Versalhes, pode ir de trem mesmo, você pode pegar o metrô em qualquer ponto de Paris e com no máximo 1 troca de metrô você chegará em Versailles em 30 ou 40 minutos, e dependendo onde ficar o seu hotel, pode até pegar o metrô direto para Versailes, e o melhor é bem barato, a passagem custa 3,70 Euros por pessoa...

 

Com relação a hospedagem, eu prefiro ficar mais no centro, pois assim não preciso ficar pegando metrô toda hora, pois se ficar mais afastado do centro, irá gastar no mínimo uns 45 minutos para ir e mais 45 para voltar ao hotel todo dia... Então se a diferença de preços não for tão grande , vale a pena a comodidade de ficar mais no centro.

 

O Metrô costuma funcionar normalmente até a meia noite, depois disto existem os ônibus noturnos, mas são linhas especificas e com frequência menor. Mas isto não costuma ser um grande problema, pois na Europa, com exceção da Espanha onde costuma fechar de madruga ou de manhã cedo, os bares e restaurantes costuma fechar cedo, lá pelas 23:00 ou 24:00 a maioria já está fechando, mesmo nos finais de semana...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A Raileurope costuma ter os preços mais caros, se você comprar direto das operadoras (http://www.renfe.es) e com uma antecedência de 30 dias ou mais, consegue preços bem melhores do que estes.

 

A um detalhe, eu não pegaria este voo da Ryanair para Paris, ele chega em Beauvais, que fica a 100 Km de Paris, num aeroporto pequeno e mal servido de opções de transporte até Paris. Se for de avião, procure chegar em nos aeroportos de Orly ou CDG, pode ser um pouco mais caro, mas você compensa no custo do transporte até Paris...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

AdrianoLB, você merece um abraço, muitas dicas, valeu mesmo, fica tranquilo, trago um pastel de belém para você!! ::lol4::

 

Bom, depois de perceber que houve uma grande economia de dinheiro e de tempo, minha esposa pediu para incluir a cidade mais bela e barata da Europa, qual seja, Praga, portanto, dei uma modificada no roteiro inicial e aos poucos ele ficará pronto para ser executado, por enquanto está assim, o que acha?

 

598dab2baa269_Capturadetela2013-12-0315_13_35.png.8be3daa66b73bdf87985850758c7503a.png

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu acho que Praga está bem fora de mão neste roteiro... Não há trens ligando diretamente a Itália e Praga, nem voos diretos de Veneza a Praga e é muito distante para se ir de carro ou ônibus....

 

Na verdade u distribuiria estes 2 ou 3 dias de Praga nas outras cidades, pois algumas já estão um pouco apertadas pelo tanto de coisas que há para se fazer. Por exemplo 2 dias em Roma são muito pouco, só a visita ao vaticano lhe consumirá um dia inteiro. Eu também colocaria 1 dia a mais em Barcelona.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Brunno, no geral está muito bom o planejamento, parabéns!

 

Teoricamente é possível, sim, fazer esse passeio até Belém, mas você sabe que é uma escolha que envolve riscos. A distância é curta, mas sempre existe a possibilidade de imprevistos no caminho.

 

Quais trechos de avião e trem estão aproximadamente o mesmo valor? Pois há outras variáveis a se considerar - conexões, tempo total, distância de aeroportos e estações, etc.

 

Sua cotação está subestimando o valor do euro. 3,20 é o valor "comercial". O valor que você paga é o "turismo", que hoje está 3,41 pela foxcambio (uso apenas como referência para saber o valor da moeda). Some a isso os 6,38% de IOF para os trechos de trem ou hotéis que pagar antecipado (ou seja, com cartão de crédito).

 

Os valores para combustível você pode cotar em viamichelin.com . Costuma ser uma aproximação legal, além do mais, te dá trechos mais realistas de carro do que os calculados pelo Google Maps. É possível, ainda, buscar rotas alternativas que escapem de pedágios, rotas diretas, ou trechos mais lentos e com mais coisa para ver. Alguns modelos de GPS permitem que você importe os mapas de lá e os utilize como rota, caso contrário, recomendo que os imprima. São mais confiáveis do que as rotas nativas do GPS.

 

Falando em pedágio, você não cotou nenhum valor. Além disso, é bom pesquisar em quais locais você pode tomar multa por entrar de carro em centros históricos (na Itália, são conhecidas como Zonas de Tráfego Limitado). É o campeão de multas para viajantes. O vice, além do Vasco :lol: , são as estradas que você precisa de um vignette (selo estampado no vidro) e que o viajante esqueceu de comprar.

 

Quanto a ficar próximo de tudo ou distante, isso é basicamente função de quanto você tem para gastar. Dinheiro não é problema? Fique perto de tudo. Também vale a pena ficar perto de tudo se o custo do hotel distante + deslocamento é próximo do custo de ficar no centro. E a comparação naturalmente tem que ser no mesmo nível, pois se o hotel distante é de qualidade muito superior ao do centro, mais tranquilo, mais limpo, etc, isso também precisa ser levado em consideração.

 

O pastel de belém eu provei e achei bom, mas nada de outro mundo. Já comi parecido no Brasil e não iria até Belém-PT só para isso. O que mais vale em Lisboa na minha opinião é a cidade como um todo, não um lugar ou outro em particular.

 

San gimignano não precisa de um dia inteiro, a cidade é muito pequena. Na verdade, nem deveria se chamar cidade, está mais para um vilarejo. Muito charmosa, mas em algumas horas você rodou a cidade toda. Como estará de carro, dá perfeitamente para esticar até Siena no mesmo dia. Lembre-se do que falei sobre as ZTLs, brasileiro adora tomar multa na Toscana.

 

Praga dizem ser bela mesmo, barata, nem tanto. Já foi mais. O barato vai sair caro ao incluir no meio do roteiro. Se você deixar Praga para outra oportunidade, por exemplo, junto com a Cracóvia, que na opinião de muitos é mais bonita e na opinião de todos mais barata, além de Budapeste e todo o Leste Europeu (na verdade, ali é Europa Central), você pode otimizar e muito o seu roteiro.

 

Por exemplo, de Barcelona vai a Veneza (ou Verona). Aí faz Veneza, Verona, Roma, Florença, Pisa, Portofino, Chamonix e continua seguindo até Paris, tudo de carro, ou de trem. Perda de tempo e grana muito menor. Quer opções mais próximas? Tem a Eslovênia (cuja capital, Ljubljana, dizem ser bem bonita e lembra Praga). Aí você voaria de Barcelona a Ljubljana. O trecho Ljubljana-Nova Gorizia, que fica no caminho para Veneza, é muito belo, contornando o rio Soca (veja as imagens no Google) e pode ser feito num trem que transporta o seu carro. Ainda em Ljubljana, você pode fazer bate e volta facilmente a Bled (novamente, jogue no Google e confira). Diga-se de passagem, na mesma época estarei por lá, hehe.

 

É isso, posts bem feitos merecem explicações mais detalhadas.

 

Abs.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Valeu MarcosPereira!! ::otemo::

 

Você já postou seu roteiro ? De repente nos batemos por lá, kkkkk!!

 

Levando em consideração as observações de AdrianoLB e MarcosPereira (outras pessoas também podem ficar a vontade para dar sugestões), percebi que a viagem para Praga realmente fica fora do roteiro, pois as conexões para lá são demoradas e muito caro, inclusive vi uma opção de ir de ônibus a 25 EUR de Veneza para Ljubljana e dura 3h30min quando li o blog: http://expressoprooriente.blogspot.com.br/2012/06/dia-04-0606-veneza-ljubljana.html e indica a empresa de ônibus: http://www.hisar.si , no entanto, as opções de avião de Ljubljana para Paris são tremendamente absurdas de caro, chegando a R$ 500 por pessoa, até procurei a opção de MarcosPereira em partir de Barcelona para Ljubljana, pois olhei no google e os lugares que ele citou são realmente belos, mas a passagem por pessoa para lá fica um tal de R$ 800 pila por pessoa, ou seja, desanimamos de ir para essa região agora, mas já são lugares que vamos conhecer numa próxima.

 

598dab97c6f54_Capturadetela2013-12-0907_41_18.png.cef95c03b41c782a2ec661d03b624f97.png

 

Como MarcosPereira falou sobre San Giminiano, tiramos um dia de lá e colocamos em Roma, assim ao sair de Roma vamos passar por Siena e dormir em San Giminiano, aproveitar o outro dia lá na região e partir para Florença, dormir e no outro dia dar uma volta na cidade e pegar estrada para Pisa, Porto Fino e pernoitar em Gavi para depois visitar o MontBlanc e seguir viagem para Verona onde dormimos e no outro dia seguimos para Veneza, ficamos um dia todo aqui e no dia seguinte ainda estamos decidindo qual a melhor opção entre:

 

1 - Viajar para Londres de avião e passar dois dias e pegar o trem Londres -> Paris.

 

2 - Viajar para Paris de avião e incluir um dia em Barcelona e outro em San Giminiano para servir de ponto base para rodar pela Toscana.

 

598dab97c22a5_Capturadetela2013-12-0907_28_06.png.b6c8a6e5595a502c8fe36546d01d2b7d.png

 

598dab97bcb47_Capturadetela2013-12-0907_22_38.png.535b75b07eb2f6e51ba0a550bf0bde50.png

 

 

Então por enquanto estamos vendo a possibilidade de fazer a opção 1, conforme o roteiro abaixo:

 

598dab97aa6e2_Capturadetela2013-12-0907_32_32.png.1d048881d8d8f34147205f81e870c188.png

 

 

O site viamichelin é excelente MarcosPereira, inclusive dá o tempo, o gasto com combustível e pedágio, além de ter uma opção de ver pontos turísticos na rota, também tem um aplicativo dele para baixar no iphone, o que pode facilitar bastante para ter as rotas na palma da mão.

 

598dab979ac55_Capturadetela2013-12-0907_54_05.png.d069eece3baa24a5b755dd8460d2682d.png

598dab97a1f4a_Capturadetela2013-12-0907_53_48.png.296ad2e6f92daa4be13ab6b95330e1e9.png

 

598dab988fc5f_Capturadetela2013-12-0908_30_21.png.2618555fdefa609589688b033d8a7d7c.png

598dab98a4dc3_Capturadetela2013-12-0908_30_42.png.3b401462941b17dd621e8f1ac27fd7b5.png

 

598dab989566f_Capturadetela2013-12-0908_37_33.png.111f01b2fd13e191176200f94bde21b2.png

598dab989d47b_Capturadetela2013-12-0908_37_21.png.c51e45587db5f3f14dd1753e34d469e9.png

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pois é, Ljubljana acaba impondo um complicador logístico à sua viagem, assim como Praga também colocaria. Acho que o que está pegando um pouco no roteiro é o grande número de troca de hotéis, isso é bem chato e cansativo - você mal desfez as malas, já tem que refazer de novo no dia seguinte. Sem falar que precisa se adaptar a uma cidade nova, descobrir onde fica o supermercado, a padaria, os restaurantes, etc. No que couber, talvez seja interessante fazer bate e volta, mesmo quando parecer "economia" de tempo ficar mudando de base.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

MarcosPereira, então acha que ficaria melhor em vez de ir para Londres, colocar mais um dia em Roma e outro dia em Paris, ficando 4 dias para cada uma dessas cidades ? Teria alguma outra cidade que cortaria para encurtar o roteiro?

 

Vi no seu relato que em Veneza encontrou um violinista tocando Poderoso Chefão, nós adoramos esse filme também, deve ter sido um momento mágico mesmo, quem sabe também não temos essa sorte, kkkkk!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A pergunta não foi pra mim, mas na minha opinião ir pra Londres pra ficar só 2 dias não vale a pena o tempo e o dinheiro. 3 dias pra Paris também é muito pouco (Roma não conheço), então aí sua pergunta já está respondida :)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Concordo com a Cris. O que aconteceu é que você foi picado pela mosquinha das viagens e gostaria de ver tudo numa viagem só, em menos de um mês. Acontece com praticamente todos, mas na prática roteiros assim significam pouco tempo aproveitando a viagem e muito em deslocamento e em espera em aeroportos. Planejamento em viagem é o mesmo que qualquer outro, você dispõe de recursos limitados (tempo e dinheiro) e precisa saber alocá-los da forma mais efetiva possível.

 

Não vou dizer que você não deveria ir para Londres, isso é pessoal. Apenas tenho a opinião de que é melhor aproveitar mais os lugares por onde você já vai passar, em vez de ir para novos.

 

Quanto a colocar os dias em Paris e Roma, 4 noites em Roma costuma ser suficiente para a maioria e o simples fato de não ir para Londres já te dá meio dia a mais em Paris. O que parece prejudicado no seu roteiro é Barcelona, cidade que costuma agradar bastante aqui no fórum. Considere ficar mais tempo lá.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Valeu CrisB, realmente você é suspeita para falar, pois quem passa uma semana em Londres deve achar impossível passar apenas 2 dias, kkkk!!!

 

MarcosPereira, realmente, como você mesmo também já foi picado pela mosquinha na viagem de lua de mel pela Europa, todos são, confesso que ficamos querendo aproveitar o máximo a ida para a Europa para passar pela maior quantidade de lugares possível, mas temos que avaliar a qualidade dessa visita, por isso que demos mais uma versão ao nosso roteiro inicial, ficando com mais um dia em Barcelona.

 

Pelo mapa do norte da Itália, fiquei na dúvida se tiro direto do MontBlanc depois da visita, acho que devemos sair de lá umas 19h e seguir para o próximo ponto, ou paramos em Novaro que fica distante 2h e fazemos um pitstop para seguir viagem no dia seguinte logo cedo, ou esticamos logo para o destino que é Verona, sendo que ai serão 4h de viagem, alguma sugestão nessa dúvida?

 

Segue a nova proposta de roteiro para começar a reservar os hotéis, passagens de trem, avião e passes, além de ver alguns shows que possam acontecer nesses países no mês de maio né, o sonho seria rever U2, pois fomos para o show dele aqui em São Paulo e foi muito arretado!!

 

598dabc2a7c59_Capturadetela2013-12-1110_15_53.png.8ea880271151f30332016920f48d8ae2.png

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tá ficando bem melhor. Esse lance de parar depende demais da sua disposição para dirigir, como você estará no dia. Você pode deixar essa hospedagem em aberto e tentar ver mais ou menos na hora. Pegue um hotel com cancelamento grátis e decida. O Ibis por exemplo permite cancelar sem custos até às 18h do mesmo dia.

 

Mais uma sugestão - faça Paris-Versalhes de RER (trem urbano) e no fim do dia pegue o TGV (trem de alta velocidade) de Paris a Tours. Chega mais rápido e você não precisará dirigir, além de te poupar de ter que sair de Paris de carro, tarefa que não é das mais fáceis. Em vez de dormir em Tours, durma em Amboise, cidade pequena, mas muito mais bonita e central em relação aos castelos para quem está de carro. Se puder pagar e quiser fazer aquele agrado para a esposa, recomendo esse hotel - http://www.manoirlesminimes.com/ Eu não fiquei nele, mas um amigo ficou e gostou muito. Só passei em frente e parece mesmo muito bonito, além de muito bem localizado.

 

Uma observação, recomendo entrar no site dos castelos visitados e ver como está o horário de visitação. Nem todos funcionam o ano todo.

 

Essa parte entre o dia 10 e o dia 13, como você pretende fazer?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Vou tentar fazer isso mesmo em relação a Versalles e quando chegar em Tours alugo o carro e vou dormir em Amboise. O hotel que recomendou é alto nível mesmo, kehehehee, a patroa vai gostar, mas a única coisa que vejo em relação a hospedagem, nessa parte da viagem, ou seja, de ter um local apenas para dormir, é de pegar o mais simples possível, já que vamos passar o dia visitando os castelos e retornando apenas para dormir e no dia seguinte partir para visitar mais castelos e entregar o carro na estação de trem de Tours. Mas a sugestão foi bem vinda!!

 

Talvez se dormir em Novaro, vai ser bom que para Verona ficam faltando apenas 2h, ai faremos essa viagem de dia e já vamos vendo coisas novas no caminho.

 

O roteiro até agora de carro pela Itália é entre o dia 10 e 15:

 

10 quarta-feira, 7 de maio de 14 ROMA - SAN GIMINIANO CARRO

11 quinta-feira, 8 de maio de 14 SAN GIMINIANO - FLORENÇA CARRO

12 sexta-feira, 9 de maio de 14 FLORENÇA - PISA CARRO

12 sexta-feira, 9 de maio de 14 PISA - PORTO FINO CARRO

12 sexta-feira, 9 de maio de 14 PORTO FINO - GAVI CARRO

13 sábado, 10 de maio de 14 GAVI - CHAMONIX CARRO

13 sábado, 10 de maio de 14 CHAMONIX - NOVARO CARRO

14 domingo, 11 de maio de 14 NOVARO - VERONA CARRO

15 segunda-feira, 12 de maio de 14 VERONA - VENEZA CARRO

 

A ideia é pegar um carro em Roma e partir em direção a Siena, dar uma volta por lá e seguir para San Giminiano, dormir por lá e no outro dia fazer um passeio pela região e seguir para Florença, dormir e depois de um passeio pela manhã pela cidade, seguir para Pisa, ver apenas a torre inclinada e seguir para Porto Fino, curtir um pouco a vista e depois seguir para dormir em Gavi.

 

Ao acordar em Gavi, seguir para Chamonix, subir no observatório, ficar um tempo por lá e depois das 19h seguir para Novaro, dormir e pela manhã seguir para Verona, curtir o resto do dia, dormir e depois do almoço ir para Veneza, onde vamos entregar o carro e seguir para o nosso hotel dentro de Veneza, dormir e curtir o dia seguinte, depois no outro dia vamos pegar um avião para Paris.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Um problema que percebi foi nossas malas, pois a princípio estou querendo viajar só com duas mochilas de costas e uma mala média de 4 rodinhas, então quando sair de Paris para visitar Versalles, já estaremos com as malas nas mãos, então ir de trem para lá vai depender se tiver algum locker na estação lá próximo, alguém sabe dizer se tem um local para guarda volumes nas proximidades do castelo de Versalles?

 

Caso contrário, outra opção seria ir de trem para Versalles, voltar para o Hotel, pegar as malas e ir para o TGV.

 

Vi que em Roma podemos pegar um trem direto para Florença, que dura apenas 1h30min e custa 20 euros por pessoa, enquanto de carro gastaremos de pedágio e combustível pelo viamichelin 44 euros. Ai de Florença podemos pegar o carro e sair para conhecer a Toscana.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Para pegar o TGV você terá que voltar a Paris, pois em Versailles só há o RER ligando a Paris. Minha sugestão seria deixar as malas na estação onde pegará o TGV ainda de manhã cedo antes de ir a Versailles, ou mesmo no seu hotel, se ele não ficar fora de mão...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sem dúvida alguma é melhor tentar deixar a mala no hotel (a maioria permite isso), ou até mesmo na estação, como sugeriu o Adriano. E é melhor pegar o carro apenas em Florença, os romanos dirigem como loucos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora


×