Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Paris - Londres: 11 dias - sozinho - Novembro 2013


Posts Recomendados


  • Respostas 89
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

Mais Ativos no Tópico

Postagens Populares

Fala pessoal!   Assim como a grande maioria das pessoas que utilizam esse site como fonte de informações antes da viagem, também fiquei em dívida, e irei fazer um relato sobre a viagem que realizei

Paris - 1º dia   Roteiro: Arco do Triunfo e Torre Eiffel   Desembarquei no aeroporto Charles de Gaulle às 8h00 da manhã (ainda tava tudo escuro), e na saída já comprei o Paris Museum Pass e o Pari

Paris - 2º Dia   Roteiro: Centre George Pompidou, Hotel de Ville, Notre Dame, Sainte-Chapelle, La Conciergerie e Louvre.   Descansado, era o dia que a viagem ia começar pra valer. A empolgação no

Posted Images

  • Membros

Paris - 2º Dia

 

Roteiro: Centre George Pompidou, Hotel de Ville, Notre Dame, Sainte-Chapelle, La Conciergerie e Louvre.

 

Descansado, era o dia que a viagem ia começar pra valer. A empolgação no primeiro dia era tanta, que minhas pernas começaram a doer antes do previsto!

Saí do Brasil, com um roteiro básico diário que eu pretendia seguir. Muita coisa deu certo, mas claro que lá eu tive que fazer algumas modificações. Um conselho óbvio é planejar de acordo com a localização das atrações para evitar muito deslocamento, mas o legal tbm é sempre ter um plano B com alguma atração em ambiente fechado para quando começar a chover. Além disso, em Paris alguns lugares principais fecham nas segundas/terças, ou possuem horários especiais, então é bom estar atento. Alguns exemplos:

 

Segunda estão fechados: Palácio de Versailles, Museu D'Orsay, Museu das Armas.

Fechado na terça: Louvre

Quarta-feira: Louvre aberto até as 22h (melhor dia pra ir lá)

Domingo: Entrada gratuita no Arco do Triunfo

 

E uma coisa bem interessante, é que no 1º domingo de cada mês, vários museus possuem entrada gratuita, dentre eles o Louvre! E de Novembro até Março, Versailles também! No excelente site conexão paris, tem uma lista completa:

Link: http://www.conexaoparis.com.br/2011/03/30/museus-gratuitos-no-primeiro-domingo-de-cada-mes/

 

Então planejem direitinho para aproveitar melhor o tempo e evitar aborrecimentos!

 

Bom, vamos lá. Foi nesse dia que eu ativei o Paris Museum Pass (PMP)

 

Centre George Pompidou: Entrada inclusa no Paris Museum Pass. Não sou um exímio conhecedor de arte, então não entrei. Só uma visita externa mesmo!

 

Hotel de Ville: Na minha opinião, um dos monumentos mais bonitos de Paris! É pertinho do Pompidou, tinha algumas barraquinhas na frente vendendo comida, lá comprei o meu primeiro crepe de nutella (€ 3,50).

 

Notre Dame: A entrada na igreja é de graça. Como ainda era bem cedo, não tinha muita gente então deu pra ver tudo direitinho e com bastante calma. Como admiro muito arquitetura gótica, achei realmente linda. Além de toda a história que a envolve. Tinha um audio-guide pago (não incluso no PMP), não lembro exatamente o preço, mas não paguei. Depois, segui pra fila pra subir nas torres. O PMP dá direito, mas sem fila preferencial. Foi o lugar que eu peguei a fila mais demorada durante toda a viagem (10 minutos ::lol3:: ). Se você subir no Arco do Triunfo, não recomendo subir na Notre Dame, a não ser que você queira muito ver as gárgulas. As escadas sem fim começam a ficar muito estreitas à medida que você vai chegando no topo, muita gente fica tonta e empaca, a visão lá de cima não é das melhores e não tem muito espaço para você ficar.

 

Dica: Na rua em que se forma a fila pra subir (lado esquerdo de quem olha a catedral de frente), tem um restaurante com comida muito boa (não lembro o nome, mas tem uma barraquinha de crepe em frente) à preços aceitáveis. Nesse dia, comi um prato enorme de spaghetti à bolonhesa, por € 6,00 (só aceitam dinheiro). Foi nessa mesma rua, pertinho do restaurante, que eu encontrei os souvenirs menos caros de lá,e olha que eu rodei procurando os melhores preços! Nas proximidades tbm, você pode provar o famoso sorvete Berthillon. € 8,00 por duas bolas. Tá, é bem gostoso, mas achei muito caro. Na Champs Elysees, tem uma sorveteria da Haagen-Dazs com o preço bem mais em conta.

 

Sainte-Chapelle: Entrada inclusa no PMP. Bem pequena, com 2 andares. Vi rapidamente o andar de baixo e subi pra ver os principais atrativos, que são os vitrais. São IMPRESSIONANTES, foto nenhuma passa uma imagem real do que se vê quando está lá. Tem um vídeo mostrando como parte daquele trabalho foi feito e alguns guias impressos explicando as principais imagens!

 

La Conciergerie: Entrada inclusa no PMP. A principal atração é sem dúvida a cela onde ficou Maria Antonieta. Algumas obras também ficam em exposição na entrada, que diga-se de passagem, achei bem mais interessantes.

 

Louvre: Entrada inclusa no PMP. Minha intenção era ir na quarta-feira à noite, no mesmo dia que eu iria à Versailles, mas começou a chover e resolvi ir na segunda mesmo. Melhor coisa que eu fiz, não façam os 2 museus no mesmo dia, pq é MUUUUITO cansativo. Bom, no Louvre todo mundo já sabe para onde rumar: Monalisa, é claro...e confesso que não achei o quadro tão pequeno quanto falam, era o que eu esperava mesmo. Pensei que eu ia chegar na sala dela e ver milhões de pessoas se acotovelando para conseguir a foto, mas não, tava relativamente vazio e tranquilo!

O museu é muito grande, cansa demais andar por todas aquelas alas, e mesmo que eu tenha planejado algumas coisas em específico, me perdi váaaarias vezes. Agora uma coisa fundamental é ser persistente e ir atrás do que eu considerei o lugar mais legal dentro do Louvre: os aposentos de Napoleão. Depois de quase desistir de encontrá-lo, toda a caminhada valeu a pena. Como são bonitas aquelas salas! Não pode deixar de ir!

 

Dica: Não entre pelo acesso da pirâmide de vidro, está sempre lotada, apesar de ter filas preferenciais para quem tem o passe. Contenha-se e vá pela entrada que tem dentro da estação de metrô Palais Royal Musée du Louvre!

 

O que eu faria diferente numa próxima viagem: Primeiramente, não subiria nas torres da Notre-Dame. Se você tiver o passe e muita vontade ( mas MUITA vontade mesmo), OK...mas não compensa pagar separado! A Sainte-Chapelle é muito bonita, mas se você tiver pouco tempo em Paris, não é indispensável! Achei a Conciergerie muito bonita por fora, mas é uma atração em que eu não voltaria.

 

Uma coisa que eu esqueci de mencionar e acho importante, é que poucas lojas abrem aos domingos, então meu plano de comprar roupas pro frio no primeiro dia não deu certo! Nesse dia, fui até à Decathlon próxima do metrô Madelaine onde comprei várias peças de roupas que foram mais do que suficientes pra suportar o frio que fez por lá!

 

Outra coisa, eu pensava que por ser uma época fria, eu não teria tantos problemas com àgua, já que supostamente eu teria menos sede. Comprei algumas garrafas em um mercado MONOPRIX (guarde esse nome) e achei q bastaria. Doce engano, eu nunca senti tanta sede na minha vida! ::dãã2::ãã2::'> Eu não agüentava mais comprar água, minha boca e garganta secavam à toda hora, à noite então era que a coisa atacava! Conversando com alguns nativos ou outras viajantes, todos relatavam a mesma coisa! Então, estejam sempre munidos de água!

DSC00852.JPG.232d3b22e088d2d5c4d4ed52399b289b.JPG

DSC00857.JPG.3eda026d005f975dddd3665d3257d366.JPG

DSC00876-1.jpg.638a0c47bf682f9ab3c24d14ff33bc5b.jpg

DSC00910.JPG.cb8994e6062e29c6b666ea76b8d2d3ec.JPG

DSC00986.JPG.1e4393a97d508743c3471824f1c068ba.JPG

DSC00926.JPG.eb913a6a79a647838ca833561904b613.JPG

  • Gostei! 2
  • Vou acompanhar! 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Paris - 3º dia

 

Roteiro: Museu das Armas, Montmartre e Champs Elysées

 

 

Museu das Armas: Começando o dia mais feio de Paris, devido à chuva quase que durante todo o dia, decidi ir no Museu das Armas (entrada inclusa no PMP). Cheguei por volta das 10h, horário que ele abre, e vi que tava tendo alguma movimentação, semelhante à uma "troca de guarda" da Inglaterra. No começo ainda tava bem vazio, mas depois de uns 15 minutos começaram a chegar os meus queridos grupos de turistas e as criancinhas acompanhadas dos seus professores ::essa:: . Como eu não tava entendendo muito o que estava acontecendo e não tava achando aquilo a coisa mais legal do mundo, decidi entrar antes de todos e aproveitar que as galerias ainda estavam vazias. Fiquei quase 1 hora andando sozinho por aquele museu (a celebração era interminável) até o pessoal começar a entrar. Muita coisa pra se ver, armas de todas as épocas imagináveis, armaduras incríveis, escudos, canhões e vários objetos remetendo à era Napoleônica. Gostei muito desse museu, recomendo :D !

Quando eu estava indo pro túmulo do Napoleão, aí que a galera que esperou até o fim começou a entrar no museu, então praticamente tive um momento à sós com o Napoleãozinho! ::lol4::

 

Dica: Resolvi comer na lanchonete do museu. Em Paris é mt comum o tal do "formule" que consiste de um salgado+café+suco, por € 5,50. Pelo preço até que vale a pena, mas eu que sinto fome à toda hora, logo depois já tava procurando outro lugar pra comer!

 

Saíndo do museu, vc estará pertinho da Ponte Alexandre III e do Grand e Petit Palais, não deixe de passar por lá nem se for pra ver só por fora, são lugares muito bonitos! Como nesse dia tava chovendo e um frio de rachar, que fez valer todas as minhas compras do dia anterior, não pude ficar horas apreciando o movimento das águas do Sena e parti pra Montmartre!

 

 

 

Montmartre: Se fosse pra escolher um momento da viagem de Paris pra esquecer, seria esse! Como eu sabia que é comum o golpe das fitinhas nas escadarias da Sacre Couer, uma opção para subir até a igreja e evitar passar por isso, seria subir pelas ruas laterais! Pra isso, eu deveria descer na estação Blanche, ao invés da Abbesses, que é a mais comumente usada. Pois bem, lá fui eu pra dita cuja, mal sabendo o que me esperava. Descendo do metrô, fui recepcionado pelo cheiro de urina mais INSUPORTÁVEL que eu já senti na vida! Muito banheiro de rodoviária fica no chinelo!! Aquilo impregnou de uma forma que eu não conseguia pensar em mais nada, só queria sair correndo dali! Saindo da estação quase vomitando, dei de cara com o Moulin Rouge...e pensei: "Não acredito que o tal badalado Moulin Rouge é só isso, um prédio vermelho perdido no meio de outros!!! Se não fosse aquele moinho, passaria despercebido por mim. Decepção total...

 

Subindo a rua Lepic, eu fui conhecer o famoso café do filme da Amélie Poulain. Estava bem vazio, e como eu sabia que as coisas eram bem caras e não eram das melhores, minha intenção era só conhecer mesmo. Me senti dentro do filme, quando dentro do café, começou a tocar uma das músicas da trilha sonora! E eu sentadinho na cadeira em frente ao pôster, folheando o cardápio, com cara de quem ia pedir alguma coisa, só pra confirmar que era tudo muito caro mesmo! ::lol3::

 

Continuei a subida até a igreja, meio perdido, pq eu já não tava mais me achando no mapinha que eu tinha feito. Do nada, a basílica apareceu! Muito bonita! Completamente diferente da Notre Dame! Não entendi o porquê, mas não pude entrar. Como o tempo nesse dia tava uma caca, o visual de Paris lá de cima não foi dos melhores. Do alto, já pude ver nas escadarias vários africanos aplicando o famoso golpe das fitinhas em todos que passavam por eles...tinha uns 5 grupos, com uns 7-10 homens em cada (isso pq tava chovendo e frio, imagino no verão!). Como o passe de transporte inclui o funicular de Montmartre, resolvi ir até o balcão de informações perguntar quando era o próximo.

- Só daqui à 1 hora, a mulher respondeu.... Eles tiveram algum problema, e teria um certo atraso no horário.

OK. Resolvi voltar pelo mesmo caminho, já que eu tava morrendo de fome e com frio.

 

Já voltando, eis que me deparo com um grupo desses africanos! Olho pra um lado, ninguém...olho pro outro ninguém...nenhuma loja por perto...eram eles me encarando e eu, com cara de turista assustado cheio de dinheiro pra dar, pronto pra cair na deles! Nesses 2 segundos, já pensei neles roubando meu passaporte, meus cartões, meu dinheiro, minha câmera e a dor de cabeça que isso tudo ia me dar. O que eu resolvi fazer? Correr é claro! Descida de Montmartre e tudo molhado, era mesmo a melhor opção ::putz:: ! Não deu outra! Caí um belo de um tombo, digno de filme! ::essa:: Quando eu me vi, estava quase debaixo de uma quitanda, com o dono me olhando assustado! Gentilmente ele me ajudou, contei o que tinha ocorrido, e segundo ele, não fui o primeiro a escorregar por ali!

É incrível que em um país como a França isso ainda aconteça, todo mundo sabe que isso é comum por lá, e eu não vi um policial sequer. Pra piorar, eu consegui ralar o cotovelo, mesmo estando todo encapotado, e lembra daquela farmácia que eu levei? Sim, deixei no hostel... Ao menos o senhorzinho me deu uma maçã de consolo! ::lol3::

Os caras? Quando levantei, nem sinal daqueles fdp! ::vapapu::

 

Na descida, rumo ao metrô, e de frente com a basílica, tem várias lojinhas de souvenirs (caros, não compre lá) e lojas de chocolate (prove! um mais gostoso que o outro). É realmente uma região bem bonita, mas à essa altura do campeonato eu não tava achando nada legal! Nessa rua tbm tem 2 lojas de roupas, chamadas SYMPA, uma para homem e outra para mulher, o preço é bem em conta, mas é um caos achar qualquer coisa, haja disposição e paciência pra revirar aquelas roupas!

 

Dica 1: Próximo ao metrô Anvers, tem um lugar que se chama "Bip Burger". Comi um crepe muito gostoso e chocolate quente por €5,00. Atendentes extremamente simpáticos! Sente-se no andar de cima e veja o movimento da rua!

 

Dica 2: Uma coisa INDISPENSÁVEL é um porta-dólar! Eu só não fiquei mais inseguro em Paris, pq todas as minhas coisas de valor estavam nele.

 

Champs Elysées: De costas pro arco, percorri inicialmente pelo lado esquerdo e voltei pelo direito. Muitas lojas, tudo muito bonito e caro. Infelizmente as luzes de natal ainda não estavam prontas. Apesar do frio, não resisti e entrei na Häagen Dasz *.* ! Quando saí, começou um toró! Meu guarda-chuva virou e quebrou em 3, lógico! Se é pra quebrar, que seja na Champs Elyssés! ::lol4:: Ahh...constatei tbm, pra minha infelicidade, que do lado esquerdo da avenida tem muito mais entradas pra metrô do que do lado direito! Eu não achava uma nem por decreto! ::quilpish::

 

Assim, com chave de ouro, terminou meu 3º dia em Paris. Se minha estadia por lá tivesse acabado nesse dia, eu teria dado uma nota 4.0 pra Paris! ::mmm:

 

O que eu faria diferente numa próxima viagem: Esperaria aquele bendito funicular nem que demorasse o dia todo! ahahah ...Quanto aos lugares, acho que o Museu das Armas é bem interessante pra quem gosta do assunto, caso contrário, pode parecer entediante. Montmartre é um ítem obrigatório para quem visita Paris, espero que vocês tenham mais sorte por lá!

 

Pra compensar, o próximo post será sobre Versailles! O que foi, pra mim, o melhor dia por lá! ::otemo::

DSC01115.JPG.087defda8b4957ce32dbe110f53f98ee.JPG

DSC01047.JPG.72d83ce0a4ee085c0927e64e1350fda2.JPG

DSC01088.JPG.31145c84d4b4058eed0b05795132c7df.JPG

DSC01144.JPG.36f4bb439a639c29fa77d62d526df6a2.JPG

DSC01158.JPG.5c4dd9d92947accc7fb5e1b6f2bf4db9.JPG

DSC01175.JPG.20c9fc4ce73856dfe63c39e5916ba3b6.JPG

  • Gostei! 3
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Paris - 4º dia

 

 

Roteiro: Palácio de Versailles + Louvre, Torre Eiffel e Arco do Triunfo à noite

 

 

Desde o meu planejamento, conhecer Versailles era um dos pontos principais da minha viagem à Paris e a minha expectativa era muito grande! Torci para que as coisas melhorassem!

 

Palácio de Versailles: Acordei às 7h, bem cedo pra aproveitar o dia lá (abre às 9h), preparei meu lanche (leia-se: vários pedaços de baguete + nutella, geléia e manteiga que eu peguei do café da manhã do hostel e alguns pacotes de bolacha que eu comprei no mercado ::lol3:: ) e fui pra estação Saint-Michel, onde eu pegaria o RER-C para Versailles. Quem não tem o passe de transporte que cobre até a zona 4 de Paris, precisa adquirir um bilhete separado para o trajeto. Já na plataforma, vi que passavam vários trens sem nenhuma identificação informando o destino final, então perguntei pra uma daquelas pessoas "Posso Ajudar ?" e ela me disse que o trem certo chegaria em aproximadamente 10 minutos e que eles avisaram no alto-falante...OK...esperei....esperei..... e toda vez que anunciavam alguma coisa, eu "tentava", em vão, entender algo parecido com Versailles-Rive Gauche, que é o destino correto. Até que uma hora, grande parte das pessoas que estavam lá entraram no trem, e eu pensei: "É esse!!".....ainda bem que acertei! O trajeto foi bem tranquilo, acho que em torno de 40 minutos, num trem de 2 andares :D !

 

Saíndo da estação, segui as placas pro château acompanhando o povo pelas ruas, mas não sei oq acontece comigo, eu tenho uma capacidade invejável de me perder das pessoas.

Perguntei pra um senhor onde ficava o palácio, e ele simplesmente falou:" ahh...é só virar ali à esquerda, e ir reto!"..OK, fui....e dei de cara com um portão fechado, escuro, parecendo algum lugar em obras...¬¬... desnecessário, seu moço! :?

Voltei e dessa vez me explicaram certo!

 

O que dizer daquele lugar? Simplesmente fantástico! Sem dúvida vale muuuuuito a pena reservar um dia de Paris pra ir lá!

 

Entrei com o PMP sem fila nenhuma. Como ainda tava bem cedo, estava vazio...mas depois de um certo tempo começaram a chegar muitos grupos de turistas, e à medida que eles chegavam em uma sala, eu corria pra outra! ::lol4::

Destaque pra sala dos espelhos que é mt bonita. Só acho que a área do palácio aberta pra visitação é um pouco pequena.

 

Depois fui pro estupidamente gigante e bonito jardim, que está incluso no passe sim, exceto quando está acontecendo alguma coisa diferente, como aqueles shows de águas e musicais. Apesar de muitas estátuas estarem cobertas e uma reforma estar acontecendo, aquela paisagem de outono era de tirar o fôlego! Novamente, as fotos não demonstram a realidade do lugar!

 

Ai, como todo bom mochileiro, resolvi ir andando até o Grand e Petit Trianon. Olha, é uma baita de uma caminhada, ainda mais que eu tenho certeza que fiz um caminho 10x mais longo na ida do que na volta, mas é recompensador. Aquelas fileiras intermináveis de árvores e eu andando lá, sozinho, foi um momento de reflexão, de como tudo aquilo que estava acontecendo era um sonho pra mim e como eu estava feliz por ter tido a oportunidade de viajar e conhecer lugares tão incríveis!

Mas caso você não esteja no espírito, têm trenzinhos que fazem o trajeto de ida e volta por, se eu não me engano, € 7,00.

 

Bom, se você está lá, vale a pena conhecer tudo, mas eu achei as salas dos Trianons muito parecidas com o do palácio principal, então confesso que não teve muita novidade. Mas a ida até lá valeu por uma coisa: os domínios de Maria Antonieta! Cenas de filmes! casinhas antigas, um lago no meio, tudo muito tranquilo e bonito! Era a imagem que eu tinha dos campos na Europa. Fiquei horas ali sentado, comendo e pensando na vida! Não deixem de visitar!

 

Quando eu vi, já eram mais de 16h! Hora de ir embora e de me despedir do lugar mais bonito que já visitei! Por lá mesmo, perto da estação de trem, tem um Mc Donalds! Não lembro o preço exato, mas era algo em torno de € 6,50 pelo combo!

 

Dica: Vão sem pressa à Versailles! Se possível, reservem um dia inteiro. Aproveitem tudo com calma, conheçam todos os lugares, de preferência andem pelos jardins, levem lanche e façam um piquenique por lá. Não vão se estiver chovendo, pq grande parte do passeio é à céu aberto!

 

Noite: Retornando à Paris, resolvi ir ver os principais pontos turísticos à noite.

 

Comecei pelo Louvre. Fiquei sentado em uma das cadeirinhas que tinha ali perto, só vendo o movimento e dando risada das pessoas tirando fotos com a pirâmide ao fundo, das formas mais engraçadas possíveis (claro q tbm tirei, com a paciência de um casal japonês que me enquadrou perfeitamente, mas essa é impublicável né). ::lol3::

 

Dali mesmo, vi a torre Eiffel brilhando! Mas que diachos estou fazendo aqui???? Corri pra lá, arrumei um cantinho pra me sentar e fiquei esperando dar a próxima hora cheia.

Quando aquilo começou a piscar, eu simplesmente apaguei tudo e todos que estavam ao meu redor, era apenas eu e a torre. Se tem uma palavra pra descrever como eu fiquei é: deslumbrado! Naquele momento, todo o esforço, planejamento, dor de cabeça e cansaço que fizeram esta viajem possível, foi recompensado. Foi sem dúvida, o momento mais emocionante de toda a viagem! Ali eu tive a certeza: viajar é a melhor coisa da vida e todo centavo gasto vale a pena. Quantas pessoas queriam estar no mesmo lugar ? Sou extremamente privilegiado pela oportunidade de viver aquilo! Mas junto com esse sentimento, veio uma certa tristeza de estar ali sozinho, apreciando aquele momento tão especial e único na minha vida, sem nenhuma companhia. Foi ali que mais me doeu a falta de alguém. Uma das desvantagens de viajar sozinho! (momento chororô ::lol3:: )

 

Depois de procurar quem estava descascando cebola perto de mim ::lol4:: , dei umas voltas embaixo da torre, fiquei mais um tempão apreciando aquele lugar, pessoas fazendo caminhada, famílias andando com as crianças pequenas mesmo naquele frio beirando o insuportável . Agora, muito menos vendedores de torres e nenhuma cigana por perto enchendo o saco. Mas, apesar do frio, a fila pra subir na torre estava ABSURDA!

 

Pra terminar o dia, andei novamente pela Champs Elysées até o Arco do Triunfo! ... Fenomenal!

 

Conclusão: Gostei muuuuito mais de Paris à noite do que de dia. É tudo mil vezes mais bonito!

 

O que eu faria diferente numa próxima viagem: Nada! Foi um dia perfeito. Só ficaria melhor se tivesse alguma companhia!

 

No próximo post, meu último dia em Paris e partida pra Londres!

DSC01195.JPG.bbc93072a230a5f7fa49ede81af60658.JPG

DSC01239.JPG.0c044cd992474eb01e189b8b762ac0a3.JPG

DSC01281.JPG.834b5c45e27263d3e259127d1159eedb.JPG

DSC01445.JPG.23a736f31f5975f5d42b7a242664876b.JPG

DSC01533.JPG.5e7f800cab5115ffe80e13e3aa39971d.JPG

DSC01576.JPG.2abc80c74f570f70809e69f3eb7ee58e.JPG

DSC01357.JPG.9c3ee2a649ca79a9352e9ea1ee17dbb4.JPG

  • Gostei! 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Paris - 5º dia

 

Roteiro: Jardim de Luxemburgo, Roland Garros e Galeries Lafayette

 

 

Deixei o meu último dia em aberto para conhecer alguns lugares não "tão essenciais" para uma primeira viagem à Paris, andar sem roteiro definido e retornar a alguns pontos que eu tinha gostado.

 

Jardim de Luxemburgo: Acordei não tão cedo, deixei minhas coisas no locker do hostel, fiz check-out e fui até perto da Notre-Dame comprar alguns souvenirs. Em seguida fui caminhando até o Jardim de Luxemburgo, é bem perto, então no roteiro de vocês, podem colocar os 2 lugares no mesmo dia! Andei bastante por lá, tudo muito bonito e bem cuidado. Ali perto tbm está o Pantheon, mas como o pêndulo de Foucault não estava em exibição, não entrei.

 

 

Roland Garros: Gosto bastante de tênis, mas infelizmente os tours guiados nessa época acontecem em poucos dias da semana: domingo, quarta e sexta. Para o tour, é necessário reservar com antecedência pelo email [email protected]

 

Preços: Apenas o tour: € 10,50/adulto; € 8,50/criança

Tour + museu: € 15,50/adulto; € 10,50/criança.

 

Mesmo sabendo que não seria possível fazer a visita guiada, eu resolvi ir até lá comprar um souvenir para o meu irmão, que é fanático por tênis. O estádio fica em uma região muito bonita e chique, com uma caminhadinha boa da estação de metrô até lá.

A loja oficial é EXTREMAMENTE cara. Comprei apenas um chaveirinho, que custou a bagatela de € 9,00, quase não comprei, mas como tinha me dado ao trabalho de ir até lá :roll: ...

Na volta, parei num parque muito bonito que tinha no caminho até o metrô, e fiz um lanche por lá mesmo.

 

 

Galeries Lafayette: Só pra quem é rico mesmo. Muitas marcas de luxo. As atendentes da parte de perfumes parecem que são todas modelos, e tudo muito caro (ver o chinelinho da Havaianas abaixo). Ali, comi os famosos macarons da marca Pierre Hermé, € 1,50/unidade. Pedi um tradicional de chocolate e um de manteiga salgada. Confesso que eu esperava muito, mas muito mais. Na verdade não gostei mesmo do de manteiga salgada, o de chocolate até que se salvou, mas tbm não achei nada de mais.

 

Voltei pro hostel, peguei minhas coisas e fui pro aeroporto por volta das 16h30. Como o trajeto é relativamente rápido, e o meu avião pra Londres era só às 20h10, deu tempo de fazer tudo com calma. Fiquei bem tranquilo sentado na lanchonete que tem lá e quando fui entrar na área de embarque: bagagem de mão+cabine acima do limite de peso! ::ahhhh:: Estava tão preocupado com a bagagem a ser despachada, q eu esqueci que a de mão tbm tinha limite! Pra minha sorte, o fiscal foi bem bonzinho comigo e me liberou! Mas vale o lembrete!

 

Dica: Uma das dúvidas q eu tinha antes de ir, era qual a melhor opção: Viajar no final do dia? ou logo pela manhã? Olha, eu sou muito ansioso com viagens, se eu sei que tenho que acordar muito cedo, eu não durmo nada e fico cansado o restante do dia! Então achei muito bom o q eu fiz e recomendo pra quem está na dúvida. Deixei pra ir não muito tarde a ponto de pegar o metrô fechado em Londres, mas nada muito cedo a ponto de perder as horas de dia claro em Paris. Marcar a passagem por volta das 19h-20h, na minha opinião, é o ideal!

 

 

Minha conclusão de Paris: É sim, muito bonita! Paisagens de outono espetaculares! Dependendo do orçamento e das preferências, das atrações pagas, eu recomendaria como imperdíveis, apenas Versailles (€ 18,00) e Louvre (€11,00), então caso você vá apenas nesses 2 e nessa época do ano, eu não indicaria a compra do Paris Museum Pass, já que como vcs puderam ver, eu não peguei fila praticamente pra nada.

Ao contrário do que muitos falam, achei os franceses muito simpáticos e prestativos (mais do que os ingleses). Não sei absolutamente nada de francês, até aprendi algumas palavras-chave e como iniciar a conversa, mas lá na hora, foi só no inglês! Quando não sabiam, era na base da mímica, apontar pra placas, mostrar mapa,etc... no final, tudo dá certo!

Considerei suficiente o tempo que eu fiquei. Claro que se fosse mais, seria melhor, por ex, não fui na região da La Defense nem na Eurodisney, mas pra uma primeira visita, deu pra ver tudo com calma. Não andei muito por causa do tempo ruim, então o tempo de deslocamento entre os lugares foi bem curto, dessa forma, pude aproveitar bastante o dia!

Agora, francamente falando, eu não tenho muita vontade de voltar, infelizmente. Valeu a pena sim, sem dúvida, mas a quantidade de golpistas, a sensação de insegurança e principalmente o que aconteceu em Montmartre, ofuscaram um pouco o brilho da cidade.

 

 

Nos próximos posts, um pouco da cidade que eu adorei e que já está nos meus planos para uma segunda visita: Londres!

DSC01642.JPG.690278fba1041d6903bd56da2a498fab.JPG

DSC01656.JPG.7166d727876eb508993006692b893f88.JPG

DSC01660.JPG.60ebd9aba45bc3e37d7d72867e3081f4.JPG

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

×
×
  • Criar Novo...