Ir para conteúdo
danyna_g

Peru 15 dias

Posts Recomendados

Olá mochileiros...

 

Estou muito feliz por ter realizado um sonho pessoal: viajar pelo Peru!!!

E gostaria de compartilhar esta experiência maravilhosa, deixando algumas dicas e sugestões para quem também pretende fazer esta viagem. Já que o mochileiros.com me ajudou muito na viagem também.

 

598db037eb13f_IPAD_FOTOS_TUDO1243.JPG.6d765b67dbe095f44ca56feaa6f401e8.JPG

 

Esta viagem era meu sonho, e inicialmente foi planejada para ser realizada com meu esposo. Mas tinha muita gente louca para embarcar junto na viagem. Então, deixamos o egoísmo de lado e levamos conosco meus pais e um casal de tios meus. E por isso, acabamos limitando/engessando um pouco a viagem.

 

Como foi o planejamento da viagem:

1º) Escolhemos a data da viagem: Abril. Assim, conseguiríamos conciliar nossas férias, garantir bons preços nas passagens aéreas e também garantir um clima favorável para os passeios.

 

2º) Definimos o período da viagem: 15 dias, já que só tínhamos 20 dias de férias.

 

3º) Definimos os principais lugares que gostaríamos de conhecer: Machu Picchu - Lago Titicaca - Trujillo - Paracas.

Exclui do roteiro o Vale do Colca, pois achei que não teríamos tempo suficiente e também porque achei o passeio um pouco caro. No final das contas, acho que teria dado tempo sim.

 

4º) Planejei quantos dias seriam necessário em cada lugar levando em consideração os passeios que planejei fazer e quais os meios de transportes que utilizaríamos para chegar aos nossos destinos. (Vou relatar tudo na seqüência)

 

5º) Fiz as reservas dos hostels e compra das passagens aéras pela internet (http://www.booking.com/ e http://www.decolar.com/).

 

Pronto, agora é só fazer as malas e partir...até parece que foi fácil assim...sou bastante detalhista, então nesta fase de planejamento levei uns 6 meses... :D

 

Vamos a vigem então:

- 12/04/13 - Vôo de Curitiba/Guarulhos/Lima/Cuzco --> a viagem foi extremamente cansativa, pois tivemos um longo tempo de espera nas conexões. Sendo que a conexão de Lima-Cuzco foi durante a madrugada e que o aeroporto de Lima não oferece a menor condição para isso. Para se ter uma ideia, para tentar tirar um cochilo fomos na capelinha que tem dentro do aeroporto.

 

- 13/04/13 - CUZCO --> Chegamos em Cuzco bem cedo (por volta das 07:30h). Pegamos um táxi até o hostel - Mama Simona que ficava no centro histórico da cidade. Dia livre para descansar da viagem, se ambientar com a altitude e conhecer a cidade.

Dicas e comentários:

* Sempre pechinche com os taxistas no aeroporto - quando chegamos nos ofereceram 25 soles por pessoa, no final pagamos 5 soles por pessoa em uma mini van, pois estávamos em 6.

* Nunca acreditei no tal "mal estar" por causa da altitude (sempre achei uma frescura dos jogadores de futebol). Mas a coisa é séria, senti dores de cabeça e cansaço extremo para subir 1/2 lance de escadas, ou fazer 5 min. de caminhada leve. E o tal "chá de coca" ajuda muito nesta situação, e é até bem gostosinho.

* Um dos primeiros lugares que visitamos foi o mercado municipal, uma experiência única, principalmente para os nossos estômagos (foto abaixo).

* Fizemos uma visita guiada na Catedral de Cuzco, com o próprio guia da Catedral, valeu muito a pena, o guia era fera (isso que não sou muito fã de visitas guiadas). A religião católica no Peru tem algumas particularidades muito interessantes, muito misturada à cultura local.

* Se você quiser trazer lembrancinhas para o Brasil, compre tudo que gostar em Cuzco ou Águas Calientes, os artesanatos são lindos, tem muitas opções e os preços são super negociáveis. Nas outras cidades que visitamos havia pouco artesanato local, muita coisa industrializada, e pelo dobro do preço.

* O hostel que ficamos é bom, porém a internet deles era bastante lenta, o que incomodou um pouco na hora do check-in e check-out. O café da manhã é muito precário, como na maioria dos hostels que ficamos no Peru.

 

IMG_2337.JPG.ffc4607080e058a8f6f690b22cc81f38.JPG

 

14/04/13 - Vale Sagrado e Águas Calientes --> este passeio eu comprei ainda o Brasil pela internet (http://www.pirwahostelscusco.com/pt/machu-picchu/machu-picchu-dois-dias-tour.html), não queria correr o risco de sair alguma coisa errada no passeio principal: Machu Picchu.

O ônibus nos pegou logo cedo em frente ao hostel, passamos pelas cidadelas de Pisac, Urubamba e Ollantaytambo, de onde pegamos o trem para Águas Calientes.

Fizemos a viagem de trem durante o dia, o que nos proporcionou apreciar pelas paisagens. Chegamos a Águas Calientes a noite (o hostel já estava incluso no pacote).

* Super recomendo a agencia Pirwa travel, fiz minhas reserva ainda no Brasil, e eles são muito organizados, retirei nossos bilhetes em Cuzco na agencia deles e já estava tudo certinho. Eles também tem pacotes para outras diversas cidades no Peru, mas acabamos não fechando os outros pacotes, para termos flexibilidade nas decisões quando chegássemos a cada cidade. Eles também tem Pirwa hostel com opções de hospedagem em diversas cidades. Como estávamos em 3 casais optei por hostels que oferecessem quartos de casal e com banheiro.

 

IMG_2757.JPG.78d60b5b3a75a17271416a57c3fa0d97.JPG

 

15/04/13 - Machu Picchu --> escolhi comprar o pacote para Machu Picchu + Huaynapicchu, optei por fazer a subida no primeiro horário às 07:00h. Super recomendo, pra quem gosta de aventura a subida é uma delícia, apesar de ser bastante cansativa, vale muito a pena. Levamos 1 hora para chegarmos ao topo, parando diversas vezes para tomar fôlego e beber água (levamos água e barras de cereal para repor as energias). Tivemos que esperar de 30 a 40 min. a neblina passar para então sermos contemplados com aquela vista incrível !!!

 

598db03cc168a_IPAD_FOTOS_TUDO1162.JPG.a0e153668d6a0a76974edc2aa7d27056.JPG

Levamos mais 1h a 1,5h para descer, e cruzamos com grupo das 10:00h subindo a montanha, como o sol já estava muito alto o cansaço castigava até quem estava descendo. E então entendi o porque a maioria das pessoas recomenda fazer a subida no primeiro horário.

Tínhamos a visita guiada por Machu Picchu marcada para as 11h, então sobrou alguns minutos para fazermos um lanchinho ali mesmo na lanchonete do parque.

Após a visita guiada que durou de 2h a 2:30h, eu não queria mais sair do parque, porém os outros integrantes do grupo estavam todos muito exaustos então retornamos para Água Calientes. Nosso trem sairia somente no final da tarde, então eu e meu esposo aproveitamos para conhecer as águas termais - não recomendo - as piscinas são comunitárias, nada higiênicas e não tem nenhuma vista magnífica da cidade, enfim, não vale a pena.

*Retornamos a Cuzco de trem até Ollantaytambo, e de ônibus até Cuzco (tudo incluso no pacote), mas a viagem de volta à Cuzco não foi nada agradável, nosso ônibus era precário e foi parado pela polícia umas 10 vezes durante o trajeto, o que atrasou muito a viagem.

 

16/04/13 - Cuzco --> deixei este dia na viagem para recuperarmos as energias, aproveitamos para conhecer mais um pouco de Cuzco, desfrutar a culinária Peruana e comprar os tickets para o nosso próximo passeio.

* Quanto à comida Peruana, os restaurantes turísticos são um pouco caros, comemos em alguns, mas no geral optamos por restaurantes comuns que oferecem o menu turístico, com preços bem mais acessíveis e com boas opções de escolhas.

 

17/04/13 - Rota do Sol --> fizemos o trajeto de Cuzco a Puno no passeio chamado Rota do Sol, o trajeto é todo feito de ônibus turístico (muito bom). A viagem é bem tranquila, com diversas paradas e belas paisagens, o roteiro contempla: Igreja de San Pedro, Racchi, Sicuani (almoço), La Raya, Pukara e Puno.

 

DSCN9608.JPG.44570116c4d78b777fef5bbccd5c3f65.JPG

DSCN9734.JPG.7f834bef19c95236943e4483e98f6bc7.JPG

Chegamos a Puno no final da tarde, e já fechamos os passeios pelo Lago Titicaca para o dia seguinte. Pernoitamos no hostel San Antonio Suites - melhor café da manhã da viagem, muito bom, recomendo.

 

18 e 19/04/13 - Lago Titicaca --> optamos pelo passeio de 2 dias e 1 noite, onde visitamos as ilhas flutuantes (Uros), a ilha de Amantaní (com pernoite na casa de nativos) e ilha de Taquile no dia seguinte. Minha ideia inicial era fazer o passeio de 1 dia e no dia seguinte ir à Copacabana na Bolívia, mas fui vencida pelos demais integrantes do grupo - sem arrependimentos.

Puno é muito feia, mas o lago é muito lindo e nos conferiu belíssimas fotos.

O passeio é bem turístico. Primeiro descemos nas ilhas flutuantes, ouvimos a história de como as ilhas surgiram e como são feitas, andamos de barquinho de totora e partimos para a próxima ilha. Na ilha de Amantaní fomos recebidos pelos nativos, fizemos alguns passeios pela ilha e fomos ao baile de gala vestido a caráter preparado especialmente para nós. No dia seguinte saímos logo cedo para Taquile, onde atravessamos a ilha a pé e almoçamos antes de voltarmos à Puno.

Apesar de o passeio ser bem encenado, todas as vistas do Lago são muito lindas. E a experiência na casa do Sr. Secundino (presidente da ilha de Amantaní) nos permitiu conhecer um pouco mais sobre a cultura Peruana, além de ter nos conferido boas risadas ao longo da viagem. Para animar ainda mais o passeio, nada melhor do que uma partidinha de futebol brasileiro contra os nativos da ilha.

 

Uros.png.b4e08c866331f5d4edf55a3f6b77f9e6.png

598db03d8a2ef_amantan.png.4964a3018073c650e485dbddd4373279.png

Taquile.png.914073ef26348f9161f8b09ccc10093d.png

 

20/04/13 - Lima --> Montei meu roteiro, sabendo que concluiríamos os passeios pelo leste do Peru no dia 19/04, por isso comprei as passagens aéreas de Juliaca-Lima junto no pacote.

Em meu roteiro, Lima foi apenas uma conexão com as outras cidades. Entre uma conexão e outra, sobrava um tempinho para visitar alguns pontos da cidade, como o Miraflores, Parque do Amor e o Circuito Mágico das Águas (não tivemos tempo de assistir ao espetáculo que deve ser muito Lindo).

Neste mesmo dia, partimos para Trujillo com um ônibus de linha Cruz del Sur, muito bom diga-se de passagem.

Dica:

* Passamos alguns apuros com os taxistas em Lima, então, pague caro, mas vá em segurança.

 

21 e 22/04/13 - Trujillo --> Viajamos a noite inteira de ônibus leito, e chegamos a Trujillo bem cedinho, onde tivemos outro contra-tempo com os taxistas - eles disseram que o hostel que eu tinha reservado era muito longe do centro e em uma região muito perigosa, ficamos super assustados, mas na verdade eles estavam querendo ganhar comissão de alguns hotéis que eles ofereciam estadias

Ficamos no hostel B&B Orrego que era muito bom, realmente, um pouco mais afastado do centro, mas a cidade tem tantos taxistas que o preço da corrida é uma miséria (5 soles).

Para nós, ficar neste hostel foi uma mão na roda, pois os donos tinham uma mini van, então fechamos com eles para nos levarem até os pontos turísticos da cidade, ou seja, tínhamos um motorista a nossa disposição.

A cidade é pouco visitada, mas os sítios arqueológicos que ela abriga são de tirar o fôlego. Eu diria que são até mais impressionantes que Machu Picchu.

Visitamos as ruínas de Chan Chan (cultura Chimu) e Huacas del Sol e de La Luna (cultura Mocche) em único dia.

Como ainda tínhamos 1 dia na cidade, no dia seguinte visitamos Huanchaco (praia muito frequentada por surfistas) e as ruínas de Dama de Cao.

 

598db03f7371b_Chanchan.png.3281629335b754efa00f68230ad2fc8b.png

IMG_3637.JPG.1d2c75bf214b6c7fe30d53e0ed949c6b.JPG

* Revendo o roteiro hoje, eu teria aproveitado este dia extra para ir à Huaraz que é uma cidade com muitas belezas naturais.

 

23/04/13 - Lima/Paracas - Viajamos a noite inteira com o Cruz del Sur e partimos para alugar um carro para irmos à Paracas. Alugar um carro foi um pouco trabalhoso e tivemos um contra-tempo com os guardas rodoviários (precisamos pagar propina, o que é bastante comum no país), mas é uma comodidade poder ir e vir a qualquer momento e a qualquer destino. O transito de Lima é muito ruim, para sair da cidade foi tranquilo, mas quando retornamos no dia 27/04 foi um caos, passamos por uns bairros da cidade com um comércio muito intenso, parecia uma feira livre, tudo travado, um horror.

Almoçamos no meio do caminho em um hotel com um restaurante muito bom, mas não recordo o nome. Pernoitamos em Paracas no hostel Zarcillo Paradise. Para quem quiser fazer este trajeto de ônibus, a Cruz del Sur para dentro do estacionamento do hostel, muito prático.

A estrutura dos quartos é muito boa, tanto que optamos por cancelar a noite que teríamos em Nazca.

 

24/04/13 - Paracas - no dia anterior tivemos tempo de pesquisar e comprar nossos passeios para este dia. Iniciamos fazendo o passeio nas Ilhas Ballestas, uma reserva de vida marinha muito bonita, o passeio é feito de barco a motor e dura umas 3 horas. Na parte da tarde, fomos de carro visitar a reserva nacional de Paracas, uma região desértica de contraste com o oceano Pacífico, lindíssima. Ficamos lá até o entardecer onde o pôr do sol é magnífico.

 

DSCN0745.JPG.fca3f0f162f433613b4caa67aa40bd10.JPG

IMG_3907.JPG.2e6d36c9c513551c8df177863e992377.JPG

DSCN0434.JPG.17a0502bf6a286c09478caeb0e4c577a.JPG

 

25/04/13 - Nazca - saímos de carro de Paracas logo cedo e chegamos a Nazca por volta das 10h. Fomos direto para o aeroporto comprar nossos vôos sobre as Líneas de Nazca. Eu digo que não repito este passeio por nada neste mundo. A combinação do calor desértico com um monomotor não é nada agradável, o avião balança muito e o calor é de uns 50ºC. Para ajudar o avião vira para um lado e para o outro para permitir que todos vejam as linhas.

O passeio fui muito engraçado, pois eu passei muito mal, e levei um dia inteiro para me recuperar. Os pilotos do avião tiraram muito sarro com a minha cara. E no restaurante, pela minha cara de acabada, o garçom logo deduziu que eu tinha sobrevoado as linhas de Nazca.

 

* A menos que você esteja pelas redondezas, como foi o nosso caso, você pode aproveitar para sobrevoar as Líneas de Nazca. Caso contrário, não se desloque até lá só para isto, o passeio não vale a pena.

Na parte da tarde fomos à Ica que fica no caminho entre Nazca e Paracas, e é um oásis, não muito bonito. Não fizemos os passeios de bugs pois não tínhamos tempo, mas deve valer a pena.

 

26/04/13 - Paracas - curtimos nossa manhã descansando em Paracas, nosso almoço de despedida foi maravilhoso, uma das melhores refeições que tivemos no Peru (restaurante El Delfin Dorado). Partimos em direção a Lima, com parada em Pisco para visitar uma vinícola e experimentar algumas modalidades de Pisco.

Chegamos a Lima entregamos nosso carro no aeroporto e embarcamos para o Brasil.

 

IMG_3845.JPG.a1b157016c87ba9deffb100c7316c2f0.JPG

 

Espero que tenham gostado. Nós adoramos e se tivermos a possibilidade certamente repetiremos esta viagem um dia.

Abraços,

Danieli

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Parabéns pelo relato :)

 

Por acaso sabe a que horas saem os passeios para Uros? e quanto tempo duram? estava a planear sair de manhã de copacabana e chegar a puno depois de almoço. é viável?

 

Obrigada

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Todos os passeios que consultamos saiam na parte da manhã, por volta das 08:00h e duravam pelo menos meio dia, pois as distâncias são grandes entre um ponto e outro no lago.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Obrigada e parabéns pelo relato! Vou em julho para o Peru, 4 dias em lima e 4 em cusco.

Estou com uma dúvida, quando estiver em lima pensei em destinar 1 dia pro passeio ás islas ballestas, você acha que dá tempo ir e voltar no mesmo dia?

Obrigada novamente!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

estou encantada com a idéia de conhecer paracas.. nazca ainda é algo que não tenho certeza, tenho a impressão que é caro, e tb que é certo passar mal... Alguém sabe se existe a possibilidade e se é viável ir de ônibus de Paracas a Cuzco?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Amei seu relato. Passarei 15 dias no Peru em Setembro e estou no inicio de minhas pesquisas : :)

Uma pergunta: na visita a Puno, vc contratou alguma agencia de turismo local? Como fez para dormir na casa de um nativo? Grata!!

 

Se quiser visitar meu blog: www.ciaoviaggio.blogspot.com.br

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Obrigada e parabéns pelo relato! Vou em julho para o Peru, 4 dias em lima e 4 em cusco.

Estou com uma dúvida, quando estiver em lima pensei em destinar 1 dia pro passeio ás islas ballestas, você acha que dá tempo ir e voltar no mesmo dia?

Obrigada novamente!

 

Olá Isa, dá sim, se não me engano em Lima mesmo eles vendem pacotes de 1 dia para Paracas/Islas Ballestas.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
estou encantada com a idéia de conhecer paracas.. nazca ainda é algo que não tenho certeza, tenho a impressão que é caro, e tb que é certo passar mal... Alguém sabe se existe a possibilidade e se é viável ir de ônibus de Paracas a Cuzco?

 

Olá biodanubia, sei que existem onibus partindo de Nazca ou Ica (que são cidades bem próximas de Paracas), mas pelo que eu li antes de fazer a viagem o trajeto é bastante demorado pois as estradas não são muito boas e são cheias de curvas...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Amei seu relato. Passarei 15 dias no Peru em Setembro e estou no inicio de minhas pesquisas : :)

Uma pergunta: na visita a Puno, vc contratou alguma agencia de turismo local? Como fez para dormir na casa de um nativo? Grata!!

 

Se quiser visitar meu blog: http://www.ciaoviaggio.blogspot.com.br

 

Olá Vanessa, quando chegamos com o ônibus turístico já haviam várias agencias oferecendo os pacotes para nós. Nos hostels eles também oferecem estes pacotes. Num geral o turismo no Peru é muito bem explorado e existem muitas agencias oferendo os mesmos tipos de passeios. Pode ficar tranquila que vocês vão contratar o passeio com bastante facilidade quando estiverem lá. Abraços!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Muito bom. Estarei viajando para o Peru, Bolívia e Chile em agosto.

 

Você acha que dá para fazer o passeio das Ilhas Balestas + Paracas e conhecer o oásis de Ica ( Lagoa Huacachina) em um dia?

 

Penso em ir de Lima - Ica - Lima de ônibus. De Ica para Paracas com alguma agência da região.

Lima - Cuzco de avião pela Star Peru 70 dólares.

 

Existe alguma diferença nos passeios pelo Lago Titiaca do lado Peruano e do lado Boliviano?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Muito bom. Estarei viajando para o Peru, Bolívia e Chile em agosto.

 

Você acha que dá para fazer o passeio das Ilhas Balestas + Paracas e conhecer o oásis de Ica ( Lagoa Huacachina) em um dia?

 

Penso em ir de Lima - Ica - Lima de ônibus. De Ica para Paracas com alguma agência da região.

Lima - Cuzco de avião pela Star Peru 70 dólares.

 

Existe alguma diferença nos passeios pelo Lago Titiaca do lado Peruano e do lado Boliviano?

 

Oi Renan,

 

Acho que dá pra visitar os três lugares em um dia sim, são passeios rápidos.

Quanto as diferenças do Lago Titicaca do lado Peruano e Boliviano não vou saber te dizer, pois acabei não conhecendo o lado Boliviano...dizem que é lindo, mas o lago como um todo é muito lindo mesmo...se eu tivesse tempo teria conhecido os dois lados... Se você for, depois você me conta...

 

Abraços...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Como estou finalizando o roteiro, tirei Ica do percurso, pois não fica num rota rota linear, teria que voltar p Lima.

 

Acho q farei o Lago Titiaca pelo lado Peruano mesmo, em Puno. Depois irei p Copacabana.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora


×