Use o menu Tags para buscar informações sobre destinos! - Clique aqui e confira outras mudanças!

Ir para conteúdo
Paulo Dall Oglio

Salto Yucumã - Perguntas e Respostas

Posts Recomendados

Não sei te dizer onde você pode ficar pois eu fui pra lá mas voltei no mesmo dia. Sei que lá perto das quedas é proibido acampar, vai ter que ver mais pra cidade mesmo.

Eu fui pro Salto em março desse ano, é muito muito muito lindo.

Ele fica na cidade de Derrubadas no RS, fronteira fluvial com a Argentina e pra chegar lá tem que passar pelo município onde vai ter gente pra explicar o caminho pras quedas.

Dica compre refrigerante em qualquer cidade antes de Derrubadas, compramos ao chegar lá para evitar ter que levar no Jipe que estava apertado e pra nossa surpresa o dono do mercadinho cobrou nada mais nada menos que R$ 10,00 por uma Coca-Cola.

Sim, não preciso falar que só compramos uma e dividimos ela para 4 pessoas dhaudsa.

Lá perto das quedas depois de uma estrada que se n me engano é de 16 km de terra batida onde vc vai chacoalhar um montão tem umas mesinhas pra fazer uma comida, com churrasqueira e banheiros.

Lembre de levar água pra descer perto das quedas pois é muito quente lá e o caminho e de pedras então tem q ficar pulando o que cansa mais. E pra percorrer todo o caminho é longinho considerando o terreno.

Mas é simplesmente maravilhoso de tão lindo.

Vale a pena visitar.

Qualquer dúvida é só perguntar.

 

 

 

[picturethis=http://www.mochileiros.com/upload/galeria/fotos/20090825161903.jpg 500 375 Legenda da Foto]Galera nas quedas :)[/picturethis]

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O maior salto longitudinal do mundo pode desaparecer, mas isso não é nada perto do desastre que pode causar para as cidades vizinhas e o meio ambiente. Ou será o contrário? Veja mais em:

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Planejo ir aos Saltos de Yucumã em Julho. Planejo ficar em Itapiranga - SC. Este passeio dá para levar crianças de 6 e 8 anos, devido ao trecho de pedras entre o final da mata e a beira d´água?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá.. não tem como acampar perto então?

você ou alguem sabe qual é o lugar mais proximo onde se possa acampar?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá. Também pretendo conhecer este lugar lindo com minha esposa e filha de 6a. Só para informação de quem pretende viajar ao local, por informações que disponho, as quedas só são visiveis no periodo da seca (de novembro a março), dependendo muito das chuvas nas demais epocas. Nos outros meses o rio esconde essa maravilha. Abraço a todos e boas mochiladas.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O Salto Yucumã dista 485 km da capital gaúcha, muncípio de Derrubadas - RS

Chega-se até lá:

pela rodovia estadual RS RS 330 - norte-nordeste de Três Passos - RS, BR 468, BR/RS 472, RS 330 - 40km

Depois de Derrubadas, percorre-se 4,2 km de estrada de chão para chegar ao Parque.

Não existe infra-estrutura para camping no Parque Estadula do Turvo, que é onde se localiza o Salto Yucumã, mas antes de chegar existe o Parque das Fontes com area para camping, cabanas e pousadas e também o Pesque Pague Martens que oferece serviços de area para camping.

De ônibus, partindo-se de POA, é a empresa Ouro e Prata,

Quem estiver na região, e tiver tempo também pode percorrer a região das missões e a região das pedras semi preciosas.

[googlemap]http://maps.google.com/maps?f=q&hl=pt-BR&geocode=&q=Derrubadas-rs,+brasil&ie=UTF8&hq=&hnear=Derrubadas+-+Rio+Grande+do+Sul,+Brasil&ll=-27.005302,-53.860474&spn=2.231657,3.532104&z=8&iwloc=A[/googlemap]

Não há infra-estrutura de lancheria no Parque. que funciona de quarta a domingo, porém só é permitida entrada até as 16:30 h.

Não é permitido acampar no Parque e nem levar animais domésticos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

ONDE FICAR

Pessoal fui pra lá esse feriado, mas não fiquei na cidade. Porém, juntei alguns folders com informações de onde ficar:

Parque das Fontes - fone 55 3616 3112 (www.balnearioparquedasfontes.hpg.com.br)

Balneário Martens - fone 55 3616 3332 (www.balneariomartens.hd1.com.br)

 

pelos folders, os dois são bem legais, com piscinas, toboáguas e uma ótima infra estrutura

 

FONES ÚTEIS

centro de informações turísticas - fone 55 3616 3071

Estação rodoviária: 55 3616 3271

parque Estadual do Turvo: 55 3616 3024

www.derrubadas-rs.com.br

 

HORÁRIO DE VISITAÇÃO:

de 4ª a domingo

das 08:00 as 17:00

a entrada só é permitida até as 15:30 hs.

 

PREÇOS

entrada R$10,62 por carro

Não sei o preço dos outros veículos, mas não é caro.

 

MAIS INFORMAÇÕES:

na visita ao salto, dá pra ir com criança tranquilo, fomos com meus sobrinhos de 2 e 10 anos.

da entrada do parque até os saltos são 15 Km de estrada de chão, que estava bem conservada.

Não vi lugar pra vender bebidas e comidas por lá, então vá preparado.

Levar protetor solar e repelente.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Boa tarde!

 

Estou planejando visitar o Salto do Yucumã no carnaval.

 

Tenho algumas dúvidas e estou com dificuldades para esclarecê-las.

 

Saindo de São Paulo, para qual cidade devo ir?

Não achei passagem direta para Derrubadas.

 

A entrada no parque é cobrada por veículos, como estarei sem, tem algum ônibus ou empresas que levem até o Salto?

 

O lado argentino tem alguma atração diferente?

 

Se alguém puder me ajudar, agradeço muito!

 

Depois da viagem postarei as informações que conseguir.

 

Saudações

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Paulo

tem algumas infos no tópico de Yucuma:

salto-yucuma-perguntas-e-respostas-t36438.html

 

pra chegar em Derrubadas tu tem que passar em Frederico Westphalen e por Tenete Portela, coloca a rota no google maps que dá bem direitinho

Quando estive lá não vi ônibus que leve pessoas avulsas, só de excursoes já formadas.

A estrada pra chegar é de terra e de Derrubadas até o salto dá uns 20 Km.

Do lado Argentino tem um barco que navega pelo rio ao longo de todo o salto, deve ser bem legal, mas não sei se vale a pena cruzar a fronteira pra fazer só isso de diferente.

Boa sorte!

Déia

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Obrigado pelas informações Déia.

 

Liguei na prefeitura de Derrubadas e me passaram o telefone uma pessoa que faz o transporte até o Salto do Yucumã.

 

O nome dele é Adelino.

 

55 9917-0321.

 

Saudações,

 

Paulo

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O caminho entre Quebradas até o parque esta sendo asfaltado.

Esta iniciando a construção de infraestrutura no parque...mas tudo isso vai levar um tempinho....

 

segue os valores cobradas em março de 2011.

A melhor epoca para visitação é na seca onde os saltos ficam mais visiveis. A foto mostra os saltos em epoca de cheia.

Do lado da Argentina a visitação eh feita com uma embarcação, que pelo apurei é feita de maneira irregular (será?)

Cheia.jpg.548ba50fb6c9a4611c1b1cb6a33efae1.jpg

598d9ed2daff3_Preos.jpg.13a8b31735e3df376cca8e86fc24cbff.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O Salto do Yucumã é realmente incrível, estive lá agora em janeiro e o lugar é simplesmente fantástico. Em derrubadas há dois campings, fiquei nio balneário Martens, tem piscina com toboágua, pesque-pague, cabanas, quisques com churrasqueira, quadras esportivas, restaurante, lancheria, jogos (sinuca e pebolin)

A estrutura é boa, o atendimento excelente pelos proprietários faz tu te sentires em casa, o preço é acessível. O ponto negativo é que não pode levar nenhum tipo de bebida, tem que comprar dele, e embora o preço seja acessível, não tem muita variedade.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Informaçoes do site da SETUR sobre o Parque Estadual do Turvo:

 

 

 

Parque Estadual do Turvo

 

Derrubadas

 

 

max122357697805_Salto_do_Yucuma___Aloisio_Romeu_Antes.jpg

 

 

Caracterização:

Criado em 1947, originalmente como Reserva Florestal, o Parque Estadual do Turvo foi a primeira Unidade de Conservação da Natureza (Lei Federal n° 9.985/2000) instituída pelo Estado do Rio Grande do Sul. No contexto atual, o Parque Estadual do Turvo se destaca por ser a última porção significativa da formação vegetal do Alto Uruguai no Rio Grande do Sul. Sua criação teve como objetivo proteger os processos naturais mais relevantes para a persistência e evolução das comunidades e o regime hídrico do rio Uruguai e seus afluentes. Essa Unidade de Conservação abrange cerca de 17.500 hectares de floresta, que permitem abrigar mais de 700 espécies de plantas, cerca de 290 espécies de aves, mais de 30 espécies de mamíferos de médio e grande porte, dentre as quais muitas espécies raras e/ou ameaçadas. O Parque é o último refúgio em território gaúcho para espécies como a anta e a onça-pintada. No leito rochoso do rio Uruguai forma-se uma cachoeira com 1.800 metros de extensão longitudinal. Esse é o Salto do Yucumã, cuja beleza cênica atrai visitantes ao Parque. A existência do Salto incentivou a organização de um consórcio turístico, que conta com a participação de 33 municípios do Noroeste do Estado, na região da Rota do Yucumã.

 

VISITAÇÃO:

O Parque Estadual do Turvo está aberto à visitação de quarta-feira a domingo, das 8h às 18h, sendo que a entrada no Parque poderá ocorrer somente até as 16h30min. A visitação está restrita ao Salto do Yucumã. No momento, não existem trilhas abertas à visitação. Não existem lanchonetes em funcionamento no interior do Parque. Portanto, o visitante deve levar seu próprio lanche. Quanto aos ingressos:

- Os ingressos são vendidos na entrada do Parque.

- São cobrados valores diferenciados para entrada de motocicletas, automóveis, utilitários para transporte de passageiros, micro-ônibus e ônibus.

- O valor do ingresso inclui os ocupantes dos veículos.

- Crianças com até 10 anos de idade são isentas do pagamento de ingresso.

- O valor do ingresso é determinado pela Lei Estadual n° 8.109/1985, que define as taxas de serviços diversos relativos aos órgãos estaduais, com base na Unidade Padrão Fiscal (UPF). Para valores atualizados, consultar o site da Secretaria Estadual do Meio Ambiente - SEMA: http://www.sema.rs.gov.br.

 

 

 

Localização:

O Parque Estadual do Turvo situa-se no noroeste do Estado do Rio Grande do Sul, junto ao rio Uruguai, na divisa com o Estado de Santa Catarina e a província argentina de Misiones. Como chegar:

 

Partindo de Porto Alegre

- De carro:

- BR-116 até BR-386 para Nova Santa Rita; BR-386 até BR-472 para Taquaruçu do

Sul; BR-472 até RS-330 em Tenente Portela; RS-330 até Derrubadas.

- De ônibus:

- partida pela empresa Ouro e Prata até Tenente Portela, onde ocorre conexão com outro coletivo até Derrubadas. Do Centro de Derrubadas até a entrada do Parque percorre-se cerca de 4 km de estrada de terra. Há possibilidade de tomar um táxi no centro da cidade para deslocar-se ao Parque.

- Observação: De Tenente Portela a Derrubadas são 20 km, sendo que somente os primeiros 6 km estão asfaltados.

- Outros acessos:

- RS-569 – liga Palmeira das Missões à RS468, que segue até Coronel Bicaco;

- BR-472 – liga Taquaruçu do Sul a Tenente Portela;

- BR-472 – liga Três Passos a Tenente Portela;

- RS-330 – liga Tenente Portela a Derrubadas.

 

Partindo de Santa Catarina

- Chega-se por Itapiranga, onde é realizada travessia do rio Uruguai com balsa, após seguindo por Barra da Guarita pela RS-163, logo após pela RS-472 por Vista Gaúcha e Tenente Portela e, por fim, pela RS-330 até o município de Derrubadas.

Partindo de Misiones/Argentina

- O ponto mais próximo para travessia do rio Uruguai é em El Soberbio, após seguindo por Tiradentes do Sul, Três Passos e Tenente Portela, pela RS-472 e, por fim, pela RS-330 até o município de Derrubadas.

 

Distância Capital (km): 490

Distância Centro (km): 4

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

PARQUE ESTADUAL DO TURVO TERÁ CENTRO DE VISITANTES

Publicação: 13/07/2012

 

HD_Turvo(1).jpg

Salto do Yucumã tem a maior queda d'água longitudinal do mundo, com 1,8 mil metros de extensão e até 20 metros de altura.

 

O Parque Estadual do Turvo, uma das 22 unidades de conservação da Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema), localizado no município de Derrubadas, na região Celeiro do Estado, contará a partir do dia 18 de julho, com estruturas novas para receber melhor os pesquisadores, turistas e comunidade. Em cerimônia com as presenças do governador Tarso Genro, e dos secretários do Meio Ambiente, Helio Corbellini, e do Turismo, Abgail Pereira, será inaugurado, às 16h, o Centro de Visitantes, com auditório e espaços para exposições e ações de educação ambiental.

 

O investimento na construção do Centro de Visitantes foi de R$ 1,3 milhão. O valor foi pago pela Eletrobrás/Eletrosul como medida de compensação pela construção da Usina Hidrelétrica Passo São João, que fica entre os municípios de Roque Gonzales e Dezesseis de Novembro e utiliza as águas do Rio Ijuí. Além do centro de visitação, o parque recebe uma área de estacionamento, um novo pórtico, uma guarita para segurança e uma nova casa para os agentes.

 

Com 17,4 mil hectares, o Parque Estadual do Turvo tem no Salto do Yucumã seu maior atrativo. O local é a maior queda d'água longitudinal do mundo, com 1,8 mil metros de extensão e até 20 metros de altura.

 

O titular da Sema, Helio Corbellini, destaca a a importância do parque para a preservação da biodiversidade, único local do Estado onde habita a onça-pintada e outras espécies em extinção. Já a construção do Centro de Visitantes, segundo o secretário, dará melhor visibilidade ao parque e ao turismo, beneficiando o desenvolvimento de toda a região.

 

O Parque

 

Situado à margem do rio Uruguai, o Parque Estadual do Turvo abriga remanescentes bem preservados de Floresta Estacional Decidual, tipo de vegetação caracterizado por duas estações climáticas bem demarcadas, uma chuvosa seguida de longo período biologicamente seco. O leito rochoso desse rio forma uma cachoeira longitudinal, o Salto do Yucumã, com 1,8 mil metros de extensão e até 20 metros de altura, de grande potencial cênico.

 

O parque busca proteger os processos naturais chaves para a persistência e evolução das comunidades, em especial os processos de sucessão, o regime hídrico do rio Uruguai e dos arroios tributários. É o último refúgio em território gaúcho de espécies como a anta e a onça-pintada. A viabilidade das pequenas populações de onça no parque se mantém apenas em função das ligações com as áreas florestadas da Argentina e com possíveis contatos com as populações mais numerosas da bacia do rio Iguaçu.

 

Além das quedas d'água, o local oferece também trilhas ecológicas e um espaço com quiosques. Não é permitido acampar nas dependências do parque. Acesso asfáltico Antes da solenidade no Centro de Visitantes, o governador inaugura, às 15h30, a ERS-330, ligando Tenente Portela a Derrubadas, que passa a ser, com a conclusão da obra de infraestrutura, o principal acesso asfáltico para chegar ao parque.

 

Serviço

 

Preços para visitação

 

R$ 5,30 (pessoa)

R$ 11,97 (veículo de passeio)

R$ 7,27 (moto)

R$ 159,30 (ônibus os caminhão)

R$ 79,75 (micro-ônibus)

R$ 39,98 (utilitários para transporte de passageiros).

 

http://www.sema.rs.gov.br/conteudo.asp?cod_menu=4&cod_conteudo=7872

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá amigos do Sul ou que já foram para o Salto,

 

Estou pensando em conhecer as cataratas no lado brasileiro e no argentino, depois seguir para Derrubadas.

Alguem conhece as linhas de ônibus para esse trajeto ??

 

obrigado

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ola Raffa.

 

creio que não haja ônibus direto de Foz pra Derrubadas, mas até Tenente Portela tem.

 

Ou saindo de Puerto Iguazu para el Soberbio, daí para Três Passos - RS e então Derrubadas.

 

Os ônibus que fazem este caminho são das empresas Unesul e Helios, pelo lado brasileiro,

 

as empresas argentinas Crucero del Norte e Via Bariloche podem ser pesquisadas.

 

Porém pelo lado argentino é mais difícil de atingir Derrubadas porque as estradas estão em obras,

 

conforme vi no site da Secretaria dos Transportes do RS.

 

Site da Prefeitura de Derrubadas. Veja neste link que existem dias e horários específicos para visitação do

 

Parque Estadual do Turvo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora


×