Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
Marcio Fernando

Europa Central

Posts Recomendados

Boa tarde,

 

Irei passar minha lua de mel na Europa no período de 16/05/2016 à 30/05/2016, o roteiro será Berlim, Praga, Viena e Budapeste, estou planejar ir com a empresa TAP e fazer os itinerários internos de trem.

 

Por gentileza poderiam me esclarecer as dúvidas abaixo:

- Acreditam que eu possa ter problemas em virtude do grande número de refugiados que estão adentrando a Europa e percorrendo Budapeste, Viena com destino à Berlim? Estarei percorrendo o mesmo destino porém ao contrário.

- Meu inglês é nível intermediário e estou me dedicando bastante para melhorar a fluência até lá, é possível me comunicar nestas cidades com inglês intermediário?

 

Agradeço antecipadamente pela ajuda

Abraços

Marcio

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Márcio, simulei o percurso Viena-Budapeste de trem e apareceu esta mensagem:

 

"The Austrian Railways (ÖBB) temporarily suspended train traffic between Hungary and Austria at Hegyeshalom border station as of Thursday 2.30 p.m. Railjet trains between Budapest and Hegyeshalom are replaced with trains operated by MÁV-START. Please visit our website for up-to-date information"

http://www.mavcsoport.hu/en

 

Uma amiga esteve em Berlim e se surpreendeu porque encontrou algumas pessoas que não falavam inglês (o contrário de tudo o que eu tinha ouvido falar sobre aprendizado de inglês na Europa). Provavelmente pessoas mais velhas que viveram do lado oriental ou talvez imigrantes de outros países.

 

Acredito que inglês intermediário seja suficiente, sim. Quando estive na Alemanha, tentei me comunicar em alemão (não sou fluente) e as pessoas de modo geral eram bem receptivas. Alguns respondiam em inglês, principalmente o pessoal que trabalha com turismo. Na Hungria encontrei algumas pessoas que não falavam inglês (ex: taxistas mais velhos) ou falavam com dificuldade.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ainda falta muito tempo até maio de 2016, 9 meses, então não dá para dar certeza de nada em relação a crise dos refugiados, a crise pode tento ter terminado e as coisas terem voltado a normalidade, ou então ter desandado de vez... Ou seja, só quando estiver mais perto da data é que se pode ter certeza de como a situação estará.

 

As fronteiras foram fechadas, mas isto não significa que ninguém passa, mas sim que ao chegar fronteira você vai ter que descer do trem, passar na fila da polícia que está conferindo o passaporte e documentação de cada passageiro, e em seguida pegar um novo trem até o destino final.

 

Ou seja, o deslocamento de Budapeste até Viena que antes levava 3 horas sentado confortavelmente num banco de couro num trem da ÖEBB, agora pode levar um dia inteiro, pois você pode ficar parado 2 ou 3 horas na fronteira até a polícia conferir o passaporte de todo mundo, e claro ter uma muvuca e confusão grande nas estações de trem.

 

Com inglês intermediário geralmente você consegue se virar muito bem para todas as coisas que um turista geralmente faz nestas cidades, fluência em Inglês sempre ajuda, mas tendo um nível intermediário você conseguirá se virar bem e mímica sempre resolve as coisas quando não tem outro jeito...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não limite a compra das passagens na TAP, muitas vezes outras empresas até melhores que a TAP, possuem preços muito melhores do que a TAP nas datas que você quer viajar.

 

Então a menos que você resida em uma cidade que só tenha voos da TAP, como por exemplo em algumas cidades do Nordeste que tem voos diretos sem a necessidade descer até SP/Rio, olhe também outras empresas aéreas, as vezes pode lhe render uma economia significativa no custo das passagens, dinheiro este que você pode usar por exemplo para ficar num hotel melhor ou então ir jantar num bom restaurante mais vezes durante a sua viagem...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Obrigado Adriano, fiz simulação no site da Decolar e a TAP acaba sendo o melhor preço, planejo entrar por Berlim e sair por Budapeste, outra empresa que aparece nas pesquisas com bom custo beneficio é Alitalia.

 

Grato

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Se a Alitalia não tá mais cara, recomendo, tive muitos problemas com a Tap. Peguei quatro vôos com eles, três saíram atrasados, perderam minha mala duas vezes, nos dois vôos sobre o atlântico quase todas as tvs estavam estragadas, e em um deles não tinha comida para todo mundo. Foi horrível.

 

Quanto à crise de refugiados, as pessoas com quem eu conversei no albergue todas tiveram inconvenientes, ônibus que atrasaram muito (tive esse problema entre Eslovênia e Croácia), mas nada demais.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

Entre para seguir isso  

×