Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

San Andres 2015 com fotos e gastos (8 dias)


Posts Recomendados

  • Colaboradores

Olá Pessoal,

 

Estou escrevendo para compartilhar meu relato da viagem a San Andres esse ano, fui com minha namorada.

Demorou um pouquinho pra sair, mas tentei colocar os principais detalhes e informações para auxiliar quem está indo :D

 

Aéreo: Compramos as passagens em uma promoção boa da TAM/LAN, por R$ 850,00/pessoa o trecho Guarulhos-San Andres-Guarulhos (com escala em Bogotá).

Hospedagem: Apesar de normalmente usar o AirBnb (http://goo.gl/3wJCt9) nas viagens, em San Andres optamos pelo hostel El Viajero. Não tem água quente no chuveiro (como muitos lugares na ilha), mas é muito bem localizado, limpo e com ótimo custo x benefício: 45.000 COP/por pessoa, por noite, em quarto compartilhado com 8 pessoas, banheiro privativo. Deu pra interagir com várias pessoas :D O hostel tem convênio com a Shark Dive para mergulhos e outros passeios pela ilha.

Transporte: Usamos táxi apenas no trecho Aeroporto-Hostel-Aeroporto (12.000 COP/trecho), o que é bem barato. As demais locomoções fizemos de ônibus e bastante coisa a pé.

Compras: Por ser uma área livre de imposto, a ilha está recheada de "duty free", para todos os gostos. Dependendo a cotação do dólar, é bom calcular o que realmente vale a pena comprar. Malas são MUITO baratas, trouxemos uma ótima por uns R$ 45,00 e perfumes também tem preço bom.

Alimentação: Achamos bem barato comer por lá. Os pratos-feitos (almoço/janta) numa média de 13.000 COP (na cotação de janeiro, uns R$ 15,00), mesmo de frente ao mar os restaurantes tinham um preço justo, sem exploração do turista. Tinha um restaurante chinês na frente do hostel que fomos jantar umas 4 vezes! Haha ::lol3:: bom e barato :D O café-da-manhã era no Hostel (simples, mas satisfatório) e durante o dia normalmente andávamos com umas frutas e água que compramos no mercado perto do hostel.

Segurança: Nenhum problema ou sentimento de insegurança. Andamos tranquilamente mesmo à noite, deixávamos algumas coisas na areia enquanto estávamos no mar e correu tudo bem. Valem os cuidados de qualquer lugar, mas tem muita polícia e nos sentimos muito mais seguros do que no Rio de Janeiro, por exemplo.

Providência: Inicialmente havíamos previsto passar uma noite em Providência, mas durante a viagem, pelo custo, acabamos abandonando a ideia e ficamos mesmo os 8 dias só em San Andrés. Foi tempo suficiente para conhecer toda a ilha e ainda repetir alguns dos passeios!

Informações gerais: Foi uma viagem "roots", bem econômica. San Andres é um caribe diferente, pois é tudo mais rústico e, ainda, inexplorado. Diferente daquela organização e cuidado visto no "Caribe das novelas". Entre Curaçao (relato http://goo.gl/fQz2xI) e San Andres, acabei gostando mais de Curaçao, mas não tenho nenhuma reclamação de San Andres, recomendo!

 

[t3]Dia 01 (26/01)[/t3]

 

No primeiro dia chegamos em San Andres às 3:30 +-, então pegamos um táxi até o hostel. O horário do check-in seria somente 12h, mas deixaram a gente dormir no quarto de TV até umas 9h, onde então liberaram o quarto e ainda tomamos café.

Saímos para alugar um carrinho de golf e dar a tradicional volta na ilha. O carrinho vai na avenida principal, disputando espaço com os carros, caminhões e motociclistas. Tudo isso sem seta (pisca), aventura boa! Haha :D

Paramos na "La Piscinita", onde na entrada ganhamos um pedaço de pão cada, para alimentar os peixes. Seguimos mais um pouco e paramos em West View, que tem mais estrutura e é no mesmo estilo: piscina natural, onde podemos alimentar e nadar com os peixes bem de perto. É bem fundo, uns 3 ou 4m e há também um trampolim para os corajosos.

Paramos ainda em Rocky Cay, único lugar do dia que precisamos pagar para estacionar o carrinho de golf. Pagamos também para deixar as coisas em um armário e poder entrar na água sem preocupações.

Compramos já nesse primeiro dia as sapatilhas, que são fundamentais para poder entrar no mar e andar sem preocupações.

O tempo do passeio com o carrinho varia conforme a pessoa, dependendo das paradas... Nós fizemos essas paradas, demos a volta completa na ilha e entregamos o carrinho por volta das 18h (prazo máximo).

 

Nesse dia ainda aproveitamos para reservar para o próximo dia o passeio Cayo Bolívar e também compramos os tickets para Johnny Cay que poderíamos usar em algum outro dia.

 

Gastos (COP)

- Carro de Golfe: 80.000

- Aluguel de Colete: 10.000

- Sapatilhas: 24.000 (duas)

- Armário em Rocky Cay: 5.000

- Entrada la Piscinita: 8.000 (duas)

- Estacionamento carro de golfe: 5.000

- Almoço: 24.000

- Reserva Cay Bolívar: 300.000 (duas)

- Reserva Johnny Cay + aquário (duas)

 

[t3]Dia 02 (27/01)[/t3]

 

Já tínhamos lido antes alguns relatos sobre o deslocamento pra esse passeio de Cayo Bolívar, que era hard, que o barco balançava... Mas o que eu pensava não chegava nem perto do que realmente houve! ::xiu:: Haha

Antes de todo mundo embarcar já entregam um saco de lixo para embrulhar suas coisas, pra proteger da água. No barco vai todo mundo MUITO apertado, pra "pular" menos.

Depois que o barco começa navegar em alto mar, é tenso demais! Quem fica do meio pra trás, vai levando água na cara a viagem inteira (1:20h +-), quem está na frente dá pulos (literalmente) do banco.

Viagem não recomendada para pessoas grávidas e/ou com problema de coluna :)

Chegando em Cayo Bolívar é um paraíso... Ilha deserta, água clarinha, solzão.

Primeiro foi servido um café da manhã (sanduíches) e fomos fazer um tour guiado de snorkell com um dos guias. Depois é servido o almoço, estava muito gostoso, feito por eles lá na ilha. Não poderia faltar peixe, pantacones e arroz de coco :D Então cada um pode usar a tarde como preferir...

No passeio estão inclusas as refeições + bebidas, incluindo cerveja. A ilha não possui banheiro, cadeiras de praia, guarda-sóis, etc. Então quem tem muitas "exigências" pode sentir falta. Eu gostei bastante, um dos lugares mais bonitos da viagem!

O retorno foi no mesmo esquema: água na cara, pulando dos bancos... Mas foi mais rápido pra chegar.

OBS: Acabou a gasolina do barco e tivemos que esperar uns 15min "à deriva", esperando chegar outro barco trazendo mais gasolina.

 

Gastos (COP)

- Mercado: 13.200

- Jantar: 19.000

 

[t3]Dia 03 (28/01)[/t3]

 

Nesse dia estávamos planejando ir para Johnny Cay, mas como estava um vento forte na ilha, nenhum passeio de barco estava liberado.

Ficamos um pouco na praia central, aproveitamos para fazer umas compras... E fomos de ônibus até Rocky Cay, passar o resto da tarde.

 

Gastos (COP)

- Almoço: 24.000

- Ônibus: 6.000

- Mercado: 7.000

- Jantar: 19.000

 

[t3]Dia 04 (29/01)[/t3]

 

Combinamos na recepção do hostel e esse dia faríamos o mergulho de batismo. Por volta de 8h a equipe da Sharky passou no hostel para buscar as pessoas e levar até a escola deles para o mini-curso.

Eu já tinha mergulhado em Curacao, mas como não tenho a certificação PADI, precisei fazer o mini-curso novamente.

Primeiro tem a aula teórica, com algumas dicas de respiração, orientações gerais sobre o equipamento e procedimentos de mergulho.

Depois efetivamente vestimos os equipamentos e vamos treinar na piscina. Minha namorada acabou ficando com medo nessa parte e desistiu do mergulho :(

Aí subimos novamente na caminhonete até um pequeno píer, de onde saiu o barco que nos levou para o ponto de mergulho. Foi MUITO legal!!

O mergulho dura aproximadamente 45min, podendo chegar a profundidade até 10m. Foi um instrutor com a equipe, orientando e tirando fotos.

Retornei ao hostel perto das 13h, onde almocei e depois fomos na praia central.

 

Gastos (COP)

- Mergulho: 120.000

- Almoço: 11.500

- Mercado: 13.600

- Jantar: 18.000

 

[t3]Dia 05 (30/01)[/t3]

 

Como desistimos de ir pra Providência, nesse dia optamos por ir novamente para WestView, passar o dia.

Lá tem algumas espreguiçadeiras na sombra, um restaurante e banheiros em frente e uma boa estrutura.

A água é MUITO clarinha e transparente, com o pão que você recebe na entrada, dá pra atrair os peixes e nadar com eles bem pertinho... Gostei muito de WestView!

À noite fomos conhecer a balada da ilha: CocoLoco. Lugar grande e animado (tocando muita Salsa! Haha), não chegamos a ficar muito tempo... Foi mais para conhecer, tomar uns "bons drinks" e ver o movimento.

 

Gastos (COP)

- Ônibus: 7.200

- Almoço: 37.000

- Snorkell + colete: 10.000

- WestView Entrada: 8.000 (duas)

- Mercado: 5.000

- Entrada Cocoloco: 20.000 (duas)

 

[t3]Dia 06 (31/01)[/t3]

 

Dia de conhecer Johnny Cay! Fomos caminhando até o píer onde saem os passeios de barco e depois seguimos primeiramente para o Aquarium. Tivemos 1h para explorar o lugar, que tem bastante áreas de snorkell e uma ilha para caminhada. Fizemos também uma foto aquática produzida que ficou muito boa, vou postar a seguir.

 

É bom prestar bastante atenção em qual é o guia do seu barco e, efetivamente, qual é o barco, pq são muitos barcos e muitas pessoas... Vai que você fica pra trás? :x

 

Seguimos então para a ilha de Johnny: bem bacana, muitas árvores, sombra, mesas, música e água ótima para banho. Sem dúvida, o passeio com o melhor custo x benefício de toda a viagem. ::otemo::

Na chegada eles passam algumas informações sobre a ilha e vendem o almoço. Dá pra escolher pelo tamanho do peixe ou da lagosta :D Chegou rápido e foi bem servido.

 

Depois do almoço demos uma volta na ilha, tomamos sol, banho de mar, ficamos de boa... Até o horário de voltar para San Andres.

 

Dica: Não caia na cilada do passeio "Mantarrayas". É no mesmo local do aquário, com exceção que vai ter uma pessoa segurando (e maltratando) uma arraia, para que os turistas aglomerados possam tocá-la e tirar fotos.

 

Gastos (COP)

- Entrada Johnny Cay: 10.000 (dois)

- Aluguel Snorkell: 7.000

- Almoço: 50.000

- Jantar: 25.000

- Foto Aquática: 12.000

 

[t3]Dia 07 (01/02)[/t3]

 

Gostei tanto do mergulho que quis repetir! Nesse dia fiz um outro mergulho, seguindo o mesmo ritual: aguardar o pessoal da Sharky, ir até a escola, mini-curso e então o mergulho, que foi em outro local. Novamente com muitas coisas para ver sob a água!

Nesse dia estávamos em 3, então rolou uma "promoção" de 30.000COP para cada nas fotos e acabei topando.

 

Como seria nossa última noite na ilha, decidimos ir jantar em algum lugar mais requintado. Optamos pelo La Regatta, o qual já tínhamos muitos feedbacks positivos. Porém, chegamos lá... Estava fechado! Provavelmente não abre domingo à noite #fikdik

Próximo desse é o Miss Célia, onde fomos, ambiente aconchegante e boa comida, com uma limonada de coco (bebida típica) fantástica!

 

Gastos (COP)

- Mergulho: 120.000

- CD com as fotos do Mergulho: 30.000

- Almoço: 29.000

- Jantar Miss Celia: 71.000

 

[t3]Dia 08 (02/02)[/t3]

 

Último cafá-da-manhã com aquela vista do mar de San Andres :(

Pela manhã ainda fomos na praia central, uma última voltinha para compras e voltamos para arrumar as malas, check-out e táxi para o aeroporto.

 

Gastos (COP)

- Mercado: 10.000

- Almoço Aeroporto: 18.000

 

OBS: Agora que estou percebendo como fui bastante no mercado! Huaehuaehau ::lol3::::lol3::

 

Abaixo vou colocar algumas fotos da viagem, mas o álbum completo está neste link: https://goo.gl/6KAM6v

 

Qualquer dúvida podem falar!

 

Abs

Link para o post
Compartilhar em outros sites

  • Respostas 22
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

  • Membros

Excelente relato Klebaum

 

To indo agora em Novembro e já estava planejando fazer praticamente os mesmos passeios que vc. Tenho umas dúvidas, se puder me ajudar, ficarei grato.

 

1) os lockers do El Viajero são tranquilos? Vou ficar lá também e em quarto compartilhado. É seguro?

 

2) vou chegar no dia 20, ja no final da tarde, será que consigo reservar o mergulho para o dia 21 de manhã, lá no El viajero? Ou vc fez algum contato antes com a escola.

 

3) Sabe me informar se no El viajero tem alguma indicação de Parasail?

 

 

 

valeu

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Colaboradores

Opa,

 

Seguem abaixo:

 

1) Achei bem seguro, tranquilo. A gente por ser brasileiro acaba até se preocupando mais com isso... os gringos saiam às vezes deixando mochila em cima da cama, locker aberto, etc.

Dá pra deixar as coisas lá dentro, colocar seu cadeado e sair tranquilo. Tinha um cofre também, mas acabei não utilizando.

 

2) Se escolher a Sharky (essa que tem o convênio com o El Viajero) consegue sim. Eles passam praticamente todo dia lá pra buscar alguém... sempre tem gente que vai. Quando fizer o check in já avisa que quer mergulhar no dia seguinte, então vão deixar reservado.

 

3) Não sei dizer, mas acho que sim. Mesmo que não tenham o serviço ali no hostel, devem conseguir indicar o lugar certinho para você procurar.

 

Boa viagem :D

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Colaboradores
Excelente relato Klebaum

 

To indo agora em Novembro e já estava planejando fazer praticamente os mesmos passeios que vc. Tenho umas dúvidas, se puder me ajudar, ficarei grato.

 

1) os lockers do El Viajero são tranquilos? Vou ficar lá também e em quarto compartilhado. É seguro?

 

2) vou chegar no dia 20, ja no final da tarde, será que consigo reservar o mergulho para o dia 21 de manhã, lá no El viajero? Ou vc fez algum contato antes com a escola.

 

3) Sabe me informar se no El viajero tem alguma indicação de Parasail?

 

 

 

valeu

 

André,

 

Estou indo em Dezembro e estou com vontade de fazer esse parasail ai.

Pelo que eu achei, muita gente fez o passeio saindo da Marina Porto Fino, que fica na parte Nordeste da Ilha

 

Dá uma olhada neste post:

 

http://www.descobridordos7mares.com.br/san-andres/san-andres-parasail

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 2 semanas depois...

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

×
×
  • Criar Novo...