Ir para conteúdo
Mochileiros.com
Fabiano Gauss

[AGORA COM VÍDEO] TAILÂNDIA, 21 DIAS - COM FOTOS/ DEZ 2015 (DIA A DIA + CUSTOS) RELATO DE VIAGEM

Posts Recomendados

Faaala galera, viajantes, tudo bem?!

 

 

Começo agora meu relato dessa maravilhosa e inesquecível viagem que fiz com minha esposa à Tailândia e Emirados Árabes (Dubai) em Dezembro de 2015 à janeiro de 2016.

Esse relato que você começa a ler agora será só da Tailândia, farei posteriormente o relato de Dubai, separado. Fiz essa viagem 100% por conta própria. Acredito que devo ter lido a maioria dos relatos existentes na internet de brasileiros que foram à Tailândia. Viajei junto com esses escritores a cada relato que lia, mas nada como realmente colocar os pézinhos naquela terra maravilhosa, de povo de olhinho puxado e nariz redondinho e que falam estranho pra caramba. Portanto, meu papel aqui é retribuir e deixar conteúdo para outros sortudos que farão viagem similar a minha.

 

canastra.zipNosso roteiro dia a dia.[/b]

 

Tínhamos um mês de férias, como a maioria dos Brasileiros. Como não há voo direto para a Tailândia, e compramos nossas passagens pela Emirates que faz conexão em Dubai, decidimos por conhecer essa cidade também. Não tínhamos pretensão inicial de ir a Dubai, foi questão de oportunidade. É bem comum combinar a viagem à Tailândia com outros países da região chamada de Sudeste Asiático: Camboja, Vietnã, Laos, Indonésia e outros. Mas pesquisando, resolvemos dessa vez ficar só pela Tailândia e posteriormente fazer outra viagem só para estes outros países e ter mais tempo para conhecê-los.

 

Bom, vamos lá! Nosso roteiro, e resumidamente o que fizemos dia a dia, ficou assim:

 

09/12/15 – São Paulo (Embarque no Aeroporto de Guarulhos/Emirates)

10/12/15 – Conexão em Dubai e chegada a Bangkok (Devido a conexão de 12 hs, usufruímos do “Dubai Connect” oferecido pela Emirates, explico melhor depois. Chegamos nesse mesmo dia a noite em Bangkok e fizemos um primeiro reconhecimento da área em que nos hospedamos, Khao San Road)

11/12/15 – Bangkok (visita aos principais templos de Bangkok)

12/12/15 – Bangkok (Floating Market e MBK Mall)

13/12/15 – Bangkok/Chiang Mai (Voamos no horário do almoço para Chiang Mai e como era domingo visitamos o Sunday Market)

14/12/15 – Chiang Mai (Tiger Kingdon, Templo Doi Suthep, Zoo Chiang Mai)

15/12/15 – Chiang Mai (Um dia com Elefantes)

16/12/15 – Chiang Mai (White e black Temple em Chiang Rai)

17/12/15 – Chiang Mai/Krabi (Voo bem cedinho para Krabi. Neste mesmo dia visitamos Raillay Beach)

18/12/15 – Krabi (Tour 4 Islands)

19/12/15 – Krabi (Tour Hong Islands)

20/12/15 – Krabi (James Bond Island)

21/12/15 – Krabi/Koh Phi Phi (Ida pela manhã para Koh Phi Phi. À tarde fizemos o primeiro reconhecimento da ilha)

22/12/15 – Koh Phi Phi (Private tour para Maya Bay, Monkey Island, Mosquito Island e Bamboo Island.)

23/12/15 - Koh Phi Phi (Private Tour para Wang Long e Nuy Bay)

24/12/15 - Koh Phi Phi (Voltamos em Wang Long)

25/12/15 - Koh Phi Phi/ Bangkok (Dia perdido só de translado para bangkok: barco e vôo)

26/12/15 – Bangkok (Chatuchak Market)

27/12/15 – Bangkok (Tour para Ayutthaya)

28/12/15 – Bangkok (Chinatown e depois Shoppings de Bangkok)

29/12/15 – Bangkok (Sirocco e nana Plaza)

30/12/15 – Bangkok/ Dubai (Bye bye Tailândia, partiu Dubai)

31/12/15 – Dubai - Relato: dubai-economico-6-dias-faca-uma-viagem-ostentacao-sem-gastar-muito-reveillon-2016-roteiro-fotos-custos-t130634.html

01/01/16 – Dubai

02/01/16 – Dubai

03/01/16 – Dubai

04/01/16 – Dubai

05/01/16 – Dubai/São Paulo

 

Nosso roteiro inicial não previa tantos dias em Bangkok, alguns desses dias seriam para ir ao Camboja, mas como os voos para lá estavam salgados na a época da nossa viagem e resolvemos não encarar a viagem de ônibus que é possível fazer de Bangkok a Siem Reap no Camboja, acabamos ficando mais tempo em Bangkok. Realmente não há necessidade de ficar tanto tempo assim em Bangkok, eu te indicaria 4/5 dias por lá, mas nós ficamos e não nos arrependemos, tem muita coisa para fazer por lá.

 

 

Quanto eu gastei?

 

Preço dos passeios

 

Grand Palace - 500 Baht a entrada por pessoa (fomos a pé) = 1000 Baht o casal.

 

What Po - 100 Baht a entrada por pessoa (fomos a pé) = 200 Baht o casal.

 

Floating Market – 400 Bath por pessoa o transporte + 150 Baht o barco por pessoa = 1100 Baht o casal.

 

Tiger Kingdom - 1400 Baht por pessoa (pacote Smallest e Big cats) + 200 Baht de transporte ida e volta para o casal = 3000 Baht o casal.

 

Templo Doi Suthep e Zoo Chiang Mai – 40 Baht por pessoa a entrada do templo +30 Baht por pessoa o elevador para subir no templo + 150 Baht por pessoa a entrada do Zoo + 100 Baht por pessoa para a área dos Pandas + 450 Baht o casal em transporte para ambos os lugares = 1090 Baht o casal.

 

ChangYim Elephant Farm – 2200 Baht por pessoa (transporte e almoço incluído) = 4400 Baht o casal.

 

Tour para o White Temple – 2000 Baht por pessoa (transporte e almoço incluído) – 4000 Baht o casal.

 

Railay Beach – 200 Baht por pessoa o transporte de barco ida e volta = 400 Baht o casal.

 

Tour para 4 Islands, Hong Islands e James Bond Island – 4000 Baht o casal com todo transporte e almoço incluído.

 

Private Tour de 6 horas para Maya Bay, Monkey Island, Mosquito Island e Bamboo Island – 2800 Baht o casal (sem almoço incluído).

 

Private Tour de 3 horas para Wang Long e Nuy Bay – 1500 Baht o casal (sem almoço incluído).

 

Private Tour de 2 horas para Wang Long – 1000 Baht o casal (sem almoço incluído).

 

Aluguel de Caiaque de 2 horas – 150 Baht cada hora = 300 Baht o casal.

 

Tour para Ayutthaya – 500 Baht por pessoa (transporte e almoço incluído) = 1000 Baht por pessoa.

 

 

Gastos com alimentação

 

O gasto com alimentação é bem particular de cada pessoa, mas eu e a esposa gastamos em média 900 Baht por dia, logo:

 

- 800 baht por dia o casal em alimentação.

 

- 16000 Baht o casal em alimentação para 20 dias.

 

Dava para ter gasto menos tranquilamente, comemos muitas vezes em restaurantes que não eram dos mais baratos.

 

 

Preços das Hospedagens

 

Todos os quartos escolhidos são para casal, com banheiro privativo e ar condicionado, essas eram nossas exigências pessoais. Todos reservados e pagos antecipadamente pelo Hotéis.com e Booking. Não tivemos nenhum problema quanto às reservas. É importante você observar ao pagar a hospedagens nesses sites, se haverá taxas adicionais a serem pagas no hotel, no nosso caso dizia que não, e realmente não nos foi cobrado nada a mais. Levamos impressos os comprovantes, na verdade nem precisava, eles simplesmente checavam o passaporte e era isso. Todas as vezes que chegamos adiantados no hotel, nos foi gentilmente liberado antecipadamente o quarto. Alguns dos hotéis nos pediram um valor "x" como caução (30 à 50 reais), que nos era devolvido no check-out.

 

-D&D Inn em Bangkok (região da Khao san Road) – 8 diárias/ 762 reais (Hoteis.com)

 

-Thana Hotel em Chiang Mai – 4 diárias/240 reais (Booking.com)

 

-PK Mansion em Krabi – 4 diárias/420 reais (Hoteis.com)

 

-Chao Koh Hotel em Koh Phi Phi – 4 diárias/1098 reais (Hoteis.com)

 

 

Preços dos voos.

 

-São Paulo para Tailândia (Emirates +- 3600 reais por pessoa. Voo com conexão em Dubai na ida e Stopover de 6 dias também em Dubai na volta. O Stopover na época não alterou o preço do voo)

 

-Bangkok p/ Chiang Mai (Nok Air, 92 reais por pessoa. A idéia inicial era fazer esse trajeto de trem noturno, mas o preço da passagem de trem estava em torno de 100 reais na época, logo, preferimos o avião)

 

- Chiang Mai para Krabi (Air Asia, 160 reais por pessoa)

 

- Krabi para Bangkok (Thai Lion Air, 82 reais por pessoa)

 

 

TOTAL DE GASTOS COM VOOS + PASSEIOS + ALIMENTAÇÃO + HOSPEDAGEM = aproximadamente 14.600,00 REAIS, O CASAL.

 

- Fora isso houveram ainda gastos com tickets de metrô, táxis e tuks tuks pela cidade, jogaria mais uns 400 reais. (tem todos os valores de metrôs, táxis e tuk tuks no relato, só não fiz o levantamento).

 

- Além de gastos pessoais como camisetas, souvenirs e etc.(Muitos desses gastos também citados no relato).

 

 

 

Considerações iniciais

 

 

Dinheiro e câmbio na Tailândia

 

O dinheiro na Tailândia é o Baht, fala-se Bá. Na época em que fomos pagamos 3,89 reais em 1 dólar em certa casa de câmbio aqui no Brasil. A cotação nas casas de câmbio tailandesas estavam em torno de 1 dólar para 35,70 Baht. Um real equivalia a mais ou menos 10 Baht.

Leve dólar para a Tailândia, e lá troque pelo dinheiro deles. Não vi na Tailândia nenhum lugar que trocava o nosso Real por Baht, logo troque aqui no Brasil seu dinheiro por dólar americano, ou claro, leve cartão de crédito, vtm ou o que preferir. Nós levamos todo dinheiro que pretendíamos gastar por lá em espécie, usamos aquelas “doleiras” ou Money Belt. Em tempos de crise levar o dinheiro em espécie, te faz escapar do IOF cobrado nos gastos com cartão de crédito. Mas claro que estávamos também com cartões para urgências ou se gastássemos mais que o previsto, mas no fim ainda trouxemos dólares de volta.

Há casas de câmbio espalhadas por toda a Tailândia. Assim como em todos os países, o câmbio no aeroporto não é dos mais vantajosos. O que eu fiz?! Levei 15 dólares trocado para fazer câmbio,só disso, no aeroporto de Bangkok. Esse valor foi o suficiente para eu e a esposa pegarmos metrô e táxi, e ainda sobrou na verdade. Depois troquei mais dinheiro na região onde me hospedei (Khao San), a qual estava bem mais vantajosa.

Mesmo em tempos de dólar nas alturas, a Tailândia ainda aparece como um país muito barato para nós brasileiros. Só não é barato chegar lá.

Vou dar alguns exemplos de preços, já convertidos em real (DEZ 2015):

Lata de coca cola 1,80 reais

Lata da Pepsi 1,30 reais

Est Cola (Um refri de cola deles que quebra o galho) 1 real

Combo do Chesseburguer no Mc Donalds com batata grande e bebida muito grande, acho que uns 700 ml, 11 reais. Isso no Mc da Khao San e de Chiang Mai, Em Krabi o Mc já era mais caro, esse combo ia para 18 reais.

Pad Thai. Um macarrão muito bom que você provavelmente vai amar, 4/5 reais.

Camisetas com estampas super legais, de 7 a 20 reais. Trouxe algumas, lavei, deu uma leve encolhida, mas continuam em bom estado.

 

E por aí vai...

 

 

Como se comunicar na Tailândia

 

Com o Inglês ou Tailandês, o que você preferir. Boa parte dos Tailandeses fala inglês. Não tivemos muita dificuldade com o sotaque deles, mas o sotaque existe e atrapalha um pouco. Outra boa parte dos nativos tem uma noção da língua inglesa, e o restante que não fala inglês vai usar de mímica e gestos para tentar te ajudar. Eles são bem corteses galera, não se preocupem.

Você não precisa ser o “super fluente” no inglês, mas precisa ao menos saber o básico. E não custa nada também saber algumas palavrinhas em tailandês como:

SÀWÀDDEE KRÁB/SÀWÀDDEE KÁ - Olá (como homem, como mulher)

KOP KHUN KRUB/ KOP KHUN KRAP – Obrigado (como homem, como mulher)

 

Golpes na Tailândia, segurança e pechincha.

 

Em nenhum momento na viagem tememos pela nossa segurança, e realmente não tivemos nenhum problema com isso e nem vimos nada suspeito. Claro que não demos bobeira, sempre andávamos com nossos pertences de valor. Ouvimos alguns casos em que pessoas tiveram suas coisas desaparecidas do quarto do hotel enquanto estavam ausentes, mas não temos nada a reclamar sobre isso. Os golpes que vimos por lá, muitos vem de taxistas, que sempre tentam super faturar nas viagens. Por exemplo, uma viagem que honestamente custaria 20 reais, ele inicialmente vem te cobrando 80 reais. Por isso o lema para os turistas na Tailândia é pechinchar. Peça desconto em tudo, e nada de 10% de desconto não, jogue o valor para menos da metade e não se sinta mal por isso. Eles nunca irão te passar o preço real de início, esteja sempre preparado para uma negociação. Claro que isso enche o saco às vezes. Os táxis tem taxímetro e anunciam que tem taxímetro, mas na verdade eles não usam, se usassem o taxímetro as viagens ficariam absurdamente baratas. Na viagem toda consegui apenas por duas vezes táxis com taxímetro.

 

 

Como se locomover na Tailândia

 

598dd41989993_TrnsitoemBangkok.jpg.9b5a00b67148618d5272e9294f429ba7.jpg

 

Dependendo da cidade e aonde você vai na Tailândia, o seu meio de transporte deve variar.

 

Em Bangkok, você pode usar: skytrain/metrô, táxis, tuk tuks e barcos.

 

O Skytrain BTS te leva em alguns pontos da cidade e o metrô MRT a outros. São rápidos, te livram do trânsito infernal de Bangkok, são econômicos, custam em torno de 1,50 à 4,50 reais dependendo da distância, mas, não te levam a todos os pontos de interesse da cidade. Então depende de você estar por perto de uma estação e o local onde você for também estar perto de uma. O Skytrain e o metrô se conectam em algumas estações, aumentando o raio de atuação na cidade. Falarei mais pra frente alguns pontos da cidade onde você pode ir usando estes meios de transporte.

 

Táxis e tuk tuks circulam por toda Bangkok, e na verdade antes de você pensar em chamar um táxi ou tuk tuk, já vai ter um cara na sua frente falando: Táxi?. Eles estão por toda parte, coloridos: rosa, azul, verde... Não sei precisar qual o mais barato, algumas vezes táxis foram mais baratos, outras vezes tuk tuks. Os táxis tem ar condicionado, que será um paraíso no calor infernal que faz em Bangkok. Achei os Tuks tuks mais ágeis no trânsito. Independente do transporte que escolher, não esqueça de negociar o valor da corrida antes da viagem. Tente sempre um táxi com taxímetro, mas a missão não será fácil.

Barcos são bastante usados em Bangkok, eles vão e vem pelo principal rio da cidade, o Chao Phraya. Eles tem todo um sistema “organizado”, linha verde, laranja...mas, eu não achei nada fácil usá-los. Na verdade nós o usamos uma única vez só para testar. Primeiro que o píer, que são as estações onde se pega esses barcos são uma bagunça no sentido de não achar quem falasse inglês ou alguém disposto a ajudar. Já vi relatos de pessoas que usaram e gostaram. Eu achei bagunçado e não tive paciência. É barato, coisa de 50 centavos de real por trajeto.

 

IMG_20170806_135123126.thumb.jpg.3fd6adee03e168a086db7ea838c59550.jpgLong Tail Boat em Phi Phi.jpg[/attachment]

 

 

Prostituição

 

fer.jpg.52d6c96fbba4cfdd0658b7e91e770622.jpgNana Plaza, Soi Cowboy e Patpong. [/u]

 

Nesse último é onde você pode acompanhar os shows de pompoarismo, os famosos Ping Pong shows. Se você não sabe o que é isso, faz uma pesquisa rápida aí no google e descobre kkk. Nós fomos ao Nana Plaza, contamos a experiência mais pra frente.

 

 

Seven Eleven

 

Bote.JPG.1b4c63cc8ce82addf01dde80496b3a06.JPGPorque eu fiquei em Krabi?[/size]

 

598d9e0584fba_LandRoverTaxi.jpg.25f6bb786b53a2037c1ca9ca048a04a1.jpgEm que região ficar em Bangkok, Chiang Mai, Krabi e Koh Phi Phi?[/size]

 

Em Bangkok eu te aconselho a ficar na região da Rua Khao San Road, que é uma região dos mochileiros, independente de como é seu perfil. Pela região a ofertas de hotéis é bem diversificada, vai de albergues a hotéis tops de linha. A Rua Khao San Road em si, é bem bagunçada, depois das 21hs é uma balada a céu aberto, difícil de andar. Se preferir você pode ficar por perto da Khao San Road mas em um local menos barulhento, uma rua chamada Rambutri. Charmosa, mais calma, com restaurantes bem lindos e modernos, a Rambutri é paralela a Khao San. Pela região tem de tudo. Os preços de comidas, hotéis, roupas são muito bons. Não tem estação de Skytrain por perto, a estação mais próxima se chama Phaya Thai, da Khao San até a Phaya Thay você gasta algo em torno de 7,50 reais em um táxi com taxímetro e de 10 a 15 reais sem taxímetro. Da Khao San Road você também pode visitar a pé tranquilamente os principais templos da cidade, que inclusive são um dos passeios imperdíveis em Bangkok.

 

598d9e057fb20_StuckintheSand.jpg.15143dfff5b21e4282866ce69c7873b9.jpgmapa chiang.jpg[/attachment]

 

Em Krabi, na hora que você for procurar hotéis, busque por Ao Nang, e não Krabi Town. Krabi Town é longe da praia, de onde saem os passeios. Já na região de Ao nang, que é a região praiana, é onde você terá várias opções de agências para fechar seus passeios, restaurantes, câmbio e etc. Talvez não seja essencial ficar tão próximo a praia, até porque a praia de Ao Nang não é linda, e no dias dos passeios as vans te buscam e te deixam no Hotel. Eu fiquei bem próximo a praia, foi legal, acho que a gama de comércio é melhor por lá, mas não é crucial ficar tão próximo a praia se não conseguir nenhum hotel interessante ($$) por lá.

 

Koh Phi Phi é uma ilha não muito grande onde a base hoteleira fica entre duas praias: Tonsai e Loh Dalum Bay. Acho interessante você ficar nessa região. Tanto faz em qual das duas praias. Pra sair de uma praia e chegar a outra você vai caminhar uns 4 minutos. Elas são opostas e são ligadas por uma rua principal. A praia de Tonsai é a praia por onde os barcos chegam, você vai chegar por ela. A praia não é tão bonita quanto Loh Dalum Bay, que é onde a galera toma um sol e onde tem os bares mais movimentados a noite. Existem alguns hotéis que são afastados deste “centro” que eu não indico ficar, a não ser que você queira aquele sossego total, exclusão total. Tem hotéis afastados que só te permitem chegar no centro de barco, então pesquise direitinho isso na hora de fechar seu hotel. Não achei a ilha de Koh Phi Phi tão agitada, barulhenta. Tem uma parte específica em Loh Dalum Bay que é mais barulhenta com bares, shows de pirotecnia, baladas, Muay Thay e similares.

 

598d9e057a231_Sudaneseport.jpg.832e297c5edbacc873e7b430f9e04eae.jpgDo Aeroporto de Bangkok “Suvarnabhumi” até a Khao San Road.[/size]

 

Você pode ir de táxi ou Skytrain. Confesso que não sei passar a informação se tem ônibus que ligue o aeroporto a cidade. O aeroporto é um tanto afastado da cidade. Galera, eu não decorei caminhos, se é à direita do desembarque ou esquerda, eu diria para você seguir as placas, não tem segredo, achei o aeroporto bem sinalizado, placas em inglês e Tailandês.

Caso queira ir de táxi, tente procurar um com taximetro. Se conseguir, deverá pagar algo em torno de 300 Baht. Caso não consiga, você deverá pagar algo em torno de 600 Baht. O trânsito em bangkok é terrível, dependendo do horário, você pode levar até 2hs do aeroporto à Khao San.

Caso decida ir de Skytrain, o que eu aconselho, é simples. Siga as placas (Skytrain BTS. Lembro que desci umas 3 escadas rolantes, por aí). Chegando lá, você vá no guichê e compre sua passagem para a estação Phaya Thai, linha azul (você pode comprar na máquina também, mas se não me engano ela só aceita moedas). Esqueça a linha vermelha, ela não vai até Phaya Thai. O valor é de 45 Baht. Você ganhará uma ficha, que te dará acesso a área de embarque do Skytrain, guarde-a pois você precisará dela para sair depois. Comigo o trem demorou uns 5 minutos para chegar e 20 minutos até a estação Phaya Thai, essa linha vai parando em outras estações, fique atento à sua. Chegando na estação Phaya Thai, desça para rua e pegue um táxi ou tuk tuk até a Khao San. Se conseguir um táxi com taximetro, pagará +-75 baht, caso não consiga, por 150 Baht eles te levam, claro que eles vão te pedir mais de início.

 

598d9e0594c41_resultadoeleicoes.jpg.f57f66faf5e90aa14477a594ce69b121.jpg

598dd4159162d_CobranoMercadoFlutuante.JPG.33d9d0d91ee784adcb956e91e4aff1a7.JPG

598dd415ddbdd_FishMassagenaKhaoSan.JPG.82f45e4972e8aef6511f306869e63e8b.JPG

598dd41750689_HongIslands.jpg.75c616703da36c355acc589408827882.jpg

598dd41770f33_KhaoSan.jpg.bef43c4527f9730baff1f7529bc8175b.jpg

598dd4178afcc_LohDalumBay.jpg.96f2d302f7223bf7557a3898cb5628b6.jpg

598dd418106da_LongTailBoatemPhiPhi.jpg.ba031855c70f8aefaa4f1570ef510f37.jpg

598dd4181a337_mapachiang.jpg.7a73946961960da104592730780826d1.jpg

598dd4183de75_NanaPlaza.jpg.0f291779d999408af9a05843f1975e3f.jpg

598dd41867d17_PhiphiLehLagoon.jpg.24498533671e0c7b9e2be039d1623a9e.jpg

598dd418a6f9c_SevenEleven.jpg.563a16bd2fd2c6924b8e38ce39c78188.jpg

598dd418cec55_SlowLrisnoMercadoFlutuante.JPG.ea5b7f6499f8cfba71e843eda9578e90.JPG

598dd41919c2f_SucodeRom.jpg.6fa41f0068b7db6d5e27b6fa78f7e7d4.jpg

598dd4196c377_TaxiseTuktuksemChinatown.jpg.fb81439ba596a5db975aac04512764a2.jpg

Editado por Visitante

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fotos espetaculares! Tailândia é um país de sonhos de todo mochileiro acredito... vou guardar seu relato com carinho pra quando for, pois agora to focada no Japão, haha! Acompanhando!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Puxa Juliana, fico pensando em quantas vezes ainda vou ter que voltar para a Asia. Minha esposa é apaixonada pelo Japão, ainda teremos que ir pra lá haha. A Tailândia é um sonho mesmo viu. ::otemo::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

DIA 1 – ENFIM TAILÂNDIA! (Na verdade esse dia 1, será o resumo do dia 8 ao dia 10/12/15. Saída do aeroporto em SP, até chegada em Bangkok.)

 

Aeroporto de Guarulhos SP, noite do dia 08/12/15. Nosso voo sairia de madrugada, às 1:25 hs e a ansiedade já quase não cabia no peito. Chegamos com a devida antecedência e experimentamos jantar no Olive Garden do aeroporto de Guarulhos, ótima comida Italiana. Assim que disponível, nos dirigimos ao guichê da Emirates, com todas aquelas funcionárias de roupinhas fofas e fizemos o check-in rapidamente e sem burocracias. Depois disso foi aguardar o horário do voo e tentar conter toda a ansiedade. O voo da Emirates foi tranquilo. Saiu pontualmente, e durou as 14 hs previstas. Logo depois de o avião levantar voo, foi servida a primeira refeição. Depois dessa refeição, muito boa e completa as refeições da Emirates, aliás, consegui dormir e acordei faltando 7 horas para a chegada em Dubai. Assim que acordei, outra refeição chegou, mais leve como um café da manhã. Depois ainda tive tempo de ver dois filmes e comer mais uma refeição. A Emirates dispõem de serviço completo de filmes, séries e documentários, boa parte legendado em português, muitos lançamentos. Você também pode acompanhar a viagem através de 3 câmeras externas instaladas no avião.

 

Bote.JPG.1b4c63cc8ce82addf01dde80496b3a06.JPG

 

598d9e054e324_StaCruzeSucre027_edited.jpg.6de67840b85a8e4a127bf23f8ca8ec4c.jpg

598dd4322f103_KhaoSanRoad.jpg.a40f13882b3fd92da335d71476aeb9d9.jpg

Kebab..jpg.c4b411ca802fd17bda308bb9d1c391a7.jpg

Rambutri.jpg.46a7aa57e880f997e0d474b6e41f215d.jpg

Bichinhos.jpg.2d109adfdf60be77a1e26754c55f0701.jpg

Editado por Visitante

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

DIA 2 – PRINCIPAIS TEMPLOS DE BANGKOK

 

Na primeira dormida em Bangkok, acordamos tarde, por volta das 10hs. Para este dia tínhamos programado de conhecer os principais templos da cidade. Antes disso, fomos ao Seven Eleven comer algo. Em geral gastávamos para comprar o café da manhã no Seven Eleven de 7 à 15 reais o casal. Eu combinei muito um sanduiche de salsicha de frango com queijo cremoso por 28 Baht, com um copão de Ovomaltine que tinha de máquina por 15 Bath, ou seja, não gastava nem 5 reais em um gostoso café da manhã. Café da manhã tomado, solzão bombando lá fora, partiu templos!!

 

Tikka.jpg.59e717f5840c52b03e16d6edd8279d2c.jpg

 

Para você que ficará na Khao San Road, não tem porque pegar táxi ou tuk tuk para ir aos templos, é perto, cerca de 10 minutos de caminhada. Em uma das extremidades da Khao San tem um Burguer King, não vá nessa direção, vá na contrária, no fim da Khao San vire a esquerda até chegar a uma avenida, em um grande cruzamento.

Olhando adiante você já deverá ver um grande parque aberto, no fim desse parque está o Grand Palace.

 

598d9e057a231_Sudaneseport.jpg.832e297c5edbacc873e7b430f9e04eae.jpgEntrada.jpg[/attachment]

 

canastra.zipCONTINUA...MERCADO FLUTUANTE, MBK...[/color]

598dd44a3e4e9_caminhodostemplos..jpg.bdb275b02ed59b40c867c779b9ef98f8.jpg

Entrada.jpg.b1002d1a290e5d033ad02c3ad9798a8b.jpg

598dd44adfd7a_GrandPalace1.jpg.72daca63eb5b46e2fa205baa525ad7e5.jpg

598dd44b7cc39_SevenEleven.jpg.4e9a3a7b9ec5e88defb66e8231377444.jpg

598dd44b9faef_GrandPalace2.jpg.3fc139ac957eae5edf5d43bd1af1b5f7.jpg

598dd44bd343d_GrandPalace3.jpg.d1bb8e45d246c75120dba71b3dbbaf44.jpg

598dd44bf1251_GrandPalace4.jpg.4beca4f98d5d30a9ff01cdfb66ea4be6.jpg

598dd44c6a58d_GrandPalace5.jpg.3d0e1e6c5a337fd72bfa667cd089ddea.jpg

598dd44c82c33_GrandPalace6.jpg.dbe0797ef432d856109ce36f94880c07.jpg

598dd44c9d10e_GrandPalace7.jpg.c0425209cccb651e704827134df3a550.jpg

598dd44da3d7b_GrandPalace8.jpg.2cbcd5c6a271867de35f04cc10a53fab.jpg

598dd44dc50d0_GrandPalace10.jpg.ea30eb3347e9ffa880d073864858bd93.jpg

598dd44e3165f_GrandPalace9.jpg.73972c473ebbaa29bfc63edce086817d.jpg

598dd44e4db30_GrandPalace11.jpg.38e368cdf1f819c1e2f4501f875e0d78.jpg

598dd44e67402_GrandPalace12.jpg.07632d74b0e3cdffda8705313fc42d37.jpg

598dd44ee383d_GrandPalace13.jpg.4399d882b313590c8f2e47f290006b93.jpg

King.jpg.f1506c0742a06c23dcdbdef9d78b8523.jpg

Kits.jpg.6a72bca62d4b4e0f48c110e8f2575555.jpg

Parque.jpg.938363d02e9ce976aa88f7bd256308c8.jpg

Pier.jpg.2e5ebd701931d5b80405688c5dd8449f.jpg

Quiet!.jpg.b96a5d97c7609f3e909b5687186fba3e.jpg

598dd4500d8be_WatPho1.jpg.5c75911f01bd93f6e1d404eb71345bd3.jpg

598dd45049f04_WatPho2.jpg.f8460cf68c9815ed2b563b90390c37b6.jpg

598dd450b12f8_BikeforDad1.jpg.ed04c7f4e9181565fe887da96b93abdf.jpg

598dd450d3808_BikeforDad2.jpg.872ae84d9570c63e0f180e9556f84c75.jpg

598dd451538fa_BikeforDad3.jpg.80acade85bf988c3c3a5d9c195932d52.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Obrigado, Sol!!!

 

Suuuper trip mesmo, não vejo a hora de voltar. Vou escrevendo esse relato e dá vontade de chorar de saudades haha. Vá para lá o mais rápido possível!!

 

Abraço!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fabiano, obrigado por compartilhar seu relato!!

Ta tudo bem detalhado e as fotos só conseguem fazer com que a vontade de ir pra Tailândia aumente!

Aguardando a continuação hahaha

abraço

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá Rafaelrpaiva!! Imagina, só tenho a agradecer a todos que já escreveram sobre a Tailândia e me possibilitaram viajar para lá de maneira tão econômica. Continuo em breve prometo haha.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

DIA 3 – FLOATING MARKET E SHOPPINGS EM BANGKOK

 

Neste dia acordamos por volta das 7 da manhã, fomos ao Seven Eleven, tomamos nosso café da manhã e às 8 horas pontualmente o taxista que nos levaria ao Floating Market estava em frente ao nosso hotel conforme o combinado. Antes de entrar no carro confirmamos se o Mercado flutuante o qual ele nos levaria era o Damnoen Saduak, e ele nos confirmou que sim. Deixe eu explicar isso. O passeio ao Floating Market (Mercado Flutuante), é um dos passeios mais tradicionais de Bangkok, você encontrará várias agências oferecendo este tour por lá. Existem vários mercados flutuantes em Bangkok, mas o maior, o “verdadeiro” é o Floating Market Damnoen Saduak que na verdade não fica em Bangkok, e sim em uma cidade vizinha chamada Kanchanaburi, há 1h30 de Bangkok. Portanto atente-se a este detalhe na hora de fechar o seu passeio.

A viagem foi tranquila até a Kanchanaburi. Paramos em um tipo de píer onde você embarca em um barquinho que te leva até o Mercado. Ao chegar veio a surpresa. Um camarada que cuida dos barcos veio falar com a gente, e como fomos de táxi, só eu e minha esposa, não tínhamos ninguém para dividir o barco com a gente, o preço pedido foi de 2000 Bahts para um barco que obrigatoriamente teria que ser privativo, pois só tinha a gente por lá. Cara que isso! Se fossemos de van nos passeios das agências da Khao San Road teríamos pago 150 Baht por pessoa por um lugar no barco. Como só estava a gente por ali e não sabíamos que horas chegavam as outras pessoas para os passeios e de repente dividir o valor do barco, resolvemos negociar. Após muito choro, muito mesmo, e ameaçarmos ir embora, conseguimos pagar 1000 Baht pelo barco. Havia ainda a opção de visitar juntamente com o Floating Market uma tal de Coconut Sugar Farm, por alguns Bahts a mais. Eu já estava doido da vida por pagar caro no passeio, então nem passou pela minha cabeça adicionar este local ao nosso tour.

Resumindo...

Se eu fosse ao Floating Market através de alguma agência da Khao San, teria pago: 400 Baht por pessoa, mais 150 Baht por pessoa pelo lugar no barco. Total de 1100 Baht.

Quanto eu paguei? 1000 Bath do táxi, mais 1000 Baht do barco, 2000 Baht no total. Cacete viu!!!!

Só lembrando que você não é obrigado a pegar este barco. Você pode ficar somente no mercado, e não andar pelo rio que passa no meio do Mercado, que é o que dá a graça do local na minha opinião. Creio que não compensa ir até lá, e não rodar o mercado de barquinho que é o diferencial do local.

Bom, já que pagamos caro pra caramba, vamos curtir o barquinho privativo só pra gente. Foi legal poder tirar fotos à vontade, sem cabeças de outras pessoas. Quanto ao passeio em si, eu achei legal pela situação em que você se coloca. Que situação? De você estar em um barquinho Tailândes, percorrendo um riozinho cheio de casas humildes em sua margem. Vendo a simplicidade do povo que mora ali, crianças de dentro das casas que te acenam e ficam felizes quando você dá um oi. Isso é legal. Você percorre uma parte do rio onde tem casas e vegetação antes de chegar no Mercado propriamente dizendo. O mercado em si é bem turístico e não é barato. Você encontra por lá desde frutas, comidas típicas, artesanato, até animais exóticos para tirar foto. Tudo isso sendo vendido na margem do rio ou nos próprios barcos. Quando avistei as cobras e os Slow-Lóris, resolvemos ir tirar as fotos. O primeiro preço que o cara me pediu para tirarmos as fotos com os bichinhos foi absurdo, 3800 Baht, quase 400 reais. Nem ferrando!! Negociando, fechei por 500 Baht, o que já foi caro. De resto só gastei com um coco gelado que custou 45 Baht, mais caro que na Khao San que estava 35 Baht.

O passeio todo durou por volta de 1 hora. De volta ao mesmo píer que chegamos, nosso taxista nos esperava para retornarmos à Bangkok. Antes, perguntei se ele poderia nos levar até a feira no trilho do trem. É uma feira que fica no trilho do trem, e quando o trem passa, os vendedores retiram as barracas e depois recolocam. Sabia que era pertinho do Daenmon Saduak. O taxista vira para mim e diz que infelizmente essa feira havia fechado há 3 meses. Olha, eu até pesquisei depois para tentar descobrir se essa feira tinha fechado mesmo e não consegui achar nada no google. Mas apostaria valores altos de que ele mentiu. Enfim, pedi para ele nos deixar no MBK Center em Bangkok, pois ainda era cedo, ele nos deixou lá sem problemas.

 

598d9e054e324_StaCruzeSucre027_edited.jpg.6de67840b85a8e4a127bf23f8ca8ec4c.jpgMBK.jpg[/attachment]

 

598dd48ceee00_MBK2.jpg.7c2e3c88998df38db69397ff4a20e580.jpg

 

No MBK, assim como em todos os shoppings que fui na Tailândia, há um detector de metais na entrada. Caso acuse algo na sua entrada, você terá que abrir sua mochila ou bolsa para o segurança dar aquela olhadinha básica. Esse shopping tem 7 andares. Este não é um shopping onde você encontrará grandes franquias de roupas ou jóias, diria que é um shopping do povão. Cheio de muambas asiáticas, cosméticos, falsificações...é bem legal esse shopping. Os preços por lá são bons, mas não melhores que no Chatuchak Market, o qual fui outro dia. Comprei no MBK duas camisas polo da Tommy Hilfiger por 250 Baht cada, falsificação claro. Mas olha, já lavei várias vezes e continua ótima hahaha. Falsificação das boas mesmo. Há várias opções para você comer no shopping. Comemos uma pizza no “The Pizza Company”, cerca de 300 Baht, foi a melhor pizza da viagem. No 7 andar há um espaço com vários tipos de estandes vendendo comidas típicas de vários países: Vietnã, Indonésia, Índia, Japão, China entre outros, por bons preços. Há também no MBK uma franquia do MaiDreamin. Já havia visto em um programa de tv uma dessas lanchonetes em Tóquio. Ela é toda temática, as garçonetes são vestidas de empregadas e a decoração é toda legalzinha no estilo kawaii. A garçonete deixa claro, assim que você entra, que você pode tirar foto da sua comida, do local, mas não delas. Para tirar fotos com elas você tem que pagar, acredita? Essas garçonetes são muito estranhas. A maquiagem faz com que elas pareçam bonecas e não humanas. Elas não usam sua voz normal, fazem voz de personagem de desenho japonês. Pedimos duas taças de sorvete. O negócio é todo cheio de frescura, o sorvete mais parecia um brinquedo de criança, coisa de menininha. Juro que foi minha esposa que fez questão de ir nesse lugar. A conta foi de doer, 600 Baht em duas taças de sorvete, o que dava direito a uma foto polaroide com uma das “empregadinhas”, grande merda.

 

598d9e057a231_Sudaneseport.jpg.832e297c5edbacc873e7b430f9e04eae.jpg

MaiDreamin.jpg.fa9d722056616ab9de06bd7adcc1b6c4.jpg

MBK.jpg.cf91e72a1042236c565867f2b0f59812.jpg

598dd48ba4b1c_FloatingMarket6.jpg.532988fe3c2eae0ae83cc905c782f45d.jpg

598dd48bc0a0f_FloatingMarket5.jpg.e642d9c77da135fb816f1829318c7ab5.jpg

598dd48c04b02_FloatingMarket4.jpg.4b1cd80b4fbcacf797ea3da019471a6a.jpg

598dd48c21a89_FloatingMarket3.jpg.935f04453785be0d209e0c2e1d6ecac1.jpg

598dd48c771ee_FloatingMarket2.jpg.61a2cdc16184d11241eedc917afea80f.jpg

598dd48c92306_FloatingMarket1.jpg.408b6cd9810cc34bbbd3a1a888962196.jpg

598dd48ccbf1f_EntradaSiamParagon.jpg.bd23fa9332c17eeb0fa939d18339e9de.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fabiano! Seu relato está sensacional! Já estou de passagens compradas pra bangkok em Outubro, como é época das monções, não sei ainda se vou incluir Koh Phi Phi no roteiro, mas vou estar passando por Bali tbm

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fala Ita_castilho, blz????

 

Caramba, que invejinha de você que vai pra lá em Outubro haha. Eu to de olho nos voos pra Janeiro de 2017, se aparecer alguma promo compro e vou conhecer o resto do Sudeste Asiático.

Então, na minha opinião, eu diria para você arriscar e reservar uns dias em Phi Phi sim. Ja vi tantos relatos de gente que foi nessas épocas de monções e pego sol.

 

Grande abraço!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Estou tentando negociar com a cia aérea a extensão do meu voo, caso eu consiga, vou arriscar sim!

 

Aguardo ansiosamente o restante do relato, queromuito conhecer Chiang Mai

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Faala, Profernando, tudo bem? Rapaz, você vai em Junho, tá pertinho heim. Aproveite! Antes disso termino esse relato, se Deus quiser, aí o que eu tiver para compartilhar, já estará por aqui.

 

Abraço!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

DIA 4 – CHEGADA EM CHIANG MAI E SUNDAY MARKET.

 

Depois de mais um café da manhã no Seven Eleven, perdemos algum tempo arrumando as malas pois nosso voo estava marcado para o meio dia com destino à Chiang Mai. Combinamos com o mesmo taxista que nos levou no dia anterior para o Floating Market de nos levar para o aeroporto Don Mueang, de onde saia nosso voo. Apesar de estar um pouco magoado com esse camarada, aceitei ir com ele, pois prometeu fazer a viagem com o taxímetro ligado.

Check-out feito com rapidez no hotel, e o taxista já nos esperava sorridente pontual às 10hs da manhã, horário combinado. Taximetro ligado, partiu aeroporto. Depois de aproximadamente 30 minutos, chegamos ao nosso destino e pagamos os 220 Baht que o taxímetro marcou. Curiosidade quanto aos taxis: a “bandeirada” dos táxis Taillandeses é de 35 Baht, e todos sempre estão com ar condicionado ligado.

O aeroporto Don Mueang, os Tailandeses falam Dan Muan, é o “segundo” aeroporto de Bangkok, menor que o Suvarnabhumi. É do Don Mueang que saem os voos das companhias Low Cost. O aeroporto é organizadinho. Chegamos 1h30 adiantados, não há necessidade de tanta antecedência para voos domésticos. Logo identificamos os guichês da Nok Air, entramos na fila de quem já tinha feito o chekin online (fizemos o mesmo pelo celular) e rapidinho despachamos as malas e fomos liberados.

 

Em relação a franquia de bagagem da Nok Air:

 

É permitido 7 kg de bagagem de mão para cada passageiro além de 15 kg para despachar, isso era o básico. Já tinha ouvido falar que essas Low Cost eram baratas mas que por outro lado você não tinha direito a despachar nada. Na Nok Air podíamos despachar sim, sem valor adicional, tanto que despachamos nossas malas, pois já estavam com mais de 7 kg cada. Futuramente viajaríamos com a Thai Lion e Air Asia. A Thai Lion Air, tem a mesma franquia de bagagem que a Nok Air, já a Air Asia...uma porcaria viu, só era permitido os 7 kg de bagagem de mão.

 

O Voo foi tranquilo e rápido, menos de 1 hora. Eles serviram um saquinho com um pãozinho de feijão doce e uma água. No aeroporto de Chiang Mai, o translado de táxi para a cidade era tabelado, 150 Baht, não por pessoa, o carro. Ainda saímos do aeroporto para ver se tinha van, ou ônibus, mas não vimos nada. Acabamos pegando um táxi mesmo que nos deixou na porta do nosso hotel. Estava desconfiado com o Thana Hotel pois foi muito barato, 4 noites 220 reais. Mas não tenho o que reclamar, tivemos o que queríamos. Quarto com banheiro privado, ar condicionado, tudo funcionando. O quarto foi limpo diariamente, toalhas de banho trocadas diariamente, funcionários atenciosos. Só um porém em relação a estrutura do quarto, a pia que em uma casa normal é dentro do banheiro, ficava na varanda do quarto. O Hotel tem uma piscina bonitinha, mas que nem usamos. Não foi cobrado nenhum valor de caução. A localização do hotel também é boa, em uma ruazinha super calma, e apesar de não ficar dentro do quadrado murado da cidade, que muita gente diz que é uma boa região para ficar, ele ficava à 4 minutos de caminhada do Tha Phae gate, uma das entradas desse quadrado murado. E ficava também a uns 7 minutos do Night Baazar, mercado noturno em Chiang Mai. Eu falei no início do relato sobre onde ficar em Chiang Mai, tem um mapa inclusive. Mas resumindo, creio que se você se hospedar dentro do quadrado, ou na região dos gates, você estará bem localizado. O clima em Chiang Mai é bem mais fresco do que em Bangkok. A cidade tem uma vibe totalmente diferente que a metrópole Bangkok, o clima por aqui é mais de interior.

Era domingo, e já sabendo disso, programamos para este dia apenas a visita ao Sunday Market, feira de rua que acontece apenas aos domingos em Chiang Mai, das 15hs até tarde da noite.

Caminhando em direção ao Sunday Market começamos a perceber que os preços em Chiang Mai eram melhores que em Bangkok: 1 kg de roupa na lavanderia, em Bangkok 40 Baht, em Chiang Mai 30 Baht. O câmbio em Chiang Mai estava com melhor cotação. Agora atenção!!! Meia hora de Foot Massage por 80 Baht, 1 hora por 150 Baht, na rua do Sunday Market. Foi o melhor preço de massagem que vi em toda a Tailândia. O Sunday Market começa no Tha Phae gate e termina no Templo Wat Phra Singh, ou vice e versa. Cara, que feira animal, gigante, muitas coisas baratas e diferentes. Vende de tudo. Muitos artistas de rua. Muuuuita gente, muita, muita gente. Você anda trombando o tempo todo, principalmente conforme vai anoitecendo. Havia muito turista por lá, mas o negócio é que tinha muitos locais também. Vi muitos casais tailandeses passeando na feira por exemplo. Por lá você encontra uma porção de comidas diferentes que você não terá idéia do que é. Essa rua onde acontece o Sunday Market me impressionou pela quantidade de bares e restaurantes com decoração arrojada e moderna, dava vontade de sentar e comer em todos. Na verdade nesta rua a oferta de opções para comer é imensa, e acaba sendo triplicada no domingo com as opções das barraquinhas do Sunday Market. Esta rua também me impressionou pela quantidade de templos, pequenos, como se fossem igrejas de bairro sabe, mas bonitos. Nem me lembro exatamente o que comemos, sei que experimentei um pouquinho de muitas besteirinhas alimentícias que vendia por lá. Dei uma moeda de doação para uns ceguinhos que cantavam e tocavam músicas locais e no meio da rua. Tinha também uma Tailandesa ousada cantando Celine Dion. Comprei algumas camisetas regatas com estampas divertidas, já me preparando para as ilhas, por 90 Baht cada. Fiz meia hora de foot massage por +- 8 reais.

Foi uma tarde/noite incrível. Voltamos destruídos para o hotel de tanto andar para lá e para cá no meio de tanta gente. A primeira impressão da cidade foi maravilhosa, e já posso adiantar que fiquei apaixonado por Chiang Mai. Paixão daquelas de querer morar por lá, pelo menos por uns meses.

 

598d9e058a53b_lavaanoite.jpg.4533eff3ae833e77004bf75d58828c63.jpg

598dd4903ca9e_SundayMarket1.jpg.274a3c575ce55fd13f67e59084847e32.jpg

598dd490561a5_SundayMarket2.jpg.0d17e494e258ed81bf94ca3047d811dd.jpg

598dd4906fdc4_SundayMarket3.jpg.3b5a8ca87117710a69f20d108d64b595.jpg

598dd4919f5ed_SundayMarket4.jpg.6141e31bce239f71521cf80c22d95392.jpg

598dd491bb6dd_SundayMarket5.jpg.2921638b1e7bbf575e5b40f70269499d.jpg

598dd49206812_SundayMarket6.jpg.9c80e742de02d97f9a361365db38f69b.jpg

598dd4921fe81_SundayMarket7.jpg.32d53101d1f1f44e446d6b04765bcb0e.jpg

598dd4923cb74_SundayMarket8.jpg.6b512085734530b0f17fdd9814a578aa.jpg

598dd4926b93e_SundayMarket9.jpg.9e50ab58eff75e628660efd70cd2b494.jpg

598dd49287423_SundayMarket10.jpg.10c155b6ff5539e6ad242ee7836ef62c.jpg

598dd492b449b_SundayMarket11.jpg.9daffaab3e98a719a209a03721917d2d.jpg

598dd492cfe76_SundayMarket12.jpg.3c1066fd37891ad69b6cd6081c820a98.jpg

598dd4932b550_SundayMarket13.jpg.1b3070ee85ef682be966c0cd2dc46e58.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

DIA 5 – TIGER KINGDOM, WAT DOI SUTHEP E ZOO CHIANG MAI

 

Neste dia acordamos por volta das 8hs, tomamos o café da manhã no Seven Eleven, mais uma vez tinha um perto do nosso hotel, na verdade difícil será você se hospedar em um hotel que não fique perto de um. Depois nos arrumamos e fomos para frente do Tha Phae gate onde passam vários Red Cars, táxis e tuk tuks, com propósito de achar um transporte para o Tiger Kingdom, e depois Doi Suthep e Zoo.

 

Se você, assim como eu, desejar fazer esses 3 passeios, saiba que o Tiger Kingdom fica para um lado e o Templo Doi Suthep e Zoo ficam para o outro. Esses dois últimos são próximos. Dá para você fazer esses 3 em um mesmo dia tranquilamente. Você pode fazer como eu fiz, fui no Tiger Kingdom, voltei, peguei outro transporte e fui para o Templo e Zoo.

 

Bom, a idéia era usar os Red Cars para ir aos 3 locais, abordei dois motoristas e me deram o preço de 120 Baht por pessoa, mas se o carro enchesse ficaria por 100 Baht. Como funcionam esses Red Cars? Eles tem capacidade máxima de 10 pessoas, pelo que vi. Eles esperam um pouco para ver se enche de gente o carro, não enchendo, vão do jeito que está, quanto mais gente no carro, mais barato você paga.

 

EstradaManut.zipTicket simples[/u]

 

-Big Tiger – 800 Baht por pessoa.

-Medium Tiger – 800 Baht por pessoa.

-Small Tiger – 900 Baht por pessoa.

-Smallest Tiger – 1000 Baht por pessoa.

-New born - 1000 Baht por pessoa.

 

Pacotes

 

Big ou Medium + Small ou Smallest – 1400 Baht por pessoa.

Big ou Medium + Small + Smallest – 2300 Baht por pessoa.

Big + Medium + Small + Smallest – 2800 Baht por pessoa.

Big + Medium + Small + Smallest + New born – 3500 Baht por pessoa.

 

Eu e minha esposa fechamos o pacote Big ou Medium + Small ou Smallest – 1400 Baht por pessoa. Fomos ver os Big Cats e os Smallest que tinham cerca de 3 meses. Ficamos tentados a ir nesse New born. É um tigrezinho recém nascido, se não me engano menos de 1 mês. Vi uma pessoa que foi visitar esse New born, e vi que fiz o melhor em não ir, pois, como ele é muito jovem, você não pode nem tocá-lo, para não correr risco do bichinho pegar doença e tal. Você só poderá tirar foto ao lado dele.

 

Dentro do Tiger Kingdom os tigres são separados por Big, Medium, Small, Smallest e New born, cada qual na sua jaula. Você entra na jaula que escolheu pagar e fica cerca de 15 minutos em cada. Sempre há um domador que te dá algumas orientações como: não pegar na cabeça do animal, não passar na frente dele, não falar alto, nada de movimentos bruscos. Ele é quem te dá as dicas de poses pra fotos. Esses domadores são bacanas, eles mesmos tiram fotos pra você com sua máquina. Não achei que os Tigres estavam dopados, muito menos mal tratados, mas como já disse no início do relato, só acho, certeza não tenho. Eles dormiam, mas até aí, sei que são animais noturnos então é normal eles estarem dormindo de dia. Quanto aos Big cats, por vezes tive a sensação que queriam me devorar. Alguns momentos se incomodavam com o fato de eu estar na traseira deles e despertavam com certa cara de raiva, mas logo o domador vinha com uma varinha acalmando a fera. Enfim, eu achei uma experiência maravilhosa estar ali tocando aqueles animais, até então intocáveis.

 

fer.jpg.52d6c96fbba4cfdd0658b7e91e770622.jpgDoi Suthep 1.jpg[/attachment]

 

lopo7.jpg.9e6a75e820140870e832db14b94a31fc.jpgZoo Chiang Mai 1.jpg[/attachment]

 

itinerario_trem.jpg.b0fb2972819bf56190f014d9fa7c0047.jpg

 

Fomos para o Hotel, tomamos um banho, descansamos e saímos para jantar. Escolhemos um Italiano na rua do Sunday Market. Eu comi uma pizza de Marguerita, que na verdade é de mussarela. Ela é de tamanho individual, vende bastante por lá essas pizzas e o preço é meio que tabelado, 150 Baht. Minha esposa comeu um Espaguete à Bolonhesa também por 150 Baht, a carne bovina parecia bovina mesmo, falo isso porque carne bovina é algo difícil de se encontrar por lá. Devemos ter tomado um refri cada um que normalmente em restaurantes custavam 20 Baht cada. Nesta mesma noite, achamos um hotel chamado Sixth House, ficava na rua do nosso hotel, mas esse tinha lan house. Esvaziamos nossas máquinas fotográficas para um HD que levamos. Por acaso vimos um folheto de passeios que esse hotel oferecia e acabamos fechando nossa visita à uma fazenda de elefantes para o próximo dia.

 

 

CONTINUA...UM DIA COM ELEFANTES!

598dd4b9e253e_DoiSuthep1.jpg.6e8e6872ae5dc8c7f54a1a6ebc47a425.jpg

598dd4ba05bc3_DoiSuthep2.jpg.9781ab5384f9ff3fc83f75e2451664fd.jpg

598dd4ba1ccd4_DoiSuthep3.jpg.b0dc5af0a572d5132f8efd41ab4b36de.jpg

598dd4ba34fdc_DoiSuthep4.jpg.e4275d5573240832b846626bf78b2393.jpg

598dd4ba4bf44_DoiSuthep5.jpg.2f61ac85b521795da0738eb39f4f10d0.jpg

598dd4ba68244_DoiSuthep6.jpg.65b73bff8266dbd8d4df0be2a092c7aa.jpg

598dd4ba814ee_DoiSuthep7.jpg.e1de78d242e144b96bcc58b41ff484d5.jpg

598dd4baa0296_DoiSuthep8.jpg.7919d10d3f02203f1a2ac348cf83c5de.jpg

598dd4babc8bb_DoiSuthep9.jpg.002ed9d5012d4c18857575ef8a048fcd.jpg

598dd4bbd2066_RedCar.jpg.89457cb015c5063987bce2d7fecbd271.jpg

598dd4bc20c9c_TigerKingdom1.jpg.930e7dfdc40417f6bbeb44baf207de6f.jpg

598dd4bc3c987_TigerKingdom2.jpg.41ee795e06d7ec81e6fa29bb015cc2cd.jpg

598dd4bc73d8b_ZooChiangMai1.jpg.ba5d530672b6fec95518ae148df69a55.jpg

598dd4bc9040c_ZooChiangMai2.jpg.b09661dd2b6d79e8013bc92684340b8d.jpg

598dd4bcd8de3_ZooChiangMai3.jpg.b6ecb780113afc879f0e5f8f6e55a40a.jpg

598dd4bd00273_ZooChiangMai4.jpg.f16b598fd7619bb1801c75ba7d16abee.jpg

598dd4bd1aedb_ZooChiangMai5.jpg.f63a35e2956799788e105886131b2465.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
LuizGatti    0

Vi agora o relato e está muito bom

 

Gostaria muito de conhecer a Tailandia, já deixei a página nos favoritos, quando chegar do trabalho verei com calma, mas parabéns!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora


×