Ir para conteúdo
Mochileiros.com
Pedro Henrique Ferreira Lo

Roteiro Bolívia/Peru ((Monte Chacaltaya e Vale de La Luna, Salar de Uyuni, Isla del Sol, Machu Picchu)

Posts Recomendados

Meu nome é Pedro Lopes, tenho 17 anos e estou planejando um mochilão, juntamente com um primo de 21 anos, para Bolívia e Peru, vamos viajar no dia 05 Janeiro de 2017 e voltamos no dia 25 do mesmo mês. Durante o decorrer do ano de 2016 estivemos montando o roteiro com base na leitura de muitos outros roteiros e relatos do site, comprando algumas passagens, mochila e os demais equipamentos e acessórios e acredito que estamos preparados para essa trip, portanto decidimos publicar nosso roteiro com o objetivo de conhecer dicas, conselhos e até mesmo parceiros para a viajem, rsrs.

 

Roteiro de Viagem Brasil-Bolívia-Perú

 

1. Ida

 

 Dia 05/01/2017

• Sairemos de Belo Horizonte, no dia 05/01/2017, quarta feira, de avião, para Campo Grande MT (o mais cedo possível, pra conseguirmos pegar o ônibus até Corumbá no período da noite)

• De Campo Grande pegaremos um ônibus até Corumbá. (Aviação Andorinha, preço 87,00 reais, 6 horas de viajem)

 

 Dia 06/01/2017

• De Corumbá pegaremos um táxi até Porto Quijarro (Bolívia).

• Tentaremos comprar as passagens nesse dia ou para o próximo. (Trem da morte/ Ferrobus saída às 18:00 chegada às 7:00 em Santa Cruz no dia 07/01/2017, preço 34,31 dólares, cerca de 121,00 reais).

• Hostel para ficar na cidade até o dia de embarcar no trem.

 

 Dia 08/01/2017

• Chegada em Santa Cruz de La Sierra.

• Chegada em Sucre, de avião.

 Passagem por cerca de 294 bolivianos ou R$ 147,00 http://www.boa.bo/BoAWebSite/

• Hostel

 

 Dia 09/01/2017

• Ficamos na cidade, aproveitamos para conhecer. Todos falam que é muito legal.

• À noite, vamos para Uyuni.

 “A viação 6 de Octubre é a única que faz o percurso direto de Sucre a Uyuni, saindo às 20:30h e chegando mais ou menos às 4h por 60 bolivianos, ou 30 reais”.

 

 Dia 10/01/2017

• Hostel

• Olhar agências de tour pelo Salar de Uyuni (Blue Line e a Quechua Connections, são duas agências bem recomendadas). Os blogs aconselham olhar no dia mesmo. Não é difícil, já que existem muitos. Obs, o câmbio nessas agências não é recomendado, leve em dólar ou já em boliviano.

• Comprar as passagens para La Paz, garantindo nossa viajem após o Salar (os ônibus saem às 20:00 horas e chegam às 7:00, custam cerca de 230 bolivianos ou 115,00 reais, as passagens podem ser compradas no site da todo turismo, http://www.todoturismosrl.com/, ou nos guichês da empresa em Uyuni, podem ser compradas também em algumas agências de turismo responsáveis pelo tour no salar), obs: A estrada é de péssima qualidade, boa parte de terra, e chegando em La Paz vai melhorando.

• Existem opções de 2, 3 e 4 dias. Acho que de 3 tá mais que suficiente. O valor fica entre R$ 250,00 e 300,00. + R$100,00 das entradas no parque e na Ilha (no passeio).

• Os passeios começam por volta das 10:30. Então não sei se vai precisar de hostel. De toda forma coloquei pelo menos pra gente dar uma descansada, mas não sei se precisaria mesmo.

 

 Dia 11/01/2017

• Passeio no Salar.

 

 Dia 12/01/2017

• Passeio no Salar e fim do tour de 3 dias. Em média o tour termina às 18:00 horas.

• Ida a La Paz (passagens já compradas no dia 10/01/2017)

 

 Dia 13/01/2017

• Chegada em La Paz, por volta das 07:00.

• Passeio na montanha de neve (Monte Chacaltaya) + Vale de La luna, passeio dura de 9h às 16h, preço 40,00 reais. http://www.nofearadventuresrl.com/

• Hostel (wild rover)

 

 Dia 14/01/2017

• Conhecer a cidade (mercado das bruxas é uma opção)

• Partir para Copacabana, às 14 horas (informação de como ir para Copacabana na rodoviária de La Paz. No terminal de ônibus, existem algumas companhias que fazem o trajeto, geralmente às 8h30 e às 14h, com preços que variam de Bs$25,00/U$3,60 a Bs$35,00/U$5,00. Duração da viagem entre 3 a 4 horas).

• Chegar em Copacabana – comprar passagens para Cusco na rodoviária.

• Hostel

• Sair a noite

 

 Dia 15/01/2017

• Ficar em Copacabana

• Ir conhecer a Ilha do Sol e dormir uma noite lá (Passeio da Isla del Sol: Os barcos para a Isla del Sol saem de Copacabana duas vezes por dia. O ticket pode ser comprado no próprio cais e custa 20 ou 25 bolivianos, dependendo da negociação e do lado da ilha em que você pretende descer.

A ilha é dividida em lado Norte e Sul e em pequenos vilarejos. O lado Sul é o mais próximo de Copacabana e oferece mais opções de hospedagens.)

 

 Dia 16/01/2017

• Chegada da Ilha Del Sol, imediatamente comprar as passagens para Cuzco, se já não tiver comprado, no período da noite para economizar hostel e ir a uma casa de câmbio para converter a moeda para o sole peruano.

• Partir de Copacabana à Cuzco com parada e troca de ônibus em Puno. A viagem dura cerca de 11 horas. Cerca de 35 reais, comprar na rodoviária.

 

 Dia 17/01/2017

• Chegar em Cuzco.

• Hostel

• Comprar o pacote para MP

 

 Dia 18/01/2017

• Começar a ir para MP (ir até a estação da Hidrelétrica Sta Helena com a van contratada pela agência AITA PERÙ, saindo por 70 soles, aproximadamente 70 reais, cerca de 7 horas de viajem)

• Chegar em Aguas Calientes pela trilha de trem (queremos muito ir pela trilha de trem)

• Hostel para passar a noite. Descansar para acordar cedo.

 

 Dia 19/01/2017

• Passeio em MP.

• Voltar a pé até Aguas Calientes.

• Fica em aguas Calientes.

 

 Dia 20/01/2017

• Volta para Cuzco de trem ou do jeito que der. (rsrsrs)

• Pegar o bus até La Paz. (12 horas de ônibus). Empresa Litoral

 

 Dia 21/01/2017

• Chegar em La Paz

• Hostel

 

 Dia 22/01/2017

• Ir para Santa Cruz de La Sierra (ônibus)

• Conhecer a cidade até a hora de embarcar no trem.

• Embarcar no Trem da Morte.

 

 Dia 23/01/2017

• Chegaremos em Porto Quijarro

• Pega um taxi até Corumbá

• Em Corumbá pegar um ônibus até Campo Grande

 

 Dia 24/01/2017

• Embarcar para BH.

 

 

Bom, assim concluímos nosso roteiro. É muito importante ressaltar que muitos dados apresentados foram extraídos de outros roteiros, portanto não podemos dizer se realmente será assim, mas estamos dispostos a entrar de cabeça nessa experiência incrível que aguardo com muita ansiedade e expectativa.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Mi Voga    0

Olá Pedro! Estarei fazendo essa viagem em julho e gostaria de saber se esse relato se encaixou na viagem, principalmente com relação aos valores e os horários de saída dos passeios/ônibus. Estaria me ajudando demais! Beijos!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Magnommf    0

Irei fazer um roteiro em abril parecido com esse (com entrada pela Bolívia através do trem da morte) e queria informações sobre esse percurso. Foi de boa para vocês pegarem o trem em Quijarro até Santa Cruz de la Sierra?

 

Eu acrescentei o Chile no roteiro (Atacama e Arequipa), pois são tão pertinho do Salar e da pra subir para o Peru por essas cidades e depois descer para a Bolívia por Copacabana e La Paz.

Saudações!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Magnommf    0
Olá Pedro! Estarei fazendo essa viagem em julho e gostaria de saber se esse relato se encaixou na viagem, principalmente com relação aos valores e os horários de saída dos passeios/ônibus. Estaria me ajudando demais! Beijos!

 

Eu tenho uma tabela com informações de horários e transportes, além de alguns relatos de umas pessoas que fizeram esse roteiro - Bolívia > Chile > Peru > Bolívia! Posso te mandar. Tu vai fazer a rota pela Bolívia também?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá, posso dizer que a viajem se encaixou bem no roteiro apresentado e aconteceu conforme esperávamos. Alguns imprevistos fizeram com que mudássemos uma coisinha aqui e outra lá, mas nada que desconfigure muito o que planejávamos. Algumas coisas que mudei no decorrer da viajem foram:

- Trocar a noite na isla del sol por um dia a mais em cusco.

- Adiantar a passagem de Santa Cruz para Sucre, ou seja, conseguimos comprá-la no mesmo dia em que chegamos em Santa Cruz, o que nos forneceu mais um dia em Lá Paz.

- Não voltamos no dia 24, mas sim no dia 25. Ganhamos aí um dia bem servido em Campo Grande, uma vez que estávamos super cansados.

Quanto aos horários, acredito que esse roteiro possa lhe servir como base sim, pois apesar de tudo não é tão complicado encontrar esse tipo de informação por lá, ao contrário do que imaginei.

Em relação ao preço pode variar um pouco dependendo da época em que você vai, de qualquer forma posso lhe fornecer a planília que usei para planejar esse mochilão.

Em breve escreverei um relato com todos os dados certinhos, dicas e contando um pouco da experiência.

Espero ter ajudado e qualquer dúvida meu e-mail é [email protected]

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Irei fazer um roteiro em abril parecido com esse (com entrada pela Bolívia através do trem da morte) e queria informações sobre esse percurso. Foi de boa para vocês pegarem o trem em Quijarro até Santa Cruz de la Sierra?

 

Eu acrescentei o Chile no roteiro (Atacama e Arequipa), pois são tão pertinho do Salar e da pra subir para o Peru por essas cidades e depois descer para a Bolívia por Copacabana e La Paz.

Saudações!

 

Olá Magno, há uma informação muito importante quanto ao trem se pretender embarcar no mesmo dia em que for atravessar a fronteira, como fizemos.

Bom, acredito que já deve ter lido ou ouvido falar sobre a fila para atravessar a fronteira, acontece que dependendo da época e do dia da semana essa fila pode se tornar algo muito pior do que escrevem.

Eu, meu primo e as pessoas que conheci em Campo Grande chegamos na fila às 6:00 da manhã e ficamos cerca de nove horas esperando em baixo de um sol escaldante até conseguirmos chegar em Quijarro e por sorte embarcar no trem das 18:00, ou seja, éramos 5 pessoas e quando chegamos para comprar as passagens do trem haviam somente cinco lugares disponíveis.

Existem duas filas, uma no Brasil, para você sair do país e outra no território boliviano, para você entrar na Bolívia, lembrando que as pessoas que estão na fila do Brasil estarão também na fila da Bolívia.

Quando eu fui atravessar a fronteira haviam cerca de 200 pessoas na minha frente, acontece que quanto mais o tempo passa, o calor aumenta e o cansaço também, menos as pessoas respeitam a fila, e é aí que tudo vira um caos. Cheguei por volta das 6:00 e a fila andou uns 10 metros até começarem a burlar o sistema, daí foram mais quatro horas parado sem sequer andar. Nesse ponto você deve estar se perguntando como não haviam pessoas para organizar essa fila como os policiais e agentes que trabalham lá. Bem, de fato não só não haviam funcionários para organizar como também não havia fila preferencial, um lugar coberto para que as pessoas pudessem sentar, água ou qualquer outra coisa do tipo. Até que nós cinco, eu e as pessoas que me acompanhavam, tomamos uma iniciativa, pois temíamos perder o trem da morte, e essa é a minha dica para você quando estiver na fila, pegamos papel e caneta e distribuímos senha para cada um que estava lá e fomos para a porta fazer barricada e controlar a entrada, houve ainda muita confusão, mas acredito que tenha sido a única maneira para embarcarmos no trem naquele mesmo dia. Após isso, os policiais passaram a dar preferência para idosos, crianças, gestantes e deficientes e fila começou a andar novamente e após mais três horas conseguimos, com a ajuda de outras pessoas que estavam alí, atravessar a fronteira. Daí pegamos um táxi, por 7 bolivianos se não me engano, até o terminal de trem onde conseguimos comprar as últimas passagens. Logo após comprarmos as passagens tomamos um merecido e glorioso banho em um albergue e comemos. Embarcamos no Ferrobus, que é mais caro, porém além de valer a pena era o único que havia disponibilidade naquele momento.

Desejo a você uma excelente viajem e gostaria de dizer que, apesar de tudo, cada minuto depois valeu muito a pena.

Qualquer dúvida pode me escrever, meu e-mail é [email protected]

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
aldoluizcs    1
Olá Pedro! Estarei fazendo essa viagem em julho e gostaria de saber se esse relato se encaixou na viagem, principalmente com relação aos valores e os horários de saída dos passeios/ônibus. Estaria me ajudando demais! Beijos!

 

Eu tenho uma tabela com informações de horários e transportes, além de alguns relatos de umas pessoas que fizeram esse roteiro - Bolívia > Chile > Peru > Bolívia! Posso te mandar. Tu vai fazer a rota pela Bolívia também?

Olá cara, tô perdendo fazer o roteiro Bolívia e Peru em setembro com minha esposa e mais 2 casais de amigos, se puder me ajudar no roteiro e umas dúvidas que estou te agradeço muito...

 

Segue meu email: [email protected]

E meu Whatsapp: (81)9.9751-1087

 

 

Se puder me mandar o seu roteiro ou algum material que me ajude no meu planejamento Agradeço muito...

 

Abraços

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora


×