Ir para conteúdo
Kamilinha_BH

11 dias Peru (Lima, Cuzco, Vale Sagrado, Macchu Picchu, Puno) Relato COMPLETO

Posts Recomendados

Oi Pessoal... Sou mochileira recente aqui no site.

Mas já vou contar como foi minha experiência de passar Natal e Reveillon no Peru.

Estive no Peru no ano passado e foi uma viagem muito corrida mais valeu a pena cada momento, viajamos eu e meu marido. Esse na verdade foi o nosso primeiro mochilão juntos,

 

Bom vamos lá...

 

1) A viagem durou 11 dias.. fomos no dia 21/12/2009 e voltamos dia 01/01/2010, de Tam porque eu tinha algumas milhas que pagavam para 1 pessoa, tivemos que desembolsar apenas o custo da passagem para uma pessoa: R$ 1.115,40. Os hoteis a maioria compramos pelo decolar.com e hotéis.com.

 

1º Dia - Lima

 

O embarque em BH foi as 6hs e chegamos em Lima por volta das 13hs, fizemos uma conexão em Guarulhos. O vôo foi tranqüilo. Chegamos e acabamos cometendo um erro no aeroporto de fechar com um daqueles Transfers que nos cobrou $20 para nos levar até ao Centro de Lima. Acho que pelo desespero de chegar logo ao hotel. Depois vimos que a melhor forma é vc sair do aeroporto nas ruas próximas e pegar uma tx que normalmente sai em torno de 12 soles. O que daria no máximo $6 dólares).

Chegamos no Hotel (Grand Bolivar) no Centro de Lima, que está com uma aprovação de 70% no Trip Advisor. É um hotel no centrão mesmo em frente a Plaza San Martin. Bom, a primeiro noite foi terrível ! Qdo chegamos o quarto reservado.. vimos que não era o quarto das fotos de divulgação.. não tinha cama de casal como constava na nossa reserva, estava com um cheiro horrível de mofo (já que o hotel é super velho) e pra completar estava doida pra tomar uma banho e o chuveiro estava queimado.. Péssimo!.Ligamos para a recepção para trocar de quarto.. no final das contas eles foram mudar agente de quarto só no outro dia.. Aí sim fomos p/ o quarto bem melhor.. sem mofo e com um banheiro melhor e cama de casal.

 

Depois de deixar as malas fomos dar uma volta pelo centro da cidade e acabamos comendo em um MC Donalds mesmo, pois as comidas do centro não estavam com uma cara muito boa.. (diferente de Miraflores) IMPORTANTE: FICAR HOSPEDADO EM MIRAFLORES!!

 

Como tínhamos chegado cedo, iniciamos nossa maratona de visitas aos lugares turísticos no centro de Lima.. Um voltinha na Plaza San Martin e Plaza Del Armas, umas fotos no Palacio do Governo, Igrejas do Centro e no Convento São Francisco (onde é possível ver os restos mortais dos moradores do convento) Depois fomos ao Barrio De Chino... Bem movimentado com aquelas lojas de coisa Made in China, nesse bairro vc encontra a típica comida Peruana, (porquinho da India).

 

Como estávamos hospedados no centro, tivemos de jantar por lá mesmo. O restaurante Tanta foi muito recomendado pelo post na internet, então fomos conferir.. Muito boa a comida.

 

 

[picturethis=http://www.mochileiros.com/upload/galeria/fotos/20100429160525.JPG 500 375 Legenda da Foto]Lima Peru Eu na Plaza San Martim e o Hotel Grand Bolivar ao fundo.[/picturethis]

 

 

2º Dia - Lima

 

Acordamos bem cedo, tomamos um café básico no Hotel (Pão, geléia, café, chocolate quente e croassant de doce de leite). Fechamos um Tour para o sitio arqueológico de Pachacamac, que não é lá grandes coisas... Um lugar que recomendo ir via tour porque o sitio é muito grande e eles não permitem a entrada de Taxi somente carros de Cia turística.. Valor - $10 por pessoa, que tbm incluía um tour no Bairro Barranco e a famosa Ponte dos Suspiros.

 

20100501232659.JPG

 

 

Na parte da tarde ficamos em Miraflores, e fomos num restaurante muito bom... La Cocina de Dario, fizemos questão de comer o prato mais famoso do Peru.. O Ceviche (uma das melhores comidas que já comi) e um risoto de frutos do mar. O restaurante fica próximo a Feira de Artesanato. Valor – 80 soles para duas pessoas.

OBS – Os restaurantes no Peru não cobram 10% na conta como aqui no Brasil a “propina” vc dá conforme o gosto do cliente.

 

Depois pegamos um tx que nos deixou no museu de arqueologia. (OBS - Em Lima é muito valido andar de tx, mas vc tem que ter muito cuidado, pois os carros não são equipados com taxímetro, o valor da corrida é negociado com o motorista, e aí já viu né.. qdo eles sabem que somos turistas super valorizam o valor da viagem... a regra é Pechinchar! Em média pagamos em torno 10 soles por corrida.)

 

Tentei não ir muito a museus.. mas esse valeu a pena.. e ainda por cima é free. Seguimos para o Museu Rafael Larco, que é muito perto do museu de arqueologia... Mas chegando lá na porta o valor da entrada era tão caro... (uns 25 soles) que desistimos.. já que tínhamos dados por satisfeito com o Museu de Arqueologia.

 

 

3º Dia - Lima

 

 

Bem cedo pegamos um tx para outro sitio arqueológico (Huaca Pucllana), eu e meu marido gostamos muito, até encontramos alguns brasileiros lá, que aliás estão por toda parte. O guia do local pede uma gorjeta no fim. De lá fomos a pé até o Mercado dos Incas, é uma feira de produtos típicos aproveitamos para comprar uns souvenirs.

 

Um passada no Starbucks para um Coffe... Depois almoçamos no Restaurante Al Fresco (muito requintado por sinal) foi escolhido o melhor ceviche de lima. Comemos 2 ceviches (um misto normal e um misto ao molho vermelho de pimenta. Humm só lembrar da água na boca.

 

20100501233139.JPG

 

De lá a pé mesmo seguimos para a Plaza do Amor para uma fotos. Andando ainda pela orla, seguimos para o Shopping Lamarco... Um paradinha para a tentar a sorte no Cassino que fica em frente ao Shopping Lamarco. No fim da tarde, pegamos um tx e fomos para o Circuito das águas (um bairro que fica entre Miraflores e o centro) para assistir o espetáculo das fontes de água luminosas.. Valor 5 soles para entrar.

 

4º Dia - Cuzco

 

Pegamos um avião (LAN) para Cuzco na parte da manha, + ou – 1h de viagem de Lima a Cuzco. Chegamos no aeroporto de Cuzco por volta das 11hs. Na verdade, muitos viajantes vão de busão para Cuzco passando por Arequipa e outras cidades.. Mas como não tínhamos muito tempo fomos de avião mesmo. Fomos para o hotel El Puma (http://www.elpumahotelcusco.com) fica a 3 quadras da Plaza Del Armas. O hotel é básico, limpinho e café da manha bom e o atendimento tbm foi ótimo. Logo que chegamos tomamos um chá de Coca.. hehehe cortesia do hotel. Na verdade sentimos um pouco o efeito da pressão atmosférica.. fiquei com enjôo e com muita dor de cabeça.. ficamos deitados durante umas 3 horas.. Mas depois fui tomando mais chá de coca e fui melhorando.. hahahaha o engraçado é que lá eles amam a Coca falam que cura tudo..

Bom, depois no final da tarde fomos passear na cidade, Plaza Del Armas e igrejas do centro. Tivemos a sorte que no dia está acontecendo uma feira artesanal bem na praça e fui muito interessante ver um pouco da Cultura deles.

 

 

20100505135758.JPG

 

 

5º Dia - Vale Sagrado

 

Ao contrário do que pensada o Vale Sagrado é muito perto de Cuzco, qdo fui achava que se tratava de algo bem afastado. Mesmo sendo perto (+ ou - 15km), nós achamos melhor pegar uma excussão que nos levasse a todos os lugares e templos em um dia (incluído almoço) Inclusive E foi isso que fizemos, fechamos pelo próprio hotel agora em torno de $15 dólares.

O primeiro passo é comprar o Boleto Turístico de Cuzco (http://www.boletoturisticocusco.com) que permite visitar 16 atrações entre museus e centros arqueológicos, valendo por dez dias.

Começamos por Pisac que é um típico povoado inca que serve como ponto de partida para visitar o Valle Sagrado, muito charmoso... depois de lá fomos para Ollantaytambo que é um povoado inca com vários sítios arqueológicos. Depois fomos para Chinchero , destaca-se a igreja colonial construída sobre ruínas incas e também um pequena feirinha onde as peruanas apresentam como elas fazem sem artesanato.. muito interessante o lugar. E por ultimo Moray é como se fosse um centro de experimentação agrária durante a época do império inca.

A noite voltamos super cansados e fomos jantar perto da praça de armas num restaurante que pelas nossas pesquisas era muito bom.. chama-se Greens... Restaurante totalmente orgânico, um pouco caro mais vale a pena... Pagamos + ou – 80 soles por cordeiro e legumes. Humm mas tava bom.

Cuzco tbm é muito famoso por suas noites animadas e pelo clima de azaração... Com muitas boates e tal. Mas na verdade o que mais queríamos depois do jantar era ir para cama.. o dia tinha sido cansativo.

 

20100505140324.JPG

 

 

20100505140357.JPG

 

 

20100505140434.JPG

 

 

20100505140457.JPG

 

 

6º Dia - Cuzco

 

De manha fomos ao Museu de Sitio Orikancha e no Museu de Arte de Cuzco (muito fraquinhos) perto do museu de Lima... Mas já que estava incluído no Boleto Turístico fomos conferir.

 

Depois seguimos para um 2 tour na cidade: Igreja e templo do Sol no centro da cidade, muito bonito. Depois seguimos para ver outros templos nos arredores de Cuzco: Sasysawomam (não sei se se escreve assim) Templo da Serpente, Templo do Puma e no Templo das Águas a mais de 3.700 m acima no nível do Mar. A noite fomos a um restaurante bem charmoso no centro de Cuzco Che Mary (algo asssim).. Muito boa a pizza e musica peruana ao fundo..

 

 

20100505141208.JPG

 

 

20100505141304.JPG

 

 

20100505141403.JPG

 

 

20100505141630.JPG

 

7º Dia - Águas Calientes / Machu Picchu

 

Pra chegar a Macchu Pichu é uma maratona, vc tem apenas 2 formas de chegar a primeira é optar pela famosa Trilha Inca, onde se parte de Cuzco a cidade mais próxima, e são mais ou menos 4 dias para chegar até a cidade perdida. Eu optei pela segunda opção, ir de trem de Cuzo até Águas Calientes aproximadamente 3 horas, o trem é muito desconfortável e velho, a empresa chama-se Peru Rail (http://www.perurail.com). Claro que tem vagões de luxo, mais eu fui no basicão. Se optar pela passagem de trem compre com antecedência pois costuma esgotar, outro ponto importantíssimo é ir com carteria de Estudante, pois tudo! Absolutamente tudo tem desconto com a carterinha.

 

Chegamos em Águas Calientes e fomos direto para o Hotel nos hospedamos no El parque Logde (muitoooo ruim!!) ele é muito bem localizado bem na praçinha central, mas a cama era horrível e um mofo gigantesco!

 

Esqueci de dizer que qdo fomos em DEZ, as chuvas são intensas no Peru principalmente em Cuzco e Águas Calientes, então leve uma capa de chuva básica para não ter que ficar segurando aqueles guarda-chuvas.

 

Bom, fomos dar uma voltinha. Lá não tem nada de mais é uma povoado que vive nas proximidades de Machu Picchu e que vive desse turismo. A primeira coisa que fizemos foi compramos o passaporte para a entrada em Machu Picchu. Almoçamos uma Truta num dos várias restaurantes.. e depois fomos conferir o local pelo qual o povoado tem o nome de Águas Calientes o Thermal Pools.. Um lugar com piscinas de águas quentes e termais. Na verdade nem chegamos a entrar nas piscinas, pois não tava muito frio e pra falar a verdade não me deu vontade mesmo.

Mais tarde jantamos no Restaurante Indio Feliz (muitoooo bom) vale a pena ir lá.. já tínhamos ouvido falar muito bem de lá.. e recomendamos tbm. O Restaurante é um pouco mais caro que os demais que vc entra por lá.. mas o preço vale a qualidade, bom gosto e atendimento do local.

 

Depois fomos dormir cedo, estava chovendo muito e tínhamos que acordar bem cedo no outro dia para ir ao lugar mais esperado de toda a viagem Machu Picchu.

 

20100505141904.JPG

 

8º Dia - Águas Calientes / Machu Picchu

 

Acordamos 4hs da manha as 4h 30 já estávamos na fila do ônibus que nos leva a Montanha. Algumas pessoas vão a pé. Não me lembro bem qto pagamos, mas não é caro não. É importante chegar bem cedo em machu Picchu principalmente se vc for ao outro Pico que se chama Wana Picchu. Somente as 400 primeiras pessoas podem subir. É inexplicável a sensação de estar no topo desta cidade tão misteriosa. Quando pisei no último degrau para ter a vista da cidade não me controlei e fiquei muito emocionada.

 

“Machu Picchu em quíchua Machu Pikchu, "velha montanha", também chamada "cidade perdida dos Incas", é uma cidade pré-colombiana bem conservada, localizada no topo de uma montanha, a 2.400 metros de altitude, no vale do rio Urubamba, atual Peru. Foi construída no século XV, sob as ordens de Pachacuti. O local é, provavelmente, o símbolo mais típico do Império Inca, quer devido à sua original localização e características geológicas, quer devido à sua descoberta tardia em 1911. Há diversas teorias sobre a função de Machu Picchu, e a mais aceita afirma que foi um assentamento construído com o objetivo de supervisionar a economia das regiões conquistadas e com o propósito secreto de refugiar o soberano Inca e seu séquito mais próximo, no caso de ataque.” http://pt.wikipedia.org

 

Parada para fotos e depois pegamos um guia autônomo, ele nos cobrou 100 soles, juntamos um grupo de 9 mochileiros e fomos a dentro da montanha, ficou tipo 11 soles para cada um.. Foi bom ir de guia, pois ele foi contando toda a história ligada a cada pedacinho daquela cidade tão misteriosa. A tarde pegamos o trem das 16hs de volta a Cuzco.

 

 

20100505142226.JPG

 

 

20100505142507.JPG

 

9º Dia - Cuzco / Puno

 

De Cuzco a Puno são 388 Km, a viagem pode ser feita de trem, avião ou ônibus turístico. Optamos pelo ônibus turístico que foi parando em todas as cidades e pontos turísticos a caminho de puno. A empresa foi a First Class, pagamos 50 soles por pessoa, incluindo almoço e o ônibus muito confortável e guia.

Saimos de Cuzco as 7:30, a primeira parada foi na Igreja de San Pedro in Andahuaylillas, onde podemos ver a Capela Sistina dos Andes, depois o templo de Wiracocha, parada no ponto mais alto entre Cuzco e Puno (4.335 metros acima no nível do mar) a La Raya. E por ultimo o Pucara Museu. Chegamos em Puno por volta das 18hs.

Pegamos um taxi (5 soles) e Fomos para o Hotel (o melhor de toda a viagem) Sonesta Pousada Del Inca Lake, um grupo de hotéis no peru muito bom. Hotel novinho, quarto muito confortável com ar. E quando olhamos pela janela vimos o Lago Titicaca e um arco-iris lindooo... Pra fecha o dia jantamos uma assado de carne de Alpaca no Hotel mesmo pois lá a o restaurante é ótimo.

 

10º Dia - Puno

 

Esqueci de dizer que no dia anterior, assim qdo chegamos em Puno, fechamos um viagem de barco no Lago Titicaca para conhecer as ilhas de Uros e Taquile.

No horário marcado eles pegaram a gente no hotel. O passei foi ótimo. Fomos em um barco bem equipado. Qdo chegamos a ilha de Uros fiquei impressionada com a história da Ilha, pessoas super humildes e hospitaleiras nos recebeu. Fizeram uma demonstração de como eles vivem em cima de plantas flutuantes no meio do Lago e que eles construíram a própria ilha, suas casas e barcos com folhas e raízes dessa planta. Muito interessante, nesse momento me deu conta que tinha valido muito a pena ter incluído Puno na nossa viagem...

Depois fomos para a outra ilha Taquile (bem próxima com a divisa da Bolívia). A noite pegamos um ônibus noturno para Cuzco que fez o trajeto em 6 a 7 horas.

 

 

20100505142754.JPG

 

20100505142834.JPG

 

20100505142914.JPG

 

11º Dia - Lima

 

Fomos direto para o aeroporto e ficamos lá esperando no vôo para Lima., que estava marcado para 8:30. Mas acreditem só fomos embarcar por volta das 15hs. Nada me tira da cabeça que eles venderam mais passagem do que tinham.

Chegamos mortos em Lima, mas deu tempo de dar uma passadinha no Mercado Polvos Azules no centro de Lima (uma lugar estilo shopping popular) compramos várias camisas da Abercrombie e Lacoste, por 20 soles cada e original! O fato é que lá tem fábrica dessas marcas e eles conseguem desviar camisas... eles vendem algumas falsas tbm, mas a dica é olhar na etiqueta, se tiver Made in Peru aí é original fabricada na fábrica no Peru.

Depois de lá fomos para o Hotel (Mariel) em Miraflores onde passaríamos 1 noite. Hotel muito bom, bem localizado perto da praça principal de Miraflores. A noite fomos p/ a praça participar da contagem regressiva para o ano de 2010. Bem vindo 2010...

 

12º Dia - Lima / BH

 

Acordamos e fomos para o aeroporto, nosso vôo estava marcado para 10:30.

Dia de voltar para casa, a viagem tinha sido espetacular... tudo havia dado certo, estávamos cansados, mas muito felizes por tudo.

 

Não deixe de acessar meu Blog Pé na Estrada para ver mais detalhes e mais fotos desta e de outras viagens!

 

Até a próxima viagem!

 

::otemo::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Oi tambem sou novo aqui no forum,vou fazer o mesmo roteiro em julho mais em 14 dias.

muito bacana suas fotos e show de bola o relato.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Obrigada Lucas.

 

Realmente é um destino obrigatório... ainda mais pra nós brasileiros que estamos tão perto dessas maravilhas.

Vc vai curtir...

 

Abços

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Kamila gostaria de saber se essas camisas que você comprou são originais, e quais os valores que você pagou?

ouvi de várias pessoas que as fábricas da HOLLISTER/ARMANI/ABERCROMBIE todas são na cidade essa informação é veridica? pois estou com meu roteiro pronto e estou pensando em fazer um emprestimo para comprar algumas peças a mais para revender, e assim diminuir os gastos.

beijo, obrigado.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Oi Vinicius,

 

Qdo fui... descobri isso lá em Lima qdo conhecemos um casal de Brasileiros no Trem de Cuzco para Lima... se não tbm ia levar dinheiro para trazer muitas pra revender.. O foda é que eu estava desprevinida.

 

Na verdade a ABERCROMBIE tem fábrica que fica em lima mesmo... essas outras marcas que vc falou eu não sei. Mas no mercado popular do Polvos Azules no Centro.. vc encontra essas camisa da ABERCROMBIE Fake e tbm as originais que (são desviadas da fábrica) claro que pela qualidade da malha vc vai saber diferenciar as originais das falsas... uma dica é ver se são Made in Peru.

 

Eu me lembro que paguei em torno de 20, 30 e 40 soles (depende se for feminina ou masculina).

 

boa sorte e Boa viagem

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Kamilinha,

 

De todos os relatos que vi sobre esta viagem, o seu foi o que mais se aproximou do que gostaria de fazer.

Pretendo acrescentar uma das duas opções:

- Puno --> Arequipa --> Cuzco.....Lima ou (ver o Condor)

- Lima --> Huancayo --> .....Lima (passeio de trem que me fascina).

 

Se puderes fazer contato, gostaria muito, por favor. Meu e-mail - [email protected]

 

Abraços e Parabéns

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Kamila,

 

Parabens pelo relato!

Pretendo fazer uma viagem parecida e gostaria de saber quanto voce gastou no total, excluindo a passagem aerea Brasil-Peru-Brasil.

 

Obrigado!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Kamilinha, por favor me esclarece uma dúvida este boleto turistico, é necessário pra entrar nas cidades? ou só nas ruinas e museus etc... prq eu estou querendo ir direto pra Ollantaytambo e pegar otrem pra MP de lá, lá eu vou ter q pagar pra entrar? desculpe mas andei lendo uns relatos e ficou meio vago esta informação! valew!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Kamilinha, por favor me esclarece uma dúvida este boleto turistico, é necessário pra entrar nas cidades? ou só nas ruinas e museus etc... prq eu estou querendo ir direto pra Ollantaytambo e pegar otrem pra MP de lá, lá eu vou ter q pagar pra entrar? desculpe mas andei lendo uns relatos e ficou meio vago esta informação! valew!

 

Itamar, deixa eu dar meu pitaco aqui, já que a pergunta não foi pra mim... Ollantaytambo é um vilarejo, onde fica o sítio arqueológico de mesmo nome. Pra chegar e entrar na cidade, obivamente não se paga nada. Vc pega seu ônibus, vai pra lá, desce e vai pra estação de trem, numa boa. VC só paga alguma coisa (ou mostra o boleto turístico) se for entrar nas ruínas.

Fora isso, tudo free.

Abraço.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

kkk, valew de novo junior! ... era isto mesmo que eu estava pensando(ruinas), mas, depois que eu tive que pagar para entrar em cada povoado diferente na isla del sol, fiquei na dúvida....mas agora confirmei. hehe abraço!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Oi Marcos,

 

minha viagem ficou em tudo uns 7 mil tirando passagens Brasil-Peru-Brasil pela TAM e Passagem Lima-Cuzco-Lima pela LAN. Ou seja (alimentação + Hotel + passeios) 4.500. Para duas pessoas...

 

Abraços

 

 

Kamila,

 

Parabens pelo relato!

Pretendo fazer uma viagem parecida e gostaria de saber quanto voce gastou no total, excluindo a passagem aerea Brasil-Peru-Brasil.

 

Obrigado!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá... Na verdade o boleto vale para todas as atrações mesmo que vc vá só em uma.

 

veja o link falando tudo sobre o boleto:

 

http://blog.mhavila.com.br/2010/08/24/peru-2010-volta-ao-cusco-em-um-boleto-turistico

 

 

 

Kamilinha, por favor me esclarece uma dúvida este boleto turistico, é necessário pra entrar nas cidades? ou só nas ruinas e museus etc... prq eu estou querendo ir direto pra Ollantaytambo e pegar otrem pra MP de lá, lá eu vou ter q pagar pra entrar? desculpe mas andei lendo uns relatos e ficou meio vago esta informação! valew!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Claro Grabiel.. esse foi o melhor hotel que ficamos em toda a viagem e o mais caro tbm.. mas vale a pena ficar lá todos os quartos tem vista espetacular para o lago titicaca é lindo.

 

A diária casal saiu por 120 dolares mas fomos em alta temporada se vc olhar hoje no decolar.com tá saindo por 100.

 

Bom viagem !

 

Olá, Kamila

 

Parabéns pelo relato!

 

Você se lembra da faixa de preço no hotel que ficou em Puno?

 

Grato,

Gabriel

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Oi Carol,

 

Espero que goste dos restaurantes tbm.. pq a experiência gastronômica no Peru e espetacular... principalmente quando se fala em ceviche. humm.

 

Abçs

 

 

 

 

Kamila,

 

gostei muito do seu relato. Anotei várias dicas, principalmente as dos restaurantes!

 

Abs

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Muito bom o relato vai me ajudar muito, vou agora em julho, e tenho poucos dias, apenas 7, entao ficarei menos me lima pra poder passar em Arequipa.

Não quis colocar Arequipa no seu roteiro? ou nao due tempo mesmo?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora


×