Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

MauroBrandão

Hungria - Perguntas e Respostas

Posts Recomendados

BUDAPESTE - HUNGRIA - Dicas

Na chegada ao aeroporto, não localizei ónibus que levava ao metro, foi até melhor, por que ganhei um tempo danado. Peguei uma Van da Schutle E$ 9,00 que me levou direto ao albergue. Levei o maior susto, o motorista me largou em frente de um prédio velho, muito velho todo descorado, não tinha nada que sugerisse um albergue, o endereço batia com a reserva, dei uma olhada no painel e lá estava Central Backpack – King.

Mas a melhor pedida é pegar o ónibus mesmo, fica no térreo do aeroporto, ele leva até o terminal do metro linha Kobanya-Kipest.

Lembrete não esquecer de fazer o câmbio no Aeroporto, para poder pagar o metro.

Bem quanto ao hotel, o elevador é muito antigo e não funciona, na medida que vc sobe as escadas o aspecto é meio macabro, parece aquele filme de terror, para entrar é tudo trancado e com campainha. Na chegada muito bem recebido com meu inglês tosco e o do pessoal da portaria não melhor, o acerto foi difícil, eles queriam cobrar uma diferença que acabei pagando, mas quanto a cama de casal que eles queriam colocar junto com meu amigo eu não concordei, foi aquela briga, mas no fim deu certo acharam um quarto com cama separada.

No na cozinha do albergue tem café e Chá, o resto vc tem que ter em estoque, cada um faz a sua comida etc. etc. Na rua do hotel, tem um mini mercado que funciona 24,00 horas, o preço tanto do vinho e da cerveja, é cinco vezes menos que nos bares, estava resolvido o problema de alimentação.

Em Budapeste em Abril a temperatura média 16 – 6 média 11 graus, é bom por que não é necessário muita roupa e para andar melhor ainda.

No na cozinha do albergue tem café e Chá, o resto vc tem que ter em estoque, cada um faz a sua comida etc. etc. Na rua do hotel, tinha um mini mercado que funciona 24,00 horas, o preço tanto do vinho e da cerveja, é cinco vezes menos que nos bares, mais uma vez estava resolvido o problema.

Nos tickets das lanchonetes é comum sair o preço em Florins, Euro e em Dólar.

Iniciando o passeio fomos direto a ponte das correntes, muito linda, que separa Buda de Peste, atravessamos a pé, pegamos um funicular e subimos direto ao Palácio Real, existem alguns museus, no parque do Castelo: Igreja S. Matias, Neste trecho está situada a Galeria Nacional Magyar Nemzeti, com pinturas de artistas húngaros, além de relíquias, moedas, e diversos objetos relacionados à história do país. A região próxima ao palácio, ao longo da Rua Fortuna Utca, é um dos melhores roteiros de Buda, com prédios históricos, ruelas, casas antigas e museus, além de restaurantes e lojas de artigos típicos e souvenires.

Já no fim da tarde, seguimos ao Parlamento: imperdível pela beleza e ostentação. Construído em estilo gótico, com diversas torres e pináculos e centenas de salões, ornados com estátuas de húngaros famosos.

Basílica São Estevão Szent István Basílica, outro ponto famoso próximo do Parlamento, a maior igreja da cidade, construída em 1851. Seu belíssimo interior, ornado com pinturas, esculturas e afrescos de artistas húngaros em homenagem ao santo o primeiro da Hungria, em uma capela lateral tem a mão mumificada do mesmo. Próximo tem o famoso Café Central, Avenida Kárului Mialy útka 9 funciona desde 1887.

No outro dia, seguimos para a Rua Vaci: local de compras e badalação. tem o café Gerbeaud muito famoso, e concentra o Mercado Central

Termas Gellért: um bonito prédio, localizado na parte de Buda.

No terceiro dia fomos a pé até a estação ferroviária e seguimos até á Avenida Andassi, uma linda avenida com prédios antigos de encher os olhos, seguimos até a Praça dos Heróis, Hösök Tere encontra-se o Castelo de Vajdahunyad: atualmente Museu de Agricultura, e Monumento do Milênio. coluna de 36 metros. Nela estão representadas as figuras dos Reis húngaros e outros vultos famosos das guerras de independência, além de estátuas representando a guerra, paz, conhecimento e glória. No topo da coluna está situado o anjo Gabriel. De cada lado do monumento situam-se ainda o prédio da Galeria de Artes e o Museu de Belas Artes da cidade, é um parque muito grande.

Quando a Hungria fazia parte do bloco comunista europeu suas avenidas e parques eram decoradas com inúmeras estátuas e monumentos totalitários. Após a queda do comunismo eles foram removidos. Este local, conhecido como Szoborpark está situado num subúrbio ao sul de Buda, é uma visita diferente. Saindo do centro (Praça Ferencike Tér), pegue o ônibus vermelho (linha 7) até o ponto final (na Praça Etele Tér). De lá pegue o ônibus amarelo na direção de Érd-Diósd, ele passa em frente do parque.

O Húngaro não gosta de falar do comunismo.

Não é necessário visto para entrada.

A tomada para carregar filmadora, câmara etc, é de dois pinos redondos, então não esquecer de levar adaptador.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tô com a mesma idéia, mas quero fazer de budapeste pra viena. De barco, pelo Danúbio

alguém sabe se há essa possibilidade?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Em Budapeste fiquei no Hostal Marco Polo (http://www.marcopolohostel.com)....eles tem site....

Eu fiquei la com minha namorada, então pegamos um quarto duplo com banheiro.....achei q nao valia o quanto cobrava...não me lembro direito, mas sei q achei caro.....

Por outro lado, o albergue eh bem localizado, limpo, staff bacana, tem um pubzinho bem legal.....acho q para ficar em um dormitorio la pode valer a pena....

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

George o site dos hoteis eu mandei via e mail por questão de ética, o Marco Polo, que o Thirodrigues informou é um dos melhores, o King é fraco mas da para dormir, a vantagem que fica a uma quadra do centro, a vantagem que tem um mercado que funciona 24 horas

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Scwertner é isso mesmo ? rsrs

 

eu olhei com muito cuidado a data pelos historicos...acho q o periodo otimo.

 

PS.: Eu vi em outro topico a um lista de passagens de trens acho q por toda a Europa q vc postou. Antes tinhamos a opção de imprimir os topicos, tem como vc enviar em word para meu email ?

 

Desde já muito obrigado. :wink:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

oi arosa,

eu n recomendo passar 1 dia so em salzbur n! primeiro q la foi onde foi filmado o filme novica rebelde (sound of the music) e vc indo la deve fazer o passeio! assista o filme antes de ir e se n der no albergue q fiquei passava tds os dias a noite.

salburg tb eh conhecida por ser a cidade de mozart e vc vai encontrar varias coisas la relacionada a ele...

alem disso tem uma fortalea (ou eh castelo? n me lemrbo mais) q vale a visita... eu recomendo 2 dias, foi o q fiquei, fiz td o q queria, mas fui embora chorando... a cidade eh mto gostosinha e ficaria la mais 1 ou 2 dias facil facil

bjs

lore

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.





×
×
  • Criar Novo...