Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
Demi Dahás

Chile Abril 2018 - Dúvidas

Posts Recomendados

Oi gente !

esse é meu primeiro post, logo se não estiver nas regras certas favor avisar...

Estarei indo ao Chile (Santiago) no final de Abril/2018 por 10 dias...

Gostaria de saber quanto ao clima e se é possível fazer os passeios (viña del mar e val paraiso, embase, cajón e atacama - minha dúvida maior é quanto ao Atacama) nesses 10 dias, considerando que o 10º dia ja estarei indo embora pela manhã...

Em relação ao deserto do Atacama, vocês sabem me informar quanto tempo é de percurso, visita, sugestões de empresas, valores aproximados e dicas ?

E o que seria melhor,  usar real ou peso ? levar os pesos ou trocar em casas de cambio no chile ?

Obrigada !!!:D

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Atacama que cidade?Com 10 dias não dá tempo.

Real mesmo e faça câmbio aqui,não paga IOF e tem em qualquer casa de câmbio.

 

  • Gostei! 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá, Demi. Voltei do Chile tem 3 dias. Levei real para trocar lá. No momento o peso está subindo, então a cotação que peguei não foi das melhores (184 foi a melhor que achei e depois disso só aumentou - hoje está 178). Troquei na calle (rua) Agustina, no centro de santiago. Tem várias casas de câmbio ali pra você avaliar qual o melhor preço. 

Real, pelo menos em Santiago, não é aceito tão fácil assim, então troque seu dinheiro lá. Não paga iof e nem taxa nas casas de câmbio. Além disso, troquei um pouco no aeroporto para pagar o transfer até o hotel e para "aguentar" até a hora de ir até a casa de câmbio, a cotação do aeroporto é péssima, igual no Brasil, mas pelo menos lá não paguei IOF e nem taxa, o que teria pago aqui, então também compensa trocar no aeroporto de lá na chegada se precisar por essas razões. 

Fiquei apenas 6 dias lá, então só fiz Santiago, Valparaíso, Viña del Mar e San José del Maipo (onde visitei o embalse el yeso e as termas Baños Colina). Ou seja, fiquei 4 dias em Santiago e 2 fora, porque fiz Valparaíso e Viña no mesmo dia. Queria ter ficado mais um dia em Santiago, porque achei que 4 não foram suficiente para ver tuuuudo o que queria ver. 

  • Gostei! 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Demi Dahás Estou até querendo fazer um relato aqui no forúm sobre minha viagem, acredito que faça isso ainda essa semana, com mais detalhes sobre o que vivi por lá. Mas já te adianto que santiago tem MUITO para conhecer. Depende dos seus gostos, claro. Eu quis conhecer TUDO. Então, eu fui no centro (passeo ahumada, catedral, plaza de armas, plaza italia, mercado central, palacio la moneda), bairro lastarria, cerro santa lucía, fiz compras no bairro patronato (a "25 de março" chilena, lugar maravilhoso apra comprar coisas de lã para trazer de lembrancinha, porque lembro que comprei 12 cachecóis de lã de alpaca de lembrança para a mulherada por 800 pesos cada um, cerca de R$5,00 cada!!!). Santiago é de encher os olhos, então enquanto estiver andando a pé pelo centro sempre vai ter um monumento pra você admirar, ou um parque. Agora, deixei de ver muita coisa também, por falta de tempo. Não cheguei a subir o san cristobal, nem fui no templo bahai, também queria ter ido em mais uma vinícola, mas no dia que havia me programado aconteceram mil coisas e não consegui ir, também não fui nos museus, que queria tanto ir, principalmente o museu de direitos humanos que conta a história da ditadura chilena e dizem ser emocionante. Ou seja, mais uma dia em santiago teria sido ótimo para terminal de conhecer cada ponto da cidade.

Quanto aos lugares fora do centro, fui na vinícola conha y toro, nos outlets, no sky costanera (shopping costanera). Jantei duas noites em dois restaurantes bons: uma no giratorio e outra no Bali Hai. Como estava hospedada no bairro bellavista fui duas noites com o pessoal do hostel em baladas ali do bairro, não sei te dizer o nome, só sei que uma delas era em um teatro que tem ali no bairro, mas as duas eram ótimas. Chilenos sabem fazer baladas. Conheci também a noite o Patio Bellavista, achei mais caro que os outros bares ao redor, mas foi legal também, mas não achei que havia necessidade de comer ali pra ser sincera, bastava ter visitado para conhecer, se tivesse ficado em qualquer outro bar ali do bairro teria sido mais barato e tão animado quanto. 

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@camiladarc Você fezbSantiago da CCVC,o quebrecomendo aqui é outra cidade,muito mais barata,sem os mercados municipais, restaurantes giratórios ou pátios bellavistas da vida. 

Não gosto do costanera,sou mais o parque Arauco,como diz chileno,o mas grande e ms importante mail de latino América.

Venha outra vez,não deixe de conhecer nunca o museu de arte pré colombina, o museu interactivo mirador e o histórico nacional.

1 semana pelo menos para se fazer tudo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@D FABIANO Fabiano, concordo, tenho que voltar haha Mas não teria tirado absolutamente nada do meu roteiro. Ainda que tenha ido em lugares mais caros, como o patio bellavista, acho que são pontos da cidade turístico e de grande valor visitá-los, pelo menos dar uma passada, no bellavista, como disse, não precisa comer por ali ou comprar nada. Mercado central eu apenas visitei, não almocei, não gastei um real (ou peso) por lá, e também acho um ponto turístico válido a ser conhecido, nada muito diferente de outros mercados centrais brasileiros, acredito, mas ainda assim, um ponto turístico. 

Realmente perdi museus, ficarão para a próxima (em breve, tomara!). Quanto ao costanera, meu objetivo não era ir em shopping, eu não gosto de visitar shoppings em viagens, exceto outlets, quando compensam, mas acabei visitando o costanera apenas porque quis ir no sky costanera, então aproveitei que estava lá e conheci brevemente o lugar, mas o objetivo realmente foi o sky. 

Quando ao giratorio, eu considero ter valido muito a pena. Não tanto quanto o Bali Hai, mas não teria excluído da programação, exceto se o dinheiro não fosse suficiente para ir nos dois, aí preferiria Bali Hai. Não sei qual a base de preço que levam em consideração, mas para mim, que paguei 26.000 pesos em um jantar para uma pessoa, e não aguentei terminar o prato, acho que por ter sido um restaurante turístico e ainda com excelente vista, valeu a pena total. Não fugiu de preços de um jantar em restaurantes da minha cidade, que não têm nada de turísticos ou vistas que se compare kkk.

Claro, minha viagem não foi "economia total", ultrapassou o orçamento de "mochilão" com baixo orçamento, mas também não saiu cara pra ser sincera. Ao final gastei R$1.500,00 na cidade, descontando apenas lembrancinhas, hostel e passagem, e mesmo indo em locais "caros". 

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@camiladarc Comer aqui por mais de 5000 pesos é caro,sempre falo aqui pratos bons variam entre 3000 a 5000 pesos.

Vivo ha 8 anos e sabe que nem sei aonde fica a maioria dessas coisas?Só ouço o povo rir de brasileiro que "se acha" e vem falando português.

Eles sabem disso,motivo pelo qual entram na onda,é o turismo "pega bobo" ou tonto em español.rsrs

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@D FABIANO que pena, está perdendo de conhecer ótimo lugares. Mas entendo, quem mora na cidade nunca valoriza os pontos turísticos mesmo, é normal. De qualquer forma, quanto aos pratos a minha média de alimentação foi mesmo 3.800 pesos, exceto nos dias em que não quis comer em qualquer lugar e fui para os “restaurantes pega tonto”, como diria você. E que, pra mim, valeram o investimento.

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

×