Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Posts Recomendados

Oi gente, tudo bem? Sou nova aqui e tô com muitas dúvidas. Quero viajar no final do ano dezembro - janeiro e fiz um roteiro porém como será minha primeira viagem não sei se será um roteiro viável. Está assim por enquanto:

Paris - 5 dias

Suiça/Berna - 3 dias

Bélgica/Bruges - 3 dias

Amsterdam - 3 dias 

Berlim - 4 dias

Viena - 3 dias  

 

Eu tinha colocado Roma, Barcelona e Madrid porém saiu do meu orçamento. 

Queria saber também se com 4 mil Reais que daria 800 euros dá pra se alimentar lá. E se dá tempo de eu planejar isso pois já estamos em agosto haha 

Obrigada gente ☺️

Compartilhar este post


Link para o post

Você tem algum compromisso em Berna?

Pois Berna está bem fora de mão neste roteiro, e vai lhe trazer algumas complicações na logística de transporte, alem de fazer o custo da viagem subir significativamente.

4 horas atrás, BeaChinaider disse:

Queria saber também se com 4 mil Reais que daria 800 euros dá pra se alimentar lá. 

Estes 800 euros seriem só para se alimentar?  Ou os gastos de hospedagem, metrô, ingressos e passeios também tem que sair destes 800 Euros?

Quanto que você vai gastar com comida varia muito em função das suas escolhas lá na hora, mas Paris, Bruxelas, Amsterdam e Viena são locais caros para se comer, e comer na Suíça é mais caro ainda!

Você pode fazer questão de almoçar e jantar todo dia num restaurante, pode querer passar 21 dias comendo miojo e mac donalds, pode querer cozinhar o seu jantar no hotel, etc...  

Ou seja, são muitas variáveis que influenciam o quanto que você vai gastar com comida.

Mas um almoço ou jantar num restaurante simples e barato, pedindo o prato do dia, com entrada + prato principal + algo para beber para ajudar a comida a descer, vai lhe custar em média uns 15 a 20 euros.

Claro que estes valores variam muito de acordo com o local que você escolher, um simples prato de espaguete ao sugo pode custar 8 euros num restaurante, e no restaurante ao lado custar 15 euros, mas o mínimo que você gastará num almoço/jantar num restaurante é algo entre 15 e 20 euros.

Na Suíça, este valor sobe para uns 25 a 30 Francos/Euros.

Lanche comprado na rua custa uns 3 a 4 Euros em média, mas na Suíça custa em média 6 francos/euros.

Um café, suco, refri, chá, etc, custa entre 2 e 5 euros dependendo do que você pedir e onde você for comprar...

Quando eu viajo, no café da manhã e jantar eu não me importo em comer lanche comprado na rua ou supermercado, mas no almoço eu tento sempre que possível comer "comida de verdade".

Eu também não tenho restrições a quase nada quando se trata de comida, e não me importo em comer em restaurantes baratos e simples, desde que pareçam limpos.

Sempre que viajo, de acordo com o meu perfil, eu separo uns 30 euros por dia para gastar com comida.

Alguns dias eu gasto um pouco mais, outros menos, mas no geral consigo manter os gastos com comida dentro do orçamento de 30 euros por dia.

Então no seu caso, 800 euros divididos por 21 dias, daria em torno de 38 Euros por dia.

Se for para gastar só com comida, eu diria que estaria relativamente folgado.

Se destes 38 euros também tiver que sair os gastos com passeios e ingressos, já fica meio mais apertado.

Pessoalmente eu separo 10 Euros por dia para passeios e ingressos, alguns dias gasto um pouco mais que 10 euros, em outros menos, mas na média dá uns 10 euros.

Isto fora da Suíça, pois os passeios legais na Suíça são muuuiiiitttoooooo caros!!!!!! 

Também leve em conta que você viaja no inverno, quando faz bastante frio na Europa, e diferente do verão onde você pode passar o dia todo na rua, sem gastar nada com ingresso, no inverno você não aguenta muito tempo na rua, depois de 30 ou 45 minutos na rua, passando frio, você geralmente está desesperado para entrar em algum lugar abrigado do frio, chuva e vento congelantes, e isto quase sempre envolve gastar dinheiro com ingressos.

Não podemos esquecer do metrô, Paris,  Berlin e Viena são cidades grandes e com as coisas muito espalhadas entre si, você não consegue evitar ter que usar metrô pelo menos 2 ou 3 vezes por dia.

E se as passagens do metrô tiverem que sair destes 38 euros, já vai ficando cada vez mais complicado...

Tem a hospedagem também, põe na conta uns 25 Euros em média por diária de quarto coletivo de hostel, e se este gasto também tiver que sair dos 800 euros, já fica bem complicado sobreviver com este dinheiro e ainda conseguir aproveitar algo por lá.

E ainda tem as passagens entre as cidades, e a Suíça onde tudo é super caro!

Ou seja, se estes 800 euros chegam, depende do eu perfil, do que você escolher e do que realmente entrar nesta conta.

Compartilhar este post


Link para o post
3 horas atrás, BeaChinaider disse:

E se dá tempo de eu planejar isso pois já estamos em agosto haha 

Isto vai depender da sua disponibilidade de tempo para procurar e reservar as coisas.

Mas dá sim tempo de planejar as coisas até Dezembro.

Eu só tentaria "fechar" um roteiro uns 60 ou 90 dias antes da sua viagem, pois as passagens de trem lá na Europa na maioria dos casos abrem para compra exatos 90 dias antes da data da viagem.

E quanto antes você comprar as passagens, mais baratas elas são, e depois que abriu para compra, a cada semana que passar as passagens mais baratas vão se esgotando, e os hosteis bons e baratos vão ficando cada vez mais lotados, podendo acabar sobrando só os ruins ou caros se for for reservar em cima da hora.

Compartilhar este post


Link para o post

@poiuy Oi, desculpa não ter explicado direito. Mas sim, esses 800 euros seriam somente para alimentação. Então teria que acrescentar mais uns 10 euros por dia para passeios. Obrigada por isso pois estava bem perdida. E acrescentar mais um pouco para passagens né? 

Mas sim os 800 seriam só para alimentação. 

Compartilhar este post


Link para o post

@poiuy ah e sobre Berna, seria uma cidade que eu queria conhecer mesmo, não sabia que era fora de mão. Pensei nela pq os hostels estava mais baratos e é perto de outras cidades de trem. 

Compartilhar este post


Link para o post

Cada pessoa tem seus interesses pessoais, mas a parte legal da Suíça não são as cidades, estas são muito parecidas com milhares de outras cidades europeias muito mais baratas e de fácil acesso.

A parte legal da Suíça são as montanhas, os lagos e os vilarejos alpinos, mas é aí que a coisa começa a ficar cara, só para se ter uma ideia, vou citar o custo de alguns dos passeios a montanhas mais populares na Suíça:

O passeio até a montanha Jungfraujoch em Interlaken custa uns 200 euros + mais a passagem para se chegar lá.

Visitar o Matterhorn em Zermatt custa uns 100 euros + o custo de chegar lá

Em Lucerna, Visitar o Monte Pilatus custa uns 80 Euros, o Monte Titlis 90 euros e o Monte Rige uns 40 Euros...

Se não bastasse isso, o clima nos Alpes é muito instável, hoje pode amanhecer fazendo um lindo dia de sol, e a tarde já estar tudo encoberto de nuvens e estar igual as imagens abaixo.

E em dezembro, durante o inverno, isto só piora, o clima fica mais frio ainda e mais instável ainda, então não dá para planejar nada antecipado, você tem que fazer as coisas conforme o clima permitir, ou seja, acordar, abrir a janela e olhar como está o tempo para decidir o que dá para fazer no dia.

Os trens na Suíça também são bem caros se comprar em cima da hora, então a melhor alternativa é comprar um Swiss Travel Pass, que lhe dá acesso gratuito aos trens e descontos bem generosos na maioria dos passeios.

Mas um Swiss Travel Pass também não é barato, custa uns 200 euros para 3 dias, mas mesmo assim ainda é mais barato que pagar as passagens de trem e passeios pelo preço cheio lá na hora.

Isto fora os gastos com alimentação é hospedagem, que são quase o dobro do restante da Europa.

Se você chegar lá com orçamento apertado, e sem dinheiro para fazer os passeios legais, as chances de ser uma viagem meio frustrante são grandes.

E mesmo fazendo tudo certinho, deixando o roteiro bem flexível, nesta época do ano que você vai viajar, ainda existe a chance de você pegar 3 dias dias de mau tempo, e não conseguir fazer e ver quase nada. eu morei 1 ano em Berna e sei como o clima era uma mer... no inverno. 

Em resumo, a Suíça é um lugar espetacular, foi um dos lugares mais bonitos que já visitei, mas não é um destino para orçamentos apertados, na Suíça os seus gastos vão para outro nível. então é recomendável você ter uma boa folga

 

2014-silentlyfree-interlaken-switzerland

20181022115511_1971468227_0.jpg?imwidth=

Compartilhar este post


Link para o post
15 horas atrás, BeaChinaider disse:

ah e sobre Berna, seria uma cidade que eu queria conhecer mesmo, não sabia que era fora de mão. Pensei nela pq os hostels estava mais baratos e é perto de outras cidades de trem. 

A maneira mais fácil de encaixar Berna no roteiro seria colocar no começo ou final do roteiro, algo como comprar uma passagem do Brasil x Zurich e a volta Viena x Brasil, ou ao contrário.

Ficando um roteiro mais ou menos assim; Brasil -> Zurich -> Berna -> Paris -> Bruxelas/Brugges -> Amsterdam -> Berlin -> Viena -> Brasil, ou ao contrário, começando por Viena e terminando por Zurich

O problema, é que passagens para Zurich e Viena costumam ser caras, e alem disto, você vai perder o dia da chegada em Zurich para passar na imigração e ir até Berna, e depois ir de trem até Paris, vai lhe consumir na melhor das hipóteses metade de outro dia, ou seja, os seus 3 dias em Berna, na prática, com sorte viram na verdade somente 1 dia e meio de tempo livre.

Se você começar o roteiro por Paris, a melhor forma de encaixar Berna seria entre alguma das outras cidades, por exemplo entre Paris e Bruxelas, entre Amsterdam e Berlin, ou entre Berlin e Viena.

Mas do mesmo jeito você vai perder 2 dias de viagem para chegar e sair de lá.
 

Se colocar entre Paris e Bruxelas, é um dia de viagem perdido indo de trem até Basel e depois pegar outro trem até Berna, e outro dia perdido voltando a Basel para pegar um voo low-cost até Bruxelas.

Se colocar entre Amsterdam e Berlin, ou entre Berlin e Viena, você também perde 2 dias de viagem para chegar e sair de Berna,  como é longe demais, é um dia para pegar um voo até Basel, Zurich ou Genebra e depois um trem até Berna, e na hora de ir embora de Berna, é a mesma coisa, um trem até Basel, Zurich ou Genebra e mais um voo até o seu próximo destino... 

Se colocar Berna antes ou depois de Viena, dá para ir de trem, mas não melhora muito, você tem que pegar um trem até Zurich e depois outro trem até o destino final, e isto também consome um dia inteiro.

Ou seja, Berna é complicação independente do que você escolha.

Compartilhar este post


Link para o post

Por falar nisto, você está esquecendo de descontar os dias de deslocamento.

Como eu já falei antes, o dia de chegada geralmente é um dia perdido, pois até você passar na imigração, ir até o centro, achar o seu hostel, fazer check-in e se acomodar no quarto, geralmente já está anoitecendo, e o dia foi perdido.

No dia da volta, dependendo do horário do seu voo, pode ser outro dia praticamente perdido onde você não consegue fazer quase nada, pois 4 horas antes do horário do seu voo, você tem que largar tudo e começar a se mexer para ir ao aeroporto.

Os deslocamentos entre cidades, na maioria das vezes também resultam um praticamente um dia inteiro perdido na estrada, você não estala os dedos e num passe de mágica se materializa na próxima cidade.

Na melhor das hipóteses você perde metade de um dia para ir de uma cidade para a outra, isto se os horários dos trens e voos ajudarem, se não ajudarem muito, você perde praticamente o dia inteiro.

Por exemplo, para ir de Berlin para Viena de trem, você sai de Berlin as 08:30 da manhã e chega em Viena as 16:30, quando já estará escuro.

Ir de ônibus também é uma viagem de 9 horas, e que sinceramente eu não encarraria num ônibus noturno com o frio que faz nesta época do ano.

Se optar por ir de avião, se você conseguir comprar o voo das 17:00 para Viena, perfeito, pois teria a manhã livre em Berlin e depois do almoço, lá pelas 14:00 você pegaria o rumo do aeroporto.

Mas se tiver que comprar o voo das 13:00, será um dia perdido, pois as 10:00 da manhã você já tem que começar se mexer para ir para o aeroporto, e até você chegar em Viena, desembarcar, ir até o centro, achar o seu hostel, fazer check-in, se acomodar no quarto, etc, já serão 16:30 ou 17:00, e já estará escuro, ou seja, um dia perdido.

Então uma boa prática é sempre reservar um dia para cada deslocamento entre cidades, ai se você conseguir otimizar os deslocamentos em horários bons, dá para aumentar o tempo em alguma cidade ou mesmo incluir um outro bate-volta.

A única exceção, seriamos deslocamentos curtos, como entre Paris e Bruxelas ou entre Bruxelas e Amsterdam, que são feitos em 2 horas de trem, como as estações de trem ficam no centro, e não precisa chegar 2 horas para o check-in e raio-x, dá para você pegar o trem as 08:00, e as 11:00 ja estar livre para passear, ou então ter o dia livre, e lá pelas 17:00, quando já estará escuro e tudo fechado mesmo, ir para a estação de trem e pegar o trem das 18:00 ou 19:00, e ainda chegar no destino num horário bom.

Compartilhar este post


Link para o post

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.



×
×
  • Criar Novo...