Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

  • 0

declarar dinheiro ao sair do brasil


Pergunta

  • Membros

oooi gente, bom dia!

então, no fim do ano que vem eu to planejando um mochilão pela europa, e há um tempo eu venho comprando euros até lá(sofrendo com a alta 😪

massssss a pergunta é a seguinte:

vou levar uma grande quantia e terei q declarar na RFB, POREM eu tenho uma quantia (uns 200 euros) que ganhei de presente de um parente, porém não tenho como declarar esses 200 pois não tenho nota fiscal de compra nem nada, alguém sabe se tem problema ou vou ter q vender e comprar de novo? 😫

Link para o post
Compartilhar em outros sites

10 respostass a esta questão

Posts Recomendados


  • 0
  • Membros

Realmente não sei se estes 200 Euros sem comprovante podem lhe causar algum problema com a Receita Federal se você tiver comprovantes do resto, mas concordo com a Samantha, pessoalmente eu nunca andaria com tanto dinheiro vivo comigo em uma viagem.

Nestes quase 20 anos de viagens, já viajei por "meio mundo", tanto aqui no Brasil, Europa, America do Sul e Norte, Africa e partes da Asia, e os únicos locais onde tive problemas com furtos e roubos foram São Paulo, Paris e Barcelona.

Mesmo eu estando alerta, bateram a minha carteira no metro de Paris, perdi a carteira com cartão de crédito e uns 100 euros que eu tinha separado para as despesas do dia.

Ainda em Paris, quando fui visitar a catedral de Sacre Coeur em Montmartre, fui cercado por um grupo de pessoas tentando vender fitinha, flores, chaveiros, etc, e enquanto eu estava distraído tentando me livrar deles, outro sujeito chegou sorrateiramente por trás de mim e tentou tirar a camera que estava no bolso da minha jaqueta, só não conseguiram concluir o furto, por que por sorte justo nesta hora uma moto do polícia passou e eles desistiram.

Em Barcelona, arrobaram o locker (armário onde você deixa as suas coisas) do hostel onde eu estava hospedado e reviraram as minhas coisas, por sorte não tinha nada de valor lá para eles levarem, tinha só o passaporte que o meliante não se interessou em levar, e um cartão de crédito de reserva escondido que acho que ele não achou ou não se interessou...

Em São Paulo, um ladrão passou correndo e arrancou a bolsa da minha esposa, levando carteira, celular, etc que estavam dentro da bolsa...

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0
  • Membros
51 minutos atrás, samanthavasques disse:

Sério que você está indo viajar com mais de 10mil reais no bolso amigo?

Melhor rever esse planejamento aí... 

medo 😳 vc acha melhor eu levar então num cartão pré pago ou etc? preciso de dicas kk 

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0
  • Membros de Honra
6 minutos atrás, felipeporto disse:

medo 😳 vc acha melhor eu levar então num cartão pré pago ou etc? preciso de dicas kk 

Com certeza. Lição para a vida, não só para viagens, você nunca pode guardar todo o seu dinheiro num lugar só, porque se der ruim, vai dar muito ruim rsrs

  • Vou acompanhar! 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0
  • Membros
23 minutos atrás, ALB disse:

Realmente não sei se estes 200 Euros sem comprovante podem lhe causar algum problema com a Receita Federal se você tiver comprovantes do resto, mas concordo com a Samantha, pessoalmente eu nunca andaria com tanto dinheiro vivo comigo em uma viagem.

Nestes quase 20 anos de viagens, já viajei por "meio mundo", tanto aqui no Brasil, Europa, America do Sul e Norte, Africa e partes da Asia, e os únicos locais onde tive problemas com furtos e roubos foram São Paulo, Paris e Barcelona.

Mesmo eu estando alerta, bateram a minha carteira no metro de Paris, perdi a carteira com cartão de crédito e uns 100 euros que eu tinha separado para as despesas do dia.

Ainda em Paris, quando fui visitar a catedral de Sacre Coeur em Montmartre, fui cercado por um grupo de pessoas tentando vender fitinha, flores, chaveiros, etc, e enquanto eu estava distraído tentando me livrar deles, outro sujeito chegou sorrateiramente por trás de mim e tentou tirar a camera que estava no bolso da minha jaqueta, só não conseguiram concluir o furto, por que por sorte justo nesta hora uma moto do polícia passou e eles desistiram.

Em Barcelona, arrobaram o locker (armário onde você deixa as suas coisas) do hostel onde eu estava hospedado e reviraram as minhas coisas, por sorte não tinha nada de valor lá para eles levarem, tinha só o passaporte que o meliante não se interessou em levar, e um cartão de crédito de reserva escondido que acho que ele não achou ou não se interessou...

Em São Paulo, um ladrão passou correndo e arrancou a bolsa da minha esposa, levando carteira, celular, etc que estavam dentro da bolsa...

socorro, nunca fui roubado em viagens (apesar de só ter viajado pela américa do sul e do norte)

como vc me recomendaria levar meu dinheiro? tô realmente em dúvida agora kk

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0
  • Membros
12 minutos atrás, samanthavasques disse:

Com certeza. Lição para a vida, não só para viagens, você nunca pode guardar todo o seu dinheiro num lugar só, porque se der ruim, vai dar muito ruim rsrs

eu tava fazendo umas contas aqui e acho que vou levar uma quantia relativamente menor que o valor que precisa pra declarar (pq vai q o euro sobe muito né kk 😳) e vou levar metade dessa quantia em dinheiro e metade num travel money, e um cartão de crédito pra emergências, acho que sai melhor e mais seguro assim

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0
  • Membros

 

1 hora atrás, ALB disse:

Realmente não sei se estes 200 Euros sem comprovante podem lhe causar algum problema com a Receita Federal se você tiver comprovantes do resto, mas concordo com a Samantha, pessoalmente eu nunca andaria com tanto dinheiro vivo comigo em uma viagem.

Nestes quase 20 anos de viagens, já viajei por "meio mundo", tanto aqui no Brasil, Europa, America do Sul e Norte, Africa e partes da Asia, e os únicos locais onde tive problemas com furtos e roubos foram São Paulo, Paris e Barcelona.

Mesmo eu estando alerta, bateram a minha carteira no metro de Paris, perdi a carteira com cartão de crédito e uns 100 euros que eu tinha separado para as despesas do dia.

Ainda em Paris, quando fui visitar a catedral de Sacre Coeur em Montmartre, fui cercado por um grupo de pessoas tentando vender fitinha, flores, chaveiros, etc, e enquanto eu estava distraído tentando me livrar deles, outro sujeito chegou sorrateiramente por trás de mim e tentou tirar a camera que estava no bolso da minha jaqueta, só não conseguiram concluir o furto, por que por sorte justo nesta hora uma moto do polícia passou e eles desistiram.

Em Barcelona, arrobaram o locker (armário onde você deixa as suas coisas) do hostel onde eu estava hospedado e reviraram as minhas coisas, por sorte não tinha nada de valor lá para eles levarem, tinha só o passaporte que o meliante não se interessou em levar, e um cartão de crédito de reserva escondido que acho que ele não achou ou não se interessou...

Em São Paulo, um ladrão passou correndo e arrancou a bolsa da minha esposa, levando carteira, celular, etc que estavam dentro da bolsa...

em barcelona vi uma turista oriental sendo assaltada dentro do metro

roubaram ela, e logo que ia fechar a porta do metro o meliante saiu correndo

porém conseguiram pegar ele antes de sair da estação

barcelona é um dos lugares mais perigosos na europa ocidental no quesito de furto

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0
  • Membros
1 hora atrás, felipeporto disse:

socorro, nunca fui roubado em viagens (apesar de só ter viajado pela américa do sul e do norte)

como vc me recomendaria levar meu dinheiro? tô realmente em dúvida agora kk

Também não precisa ficar paranoico, faça a mesma coisa que você faria aqui no Brasil, na sua cidade você teria coragem ou ficaria tranquilo e sem preocupação, ficando andando por ai com um monte de dinheiro no bolso, se sim, OK, caso contrário pense em outras alternativas.

Pessoalmente, eu levo no máximo uns 500 Euros em espécie, o resto eu levo em alguma forma de cartão e vou sacando nos caixas automáticos ou usando no cartão conforme a necessidade, pois tem várias situações no dia-a-dia durante uma viagem onde você vai precisar de alguns trocados de dinheiro em espécie, e também tem situações onde só aceita cartão de crédito...

Existem várias formas de levar o dinheiro no cartão, entre elas:

- Cartão pré-pago (Travel Money) em Euros, pode usar para compras direto no cartão ou sacar nos ATM
-Usar o cartão de débito da sua conta bancária brasileira para sacar dinheiro em espécie nos caixas automáticos, nem todos os bancos e cartões de débito vão permitir saque no exterior.
- usar direto o cartão de crédito ou sacar dinheiro do cartão de crédito, tem taxas salgadas para saques.
-Transferência via Western Union
-E várias outras...

Todas as opções tem taxas e impostos, mas infelizmente é o custo da segurança e de você poder relaxar e deitar a cabeça no travesseiro para dormir sem preocupação de ser furtado e ficar sem nada.

Em momentos momentos de muita variação cambial, eu preferiria usar o VTM, pois você "trava" a cotação no momento que fez a carga, e se o euro subir depois, não afeta mais você, em momentos mais tranquilos, com cotações mais estáveis, dá para usar e abusar do cartão de débito e crédito, que tem cotação de conversão do dia.

T  

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0
  • Membros
1 hora atrás, ALB disse:

Também não precisa ficar paranoico, faça a mesma coisa que você faria aqui no Brasil, na sua cidade você teria coragem ou ficaria tranquilo e sem preocupação, ficando andando por ai com um monte de dinheiro no bolso, se sim, OK, caso contrário pense em outras alternativas.

Pessoalmente, eu levo no máximo uns 500 Euros em espécie, o resto eu levo em alguma forma de cartão e vou sacando nos caixas automáticos ou usando no cartão conforme a necessidade, pois tem várias situações no dia-a-dia durante uma viagem onde você vai precisar de alguns trocados de dinheiro em espécie, e também tem situações onde só aceita cartão de crédito...

Existem várias formas de levar o dinheiro no cartão, entre elas:

- Cartão pré-pago (Travel Money) em Euros, pode usar para compras direto no cartão ou sacar nos ATM
-Usar o cartão de débito da sua conta bancária brasileira para sacar dinheiro em espécie nos caixas automáticos, nem todos os bancos e cartões de débito vão permitir saque no exterior.
- usar direto o cartão de crédito ou sacar dinheiro do cartão de crédito, tem taxas salgadas para saques.
-Transferência via Western Union
-E várias outras...

Todas as opções tem taxas e impostos, mas infelizmente é o custo da segurança e de você poder relaxar e deitar a cabeça no travesseiro para dormir sem preocupação de ser furtado e ficar sem nada.

Em momentos momentos de muita variação cambial, eu preferiria usar o VTM, pois você "trava" a cotação no momento que fez a carga, e se o euro subir depois, não afeta mais você, em momentos mais tranquilos, com cotações mais estáveis, dá para usar e abusar do cartão de débito e crédito, que tem cotação de conversão do dia.

T  

vtm é o visa travel money certo?

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 0
  • Membros
58 minutos atrás, felipeporto disse:

vtm é o visa travel money certo?

sim.

Existem vários cartões pré-pagos de várias bandeiras e emissores, e o pessoal chama de vários nomes, mas o Visa travel Money foi o primeiro e mais popular, e acabou virando "sinonimo" para cartão de viagem pré-pago em moeda estrangeira 

  • Gostei! 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
×
×
  • Criar Novo...