Ir para conteúdo

Posts Recomendados

  • Membros

Nós, Helder e Luan, estamos viajando pelo mundo. Passamos 5 noites em Paris e deixamos todas as nossas dicas e impressões no post abaixo:

Post extraído do nosso blog: https://brotherspelomundo.wordpress.com/2022/05/05/guia-mochileiro-de-paris-todas-as-nossas-dicas-impressoes-precos/?customize_changeset_uuid=32a395d8-3c1d-47ce-a0fd-9ff446682c97&customize_autosaved=on

Nosso insta: @brotherspmundoo (acompanhe essa aventura em tempo real).

Nosso canal do YouTube: https://www.youtube.com/c/BrotherspeloMundo/videos

Guia mochileiro em Paris

Total em Paris: 5 dias;

Total gasto: 212 euros, por pessoa. Média: 42,40 euros/dia.

Embora seja uma cidade cara e embora o Helder já a tenha visitado 5 anos atrás, Paris entrou em nosso roteiro por dois motivos: era o sonho do Luan e a cidade é incrível!

img_6321.jpg?w=768 Tomando um vinho na Escadaria da Opera de Paris

Ficamos hospedados no 9° arrondissement (distrito número 9 de Paris), no bairro chamado Rochechouart, aos pés do Montmartre e bem próximo à Basílica de Sacré-Cœur. Esse bairro, inclusive, foi o mesmo que o Helder se hospedou anteriormente e, justamente por sua boa localização, nos hospedamos por ali novamente – sendo possível visitar vários cartões postais de Paris a pé, por exemplo: Museu do Louvre (25 minutos), Galeria Lafayette (15 minutos), Opera de Paris (15 minutos) entre outros.

Nosso Guia Mochileiro em Paris – todas nossas dicas resumidas neste vídeo

Nosso hostel: Le Regent Montmartre. 25 euros/diária, cada um. Quarto compartilhado de 6 camas.

De modo geral, nossas dicas principais são:

  • Visitar a Torre Eiffel (de dia e de noite – se possível assista ao seu acender de luzes da torre);
  • Ir à Sacre Coeur, igreja localizada no ponto mais alto de Paris, com visitação gratuita. Além da incrível vista da cidade. Também ir de dia e à noite;
  • Aproveitar o primeiro domingo de cada mês para ir aos museus da cidade gratuitamente (exceção para os meses de verão) – Destaque para os Museus: Louvre, d’Orsay, l’Orangerie e Rodin.
  • Provar os doces: Éclair, Creme Brulée e Macaron;
  • Caminhar pela Champs-Élysées, passando pelo Arco do Triunfo (é possível subir nele e a vista de lá é incrível);
  • Visitar o bairro La Defense, o qual possui uma arquitetura contemporânea, porém não passam veículos (todos os automóveis passam pelos túneis sob o bairro);
  • Visitar o Jardim du Luxemburgo e o Pantheon (são próximos um ao outro) – veja nosso vídeo de pontos menos visitados abaixo;
  • Caminhar sem rumo pela cidade, caindo em ruas aleatórias – e lindas.

Resumo: é um destino mochileiro? Não! Afinal, é uma cidade cara. Mas dá para mochileiro visitar e se divertir sem gastar muito? SIM! Recomendamos – e muito!!

img_6284.jpg?w=768

Ficamos 5 noites e consideramos como permanência mínima: 3 noites.

Mercados: para quem procura cozinhar no hostel ou no Airbnb, Paris possui excelentes mercados com bons preços. Desde o famoso Carrefour (diversos Carrefour Express espalhados pela cidade e mercados maiores da mesma rede em alguns lugares específicos) até mercearias em praticamente toda esquina. Preços médios: Vinhos a partir de 2,50 euros (inclusive o JP Chenet, vendido a mais de 60 reais no Brasil), macarrão 500 g a partir de 0,80 euros e molho a partir de 2 euros. Nunca uma compra nossa custou mais do que 5 euros (para cada), mesmo comprando enlatados, frutas, lasanha congelada (3 euros), saladas prontas (1 euro) etc.

img_6318.jpg?w=768

Restaurantes: Para quem não viaja com muito dinheiro, como nós, parece algo muito longe desfrutar de um restaurante famoso, né?

Pois bem, de forma geral, nos esforçamos muito para economizar – sempre cozinhando nos hostels, ou comendo em lugares mais baratos. Entretanto, em Paris encontramos um restaurante famoso com preços justos: o Bouillon Julien. Restaurante aberto desde 1905 e que conta com uma arquitetura linda, pratos à preços justos e uma excelente experiência gastronômica.

Pedimos o único prato vegetariano presente no cardápio: nhoque! E valeu muito a pena!

Segue aí o cardápio e seus preços.

image.png?w=490 image-1.png?w=506

Escala Brothers:

Ao final de cada cidade que visitamos, damos uma nota para 5 itens diferentes, segundo a nossa percepção e experiência. Gerando, assim, uma nota total da cidade.

Segue nossa nota de Paris:

⁃ Vida noturna: 7,25. Essa cidade, definitivamente, não é para quem deseja cair na noite. Há, sim, excelentes bares, especialmente na região da Place de la Republique, mas nada comparado a outras cidades europeias, principalmente porque a maioria dos bares e casas noturnas fecham cedo.

⁃ Preços: 6,5 (hospedagens caras, passeios igualmente caros);

⁃ Mobilidade: 9 (uma estação de metrô a cada esquina, sendo possível visitar todos os pontos turísticos de metrô. Passagem barata: 1,90 euros);

⁃ Estrutura: 7,5 (cidade com excelente estrutura, mas com sujeira em muitos lugares e sensação de insegurança em determinados locais – especialmente próximo às estações de trem, como Gare du Nord. Iluminação pública ruim);

⁃ Atrações: 10 (para todos os gostos, realmente a cidade surpreende de tanta coisa que tem para fazer);

Média total: 8,05 (excelente cidade a diversos públicos)

Entre em todas as igrejas que você passar em frente! Todas! Sério! 90% de certeza de que seu interior será uma obra de arte. Exemplo a seguir:

img_6602.jpg?w=1024 Igreja de Santa Cecília, na qual entramos despretensiosamente

Andar por Paris é sem dúvida uma das melhores coisas a se fazer. Descobrir uma nova rua, uma nova praça, um novo canto que você não leu em blog nenhum, mas você achou incrível – aconteceu diversas vezes com a gente. E é a coisa mais legal da cidade!

Vá com a família, com amigos, em casal ou sozinho! O fato é: vá, ao menos uma vez na vida, à Paris! E depois nos conta como foi a experiência :)

img_6206.jpg

Editado por Helder Andrade
  • Gostei! 4
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Colaboradores
Em 06/05/2022 em 18:38, Helder Andrade disse:

Nós, Helder e Luan, estamos viajando pelo mundo. Passamos 5 noites em Paris e deixamos todas as nossas dicas e impressões no post abaixo:

Post extraído do nosso blog: https://brotherspelomundo.wordpress.com/2022/05/05/guia-mochileiro-de-paris-todas-as-nossas-dicas-impressoes-precos/?customize_changeset_uuid=32a395d8-3c1d-47ce-a0fd-9ff446682c97&customize_autosaved=on

Nosso insta: @brotherspmundoo (acompanhe essa aventura em tempo real).

Nosso canal do YouTube: https://www.youtube.com/c/BrotherspeloMundo/videos

Guia mochileiro em Paris

Total em Paris: 5 dias;

Total gasto: 212 euros, por pessoa. Média: 42,40 euros/dia.

Embora seja uma cidade cara e embora o Helder já a tenha visitado 5 anos atrás, Paris entrou em nosso roteiro por dois motivos: era o sonho do Luan e a cidade é incrível!

img_6321.jpg?w=768 Tomando um vinho na Escadaria da Opera de Paris

Ficamos hospedados no 9° arrondissement (distrito número 9 de Paris), no bairro chamado Rochechouart, aos pés do Montmartre e bem próximo à Basílica de Sacré-Cœur. Esse bairro, inclusive, foi o mesmo que o Helder se hospedou anteriormente e, justamente por sua boa localização, nos hospedamos por ali novamente – sendo possível visitar vários cartões postais de Paris a pé, por exemplo: Museu do Louvre (25 minutos), Galeria Lafayette (15 minutos), Opera de Paris (15 minutos) entre outros.

Nosso Guia Mochileiro em Paris – todas nossas dicas resumidas neste vídeo

Nosso hostel: Le Regent Montmartre. 25 euros/diária, cada um. Quarto compartilhado de 6 camas.

De modo geral, nossas dicas principais são:

  • Visitar a Torre Eiffel (de dia e de noite – se possível assista ao seu acender de luzes da torre);
  • Ir à Sacre Coeur, igreja localizada no ponto mais alto de Paris, com visitação gratuita. Além da incrível vista da cidade. Também ir de dia e à noite;
  • Aproveitar o primeiro domingo de cada mês para ir aos museus da cidade gratuitamente (exceção para os meses de verão) – Destaque para os Museus: Louvre, d’Orsay, l’Orangerie e Rodin.
  • Provar os doces: Éclair, Creme Brulée e Macaron;
  • Caminhar pela Champs-Élysées, passando pelo Arco do Triunfo (é possível subir nele e a vista de lá é incrível);
  • Visitar o bairro La Defense, o qual possui uma arquitetura contemporânea, porém não passam veículos (todos os automóveis passam pelos túneis sob o bairro);
  • Visitar o Jardim du Luxemburgo e o Pantheon (são próximos um ao outro) – veja nosso vídeo de pontos menos visitados abaixo;
  • Caminhar sem rumo pela cidade, caindo em ruas aleatórias – e lindas.

Resumo: é um destino mochileiro? Não! Afinal, é uma cidade cara. Mas dá para mochileiro visitar e se divertir sem gastar muito? SIM! Recomendamos – e muito!!

img_6284.jpg?w=768

Ficamos 5 noites e consideramos como permanência mínima: 3 noites.

Mercados: para quem procura cozinhar no hostel ou no Airbnb, Paris possui excelentes mercados com bons preços. Desde o famoso Carrefour (diversos Carrefour Express espalhados pela cidade e mercados maiores da mesma rede em alguns lugares específicos) até mercearias em praticamente toda esquina. Preços médios: Vinhos a partir de 2,50 euros (inclusive o JP Chenet, vendido a mais de 60 reais no Brasil), macarrão 500 g a partir de 0,80 euros e molho a partir de 2 euros. Nunca uma compra nossa custou mais do que 5 euros (para cada), mesmo comprando enlatados, frutas, lasanha congelada (3 euros), saladas prontas (1 euro) etc.

img_6318.jpg?w=768

Restaurantes: Para quem não viaja com muito dinheiro, como nós, parece algo muito longe desfrutar de um restaurante famoso, né?

Pois bem, de forma geral, nos esforçamos muito para economizar – sempre cozinhando nos hostels, ou comendo em lugares mais baratos. Entretanto, em Paris encontramos um restaurante famoso com preços justos: o Bouillon Julien. Restaurante aberto desde 1905 e que conta com uma arquitetura linda, pratos à preços justos e uma excelente experiência gastronômica.

Pedimos o único prato vegetariano presente no cardápio: nhoque! E valeu muito a pena!

Segue aí o cardápio e seus preços.

image.png?w=490 image-1.png?w=506

Escala Brothers:

Ao final de cada cidade que visitamos, damos uma nota para 5 itens diferentes, segundo a nossa percepção e experiência. Gerando, assim, uma nota total da cidade.

Segue nossa nota de Paris:

⁃ Vida noturna: 7,25. Essa cidade, definitivamente, não é para quem deseja cair na noite. Há, sim, excelentes bares, especialmente na região da Place de la Republique, mas nada comparado a outras cidades europeias, principalmente porque a maioria dos bares e casas noturnas fecham cedo.

⁃ Preços: 6,5 (hospedagens caras, passeios igualmente caros);

⁃ Mobilidade: 9 (uma estação de metrô a cada esquina, sendo possível visitar todos os pontos turísticos de metrô. Passagem barata: 1,90 euros);

⁃ Estrutura: 7,5 (cidade com excelente estrutura, mas com sujeira em muitos lugares e sensação de insegurança em determinados locais – especialmente próximo às estações de trem, como Gare du Nord. Iluminação pública ruim);

⁃ Atrações: 10 (para todos os gostos, realmente a cidade surpreende de tanta coisa que tem para fazer);

Média total: 8,05 (excelente cidade a diversos públicos)

Entre em todas as igrejas que você passar em frente! Todas! Sério! 90% de certeza de que seu interior será uma obra de arte. Exemplo a seguir:

img_6602.jpg?w=1024 Igreja de Santa Cecília, na qual entramos despretensiosamente

Andar por Paris é sem dúvida uma das melhores coisas a se fazer. Descobrir uma nova rua, uma nova praça, um novo canto que você não leu em blog nenhum, mas você achou incrível – aconteceu diversas vezes com a gente. E é a coisa mais legal da cidade!

Vá com a família, com amigos, em casal ou sozinho! O fato é: vá, ao menos uma vez na vida, à Paris! E depois nos conta como foi a experiência :)

img_6206.jpg

Feliz em ver um relato com uma pegada mais economia e realista! Muito legal a localização.

Apenas enriquecendo, os Bouillon`s foram restaurantes que surgiram na época da guerra com a proposta de oferecer comida barata e farta, claro que com o toque da culinária francesa... Existem vários. Tem um na parte debaixo de Montmartre que é fasntastico

Concordo bastante com sua avaliação! Reduziria a Nota da vida noturna para uns 6.0... Paris dorme cedo! E cá para nós odeio a pegada dos bares de coketeis em rooftops kkkk

Por fim, mesmo na pegada mochileiros.... acho que o paris Museum Pass vale muito a pena para quem se interessa por arte em geral!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros
18 horas atrás, Rafael_Salvador disse:

Feliz em ver um relato com uma pegada mais economia e realista! Muito legal a localização.

Apenas enriquecendo, os Bouillon`s foram restaurantes que surgiram na época da guerra com a proposta de oferecer comida barata e farta, claro que com o toque da culinária francesa... Existem vários. Tem um na parte debaixo de Montmartre que é fasntastico

Concordo bastante com sua avaliação! Reduziria a Nota da vida noturna para uns 6.0... Paris dorme cedo! E cá para nós odeio a pegada dos bares de coketeis em rooftops kkkk

Por fim, mesmo na pegada mochileiros.... acho que o paris Museum Pass vale muito a pena para quem se interessa por arte em geral!

Caramba, muito obrigado por complementar o post em relação ao restaurante!

Essa pegada de posts e videos com preços e dicas de economia tem sido a nossa intenção! Mochilar é bom demais, em baixo custo entao! Melhor ainda hahaha

Não deixa de se inscrever no nosso canal! Tem muita coisa bacana por vir ainda!

E mais uma vez obrigado pela força!

 

Nosso canal: https://www.youtube.com/c/BrotherspeloMundo/videos

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Helder Andrade changed the title to Guia mochileiro de Paris: todas as nossas dicas, impressões, preços… (2022)
  • Colaboradores
3 horas atrás, Helder Andrade disse:

Caramba, muito obrigado por complementar o post em relação ao restaurante!

Essa pegada de posts e videos com preços e dicas de economia tem sido a nossa intenção! Mochilar é bom demais, em baixo custo entao! Melhor ainda hahaha

Não deixa de se inscrever no nosso canal! Tem muita coisa bacana por vir ainda!

E mais uma vez obrigado pela força!

 

Nosso canal: https://www.youtube.com/c/BrotherspeloMundo/videos

Realmente gostei do lance da pontuação... muito bom!!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

×
×
  • Criar Novo...