Campo Grande - MS, o que fazer por aqui - com fotos !

Guias e troca de informações sobre destinos do estado de Mato Grosso do Sul


Alguns atrativos de Campo Grande - MS

Mensagem não lidapor ricardomoura » 08 Jan 2012, 17:05

ESTOU INDO PRA CAMPO GRANDE E FIZ UMA PEQUENA PESQUISA SOBRE ATRATIVOS DESSA CIDADE
GOSTARIA MUITO Q PESSOAS Q JA FORAM NESSES LUGARES OU CONHECE OUTROS LUGARES DESSE AKI SUAS DICAS!! ::otemo::

ALGUNS DOS ATRATIVOS DE CAMPO GRANDE-MS

Cachoeirinha
cachoeira situada próximo ao Shopping Eldorado Campo Grande.

Inferninho
tem várias cachoeiras, sendo muito apreciado por pessoas que gostam de esportes radicais como o rapel, trilhas, escaladas e outros.

Lago do Amor
já mereceu este nome: nos anos sessenta e setenta foi refúgio de lazer do campo-grandense, com bar, pedalinhos, e muita moça bonita. Ganhou esse nome por ser cenário frequente de namoros no carro, ao som, certamente, de ié-ié-ié. Atualmente está abandonado.

Lagoa do Parque
grande lago formado próximo à nascente do córrego Prosa.

Lagoa Itatiaia
quem mora próximo à lagoa freqüenta o local para contemplar a natureza, praticar exercícios físicos e livrar-se do estresse do dia-a-dia; o problema é que a lagoa, que foi revitalizada em dezembro de 2003, esta descuidada.

Parque Anhanduí
localizado na confluência do córrego Segredo com o córrego Prosa. Possui sede administrativa e teatro de arena.

Parque Ayrton Senna
o parque oferece um espaço amplo para eventos e exposições, além de contar com diversas quadras de esporte. O parque oferece também oficinas culturais para diversas faixas etárias.

Parque Cônsul Assaf Trad
são 258.800 m² de uma área contígua ao empreendimento em um parque com muito muito verde, 3 lagos, trilha, estações de alongamento, um playground e um anfiteatro. Depois de pronto, o parque foi doado ao município e passou a ser mais uma opção para passeios com a família e convívio com a natureza.

Parque Ecológico do Sóter
inaugurado no fim de 2.004, é um dos parques mais novos da cidade. Projetado como parque modelo, oferece área verde de 22 hectares, quadras poliesportivas, pista de skate e patinação, pista de cooper, ciclismo e quiosque com churrasqueira.

Parque Estadual do Prosa
anexo ao Parque das Nações Indígenas e Parque dos Poderes, possui área de 135 hectares onde fica a nascente do rio Prosa. Local com trilhas para pratica de esportes radicais. No mesmo parque esta situado o CRAS (Centro de Reabilitação de Animais Silvestres) e espaços para exposições e vendas de artesanatos regionais.

Parque Estadual Mata do Segredo
possui 177,58 hectares e utilizado também para fins de pesquisa científica, educação ambiental, recreação e turismo em contato com a natureza. Situada na zona norte de Campo Grande, pertence ao Exército.

Parque Florestal Antônio de Albuquerque
chamado também de Horto Florestal (desde 1956), o parque possui uma área verde de 4,5 hectares. Abriga espaço de lazer e várias espécies de árvores nativas, preservando suas características próprias. O local dispõe de orquidário, espelho d’água com espaço para manifestações culturais, pista de bicicross, pista de skate, teatro de arena coberto para atividades múltiplas, projeto de reflorestamento e paisagismo, biblioteca pública e centro de convivência para idosos.

Parque Jacques da Luz
o parque oferece um espaço amplo para eventos e exposições, além de contar com diversas quadras de esporte. O parque oferece também oficinas culturais para diversas faixas etárias.

Parque das Nações Indígenas
considerado o maior parque urbano do mundo, com uma extensão de 119 hectares, o local oferece infra-estrutura adequada para a prática de lazer e esporte. Possui uma pista asfaltada para caminhada de 4000m, quadra de esportes, pátio para skate e patins, sanitários, lanchonetes, policiamento e um grande lago formado próximo à nascente do córrego Prosa. Disponibiliza também um local destinado a shows e apresentações.

Parque dos Poderes
possui como característica a paisagem do cerrado. Os pequenos prédios que abrigam os diversos setores da administração estadual se espalham ao longo das avenidas, dando ao conjunto aspecto de perfeito equilíbrio ambiental.

Praça Ary Coelho
localizada no centro da capital, o local abrigou o primeiro cemitério de Campo Grande (na época, arraial de Santo Antônio), tornando-se praça em 1909 com o novo traçado da cidade. Em 1954 recebeu o nome de Praça Ary Coelho em homenagem ao Prefeito de Campo Grande, assassinado em 1952, em Cuiabá-MT

Praça Cuiabá
conhecido também por Monumento Cabeça de Boi, seu traçado topográfico foi feito em 1923, no início da construção dos quartéis e da Vila Militar do Exército. O local, na época da inauguração do Coreto (1925), ainda não era uma praça, mas apenas uma rotatória na confluência das ruas Dom Aquino, Marechal Rondon e Duque de Caxias.

Praça das Araras: dispõe de quadra esportiva, espelho d'água, parque infantil e o monumento das araras. Também conhecida como Praça União. Foi inaugurada junto com o Mercado Municipal em 1964.

Praça Esportiva Belmar Fidalgo
possuindo toda infra-estrutura esportiva, foi construído em 1933 como estádio de futebol. Em 1987, tornou-se uma praça esportiva. Em 1994, o local passou por uma grande reforma. Na Praça Esportiva Belmar Fidalgo existem duas quadras poli esportivas, arena para quadras de areia, pista de cooper, banheiros, duchas, campo de futebol suíço, playground infantil, área para ginástica, lanchonete, sede administrativa, muito verde e uma forte iluminação.

Praça dos Imigrantes
a praça é dividida em duas partes uma com lanchonete e banheiros e outra com 30 estandes onde são vendidos trabalhos artesanais. Neste local, ainda há um mini palco que é utilizado para apresentações em dias comemorativos, como Dia das Mães, Dia do Artesão e Dia do Índio, entre outras.

Praça Oshiro Takemori
na praça funciona a Feira Indígena, que possui três quiosques em formato de oca onde são comercializados produtos naturais (raízes medicinais, palmito, variedades de pimenta, milho verde, abóbora, conservas de pequi, etc) e peças de artesanato indígena. Possui um espaço para eventos que comporta 500 pessoas.

Praça da República
conhecida como Praça do Rádio, por ficar em frente á sede do Rádio Clube. O terreno pertencia à Diocese de Campo Grande, que fez uma permuta com a Prefeitura Municipal para a construção da Praça da República. No local, costumam acontecer feiras e shows musicais. A praça também abriga uma pequena loja de artesanato regional.

Praça Vilas Boas: conhecida também como praça do peixe, por ter um formato semelhante á de um peixe. Foi toda revitalizada e é mantida pelos moradores. O Bairro Vilas Boas concentra muitos artistas- plásticos, artesãos e músicos.

City Tour
é o ônibus turístico que atende a cidade. O desenho do coletivo é o grande destaque e foi desenvolvido pela empresa Marcopolo. O modelo é um Viale Double Decker SUNNY de dois andares, sendo o piso superior aberto, o que possibilita aos passageiros uma vista razoável de todos os pontos turísticos.

Monumento do Aviador
o avião foi usado na Segunda Guerra Mundial, que guarda a entrada da Base Aérea, homenageando o Tenente Aviador Chaves Filho, Sub Comandante da Base.

Catedral de Nossa Senhora da Abadia
construída por volta de 1880, sendo a primeira igreja construída na cidade e é homenagem ao santo protetor de José Antônio Pereira, fundador da cidade.

Igreja de São Benedito
a igreja está intimamente ligada a ex-escrava Eva Maria de Jesus, a Tia Eva. Líder de sua comunidade, ela construiu a igreja em 1910 para pagar uma promessa feita a São Benedito. A igreja foi decretada Patrimônio Cultural de Campo Grande em junho de 1998.

ATÉ AGORA FOI O Q CONSEGUIR ARRUMAR ::lol3::
''A vida me ensinou a dizer adeus às pessoas que amo, sem tirá-las do meu coração.''
Avatar do usuário
ricardomoura
 
Mensagens: 16
Desde: 18 Jan 2011, 20:16
Localização: Agora Ládario MS

Re: ALGUNS DOS ATRATIVOS DE CAMPO GRANDE-MS

Mensagem não lidapor ricardomoura » 08 Jan 2012, 17:16

TAMBEM ALGUNS LUGARES PRA HOSPEDAR

Harbor Self Buriti Suítes
Rua Antônio Maria Coelho, 2301 B - Fone: 67 3026-2211 -

Hotel Advanced
Av. Calógeras, 1909 - Centro Fone: 67 3321-0476 -

Hotel Brumado
Av. Afonso Pena, 743 - Centro Fone: 67 3041-2222 - 67 3041-2200

Hotel Concord
Av. Calógeras, 1624 - Centro Fone: 67 3321-2999 -

Hotel Galli
Av. Afonso Pena, 754 - Centro Fone: 67 3382-6555 -

Hotel Gaspar
Av. Mato Grosso, 02 - Centro Fone: 67 3383-5121 -

Hotel Golfo
Rua Barão do Rio Branco, 342 - Centro Fone: 67 3382-0217 -

Hotel Iguaçu
Rua Dom Aquino, 761 - Centro Fone: 67 3322-4621 - 67 3321-3215

Hotel Internacional
Rua Allan Kardek, 213 - Amambai Fone: 67 3384-4677 -

Hotel Metropolitan
Av. Ernesto Geisel, 5100 - Centro Fone: 67 3389-4600 -

Hotel Paulista
Rua Joaquim Nabuco, 233 - Vila João Fone: 67 3321-1877 -

Hotel Roma
Avenida Redentor, 213 - - Fone: 67 3042-1264 -

Hotel Vale Verde
Av. Afonso Pena, 106 - Fone: 67 3041- 3355 -

Hotel Village
Rua Dom Aquino, 802 - Centro Fone: 67 3383-2075 -

Jandaia Hotel
Rua Barão do Rio Branco, 1271 - Centro Fone: 67 3316-7700 -

LM Hotel Pousada
Rua XV de Novembro, 201 - Fone: 67 3321-5207 -

Ms Hotel
Rua Marechal Rondon, 1396 - Vila Cidade Fone: 67 3383-2841 -

Palace Hotel
Rua Dom Aquino, 1501 - Centro Fone: 67 3384-4741 - 67 3383-4336

Pousada Cachoeira do Campo
Rua José Antônio, 1339 - Centro Fone: 67 3721-2245 -

Pousada Dallas
Av. Roseira, 488 - - Fone: 67 3380-5572 -

Pousada do Castelo
Av. Afonso Pena, 2081 - Centro Fone: 67 3325-8222 -

Turis Hotel
Rua Trindade, 322 - Vila Progresso Fone: 67 3342-1522 -

ESPERO AJUDAR.
''A vida me ensinou a dizer adeus às pessoas que amo, sem tirá-las do meu coração.''
Avatar do usuário
ricardomoura
 
Mensagens: 16
Desde: 18 Jan 2011, 20:16
Localização: Agora Ládario MS

Re: ALGUNS DOS ATRATIVOS DE CAMPO GRANDE-MS

Mensagem não lidapor FIREFIGHTER » 08 Jan 2012, 19:21

VENHO PARA CÁ PARA TRABALHAR, VOU SER SINCERO NO QUE EU VEJO AQUI:
- OS TURISTAS PRATICAMENTE NÃO FICAM AQUI, VÃO DIRETO PARA O PANTANAL (BONITO E JARDIM).
- PARA CONHECER A CIDADE 3 DIAS PODE ATÉ SER MUITO.
- CITY TOUR É INTERESSANTE PQ VC TEM UMA VISÃO DA CIDADE.
- PRAÇA ARI COELHO ESTÁ FECHADA PARA OBRAS.
- LAGO DO AMOR (ESGOTO DA UFMS) NÃO TEM ATRATIVO NO LOCAL.
- CACHOEIRA DO INFERNINHO (LOCAL DE DESOVA DE CADAVERES) SÓ OUVI FALAR PQ HOUVE UM ACIDENTE COM MORTE NO MÊS PASSADO. PARECE INTERESSANTE FICA EM PROPRIEDADE PRIVADA NA BEIRA DE UMA RODOVIA FEDERAL.
RESUMINDO: A PREFEITURA DIZ QUE QUER FAZER O TURISTA FICAR AQUI ANTES DE IR PARA O PANTANAL, MAS NA MINHA OPINIÃO FALTA MUITO PARA ISSO.
É MINHA OPINIÃO SOBRE A CIDADE, MAS SE QUISER ALGUMA OUTRA INFORMAÇÃO É SÓ PERGUNTAR.
Avatar do usuário
FIREFIGHTER
 
Mensagens: 14
Desde: 13 Mar 2009, 13:49
Localização: São Paulo-SP

Re: ALGUNS DOS ATRATIVOS DE CAMPO GRANDE-MS

Mensagem não lidapor ricardomoura » 09 Jan 2012, 13:15

VLW CARA PELAS DICAS!!! É PELO JEITO É ME CONTENTAR SÓ COM CITY TOUR MESMO E UMA PASSADINHA NO SHOP SO PRA FALAR QUE PASSEI POR CAMPO GRANDE!! ::tchann::
''A vida me ensinou a dizer adeus às pessoas que amo, sem tirá-las do meu coração.''
Avatar do usuário
ricardomoura
 
Mensagens: 16
Desde: 18 Jan 2011, 20:16
Localização: Agora Ládario MS

Re: ALGUNS DOS ATRATIVOS DE CAMPO GRANDE-MS

Mensagem não lidapor brunommiranda » 11 Jan 2012, 16:19

Além do City Tour, recomendo que visite Parque das Nações Indígenas, la da para dar uma caminhada tranquilo, com um pouco de sorte poderá ver animais como tatu, quati e capivaras passeando pelo parque, no fim de semana pode ser que esteja acontecendo algum evento cultural, rolam vários shows lá durante o ano, com entrada franca e quase sem malacos. Parque dos Poderes é legal para dar uma caminhada durante o dia tem bastante mato e é quase sempre bem fresquinho lá não tem muita coisa para ver, particularmente eu gosto de dar uma espiada no Palácio das Comunicações, tenho umas lembranças da infância quando vou lá. Casas dos Baís também é uma opção legal, é uma residencia histórica que virou centro cultural fica no centro, vale a pena dar uma passada.

Uma opção legal por aqui são os hotéis fazenda e fazendas para Day Use, tem várias opções em um raio de 30 km da cidade, algumas tem opção de pernoite em barracas ou chalés outras só o day use mesmo. A última que eu fui era a fazenda Pontal das Aguas, bem legal para adultos e crianças, incluso no pacote estavam: Café da manhã (com direito a arroz carreteiro), Almoço, e Café da tarde, tudo bem servido, passeio a uma cachoeira com banho liberado, caminhadas pela fazenda, algumas oficinas, dava para fazer coisas como ordenhar vacas e fazer pão... ainda tinha piscina, redário e quadras liberadas, atividades como arvorismo e boia cross eram pagas a parte aleḿ das bebidas. O day use me custou 60 reais fui com meu filho de 2 anos e ele não paga nada :)

Para balada tem algumas opções, dependendo do seu gosto, mas o cardápio é limitado, agora em janeiro vai ter Fat Boy Slim aqui, se não me engano dia 27 , um prato cheio para quem curte musica eletrônica eu só não vou porque estou na economia para minha trip de fevereiro.
brunommiranda
 
Mensagens: 13
Desde: 06 Mai 2011, 10:58

ALGUNS DOS ATRATIVOS DE CAMPO GRANDE-MS

Mensagem não lidapor ricardomoura » 16 Jan 2012, 16:42

vlw pela dica gostei mesmo da fazenda vou pra lá mes que vem! ::hãã::
''A vida me ensinou a dizer adeus às pessoas que amo, sem tirá-las do meu coração.''
Avatar do usuário
ricardomoura
 
Mensagens: 16
Desde: 18 Jan 2011, 20:16
Localização: Agora Ládario MS

Re: ALGUNS DOS ATRATIVOS DE CAMPO GRANDE-MS

Mensagem não lidapor brunommiranda » 18 Jan 2012, 15:36

Não deixe também de visitar a Feira Central, lá você pode comer um prato típico daqui de Campo Grande, o Sobá, uma adaptação de um prato japonês feita pelos primeiros imigrantes que se estabeleceram aqui.
Se não me engano a feira funciona domingo e de quarta à sábado.
Editado pela última vez por brunommiranda em 20 Jan 2012, 21:58, em um total de 1 vez.
brunommiranda
 
Mensagens: 13
Desde: 06 Mai 2011, 10:58

Re: ALGUNS DOS ATRATIVOS DE CAMPO GRANDE-MS

Mensagem não lidapor ricardomoura » 19 Jan 2012, 15:48

Isso é verdade ouvir muito falar dessa feira
''A vida me ensinou a dizer adeus às pessoas que amo, sem tirá-las do meu coração.''
Avatar do usuário
ricardomoura
 
Mensagens: 16
Desde: 18 Jan 2011, 20:16
Localização: Agora Ládario MS

Re: Alguns atrativos de Campo Grande - MS

Mensagem não lidapor cicero silva » 28 Mar 2012, 15:46

Meu caro Ricardo
Moro em Campo Grande há 30 anos, e posso garantir, que em termos de turismo, não se tem absolutamente nada. Sem falar que é uma cidade extremamente chata em termos de diversão, tem uma elite estúpida e uns administradores que olham pro traseiro. Por outro lado, é uma cidade limpa, moderna, não violenta, sem favelas, com lindas avenidas e extremamente arborizada, sem falar que é uma cidade de padrão de vida elevado.
Se eu fosse viajante, e chegasse aqui, o único lugar que me encantaria seria a feira. Trata-se de uma feira totalmente diferente dos mercados públicos, das feiras-livres de qualquer cidade brasileira... A feira central, como é conhecida, é coisa de primeiro mundo.
Você vai perceber tanta estupidez aqui que no final terminará dando risada.
Vou te dar só dois exemplos: aqui tem umas praças enormes, limpas, arborizadas, seguras, ajardinadas com flores belíssimas... tudo bem. Aí não tem banco, não pode sentar ou pisar na grama, não pode ter banca de revista, não pode vender picolé, nem algodão-doce nem pipoca, nem água mineral, não tem cachorro quente, não tem fotógrafo lambe-lambe, não pode vender sorvete... te pergunto, pra q serve esta praça? vc mesmo responde: pros drogados.
Aqui tem um parque enorme -Parque nas Nações Indígenas - quase do tamanho do central parque... é a mesma coisa, um deserto... não tem restaurante, lanchonete, sorveteria, pipoqueiro, vendedor de quebra-queixo, não pode andar de bicicleta, não pode soltar pipa, não tem banheiro, não pode urinar na grama, não tem palhaços, não têm índios... é uma desgraça, é tudo proibido.
Os barzinhos não podem por mesas na calçada, mesmo com a temperatura de 40 graus do verão. Só com liminar rsrsrsrs
Enfim, colega, terei o maior prazer de receber vc, ou qualquer pessoa deste imenso brasil em minha casa, fazer um suculento churrasco e tomar uma bem geladinha. Agora, se a idéia for fazer turismo em Campo Grande, por favor desista, não vale a pena.
Um abraço
Cicero
cic.antonio@hotmail.com
cicero silva
 
Mensagens: 15
Desde: 15 Fev 2012, 16:15

Re: Alguns atrativos de Campo Grande - MS

Mensagem não lidapor THIAGO FERREIRA » 14 Jul 2012, 04:35

cicero silva escreveu:Meu caro Ricardo
Moro em Campo Grande há 30 anos, e posso garantir, que em termos de turismo, não se tem absolutamente nada. Sem falar que é uma cidade extremamente chata em termos de diversão, tem uma elite estúpida e uns administradores que olham pro traseiro. Por outro lado, é uma cidade limpa, moderna, não violenta, sem favelas, com lindas avenidas e extremamente arborizada, sem falar que é uma cidade de padrão de vida elevado.
Se eu fosse viajante, e chegasse aqui, o único lugar que me encantaria seria a feira. Trata-se de uma feira totalmente diferente dos mercados públicos, das feiras-livres de qualquer cidade brasileira... A feira central, como é conhecida, é coisa de primeiro mundo.
Você vai perceber tanta estupidez aqui que no final terminará dando risada.
Vou te dar só dois exemplos: aqui tem umas praças enormes, limpas, arborizadas, seguras, ajardinadas com flores belíssimas... tudo bem. Aí não tem banco, não pode sentar ou pisar na grama, não pode ter banca de revista, não pode vender picolé, nem algodão-doce nem pipoca, nem água mineral, não tem cachorro quente, não tem fotógrafo lambe-lambe, não pode vender sorvete... te pergunto, pra q serve esta praça? vc mesmo responde: pros drogados.
Aqui tem um parque enorme -Parque nas Nações Indígenas - quase do tamanho do central parque... é a mesma coisa, um deserto... não tem restaurante, lanchonete, sorveteria, pipoqueiro, vendedor de quebra-queixo, não pode andar de bicicleta, não pode soltar pipa, não tem banheiro, não pode urinar na grama, não tem palhaços, não têm índios... é uma desgraça, é tudo proibido.
Os barzinhos não podem por mesas na calçada, mesmo com a temperatura de 40 graus do verão. Só com liminar rsrsrsrs
Enfim, colega, terei o maior prazer de receber vc, ou qualquer pessoa deste imenso brasil em minha casa, fazer um suculento churrasco e tomar uma bem geladinha. Agora, se a idéia for fazer turismo em Campo Grande, por favor desista, não vale a pena.
Um abraço
Cicero
cic.antonio@hotmail.com


Olá, sou nascido em Campo Grande e sempre morei aqui. Concordo contigo que a cidade não tem muitas opções para o turismo, meus parentes mesmo, quando vem de SP, só visitam o Mercadão municipal, Parque das nações, Lago do amor, e acho que é só. Depois costumam ir visitar o Pantanal como a maioria dos turistas.
Com relação as parques é quase isso mesmo. Mas por varias vezes fui ao Parque das Nações para eventos culturais ou até mesmo só para um tereré, ou cervejinha mesmo e não fui perturbado. Mas banheiros públicos realmente faltam em toda a cidade. Dentro do Parque das nações tem a Concha Acústica Helena Meireles onde acontecem alguns shows musicais com artistas locais, sempre gratuitos e você pode levar sua bebida. Para conferir a programação é só clicar no link: http://www.fundacaodecultura.ms.gov.br/index.php?inside=1&tp=3&show=4924
Aqui alguns videos que fiz na Concha, mal filmado mas serve pra ilustrar:



Todo mês acontecem também os shows do "Ms canta Brasil" com artistas/bandas conhecidas em todo o país:




Barzinho com mesa na calçada eu recomendo o Mercearia, cerveja sempre gelada de todos os tipos e porções variadas de petiscos, nunca tive problemas com o atendimento e se gostar pode assistir um futebolzinho, lá também tem. Aqui: http://www.barmercearia.com/
Agora se for para dançar e curtir um samba de raiz, chorinho, sambarock... Recomendo o Barbaquá. Velha e boa receita, cerveja gelada e musica agradável. Aqui: http://www.barbaqua.com.br/
Convite de um dos grupos que tocam lá:

A maioria dos bares ficam na Av. Afonso Pena ou bem perto dela, poderia sitar vários aqui, mas vai do gosto de cada um. Vale a pena perguntar onde ficam os lugares, e de preferência insistir pq o pessoal aqui costuma ser bem "jacu" mesmo.
Lugar pra se divertir sempre tem, mas é mais fácil de achar pra quem é daqui. ::putz::
Avatar do usuário
THIAGO FERREIRA
 
Mensagens: 4
Desde: 12 Jun 2008, 02:26
Localização: Campo Grande MS

Campo Grande - MS, o que fazer por aqui - com fotos !

Mensagem não lidapor Fernanda Gotz » 20 Jul 2012, 13:10

Resolvi criar o tópico pra falar da cidade onde moro, tenho um caso de amor e ódio com Campo Grande ( apesar de ódio ser uma palavra meio forte e exagerada para o caso rsrs).
A cidade é muito tranqüila, é uma capital com ares de interior, pacata, segura, limpa, organizada , com ruas largas e arborizadas. Não temos favelas em Campo Grande e nos orgulhamos disso.
Não temos (tantos) problemas de violência como as outras capitais. Dificilmente você será assaltado por aqui, só se der muita bobeira mesmo !
É muito fácil se locomover por aqui, mesmo de ônibus. ( Não temos metrô )

Imagem
Imagem
Imagem

Bom, depois dessa apresentação para situar vocês na cidade morena, como é carinhosamente chamada por aqui, vamos ao que interessa... o que tem pra fazer nessa cidade ?
É ai que começa minha “implicância”... realmente não tem muito o que fazer por aqui... dá pra conhecer a cidade em um dia... Campo Grande geralmente é ponto de partida para quem está de passagem rumo a Bonito, Pantanal, Corumbá, Bodoquena, Jardim, Rio Verde, Costa Rica...
( Maiores informações sobre essas cidades neste relato: mato-grosso-do-sul-alem-de-bonito-e-pantanal-t74075.html
Sobre Bonito : bonito-ms-para-quem-quer-gastar-pouco-t61100.html)

Quem chega de avião será recebido por uma escultura com 3 tuiuiús em frente ao aeroporto, passará pela bela avenida Duque de Caxias, que corta os principais batalhões do exército, com seus prédio históricos, e chegará até a Avenida Afonso Pena, a principal avenida daqui, que corta a cidade de ponta a ponta e onde tudo acontece, os melhores barzinhos com música ao vivo ( como o Miça, o Bodega e o Valley) ficam lá.

Imagem
Escultura dos tuiuiús em frente ao aeroporto

Imagem Av Duque de Caxias
Imagem Av Afonso Pena
Imagem Av Afonso Pena - centro

Seguindo pela Afonso Pena chegará no centro da cidade, passará pela Casa do Artesão, Camelódromo, Morada dos Baís, as duas principais praças ( Ari Coelho e Rádio Clube), continuando nessa avenida chegará até os altos da Afonso Pena.

Quem pegar ônibus em frente ao aeroporto e descer no centro, de preferência no ponto da praça Ari Coelho, consegue visitar todos esses pontos turístico a pé, são perto um do outro, ou pode descer em frente a Morada dos Baís e pegar o city tour que inicia os passeios por lá.
Vou falar um pouco sobre cada um deles:

A Morada dos Baís : A antiga residência da família de Bernardo Franco Baís, construída entre 1913 e 1918, foi um dos primeiros sobrados em alvenaria na região. O local exibe afrescos pintados por Lídia Baís, filha do patriarca, e foi aberto ao público em 1995. Na Morada dos Baís fica o Centro de Informações Turísticas e Culturais da cidade, além de espaços para exposições.
Uma curiosidade : o dono do sobrado,Bernardo Franco Baís, foi quem trouxe os trilhos de trem para a cidade, agora foram removidos, mas antigamente o trem passava em frente ao sobrado e o Bernardo acabou morrendo atropelado pelo trem, olha a ironia ! Não sei se a história é verdadeira, foi o que me falaram na escola rsrs
Horário de Funcionamento: de 3ª a sábado das 8h às 19h. Domingo das 9h às 12h. Gratuito.
Imagem Morada dos Baís
Imagem
ImagemNo Natal fica linda !

Bem em frente a Morada, basta atravessar a rua, fica o Camelódromo da cidade, um "prédio" de dois andares onde é possível encontrar de TUDO! Quem estiver precisando de algum "importado" ou alguma bugiganga de qualidade tem por lá... por preços bem competitivos devido as proximadades da capital com a Bolivia e Paraguay.

Imagem Camelódromo
Imagem

Saindo do Camelódromo e subindo uma quadra você encontrará a Casa do artesão, que obviamente vende artesanato, dos mais variados tipos e valores, vale a pena passar por lá, é um prédio antigo e histórico, de 1923, da última vez que fui fiquei encantada, tudo muito bem feito, por preços bons. Pra quem gosta de um souvenir de viagem, na casa do artesão são bem mais baratos do que nas lojas do aeroporto.
Informações: (67) 3383-2633 Atendimento: segunda-feira a sábado às 08h e às 18h

Imagem Casa do Artesão
Imagem
Imagem
Imagem

Atrás do Camelódromo fica o Mercado Municipal de CG, ou Mercadão, como se diz por aqui, lá tbm é possivel encontrar muitas especiarias, temperos, artesanato, doces caseiros em barra ou compota, comer os famosos pastelões ... em frente ao Mercado Municipal existe uma praça conhecida como praça dos bugres, uma feira indigena, onde ficam uns índios vendendo produtos agricolas trazidos das aldeias, o famoso feijão de bugre ( um feijão verde) é encontrado por lá
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem Feira indígena
Imagem Imagem

Voltando até o camelódromo e subindo uma quadra, você chega na Praça Ari Coelho, que passou recentemente por um processo de revitalização.
Uma curiosidade: a praça Ari Coelho foi o primeiro cemitério da cidade ::ahhhh::

Imagem Praça Ari Coelho
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem Parquinho
Imagem Área para terceira idade

Subindo mais duas quadras chega na Praça do Rádio Clube. Na rua lateral ( em frente a praça), fica o Museu Dom Bosco, ou museu do Indio, que tem um acervo bem grande e diversos animais empalhados, inclusive as famosas onça pintada e a enorme sucuri.

Imagem Praça do Rádio Clube
Imagem
Imagem
Para ter uma idéia de como os lugares são pertos, na foto acima, que tem o relógio ao centro, do lado esquerdo fica a casa do artesão, atravessando a rua e descendo uma quadra temos a Morada do Bais, em frente o Camelódromo (ponto laranja no lado direito da foto). Uma quadra pra cima do relógio fica a praça Ari Coelho,subindo mais duas quadras a Praça do Rádio e o Museu Dom Bosco.

Meu lugar preferido na cidade é o Parque das Nações Indígenas, nos altos da Avenida Afonso Pena.

Os altos da Afonso Pena, como é conhecido por aqui, é ponto de encontro para quem quer paquerar, ouvir música ao ar livre, namorar, fazer piquenique, caminhadas, levar o cachorro ou as crianças pra passear, andar de bicicleta, patins, tomar água de coco, comer um churros ou tomar o famoso tereré ( mate gelado) ... ver um belo pôr do sol... você encontra de tudo um pouco por lá.

Imagem Altos da Afonso Pena e seu belo pôr do sol
Imagem

O parque das nações indígenas,segundo pesquisa na internet : “É considerado um dos maiores parques (dentro de um perímetro urbano) do mundo, com uma extensão de 119 hectares. Oferece infra-estrutura adequada para a prática de lazer, diversão e esporte. Dispõe de quadra de esportes, pátio para skate e patins, sanitários, pista asfaltada para caminhada de quatro mil metros, e um grande lago formado próximo à nascente do córrego Prosa. Dispõe também de local para apresentações, além do Monumento do Índio. O córrego Prosa, cuja nascente está na reserva natural do Parque dos Poderes, forma ali um grande lago que tem uma pequena ilha e um píer. Suas águas cortam toda a extensão do parque, com pontes para travessia”

Imagem Entrada do parque na Afonso Pena
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem

O lago é bem grande, tem uns decks de madeira e dá pra ver um belo pôr do sol por lá, encontrar capivaras e araras, tucanos, tatus,patos, macacos...
Imagem Ninho de araras
Imagem
Imagem Capivaras
Imagem

É no parque também que acontecem os show do projeto MS Canta Brasil, todo 1º domingo de cada mês. Os shows são gratuitos e traz muita gente boa como : Paralamas, J Quest, Seu Jorge, Nando Reis, Charlie Brown Jr, Lulu Santos , Titãs, e vários nomes da MPB. O pessoal fica todo sentado na grama em volta do palco, do lado do lago, o clima é bem bacana!
Imagem

O parque pode ser visitado durante o dia ou a noite, quando ele ganha uma iluminação especial e rende boas fotos.

Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem

Atualmente está sendo construído dentro do parque o maior aquário de água doce do mundo, o Aquário do Pantanal, um projeto grandioso que será o principal ponto turístico da cidade.

Segundo o governo estadual, este será o maior aquário de água doce do mundo, com 6,6 milhões de litros de água, 263 espécies,sete mil animais e 18.636 metros quadrados de construção.
Nele serão expostos os peixes encontrados nos rios do Pantanal e de Bonito. Esse aquário será envolvido por um complexo turístico completo incluindo restaurantes, sanitários, áreas de descanso e etc... Além do ambiente interno, que inclui um túnel de 180 graus, o aquário terá cinco tanques externos, que poderão ser percorridos a pé ou em um trajeto aquaviário em barco com fundo de vidro.

Imagem Projeto Aquário do Pantanal
Imagem
Imagem Tanques
Imagem Tanque de piranhas
Imagem
Imagem
Imagem Área externa

A estrutura do Aquário do Pantanal conta com 90 metros de comprimento e 18 de altura. O prédio possuirá um amplo saguão, equipado com banheiros, setor de informações, auditório para 250 pessoas, restaurante, lanchonete, biblioteca e bancada de interação, entre outros detalhes. Escadas rolantes, comuns e elevadores próprios para portadores de necessidades especiais levam o visitante aos tanques e a um ambiente especial para as sucuris e um tanque com piranhas. Nos ambientes externos, ficarão plantas nativas do Pantanal, jacarés, ariranhas e lontras, entre outros animais.
O aquário deve começar a funcionar no fim de 2013 e terá capacidade para receber 20 mil visitantes por dia. Inicialmente projetado para impulsionar o turismo, o aquário teve seu objetivo ampliado para servir também como centro de pesquisa científica e de educação ambiental.

Imagem
Atualmente, existe um centro de visitantes do Aquário do Pantanal, gratuito, com visita acompanhado de uma guia que explica todo o projeto, tem fotos e uma réplica de como serão os tanques. O funcionamento do Centro é de terça-feira à domingo, das 9h às 21h. Fica na Afonso Pena, ao lado do parque das nações indígenas. As visitas são monitoradas e podem ser agendadas pelo telefone (67) 3327-2514. Os grupos são de 15 pessoas.

Mas isso é para o futuro, vamos voltar ao presente... após o centro de visitantes do aquário está a cidade do Natal, é um projeto da prefeitura que todo ano ganha decoração e iluminação nova na época do Natal, tem várias atrações gratuitas, como shows, coral, patinação no gelo, praça de alimentação... quando o Natal acaba a cidade do Natal continua lá... muita gente vai passear e levar a criançada pra tirar umas fotos, dai próximo ao Natal ela é fechada para receber nova decoração.

Imagem
Imagem
Imagem
Imagem

Bem próximo ao parque das nações indígenas está o Shopping Campo Grande, quem quiser passear no parque e almoçar lá depois dá pra ir a pé, tem ponto de ônibus bem em frente ao shopping , de lá você pode seguir até o centro.

Imagem Shopping Campo Grande
Imagem
Imagem

De noite recomendo conhecer a feira central, ou feirona, como é conhecida por aqui.
Apesar de ser chamada de feira, nessa você não encontrará legumes e verduras nem a "bagunça" tradicional das feiras.
É um centro gastronômico, com destaque pra culinária japonesa, muito apreciada por aqui ( com destaque pro yakisoba e o sobá, que virou patrimônio imaterial da cidade), e a culinária regional ( com destaque pras pamonhas doces e salgadas e a sopa paraguaia, que apesar de ser chamada de sopa não é liquida... é um bolo feito com milho, muito queijo e cebola, não deixe de experimentar).
Na feira também você irá encontrar um sanduíche árabe, na Shawarma da Brima que é maravilhoso !!
Também encontrará inúmeras barracas ( na verdade são box) com espetinhos acompanhados de mandioca e pastéis.
Na feirona não falta variedade ! São diversas tortas, doces cristalizados ou em compota, chocolate, especiarias, temperos....
Por lá você também vai encontrar muitos box especializados em artesanato, camisas bordadas com temas regionais, bijuterias e toda espécie de souvenir que imaginar.
O que confere charme a feirona: foi construida na antiga estação ferroviária, na área onde existia a vila dos ferroviários, parte bem antiga da cidade, que conserva as casinhas em estilo antigo da época... a feirona tem duas entradas, pela vila dos ferroviários e pela entrada principal, que tem um monumento em homenagem ao sobá, queridinho dos campo grandenses, um prato que leva molho de carne com shoyo, pedaços de carne, macarrão especial, omelete cortada bem fininho, cheiro verde e gengibre. Parece simples mas é muito saboroso ! Na barraca da Anésia o sobá médio ( que dá para 2 pessoas) sai por 13,00

Imagem Feira central
Imagem Eu e minha mãe na feirona
Imagem Monumento ao sobá
Imagem O famoso sobá
Imagem Inúmeros box de comida japonesa
Imagem Especiarias
Imagem Doces cristalizados
Imagem Sanduiche àrabe
Imagem
Imagem Entrada vila dos ferroviários
Imagem Casas antigas

Orla Morena - É projeto de urbanização da Prefeitura, uma avenida construída no leito dos trilhos da Noroeste do Brasil, que foram removidos por volta de 2006 , a Orla na verdade é um Parque linear, que esta localizado no canteiro central da avenida, dotado de pista de caminhada, equipamentos de alongamento e ginástica, ciclovia, playgrounds, praças, quiosques e etc. Compreende a Avenida Noroeste, trecho entre a Avenida Júlio de Castilho e a Rua Plutão. Um dos principais aspectos do projeto foi a criação de quatro espaços de convivência e lazer, o Largo dos Esportes, o Largo da Feira, o Largo do Mirante e o Largo das Árvores. Nas quintas feiras acontece a “Quinta Cultural na Orla”, com diversas apresentações gratuitas. A Orla fica em um ponto alto da cidade, de lá é possível avistar os prédios do centro de Campo Grande .


Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem

No parque dos poderes, temos tbm o CRAS - centro de reabilitação de animais silvestres, lá vivem cerca de 10 onças, diversos macacos, araras, tucanos, veados, antas, jacarés e lontras, entre outros. Todos eles foram apreendidos, resgatados em acidentes ou entregues por pessoas que os mantinham como animais de estimação. A visitação ao CRAS é coordenada pelo Parque do Prosa, e acontece ás terças, quintas e sábados. O passeio consiste em uma trilha que termina dentro do Centro e o grupo é guiado por monitores que além de falarem sobre os animais explicam sobre a fauna e a flora local. As visitas podem ser agendadas pelo telefone 3326-1370., custa 10,00 por pessoa

225261_527202213991512_532809524_n.jpg
225261_527202213991512_532809524_n.jpg (56.45 KiB) Exibido 13077 vezes
225261_527202213991512_532809524_n.jpg
225261_527202213991512_532809524_n.jpg (56.45 KiB) Exibido 13077 vezes
Editado pela última vez por Fernanda Gotz em 28 Fev 2013, 17:09, em um total de 14 vezes.
"Liberdade é pouco ! O que eu desejo ainda não tem nome !" - Clarice Lispector
Avatar do usuário
Fernanda Gotz
Colaborador
Colaborador
 
Mensagens: 390
Desde: 26 Jan 2010, 18:59

Re: Campo Grande - MS, o que fazer por aqui - com fotos !

Mensagem não lidapor wm85 » 22 Jul 2012, 23:02

Olá Fernanda,

Ficou muito bom seu post. Eu moro aqui em campão e também compartilho da sua opnião, faltam algumas opções mesmo.
Eu adicionaria mais alguma coisas no que você falou.
Ali do lado do camelódromo (para quem precisar de alguma "bugiganga") fica o mercadão municipal onde é possível achar alguma especiarias e fazer uma boquinha, também atravessando a rua tem uma "feirinha" indigena onde é possível comprar algumas frutas tipicas. Existe uma rede de sorveterias (não vou fazer merchan rsrs) que vendem picolés com frutas tipicas do cerrado (guavira, mangaba, etc) que são muito bons.
Também tem a orla morena que ficou bem legal e conta com programação cultural regular. Assim como a praça do radio e o parque das nações também contam com shows regulares (e o melhor, grátis! rsrs).
No parque das nações indigenas também há o Museu de Arte Contemporânea (MARCO) que tem exposições regularmente. Do lado tem a concha acustica Helena Merirelles onde a cada quinze dias rola shows com bandas regionais.
Também pode ser visitado o CRAS (Centro de Reabilitação de Animais Silvestres) que fica na entrada do parque dos poderes, além dos animais, há a reserva do parque dos poderes e nascente do prosa.
wm85
 
Mensagens: 15
Desde: 15 Jul 2012, 23:28

Re: Campo Grande - MS, o que fazer por aqui - com fotos !

Mensagem não lidapor Fernanda Gotz » 23 Jul 2012, 09:24

Oi Wm85, esses lugares estavam nos meus planos para serem indicados aqui sim, já tenho até as fotos separadas, só não tinha dado tempo de postar ainda, mas vou emendar essas sugestões aqui no relato, de onde parei.
Tem o Horto florestal tbm... estou colocando aos poucos. Mas obrigado pela aprovação do post, achei que nossa cidade foi meio injustiçada nos outros tópicos que li por aqui dai resolvi criar esse
"Liberdade é pouco ! O que eu desejo ainda não tem nome !" - Clarice Lispector
Avatar do usuário
Fernanda Gotz
Colaborador
Colaborador
 
Mensagens: 390
Desde: 26 Jan 2010, 18:59

Re: Campo Grande - MS, o que fazer por aqui - com fotos !

Mensagem não lidapor rodrigo0o » 24 Jul 2012, 10:09

Mto bom o post!!!
"Já que você tem que pensar de qualquer maneira.... Pense grande..."
Avatar do usuário
rodrigo0o
Colaborador
Colaborador
 
Mensagens: 544
Desde: 04 Set 2009, 17:08
Localização: Alto mar...RJ

Re: Campo Grande - MS, o que fazer por aqui - com fotos !

Mensagem não lidapor rthiagooo » 26 Jul 2012, 11:58

Excelente, Fernanda!

Vou conhecer sua cidade até sábado. Obrigado pelas dicas! ;)
rthiagooo
 
Mensagens: 3
Desde: 26 Jan 2012, 20:29

Próximo

Voltar para Mato Grosso do Sul



Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 0 visitantes