Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Pesquisar na Comunidade

Mostrando resultados para as tags ''califórnia''.



Mais opções de pesquisa

  • Pesquisar por Tags

    Digite tags separadas por vírgulas
  • Pesquisar por Autor

Tipo de Conteúdo


Mochileiros.com

  • Perguntas e Respostas
    • Perguntas e Respostas
    • Destinos
  • Companhia para Viajar
    • Companhia para Viajar
  • Relatos de Viagem
  • Equipamentos
  • Trilhas e Travessias
  • Nomadismo
  • Outras Formas de Viajar
  • Outros Fóruns

Encontrar resultados em...

Encontrar resultados que...


Data de Criação

  • Início

    FIM


Data de Atualização

  • Início

    FIM


Filtrar pelo número de...

Data de Registro

  • Início

    FIM


Grupo


Sobre mim


Lugares que já visitei


Próximo Destino


Ocupação

Encontrado 4 registros

  1. O “Vale do Silício” nos arredores de São Francisco Estados Unidos é onde ficam as sedes das maiores empresas de tecnologia do mundo. Google, Apple, Facebook, Oracle, Intel, Cisco, Netflix, etc…têm suas sedes nesta região. E o “Vale” não é exatamente uma cidade, mas é formado por várias pequenas cidades que ficam entre São Francisco e San Jose na Califórnia. Algumas dessas pequenas e famosas cidades no Vale do Silício são: Palo Alto Cupertino Mountain View Menlo Park Sunnyvale Continue lendo: A Forma Mais Barata de Ir do Aeroporto de São Francisco ao Vale do Silício e Como Visitar a Nova Sede da Apple
  2. Em setembro de 2017 eu fui com meus pais para California, passei 2 semana por la. Segue abaixo o roteiro e relato da nossa viagem com algumas fotos: Aug 31 -> Toronto to San Francisco Sep 1 -> San Francisco Sep 2 -> San Franciso Sep 3 -> San Fransciso to Napa Sep 4 -> Napa to Lake Tahoe Sep 5 -> Lake Tahoe Sep 6-> Lake Tahoe to Yosemite Sep 7 -> Yosemite Sep 8 -> Yosemite to Monterey Sep 9 -> Big Sur Sep 10 -> Solvang & Santa Barbara Sep 11 -> compras no outlet Sep 12 -> Los Angeles area Sep 13 -> San Diego Sep 14 -> San Diego Sep 15 -> San Diego Sep 16 -> voo de volta para Toronto Sep 1: San Franciso Eu ja estive em San Francisco antes, voltei de novo para passear com meus pais ja que eles nao conheciam. De manha fomos passear no cable car, fomos ate Lombart Street. De la andamos ate Firshman's Wharf and Pier 39. Estava super quente, a temperature estava batendo records de calor. A tarde fomos andando devagar ate o bairro italiano - North beach e depois passeamos na Chinatown. Em San Francisco ficamos no hotel MayFlower, muito bom. Boa localizacao, bom cafe da manha, eu recomendo. Sep 2: San Franciso Hoje de manha nos comecamos com o city hall, fiquei super decepcionada com tanta gente dormindo na rua, especialmente jovens. Em volta do city hall, so tinha mendigos. De la fomos andando ate Alamo square. Depois andamos ate o Golden Gate park e dai para Union Square. Sep 3: San Fransciso to Napa Pegamos o carro que tinh alugado logo de manha e nossa primeira parada foi Palace of Fine arts e depois Golden Gate bridge. Infelizmente era bem cedo e estava nebilna. Fomos ate Salsalito e andamos um pouco pela cidadezinha. De la fomos fomos ate Muir Woods, o estacionamento estava lotado, tinha gente parando quase 30 minutes da entrada do parque, ja estavamos desistindo quando o estacionamento do lado do parque abriu para 2 vagas :o) depois de passear pelo parque fomos em direcao ao Napa Valley onde iamos passar a noite. A estrada eh linda, parace um mar de plantacoes de uva. Paramos em alguns vinhedos no camigo... Sep 4: Napa to Lake Tahoe Hoje de manha nos passeamos na area do Napa Valley, fomos ate Calestoga atraves da HWY 29, cheio de vinehos gigantes e dai voltamos pela estrada Silverado Road Trail, cheio de vinhedos tambem. A tarde pegamos a estrada em direcao ao Lake Tahoe. Sep 5: Lake Tahoe De manha fomos em direcao a Esmerald Bay, com varias paradas para ver a vistas. De volta a cidade, eu queria ir na gondola, mas infezmente estava fechada, como era fora de temporada so abre em fim de semanas. Sorte que estava fechada, pois o tempo mudou rapido e comecou a chover forte. No fim da tarde parou e fomos andar pela regiao, adorei esse lugar. Sep 6: Lake Tahoe to Yosemite Saimos cedo, pois tinhamos uma viagem longa ate Yosemite. Passamos pelo Lake Mono e dai entramos na HWY 120, conhecido como Tioga Pass que so abre durante o verao, nossa que estrada linda. Ja dentro do Yosemite park, tinhamos que ir ate o outro lado para ir em direcao ao nosso hotel. Passamos for varios lugares lindos: FairView Dome, Tenaya Lake, Olmsted Point, bridalveil fall, Yosemite village e Lower Fall. O unico problema era a fumaca e cheiro de queimado, um pecado. Sep 7: Yosemite Dia para explorar parte do parque. Decidimos fazer a trilha para o Lake Mirror, ate chegar na trilha paramos varias vezes para foto. Depois da trilha fomos no Majestic Yosemite Hotel e dai fomos em direcao ao Glacier Point com varias paradas, Valley View, Tunnel View, Washburn Point. A vista do Glacier Point eh demais!! Uma pena que nao ia ficar mais no parque, um lugar que concerteza quero voltar para explorar mais. Sep 8: Yosemite to Monterey Pegamos a estrada cedo em direcao a costa. Chegando em Monterey, andamos pelo Fishrman's Wharf onde almocamos. A tarde passeamos um pouco em volta do aquario, mas nao entramos la. Depois fomos em direcao a Carmel, atraves da 17-mile drive. Passamos por Carmel River state beach ate chegar em Carmel-by-the-sea Sep 9: Big Sur Infelizmente a HWY 1 estava parciamente fechada por causa de um deslizamento de terra que aconteceu em Maio. Fomos ate Pfeiffer Park onde a estrada acabava, tivemos que voltar para Monterey e pegar HWY 101, dai fizemos un detour para descer denovo na HWY 1 para dirigir entre McWay Fall and Sand Dollar Beach e voltar para Hwy 101. Nossa utima parada do dia foi San Luis Obispo onde passamos a noite. Sep 10: Solvang & Santa Barbara De manha passamos por Pismo beach e fomos em direcao a Solvang, bem dinamarquesa. Super legal a cidade, passamos horas andando por la. Dai fomos para Santa Barbara, outra cidade super gostosa. Sep 11: compras no outlet Hoje nos passamos o dia no Camarillo outlet e depois fomos para LA. Sep 12: Los Angeles area Hoje andamos em volta da area de Los Angeles, acabamos nao indo na cidade. Comecamos com Beverly Hill, parando na famosa Rodeo Drive e dai passeando de carro pelas mansoes. Depois fomos para Malibu. Depois fomos para Santa Monica, andamos na promenade e no famoso pier. Nossa ultima parada do dia foi Venice beach, onde andamos na boarwalk e visitamos os canais. Sep 13: San Diego Hoje dirigimos em direcao a San Diego, parando em varias cidades no caminho. Minha parada foi Long beach, depois veio Huntington beach, cidade cheia de surfistas. Passaos por Newport, com suas marinas e Dana Point, ate chegar em La Jolla. Sep 14: San Diego Hoje comecamos o dia visitando Mission beach,. Deois fomos para o Balboa Park. A tarde nos fomos para Old Town, Ocean beach e Cabrillo National Monument. Sep 15: San Diego Ultimo dia em San Diego, comecamos com Coronado Island. Depois fomos no Gaslamp Quarter, passando pelo Pecto park. A tarde fomos no Sea Part village, andamos pelo Embarcadero ate o USS Midway Museum. Nossa ultima parada foi little italy antes de voltar para o hotel.
  3. Salve galera! Fiz a John Muir Trail em agosto desse ano e recomendo para todo mundo. Foram 389 km em 17 dias, com uma subida acumulada de mais de 16.400 metros. Fiz esse pequeno vídeo para mostrar um pouco de trilha e assim animar mais brasileiros a fazerem ela. Pelo que eu pesquisei, fui o segundo a fazer ela completa. Em breve irei postar um relato por escrito com todas as informações. Valeu!
  4. Mount Whitney Mount Whitney estava na minha lista desde que eu comecei a me aventurar na California. No dia que eu decesidi escalar o Everest eu pencei, bom tenho que comecar de alguma forma. Primeiro a mais alta de Santa Monica, mais alta de Los Angeles County, Extremo no Death Valley, o mesmo agora com camping na neve, e assim indo ate mais alta dos 48 estados. Sem falar dos planos futuros como Rainner e Denali. Na primeira vez que estive no Summit do Telescope Peak, 11.048 pes, eu fiquei olhando na direcao de Whitney e imaginando como seria a subida para la, eu mau tinha conceguido escalar o Telescope Peak, que era 7 milhas e 3.000 pes, agora Whitney 11 milhas 6.000 de gain, como seria? Logo que cheguei a Lone Pine, fui direto ao Visitor Center para pegar o meu Permit, eu estava super cansado e nervoso, depois de 4 horas dirigindo sem parar, para ter a certeza que eu chegaria la a tempo de pegar o Visitor Center aberto, cheguei as 5:00, o visitor center fechava as 5:30.. ufa! 30 min para preencher a papelada e ouvir o sermao sobre No Trace e bla, bla, bla. 5:20, eu ja estava fora de la, com meu permite e uma vontade imenca de por o pe no trail. Entrei no carro e resolvi dar a, que talvez seria a ultima palavra de meu fim de semana a com a minha esposa. Resolvi que deveria ir direto para o trail Head para comecar minha aclimatizacao, pois nao teria muito tempo para aclimatizar de nivel do mar para 12.000 pes que seria meu proximo acampamento na montanha. http://everestdestination.blogspot.com/ Chegando ao Trail head, resolvi que nao iria dormir no carro pois la havia um Camping bem organizado para Backpaker, e achei que seia mais vantajoso montar minha barraca grande e dormir confortavelmente a merce dos ursos. Fiz um lanche rapiro, montei minha barraca e fui dormir por volta de 9:00.... No portal Lembrei que tinha deixado a minha mochila dentro do carro, tive que desfazer toda minha mochila, para tirar o container aprova de urso de dentro dela, esqueci que ,se eu deixa-se minha mochila com tudo dentro, dentro do carro eu corria o risco de um urso quebrar meu vidro para pegar a comido de dentro. Coloquei o container nas caixas aprova de urso que tem no estacionamento e finalmete fui dormir. Durante a noite ouvi muitas pessoas chegando no trail head, quando acordei havia por volte de uns 10 carros, todos com pessoas dormindo dentro, fiquei mais aliviado, pois eu nao era o unico que iria se aventurar naquele dia. Enquanto eu preparava meu cafe da manham fui desmontado minha barraca e montanto minha mochila. 7:15, peh no Trail, tirei uma foto no Whitney portal, guardei a camera e vamos la. Logo que voce comeca o trail, voce ja pode observar a grandiosidade deste lugar, trail fica em um valley estreito com varios pinnacles de granito e de cara voce confronta uma subida de 30 graus no meio das arvores. O trail inicia a 8300 pes e o proximo ponto de Referencia, Lone Pine Lake, fica a 2.8 milhas e a 10000 pes de altura. Enquanto voce nao chega no lago, da para observar varias cachoeiras que se formam com o lago transbordando. Para chegar ate o lago eu teria que desviar meu caminho 0.6 milhas, resolvi deixar para ver o lago outro dia e inciei minha subida para o proximo ponto de referencia que seria o Outpost Camping que fica a 1 milha de distancia e 300 pes de altura do lago. O caminho para o Outpost e feito por uma trilha que faz um Zig Zag com pouca inclinacao entre pedras e arvores, ela termina em uma pedra bem grande com pequena inclinacao, onde voce pode andar encima, e lah tem uma vista maravilhosa do Lone Pine Lake. Quando chegei a este ponto, resolvi para e fazer meu primeiro lanche. Achei um lugar onde estava batendo sol e me sentei, comi umas barras de cereal te eu tinha levado, estavam horriveis... hehehehe, me abasteci de agua e resolvi tirar uma soneca. O silencio era incomparavel! acordei uma hora depois achando que estava dormindo em minha cama em casa. Pe na trilha novamente. Ainda faltava muito. Outpost Camping eh um lugar que fica no meio do vale, diferente de toda a paisagem que se ve na trilha, este lugar eh plano, com varios corregos cruzando um gramado verde bem escuro, com arvores somente proximo as montanhas.Acredito que de um lado ao ele mede 500 metros de lagura por 800 de comprimento. O trail segue berando a montanha e as vezes para desviar dos corregos, segue por cima de perdras bem grandes. Chegando a area de camping, fiquei com muita vontade de ficar por la mesmo, pois era muito bonito, tinha muita neve e varios lugares bons para armar a barraca , mas resolvi que estaria muito longe do summite no outro dia, e alem do mais nao era oque eu havia planejado. Fiz mais uma pequena parada para descancar minhas costas da mochila, comi um pedaco de queijo que eu tinha em meu bolco. O Outpost Camping fica a 10300 pes e meu objetivo de hoje era chegar no High Trail Camp que fica a 12000 pes e 2.2 milhas. Ja era por volta de 12:00 quando inicie minha subida para o High Camp, de cara para sair do Outpost voce ja ve o uma montanha imensa com no minimo uns 500 pes a sua frente e la em cima voce pode obsevar o parecia ser a saida do trail para um outro valley, ufaa, ja comecei desanimado em ver o quanto ainda tinha que subir. Varios zig zages, onde ,quando voce faz um zag voce pode obeservar logo abaixo de voce o zig que acabou de fazer, e isso continuou por 2 horas, parecia que nunca iria terminar, fora que a condicao do trail foi ficando cada vez pior pois agora, nesta parte do trail o sol ja nao pegava mais, e oque era neve derretendo, estava virando gelo. Olhei para baixo e pude ver o Outpost Camping, ficando cada vez menor. logo nao podia mais ver o Camping e os valley abaixo, pois o valley onde eu estava agora estava indo em outra direcao. Resolvir conferir no mapa aonde eu estava agora. Ainda faltava por volta de 1.2 milhas para o High Camping mas agora a inclinacao iria diminuir, ufa! A paisagem agora era completamente diferente, duas montanhas com mais de 12500 pes, uma de cada lado, sem arvore nenhuma e muitas pedras gigantes que pareciam estar desequilibradas, prontas para rolar morro abaixo, o sol aquecia o valley, mas ainda sim tinha muita neve e gelo, resolvi ver em meu termometro qual era a temperatura, e para minha surpresa apesar do calor que eu estava , a temperatura era de 2 graus celsios! Nesta parte do trail eu ja estava muito cansado e mal andava 100 metros antes de parar por 30 ou 40 segundos, minhas costas estavam doendo por causa do peso da mochila. Em uma de minhas paradas resolvi que ira tirar a mochila das costas para descancar, abasteci minha agua, eu tinha bebido por volta de 3 litros de agua. Chequei meu altimetro, 11.700 pes, o mais alto que ja havia chegado era 11.043, isso me motivo a continuar, fiquei por ali uns 10 minutos descansando. No mapa, parecia que eu estava proximo do camping, porem eu sabia que ainda tinha 300 pes para subir. Continuei andando, o terreno ficou plano, e parecia que o trail iria acabar em uma parede vertical, mas logo quanto estava chegando no final do trail vi que tinha um zig zag que ia montanha a cima. O trail agora era bem estreito e comecei a encontrar com algumas pessoas descendo, toda vez que encontrava com alguem eu tinha que me encostar contra a parade para a pessoa me passar, os zig zags eram longos e com uma enclinacao nao muito forte, mas logo depois do terceiro voce podia ver que ja tinha subido muito. Quando eu estava no ultimo pedaco dos zig zags, eu vi de longe um cara sentado em uma pedra, fiquei observando-o enquanto eu andava e reparei que ele nao ia para frente nem para traz. Quando cheguei nele, ele estava com uma aparencia de muito cansado e dor, resolvi parar para ver se estava tudo bem com ele. Ele me disse que estava com muita dor de cabeca, tontura e com vontade de vomitar. Bom nesta altitude so teria um diagnostico para isso AMS, accute mountain sickness. AMS acontece quando seu corpo nao concegue, ou nao teve tempo suficiente para se aclimatizar com a altitude. Perguntei para ele se ele quando ele tinha comecado a passar mal, ele me disse que ja estava perto do Trail Crest a quase 13600 pes, quando ele resolveu que, se ele continuasse ele iria vomitar, ai ele resolver voltar, perguntei se ele estava sozinho, ele me disse nao, e que estava com alguns amigos que haviam continuado no escalada, e ele me disse tambem que havia chegado no trail head as 2:00 da manham, e tinha vindo de San Diego, que fica ao nivel do mar, tinha dormido apenas 3 horas antes de iniciar a subida... Pencei comigo, Otima Idea ha! Ofereci a ele remedio para dor de cabeca, e ele me disse que havia tomado, perguntei se ele havia se hidratado e comido, ele me falou que toda vez que tentava come ou tomar agua ele quase vomitava... ( A AMS eh calsada tambem pela mah Hidratacao e nutricao na montanha..) sugeri que ele descesse o mais rapido possivel ou ele iria ficar cada vez pior, perguntei a ele se ele necessitava de ajuda, ele me disse que nao. Bom nesse caso boa sorte meu amigo. Continuei minha caminhada, ja podia ver o que eu achava que era o Summit, fiquei muito animado e aumentei meu passo, mas logo diminui, a altitude estava me pegando, comecei a ficar com um pouco de dor de cabeca, que droga pencei.., e ainda bem que terei uma noite inteira para me aclimatizar a 12000 pes. 3:30, 8 horas de caminha, finalmete cheguei a um lugar onde parecia ser o High Camp, um lugar razuavelmente plano com um lago congelado, e muita neve e gelo. Havia apenas umas 6 barracas montadas, no camping, e algumas pessoas chegando e indo embora. Os lugares para acampar nao estavam bem definidos pois a neve e o gelo havia cobrido tudo, procurei um lugar plano e protegido do vento para colocar minha barraca. Depois de muita briga com o solo, que estava congelado e minhas estacas nao entravam no chao, concegui armar minha barraca, esvaziei minha mochila dentro da barraca, so deixei as coisas para cozinhar para fora, e comecei a preparar minha comida, atum, frio memos, e salmao em conserva, este quente, e Gatoraid, quente tambem. Logo depois de comer resolvir fazer algumas amizades, convercei com um cara que era da Florida, ele estava de ferias e havia acabado de mudar para California, ele tinha se separado de sua esposa, ache que ele estava tentando esvaziar a cabeca. Ficamos falando de equipamento e imaginando como seria o fria a noite e como seria o dia seguinte de escalada. Fiquei esperando o sol se por, e logo comecei a ver as estrela aparendo no ceu que estava sem nenhuma nuvem, havia zero de vento, um silencio incrivel que as vezes era interrompido por alguem tossindo dentro da barraca. *Fiquei fora de minha barraca ate as 9:00 da noite observando as estrelas e imaginando oque as pessoas que eu conheco estavam fazendo. Apesar do frio, a noite estava agravel, e eu nao podia perder a oportunidade de observar o ceu as 12000, pois nao eh todo dia que vc esta a esta altitude. A noite demorou muito para passar, devido a altitude e falta de aclimatizacao, nao concegui dormir, acordava a cada 15 minutos achando que ja havia passado horas. Comecei a fazer um jogo de adivinhar que hora era toda fez que eu acorva, incrivel, chequei a dormir 5 minutos e achar que ja havia passado mais de 3 horas.. Acordei as 5:00, ainda estava escuro, e muito frio, olhei no teto de minha barraca e notei que a condensacao havia congelado, abri a porta de minha barracae por alguns minutos fiquei olhando para fora, olhando o ceu e as estrelas, coloquei minha luga e a parte interna de minha bota dentro do saco de dormir para ver se esquentava. Coloquei minha jaqueta, minhas luvas e comecei a briga para calcar minha bota. A bota que eu estava usando eh composta de duas partes, a interna e a extena, sendo que , a interna eh de teceido e neoprene, e a externa eh de plastido. A parte extena estava tao dura por causa do frio que era quase impossivel de vertir por cima da parte interna. Depois de 10 min de luta, eu concegui ficar de peh. Preparei meu cafe da manham, atum, uma barra de proteina e Gatoraid quente apra tomar. Derreti mais neve para colocar em minhas garrafas de agua, que eu tinha que carregar dentro de minha jaqueta ou a agua congelava antes de eu poder tomar, preparei minha mochila para o summmit , lanterna ascesa na cabeca e comecei meu Hike. O ceu ja nao estava mais preto e sim vermelho pois o sol estava a ponto de nascer. Ninguem no camping havia acordado ainda, cruzei o camping e iniciei os zig zag, agora eu tinha 86 pela frente e 1600pes de gain. Nao havia vento, estava frio, eu estava muito bem vestido, mas meu rosto parecia que ia congelar, meu nariz estava escorrendo, nao de gripe mas acredito de condensacao ou algo assim, mas praticamente nao sentia, pois estava adormecido. Depois de 30 minutos andando o sol comecou a iluminar o ceu, o vermelho virou laranja e logo o ceu estava azul, mas um azul que eu nunca vi... O trail comecou a ficar cada vez mais estreito e a cada Zig zag que passava minha barraca ficava mais e mais longe ate o ponte de eu nao conceguir mais ver. Em alguns pontos do trail, voce anda praticamente em 40cm de chao e se voce escorregar, nao ha nada para parar sua queda... Resolvi parar e colocar meus Grampons, (equipamento que voce instala na bota, como se fosse uns pregos para nao escorregar) pois o trail estava cada vez mais gelo do que neve e em alguns lugares escorregava muito. 13000, resolvi parar para descancar e tirar umas fotos, ja fazia 1:30 que eu estava andando, ja tinha varias pessoas no trail, bem la em baixo dava para ver uns pontinhos se mexendo. Agora o sol ja havia saido de traz das montanhas e me aquecia em alguns pontos do trail, todas as montanhas que estavam assima de mim agora estavam la em baixo, incrivel aonde nosso corpo pode nos levar. 13500, so mais 100 pes e estarei dentro do Secoia National Park, casa de Mount Whitney, teoricamente agora estou mo meio do caminho do meu 2 segundo dia de escalada. Comecei a imaginar como iria ser o chegada no summit, agora parecia estar tao perto. Mais 900 pes e 2.8 milhas.. facil agora.. 13600, 10:30 da manham, agora dentro so SNP, dei uma parada para tomar uma agua e ver por onde o trail seguia.... HAAA nao acredito, agora terei que descer por volta de 300 pes por de traz da montanha e depois continuar subindo. A ultima coisa que eu queria fazer agora era ter que descer 300 pes... pois eu teria que, la na frente, subir este 300 pes.. que frustracao! O trail desce bem inclinado, com muitas pedras no caminho e degraus altos, gelo, neve, e um prescipicio, quase vertical, de uns 500 pes... Quase que eu volto para traz. Juro que pencei, Que merda eu estou fazendo aqui? O medo foi substituido adrenalina e continuei em frente, descendo. Passei por de traz de varios picos, que antes eu via la do vale, descobri que oque eu achava que era Mount Whitney era Mount Muier com 14.012 pes, e Whitney parecia estar perto, mas ainda longe.. Cada vez que eu passava atraz de um dos picos o trail ficava estreito com penhasco de um lado, e algumas veses penhasco dos dois lados. As ultimas 2.8 milhas, foram as 2.8 mais dificeis de toda minha vida. Mistura de medo, cansaco, desapontamento, e dor. Ja eram 12:00 quando chegei ao Trail Crest, iniciei novamente a subida, logo de cara encontrei com um cara sentado em uma pedra, ele estava sofrendo muito com AMS, este era outro caso de alguem que nao tinha aclimatizado, com ele , ele carregava uma garrafa de agua e mais nada. Ele me pediu remedio para dor de cabeca: Cara infelizmente eu nao tenho, porem se voce quiser tenho aqui comida extra.. ele nao aceitou... Bom nao posso fazer nada.. continuei minha caminha. O trail tinha uma inclinacao razuavel, com um ou dois Zig Zag, e as vezes umas pedras bem grande no meio do trail, e eu tinha que passar por cima. Comecei a fazer paradas cara vez mais frequentes, ao ponto de conceguir dar somente dar de 10 a 15 passos antes de parar por 30 seg a 1 min para descansar, meu coracao parecia que ira sair pela boca. Minhas duas garrafas de agua ja estavam quase vazias, eu estava completamente sem apetite e minha cobeca estava comecando a doer. Resolvi dar uma parada um pouco mais prolongada para descancar. Sentei em uma pedra bem confortavem e relaxei. Pencei comigo mesmo vou ficar aqui uns 10 minutos e ai eu continuo. Tirei minha camera do bolso e comecei a fotografar. Bom 10 min se foram, eu estava me sentindo outra pessoa, acho que agora estou bem.. Comecei a andar novamente, mais 2 minutos e estava de volta ao meu estado deploravel de cancaso e dor de cabeca. Sentei novamente e comecei a pensar na possibilidade de Voltar para traz. Guitar Lake Guitar Lake, tirei uma foto do lago e continuei andando, contra vontade de minhas pernas, mas agora motivado a chegar ao Summit da montanha mais alta dos USA. Coloquei em minha cabeca que um pe na frente do outro me levaria ao summit, comecei a andar bem devagar e constante, tentei me concentrar em minha respiracao, e assim fui. Ja podia ver o abrigo que tem no Summit, uma cazinha feita de pedra que abriga as pessoas que ficam presas na montanha em dia de mah sorte com o clima, mais um Zig e um Zag e a casinha sumiu atras de uma subida que parecia ser a ultima, agora uma subida em linha reta, com alguns degrais, minhas pernas estavam em fogo quando finalmete crusei com um cara que estava descendo, que, com um sorrizo do tamanho de seu rosto disse, “Esta logo ali.... Parabems!”. Meu olhos encheram de lagrima, so conceguia pensar em voltar para casa e dar um abraco na minha esposa. Chegando no summit, sentei no chao, abri minha mochila, tirei a foto de minha esposa ,que eu carreguei o tempo todo comigo, sorri e pencei, Cheguei, concegui, nao acreditava que estava lah. Milena no Summit Havia umas 15 pessoas no Summit, mas uma pessoa me chamou a atencao, era garota que aparentava ter por volta de 25 anos, ela e seus amigos estavam muito emocionados, reparei que ela nao tinha cabelo enem sobrancelhas, mais tarde descobri que ela estava com cancer e estava em tratamento. Fiquei impressionado com a determinacao dela, eu em boa saude havia sofrido muito para chegar lah e ela doente, estava lah. Tirei algumas fotos assinei o livro de Summit, curti por pouco tempo. Bom como todos os Montanhistas sempre falam, o summit eh so a metade do caminho, derreti neve para encher minhas garrafas de agua, separei uma delas para trazer para casa, Agua do Summit da montanhas mais alta dos USA, para a Milena, comi e iniciei minha descida com o sentimento de dever comprido. A descida foi muito cansativa, porem mais facil que a subida, logico. Ao chegar ao, reparei que havia umas 30 pessoas a mais do que quando eu sai de lah, muita gente tinha chegado naquele dia para fazer o summit no domingo. Cheguei a minha barraca muito cansado e mau humorado, eu estava com muita fome e cede, fui logo derretendo neve e preparando minha comida, um grupo tentou falar comigo e eu mau respondi de tanto mau humor.. depois de minha janta, resolvi falar com eles, pedi desculpa por ter cido rude, eu estava com fome.. eles deram risada. Ficamos conversando sofre a escalada, e passei algumas informacoes para eles, e logo comecou a escurecer. Ficamos conversando ate as 9:30 da noite, olhando as estrelas e contando quantas estrelas cadentes nos viamos, foram 6. Fui para minha barraca por volta de 10:00 pois tinha que arrumar minhas coisas para partir no dia seguinte. Quando entrei em minha barraca e tirei minha bota, percebi que eu nao estava sentindo meus dedos do peh, tirei minha e meia e para minha surpresa, a meia estava congela e arancou pele de meu dedo. Tentei esquentar meus dedos com a mao e logo coloquei um par de meias secas, mas ainda nao sentia meus dedos.Percebi tambem que na ponta de meu nariz havia uma bolha, e estava descascando, resultado de ter congelado em algum ponto da viagem. Nao concegui dormir muito novamente, mas um pouco mais do que na noite passada. 4:30 eu ja estava acordado, mas resolvi que so iria sair da barraca as 6:00 e por volta das 7:00 eu estaria partindo. 7:00 eu ja estava descendo, crusei com muita gente subindo, muitas destas pessoas nao tinha equipamento adequado e muito provavelmente estariam voltando para traz em menos de uma hora. Nas ultimas milhas antes de chegar ao carro meus pehs estavam tao doloridos que parecia que eu nao cenceguiria chegar ao carro , nao parei nem para agua, pois sabia que quando meus pehs esfriasem eu teria que tirar a bota e nao por mais. 4 horas depois de sair do High Camp eu estava chegando ao meu carro. Tirei uma foto no portal com lagrimas nos olhos, aliviado de estar em uma so peca. Na quarta-feira concecutiva, dois grupos de pessoas, 3 amigos e um pai e filho ficaram pressos no Summit de Mount Whitney por 3 dias, eles julgaram mal o clima. Todas as fotos
×
×
  • Criar Novo...