Ir para conteúdo

Pesquisar na Comunidade

Mostrando resultados para as tags ''tapajós''.

  • Pesquisar por Tags

    Digite tags separadas por vírgulas
  • Pesquisar por Autor

Tipo de Conteúdo


Fóruns

  • Faça perguntas
    • Perguntas Rápidas
    • Perguntas e Respostas & Roteiros
  • Encontre Companhia para Viajar
    • Companhia para Viajar
  • Envie e leia Relatos de Viagem
    • Relatos de Viagem
  • Encontre companhia, faça perguntas e relate experiências em Trilhas e Travessias
    • Trilhas e Travessias
  • Tire dúvidas e avalie Equipamentos
    • Equipamentos
  • Outros Fóruns
    • Demais Fóruns
    • Saúde do Viajante
    • Notícias e Eventos

Encontrar resultados em...

Encontrar resultados que contenham...


Data de Criação

  • Início

    FIM


Data de Atualização

  • Início

    FIM


Filtrar pelo número de...

Data de Registro

  • Início

    FIM


Grupo


Sobre mim


Ocupação


Próximo Destino

Encontrado 3 registros

  1. Fala Aventureiros, Estava em busca de uma viagem de aventura e acabei fechando a Amazônia. Sonho antigo de visitar uma tribo indígena, boi bumba e descer o rio Amazonas de barco até a foz. Sou um viajante solo, tenho 44 anos e sou deficiente fisico, e criei um roteiro de 4 dias em Manaus, 5 dias em Presidente Figueiredo, desço o rio até Santarém para conhecer o caribe amazonense lá em Alter do Chão, volto para Parintins para vivenciar a maior festa folclórica da região Norte, por fim descendo até Ilha de Marajó. Creio que em ate 30 dias, consiga fazer tudo que pesquisei com folga e que todo o planejamento siga conforme a dança. Conforme a viagem for acontecendo vou postando mais conteúdo e atualizando aqui no site. Abaixo segue uma breve do roteiro, quem quiser dar umas dicas... sempre bem vindo: Manaus 1 dia Aeroporto passagem só de ida $535 Museu Musa ($gratuito para deficiente, Agendamento por email) Jantar barraca da Gisele o tacaca em frente ao teatro, hospedagem em Hostel quarto compartilhado $55 2 dia Passeio all day ($120) direto no porto Jantar costela tambaqui no praça São Sebastião 3 dia Museu Seringal Praia da lua Praia ponta negra, chegar se vai rolar Amazon Bus 4 dia Teatro Museu Zona franca Mercado Municipal e Mercado modelo Etc - Provar sucos dos sabores cupuaçu, taperebá (cajá), tucumã e burití. E comer açaí salgado da terra. Alugar carro ($75 unidas rent a car) e ir para a cidade de Presidente Figueiredo, ficar no camping $20 barraca $10 cachoeira e fazer um scuba dive com os botões cor de rosa em Balbina com a Escola de Mergulho Aquarium $? Dia 09 Volta para Manaus, entregar o carro e hospedagem em hostel por uma noite $55 dia 10 Descer o rio para Santarém barco Ana Beatriz $150 cerca de 30h de viagem Dia 12 Chegando em Santarém, hospedagem $70 a $95, ver o por do sol da orla do tapajós e a noite conhecer o terminal fluvial turístico e no dia seguinte na parte da manhã até a tarde conhecer Mercado 2000, tentar mergulhar com os botões na feira do pescado, igreja matriz e cristo rei - centro de artesanato do tapajós e aproveitar as comidas típicas, início da noite ir para Alter do Chão, hospedagem em camping $35 Alter do chao o que fazer: -Ponta do cururu por do sol -lagoa preta -Ilha do amor -Lagoa de jurucui e Ponta do muretá ver por do sol -trilha por do sol e nascer do sol na Serra da Piroca - Praia Ponta de pedras comer charutinho -Belterra e praias pindobal e aramanaí e igarapé -Floresta Encantada -Floresta nacional dos tapajós e praia Ponta do maguari e em Manjaragua encontro do Rio e iguapé Dia 16 Subo o rio de barco $85 para chegar em Parintins, hospedagem em redario $100 com café, entrada do festival $fila gratuidade. Dia 20 Desço rio para Belem $400 e vou para Ilha de Marajó, hospedagem em camping $? Dia 25 retorno para o RJ na melhor das hipóteses. Passagem de volta $700 Ajuda ai pessoal... tmj
  2. Fordlândia, Amazônia Americana. Henry Ford instalou uma filial da Companhia Ford às margens do rio Tapajós, para a produção de látex A Vila de Fordlândia, localizada a cerca de 120 Km de Santarém, no estado do Pará. Para se chegar a essa cidade-Vila, o barco parte de Santarém, na frente do mercado 2000. (normalmente os barcos com parada em Fordlândia têm como destino final o município de Itaituba), o tempo de viagem pode variar entre 8 h (lanchas) e 18 h, (Barcos de linha), dependendo do tipo de embarcação. Hoje a vila-cidade, está invadida por moradores das redondezas, liderados pelo presidente da associação de moradores da Vila, famílias da comunidade passaram a viver na antiga Vila Americana, que foi construída pela FORD, para abrigar os funcionários americanos mais graduados. Existem 2 pousadas na Vila, uma delas é bem familiar, digo, em uma residência de umas das famílias que residem nessa Vila, a outra é uma poisada propriamente dita, fiquei hospedado na primeira, é muito mais barato. Segundo "os invasores", é para preservar o local de possíveis saqueadores, pois no local, tem torneiras, talheres, vasos e outros itens, todos em prata pura. Só que um dos "invasores", tentaram me vender um dos vasos, claro, não comprei, pois gostaria que tudo ficasse ali, para futuras visitantes verem o que Ford deixou na Vila. Atualmente a cidade permanece resistindo até o ultimo instante com sua magistral estrutura de prédios requintados e funcionais, apesar dos sinais de abandono e má conservação. Os sistemas de saneamento ainda funcionam, mesmo que parcialmente. Anualmente, grande número de visitantes se dirigem à Fordlândia, que está sob a administração política da cidade de Aveiro, localizada à 2 horas de barco do local. Só mesmo sob a administração, pois o que se vê e ouve da população local, é um completo abandono, em algo que poderia levar muito mais turistas ao local.
  3. Alter do Chão: Dicas Para quem pretende conhecer esse Paraíso em plena floresta amazônica, tenho umas dicas maravilhosas para gastar pouca grana. Se chega a Santarém de barco, avião ou estrada. De braco: De Belém ou Manaus; chegando no porto, caminhar até onde saem os ônibus para Alter do Chão, passam de hora em hora. De avião: No Aeroporto tem ônibus que vai a Santarém, ficar na 1 parada após a entrada a Alter do Chão, atravessar a avenida e aguardar o ônibus que lhe levará até Alter. A Vila tem boa infraestrutura para o turismo, então, é bom fazer a reserva com antecedência, pois pode correr o risco de encontrar as pousadas, hotéis e hósteis LOTADOS. A forma mais barata que encontrei, foi pelo AIRBNB, onde você pode escolher o valor que pretende pagar. Os passeios ou travessia a Ilha do Amor, é aconselhável ir junto com outras pessoas para dividir os valores. Um dos passeios, vai até a Praia de Ponta de Pedras em um barco, onde tem uns petiscos grátis e o almoço (não incluso), em uma das barracas na praia. Esse passeio é oferecido no local que você ficar hospedado. Lembre-se de pedir (na barraca que você escolher), uma porção de charutinhos, é um peixe pequeno, você come com espinha e tudo, super saboroso, serve também como tira gosto. Tem outro maravilhoso tira gosto, o bolinho de piracuí, um tipo de peixe cozido e depois desfiado, uma comida indígena. Meses que tem a praia linda: a partir de 15 de agosto a 15 de fevereiro. Na praça tem internet GRÁTIS, nessa praça é onde você vai ficar quase todas as noites, pois lá tem bares, musicas, pratos regionais e tudo que você precisar. Tem supermercado, embora pequeno, porém tem muitos itens, lojas para você comprar lembranças. Alter do Chão é bem tranquilo, pode usar o celular, sem medo de assalto. Procure voos mais barato pelo Gloogle Voôs. Bom proveito e qualquer dúvida, pode perguntar, que terei o prazer em responder.
×
×
  • Criar Novo...