Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Arquivado

Este Post foi arquivado e está fechado para novas respostas.

trotatorres

Carretera Austral de Bicicleta

Posts Recomendados

Fala Carla, blz ?

 

Quando fui para lá, tive problema de abastecimento em uma cidade chamada Sierra Grande na parte de cima da Patagônia, dei sorte pq havia um outro posto de gasolina na cidade e logo se formou uma fila imensa, mas conseguimos abastecer.

 

Conheci um casal em Com. Piedra Buena que falou que ficou parado 3/4 dias em El Calafate por conta da crise de desabastecimento nos postos de gasolina.

 

Eles viajavam com um "bidon" amarrado no bauleto da moto, vou ver se ponho a foto aqui depois.

 

O pessoal de moto normalmente viaja com um "bidon" ou umas garrafas PET's cheias de combustível na Ruta 3, nos relatos que te passei tem um "causo" de um alemão que ficou parado em Bajos Caracoles quase uma semana e só conseguiu sair de lá pq o pessoal que foi chegando foi "dando" um pouco de combustível e o restante conseguiu com os moradores de lá.

 

O problema é que, tem que pesar, ficar parado sem combustível, por conta de um "desabastecimento"(pode acontecer ou não, faz parte da viagem....heheheheheh) ou a polícia te parar e falar algo, na prática o que eu percebi é que a polícia da patagônia é muito tranquila e não vi até hoje nenhum caso de problemas com eles, ao contrário das famosas polícias de Corrientes, Missiones e Entre Rios.

 

O fato é que muita gente anda na Argentina sem capacete (os Argentinos) e a polícia não fala nada, conversei com um dono de concessionária Yamaha lá em Comodoro Rivadávia e ele me falou assim, é proibido, todo mundo sabe, mas ninguém se importa.....heheheheeheheheheheheheheheheheeheheheheheheheheh

 

20080106124716.DSC01204.jpg

 

Enfim, vamos nos conversando.

 

Grande abraço,

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Galera sei que esse não é o lugar certo para perguntar isso mais como o tópico é sobre o lugar que pretendo ir vou mandar mesmo assim!!

Tô em dúvida sobre qual barraca comprar, gostaria de saber se a SUPER ESQUILO da trilhas e rumos da conta do recado, pra Carretera e Patagônia (se não qual vcs me indicariam na faixa de preço da SUPER ESQUILO?)!!!

Obrigado

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O problema na Patagônia são os ventos. Na parte mais litorânea da Carretera Autral, como de Caleta Tortel até Puerto Yungay, e de lá a meio caminho da Villa O'Higgins, chove muito e é frio. Como a super esquilo tem uma boa cobertura, deve aguentar bem a chuva, mas eu acho que deixa entrar vento. Então, se você usar a super esquilo, é bom usar um saco de dormir para extremo menos cinco graus.

 

Eu tenho uma Nautika Thunder 3 desde 2002, quando fui pra em Torres del Paine, que continua sendo usada até hoje, e deve ir pra Carretera Austral comigo em janeiro,a não ser que eu consiga uma 3 estações mais leve. Como ela pesa cerca de 2,7 Kg, dá pra ser dividida e carregada por duas pessoas, e a bainha dela protege contra o vento. O avancé também é bom para calçar as botas ou cozinhar em dias de chuva.

 

Ela se chama Thunder 3, mas só dá pra três pessoas se todos forem muito amigos. Dá bem pra duas pessoas e as mochilas. Eu acho que ela parou de ser fabricada, pois não consta mais no site da NautikaE. Eu encontrei no site bikelazer e esportimar, mas é um pouco mais cara que a super esquilo.

 

Abraço,

 

Bulha

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Obrigada chinaf...

Sabendo disso vou levar mesmo um galãozinho de 'bencina'...

Até mais!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Alguém sabe onde eu posso comprar latinha de gás pra fogareiro em Puerto Montt e/ou Coyhaique? Também gostaria de saber se tem alguém ativo que tenha feito Coyhaique - Villa O'Higgins de bike ou pelo menos pedalado na carretera austral.

 

Valeu,

 

Bulha

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

 

. A bomba elétrica é q está dificil de achar...

 

 

Tinha esquecido de avisar, olha nos sites do submarino, americanas, etc, pois eles vendem aquela bomba elétrica que liga no carro:

 

2476442g.gif

 

http://busca.buscape.com.br/cprocura/mini-compressor-ar.html

 

Aqui tem uma pesquisa que tem vários deles e aí é pesquisar o preço e a loja que sentir mais confiança na entrega.

 

Enfim, deve ter também em outros lugares, autopeças, talvez um supermercado ou até um "camelódromo".

 

Boa sorte e abraços,

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fala Bulha, blz ?

 

Umas páginas atrás eu coloquei alguns blogs e relatos de viagem de uma galera, tem um que é um casal de bikes argentinos que fizeram a viagem com barraca e foram até além da Villa O´Higgins atravessando por um paso que só para ser feito por trekking ou com bike, enfim dá uma olhada lá que acho que vc vai encontrar algumas resposta.

 

Grande abraço e boa leitura.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Valeu, Chinaf.

 

O relato deles é bem legal, mas justamente no trecho do qual eu menos consigo informações (Cochrane - O'Higgins) eles fizeram um relato muito breve.

 

Nós vamos fazer o trajeto Coyhaique - Villa O'Higgins passando por Villa Cerro Castillo, parando em Caleta Tortel. Estamos planejando pedalar por 12 dias, descansando no quinto (Puerto Tranquilo) e no décimo dia (Caleta Tortel), fazendo uma média de 65 km por dia, com possibilidade de fazer um pouco mais de 70 Km em um ou dois dias.

 

Antes eu estava tentando pedalar leve, procurando mapear locais onde eu pudesse dormir sem barraca, mas não tem jeito. Não posso depender só do saco de bivaque numa região de clima tão inconstante. Vou levar uma barraca três estações e saco de dormir em alforjes.

 

Vamos dormir em camping selvagem pelo menos três vezes: entre Villa O'Higgins e Puerto Tranquilo (provavelmente entre o rio Manso e o Lago Cofré/Portezuelo Cajón Cofré), entre Cochrane e Caleta Tortel (provavelmente perto do Lago Vargas), e entre Rio Bravo e Villa O'Higgins (possivelmente no Campamento Entre Rios, mas não tenho nenhuma informação sobre essa localidade).

 

Se alguém que tenha feito o trajeto, mesmo de carro ou moto, puder me dar alguma dica sobre os melhores locais para acampar nestes trechos, eu ficaria muito agradecido.

 

Outra coisa que eu gostaria de saber: em Caleta Tortel, será que nós vamos ter que deixar as bicicletas no estacionamento da entrada da cidade, ou poderemos empurrá-las dentro da cidade até onde formos dormir?

 

Obrigado,

 

Bulha

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Caro Bulha

 

Eu também estou planejando fazer a carretera austral e já venha estudado e lido vários relatos a algum tempo.

Estou tomando como base do meu roteiro no Chile, os mapas da rede de postos Copec, que contam inclusive com uma relação de alguns camping na carretera, não seria o caso de vc ligar para algum deles e tirar suas dúvidas de localização. Acho bem viável não levar barraca, além de ser muito comum a hospedagem em casas de família, principalmente na região sul do Chile.

Na minha opinião, na viagem que estou programando, a grande cereja do bolo é a travessia Vila O'Higgins a El Chaltén. Se vc não puder fazer, aconselho pelo menos que faça o passeio até o Campo de Gelo Sul, que é a maior massa de gelo do mundo fora dos polos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tontonmacoutes e pessoal da lista,

 

Desculpe se a resposta é um pouco grande, mas quero compartilhar o pouco que descobri.

 

Tem dois motivos principais pra eu ter desistido (por enquanto) de pedalar pela carretera sem barraca.

 

Primeiramente a falta de antecedentes. Em nenhum relato que eu tenha lido alguém fez isso.

 

Em segundo lugar meu calendário limitado. Tenho que cumprir o determinado no planejamento, ou desistir de uma etapa ou de um dia de descanso. Se eu encontrar um bom local pra bivacar, e parar mesmo não tendo cumprido a distância determinada no planejamento, vou ter que correr mais no dia seguinte, e isso pode virar uma bola de neve, fazendo com que eu não consiga fazer tudo até o final. E se ocorrer um imprevisto, como três pneus furados e uma corrente arrebentada no mesmo dia (é difícil, mas é possível), isso pode atrasar ainda mais.

 

Eu tenho um saco de dormir extremo menos 5 graus e um saco de bivaque. O saco de bivaque é como se fosse uma bolsa feita do tecido da cobertura de uma barraca, mas que a parte de baixo, onde se deita, e de um material emborrachado mais resistente. Dá pra dormir ao relento em cima de um isolante. Você até pode ficar seco, mas não é nada bom se chover forte.

 

Há algumas semanas me pus a buscar contatos que me indicassem somente um “techo” para dormir. Buscava saber de currais, colonos, moradores com casas perto da beira da estrada.

 

Eu entrei em contato com a CONAF de Aysén que me disse que seria possível bivacar no camping da Laguna Chingay (a meio caminho de Coyhaique - V. Cerro Castillo) sem problema, pois os locais de camping são cobertos, o que me animou. Também disse que "en el trayecto a Bahía Murta pueden vivaquear, en términos que cuenten con ropa abrigada."

 

Mas depois os outros contatos que eu fui buscando, foram me desencorajando.

 

Procurandoo um lugar pra bivacar entre Villa O' Higgins e Bahía Murta, entrei em contato com a municipalidade de Rio Ibañez (que engloba Villa Cerro Castillo e Puerto tranquilo). A resposta se limitou a dar uma lista campings e hospedagens na comuna, o que não me ajudou muito, pois todos os endereços eram dentro ou muito perto das cidades.

 

Também entrei em contato com pessoas em Cochrane, que me disseram haver campings somente perto da cidade. Um me disse que “ hay lugareños que te pueden facilitar o arrendar area de camping”, mas nada sobre um teto bivacável. Pelo contrário, disse “un consejo para el tipo de turismo que quieren hacer Uds., lo mejor seria carpa, ya que para Tortel llueve bastante.” E um conselho de quem mora lá não deve ser desprezado.

 

Outro contato em Cochrane me disse que “puedes vivaquear por toda la carretera, a veces llueve o hace frio pero no creo sea problema para ustedes y no hay hospedaje de cochrane a tortel” e que “existía un refugio en Vagabundo pero no sé si funciona aun”.

 

Também recebi respostas que me encorajaram num primeiro momento, mas a falta de certeza é que me mata.

 

Geraldo Molina Arroyo, técnico de turismo da municipalidade de Tortel, me respondeu que “la verdad es que si bien no existen establecimientos tales como hospedajes o camping en los tramos, Cochrane-Tortel, y Yungay Villa Ohiggins, si, existen Pobladores que viven a orillas de camino a los cuales se les podria solicitar el alojamiento por una noche, ya sea bajo techo o vivaqueando. “

 

Já a municipalidade de Villa O’Higgins me respondeu que “existe campesinos que cuentan con zonas de camping en el camino pto yungay- villa ohiggins, siempre es bueno venir con las carpas.”

 

Dei uma olhada nos guias da Copec, mas no site o conteúdo é limitado, não consegui consultar a lista de campings.

 

Também pensei em fazer o trekking para El Calafate, e essa idéia ainda não está descartada, mas, como eu disse, o problema é o tempo curto.

 

Não só eu, mas todos os outros quatro participantes do passeio estamos temerosos em não levar barraca, principalmente para uma emergência. Um eventual bivaque ao relento é possível, mas nada melhor que um lugar aconchegante pra se dormir depois de um dia de atividade.

 

Obrigado pelos conselhos

 

Abraços,

 

Bulha

.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites



×
×
  • Criar Novo...