Ir para conteúdo

Astrônomos descobrem 10 planetas fora do sistema solar


Silnei

Posts Recomendados

  • Admin

Astrônomos descobrem 10 planetas fora do sistema solar

 

 

Um grupo de astrônomos anunciou na quarta-feira ter descoberto 10 planetas fora do sistema solar, usando para isso câmeras robóticas, enquanto outra equipe afirmou ter encontrado o planeta mais jovem de todos os conhecidos.

 

As descobertas ampliam uma crescente lista de 270 planetas extrasolares, disseram eles, num encontro de astrônomos em Belfast, na Irlanda do Norte.

 

 

A equipe do robô é chamada de "SuperWASP" (a sigla em inglês de pesquisa por planetas em uma ampla área) e as câmeras buscam os astros transitando, ou passando diante de suas estrelas. A luz do sol enfraquece só um pouco quando isso acontece e os astrônomos podem fazer uma estimativa do tamanho e localização do planeta.

 

 

Na maioria, os planetas ao redor de outras estrelas foram encontrados por um método diferente: a medição dos pequenos puxões de um planeta no campo gravitacional do sol.

 

 

Don Pollaco, da Queen's University, em Belfast, e alguns colegas usaram um conjunto de câmeras nas Ilhas Canárias (Espanha), África do Sul, Chile, França, Austrália e nos Estados norte-americanos do Havaí e Arizona para descobrir os 10 planetas extrasolares.

 

 

Os planetas variam, em massa, da metade à mais de oito vezes o tamanho de Júpiter -- o maior planeta do nosso sistema solar. Um deles conclui uma vez por dia uma órbita ao redor de seu sol e fica tão perto dele que sua temperatura diária pode alcançar 2.300 graus centígrados.

 

 

A outra equipe -- de Jane Greaves, da University of St. Andrews, na Escócia, e alguns colegas -- informou ter localizado um planeta-bebê enquanto usava rádio astronomia para examinar um disco de gás e partículas de rocha ao redor da estrela HL Tau. Também se acredita que essa estrela seja jovem -- 100.000 anos enquanto o Sol tem 4,6 bilhões de anos.

 

 

Anita Richards do observatório Jodrell Bank, na Grã-Bretanha, afirmou que a descoberta "mostra uma visão única de como os planetas se formam".

 

 

"O novo objeto, designado HL Tau b, é o mais jovem objeto planetário visto até hoje", acrescentou ela.

 

 

Fonte: Maggie Fox - Reuters

Link para o comentário
  • Membros de Honra

Acho que vai demorar prá ter planeta "mochilável". Ainda mal começamos a poder enxergar um pouco fora do Sistema Solar. Temos alguma visão de objetos e mecanismos gigantescos, mas os detalhes nos escapam. Daí a poder IR lá, vai ser uma looooongo caminho, mas nada mais natural que um dia chegue-se lá, considerando que a gente não se mate primeiro.

 

A descoberta de planetas não-similares é agora quase uma rotina, então tem um projeto da NASA mais específico: busca de planetas SIMILARES à Terra, ou seja, planetas cujas características seriam mais facilmente habitados e, quem sabe, habitáveis. Podemos não conhecer formas de vida inteligentes fora da Terra, mas se uma surgiu aqui, pode ser que em planetas similares, vidas inteligentes similares poderiam surgir também.

 

Por enquanto, o projeto está em fase inicial e todos sabemos como as verbas da NASA são sempre apertadas, mas espera-se poder determinar bastantes planetas similares à Terra.

Link para o comentário
  • Membros de Honra

olha, uma coisa eu sei que eu posso garantir. se houver um planeta mochilável, não demora muito pra gente ter um relato do jorge soto com fotos, descrição da trilha, detalhes importantes e etc. um daqueles relatos deliciosso que agente tem que imprimir pra servir de guia.

 

enquanto isso, provavelmente vcs verão dicussões intermináveis entre eu, o haole e o hendrik sobre qual barraca usar num planeta desses. já adianto que vou preferir um com árvores ou postes pra pendurar uma rede, e o hendrik vai querer fazer uma visita à nasa só pra ver de perto a barraca espacial e o haole vai perguntar se vende no www.rei.com.

 

por falar nisso, alguém viu o "guia dos mochileiros das galáxias"?

Link para o comentário
  • Membros de Honra

Ogum, pode parecer uma irônica coincidência, mas a NASA também já está estudando os primeiros possíveis habitats lunares: barracas.

 

heheheheheheh. Um design bem... próprio, mas são basicamente barracas.:

 

http://www.primidi.com/2007/03/01.html#a1767

 

Vi o filme e francamente achei fraco demais. Não conseguiu passar 5% doas absurdos da ficção-científica-comédia de Douglas Adams. Os livros são muito melhores, com verdadeiras perrengues de mochileiro das mais absurdas.

Link para o comentário
  • Admin

Fala Ogum,

 

Eu assisti, gostei muito e recomendo para toda Nação Mochileira. Como não lí os livros, não posso opinar se está fiel ou não, mas o próprio Douglas Adams (autor dos livros) foi um dos produtores. Pena que morreu antes do filme ser lançado e não pode ver sua obra na telona.

 

Quanto ao título que o Hendrik citou, a tradução ao pé da letra seria "O Guia do Caroneiro das Galáxias", mas como a palavra caroneiro e até a carona no Brasil não são usuais como são na Europa, o Nome "O Guia do Mochileiro das Galáxias", traduz com mais fidelidade o conceito de viajante universal do Adams no Português Brasileiro.

Link para o comentário
  • Membros de Honra

naum li o livro ainda, apenas assisti ao filme. saber que mal ficaram no filme 5% é alentador, pq nos instiga a ler o livro.

 

é difícil adaptar bem um livro. no geral, é necessário diminuir, reduzir. é o que aconteceu com o senhor dos anéis (eu vi as versões estendidas tb e li os livros) mesmo que a soma dos 3 episódios dê 12 horas de projeção, ainda há sequências inteiras de fora....

 

eu vi essa barraca da nasa. meio feia, né? será que encomendaram o modelo pra nautika?

Link para o comentário
  • Membros de Honra

naum li o livro ainda, apenas assisti ao filme. saber que mal ficaram no filme 5% é alentador, pq nos instiga a ler o livro.

 

é difícil adaptar bem um livro. no geral, é necessário diminuir, reduzir. é o que aconteceu com o senhor dos anéis (eu vi as versões estendidas tb e li os livros) mesmo que a soma dos 3 episódios dê 12 horas de projeção, ainda há sequências inteiras de fora....

 

eu vi essa barraca da nasa. meio feia, né? será que encomendaram o modelo pra nautika?

Link para o comentário
  • Membros de Honra

Não achei que o filme tenha conseguido ser fiel aos livros. Não apenas às cenas, às histórias, mas ao humor de Douglas. Talvez porque haja bastante narração nos livros, que dão uma imagem maluca ao que vai ocorrendo.

 

Ogum, embora apenas o primeiro livro leve o nome de "Mochileiro das Galáxias", se trata na verdade, nas palavras de Douglas, de uma trilogia em cinco volumes. Mas o mais engraçado achei ser o primeiro mesmo.

 

De certa forma dei sorte, pois li os livros primeiro.

Link para o comentário

Arquivado

Este tópico foi arquivado e está fechado para novas respostas.

Visitante
Este tópico está impedido de receber novos posts.
×
×
  • Criar Novo...