Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

pc$rider

NY 12 dias.........com dicas e preços.

Posts Recomendados

As dicas pra montar esse roteiro peguei em sites e blogs depois de muita leitura e pesquisa: viajenaviagem (li TODOS os posts NY de 2010 até JUL/12), NY para mãos-de-vaca, mochileiros.com ( vlw Glaucia!, rafamac e davlav) , Melhores Destinos, etc.

Roteiro básico pois NY é gigante e tem muita coisa pra ver.

 

Lembrar:

.GPS.

.Ver o horário do voo de volta pra agilizar qual meio de transporte pegar.

 

.Comprar cadeado TSA pra não quebrarem sua mala. Se tiver aquelas com segredo nem use. Leve uma mala velha pra ficar por lá mesmo. Se a sua é nova, compre apenas um cadeado vagaba aqui e chegando lá compre os TSA.....que tb são vagabas mas o pessoal da alfândega pode abrir com a chave universal. Vc pode comprar tb modelos Samsonite ou Swissgear para usar em outras viagens que não pros EUA. Na volta abriram apenas uma mala das quatro, mas não se preocupe, eles colocam um papel da TSA e não levam nada. A não ser que seja algo que tenha risco pro avião.

 

.Pegar na recepção do hotel: tickets, panfletos, livreto de desconto para atrações. Existem vários cards com descontos e gifts em várias lojas. Caso não tenha no seu hotel jogue no Google e imprima. Mapa do metrô é como o celular: não sái do seu bolso enquanto estiver em NYC.

 

.Se cadastrar via internet (aqui no Brasil, né?) no Woodburry Premium Outlet como vip. Imprimir todas as folhas com desconto de todas as lojas pois existem lojas legais que não conhecemos. Imprimir a folha de sócio vip pra ganhar o livreto(booklet) de desconto na entrada do outlet. Caso não imprima a folha de sócio vai ter que pagar $5 ou $10 pelo livreto. Comparar os descontos das folhas com os do livreto ao fechar a compra (faça isso antes, claro). Algumas lojas aceitam os dois, outras não. Vá logo :arrow:nos primeiros dias na Century21 e no Outlet :arrow: para ter a real noção de preços e não fazer compras de impulso!......mulheres principalmente!!!!!!..........Não fomos no Jersey Gardens por falta de tempo.

 

. Comprar o Metrocard ilimitado p/7 dias: $29.....tem tb o de 30 dias (trem, metrô, ônibus, bondinho p/ Roosevelt Island quantas vezes vc quiser. “Igual lá no Brasil” .....esse foi um bordão que toda hora eu falava por lá....hauahahauahau). Você brasileiro acostumado com inflação alta: se ficar mais de 7 dias, não compre logo 2 bilhetes , pois ele expira. Espere o cartão expirar e logo em seguida compre o outro. Fique tranquilo pois depois da reunião dessa semana (AGO/12), o BC deles já fixou de novo entre 0% e 0,25% o juro anual.....é isso mesmo.....ANUAL! Aproveite as inevitáveis comparações entre primeiro e terceiro mundo e dê um upgrade nas suas concepções político-econômicas. De volta ao Brasil, leia ::quilpish:: mais política e economia ao invés de tosqueiras clássicas das bancas e dos canais abertos que só entopem sua mente. Desculpem o desabafo! :evil:

 

.Comprar o NY City Pass $89. Não comprei, mas é a melhor opção para quem fica poucos dias. O outro, chamado NY Pass é mais caro, tem 55 atrações e não se consegue ver tudo. Dica de 99% dos blogs especializados.

 

.Gorjetas: Rest: de 15% a 20% ....acabei arrendondando tudo pra 20%........carregador $1 por vol...........arrumad $2 ao dia.

 

.Lojas de suplementos da GNC: Coisa linda!!!...Muuuuuuuuuuita variedade, é tanto produto que a loja fica bem colorida....kkkkkkk.....há várias espalhadas pela cidade. O paraíso pra quem gosta de malhar, ótimos preços. Cuidado com os produtinhos proibidos na Brasilândia!!! Concorrente Vitamin Shopper é mais cara. Tb usei o bodybuilding.com, que tem bons preços, pra comprar Isopure pq na loja só tinha o pct pequeno. Chegou em 3 dias. VC aos poucos vai notar que lá tudo funciona! É normal te darem troco certo, inclusive com centavos, ok?.....Inevitavelmente irá usar muito o bordão: “Igual lá no Brasil”.

 

.Circle line tour da Gray Line: 8:30h às 17:00h. (777 8th ave, entre 46 e 47 st). Tem vários passeios além do ônibus de dois andares, que não fiz , mas dizem que é bom pra se localizar na ilha. Comprei o Circle Line Harbour Tours $34 cada.........achei mais interessante o passeio de 2h de barco no fim de tarde e começo da noite, passando pelos principais pontos, pela estátua da Liberdade, além do visual (dica do viajenaviagem). Pega o bus M42 na Times Square (calçada do Dallas BBQ) e salta no ponto final onde fica o Pier 83, exatamente de frente pro barco. Mulherada: Não esquecer o casaco.

 

Tem outros passeios: Harlem - missa de domingo na Abyssinian ou Canaan Baptist às 11h que fica no 132W da 116 th com Lenox Ave(linha 2 e 3 do metrô)....fizemos sem pacote e é bom chegar cedo senão fica de fora. Chegamos depois e dois gigantes muito enfezados nos indicaram outra. Até entendi, o cara tá lá rezando e chega um monte de gringo querendo tirar foto e ouvir o coral....pow!!! Volte da Canaan, dobre a esquerda e ande uns 3 blocks na Lenox Avenue e verá uma igreja gigante. Não ir de chinelo e camiseta já que eles chegam bem arrumados. Manda aquela pólo fresquinha do Outlet....kkkkkkk. Na saída havia um grupo de umas 8 pessoas com guia e bikes: Se informe no Google ou agências por lá, já que as daqui cobram até pelo bom-dia!

 

 

.Fiquei no Verve Hotel - An Ascend Collection.

40-01 29th Street

Long Island City, NY, 11101

Tel: (718)-786-4545 Fax: (718)-786-4554 E-Fax: (718)-725-8362

Há 3 estações próximas do hotel: a mais próxima 39ave,está a 1 quarteirão, a Queens Plaza e a Quennsboro Plaza, estão a 2 quarteirões. Bairro tranquilo, chegamos depois das 2 da matina várias vezes. Como fui em alta temporada (JUL/12) e deixei um pouco em cima pra procurar, pois dependíamos de uma resposta de uma amiga em NY, muitos hotéis já estavam lotados. Não esqueça de que se não for muito abonado, os hotéis de Manhattan têm quartos pequenos e não oferecem café da manhã. O pessoal do staff é muito educado, atencioso e tb falam espanhol. Café da manhã, wi-fi, encomendas de compras via net, lavanderia, cofre no quarto e internet com impressora já incluídos na diária. É uma grande ajuda!

Café da manhã bem americano e dá pro gasto. Torradas, pães, donuts, waffles, bacon, ovos, geléias, queijos, manteiga, cream cheese, café de máquina, frutas e sucos. Pontualmente encerra às 9:30. Não se atrase. Agora se vc pensa gordo e quer aquela mesa de cinema aonde um senta à 500m do outro, e vai ficar comendo de 7h às 10h, existem vários 5 estrelas em NY.

Possuem serviço de táxi especial com motoristas cadastrados, que chega em 5 minutos. Usamos na volta pro JFK já que o voo era 7:55 e temos que chegar bem antes por causa dos trâmites de praxe dos aeroportos. Preço fixo de $40, uma van giga da Toyota onde couberam todas malas, mochilas e a guitarra na parte de trás.....sem aperto, sem difilculdade. Achar táxi na madruga é meio complicado.

 

OBS: Pertinho da Queensboro Plaza na calçada dos correios vc vai encontrar numa esquina o Express Plaza, uma pequena deli aberta 24h que vende um sanduíche de pastrami delicioso (peça o n. 6). Na volta, mortos, sempre comíamos ali. Não esqueça do suco de uva. Tudo dava uns $9 pra duas pessoas.

 

Sugestão de hotéis para pesquisa: Carvi Hotel, Stone Rose Lounge, Distrikt Hotel , The Pod, Larchmont, Hotel 17, Jane, Milford Plaza, Staybridge Suites, Off Soho Suites.

Não conheço nenhum, mas pelos blogs que fui lendo, falavam mais desses acima com boa relação custo x benefício. De qq forma pesquise e adeque tudo ao seu perfil, pois como já dizia Fernando Pessoa: "Tudo vale a pena quando alma não é pequena".

 

 

1 dia - Chegada

.Desembarque na cidade: Se informe logo no balcão de info na saída do portão de desembarque e pegue o Super Shuttle (http://www.supershuttle.com" onclick="window.open(this.href);return false;) . Te deixa no hotel caso este fique em Manhattan. Há lugares que o shuttle não cobre, então veja-os no balcão de informação. No Queens, onde fiquei, não cobria, então peguei o Air Train (monotrilho grátis que liga os 7 aeroportos do JFK) e saltei na conexão pro metrô da Jamaica Station. A mulher do balcão pede pra vc pagar $7,25 (cada) quando sair do Airtrain e fizer a conexão pro metrô, mas na hora lá o funcionário que ajuda vc a comprar o Metrocard nas máquinas falou que basta comprar um ticket de $10 pros dois e tá tudo certo. Logo em seguida é a hora de comprar o Metrocard ilimitado por 1 semana. Agora, se juntou aquela grana forte, táxi não falta. Veja só o horário da chegada pra não ficar preso no congestionamento.

Obs1: Levamos apenas uma mala!.....sim, uma mala pra dois......É muito normal andar de mala no metrô e na cidade.

Obs2: Ver onde fica seu hotel e estudar a possiblidade do aeroporto Laguardia.

 

.Times Square – Quase todas as linhas de metrô que vamos usar passam por aqui, portanto, essa é a estação, e nada como uma ambientação no primeiro dia pra ir pegando a manha do uptown e downtown. Quando não houver estação diretamente pra onde vc vá, terá que ir fazendo as baldiações clássicas, trocando de um pro outro até chegar no seu objetivo. Caso queira, tb pode descer da estação e pegar um bus: imagine o jogo da velha, que enquanto o metro passa por uma via os ônibus passam por outra fazendo assim uma interligação. No segundo ou terceiro dia vc tá craque. Caso isso não aconteça, ao voltar pro Brasil, pergunte aos seus pais se eles compraram quando vc era criança aquele brinquedo da casa que vc encaixa o quadrado, o triângulo.....etc. Muitos brasileiros e tb americanos reclamam da sujeira no metrô. Realmente vi algumas estações sujas, porém tudo funciona no horário e com rapidez. Os daqui do RJ são limpíssimos, contudo, o serviço é um lixo, funcionam mal e sempre estão superlotados. Não duvide do quadro que existe em algumas estações com o tempo previsto de chegada: bate exatamente no horário.

 

Nessa área há vários restaurantes clássicos e que fomos em dias diferentes:

1-Redlobster - Especialidade: frutos do mar. Não entendo pessoas que vão em churrascaria e pedem japonês. Se tá em restaurante especializado, peça a especialidade, né?

2-Dallas BBQ (quase em frente ao Tussaud museu de cera) – Legal. Lemonade é refil, vc já sabe, paga um e pode beber vários. Água é grátis. Eles lá pedem muito uma asa frita, como não gosto dividimos um combo: com costela pqna, fritas, vem tb um bolo doido, com mateiga ????????????? acho que é uma sobremesa. Depois pra completar dividimos um superhamburguer.

3- Carmine’s (44 entre 7 e 8ave) – Restaurante bacana, mais refinado. Bela decoração com música clássica no fundo musical.....bem legal. Segundo recomendações pedimos o talharim com frutos do mar....vem com tudo....lagosta, camarão, marisco, ostra, mexilhão.....e uns lá que nem sei o nome......muito bom, devoramos tudo!....$46 mas dá pra 4 pessoas. O cardápio fica na parede. Aqui aprendi com a garçonete que nós dois somos “heavy duty”.......kkkkkkkkk.......comemos muuuuuito!

4 -Bubba Gump (1501 Broadway) – Muito bom tb. Várias delícias com camarões, carnes e etc. Pedimos um SampleMix com várias petiscos de entrada e depois um prato principal. Lemonade tb é refil. Sobremesa foi um cookie com sorvete por cima (dá pra 2 pessoas)......delícia!!!!! Nesse foi uma experiência gratificante pois logo após pedirmos a entrada escolhemos o principal. O garçon muito educado nos falou que estaríamos basicamente repetindo a entrada pelo fato de ser bem parecido. Educação e honestidade é tudo!

5-Sbarro (1606 Broadway) – Há vários espalhados pela cidade. Self service chinfrin. Só vá em último caso, se a grana estiver apertada ou com tempo curtíssimo. Antes tivesse ido num Mc ou Burguer King. Mas temos que experimentar pra poder emitir uma opinião. ::bad::

6-Applebee’s- Fomos no do Woodburry,mas é tudo igual. Bem legal. Pedimos um sample, espécie de mix com várias coisas de entrada e depois um bifão com camarões, fritas e uns molhos muitos gostosos.

 

. A loja da Disney - Contém itens exclusivos da Disney para NYC e também conta com 5 andares ricamente decorados. Como meu filho não foi, nem perdi meu tempo aqui.

 

.Discovery Time Square (266W 44th entre 6 e 7ave) – sempre tem uma exposição legal. Quando fui estava a Terracota Warriors da China (julho). Agora em agosto a exposição é sobre espionagem, arapongas e coisas usadas por eles como canetas, disfarces e etc...

 

.Forever 21 - Ao lado da loja da Disney, são vários andares de roupas, acessórios, sapatos, bolsas. Minha namorada ficou muito tempo nessa loja, perdemos tempo precioso. Mas não se iluda....tem coisa melhor no Outlet e em outras lojas. Comprei apenas 3 blusas pois a parte dos homens é bem restrita.

 

.Toy´s R´us – A maior loja de brinquedos do mundo. Aqui sim, comprei vários brinquedos Star Wars pro moleque!

 

.CVS, Walgreen´s e Duane Reade – As farmácias. Se você não encontrar o que procura em uma delas, certamente encontrará na outra: cosméticos, utilidades, água, suplementos, vitaminas, sucos, remédios e até alimentos. Compare e tire suas conclusões. Compramos na CVS uma fita pra clarear os dentes (nível 4 profissional) da Crest 20 unid. por $54. ::cool:::'>

 

.GAP – Loja clássica americana. Bons preços. Blusas oficiais dos Star Wars pra molecada. Tb tem no Outlet.

 

.M & M´s e Herhsey´s - Loja para os fãs de chocolate e típica de turistas. Tem mais tralha pra vender do que chocolate em si. Chocolate Hershey’s acho muito ruim, passei longe. Fui na MM, mas nada de mais, bem melhor comprar os Godiva ou Lindt nas farmácias, onde até os próprios packs de MM são mais baratos. Há lojas da Godiva em NYC. Antes no dutyfree comprei um ultra-mega-giga Toblerone.

 

.No entorno fica a Sam Ash (48th com 7ave) – Mega loja de instrumentos musicais. Comprei lá a guitarra do moleque, uma Ibanez RG370 DX semi profissional. Fui tb na Guitar Center (25W 14th street) onde o E-Band Boss tava com melhor preço, mas fica longe daí. Tem que pegar o metrô e saltar na estação 14th (linhas 1,2 ou 3).

 

2 dia – Downtown e Estátua da Liberdade

• Wall Street – Descer na estação Wall Street. Fotos do famoso touro (Charging Bull) que representa os comprados. Nos arredores tem Bolsa de Valores, Ground Zero, Trinity Church. Muita emoção pra quem opera na bolsa, já que dali passam as ordens dos grandes bancos: Morgan Stanley, BofA, Merryl Lynch, Goldman Sachs, UBS, Deutsch....etc. É o centro financeiro do mundo.

 

Os carros são um show a parte pra quem gosta e aqui é o lugar para vê-los com mais frequência. Mercedes tem em cada esquina como água, né C180 não....é S550 a todo instante, vi uns Porsches, BMW e Buicks, uma Lotus ,muito Cadillac, Lincoln, muito Infiniti, Corvette, Dodge Challenger, Camaro, Mustang, muito Nissan Altima e Maxima. Agora, carro francês, nadinha, deve ser uma porcaria mesmo. Os queridinhos dos tios daqui: Corolla e Civic, é sacanagem, mal se vê, pois são considerados pequenos, é de Camry e Accord pra cima. Fiat não existe.....kkkkkkk....tenho um e este é o preço de um Buick Regal 2012 turbo completaço ($27.055) que simplesmente humilha não só meu hatch como tb Corolla, Civic, Linea, Vectra, e outros que a maioria dos brasileiros acham que são óóóóótimos carros. Vi meia dúzia de Passat alemão da Volks. E nos poucos momentos que vi TV só via os intervalos, que era onde passavam os anúncios dos carros. Acabei de ler um texto muito interessante que reflete exatamente o que falei acima: http://www.infomoney.com.br/minhas-financas/carros/noticia/2524760/Forbes-ironiza-preco-dos-carros-Brasil-chama-consumidor-ingenuo" onclick="window.open(this.href);return false;

 

• Estatua da Liberdade – Saída do Battery Park dentro do Castle Clinton National Monument (pegar o booklet). Trata-se de um parque localizado ao sul de Manhattan, cujo ponto mais visitado é o Castle Clinton onde atualmente estão as bilheterias em que são vendidos os ingressos para o ferryboat que conduz a Liberty Island e Ellis Island. (Achei esse desnecessário, pois comprei aquele passeio de barco).

 

.B&H PHOTO (420 9th Ave entre W33th e 34th street) – Bom preço pra fone de ouvido...várias marcas sendo as mais cascas, a Beat do Dr.Dre e a Bose que tem uma lojinha no Woodburry. Beat é a que tem um b no fone, vc vai ver muito lá e de várias cores, todo mundo tem. Fone branco da Sony: $15.99 Preço bom tb em máquina fotográfica e laptops. A loja é gigante, como todas em NY. Não esqueça de mencionar que vc quer o “free gift”: uma pastinha tosca gratuita pra quem faz compras, e é só entrar numa saleta e levar a nota, na saída do caixa. Não funciona sexta à tarde e sábado por causa da religião judaica. Pessoal da loja muito educado e atencioso.

 

.Century21 – Pertinho do WTC. Linhas E,R,1,2 e 3. Linha E deixa quase dentro da loja. Excelentes preços. Agora, muita luta e disposição, pq é uma zona total. Parece que passou um tsunami. Mistura 2 Redbulls com alguma coisa e vai à luta. Cadeado TSA (2 por 5.99) e malas grandes por $110.00 da Swissgear, Tommy, Guess, é lá. Essas bolsas que a mulherada gosta M.Kors, Guess, Tommy, é lá. Blusas da galera, Billabong, Quik, Element, mas não espere as mais bacanas. Conjuntos Adidas, Puma/Ferrari e camisas pólo. Achei chumbrega, mas lá tb tem óculos escuros com bons preços, onde todo mundo pega, usa, joga, arranha, arrasta, chuta e coloca de qq jeito.... ::ahhhh:: ...parece uma Uruguaiana/25 de março dos óculos. São marcas famosas, o que não necessariamente quer dizer que seja um bom óculos, pois ali vc compra a grife. Vi pessoas com 8, 6, 5 óculos nas mãos com peças de $20 a $50. Perfume não tinha o que eu procurava, mas sempre sái alguma coisa. Achei na volta o que eu procurava no duty da Colômbia, um porradão de 200ml da Loewe. Tem Loewe em NYC mas não deu tempo.

 

3 dia – Downtown e Brooklyn

• China Town - A área situada entre a Canal St. Bowery, Park Row, Pearl St. e Center St (nove quarteirões, aproximadamente) muda completamente todo o cenário nova-iorquino.......não só pela estilo do lugar mas também porque é meio sujinho. Muitas lojas com produtos típicos, onde vendem de chá à louças chinesas (a preços mega convidativos), lojinhas de peças de marfim e jade e milhares de restaurantes com pratos típicos de Cantão e Xangai, dão um charme a este bairro tão diferente. Almoçamos no Shangai Asian Manor (21 Mott Street), nele vimos turistas e achamos mais acolhedor e pra não errarmos no prato pedimos um yakisoba.....kkkkkkk.....vai que vem um cachorro a molho pardo ou uma cabeça de ganso marinada.

 

.Little Italy – Resume-se a uma pequena região com algumas cantinas e confeitarias. Lugar mais bacana e arrumado. Várias lojinhas de camisas e consegui achar a clássica do CBGB, 100% punk rock. (Grand St com Mulberry st).

 

• SoHo – Uma das melhores partes de NYC. Forma abreviada de South of Houston, é a área situada ao sul da West Houston St. (que é também o limite do Village). Depois de anos abandonado como distrito industrial, ganhou vida, e muito charme !! Lá estão os artistas morando em fabulosos lofts e expondo nas galerias de arte.O SoHo é a meca da moda de vanguarda, com lojas badaladas como a Comme Des Garçons (116 da Woorster St.) Lá há também ótimos restaurantes ( Balthazar, Nobu, etc...prepare o bolso). Aproveite e vá ao Dean & Deluca, que é muito interessante, com muitos queijos, lanches e até almoço em que vc vai montando o que vc quer numas vasilhas que são pesadas na hora de acordo com cada item que vc escolheu. Acabamos almoçando no Chipotle (71 Spring street), rede de comida mexicana, que por sinal é bem feita, gostosa e com preço bem honesto. Se você aprecia coisas para casa e jardim irá enlouquecer com as lojas charmosas de móveis e objetos, como Portico, Bed & Bath, Pottery Barn, etc. Não perca a arquitetura da loja da Prada e tb bem perto tem uma M.Kors. Esquina famosa: Broadway x Houston. Seguir pela Broadway sentido Downtown, pois lá estão: Adidas(610), Hollister(600), Victoria’s Secret(565), Banana Republic(522), Puma(521), Ralph Loren(379 West Broadway), Marc Jacobs(163 Mercer St entre Houston e Prince Street).

 

No meio de tanta marca famosa achamos uma lojinha underground bem interessante estilo skate rock, a Yellow Rat Baztard NYC (483 Broadway). Entrei pq logo de cara vi o mostruário de algumas camisas de bandas clássicas como Ramones, Clash, Hendrix, Nirvana....etc....e meu filho pediu uma do Ozzy. Muitas blusas de $20 e $10, algumas pintadas por artistas de várias partes do mundo e outras da NY Ink com estampas de tattoos, acho que do programa do canal TLC. Irado! Vc vai pro fundo da loja e os preços vão diminuindo (quase toda loja é assim). Óculos, cintos, mochilas, blusas quadriculadas....etc. Descendo e chegando num mezzanino muitas calças jeans. O subsolo é o mundo: blusas por $5, blusas de seleções da Puma $35, casacos Puma ou Adidas por $25, outros mais pesados por $40, já que estamos em JULHO. Tb tem algumas lembrancinhas diferentes e outras consagradas de NY para dar de presente na volta ao Terceiro Mundo. Fomos num studio de tatttoo, o Rising Dragon (51W 14st) que fica na calçada da Guitar Center, seria melhor fazer isso no dia do roteiro do Meatpacking District no dia 10.

 

Na mesma Broadway tem uma loja de óculos comum em NYC, a Sunglass Hut (496 Broadway), com uma boa variedade e peças de qualidade. Comprei um Revo 8) com lente polarizada por $179, marca americana que a massa ainda não conhece, portanto, não existe em camelô. Lá no fundo da loja, pra variar, promoção: Ralph Loren por $64. Agora se vc quer realmente preço, vá na Century21, conforme já citei no dia 2.

Seguindo na mesma calçada vc vai ver o L’école de esquina. Restaurante-escola francês. Não deu pra prestigiar pois já tínhamos almoçado.

 

4 dia - South Street Seaport

• Pegamos o metro e atravessamos para o Brooklin (estação High St) para cruzar a Ponte do Brookling caminhando sentido Manhattan (passeio bem tranqüilo e gostoso de fazer, várias fotos!). Ao terminar a ponte, pode voltar alguns metros para visitar o Pier 17.

.O South Street Seaport fica numa região história da cidade, da Fulton Street até o rio East River, destacando-se o Pier 17, o South Street Seaport Museum e o Fulton Fish Market. No Pier 16 ficam atracados navios históricos como é o caso do Pioneer, Peking e Ambrose. É no Pier 16 que encontraremos ingressos para o museu, barcos, tours e exibições.

• O Pier 17 é um lugar bem turístico, de onde saem algumas embarcações, sendo ótimo para tirar belas fotos da ponte do Brooklin e os prédios de Manhattan. Existe uma loja da Abercrombie, a exposição BODIES, restaurantes, um shopping e a loja da TKTS, onde se podem comprar ingressos para peças da Broadway com desconto e sem fila, mas sempre para o mesmo dia. Aproveite esta noite para assistir uma peça da Broadway, já que você passará pela TKTS.

.Brooklyn Flea Market em Fort Greene (Lafayette Ave.)…..joga no Google.

.Luna Park. Coney Island é uma península que fica no Brooklyn - de metrô se leva aproximadamente 45 - 60 minutos do centro de Nova Iorque - é uma região muito conhecida pelas suas atrações, pela sua praia e calçadão, mas que nos últimos anos não vem se mostrando tão convidativa aos turistas, mormente pelo fato que as suas principais atrações somente funcionam em determinadas épocas do ano e as vezes apenas nos finais de semana. Como opções de alimentação também figuram em destaque a lanchonete Nathan's Famous (1310 Surf Avenue, Brooklyn, NY) e a Totonno Pizzeria Napolitano (1524 Neptune Avenue, entre a 15th Street e a 16th Street, Coney Island, Brooklyn, NY). Se já assistiu The Warriors – Os guerreiros da noite, vc vai lembrar de Coney Island.

 

5 dia – ONU e Midtown

• Visita a ONU Tour guiado em várias línguas, inclusive o português. De 2ª à 6ª das 9:30 às 16:45 h e sáb. e dom. das 10 às 16:30 h. Preços: adultos $12, crianças de 5 à 14 anos $7. Lá você encontra uma loja com uma amostra de produtos do mundo todo. ( First Avenue entre a 42nd St. e 48th St.)

 

• Grand Central (87East 42nd street) seg/sex-8:00 as 20:00 sab10:00/20:00 dom11:00/18:00 para umas fotos e experimentar um delicioso cheese cake no JR Cheese Cake que fica na estação, além de outros lugares para comer. Cup cakes no Magnolia Bakery. Trata-se de uma enorme estação – ferroviária e metroviária – no estilo Beaux-Arts – inaugurada em 1903. Não deixe de ver:

O relógio dourado de quatro lados que fica exposto no Main Concourse. As constelações do zodíaco invertidas pintadas no teto por Paul Helleu, mais de 2.500 estrelas sendo 60 delas iluminadas por fibras ópticas. As escadarias, no estilo Beaux-Arts style. Os candelabros, enormes e opulentos.

Se estiver perto da hora do almoço, uma excelente opção é o famoso Oyster Bar & Restaurant: que serve uma grande variedade de frutos do mar, incluindo 25 tipos de peixes, e mais de 30 variedades de ostras na Grand Central.

A sobremesa pode ser um sorvete na Ciao Bella Gelateria, também na Grand Terminal Station. Ao sair da Grand Terminal Station, é possível avistar o Chrysler Building, outro edifício tradicional de Nova Iorque. Se sair pela principal da Grand Central e continuar a descer, vai passar por debaixo de um viaduto e vai encontrar outra CVS. Nunca fui tantas vezes em farmácias como em NY, parecia um hipocondríaco. Toda hora a mulher queria ver creme. O pessoal já conhecia a gente e deviam pensar: Lá vem aqueles brasileiros malucos!!!

 

• New York Public Library(11W 40th street) Dom/seg-fechado...ter/qua11:00 às 18:00..qui/sex10:00 às 18:00....sab11:00 às 18:00, passeio tranqüilo para conhecer a biblioteca que é muito bela!

 

. Bryant Park (40W 40th street) – Atrás da biblioteca. B.P. Café: Bastante frequentado no verão(mesa no terraço), tem menu informal no estilo americano, localizado na lateral da 42nd street.

 

.Loja da Asics (51W 42 nd Street) colado ao Bryant Park. Comprei um Nimbus14...$140...Dá pra fazer um exame de scanner dos pés.

 

. Outlet de perfumes: Smell me NYC (301 Madison Ave - corta a 42). Pertinho tb com bons preços tem a Perfumerie (10E 42nd street). Ainda na 42nd lanchamos num lugar simples porém interessante e que tem outras lojas por NYC, o Café Metro (14E 42nd street). Muita variedade de comidas: Trata-se de um grande salão onde vc escolhe o que quer comer. Desde saladas no estilo Spoleto de montagem, ou seja, vc escolhe as folhas e os ingredientes da salada, passando por deliciosas sopas, sanduíches e pizzas. Pedimos um sanduíche de pastrami (metro steak cheese) + uma sopa tamanho L sabor beef and mushroom barley + 1 fatia de pizza de mushroom (pq ninguém é de ferro) = $18.26 com taxas pra duas pessoas. Esqueci do suco de uva: uns 2.00 . Pessoal fala mal da comida americana mas não tivemos nenhuma dificuldade em comer coisas diferentes de junk food. É NY, né, meu camarada?

 

• Jack’s (40 entre 5 e Park ave) e (32th entre 6ave e 7ave). A famosa loja de $0,99. A loja da 32 é a melhor pois tem 3 andares com muita tralha. Comprei por $0.99 cada: Caixa com 100 band-aid, calculadora, pack com 3 lapiseiras c/12 grafites 0.5mm, 2 marcadores de texto, pack com 3 durex, pack com 4 cx com 20 grafites 0.5mm=80grafites, rolo de fita adesiva 48mm por 27m (pra embalar shampoo e cremes na volta que abrem/estouram com a pressão do voo). Depois, no terceiro andar: after shave Gillete em gel 100ml= $1.99, pack com 10 leços Kleenex=$1.99, batata Pringle’s gde $2.99 Muito bom!!!!!

 

• Subimos a 5 Av. passando em frent a, St. Patrick Cathedral(631 5th Ave).

 

. Empire States Building ( melhor de noite) 350 Fifth Avenue, entre a 33rd Street e a 34th St.

Horário de funcionamento:

- 365 dias por ano, das 08h:00min as 02h:00min. Adultos (13-61): US$ 25,00.

Com a queda do Word Trade Center, o Empire States voltou a ser o prédio mais alto de Nova Iorque. Saindo do Empire States, dirija-se à 33rd Street, lá você encontrará o Manhattan Mall (100 W. 33rd Street).O Manhattan Mall atualmente é ocupado na sua maior parte pela JCPenney. Quase em frente a ele, há uma outra loja da GAP, maior que a do Times Square (60 West 34th Street).

 

. Rockfeller Center(50 th street) das 8:00 às 24:00 ( $23) – Top of the rock ( de dia)– Símbolo do poder e da riqueza de Nova York, este complexo de 21 edifícios estende-se da 48th à 53rd St, entre a 5ª e a 6ª (Av.das Américas). Quando a Columbia University adquiriu o local em 1811, ali só existiam fazendas e um jardim botânico. Ao final do século apareceram luxuosas residências. Depois, durante a Lei Seca , em 1928 John D. Rockefeller propôs um arrendamento até o ano de 2069. Assim tudo foi demolido para dar lugar a um enorme centro empresarial, com restaurantes, lojas. Para os fanáticos por TV, também é possível fazer um tour pelos estúdios da NBC e até participar das gravações de algum programa de auditório. Aqui tb fica a mega loja da Lego.

 

.Macy’s – (151 West 34th Street). Linhas D,F,N,Q e R - salte na 34st Herald Square. Vale a visita. Mega loja com 9 andares com tudo que se possa imaginar de roupa, cama, mesa e banho. Multimarcas com os últimos lançamentos. Uma parte enorme só para crianças. Loja muito bem organizada, impecável, inclusive com um Mc Donalds, Pretzels e outras coisas pra comer. Isso tudo tem um preço......rsrsrs.

 

6 dia – Midtown West e Lincoln Center

• Na seqüência fomos a Time Square, com sua infinidade de telas e propagandas, Discovery Times, lojas da Swatch, M&M, Hershey, Toy R Us( 44th com 7ave), Disney, Hard Rock Café e o Planeta Hollywood. Restaurantes: Carmine’s(44 entre 7 e 8ave), Tonics e Olive Garden(46 com Broadway), Dallas BBQ, Carnegie Deli ( 7ave entre 54 e 55) onde tem o mega sanduba de pastrami. Achei o sabor do sanduba razoável, porém o garçon era muito marrento o que lhe rendeu 0 de tip. O cara mandou pagar a conta lá no caixa, depois voltar para deixar a sua gorjeta na mesa, pois esta não estava incluída no total da conta.......ah tá!!!! Se prepare, pois, se seu inglês não tem aquela pronúncia perfeita, muitos se fazem de desentendidos e te perguntam: What? Outros sabem que vc é turista ou que não domina 100% a língua e respondem numa boa, pois dá pra entender.

 

. Madame Tussauds : 234 West 42nd Street. Famoso museu de cera com coleção de figuras de celebridades, como: Barack Obama, Abraham Lincoln, Benjamin Franklin, Elvis Presley, Madonna, Beyonce, Britney Spears, Marilyn Monroe, Pablo Picasso, Jackie Kennedy-Onassis, George Busch, Ronald Reagan, Richard Nixon, Bill Clinton, Gandhi, Nelson Mandela, Brad Pitt, Angelina Jolie, Johnny Depp, Julia Roberts Leonardo DiCaprio, Charlie Chaplin, dentre outros. Horário de funcionamento: - de domingo a quinta-feira: das 10h às 18h. – de sexta-feira e sábado: das 10h às 20h. Duas pessoas com desconto do minicard + taxas = $68.38

 

.Ao lado do museu de cera tem o museu do Bizarro, o Ripley’s Believe it or not. Vale a entrada. Muito interessante e bem melhor do que ficar vendo boneco de cera. Tem um artista americano que trabalha com miniaturas e coloca uma estátua da liberdade dentro de um buraco de agulha.. Adult: $29.95 e Student: $24.95 fora as taxas. Agora, se nada te agrada, vá beber uma Stella gelada no Bubba Gump.

 

.Na 7ave com 42th tem uma loja boa da Quiksilver.

 

. Bem pertinho do Madame Tussauds, fica o restaurante Tony’s diNapoli (147W 43rd). A indicação veio do Guia Nova York Mãos de Vaca.

 

•Subimos em direção ao Central Park pela 8ave (é chão....melhor pegar um metrô), passando em frente à Columbus Circus, um pequeno shopping e o escritório da Time Warner. Disse melhor pegar o metrô pois chegará um momento que suas pernas não respondem e que os pés queimam.

 

• Próximo dali fica o Lincoln Center, um complexo de salas de apresentação com uma programação de música clássica, danças, teatro e balé. Vale a pena uma visita. Passamos pela a apresentação gratuita no Target’s Day, mas fica em outro espaço, próximo ao Lincoln Center.

 

7 dia – Upper West Side

.Se o tempo estiver curto você pode combinar o dia de hoje com o dia 9 pois ficam na mesma área.

 

• Museu de História Natural(79th street) + Rose Center for Earth and Space(áudio gratuito em espanhol retirado no audio tour desk) – Assistência em português no saguão. Museu gigante que demora boa parte do dia para visitá-lo inteiro, mas vale à pena, meio cansativo pelo tamanho do lugar. Destaques para a seção dos dinossauros (claro!) e outra área dos oceanos com uma baleia gigante no teto e os habitats dos animais marinhos em volta. Lembrando que o valor da entrada é sugerida. Praça de alimentação no subsolo (museum food court) ou Alice Tea’s Cup (156E 64 th). Museu: Dom/Qui – 10:00 às 17:45 ( às 11h tem tour guiado em português).....Sex/Sab – 10:00/20:45.

• Central Park West – Alugar bike. The Dairy – Info e mapa. Passeio por esta região do central park onde fica: 1- Strawberry Fields, uma homenagem ao John Lenon, e próximo do Brownstone, onde foi encontrado morto. 2-Dakota Building (1W 72nd) onde Lennon foi assassinado. 3-Conservatory Water. 4- Restaurant Loeb Boathouse: Café – sab/dom 9:30/16:00.....almoço- seg às sex 12:00/16:00. Há um serviço de shuttle para clientes a cada 15min. com saída da 5th ave esquina com 72nd, 80th ou 90 th street. 5-Belvedere Castle – visual.

 

.Bloomingdale’s (3rd ave entre 59th e 60th) – óculos, roupas,relógios. 15% desconto pra estrangeiros. Estilo boutique. O caro e o barato são bem relativos, eu sei.....srsrrsrs. Achei aqui bem caro.

.Apple Store.

.Fao Schweertz (767 da 5 ave) – Mega loja de brinquedos. Muito irada! Vale a visita.

 

.Niketown (6E 57th street) – Loja de 5 andares pra turista ver. O esquema vc já sabe: pega o elevador e vai descendo as escadas. Tudo caro. Mas voltando àquela máxima: o caro e o barato são relativos. Sim, peças hiper caras no Brasil ali têm um preço mais interessante. Acho Outlet bem melhor, e pra falar a verdade, nem gosto muito de Nike. Nike Air com todo o solado air que paguei $119 no Outlet, na Niketown tava $179. Pra não sair com as mãos abanando, pro moleque comprei uma chuteira sem trava por $50. Na Modell's foi uma da Adidas por $24.99

 

8 dia – Outlet Jersey Garden (ônibus 111, zona 5, portão 222 – NJ Transit)

O que é: um grande shopping fechado com inúmeras lojas que funcionam como outlets de grandes marcas. Perde para Woodbury, por pouco, em número de grifes (apesar de muitas lojas estarem presentes em ambos os outlets), mas ganha na distância, menor, e no fato de ser coberto, o que permite compras mais tranqüilas tanto durante o inverno inclemente quanto no auge do verãozaço. Outro ponto positivo é a inexistência de sales tax para vestuário e calçados no estado de New Jersey.

Onde: fica em Elizabeth, New Jersey, a 40 minutos de carro de Manhattan. Está a cinco minutos do aeroporto de Newark; há uma van que faz o trajeto (dá para deixar as malas no guarda-volumes ao chegar e ir direto para as compras; leia mais aqui).

Como chegar: para quem quer comprar muito, o mais prático é alugar um carro por um dia. É possível também chegar de ônibus — a linha 111 sai da rodoviária da Port Authority, na rua 42, e custa apenas US$ 6,50 em cada sentido.

Abre: 2a. a sábado das 10h às 21h; domingo das 11h às 19h. Confirme os horários da semana corrente aqui.

Fecha: Domingo de Páscoa, Thanksgiving (em 2011, 24 de novembro) e 25 de dezembro.

Megastores próximas: WalMart Linden (1601 W Edgar Rd, 8 km); WalMart Bayonne (500 Bayonne Crossing Way, Bayonne, 20 km; aberta 24 horas); Best Buy (2391 route 22 W, Union, 13 km), Target (621 W Edgar Road, Linden, 12 km; veja horários aqui), Ross Dress For Less (3371 US Highway 1, Lawrenceville, 66 km).

 

9 dia – Upper East Side

• Metropolitan Museum of Art – MET- (1000 5th Ave. Duas entradas: 81st e 82nd street). Saltamos no metrô da 5ave e fomos caminhando por dentro do Central Park. Passeio romântico ::love:: onde vc pode levar a gata pra trás do matinho......huahuahuahauh.....tem um zoo, banquinhos, esquilos, lagos, e outras atrações conforme dito no dia 7. De novo lembrei do The Warriors, na cena clássica do Central Park. Em vários lugares da cidade vc lembra das cenas dos filmes. Enfim, avistamos o enorme prédio. Um museu de obras de artes, esculturas, quadros famosos e uma coleção de Egito Antigo de impressionar. O museu tem apenas dois pisos, ficando mais fácil de conhecer, mas engana-se quem pensa que é rápido, já que tem muita coisa e muitos detalhes. Só nos salões do Egito ficamos 2h30: esses gringos não são bobos, não. Capiche? Não entendeu? Pergunte-se como aquilo tudo chegou lá. As outras partes, igualmente interessantes, ficaram pra próxima já que o tempo tava curto. Veja os horários dos tours no site do museu. Mais uma vez o valor da entrada é sugerido.

 

• Na seqüência, é possível conhecer o Guggenheim Museum, que fica próximo, ou apenas tirar algumas fotos da arquitetura do lugar. Preferimos ir para o próximo item:

• Sony Wonder Lab – Fica em um complexo da Sony, com a loja da marca, cafés e restaurante. O museu é simples, nada de muito futurista. Algumas projeções, brinquedos com robôs e jogos de Play Station. Vale para conhecer apenas. Fecha às 17h.

• Saindo do MET vc pode pegar um bus na 5 ave e saltar pela 59th. Saltamos pela 56th e fomos caminhando pela parte de dentro da região pra conhecer melhor. Seguir na 59th até achar as placas da Queensboro Bridge e pegar o Bondinho pra Roosevelt Island - um passeio panorâmico sobre o East River, com uma linda vista desta região da cidade. Tudo com seu Metrocard. Descendo na ilha vc pode pegar o metrô linha F.

 

10 dia – Um passeio por Chelsea, Meatpacking e West Village.( Lower East Side - LES)

.CBGB - fica no nº 315 da BOWERY com a BLEECKER STREET. Bar/casa de show onde tocaram grandes bandas punks.

 

Desta vez vamos cobrir menos chão. Este é um roteiro que dá pra fazer bem fácil em uma manhã ou tarde. Você vai ver, porém, que haverá muitas chances de paradas para lanches e refeições sentadas. Acredito que depois dessa primeira passada você vai acabar voltando muitas vezes (talvez até para se hospedar por aqui…).Assim como no outro roteiro, considere esse itinerário apenas como um eixo para onde voltar em caso de se perder. A linha azul do mapa apenas organiza o mais manjado. Não se atenha ferrenhamente ao traçado; em Nova York qualquer escapulidinha do roteiro pode resultar em descobertas inesquecíveis.Tampouco tome a ordem dos fatores como imexível; o melhor é decidir onde você vai querer comer (lanchar, almoçar, jantar) e construir o seu roteiro em torno dessa parada fundamental. (tirei todo o dia 10 do viajenaviagem.com)

 

CHELSEA

Eis um bairro totalmente desprovido de atrações turísticas. Talvez por isso seja tão bacana.

Entrou na moda nos anos 90, com a migração de galerias vindas do Soho e a caracterização do bairro como reduto gay. Hoje o lugar permanece, ahn, diversificado, mas não tem mais cara de gueto (a alta dos aluguéis e o fenômeno que os anglos chamam de gentrification, e que a gente pode traduzir livremente por encaretamento).

Saia do metrô na estação da rua 23 com 7a. Avenida (linhas 1 ou 2). Ou, caso você queira dar uma passadinha na Eataly, o apetitoso shopping/mercado/praça de alimentação de temática italiana, desça na rua 23 com 6a. Avenida (linhas M ou F). Mas eu acho que o Eataly merece uma ida específica, porque você vai querer comprar umas coisinhas…

 

Desça a rua 23 na direção da 8a. Avenida. No meio da quadra entre a 7a. e a 8a. você vai avistar o célebre Hotel Chelsea, tradicional reduto de malucos da melhor cepa, que usavam o hotel como casa (veja a lista na página do hotel na Wikipedia). Um pouquinho antes do hotel, na mesma calçada, almoçamos no Rub uma mega costela defumada com fritas e refil de lemonade. No térreo do hotel, voltada para a rua, está a segunda tentação gastronômica do roteiro: os donuts cheios de bossa da Doughnut Plant, originária do Lower East Side (experimente o de crème brûlée; muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuito bom!!!!!!). Tem uns churrinhos muito bons tb.

Vire à esquerda na 8a. Avenida. Nesta quadra você vai passar por outro momento calórico, o Murray’s Bagels. (Murray’s Bagels de entrada e Doughnut Plant de sobremesa dão um belíssimo café da manhã. Neste caso, comece o tour saindo na estação da rua 23 com a 8a. Avenida, linhas A, C ou E).

 

Siga pela 8a. só até a rua 21. Ali você vai dobrar à direita e passar pelo belo mural d’Osgemeos — um sinal de que a presença brazuca em Nova York não se limita às lojas e outlets. Essa semana (08/08/12) em Boston deu problema, pois eles pintaram uma mega parede que os americanos não gostaram muito pois parecia um terrorista. Polêmicas a parte, o trabalho deles é muito bom. Se nunca viu....Google, né?

Ao chegar à 9a. Avenida, vale a pena se deter nas quadras imediatas (entre 20 e 22), que tem lojas bem interessantinhas. Se você curte cupcakes (ou decoração!) dê uma olhadinha, à sua direita, na Billy’s Bakery, que a revista New York define como “a Magnolia Bakery que tudo bem você gostar (”the Magnolia Bakery it’s OK to like”).

 

Daria para continuar à esquerda pela 9a. Avenida até o Meatpacking District, mas de repente vale a pena subir ao High Line Park — o trilho elevado de trem abandonado que foi convertido em parque — pela escada da rua 18 à altura da 10a. Avenida. A qualquer momento o trecho entre as ruas 20 e 30 será aberto, e entrando por ali você já está bem posicionado para ver a parte nova.

 

.The High Line foi construído inicialmente nos anos 30 com o objetivo de tirar os trens das ruas de Manhattan para evitar acidentes com pedestres. Em Junho de 2009, foi reinaugurado, revitalizado em forma de parque, e o legal é que é elevado. O sucesso foi imediato, é para lá que que as pessoas vão para tomar sol, ou no final de tarde curtir o pôr-do-sol, jogar conversa fora... Veja aqui a programação, desde eventos de jardinagem, Astronomia, até pinturas ao ar livre... O parque vai do Meatpacking District até a 34th St no West Side, com acessos pela Ganservoort St. 14th St e 16th St (ambas pelo elevador), ou 18thSt, ou 20th St. O projeto é arrojado, criado pelos paisagistas da renomada companhia James Corner Field Operations, com os arquitetos Diller Scofidio + Renfro. O parque fica aberto das 7 às 22h .

Desça do High Line no comecinho dele, na escadaria da rua Gansevoort. Ali perto restaurante Cookshop (entre 14th e a 34 st).

 

MEATPACKING DISTRICT

Pronto, você chegou ao Meatpacking District. (Querendo vir direto para cá, desça na estação da rua 14 com 8a. Avenida; linhas A, C ou E.) O nome vem do fato de a área ter sido ocupada por matadouros e fábricas de processamento e embalagem de carnes; por ali funcionava o Gansevoort Market.

Nos anos 80, o Meatpacking era um antro de clubes de sexo e prostituição de rua (sobretudo travestis). Mas nos anos 90 começou a invasão de butiques de grife, hotéis de luxo e restaurantes difíceis de conseguir reserva. Hoje o lugar tem o comércio de rua mais chique da cidade abaixo da 5a. Avenida com rua 57.

 

Applemaníacos e iPhônicos em geral vão gostar de saber que na esquina da rua 14 com 9a. Avenida está instalada uma Apple Store maior e mais organizada que a da 5a. Avenida.

Três restaurantes são especialmente badalados: o Pastis, do restaurateur Terence McNally (Balthazar, Pulino’s), que recria um bistrô de estação de trem francesa, o Spice Market, do überchef Jean-Georges Vongerichten, que serve haute street food asiática num dos ambientes mais bonitos da cidade (os entalhes foram garimpados da Índia ao Camboja), e o The Standard Grill, bistrô do hotel The Standard, que funciona sob o elevado.

Quer uma sugestão BBB? Se você gosta de comida thai, experimente o Sea, que também fica mais ou menos embaixo do High Line, só que na calçada oposta ao Standard Grill (já fui duas vezes e adorei as duas). Os menus bentô no almoço são ridiculamente baratos (tipo US$ 12 para uma bandeja de quatro pratos).

 

E mesmo que você coma em outro lugar, não deixe de dar uma passadinha no Chelsea Market, que deve ser a única galeria/shopping nos Estados Unidos que não tem Starbucks.

Descendo pela 14th tem a Guitar Center (25W 14th street) e uma loja de tattoo bacana, a Rising Dragon Tattoo (51W 14th street) que falei no dia 3.

(Se da próxima vez você quiser se hospedar por aqui, dê uma olhadinha no post Hotéis fora do fervo.)

 

WEST VILLAGE

Siga pela rua Hudson até alcançar a floridíssima (pelo menos estava assim no início da primavera…) Abingdon Square.

 

Atravesse a rua para a esquerda e você estará no West Village, um dos pedaços mais fotogênicos de Manhattan: townhouses de tijolinhos, ruas arborizadas, jardins perfeitinhos, lojas bacanas. Perca-se por ali (ande também pela continuação da Hudson) e, se for devoto de Carrie Bradshaw, dê uma passadinha no santuário de cupcakes da Magnolia Bakery, na esquina da Bleecker com rua 11.

Vá ao Centro de Visitantes, no número 261 da rua Brome. Ali, os membros da instituição lhe darão as coordenadas para não passar apertos na região.

 

Os moradores do LES fazem todos os domingos uma caminhada de duas horas (início às 11h) pela histórica rua Orchard, que conta o desenvolvimento da região. Neste dia, é fechado o trecho da Delancey até a E. Houston. O motivo é simples: as ruas são invadidas por vendedores, é o chamado Pedestrian Mall. Os produtos são para todos os tipos e idades, desde jaquetas de couro até uma xícara de chá chinesa, e atraem turistas de vários lugares de Nova Iorque.

 

Por volta das 17:30 fomos pro Radio City Music Hall assistir o Cirque du Soleil – Zarkana. Mega teatro irado! Compramos na internet e pintou dúvida em relação aos lugares pois nunca tínhamos ido no Radio e o mapa não dá pra ter uma noção de como são localizadas as cadeiras. Ficamos no mezzanino3 cadeiras A613 e A614 e deu $146.30: vimos tudo sem problemas, mas acho que tem coisa melhor nesse preço, é claro. Editando o roteiro achei esse site que dá pra ter uma noção melhor de como estão as cadeiras: http://www.superboleteria.com/tix/boletos-cirque-du-soleil-zarkana-08-04-2012-1829102.aspx" onclick="window.open(this.href);return false;

Na mesma calçada da entrada principal do Radio Music tem uma Magnolia Bakery. Vc está atrás do Rockfeller Center.

 

11 dia - Woodbury Commom Premium Outlets

Tá aqui no final mas vc sabe que ele deve ser feito logo nos primeiros dias. Visando conhecer melhor os lugares, o conforto e já que lá não é nada tão absurdo, alugamos um Nissan Tiida 1.8 (lá é Versa) sem GPS na Enterprise, mas também tem Avis, Hertz, etc. A vontade era pegar um BMW 5, um Camaro ou Dodge Challenger mas dei preferência às compras e não me arrependi. Já pergunte na locadora onde fica a Best Buy mais próxima pra comprar um GPS ou leve do Brasil com nota, senão pode ser taxado na volta. Me deram as instruções e rapidinho achei a loja e comprei um GPS Garmin LMT que pode fazer atualizações ilimitadas dos mapas de lá, os modelos LT não podem. Além disso, comprando um mini SD ainda pode baixar aqui via 0800 os mapas do Brasil no site do projeto Tracksource: http://www.tracksource.org.br/" onclick="window.open(this.href);return false; . Não esqueça de perguntar no hotel se tem alguma parceria ou desconto com locadoras. No meu tinha 10% de desconto e era bem pertinho da loja. Uma diária com todos os seguros e com os 10% ficou em $100......tem um ônibus lá que custa $42 por pessoa x 2 daria $84.....então preferimos o carro. Cartões de crédito geralmente têm seguro, exceto pra terceiros. Verifique com seu banco aqui e contrate lá só o seguro pra terceiros. Gasolina é ridículo....$15 vai e volta, se vc não ficar fazendo peripércias na estrada. Peguei 3 pedágios $6.50, $1.30 e $1.30, de repente tem outro caminho, mas segui fielmente o GPS. No primeiro não prestei muita atenção e fui parar na passagem express, igual a que tem aqui na Ponte e Linha Amarela, geralmente nas pistas dos cantos. Seguindo esse raciocínio, fui para as pistas do meio. Fui justamente na errada, aí parou tudo, pq não tinha no carro o desbloqueador da guarita. Motoristas educados, nem esquentaram a cabeça. Aqui no Brasil, já teriam dado uma sequência de xingamentos e buzinadas. Aí, apareceu um policial e me deu um sporro...srsrsrs....fingi que não entendi e falava o tempo todo que eu era turista. Ele muito puto, mandou botar o carro num recuo, pediu a grana, foi lá pagar o pedágio e em seguida me liberou. Depois foi só alegria.

Não tenho muito o que falar aqui pois são inúmeras lojas com preços absurdamente baixos. Sei lá, como dizem em NY: Enjoy!!!!!!!

 

O que é: A unidade mais próxima de Manhattan da principal rede de outlets dos Estados Unidos. As lojas de grife se espalham por vários blocos horizontais, organizados como um vilarejo; não há corredores, mas ruas a céu aberto (veja o mapa e a lista de lojas aqui).

Onde: fica a cerca de 1h20 de carro ou ônibus de Manhattan, ao norte da cidade, ainda no estado de Nova York. Está distante também dos aeroportos.

Como chegar: muita gente aluga carro por um dia (não deixe de encomendar ou levar GPS). Outros contratam tours de compras organizados por brasileiros (há uma indústria disso). Dá também para ir no ônibus da Short Line, que sai da rodoviária da Port Authority, na rua 42; custa US$ 42 por pessoa ida e volta.

Abre: diariamente das 10h às 21h. Perto do fim do ano abre em alguns dias às 9h; na Black Friday abre à meia-noite. Nas vésperas de Natal e Ano Novo fecha às 18h. Veja todos os horários do mês corrente aqui. (viajenaviagem.com.br)

Jantamos no Applebee’s que fica lá dentro e fecha às 22h.

Megastores próximas: WalMart Supercenter (288 Larkin Dr., Monroe, a 2 km; aberta 24 horas), Best Buy (128 Barley Farm Rd, Monroe, a 3 km; veja horários aqui), Target (no mesmo complexo da Best Buy; veja horários aqui).

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Que legal, pc$rider!

 

Obrigada por ter mencionado a minha ajuda. Fiquei muito feliz!

 

Adorei o seu relato. Você soube otimizar o tempo na cidade e fez uma bela viagem.

 

Eu já estava pensando em voltar à NY, mas agora depois de ler tudo o que você fez por lá, tenho certeza: QUERO VOLTAR JÁ ... rsrsrsrs

 

Continue dividindo com a gente estas experiências e boa sorte ::otemo::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

pc$rider, show de bola seu relato.

 

Estou indo pra NY em novembro e vou ficar +/- um período de 12 dias, e o seu roteiro tá bem completo, valew pela iniciativa!!!!

 

T+

 

Abraço

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Que legal, pc$rider!

 

Obrigada por ter mencionado a minha ajuda. Fiquei muito feliz!

 

Adorei o seu relato. Você soube otimizar o tempo na cidade e fez uma bela viagem.

 

Eu já estava pensando em voltar à NY, mas agora depois de ler tudo o que você fez por lá, tenho certeza: QUERO VOLTAR JÁ ... rsrsrsrs

 

Continue dividindo com a gente estas experiências e boa sorte ::otemo::

 

 

Pow Glaucia! Contar com sua ajuda foi importante.

Naquele início de planejamento geralmente as coisas estão um tanto nebulosas. E a partir do momento em que vc vai pesquisando e lendo tudo vai melhorando.

De tanto ver o mapa de Manhattan nas pesquisas já fui com boa noção de localização.

Todas agregam, porém essa viagem pra NY em especial agregou muito valor.

Sim, eles continuam imperialistas como sempre, mas vc compreende com mais clareza pq muitos brasileiros, chineses, indianos, cubanos vão e não voltam mais......ou da burocracia para se liberar um visto pra lá.....rsrsrsrr.

 

Abs e good trips!!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
To querendo ir em dezembro, depois lerei com mais calma e pegarei todas as dicas.vlw...

 

 

Blz Dangerousjec,

Sempre que lembro de algo venho aqui acrescentar.

DEZ é friaca, né?

 

Abs e good trips!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

hehe minha maior preocupação é aquele frio glacial. Será minha primeira viagem inernacional sozinho e já vo pegar um friozão desse, mas faz parte :D.vlw...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Muito bom seu roteiro, achei racional e útil, vou imprimir e levar

 

 

Blz Márcio/Sp. QQ dúvida é só perguntar.

Abs e good trips!!!!!!!!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.




×
×
  • Criar Novo...