Ir para conteúdo

35 dias pela Europa Maio-2013


Posts Recomendados

  • Membros

Depois de quase 2 meses pesquisando pela internet, folheando o Guia Criativo para o Viajante Independente na Europa e principalmente garimpando o Mochileiros.com, chegou a minha vez de postar o roteiro de viagem pela Europa que eu e uma amiga estamos planejando realizar em maio de 2013. Ainda não está nada fechado e temos várias dúvidas claro. Por isso compartilho aqui para ouvir as dicas e sugestões dos mochileiros que já passaram por essa experiência.

 

Roteiro:

Dia 01: Paris (5 noites)

<> Day trip: Lille

Dia 02: Paris

<> Day trip: Versalles

Dia 03: Paris

Dia 04: Paris

Dia 05: Paris

Dia 06: Bruxelas (2 noites)

Dia 07: Bruxelas

<> Day trip: Bruges

Dia 08: Amsterdam (2 noites)

Dia 09: Amsterdam

Dia 10: Berlim (2 noites)

Dia 11: Berlim

Dia 12: Praga (2 noites)

Dia 13: Praga

Dia 14: Viena (2 noites)

Dia 15: Viena

Dia 16: Salzburgo [Parada durante o trajeto para Innsbruck]

Dia 16: Innsbruck (2 noites)

Dia 17: Innsbruck [Estação de esqui]

Dia 18: Zurique (2 noites)

Dia 19: Zurique

<> Day trip: Lucerna

Dia 19: Berna (2 noites)

Dia 20: Berna

<> Day trip: Interlaken

Dia 21: Genebra (1 noite)

Dia 22: Milão (1 noites)

Dia 23: Veneza (3 noites)

Dia 24: Veneza

Dia 25: Veneza

Dia 26: Florença (5 noites)

Dia 26: Bolonha [Parada durante o trajeto para Florença]

Dia 27: Florença

<> Day trip: Pisa e Lucca

Dia 28: Florença

<> Day trip: Siena

Dia 29:Florença

<> Day trip: San Gimignano

Dia 30: Napoles (1 noite)

<> Day trip: Pompeia

Dia 31: Roma (5 noites)

Dia 32: Roma

Dia 33: Roma

Dia 34: Roma

Dia 35: Roma

 

Dúvidas:

1 - Como faço para procurar trem notorno pela Internet? Já visitei vários sites como o Rail Europe, Trenitalia, OBB, TAM, bahn.com, sbb e não consigo nas minhas pesquisas visualizar trem noturno para algum dos destinos para ter uma noção de preço e tempo.

 

2 - Qual dos trechos do roteiro seria melhor ser feito por low cost?

 

3 - A distribuição dos dias pelo roteiro está boa? Aonde deveria incluir ou excluir dias? Ou até retirar cidades do roteiro.

 

Por enquanto é isso. Continuarei nas minhas pesquisas e aguardo o retorno dos amigos mochileiros!!! ::otemo::

Link para o comentário
  • Respostas 26
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

  • Membros de Honra

Dia 01: Paris (5 noites)

<> Day trip: Lille

 

Deixe para fazer essa day trip quando estiver em Bruxelas, é muito mais perto de Bruxelas do que de Paris, se você for de trem de Paris para Bruxelas vai obrigatoriamente passar por Lille. Dá pra avaliar parar em Lille no caminho pra Bruxelas

 

1 - Como faço para procurar trem notorno pela Internet? Já visitei vários sites como o Rail Europe, Trenitalia, OBB, TAM, bahn.com, sbb e não consigo nas minhas pesquisas visualizar trem noturno para algum dos destinos para ter uma noção de preço e tempo.

 

Alguns destinos não tem trem noturno, só trens normais diurnos. Este site tem várias dicas de trens na Itália e outros países, detalhe é em inglês. http://www.seat61.com/Italy-trains.htm#.UF5yxLJlSG4

 

2 - Qual dos trechos do roteiro seria melhor ser feito por low cost?

 

Amsterdam- Berlin é 7 horas de trem, vale a pena pesquisar low-cost (desde que não tenha muita bagagem pra despachar). Os outros trechos, se tiver opção de trem disponível, dá pra fazer tudo de trem. Não pesquisei cada trecho para ver a disponibilidade, mas acho que dá, talvez seja só necessário reorganizar algumas cidades

 

3 - A distribuição dos dias pelo roteiro está boa? Aonde deveria incluir ou excluir dias? Ou até retirar cidades do roteiro.

 

São muitas cidades, muito corrido, muitos deslocamentos e muito cansaço, vocês vão passar mais tempo no trem do que visitando os locais, lembre que estes dias em que estarão se deslocando estarão praticamente perdidos, pois tem que contar o tempo do deslocamento, check-in no hotel, refeições, etc... e mesmo viagens curtas de 3 ou 4 horas cansam e vocês vão estar muito cansadas para aproveitar algo decentemente. Lá pela 3ª semana, o cansaço vai estar tão acumulado que vai ter dias que simplesmente não terão animo ou disposição pra sair do hotel.

 

Quando você tem um roteiro muito apertado e corrido, qualquer problema vai complicar todo o restante. Imagine o que vai acontecer se por exemplo você perder o trem em Salzburgo e tenha que ficar até o dia seguinte lá, vai complicar todo o restante da viagem.

 

Na minha opinião, cortaria umas 3 ou 4 cidades do roteiro, agora quais... é complicado. Milão por exemplo não tem muita coisa pra ver, já na Suíça, eu escolheria somente 2 ou 3 no máximo.

Link para o comentário
  • Membros

Oi AdrianoLB,

 

Obrigada pelo retorno. Após ler o seu comentário e alguns posts aqui sobre o tempo em cada cidade, refiz o meu roteiro e agora parece estar mais confortável. Mandei para a minha amiga avaliar.

 

Coloquei Lille no inicio porque estarei entrando na França por Londres. No mês de abril estarei fazendo um intercâmbio de 4 semanas lá. Li na revista Coleção Primeira Viagens - Europa de Trem 2012/2013, um roteiro de trem Londres > Paris e na materia recomendava a parada em Lille para visitar o museu de Belas Artes. Pesquisei na Internet sobre a cidade e achei bem interessante e coloquei no roteiro. A minha idéia é sair de Londres por volta das 08:00 do dia 27/04/13 e chegar em Lille por volta das 10:00 e ficar por lá umas 4 a 5 horas e depois seguir para Paris.

 

Retirei 4 cidades como vc sugeriu. Foi doloroso mas sem dúvida é melhor doer agora que é só planejamento do que chegar na hora e doer no bolso, no corpo e na consciencia... rsrsrs

 

Já salvei o site indicado no meus favoritos e já simulei alguns trens notornos. Bem legal. Valeu pela indicação. Vai me ajudar bastante.

 

Pesquisando nesse site do trem, vi que é melhor colocar Veneza depois de Innsbruck. Não achei trem direto das cidades Austriacas para Milão.

 

Segue abaixo o novo roteiro 22/09:

 

Dia 01: Paris (5 noites)

Dia 02: Paris

<> Day Trip: Versalles

Dia 03: Paris

Dia 04: Paris

Dia 05: Paris

Dia 06: Bruxelas (2 noites)

Dia 07: Bruxelas

<> Day Trip: Bruges

Dia 08: Amsterdam (2 noites)

Dia 09: Amsterdam

Dia 10: Berlim (3 noites)

Dia 11: Berlim

Dia 12: Berlim

Dia 13: Viena (3 noites)

Dia 14: Viena

Dia 15: Viena

Dia 16: Salzburgo (2 noites)

Dia 17: Salzburgo

Dia 18: Innsbruck (2 noites)

Dia 19: Innsbruck

Dia 20: Veneza (3 noites)

Dia 21: Veneza

Dia 22: Veneza

Dia 23: Milão (1 noite)

Dia 24: Florença (6 noites)

<> Day Trip: Bolonha

Dia 25: Florença

<> Day Trip: Pisa

Dia 26: Florença

<> Day Trip: Lucca

Dia 27: Florença

<> Day Trip: Siena

Dia 28: Florença

<> Day Trip: San Gimignano

Dia 29: Florença

Dia 30: Napoles (2 noites)

Dia 31: Napoles

<> Day Trip: Pompeia

Dia 32: Roma (4 noites)

Dia 33: Roma

Dia 34: Roma

Dia 35: Roma/Vaticano

Link para o comentário
  • Membros de Honra

Retirei 4 cidades como vc sugeriu. Foi doloroso mas sem dúvida é melhor doer agora que é só planejamento do que chegar na hora e doer no bolso, no corpo e na consciencia... rsrsrs

 

Já salvei o site indicado no meus favoritos e já simulei alguns trens notornos. Bem legal. Valeu pela indicação. Vai me ajudar bastante.

 

Pesquisando nesse site do trem, vi que é melhor colocar Veneza depois de Innsbruck. Não achei trem direto das cidades Austriacas para Milão.

 

Olá! não estou mandando você tirar nada do seu roteiro, só sugerindo, tem gente que faz roteiros apertados e consegue fazer tudo, mas acho que não vale a pena. Eu passei pela mesma dor de ter que cortar alguns lugares do roteiro, mas agora já me conformei, pensando melhor vai ser melhor... hehehe

 

Acabei de comprovar pessoalmente o quanto esse tipo de "corrida maluca" pode cansar. Eu tinha compromisso de trabalho em Florianópolis na semana passada e resolvi esticar um fim de semana lá, fiz o seguinte: Sábado: Ônibus Curitiba - Florianópolis, passeio em Floripa sábado a tarde e domingo, segunda: Reunião o dia todo, Terça: Volta pra Ctba. Na terça após a volta pra casa, eu estava tão cansado, que nem fui no curso que eu tinha a noite, preferi descansar. Imagina como que ficaria fazendo isto a cada 2 ou 3 dias por 4 semanas.

 

Trem para Milão, se não me engano, só existem os domésticos dentro da Itália, ou os internacionais para a Franca e Suiça

Link para o comentário
  • Colaboradores

Concordo com tudo o que o Adriano escreveu, o Teu roteiro esta muito grande, voce tem mais deslocamentos do que estadias nos lugares onde for ficar. Lembre-se, nao queira desbravar a Europa em 30 dias, tem lugares na minha opnião que nao vale nem a pena voce ir, tipo: 2 dias em Amsterdã que é uma cidade incrivel. Seria mais viavel Voce fazer essa viajem em 2 vezes, no ano que vem e depois quando voce poder retornar novamente a Europa. Na,minha opniao, voce vai ter gastos altos e nao vai fazer quase nada, ainda mais que voce vai chegar em Paris cansada por causa do Intercambio.

Link para o comentário
  • Membros de Honra

Cleide,

 

Pense bem, você acha que vale a pena tirar um dia de Paris, onde você já vai estar hospedada, para ir a um museu de artes em Lille ? Paris é abarrotada de museus de classe mundial. Recomendo a leitura:

 

http://www.viajenaviagem.com/2010/02/o-turista-nunca-chega-2/

 

Eu achei seu novo roteiro bom de modo geral. Só quanto a Amsterdam que eu aumentaria o tempo por lá. Você vai em maio. Dependendo do dia que passar por lá, talvez pegue o Keukenhof em funcionamento. Leia para entender o que é:

 

http://www.keukenhof.nl/en/

 

Seu roteiro tá a cara do Guia Criativo. Esses guias de viagem, especialmente os que vendem no Brasil, tem sempre as mesmas opções batidas, que nem sempre são as melhores. Há bilhões de outras opções, dependendo do que você espera na sua viagem. A Holanda tem muito a ser explorado e queria eu ter a sorte de poder viajar na primavera.

 

Sugiro tirar Nápoles do roteiro, por estar fora de mão. Se for até Nápoles, vá direito - conheça Capri, a Costa Amalfitana, enfim, o que é realmente bonito lá no sul da Itália. Nápoles é feia e suja e o bate e volta até Pompeia pode ser feito a partir de Roma, se fizer cedo de trem de alta velocidade. Compre com antecedência pra não ficar caro demais. Com as 2 noites que tirou de Nápoles, fique em Amsterdam e conheça mais a cidade. Ou vá até os arredores, como o citado Keukenhof. Tem também Zaanse-Schaans ou Kindersdjik para ver os moinhos, Volendam e Marken, para uma visão da Holanda mais tradicional, Delft, Den Haague e o Madurodam.

 

Por fim, as pessoas escolhem trens noturnos para "ganhar tempo". Só que não adianta roubar do conforto o tempo todo. Uma hora o corpo reclama. Trem noturno não é como sua querida cama, mesmo os que tem cama. É válido fazer de vez em quando, mas a viagem por si só já te deixará tão cansada, mas tão cansada, que em alguns dias você só vai querer saber de dormir.

Link para o comentário
  • 1 mês depois...
  • Membros

Oi AdrianoLB, Renato Pinto, MarcosPereira,

 

Tudo bom? Desculpa a demora em responder mas fiquei enrolada no trabalho e o meu pouco tempo livre que tive priorizei em pesquisar sobre o intercambio e efetuar a compra, além de continuar nas pesquisas sobre o mochilão.

 

Obrigada pelas dicas que levei em consideração e hoje estou com um roteiro mais "enxuto" em relação ao primeiro e segundo. Estou empolgada com esse roteiro e acredito que vai ser satisfatório.

 

Já estou com o intercambio comprado e ontem reservei um hotel em Paris que foi recomendado por uma amiga. Fiz a reserva porque só tinha um quarto disponivel e gostei do hotel e da localização e o cancelamento é gratuito até 2 dias antes do check-in, porém o preço foi um pouco além do que eu esperava. Vcs conhecem o Hotel Villa Fenelon? Já ouviram comentários? Teria algum outro para recomendar? Estou na dúvida entre hotel simples e hostel. Como estou sozinha, penso em ficar em hostel para socializar, mas acabo com receio de não encontrar um legal, numa região boa e que seja seguro. Já li em algum post ou blog sobre roubo em hostel. Pessoas que entram passando-se por hospede e aproveitam para roubar.

 

A inclusão de Verona foi devido a hospedagem ser mais barata que em Veneza. Como Veneza é muito romantica e somos 2 mulheres solteiras, achamos melhor não ficar muito tempo por lá. Um dia dá para ver o básico e se acharmos que merecia mais tempo, podemos retirar Milão e voltar no dia seguinte. A minha idéia é deixar para comprar as passagens de trem para os day trip durante a viagem. Deixar comprado só das cidades que teremos hospedagem. Aí ficamos com a flexibilidade de ir ou não, de alterar para outro lugar ou atração mais interessante e se tivermos muito cansadas abrir mão de ir e tal. O tempo de Roma ainda não está fechado, na verdade nada está fechado, exceto Paris e Londres... rsrsrs, talvez colocamos mais na Toscana devido a opção que descrevo abaixo ou colocamos uns dias para Capri e Costal Amalfitana. Uma amiga está voltando de lá essa semana e aí um novo roteiro poderá surgir.. rsrsrs.

 

Em Florença estamos pensando em alugar um carro e desbravar a Toscana durante 7 ou 8 dias. Aqui também não deixariamos nada reservado, somente as 3 ou 4 noites de Florença. A idéia é sair de Florença de manha, passar por duas cidadezinhas no trajeto até Lucca, passar duas noites em Lucca, depois sair para Pisa de manhã, chegar em Volterra a tarde e seguir fim de tarde para San Gimignano e ficar 2 noites hospedado e no inicio da manha do dia seguinte passar por duas cidadezinhas e chegar a noite em Siena, ficar duas noites e no dia seguinte de manhã partir rumo a Arezzo parando em 3 cidadezinhas no trajeto e ficar uma noite em Arezzo e seguir no meio da tarde do dia seguinte para Florença.

 

Fiz o roteiro no Google Maps: https://maps.google.com.br/maps/myplaces?hl=pt-BR&vpsrc=3&ctz=120&abauth=50968923Fs4jVzyVSTskZugwYbcScuN-zKM&vps=1&num=10

 

Como estaremos de carro e sem hospedagem reservada, fica mais tranquilo e flexivel alterar o roteiro caso aconteça imprevisto, estejamos cansadas demais para prosseguir ou vermos algo mais interessante no trajeto que mude o restante do roteiro. Pelo Google Maps diz que o trajeto fica em 473Km.

 

Estou acostumada a dirigir e gosto muito. Já fiz Rio x Guarapari que são 452Km num Carnaval dirigindo direto só com uma parada. Levamos em torno de 9 horas com trechos de engarrafamentos e fiquei na boa. A pessoa que foi comigo não sabia dirigir. Fui e voltei só eu no volante... rsrsrs... Então acredito conseguir fazer sem problemas esse percurso na Toscana, até porque vamos ter algumas paradas e minha amiga vai compartilhar do volante também.

 

Roteiro Atual: 04/11/2012

Dia 01 a 04: Paris (8 noites e 6 dias completos)

<> Day Trip: Versalles

Dia 09 a 12: Amsterdam (4 noites e 2 dias completos)

<> Pit Stop: Bruges

<> Day Trip: Keukenhof

Dia 13 a 16: Verona (4 noites e 1 dia completo)

<> Day Trip: Veneza e Milão

Dia 17 a 27: Florença (11 noites e 3 dias completos)

<> Car Trip: Outlet, Pisa, Lucca, Bolonha, San Gimignano, Siena, Arezzo e mais 8 cidadezinhas da Toscana

Dia 28 a 35: Roma (8 noites e 6 dias completos)

<> Day Trip: Vaticano

 

Minhas dúvidas em relação a opção de alugar um carro são:

1 - Vamos precisar tirar carteira internacional de motorista?

2 - Se não tirarmos essa carteira, temos o risco de não conseguir alugar?

3 - Posso fazer a reserva por alguma loja aqui no Brasil? Tipo a Hertz ou Avis que tem aqui no Rio de Janeiro.

4 - Li em vários sites sobre escolher cidades bases. O que seria as cidades bases? Teria sempre que voltar a elas para dormir? Optei por um roteiro que não precisasse voltar nas cidades, escolhi cidades no meio do trajeto para dormir e depois seguir viagem. Isso não é bom fazer?

5 - Na época que irei, corro o risco de não encontrar dispnibilidades nos hoteis da Toscana?

6 - O que seriam os agrohoteis? É uma boa opção?

 

Por enquanto é isso. Aguardo algum comentário seja ele qual for e até a próxima versão de roteiro... rsrsrs... ::otemo::

Link para o comentário
  • Membros de Honra

Quanto ao hotel, você mesma pode ver o que as pessoas que nele se hospedaram acham:

 

http://www.booking.com/hotel/fr/villa-fenelon.en.html#hash-blockdisplay4

 

Se eu fosse sozinho, consideraria hostel. Tem de todos os tipos, pesquise no tópico de hospedagem em Paris. Havendo lockers, não há o que se preocupar com segurança.

 

Sua proposta quanto a Verona, Veneza e Milão me parece ok. Já esse troca-troca de hotéis na Toscana, o problema é que é um saco trocar. Perde-se muito tempo arrumando e desarrumando mala, se ambientando nas redondezas, carregando mala (ou mochila) pra lá e pra cá, sem falar nos horários de check-in e check-out. Seu roteiro no Google Maps não apareceu.

 

Respondendo às suas perguntas enumeradas:

 

1 - teoricamente, precisa. Muita gente viaja sem, mas corre o risco, pois existe a previsão teórica de isso ser cobrado, especialmente se você for parada por alguma autoridade. Há tópicos no fórum explicando como funciona, na seção de rotas e meios de transporte.

2 - também existe o risco teórico, embora não costume acontecer. Eu por exemplo não irei correr o risco.

3 - Creio que sim, mas você consegue melhores preços na Autoeurope. No link da minha assinatura que fala sobre custos, tem uma parte que eu cito deslocamentos e explico como funciona a Autoeurope.

4 - As bases são cidades centrais que evitariam você toda hora trocar de hotel. Então sim, você voltaria a elas para dormir. Já expliquei quais são as vantagens disso.

5 - é média temporada. Acho difícil você não encontrar hoteis. Mas os mais baratos, ou com melhor benefício para o custo, possivelmente estarão esgotados. Se flexibilidade é muito importante pra você, acho que vale a pena arriscar. Se é economia, eu já reservaria antes.

6 - são geralmente hotéis-fazenda. Além do contato com os animais, muitas vezes o café da manhã é produzido na própria fazenda. Em alguns casos, até mesmo sucos de uva ou vinhos são feitos por ali.Alguns oferecem atividades para os hóspedes, como cavalgada, ou até mesmo participação no trabalho na fazenda (rsrs). Para quem gosta disso, creio que valha a pena. Eu por exemplo planejo ficar em um na próxima viagem que fizer à Europa Central (mas não para trabalhar, é claro, hehe).

Link para o comentário
  • Membros

Oi ColorMundi,

 

Não entendi seu questionamento.

 

Sobre o rótulo, não sou eu que estou rotulando. É só pesquisar no Google que verá vários sites onde Veneza aparece como uma cidade romantica.

 

No meu caso foi apenas mais um dos critérios de troca por Verona. O outro critério está no inicio da frase: "... hospedagem ser mais barata que em Veneza..."

 

Não tenho problemas em visitar cidades ditas como romanticas estando sozinha ou com amigas e amigos. Se isso fosse o problema muitas cidades do meu roteiro tambem estariam cortadas...rsrsrs.

 

Se vc ler o meu primeiro tópico onde postei o primeiro esboço do roteiro e comparar com esse último, verá que cortei várias cidades para deixar o roteiro mais confortável, menos cansativo, mais economico, etc. E para isso precisei utilizar vários critérios.

 

Se eu pudesse e fosse viável em uma só viagem conhecer toda a Europa, com certeza faria, mas aprendi lendo os tópicos e dicas aqui do mochileiros que é muito mais vantajoso em todos os sentidos reduzir a quantidade de cidades em prol de maior qualidade e experiencia a ser obtida.

Link para o comentário

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.


×
×
  • Criar Novo...