Ir para conteúdo

Europa em junho: Roma, Londres e Paris


Posts Recomendados

  • Membros de Honra

Também tive esse problema com minha esposa, de querer voltar antes para descansar e botar as coisas em dia. No que depender de mim e no que fosse possível, já chegaria da viagem direto para o trabalho, hehe. Mas a gente tem que respeitar.

 

Com relação à franquia, acho que se você precisar mais de 23 kg, há algo de muito errado. Carregar mala é uma merda. Pesquise em fóruns, blogs, no youtube. VocÊ vai ver muito depoimento de mulheres se arrependendo de ter carregado tanta coisa. Mostre para sua noiva. Tive um grande trabalho de convencimento com a minha, que queria carregar um mundo na mala. Discutimos, me aborreci. Mas fui inflexível, enchi o saco dela para colocar apenas o essencial. Hoje ela me agradece por isso. A cada vez que ela era obrigada a descer as escadas do metrô carregando a minha mala de 11 kg (e eu, a dela, de 15kg, para 28 dias) ela pensava na merda que seria uma mala mais pesada do que a que carregamos.

 

Duas malas ? Nem pensar. Só se vocês pagarem um cara pra carregar a mala pra vocês durante toda a viagem. Leve uma única mala cada um de vocês, pequena ou média, com o mínimo possível. Se preparem para lavar roupa durante a viagem, ou a mala ficará absurda. No Eurostar não há limite de bagagem até onde eu saiba, mas confira as regras da passagem.

 

Vejo que no fórum é bem mais provável alguém gostar de Londres do que de Paris. Por isso, te sugeri mais tempo lá. Nós passamos 7 dias e meio em Paris e não vimos tudo que gostaríamos, mas fomos a muitos museus, muitos deles de arte. Londres é mais diversificada nesse sentido, ao menos parece ser.

 

Sim, a hospedagem é cara mesmo. Em Londres é mais cara ainda. Esse seu hotel está bem caro e era possível conseguir coisa melhor, ou mais barata. Na minha opinião, você foi afobado nas suas decisões, mas vivendo e aprendendo. Também fui em algumas coisas, especialmente nesse lance de reservas e sempre tento passar isso para as pessoas aqui.

Link para o comentário
  • Respostas 26
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

  • Membros

O roteiro geral já está fechado. Agora é batalhar para fazer os roteiros diários. Eu comprei a passagem cedo porque achei que já estava decidido sobre o que queria ver e fazer, mas depois fui pesquisando, conversando com outras pessoas e daí bateu aquela vontade de ficar mais tempo, de ver mais coisas, enfim, e o preço foi pagar a taxa de remarcação. Agora é que o trabalho estã começando, de verdade. Estou começando por Londres. Já tive de cortar praticamente todos os museus. Tirei os de arte, depois os de guerra e estou tentando encaixar o British Museum e o Madame Tussaud no roteiro, mas até que tá ficando bem legal. Assim que estiver pronto, posto aqui. Obrigado pelas dicas.

Link para o comentário
  • Membros de Honra

Se dá para ver mais coisa, só na hora você vai saber. Cada um tem um ritmo, um perfil. Tem gente que acha legal só passar na frente das coisas e tirar foto. Eu sinceramente acho um enorme desperdício de dinheiro, mas não dá para negar que um monte de gente faz isso. Para mim, no máximo duas grandes atrações por dia. Ideal mesmo, uma só. O resto do dia, você preenche fazendo pequenas atrações no caminho, para dar tempo de VER a cidade, coisa que muita gente parece se esquecer de fazer.

 

Uma certeza se tem dessa história toda - se você colocar menos coisas no roteiro, sempre poderá completar com algo se sobrar tempo. Mas se colocar demais, corre o risco de deixar coisas mais legais de fora, por falta de tempo. Ou de se sentir pressionado a ver tudo e acabar não vendo nada direito.

Link para o comentário
  • Membros

Pré-roteiro de 4 dias em Londres. A excursão ainda não está definida. Sei que deixei passar muita coisa, mas, sinceramente, aqui estão os pontos turísticos que eu considero imperdíveis em Londres. Faltaram muitos museus, a maioria de graça, só visitaremos uma igreja e um parque, diante de várias opções, mas é o que mostrou possível dentro do tempo de que dispomos.

 

Opinem, por favor.

 

Dia 1 – quinta-feira – 06/06/2013

 

Manhã: 9h30-12h – Madame Tussaud

 

Tarde: 13h-19h – Covent Garden, Leicester Square e Piccadilly Circus

 

Noite: 19h30 – 22h – Assistir ao Musical “O Fantasma da Ópera” nas imediações da Piccadilly Circus.

 

Dia 2 – sexta-feira – 07/06/2013

 

Dia inteiro: Excursão a Bath, Stonehenge e Windsor – com guia em espanhol

 

ou

 

Manhã: Windsor (por conta própria)

Tarde e noite: British Museum (fica aberto até as 20h30 na sexta-feira)

 

Dia 3 – sábado – 08/06/2013

 

Manhã: 9h-10h – caminhada pelo parque St. James

10-12h – visita externa do Palácio de Buckingham e troca da guarda

 

Tarde: 13h30-14h30 – visita interna e externa da Abadia de Westminster

15h15-16h30 – visita interna guiada e externa do Parlamento

 

Noite: 18h30-20h30 – Cruzeiro pelo Tâmisa

 

Dia 4 – domingo – 09/06/2013

 

Manhã: 9h-9h30 – Tower Bridge – apenas visita externa

10h-13h – Torre de Londres – visita interna

 

Tarde: 14h-17h – London Eye

 

Noite: 18h-20h – Passeio a pé pela Trafalgar Square

 

Dia 5 – segunda-feira – 10/06/2013

 

Manhã: descansar

 

Tarde: trem para Paris

 

Por questões de pouco tempo, falta de interesse e economia de dinheiro, excluí: museus de arte, locais de compras, museus de guerra, parques (com exceção do St. James, que é caminho para o Palácio de Buckingham).

Enfim, procurei concentrar, nesses poucos dias, as atrações que considero imperdíveis, sem juntar muita coisa no mesmo dia, para ficar o mínimo cansativo possível.

Link para o comentário

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.


×
×
  • Criar Novo...