Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
rafael_santiago

Monumento Natural O Frade e a Freira (Cachoeiro de Itapemirim-ES) - set/12

Posts Recomendados

20121127170142.jpg

O Frade e a Freira

Foto: Cacá Lima – Setur ES

 

As fotos estão em https://picasaweb.google.com/116531899108747189520/MonumentoNaturalOFradeEAFreiraCachoeiroDeItapemirimESSet12.

 

O Monumento Natural O Frade e a Freira é mais uma unidade de conservação estadual que existe só no papel. Não tem portaria, guarita ou qualquer tipo de placa que indique a sua existência. É administrado pelo governo do estado do Espírito Santo através do Instituto Estadual de Meio Ambiente (Iema) e está localizado bem no limite dos municípios de Cachoeiro de Itapemirim, Itapemirim e Vargem Alta. Ele foi criado em 2007 para proteger o conjunto granítico conhecido como O Frade e a Freira, de 683 metros de altitude, cartão-postal do estado e famoso ponto de escalada.

 

Para chegar a esse parque, melhor dizendo, para chegar a essa pedra, peguei o ônibus das 10h20 da empresa Sudeste para o litoral (Piúma) na rodoviária de Cachoeiro de Itapemirim e disse ao motorista que queria descer próximo à pedra do Frade e a Freira (R$5,15). O lugar é bem conhecido. Ele me deixou no km 400 da BR-101, junto ao Restaurante do Frade, ponto de caminhoneiros (altitude de 32m). Dali bastou atravessar a rodovia e entrar na rua de terra bem em frente, às 10h53, já com visão da pedra lá no alto e uma placa "Chalés do Frade". A subida foi bastante longa, entre cafezais, plantações de banana e pastos, sempre por estradinha de terra em ziguezague. Passei por um lago artificial com uma pequena barragem e às 11h40 comecei a caminhar na sombra da mata. Dez minutos depois uma bifurcação com placa: os Chalés do Frade à direita e a pedra à esquerda, subindo mais. Às 12h08 a estradinha atinge seu ponto mais alto e logo começa a descer. Nesse ponto mais alto há uma trilha à direita entrando na mata. Até esse local dá para chegar de carro ou moto, que é o que quase todos os visitantes fazem. A trilha dali para a frente tem apenas 200m e termina no maciço rochoso das costas do Frade, com visão para a Freira à esquerda. O ângulo é completamente diferente do que se vê de alguns locais da rodovia e que tornou essa formação bem conhecida, com as duas grandes pedras frente a frente. Eram 12h15 quando alcancei esse ponto e o desnível foi de 479 metros desde a BR-101.

 

20121127164729.JPG

O Frade e a Freira

 

Nesse local de chegada já há um belo mirante a 511m de altitude para o litoral capixaba a sudeste, as montanhas do interior a oeste e o extenso vale do Rio Itapemirim em todo o quadrante sul. Ao encarar as costas do Frade tive dúvida de até onde conseguiria subir sem equipamento já que era muito alto e muito inclinado. Atravessei a primeira laje, a primeira mata baixa, a segunda laje, já mais inclinada, a segunda matinha e ainda subi um pouco a laje seguinte, mas considerei que era o limite da minha segurança, a 572m. O desgaste na rocha ia só até ali mesmo, ou seja, a maioria vai até esse ponto e para. E já estava muito bom, com visão um pouco mais elevada, alcançando até o Pico do Itabira, perto de Cachoeiro, meu destino planejado para o dia seguinte.

 

Quando pensava em começar a descer, chegou um grupo para escalar o Frade, com todo o equipamento necessário. Conversei um pouco com eles (http://www.itacamp.com.br) e depois assisti à ascensão até o cume. Eles me disseram que nunca escalaram a Freira, mas que há uma via.

 

Comecei o retorno às 16h e alcancei a BR-101 às 17h23. Caminhei alguns metros para a esquerda (direção do litoral) até um ponto coberto, onde esperei o ônibus para voltar a Cachoeiro de Itapemirim. Peguei um da empresa Planeta que passou pouco depois das 18h (R$4).

 

A distância da rodovia (ponto do ônibus) à pedra do Frade é de 5,4km. Desnível de 479m.

 

20121127165036.JPG

Litoral capixaba visto do mirante da base do Frade

 

Informações adicionais:

 

O site oficial da unidade é http://www.meioambiente.es.gov.br/default.asp?pagina=16710.

 

Horários de ônibus a partir de Cachoeiro de Itapemirim:

. empresa Sudeste (http://www.viacaosudeste.com.br): diariamente de hora em hora (alguns horários não circulam de domingo e feriados)

. empresa Planeta: http://horariosviacaoplaneta.blogspot.com.br (site não oficial)

 

Hospedagem mais barata em Cachoeiro de Itapemirim:

Hotel Alvorada - Praça Pedro Cuevas Junior, 21 - centro - (28) 3522-0448

R$35 com café e WC no corredor, mas tem também apartamentos

 

Carta topográfica de Rio Novo do Sul (http://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/mapas/GEBIS%20-%20RJ/SF-24-V-A-VI-3.jpg).

 

Rafael Santiago

setembro/2012

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá Rafael!

 

 

Outro relato bem bacana e de lugar pitoresco, ainda inédito aqui no Mochileiros.com, parabéns!

Fiquei com uma "coceira" de percorrer aquela crista do frade que se vê na segunda foto e chegar no cume... :mrgreen:

 

Grande abraço!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu também, Getúlio! Mas depois daquela última laje escura com uma trilha marcada no centro a coisa complica. A subida é íngreme e bem exposta e fazê-la sem equipamento é um risco bem grande. O pessoal da agência que apareceu por lá subiu até o cume, mas devidamente equipados. Deve ser um visual incrível, hein?

Abraço.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Eu também, Getúlio! Mas depois daquela última laje escura com uma trilha marcada no centro a coisa complica. A subida é íngreme e bem exposta e fazê-la sem equipamento é um risco bem grande. O pessoal da agência que apareceu por lá subiu até o cume, mas devidamente equipados. Deve ser um visual incrível, hein?

Abraço.

 

Olá Rafael!

 

 

Você chegou a ver se existem grampos para ancoragem ao longo deste percurso (ou se alguém da tal agência te falou algo a esse respeito)??

 

Creio que o equipamento seja apenas para segurança mesmo, como cadeirinha e corda para apoio, já que a subida, ao que parece, não é feita em escalada. Andei pesquisando algumas imagens de lá e vi, inclusive, várias pessoas no cume sem equipamento algum (claro que pode não ser recomendado), mas aí já é outra história.

 

Quando eu for ao ES (não sei por enquanto quando será) pretendo fazer uma visita neste e em outros locais pelos quais você passou, aí levarei equipamento básico de escalada, o que creio ser suficiente para a maioria dos casos.

 

Abraço!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu também, Getúlio! Mas depois daquela última laje escura com uma trilha marcada no centro a coisa complica. A subida é íngreme e bem exposta e fazê-la sem equipamento é um risco bem grande. O pessoal da agência que apareceu por lá subiu até o cume, mas devidamente equipados. Deve ser um visual incrível, hein?

Abraço.

 

Realmente um visual nota 10, estive lá 2 anos atrás (tenho parentes em Cachoeiro). Fui de moto com meu tio, ele é alpinista levamos os equipos para fazer um rapel.

Essa primeira foto é de cima da "cabeça" do Frade, dá até pra ver o litoral capixaba. Vale a pena ir lá pra cima e avistar toda a região, não é nada complicado . Tem um lance de escadinha ,so´levar uma proteção pra garantir mas é tranquilo.

 

a_zpsa44dd396.jpg

ab_zps1f2c6c2b.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Oi, Getúlio

Não posso dizer com certeza pois não vi nenhum grampo, talvez haja mais acima do local até onde subi. O nosso colega Cleiton tem muito mais conhecimento para responder para nós. O pessoal da agência levava cadeirinha e corda apenas.

 

Se você for aos Pontões (Pancas) para escalar pode usar este site como referência: http://www.oswaldobaldin.com.br/2011/09/as-montanhas-de-pancas.html. É muito bom.

 

Grande abraço!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

rafael_santiago, é isso mesmo , um baudrier(cadeirinha) e uma corda . É só por segurança nesse lance da escadinha que dá para o cume,pois é exposto caso escorregue ,lá em cima fica uma pessoa dando segurança. Tem grampos por lá tbm, onde se pode fazer um pequeno rapel. Dá uma olhada nessa foto.

Abraço.

 

IMG_5562_zps1d308102.jpg

 

Aqui já no cume a "cabeça" do Frade.

 

IMG_5574_zpse62f5bad.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.




×
×
  • Criar Novo...