Ir para conteúdo

Mochilão 75 dias na Europa


Posts Recomendados

  • Membros

Pessoal,

 

fiz meu mochilão de 25 dias na Europa (5 países, 7 cidades - Madrid, Barcelona, Paris, Amsterdam, Munich, Praha e Berlin) e foi tudo bem fácil. Não sei se por eu ser planejado (e por ter lido muita coisa aqui na comunidade), mas, no final, sem passar nenhuma necessidade, sobrou ainda uns 300 euros no meu cartão (ok, eu estipulei 100EU/dia, sem contar com o Europass etc, mas, ainda sim: sobrou!).

 

O problema é que, agora, estou planejando algo mais audacioso. Um mochilão de 75 dias, repetindo algumas cidades (Barcelona, Paris, Praha e Berlin) e inovando nas outras.

Em teoria, a princípio:

 

Barcelona

Paris

Milan

Berlin

Oslo

Stockholm

Helsinki

St Petersburg

Moscow

Kiev

Warsaw

Praha

Budapest

Bucharest

Sofia

Istanbul

Athens

Rome

 

Entendo que o Europass não me deve ser tão útil nesse caso, pois não seria uma viagem "de fronteira", mas sim bem "pulada". A ordem das cidades pode mudar, de modo a beneficiar a logística de transporte, mas ainda assim, por alto, quebrei um pouco a cabeça e não vi maneira de conectar tudo muito bem de trem, portanto, ficaria à mercê do transporte aéreo, pelo menos na maioria dos casos (poderia, sim, comprar um europass - não global, dessa vez - para fazer as cidades mais próximas, mas ainda não sei se vale, talvez valesse mais a pena eu comprar as passagens separadamente, já que planejo para Junho-Agosto de 2013).

 

Enfim, não vou criar tópico ainda pois está tudo na pesquisa, nem mesmo sei se todas as cidades serão visitadas, estou no "pre-projeto".

 

Minha dúvida maior era essa: há alguma diferença severa entre planejar mochilão padrão (até 30 dias) e algo 3x maior?

Link para o comentário
  • Membros

Não tinha pensado nessa possibilidade!

Realmente, parece ser itneressante deixar uns 5 dias de viagem para poder "replanejar" tudo. O problema seria que, se eu fosse de avião, teria de comprar as passagens com antecedência e não daria para reprogramar. Vou pesquisar no site da EuRail novamente os países, para ver, porque com o passe, é mais fácil me reprogramar do que com passagens de avião.

 

Será que 100EU/dia, no meio de 2013, ainda será uma estimativa segura? Heheh.

Link para o comentário
  • Membros

É, acabei de ver no site da EuRail e a logística fica fácil com mais um EuRail Global Pass. A diferença agora é arrumar de modo a conseguir usar apenas um passe de 15 viagens em 2 meses, pois o mochilão terá duração superior a 2 meses, o que me faria gastar uma boa grana em EuRail Pass (dois!). Só Rússia e Ucrânia que não são possíveis de ir com o passe. E como não gosto de correr risco de bagagem extraviada/tempo ruim para voo, mesmo mais caro, penso seriamente em pegar o trem. Ainda mais que, dessa vez, é first class (pro causa da idade, haha).

Link para o comentário
  • Membros de Honra

Acho que vai ter 10 vezes mais trabalho. Não é só o aumento de tempo, você incluiu inúmeras cidades que não possuem as mesmas facilidades de transporte que as que você conheceu. Não contei, mas deve ter aí uns 15 países.

 

Tem algum motivo especial para 90 % da lista ser feita de capitais ? Nem a Cracóvia, que já é clichê, tá na lista, enquanto Varsóvia está. Não vi uma única pessoa dizer que preferiu Varsóvia à Cracóvia.

 

Eu cortaria boa parte dessa lista para me concentrar um pouco mais em países por onde você já vai passar. Isso te permite viver um pouco mais os países, entender a cultura local e se adaptar às peculiaridades de cada lugar. Sem falar que isso poupa MUITO tempo e grana. Tem trecho aí que você pode levar meio dia pra fazer.

 

Esse roteiro parece cópia de "Guia Criativo para o Viajante Independente", que de criativo não tem nada e só lista o clichê do clichê das viagens de brasileiros. Nada contra quem só quer as capitais, desde que seja uma escolha consciente, de acordo com o perfil do viajante. Entretanto, digo, por observação, que na maioria dos casos esses roteiros derivam de falta do conhecimento do viajante de outras opções igualmente interessantes e é por isso que estou escrevendo. Nesse sentido, acho que guias como o Lonely Planet, Fodor's ou Guia Visual da Folha são muito mais ricos em opções.

Link para o comentário
  • Membros
Acho que vai ter 10 vezes mais trabalho. Não é só o aumento de tempo, você incluiu inúmeras cidades que não possuem as mesmas facilidades de transporte que as que você conheceu. Não contei, mas deve ter aí uns 15 países.

 

Tem algum motivo especial para 90 % da lista ser feita de capitais ? Nem a Cracóvia, que já é clichê, tá na lista, enquanto Varsóvia está. Não vi uma única pessoa dizer que preferiu Varsóvia à Cracóvia.

 

Eu cortaria boa parte dessa lista para me concentrar um pouco mais em países por onde você já vai passar. Isso te permite viver um pouco mais os países, entender a cultura local e se adaptar às peculiaridades de cada lugar. Sem falar que isso poupa MUITO tempo e grana. Tem trecho aí que você pode levar meio dia pra fazer.

 

Esse roteiro parece cópia de "Guia Criativo para o Viajante Independente", que de criativo não tem nada e só lista o clichê do clichê das viagens de brasileiros. Nada contra quem só quer as capitais, desde que seja uma escolha consciente, de acordo com o perfil do viajante. Entretanto, digo, por observação, que na maioria dos casos esses roteiros derivam de falta do conhecimento do viajante de outras opções igualmente interessantes e é por isso que estou escrevendo. Nesse sentido, acho que guias como o Lonely Planet, Fodor's ou Guia Visual da Folha são muito mais ricos em opções.

 

Opa, vamos por partes:

Não tem motivo especial para ser feita em capitais. Como eu disse, as cidades ainda serão revisadas e pesquisas serão feitas para confirmar tudo, isso é um brainstorming. O maior motivo pro eu ter colocado as capitais são porque eu considero que, nelas, tenho mais facilidade de vida e melhor acesso ao que eu procuro (um mix entre cultura do país/locais turísticos/diversão-noitadas, sou jovem e preciso disso, o que eu chamo de cidade atrativa turisticamente "de dia e de noite"). Sobre a Polônia, tenho amigo que mora lá, esse é o motivo especial. Sobre ser cópia de guia de viajante independente: nunca me referencio por guias. Faço as minhas pesquisas e, por mim mesmo, decido.

 

Alguns países foram incluídos apenas pela logística: a Bulgaria fica no meio de caminho entre um país e outro. Por que não passar um tempo lá? Acho que 4-5 dias para cada cidade é bem suficiente, no meu mochilão anterior, segui essa estratégia e não me arrependi. Consegui absorver o necessário de cada local.

 

Entretanto, você até me deu uma sugestão boa: adicionar mais cidades de um mesmo país e retirar algumas (por exemplo, na França, tenho curiosidade de ver Marseille e Lyon; na Espanha, Oviedo; na Alemanha, queria ver Stuttgart e Frankfurt - já vi Munchen). O problema seria retirar quais cidades, pois as "menos interessantes" se tornam cidades de passagem.

 

Outra opção é de dividir em dois mochilões. Isso tornaria mais fácil o fato de necessitar de menos dinheiro e, além disso, eu conseguiria uma melhor logística. Em vez de 1 mochilão de 75 dias, fazer dois de 35-40. Isso é bom por esse lado, mas tenho que analisar o trade-off: 75 dias mergulhados na Europa me dão uma imersão muito melhor do que dois períodos de 35 dias.

 

Continuem. Ideias podem surgir.

Link para o comentário
  • Membros de Honra

Se é assim, ótimo. Falei do guia porque é extremamente popular aqui no fórum, achei que vocÊ era mais um que tinha montado viagens com base nele.

 

Esse negócio de incluir país no meio é mais um sintoma do "turista já que":

 

O turista já-que. Variação mais popular do nunca-chega: ao descobrir que está perto de algum outro lugar interessante, arranja um jeito de passar por lá. “Já que estou do lado…” Quando percebe, o roteiro virou um pinga-pinga infernal, e metade do tempo é perdida entre check-out, deslocamento e check-in.

 

Masss, se você gosta de viajar assim, ótimo. A gente avisa apenas pro caso da pessoa não saber.

 

Pessoalmente, prefiro ficar o maior tempo possível viajando. Isso te permite aproveitar melhor a passagem que já gastou daqui do Brasil, um dos aspectos mais caros da viagem. Então com tempo e grana, eu faria um mochilão só. Isso é, se aguentasse ficar tanto tempo viajando sem parar. Acho que aguentaria. Mas não é qualquer um que aguenta, tem que se conhecer bem.

Link para o comentário
  • Membros
Se é assim, ótimo. Falei do guia porque é extremamente popular aqui no fórum, achei que vocÊ era mais um que tinha montado viagens com base nele.

 

Esse negócio de incluir país no meio é mais um sintoma do "turista já que":

 

O turista já-que. Variação mais popular do nunca-chega: ao descobrir que está perto de algum outro lugar interessante, arranja um jeito de passar por lá. “Já que estou do lado…” Quando percebe, o roteiro virou um pinga-pinga infernal, e metade do tempo é perdida entre check-out, deslocamento e check-in.

 

Masss, se você gosta de viajar assim, ótimo. A gente avisa apenas pro caso da pessoa não saber.

 

Pessoalmente, prefiro ficar o maior tempo possível viajando. Isso te permite aproveitar melhor a passagem que já gastou daqui do Brasil, um dos aspectos mais caros da viagem. Então com tempo e grana, eu faria um mochilão só. Isso é, se aguentasse ficar tanto tempo viajando sem parar. Acho que aguentaria. Mas não é qualquer um que aguenta, tem que se conhecer bem.

 

No meu caso, pego as passagens por 100% milhagem, então sai "de graça" esse lado mais caro da viagem.

 

Esse lado do "turista já-que" eu realmente tenho: queria conhecer "todos" os países (Europa + Américas) antes dos 30.

Bom, ao final do 1 mês viajando, tudo que eu queria era mais. Como não tenho muito apego a nada aqui, passar o triplo do tempo me parece possível (não vou falar fácil, seria exagero).

Link para o comentário

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

×
×
  • Criar Novo...