Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Cris*Negrabela

Dúvida de iniciante, já que basicamente é o olho da cara...

Posts Recomendados

Negrabela, parabéns pelo tópico. Levanta um assunto que poucos gostam de falar.

 

Sandro, sábias palavras.

 

voltando ao tema, tem gente que acha que equipo se compra todo de uma vez, e aí, por mais grana que tu tenha (não é o meu caso), vai sair caro mesmo.

Parafraseando o Sandro, o hábito não faz o monge. E não faz mesmo.

 

O Ogum e eu tivemos a grata companhia do Gutante no PP, no final de 2008. Aliás, eu é que tive a benção da cia deles. Catamos o cara no Getúlio, numa Falcon2, mochila e bota simples, numa animação que não deu! Ele tava com frio, pq se molhara e tava sem anorak. Como eu tava com dois, cedi um pra ele. Este cara resume bem a coisa: não deixa a falta de um "hábito" impedir de ser "monge". Subiu o PP tranquilo, me auxliou muito (o Ogum também), transmitia uma energia boa que só a experiência e a simplicidade tem.

 

E vimos neguinho com material técnico dando mau exemplo nesta mesma trip...

 

Quanto aos equipos, sou da teoria de que é melhor comprar coisa boa (não necessariamente o mais caro) de uma vez do que torrar grana com porcaria. O que é bom? Bom é o que é suficiente para assegurar as tuas necessidades.

 

Barraca Falcon2, sabendo montar bem e escolhendo um lugar bom, não imagino lugar no BR que ela deixe na mão. Ah, sim, se pegar uma tempestade tipo ciclone ela se vai. Mas, uma Marmot aguentaria? Vale a dica de dormir em rede também.

 

Botas nacionais estão provando que se não são Fórmula 1, não são também carrinhos de rolimã. Aliás, uma boa bota seria minha primeira aquisição.

Um bom calçado é segurança, principalmente com mochila pesada e trilha acidentada.

 

Mochila: tem que ser forte e transmitir bem o peso. Não precisa ser The North Face (aliás, vindo pro BR, tão sabendo?), mas acho que já tem dicas contra Nautika o suficiente pra não botar seu $ nela. É o segundo equipo. Tem muita coisa boa entre estes extremos (T&R, Conquista)

 

Roupas acho que é a coisa mais fácil de driblar. Talvez não com tanto conforto e performance, as roupas que se tem em casa te permitem chegar em qualquer lugar. Desde de "qualquer lugar" não compreenda o círculo polar ártico, fique entendido.

 

Bastão: acho indispensável em trilhas acidentadas e já sofri sem. Um galho literalmente "quebra um galho", serve também.

 

Lanternas, talheres, panelas, nada que imaginação e uma pesquisa nos armários de casa não solucionem.

O novo fórum DIY também pode ajudar:http://www.mochileiros.com/faca-voce-mesmo-equipamentos-de-camping-e-aventura-f423.html

 

No mais, boas trilhas pra todo mundo, em frente como se pode - mas sem correr riscos desnecessários.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Engraçado... todo mundo tem uma história pra contar do inicio né?! Por exemplo, meu primeiro saco de dormir foi minha mãe quem fez. Ela costurou um lençol em volta de um cobertor e colocou um velcro pra fechar... pronto. Eu ainda tinha um agravante. Em 97/98 não havia internet no interior (nem essa mania do e-commerce) e pior, os equipamentos nao chegavam lá.

 

Minha tática agora é sempre fazer um bom investimento quando posso. Como nao gosto de dividir pagamento, seguro um pouco mais pra juntar a grana.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Haole ... pelo que já vi todos falando, você deve ser um tarzan do futuro cara ... hehehe

 

Sério mesmo, nós "homo-urbanus" não temos a fisiologia muito preparada para longas caminhadas no mato, subindo e descendo montanha (com excessão do Haole, hehehe), passando frio, chuva e ainda carregando uma pesada carga... então devemos sim ter o básico para que algo que deveria ser prazeroso não se torno um martírio.

 

Calma galera...o lance é +ou- o seguinte.

Aqui no Rio ou em Niterói(principalmente), algumas trilhas são bem próximas das praias...e geralmente faço alguma trilha depois da praia, por isso o costume de andar ou fazer trilha descalço 8) .

Abraço

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

java,

engraçado seria se ninguem tivesse histórias desse tipo. Tem um grupo que faz parte da minha roda de amigos que parecem que já "nasceram" com todos os equipos e que nunca passaram um perreio na vida. E era essa absurda referencia que eu estava levando ::mmm:

 

Agradeço muito as dicas do pessoal aqui. Nada como a voz da experiencia pra ajudar uma barata tonta como eu. É mesmo um assunto delicado tocar nessa parte de custos, viagem ainda é, para muitos, um "prazer burguês" (visitar a família na terrinha uma vez a cada cinco ou dez anos não entra nisso kkk) se eu falar pro meu pai que alguem pagou $800 numa mochila pra se embrenhar no mato, acho que ele é capaz de ir bater no infeliz kkkk.

 

O espirito aventureiro tá sempre aqui, cutucando todo mundo, mas boa parte quando olha os custos dessa empreitada, desanima feio de cara. Pô, 200 pilas pra mim é a compra do mês!. Daí eu paro pra pensar quantas vezes nao gastei isso em besteira (traduza-se , sapatos!!! eu sou menina, esperavam o que? ::lol3:: ) e o "complexo de pobre" passa. Sei tambem que não é a mochila superultrablastermega ou a bota profissa que vão fazer de mim uma trekker, e sim minha determinação em seguir adiante. Conforme comprovado, "com força e com vontade" - mesmo que terminando todo quebrado depois- o povo vai com o que tem. Eu só não tinha ideia de por onde começar nessa empreitada de me equipar, a fim de conseguir chegar lá sem ser um martírio (bom, "sofrer é preciso", mas que seja pela subida, não porque a mochila não colabora hehehe).

 

Tá nos meus planos, um dia, fazer a travessia da Serra Fina (quero poder dizer pros meus pais e pra minha avó, que moram em Passa Quatro, "Sabe o alto daquela serra lá? Então, eu já subi!"). Um dia bem distante ainda; pra chegar lá eu já dei os primeiros passos, mas ainda faltam muitos (tinha esquecido que pobre que é pobre parcela até em 36x mas bota uma tv de plasma de 42" na sala, então porque diabos estou com dó de pagar 350 mangos numa bota??? kkk)

 

Agora eu já tenho ideia (uma boa (excelente? Pra que? kkk) bota e mochila serão minha primeira aquisição) e tem um monte de caminhadas por aí pra me lançar. Quem sabe em breve eu não trombe um de voces lá em cima heheheh

 

Valeu!

(agora sim tá na hora de começar a encher o saco lá na sessão de equipamentos kkkk)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Como podem ver, cada um tem uma idéia do que é indispensável, mas deu pra tirar uma lição:

:arrow: Quando comprar um equipo economize um pouquinho mais e compre uma coisa BOA, não precisa ser a bota importada de última geração, mas uma de qualidade comprovada. Estes equipos geralmente duram bastante, então o investimento vale a pena.

:arrow: Muita coisa pode ser improvisada sem comprometer a segurança e o conforto.

:arrow: Não deixe pra amanhã a viagem que você pode fazer hoje... :lol:

Boa sorte!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

agora que eu tô vendo o tópico, então vou palpitar.

 

 

1. o negócio não é equipo caro ou barato, é equipo adequado.

 

2. adequação é: leveza, preço baixo, funcionalidade.

 

então, muitas vezes até a solução implic ano barato, ou no feito em casa. e claro, mais importante do que grana, é conhecimento. conhecimento é tudo. quem sabe se vira com pouco.

 

vamos entãopor partes.

 

1. pra dormir. tenho uma barraca cara e uma rede que eu mesmo fiz. e tb usaria tranquilamente uma falcon 2 que, aliásm, está na minha mira de compra. pequena, confiável, leve, barata.

 

- saco de dormir não precisa ser o mais caro. aliás, às vezes um saco barato e levinho é melor. sou adepto do dormir com roupas, pra carregar menos peso. a gringaida adora fazer os próprios sacos de dormir. dá pra fazer em casa? dá, dá trabalho, mas dá. dormir usando meias e comuam garrafa pet cheia de água quente nos pés garante sono tranquilo.

 

- isolante térmico: baratim, aluminizado, dá pra todas as serras brasileiras. se quiser conforto, a saída é rede.

 

2. pra cozinhar: espiriteiria feita de latinha. imbatível no quesito leveza. tem tópicos e tópicos por aqui! panelas? nada de conjuntos caros. panelinha de 1,99 é a melhro que existe: barata, fncinal, ultra leve.

 

3. roupas: claro, gore-tex e pluma de ganso são maravilhosos, mas custam uma fortuna..... e o povo esclava antes de existir essas coisas. anorak é preciso, meias de lã e sintéticas.

 

4. botas: deixe pra comprar quando for efetivamente fazer trilhas de mais de um dia. daí compre uma impermeável/respirável. sério, via por mim, uma boa nacional dá jeito. e pés secos são uma benção!

 

[]s

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Anos-Luz depois...

e logo após a minha primeira pequena-grande pernada...

 

Eu tinha esquecido o mandamento numero 1 do mochileiro liso: "Se voce não tem grana, ou se vira, ou fica em casa" hehehe

Eu queria fazer trekking, num era? Poderia ir pra outros lugares e fazer outras coisas nas quais eu nao tivesse que investir dinheiro me equipando, mas eu não queria fazer outra coisa ou ir pra outro lugar! Entao... me virei - e percebi que me virei bem pra caramba, com a ajuda e dicas de voces.

 

Eu me proíbo de entrar na decathlon pelos proximos dois meses... eu nao consigo sair daquela loja de mãos vazias!!! De lá vieram corta-vento, saco de dormir, lanterna, meias, uma póchete e aproveitei uma promoção para comprar as camisetas dry fit. Fora uma ou outra quinquilharia que meu senso consumista nao me privou de comprar hehehe Foi quando eu descobri que as calças de trekking femininas não servem nessa minha "cinturinha de kombi" - e que as calças de lycra que eu uso na academia são ótimas!

 

A bota veio "quase de presente" de uma menina que trabalha comigo, uma daquelas pessoas que eu admiro a falta de noção: nunca fez nada do genero, se mete de cara na Trilha Inca e volta xingando até a ultima geração de quem inventou esse tal de trekking. Por acaso, uma simpatica botinha impermeavel da quechua (Forclaz 500), que me quebra muito bem o galho, já que eu destrui um par de tenis na trilha da Serra do Lopo.

 

Minha cargueira é uma MontBlanc Alpinist Fem 60+15, usada, surrada porém inteira (só uma fivela quebrada - que alias, ja troquei) que eu encontrei depois de choramingar um pouco, duas semanas após o bazar da OBB, pagando ridículos 60 dinheiros por ela (Bendita seja a katish que me arrastou, em meio a uma das maiores ressacas que eu tenho registro, ate o bazar!)

 

Espiriteira eu ja tinha usado em camping. Quase taquei fogo na casa, mas fiz a minha. Isolante, eu achei um vagabundíssimo de 7mm no carrefour, que nao me custou 10 dinmheiros. Levissimo e isola - logo, serve. Mas quando sobrar dinheiro, eu vou de inflável (eu sabia que nao devia ter dormido em um, assim nao teria mania de grandeza ehehehe)!

 

Sei que boa parte do que eu tenho hoje é "mais ou menos", mas servem ao propósito. Tem ainda muita coisa pra resolver. mas tenho, antes de qualquer coisa, que melhorar meu principal equipamento: o corpo. Falta pique nas subidas, falta joelho nas descidas, falta fôlego pra me xingar por ter tido essa idéia ridicula.

Mas, mesmo acordando no dia seguinte sentindo o corpo levemente dolorido (nao sei se da pernada ou dos tombos na trilha) e pensando nos km que ainda tinha pra enfrentar... quando cheguei ao platô e vi aquele mar de nuvens abaixo... me deu certeza que era aquilo mesmo que eu procurava.

 

E ja começando a pensar nas proximas hehehe

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

eehhehe.. isso ai Negrabela...

 

em relação a decatlhon sou igual a vc ehaoehaoea.. não consigo ir la e sair de mãos vazias rs... dos meus equipamentos comprei mta coisa la:

 

Fleece (comprei dois em promoção rs... um forclaz 100 (R$49,90) e um 500(R$69,90).. )

Bastão de caminhada ( comprei 2 700 raid ( R$99,00 cada ).. 200gr cada o.O )

Camisetas dry fit comprei la tambem ( comprei 2 ( R$29,00 ) )

Undewear ( camiseta (R$69,00) e calça (R$59,00).. )

meias ( 4 pares de forclaz 400 (R$59,00 cada dois pares).. )

Luvas ( forclaz 700 ( impermeave e respiravel.. pagando R$39,00 )

Gorros ( comprei 2 um em fleece 200 paguei 19,90 e um outro que vira pescoceira tambem em fleece 200 paguei 9,90 )

Hidratação ( comprei 2 cantis (?? reservatori de camelbag).. pagando R$39,00 em cada.. )

Saco de Dormir ( comprei um -5º L ( acho que vou trocar pelo 0º ) pagando R$249,00 )

calça polar ( 200gr de enchimento paguei R$59,00 )

polainas ( comprei um par paguei R$39,00 )

 

ainda acho que estou esquecendo alguma coisa rs...

 

acho o preço dos produtos da decathlon excelentes... podem não ser tops.. mas não sao ruins... acho que da para economizar uma boa grana la...

 

fora o que o pessoal disse da para economizar mto... o negocio é se vc não pode comprar tdo de uma vez.. ir comprando aos pouquinhos.... ou quando aparecem promoções... eu pelo menos compro mta coisa em ponta de estoque... como foi o caso da minha bota... paguei R$330,00 por uma ASOLO FUGITIVE GTX...

 

e é isso ai .. vamos caminhar rs...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

galera, "noas antigamentes" já fiz trilha inca de tenis e blusa de lã, já fui pra torres del paine de tenis, jeans, mochila trilhas e rumos horrível e barraca capri...e amarrando a dita cuja em arbustos com os cadarços dos tenis..sim, contei um pouquinho com a sorte, mas voltei inteiro e com milhares de histórias pra contar.

Não deixem de ir por causa de equipamento...claro, não vá tentar subir ao aconcágua com um jeans...mas na maioria dos casos dá pra se virar com pouco. o conforto será menor, mas..................

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

melhorando a mensagem acima:

 

essas caminhadas ttalmenet despreparado eu fiz quando era apenas estudante e duro, muito duro.

 

Efetivamente, se vc puder $$, compre o que há de melhor, mas que atenda sua necessidade. Não vá comprar comlpetamente a toa uma jaqueta de duvet para usar no Brasil, tampouco uma barraca d ealta montanha pra ir à serra dos órgãos...

 

Como já foi dito e re dito pelos outros colegas, alguns intens iniciais são primordias mesmo:

 

Boa bota, caso for realmente caminhar em trilas acidentadas e com mochila pesada.

Um anorak, pois molhado ninguém "guenta".

e, pra mim, o principal: UMA BOA MOCHILA. Dinheiro bem gasto é em mochila...que já sofreu com essas coisas horríveis tipo trilhas e rumos sabe o que eu digo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.




×
×
  • Criar Novo...