Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Cris*Negrabela

Dúvida de iniciante, já que basicamente é o olho da cara...

Posts Recomendados

salve!!!!!

puts li o post do michel e me enquadrei heeheheh!!!

ja faz tempo que sempre to no mato (uns 16anos) e nunca tive nada de primeira ou segunda , sempre me virei com o que tenho e sempre curto muito e não passo vontade, sempre

 

"Não precisa ser uma bota asolo com goretex, pode ser uma nacional (nomade, snake) mas de trekking. A parka pode ser T&R mesmo... Calça qualquer uma de tactel (da C&A) e a camiseta uma de dry fit (uma do Curintia de camelô !)..." ::lol4::::lol4::::lol4::

 

(unica diferença e que a minha camisa dry é do EXTRA heheehe!!! meu mochilão comprei no SANS´clube(ja fui muito com mochilinha tipo escolar),barraquinha do extra e vou numa boa , possoa passar um pouco de perrengue amais do que os + equipados mas nem por isso deixo um fim de semana sem dar umas pernadas nas trilhas nem que for num bate volta

acho que o mais importante é investir um pouco numa bota pois ela sim vai ditar suas empreitadas

o negocio é ter paixão ::love:: na natureza e por as pernas pra funcionar no resto com o tempo vc vai vendo o que é pra vc mais importante e aos poucos ir aumentando seus equipos

no mais é isso !!!

falow ::otemo::

bruno

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pobre sobe montanha sim sô ... Eu tô subindo tranquilo ... ::lol4::

Michelschon, você usa bastão de trekking ?! Porque não uso mas me falaram que é uma boa ...

Se alguém ai usa ... é necessario ou é só luxo ?!

 

Vibrações Positivas !

 

heheheheheh...sobe mesmo!

Respeito muito a opnião do michelschon...mas não dá pra deixar pra depois não(pelo menos eu tento não deixar), a não ser que o perrengue seja muito grande.

 

Sobre o bastão...não uso, nunca usei e nunca vou usar.Será que dá pra dizer isso? ::putz::

Sobre botas...o mesmo ::putz::

 

Vai de cada um, se você sente uma melhora na "performance" vai fundo ::cool:::'>

Abraço

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

heheheheheh...sobe mesmo!

Respeito muito a opnião do michelschon...mas não dá pra deixar pra depois não(pelo menos eu tento não deixar), a não ser que o perrengue seja muito grande.

 

Sobre o bastão...não uso, nunca usei e nunca vou usar.Será que dá pra dizer isso? ::putz::

Sobre botas...o mesmo ::putz::

 

Vai de cada um, se você sente uma melhora na "performance" vai fundo ::cool:::'>

Abraço

 

Quem não tem cão caça com gato! Ja fiz mochilada com mochila nautika, de coturno, tenis de salão etc..

 

O Bastão me ajuda mto, o joelho agradece, mas vc pode usar um bambu ou um cajado tbm.

 

Agora depois que eu vi o Haole fazendo a trilha de tenis, ficando descalço no A1 do PP debaixo de chuva e depois de deixá-lo no Terminal Tietê em SP e ele sair do carro descalço e ir assim de volta pro RIO eu vou jogar minha bota fora hahaha

 

Um bom equipamento realmente ajuda mas vc ´pode adquirir isso aos poucos. Em vez de comprar o Isolante de 40 reais compre uma placa de EVA por 5, se a meia de coolmax de 30 reais ta cara, compre uma social sintética por 10 ou roube da gaveta do seu pai. Em vez do fleece use lã, em vez do anorak impermeável use uma capa de chuva amarela e por ai vai.

 

Só não vale ficar em casa.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Concordo que os equipos não precisam ser de primeira, agora vc ir sem estrutura nenhuma, pode preparar o espirito para passar perrengue. Para trilhinhas de fds curtinhas de 7 a 10 km vc até aguenta, agora vai fazer algo que vc vai ficar 2 3 dias no mato, com uma mochila de mais de 20 kg nas costas, com uma bamba cabeção, sem meias adequadas, sem bastão...

Vc vai voltar literalmente moido... Não quer pagar caro, vai na Decathlon, la vc encontra bastões por 50 cruzeiros, mochilas de 75 litros por 230, anorack por 100...E assim vai...

Concordo que o que vale e o amor pela natureza, mais acho que alto flagelação tambem tem limites né... :lol:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Negra, não fique desanimada, pois devo ser o montanhista mais pobre deste forum, mas tenho uma mãe que é costureira de primeira categoria e quebra os meus galhos com as idéias malucas que tenho, e trabalho no Centro do Rio próximo a Rua Buenos Aires, onde compro (a metro) Cordura, Nylon Resinado, lonas etc. pego os modelos na internet faço os desenhos com as medidas e minha mãe corta e costura, aplicações de cordura na bermuda e calça, capa de mochila (cor berrante) para me enchergarem na neblina (rsrs) feita em naylon resinado, a calça que eu uso foi comprada nas lojas Riachuelo por 39,00 e adaptada pela mama.

 

Há 20 anos atrás não se tinha essa gama de equipamento que estão a nossa disposição hoje, quando voltei a ativa ate me espantei, acampava levando 30 kg nas costas e mais 10 na mão, usava barraca canadense da Capri com estrutura de ferro 8k de peso, só a botija de gás pesava 3k, gás de cartucho era muito caro, as lanternas viciadas em pilha, o isolante térmico era colchonete de estopa, minha mochila foi comprada de frente ao Distrito Naval no centro do Rio, de lona verde com suporte de ferro, e tenho até hoje, menos o suporte que enferrujou, quase usei na Petro-Tere em 1 de maio, e também tive uma bota Comander.

 

Como voltei a ativa e com pouca grana fiz um planejamento de gastos, e com a internet tudo e mais fácil.

 

1ª fase - comprei barraca, bota, isolante térmico e saco de dormir em 12x(mamão para pagar).

2ª fase - É a do vestuário que estou pesquisando na internet, e se procurar acha muita coisa boa e barata, os preços em São Paulo são mais em conta, roupas da Quéchua na Decathlon melhor ainda, por enquanto vou usando o que tenho, só sentia frio quando parava para descasar, pois a noite já estava no saco de dormir, e aprendi muita coisa aqui no fórum lendo relatos e opiniões de outras pessoas, isso aqui foi uma mão na roda, a gente erra hoje mas amanhã acerta.

 

Por exemplo, dei mole na bota, ia pegar uma Nômade Titã (em 6x) e acabei optando por um modelo da Timberland (em 12x)pela facilidade de pagmento e pela mrca, que descobri que só serve para me levar ao Shopping (já li isto em algum lugar no fórum) na descida rocha molhada me derrubou três vezes que eu contei, mas bati a parte mais macia(rsrsrs) e redobrei a atenção na descida, se eu soubesse que iria ficar com o pé encharcado teria ido com a Braddock velha de guerra e surrada que tenho, e isso era uma coisa que me incomodava muito, e minha mãe que e uma velhinha muito “serelepe”, depois que contei o problema com a bota, já estava planejando uma capa de chuva para bota, vai que dá certo, ai anuncio no MercadoLivre(rsrsrs), outro dia ela olhou para a mochila cargueira e disse, "com o material certo eu faço uma melhor"

 

seguuuraaa a velhinha!!!!

 

Confesso a vocês, que peguei o gostinho da coisa novamente, e se eu separar da minha mulher deixo de ser um montanhista pobre(rsrsrs), em uma dessas eu levo ela comigo e largo lá para ver se ela consegue voltar.

 

"galera desculpem as bricadeiras"

 

Que este fórum continue sendo um centro de debates para os amantes deste esporte.

 

Abraços a todos

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Michelschon, você usa bastão de trekking ?! Porque não uso mas me falaram que é uma boa ...

Se alguém ai usa ... é necessario ou é só luxo ?!

 

durante 20 anos não usei bastão de trekking, mas o tempo passa e cobra... numa dessas eu ferrei meu joelho e até hoje preciso levar anti-inflamatório pra trilha pra emergências... então eu descobri os bastões de trekking (tenho 2 da quechua, paguei R$ 35,00 em cada) e te digo uma coisa, na subida e na descida ajuda muito ! Devia ter usado antes... hoje teria os dois joelhos perfeitos.

 

Ahhh ! Só uso os bastões qdo tenho que carregar uma mochila cargueira, em trilhas bate-volta não levo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Concordo que os equipos não precisam ser de primeira, agora vc ir sem estrutura nenhuma, pode preparar o espirito para passar perrengue. Para trilhinhas de fds curtinhas de 7 a 10 km vc até aguenta, agora vai fazer algo que vc vai ficar 2 3 dias no mato, com uma mochila de mais de 20 kg nas costas, com uma bamba cabeção, sem meias adequadas, sem bastão...

Vc vai voltar literalmente moido... Não quer pagar caro, vai na Decathlon, la vc encontra bastões por 50 cruzeiros, mochilas de 75 litros por 230, anorack por 100...E assim vai...

Concordo que o que vale e o amor pela natureza, mais acho que alto flagelação tambem tem limites né... :lol:

 

Concordo !! E a Decathlon ajuda muito !! hehehehe...

 

Sério mesmo, nós "homo-urbanus" não temos a fisiologia muito preparada para longas caminhadas no mato, subindo e descendo montanha (com excessão do Haole, hehehe), passando frio, chuva e ainda carregando uma pesada carga... então devemos sim ter o básico para que algo que deveria ser prazeroso não se torno um martírio.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
(eu colocaria isso em equipamentos, mas como nao é uma duvida sobre um equipamento específico, então achei melhor colocar aqui... ::mmm: )

Fuçando informações sobre o que seriam os equipamentos básicos para que eu possa pensar em me embrenhar "mato a cima e montanha a dentro", cheguei a uma única conclusão:

* barraca que aguente vento e frio (a minha tá no osso e e nao foi feita pra frio - já comprovado kkk): R$300,00

* saco de dormir: R$ 100,00

*isolante: R$ 40,00

*Anorak/Fleece : R$ 250,00

*Calça/bermuda de trekking : R$ 160,00

* bota: R$ 200,00

* bastão de trekking : R$ 200,00

* Headlamp : R$ 120,00

* uma mochila onde caiba tudo isso: R$ 500,00

* perceber que eu não passo de uma pobre miserável : não tem preço...

Concluí tambem que não é que o pessoal realmente ame trekkings em montanhas depois que volta da primeira experiencia, é que o investimento inicial é tão caro que dá dor na consciencia financeira em não aprender a gostar kkk e eu atiro a primeira pedra em quem falar que isso é barato...

(cut)

 

Negrabela, vou dar meus 2cents :) Acho que sou a voz da discordância, pois me apaixonei perdidamente depois do meu 1o trekking, e faz apenas 2 meses! Providencialmente fiquei desempregada logo que voltei das minhas férias, então to aproveitando pra esticar as pernas enquanto não volto ao mercado hehe

 

Agora voltando a lista.. eu colocaria as coisas na seguinte ordem de importância, devido ao conforto que o investimento neste item pode proporcionar, com sugestão de preços:

1. bota (350-400) - não pense em dinheiro, experimente todas as possíveis e compre aquela que seu pé gostar mais (não se deixe levar por beleza, isso não fará diferença quando a bota estiver toda suja de lama!)

2. mochila (200-800)- uma cargueira que distribua bem o peso e te deixe confortável, afinal vc ficará algumas horas com elas nas costas

3. saco de dormir e isolante (120-800) - pois é de noite que vc vai se recuperar pro próximo dia de perrrengue! Aqui depende muito se vc eh friorenta ou não, tente se conhecer pra descobrir com que temperatura vc ta dormindo com que tipo de roupa/cobertor, converse com pessoas que tenham o saco que vc quer comprar e experimente mesmo uma noite o saco antes de levá-lo pro mato

4. barraca - vc sempre pode dormir na do seu colega, mas qdo for comprar a sua, no brasil não temos alta montanha, então vc não precisa de nada muito técnico não (embora muitos aqui no site pensem diferente..).. eu comprei uma Náutika Falcon 2, levinha e pra 2 pessoas.. claro que é um risco maior que uma Trilhas e Rumos (só pra citar a opção logo acima) mas uma T&R custa o dobro do preço.. então achei um risco que vale a pena

 

os outros ítens não fazem tanta diferença.. se não tiver lanterna de cabeça, usa de mão mesmo, se não tem calça/bermuda de trekking, vai de calça bailarina.. enfim, o importante é se divertir!

 

bjs e bem vinda ao clube! e se faltar companhia pras trips, da um toque que sempre tem uma galerinha programando algo!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pô Williansousa, sua mãe é uma heroína cara ... A minha não costura nem meia rasgada ... ::lol4::

 

Haole ... pelo que já vi todos falando, você deve ser um tarzan do futuro cara ... hehehe

 

Michelschon, pretendo também comprar esse bastão, pois já judiei bastante do meu joelho quando mais novo ... Agora com simples caminhadas mais longas ele já reclama ...

 

Vibrações positivas !

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Oi bela.

Os altos custos de alguns equipamentos geralmente são sinônimos de conforto, leveza, durabilidade e segurança propiciados pelos investimentos em tecnologias de materiais e manufaturas, mas á opções para todos os bolsos, afinal assim como: “O hábito não faz o monge” também não são os equipamentos que fazem de alguém um “mochileiro”. Ser mochileiro é também ser um viajante esperto, criativo, que procura as melhores soluções compatíveis com sua realidade, não só financeira, mas também reais necessidades.

Acredito que: se para mochilar feliz fosse necessário muito dinheiro e tivéssemos que comprar os mais caros equipamentos provavelmente nem teríamos este fórum mantido humildemente a dez anos por pessoas simples como eu e você.

Compartilho da opinião dos colegas que deram ótimas alternativas econômicas aos produtos mais “técnicos”, pois também utilizo muito do que foi postado.

E nem tudo na lista acima é essencial à todos, vai de cada um, eu mesmo nunca precisei de bastão de caminhada (nem gosto e espero nunca precisar) e um cabo de vassoura que você consegue de graça faz a mesma função. Botas eu só uso no inverno e olhe lá... Na maioria das minhas viagens eu uso papete, acho mais confortável e prática por me permitir caminhar em vários tipos de terrenos propiciando boa aderência e poder atravessar locais alagados sem me preocupar com calçado molhado depois, pois elas secam rápido, além disso posso nadar com elas e nunca me deram bolhas nem chulé, Rsrsrs... Aliás bolhas nos pés e botas são duas coisas que geralmente caminham juntas, Rsrsrs... Sempre encontro algum viajante na trilha sofrendo com esse dilema depois de horas de caminhada. E também tem um detalhe: se você não souber caminhar sobre pedras não é uma bota de 600 reais que vai impedir você de torcer o tornozelo, afinal o maior inimigo de quem caminha em terrenos irregulares é a falta de atenção quando se confia demais num calçado. Uma bota “bem calçada” ajuda, mas não é tudo.

Lanterna de cabeça por 120 pila!? Tá maluca? Vai numa loja de artigos pra pesca e compra uma resistente a água por 30, 35 reais. A minha é simplezinha, com lâmpadazinha que queima (ainda não aconteceu)... Tudo bem que não tem aquela frescura pra ficar piscando de quatro formas diferentes, mas para aquilo que se espera de uma lanterna ela cumpre sua função a três anos.

Mochila cargueira... Bom... Se puder comprar uma Curtlo ótimo, se não puder tem umas Trilhas & Rumos acima de 70 litros com capa de chuva que sai por uns 300 reais, mas assim como barracas e sacos de dormir existem alternativas mais baratas, cada qual com uma relação custo X benefício que atenda as necessidades de cada um. Na área de equipamentos do fórum tem muita informação detalhada sobre os equipamentos básicos com uma equipe de especialistas sempre respondendo as dúvidas da galera e ajudando a fazerem as melhores escolhas dentro das suas possibilidades.

 

Pra finalizar dicas daquilo que eu acho importante investir:

 

Mochila - Tem que ser como no casamento, pra ela ser uma fiel companheira, é preciso escolher com cuidado, se puder experimentar antes melhor! Não adianta ser bonita, sofisticada, cara... Se você experimentar e não encaixar legal... Esquece! Depois de encontrar seu par ideal trate-a com carinho e ela não vai te trair... Bem...

 

Saco de dormir - Nem sempre você precisará de barraca, mas um saco de dormir fará muita diferença quando precisar dormir em algum muquifo, rodoviária, aeroporto ou mesmo ao relento.

 

Barraca - Que aguente frio? Rsrsrs... Deixe os agasalhos e o saco de dormir cuidarem para que seu corpo não perca calor. No Brasil barracas confortáveis são aquelas que você pode deixar o mochilão no “avancê” quando necessário e que mantenham suas roupas secas, portanto: coluna d’água alta e sobreteto bem esticado são a chave para a felicidade.

 

Abraço e boas trilhas. 8)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.




×
×
  • Criar Novo...