Ir para conteúdo
Jay Silva

Lima, Cusco,Machu Picchu barato (Via Hidrelétrica)

Posts Recomendados

Bom, vamos ao relato dessa viagem incrível, não se atentem ao meu roteiro de dias, pois tive que fazer algumas mudanças então não ficou em um padrão tão recomendável, mas prestem atenção nas dicas.

 

Remédios-altitude: Eu não senti nada, mas tomei alguns cuidados, peguei uma dica aqui e já no Brasil, dois dias antes da viagem comecei a tomar um remédio chamado Combiron, que é sulfato ferro e faz com que a produção de globulos vermelhos aumente e melhore a oxigenação do pulmão. Tomei dois dias antes de viajar de 12 em 12 horas, e durante a viagem tomei quando lembrava rs. Lá também mascava coca e tomava o chá de vez em quando, naõ cheguei a comprar a pílula do soroche, já que não senti nada.

 

Boleto turístico: Para visitar os sítios arqueológicos vc precisa ter o boleto turístico, existem dois tipos, o geral que custa 130 soles, e é válido por 10 dias, se vc ficar menos tempo mas quiser visitar muitos lugares, terá que comprar esse mesmo. E existe o parcial, que custa 70 soles e é válido por 2 dias, nesse caso não dá pra visitar tudo, mas seria suficiente pra fazer por exemplo um tour do Vale Sagrado em um dia, e um tour de Maras e Morays no outro dia. Alguns sítios arqueológicos vão ficar de fora nesse caso. Carteira de estudante é aceita apenas pro boleto geral, e apenas pra menores de 25 anos.

 

Ingresso pra Macchu Picchu: Existem 3 tipos de ingressos: Machu Picchu, que seria o básico e suficiente, mas também tem outros dois que é o Machu Picchu Montanha e o Machu Picchu HuaynaPicchu, esses dois seriam pra quem quiser subir também essas duas montanhas, Se vc não tiver interessado no HuaynaPicchu, vc consegue ingresso até um dia antes, pelos menos em novembro foi assim, mas claro que não é recomendável vc deixar pra comprar um dia antes. Eu tentei comprar o Huyana uma semana antes e não tinha mais vaga, pois pra esse ingresso o número é limitado. Eu deixei pra comprar em Cusco, pois fui comprar com carteirinha de estudante, e pelo que eu sabia por internet não dava, mas pesquisem pois parece que já tem um site que é possível comprar meia entrada on line. Outra dica, use qualquer carteirinha de estudante, a minha não é ISIC, e consegui um belo desconto de 50% de um ingresso que custa 126 soles.

 

 

Táxis:Realmente o táxi é barato, mas negocie mesmo assim, alguns casos os taxistas já oferecem o valor real da corrida, mas essa noção vc só percebe depois de alguns dias lá. Os táxis chegam a encher o saco, pois eles estão em todo lugar, e os carros ficam buzinando pra indicar que são táxis, pois alguns não tem uma boa identificação. Mas é o seguinte, se o táxi é barato, o ônibus é mais barato ainda, então pra algumas coisas, se vc estiver viajando sozinho, não tiver com quem dividir e tiver tempo, também vale a pena ir de ônibus, em Lima pra vc andar de ônibus, precisa ter um cartão, mas uma coisa que é comum lá é vc dar o dinheiro pra alguém e a pessoa te passar com o cartão dela, a condução na linha principal lá custa 2 soles. Se vc tiver no aeroporto de Lima e for ficar hospedado em Miraflores, vão te cobrar 45 soles, existe um ônibus que custa 1 soles até Miraflores. Peça pra algum taxista esperar mais gente que vai pra Miraflores, e divida esse custo. Eu entrei em um carro que já haviam outras pessoas e paguei 20 soles. No aeroporto de Cusco, o taxi até o seu hostel vai custar de 6 a 12 soles, o onibus custa 0,70 soles.

 

Comida: Eu fiquei impressionado, pois o cardápio pra mim parecia em Grego, de tanta coisa que tinha que eu não fazia ideia do que era. E a comida é barata, o mais caro que eu paguei foi 15 soles, e o mais barato foi 4,50 soles. Isso mesmo, 4,50 soles um prato com sopa de entrada ( lá tem muita sopa) e um prato com arroz, carne, salada e um mate. O melhor pra mim é um prato chamado Lomo saltado, são pedacinhos de bife fritos com cebola, tomate, é muito bom. Dizem que pra comer o Ceviche o ideal é em Lima, eu acabei comendo em Cusco e gostei também, é um prato com peixe cru, cuidado que pode ser bem apimentado. Também comi carne de Alpaca, é um bife bem gostoso. O Porquinho da índia não comi, mas pra quem quiser também é um prato típico. Vc vai ver nas ruas uma espécie de espetinho, aquilo é coração de vaca, eu experimentei, não é ruim não, mas eu comi em um restaurante. Não deixe de comer o milho deles, chama-se Choclo, é um milho enorme, que eles comem com queijo, vendem em qualquer esquina também. Tome bastante mate de coca, eu prefiro com açúcar, mas eles normalmente tomam sem, muitos lugares oferecem de graça. Uma bebida típica, chama Chicha morada, é feito com um milho roxo, é gostoso. Mas eu precisaria de um mês pra conhecer o cardápio todo, realmente a culinária é muito rica.

 

 

Lima:

 

Muitas pessoas pulam Lima, ou ficam no máximo dois dias, eu fiquei 2 dias e foi pouco pra mim, ainda haviam outros lugares que gostaria de conhecer, eu gostei bastante de lá. Em um dia visite todo o Centro, vá a Plaza de armas, por volta de meio dia tem a troca da guarda, que parece que é legal, mas no dia que eu estava lá não rolou porque tava tendo um protesto. Visite o convento, onde vc pode ver as catacumbas, a entrada é 7 soles. No centro, tem algumas pessoas oferecendo uma ida ao Cerro de San Cristobal, custa 5 soles e vc pega uma van que te leva em um ponto alto da cidade. Tem o mercado central, o bairro Chines, a Plaza San Martin, tudo isso na região do Centro. A noite nessa região também tem alguns bares legais, o hotel Bolívar que é um lugar típico pra tomar Pisco, e tem um bar chamado Estadio, com toda decoração de futebol.

 

No dia seguinte, passe todo o dia em Miraflores, tem um calçadão bonito pra andar com diversos parques, tem um lugar muito legal chamado Larcomar, é um shopping center ao ar livre, e com vista pra praia. O tal do parque do amor eu não vi graça, mas está por ali também. A noite, tem um rua chamada Calle das Pizzas, com diversos bares e algumas baladinhas, o Parque Keneddy está por ali também, e é bem movimentando a noite, junto a Miraflores tem o bairro de Barranco, também com muitos bares e restaurantes.

 

Eu acabei não indo então ao Parque das Águas, ao musel do Larco, e ao cristo, que são alguns pontos turísticos recomendáveis que não tive tempo de ir.

 

Hostel recomendado: Loki Lima em Miraflores

 

20141121_154913.jpg.3a2675ff632c48ca760f964ccc5af46f.jpg

 

Cusco:

 

Aqui muda totalmente, é uma outra vibe, tem muito o que fazer em Cusco.

Existem várias empresas que fazem o Free Walking tour, é super recomendável pois você conhece bastante coisa e paga apenas gorjetas no final. Tem diversos museus, alguns pagos e alguns free. Existem muuuuuitas agências de viagem, então aqui vc pode contratar todos os seus tours. Creio que a maioria são boas, mas consulte sempre no mínimo duas, pois existe diferença de preço e de serviço. Deixe pra comprar suas lembrancinhas aqui, e leve dinheiro pra isso, vc vê tanto que acaba querendo comprar, e o preço é bom, considere que vc vai comprar no mínimo uma touca (10 soles) e uma blusa (40 soles). Tem dois mercados bons pra isso, o Mercado Artesanal e o Mercado de São Pedro, além de feirinhas o dia todo nos tours e na cidade toda tb.E eu não sabia que fazia tanto frio tb...vá preparado, ou melhor deixe pra comprar roupas de frio lá.

 

Hostel: Wild Rover Hostel, se vc gosta de festa, esse é o lugar, imagina que vc tá no seu quarto se trocando e entra o staff do bar oferecendo free shots e despejando bebida na sua boca, é nesse naipe. O bar do hostel é um dos mais movimentados da cidade, pessoas de fora frequentam lá a noite, tem vans que leva a galera de lá pra balada de graça, não que seja longe mas uma carona é bem vinda. E além disso o hostel é muito bom, camas boas, cobertores, quartos grandes, muito bom mesmo, se vc não gosta tanto de festa pode ficar lá mas peça pra ficar em um quarto longe do bar rs. Outros legais também que recomendo é o Pariwana e o Loki, mas o Loki fica em uma ladeira da porra rs.

 

Baladas: As baladas que mais gostei foram The Temple e Mama África ( que é a mais famosa), dica importante, se vc tiver a fim de ir pra balada mesmo, as noites de sexta e sábado são melhores, pois vem mais gente de outras cidades pra lá, apesar de ter festa todo dia. Então não reserve nenhum tour pra sábado e domingo, deixe esses dias pra sua ressaca.

 

Bares: Tem diversos legais, não lembro o nome de todos, tem um legal chamado Indigo, que eles tem jogos de tabuleiro no bar e a galera joga na mesa.

 

Tours: Como expliquei acima, comprei o boleto parcial, então contratei apenas dois tours. O Tour do Vale Sagrado, que dura todo o dia,(paguei 40 soles com almoço, só compre esse tour em agências que oferecem o almoço incluso, pois lá é caro pra comprar a parte) e o tour de Maras e Moray ( acho que foi 35 soles, e tinha mais a entrada de 10 soles em um deles), que retornamos às 14h.

 

IMG_4077.JPG.c18a8fc9156c6c610d3e223195265202.JPG

 

IMG_4108.JPG.d125b397e2362121ddc0b424f4c75d06.JPG

 

Machu Picchu: O grande dia!

 

Fiz o caminho pela Hidrelétrica, é muuuuuito mais barato, o trem mais barato até Aguas Calientes custa 140 dólares, por esse caminho eu gastei tipo 15 dólares ::otemo:: . É fácil de fazer, vc só precisa estar disposto a um pouco de aventura, vou explicar agora passo-a-passo.

 

Cusco - Terminal de ônibus

Pegue um taxi do seu hostel até o terminal de ônibus, que vai para Quilabamba. Saia do seu hostel 06h/06h30, o primeiro ônibus sai 07h30, mas não corra o risco de este ônibus estar cheio e ter que esperar o próximo. Custo:5 soles

 

Terminal de ônibus - Santa Maria

Compre a passagem pela empresa Ampay, é ruim, mas as outras são piores rs. Compre o ônibus que vai para Quilabamba, você terá que descer antes, descerá em Santa Maria. O motorista avisa, mas não durma na viagem, vc pode correr o risco de perder o ponto da descida. Essa viagem durará 04h30, você viajará em um ônibus fedido e sem banheiro, haverá algumas paradas, em banheiros horríveis também, e as vezes a parada é pra ir no banheiro atrás das moitas, mulheres e homens fazem isso.

 

IMG_4165.JPG.b67e9827f401b6e12337220ef28884cf.JPG

 

Santa Maria - Santa Teresa - Hidrelétrica

Chegando em Santa Maria vc deixará o ônibus, aproveite pra almoçar, vc encontrará almoço por 6 soles ali mesmo onde vc parar.

Agora é o seguinte, existem carros que te levam pra Santa Teresa, e de lá vc pega outro carro que vai pra Hidrelétrica. O custo até a Hidrelétrica será de 15 soles. Fique esperto com sua mochila, se colocar no bagageiro, eles costumam colocar pessoas no bagageiro também junto com suas malas, nada de deixar coisas com fácil acesso pelo zíper por exemplo. Aliás, isso vale pra viagem toda. A aventura continua, estradas estreitas, com precipícios do lado, e motoristas apressados, pontes sobre o rio, o carro chega a passar inclusive pelo rio, mas a adrenalina faz parte.

 

IMG_4414.JPG.4cf5cb15f418f3389232041a289d285b.JPG

 

 

Hidrelétrica - Águas Calientes

Chegando na entrada da Hidrelétrica, vc desce pra registrar-se, um pouco mais pra frente a Van te deixa, onde vc continua o seu caminho a pé. A trilha, em algumas partes pode ser um pouco confusa, não tem muita sinalização, mas depois vc vai beirando a linha do trem e o Rio Urubamba e aí não tem erro. A paisagem é demais, não é muito cansativo, pois é sempre plano. Leve água, repelente e sempre use protetor. Vc caminhará por duas horas. Vc chegará então em Àguas Calientes, já no final da tarde ou começo da noite, por isso importante sair cedo de Cusco, pra não chegar lá no escuro. Aí é só procurar seu local de hospedagem, pois no dia seguinte creio eu, vc irá pra Machu Picchu.

 

IMG_4179.JPG.fabf339396098995c770f39782706b00.JPG

 

Àguas Calientes:

 

A cidade achei bem bonita, mas é bem pequena. Muitas pessoas ficam apenas uma noite lá, essa noite da chegada. No meu caso, como eu voltaria também pela mesma rota, fiquei duas noites. Pois no dia seguinte iria pra Machu Picchu, e voltaria a noite pra cidade, então só no outro dia retornaria pra Cusco. Atenção: Não dá pra levar muita coisa na trilha, pois a mochila tem que estar leve, mas tente levar o máximo que vc puder de água e comida, pois lá é tudo mais caro, não deixe pra trocar moeda lá também. Os restaurantes no entanto podem ter alguns pratos baratos, alguns restaurantes tem menu mais baratos, mas eles não divulgam no primeiro momento, perguntem pelos menus mais baratos.

Hostel: Reserve o hostel Supertramp, é bem bacana, e lá acho que tem poucas opções boas.

 

Águas Calientes - Machu Picchu

 

No dia seguinte acordei bem cedo, o hostel começa a dar o café às 04 da manhã, ótimo, acordei 05h, comi o máximo que pude. Aí novamente vc tem a opção de economizar,existe o ônibus que te leva a Machu Picchu por 20 dólares (acho que tem que comprar um dia antes), ou vc pode ir a pé, eu fui a pé novamente, mas essa trilha é mais pesada. Pensa que vc vai subir uma montanha de escada, assim é a trilha. E fiz isso debaixo de chuva, já estava puto da vida, e cansado, queria ter pago 100 dólares pelo ônibus naquele momento rsrs, mas quando cheguei lá em cima compensou. E se eu consegui, vc também consegue, pois sou super sedentário. Atenção: Leve muuuuita água, pra vc ter ideia, a garrafinha que no mercado de Cusco custa 0,80 centavos, em Machu Picchu custa 8 soles, muito caro. E vc só pode comprar na entrada do parque, assim como banheiros só tem na entrada do parque, se vc tiver lá na puta que pariu e tiver com sede e quiser ir no banheiro tem que voltar pra entrada do parque.

Eu planejei ficar o dia todo em Machu Picchu, das 07h ás 17h, em algum momento achei que enjoaria, mas acabava achando mais coisas pra ver, fiquei realmente o dia todo e adorei. Mas pra falar a verdade não vi tanta necessidade de chegar tão cedo, tinha muita neblina de manhã, só deu pra tirar fotos boas depois das 09h, mas muita gente como tem que voltar pra pegar o trem volta mais cedo do parque, por isso fiquei duas noites em Aguas Calientes, eu quis ficar o dia todo no parque. Fique esperto com as regras, eu tomei duas broncas, subi em umas pedras que não podia, e fui tirar foto pulando em outro lugar que tb não podia. Teoricamente não pode levar comida, mas com isso eles fazem vista grossa, guarde seu lixo na mochila. Quando o guardinha começou a apitar eu fui embora, vc pode entrar e sair do parque a hora que quiser no dia, só apresentar seu ingresso, na saída do parque tem o carimbo, que vc mesmo pode carimbar seu passaporte. Em Machu Pichu, tem uma trilha dentro do parque, que chama Porta do Sol, é uma bela caminhada, mas te leva a 2700 metros de altitude e vc tem uma vista lá de cima da cidadela, é uma ótima opção grátis, pra quem não fez a montanha nem o Huyana e quer ter uma vista de cima.E novamente voltei a pé, agora mais tranquilo, afinal é uma descida. Voltei pro hostel a noite, novamente não andei muito na cidade, pois estava só o pó. Tem uma Àguas termais lá, que não deu pra eu ir, tava muito cansado, e o povo não fala tão bem na verdade. Se quiser recomendo ir na de Santa Teresa, caso volte pelo mesmo caminho e tenha tempo.

 

IMG_4220.JPG.ad1da8ddee711c8be2612da6ccf711e7.JPG

 

Águas Calientes - Cusco

 

Bom, pra quem já tinha ido, a volta não seria problema, nesse caso não acordei tão cedo, saí de Águas Calientes 09h30, pois não haveria problema de chegar em Cusco tarde, já que faria a trilha logo no começo, então fiz o mesmo trajeto, voltei caminhando, na hidrelétrica peguei um carro direto pra Santa Maria, 15 soles novamente, comprei a passagem em Santa MAria pra Cusco, vendem nos restaurantes de lá, tem muita gente oferecendo van pra Cusco também, por 20 ou 25 soles, eu queria pagar meus 15 soles e pronto, voltei no mesmo esquema. O próximo bus demoraria 01h30 pra chegar, então almocei enquanto isso, novamente com

6 soles. A volta não sei pq demorou mais, o bus foi mais lento, teve problemas na estrada, então cheguei tarde em Cusco.

 

Outras opções pra Machu Picchu: Se vc acha que é muita aventura isso, recomendo o tour pro Vale Sagrado, que ao chegar em Ollanta vc desembarca e vai de lá pra Águas Calientes, é uma opção legal,pra quem quer ir de trem, procure uma agência na cidade e pesquise os valores.

 

Acho que é isso...lembre-se que o Peru tem muito mais pra visitar, se vc tiver tempo vá pra Puno, Nasca, Ica, Paracas, emende pra Bolívia, há muito o que se explorar por lá.

 

Qualquer dúvida, postem aí.

 

Jay!

  • Acompanhando 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Muito bom seu relato Jay, to indo agora em dezembro e vou fazer exatamente o mesmo roteiro, seu relato me ajudou bastante.

Sobre a ida pela hidroelétrica, há agencias que fazem esse trajeto certo? Com van, entrada mp, hostel em águas calientes incluso, você acha que vale a pena?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Muito bom seu relato Jay, to indo agora em dezembro e vou fazer exatamente o mesmo roteiro, seu relato me ajudou bastante.

Sobre a ida pela hidroelétrica, há agencias que fazem esse trajeto certo? Com van, entrada mp, hostel em águas calientes incluso, você acha que vale a pena?

 

 

Beatriz,

 

Sim, existem agências que fazem esse caminho, mas eu nem consultei. Esse caminho que eu fiz os custos são esses: 5 soles de taxi até o terminal, 15 soles pra Santa Maria e 15 soles pra Hidrelétrica, e eu mesmo reservei o meu hostel de preferência, que paguei 25 soles a noite e sabia que era um bacana. Acho que os valores das agências não são muito mais caros, mas eu preferi fazer por minha conta mesmo.

 

Jay!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

bacana o seu relato, tava pensando em fazer a mesma rota que você fez pra ir a Machu Picchu, esse bus até Santa Maria, pega no terminal Rodoviário? um amigo meu foi esses tempos e disse que levo comida na bolsa e comeu onde tem os restaurante em MP, mas não pode comer dentro de MP né? a entrada de MP, compra em Aguas Calientes? e sobreo boleto turistico parcial? tu pago 70 soles para o Valle Sagrando e Moray e Maras no outro dia né?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
bacana o seu relato, tava pensando em fazer a mesma rota que você fez pra ir a Machu Picchu, esse bus até Santa Maria, pega no terminal Rodoviário? um amigo meu foi esses tempos e disse que levo comida na bolsa e comeu onde tem os restaurante em MP, mas não pode comer dentro de MP né? a entrada de MP, compra em Aguas Calientes? e sobreo boleto turistico parcial? tu pago 70 soles para o Valle Sagrando e Moray e Maras no outro dia né?

 

 

O bus pra Santa Maria, pega em um terminal em Cusco, é um ônibus que vai pra Quilabamba, porém você desce em Santa Maria.

 

Em MP não pode comer, mas eu com uma galera que eu conheci praticamente fizemos um pic nic lá rs, então leve sua comida principalmente água, é muito caro pra comprar lá, na entrada tem uma mini praça de alimentação, eu imagino que seja pra quem comprar coisa do restaurante lá, mas acho que dá pra comer sua comida lá tb.

 

O ingresso pra MP vc pode comprar aqui no Brasil pela internet, em Cusco, ou em Águas Calientes, talvez em outros lugares tb.

 

Com o boleto parcial eu fui um dia pro Vale Sagrado e no dia seguinte pra Maras e Moray.

 

Jay!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

E aii cara, top demais sua dica...

Ano passado eu fui p MP porem fui do jeito mais burro O MAIS CARO...

Em Janeiro vou para a Bolivia com minha namorada pois gostei demais de lá e tava pensando em dar uma esticada até Cusco e MP, mas o preço em relação a Bolivia desanima um pouco, por isso te pergunto:

 

- Esse caminho que vc fez até MP, tem outras pessoas que fazem??? pq eu sou cagão pra caramba...

 

- Quanto vc gastou em Cusco+Aguas Calientes+MP????

 

To pensando em fazer o vale sagrado novamente e conhecer as salinas de Maras, além de fazer esse caminho alternativo até MP, uns 2000 reais dá pra duas pessoas?

 

Vlw pelas dicas

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
E aii cara, top demais sua dica...

Ano passado eu fui p MP porem fui do jeito mais burro O MAIS CARO...

Em Janeiro vou para a Bolivia com minha namorada pois gostei demais de lá e tava pensando em dar uma esticada até Cusco e MP, mas o preço em relação a Bolivia desanima um pouco, por isso te pergunto:

 

- Esse caminho que vc fez até MP, tem outras pessoas que fazem??? pq eu sou cagão pra caramba...

 

- Quanto vc gastou em Cusco+Aguas Calientes+MP????

 

To pensando em fazer o vale sagrado novamente e conhecer as salinas de Maras, além de fazer esse caminho alternativo até MP, uns 2000 reais dá pra duas pessoas?

 

Vlw pelas dicas

 

Cara...você vai encontrar mais gente fazendo esse caminho sim...lembre-se de sair cedo de Cusco...chegue com antecedência no terminal pra comprar o bus das 07h30...pois se você disse que é cagão não vai querer fazer a trilha de noite hehehe...na verdade no bus pra Santa Maria e no caminho até a hidrelétrica eu conheci apenas um outro estrangeiro...mas na trilha já tinha mais um pessoal.

 

Pra fazer o vale Sagrado e as Salinas de Maras já não é tão barato, pois você terá que comprar o boleto turístico...lembre-se disso.

 

Em águas Calientes eu fiquei duas noites...gastei 25 soles no hostel por noite....em Cusco eu fiquei 1 semana...então acabei gastando mais...pra MP além do ingresso gastei com as compras de comida e água pra levar lá...água vc tem que levar bastante.

 

Considere mais ou menos esses preço pra uma pessoa:

 

Cusco até Aguas Calientes ( via hidreletrica) 30 soles

Duas noites em Águas Calientes 25 soles por noite

Jantar em Águas Calientes 10 - 15 soles cada noite

Trilha até MP ( andando é de graça, ou 20 dólares o bus)

Entrada pra MP: 120 soles inteira ou 60 estudante

Boleto turistico: 140 soles o de 10 dias ou 70 soles o de 2 dias

Tour pro vale sagrado: 30 soles

Tour pra salinas e maras: 30 soles + entrada de 10 soles

 

Jay!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Gostei do seu relato. Me ajudou bastante

 

A carteira de estudante é exigida somente na compra do ingresso de Machu Picchu, ou na entrada também? Existe a chance de eu comprar a meia entrada e na hora não me deixarem entrar por não ter carteirinha ISIC?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Gostei do seu relato. Me ajudou bastante

 

A carteira de estudante é exigida somente na compra do ingresso de Machu Picchu, ou na entrada também? Existe a chance de eu comprar a meia entrada e na hora não me deixarem entrar por não ter carteirinha ISIC?

 

 

Eles pedem a carteirinha na entrada também, mas se você mostrar a carteirinha que você comprou creio que não terá problemas, comigo foi assim, não tenho a ISIC e mostrei a mesma carteirinha pra comprar, e depois pra entrar no parque...abs.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
E vc comprou a carteirinha onde? Quanto tempo antes?

 

Valeeu

 

Minha carteirinha é da UNES, tirei por uma escola de Inglês, eu já tinha ela.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Muito bom !!!

Estou indo pra Republica Dominicana, e vo fazer uma conexão no Peru. Vamos ficar 10 hrs ::hein: disponíveis até o avião levantar voo novamente. Sei que é um tempo curtíssimo.. Porem vo tentar conhecer a cidade.. ::Ksimno::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá Jay!

 

Amei seu relato.

Cheio de detalhes e dicas.

 

Estarei indo em Setembro com mais 2 amigas por enquanto e adorei a parte da hidrelétrica.

Mesmo pra mulher você acha que é sossegado fazer? Lógico que respeitando os horários que informou pra passar pela trilha a tarde.

 

Como sou apaixonada por fotos seu relato me inspirou ainda mais.

 

Abraço,

 

Roberta

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Olá Jay!

 

Amei seu relato.

Cheio de detalhes e dicas.

 

Estarei indo em Setembro com mais 2 amigas por enquanto e adorei a parte da hidrelétrica.

Mesmo pra mulher você acha que é sossegado fazer? Lógico que respeitando os horários que informou pra passar pela trilha a tarde.

 

Como sou apaixonada por fotos seu relato me inspirou ainda mais.

 

Abraço,

 

Roberta

 

Oi Roberta, isso não é nada, postei pouquíssimas fotos aqui. Bom, é tranquilo pra mulheres fazerem a trilha também, vi algumas garotas na trilha, inclusive sozinha. Apenas respeite os horários, e quando encontrar algum grupo no caminho, pode juntar-se à eles se preferir pra sentir-se mais segura.

 

Jay!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Oi Jay!

 

Adorei o seu relato! Vou fazer um mochilão em fevereiro agora com a minha família e as dicas foram muito úteis. Tem gente que faz relatos e esquece de colocar esses detalhes importantes, como preços e alimentação, que nos ajudam e muito para planejar a viagem. A sua foto em Machu Picchu tá muito legal :D

 

Olá Jay!

 

Amei seu relato.

Cheio de detalhes e dicas.

 

Estarei indo em Setembro com mais 2 amigas por enquanto e adorei a parte da hidrelétrica.

Mesmo pra mulher você acha que é sossegado fazer? Lógico que respeitando os horários que informou pra passar pela trilha a tarde.

 

Como sou apaixonada por fotos seu relato me inspirou ainda mais.

 

Abraço,

 

Roberta

 

Oi Roberta!

 

Posso dar uma dica? Eu tô viajando em um grupo grande e vamos fazer a trilha da hidrelétrica, mas se eu estivesse sozinha ou com uma amiga eu provavelmente faria uma dessas duas coisas:

 

- Tentaria combinar com a galera do meu hostel em Cusco um grupo que estivesse interessado em ir junto para Machu Picchu e fazer os trilhos.

 

- Ou fecharia o transporte com uma agência lá em Cusco, pois já li aqui no forum que isso é possível, ou seja, uma van vai te buscar no hotel e leva você e um grupo até a hidrelétrica por um preço combinado previamente. Quando você chegar lá, vai ter a compania do grupo que foi com você para fazer a trilha. Claro que essa van não vai ser tão barata quanto a opção tradicional de ônibus+van+taxi, mas talvez compense dependendo do orçamento. Tem agências que fazem uns pacotes dessa van + guia nos trilhos + hospedagem em águas calientes + ingresso pra machu picchu + ticket do onibus + guia dentro do parque, mas cobram caro, aí vai de cada um hahah Eu vou no modo economia, então vou tentar fazer bastante por conta própria :)

 

Como o Jay disse, acho que sempre deve ter gente por lá pelos trilhos de todo jeito ;)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá Jay,

 

Agradeço a dica. Já andei muito por aí sozinha mas nunca nesse tipo de trilha, então toda cuidado é bem vindo.

 

Beatriz,

Obrigada pela dica da van mas como também sou do estilo economia é tudo, vou ver com as meninas mas provavelmente iremos fazer pelo modo mais econômico. Até irei checar a van pois não custa saber se a diferença ao menos até a hidrelétrica é tão grande.

 

Já que vai em janeiro, você chegou fechar com alguma agência? Se sim, me passa o nome, por favor. Já quero ir vendo os detalhes e será bem vinda essa informação.

 

Abraço,

 

Roberta

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Oi Roberta!

 

Estou indo em fevereiro na verdade. Ainda não fechei com nenhuma agência e pretendo pesquisar e pechinchar muito quando chegar por lá hahah Na volta eu conto como foi, pode deixar :)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Beatriz,

 

Que delícia.

Não vejo a hora de ir mas agosto tá longinho ainda.

 

Vou aguardar todas as dicas possíveis que puder me enviar.

 

Que seja viagem seja espetacular e inesquecível.

 

Abraço,

 

Roberta

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora


×