Ir para conteúdo

Fazendo Escala em Caracas para o Caribe


Posts Recomendados

  • Colaboradores

!!ALERTA A TODOS OS BRASILEIROS EM CNX OU TRANSITO PELA VENEZUELA!!

 

 

VÁRIAS SÃO AS RECLAMAÇÕES POR PARTE DOS VIAJANTES: MALAS ROUBADAS, EMBARQUE NEGADO POR MOTIVOS ABSURDOS, AUTORIDADES CORRUPTAS SEMPRE BUSCANDO UM MOTIVO PRA COBRAR PROPINA POR ALGUMA COISA, VENDEDORES INFLACIONANDO OS PREÇOS.

 

 

POR MOTIVOS DE FORÇA MAIOR VENHO ATRAVÉS DESTA PEDIR PARA QUE EVITEM A VENEZUELA, O PAÍS ESTÁ EM GRAVE CRISE, E O GOVERNO EM COLAPSO, INFLAÇÃO FORA DE CONTROLE E A MOEDA CADA VEZ MAIS FRACA.

 

 

BOGOTÁ E CIDADE DO PANAMÁ SÃO PONTOS SEGUROS DE CONEXÃO.

 

GRATO

 

O EDITOR

 

chavez-conf-bests-04.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Antes de mais nada, só explicando a Editores/Administradores: este tópico está em Caribe pois é para quem faz escala em Caracas para ir a outro país, não Venezuela. Imagino que quem faz escala em Caracas é pra ir para o Caribe, notadamente para as ilhas ABC. Se acharem inapropriado o local, por favor mudem de seção.

 

Se você vai apenas fazer escala em Caracas (CCS), não vai ficar nenhum dia na capital venezuelana eles não te deixam passar pela Imigração. Teve gente que disse que essa regra é nova, outros falaram que é antiga, mas o fato é que no caminho a Curaçao fomos barrado e tivemos (eu e minha mulher) que ficar restrito à área internacional do aeroporto de Maiquetia, agora em meados de outubro.

 

Seja velha ou nova a regra, o fato é que o pessoal está completamente despreparado para cumpri-la.

 

O problema é o seguinte: nosso voo não era "casado". Comprei (milhas) GRU-CCS pela Gol e CCS-CUR pela DAE, tinha todos os vouchers impressos comigo. Só que para fazer essa conexão descasada, deveríamos ter que passar pela imigração, pegar as malas na esteira e fazer o check-in no balcão da DAE. Depois passaríamos pela imigração pra sair, pagaríamos a taxa aeroportuária (extorsivos US$ 140 por pessoa!!!) para seguir pra Curaçao.

 

Ao sermos barrados na Imigração, fomos encaminhado ao balcão de informações na área internacional, onde depois de muito tempo explicando a situação, tivemos que descer pro piso inferior (passando pelo Raio-X) e ir a outro balcão. Lá, chamaram um funcionário da DAE, dei os canhotos de bagagem a ele, que pegou-as, fez o check-in para CUR e nos deu os cartões de embarque (depois de quase 2h de conversa, angústia e espera).

 

Pode parecer simples, mas e a tensão? A chance de fazerem uma besteira e chegarmos em CUR sem nossas bagagens era bem grande. O funcionário ainda havia confirmado o check-in de 3 malas e quando tentei descrever as nossas para ter certeza, o sujeito me disse que não sabia, pois nào tinha sido ele a fazer a operação. Tensão total, mas no fim, deu tudo certo.

 

Na volta, mesma coisa, mas foi o funcionário da Gol a fazer o processo. Mais tensão, pois ele pediu nossos passaportes para fazer o check-in. Não deveria, mas fui na confiança e deu tudo certo novamente.

 

A vantagem: economizamos US$ 540 em taxas aeroportuárias.

 

A desvantagem: muita tensão, muita correria, conversas pra lá e pra cá e um alto risco de dar errado, com você chegando ao seu destino sem as malas.

 

Não fez diferença: planejava comprar uns bolívares no câmbio negro pra usar no Free Shop, o que daria "descontos" de mais de 50% nos produtos. Desde que li o ótimo relato do Gláuber sobre sua viagem, um ano atrás, bolava fazer isso também. Só que as autoridades bolivarianas ficaram espertas e os produtos do Free Shop (que dá de 10 no de Cumbica) foram todos indexados ao paralelo. Lá dentro só se aceita Bolívares, mas claramente feitos a um dólar a 5 ou 6 bolívares e não com o oficial. Eles se ligaram do truque que nós gringos fazíamos e acabaram com a festa. Por exemplo, um Red Label que custa US$ 18 no Free Shop de Cumbica, lá custava BFs. 110.

 

Em suma, quer ir tranquilo, sem problemas? Faça sua escala em Bogotá!!!

 

 

PS: a Gol tem agora voos para Curaçao e Aruba, que param em CCS, mas nem se sai da aeronave.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Respostas 63
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

  • Membros

Oi André Amaral, td bem?

 

Se eu ja estava preocupada antes, sem ter lido este teu relato, imagina agora? Estou em pânico!

 

Estarei viajando com meu marido e meu filho, em janeiro, para Curaçao, via Caracas.

 

Tenho tentado obter informações nos atendimentos da TAM sobre o horário médio de chegada em Caracas do voo JJ 8050, que parte de Guarulhos as 23:55h. Todas as respostas foram que a chegada estimada é 03:00h da madrugada. Mas ninguém foi capaz de me responder se este voo costuma atrasar, por ex.

 

Nosso voo para Curaçao pela companhia Avianca, via Bogotá é às 06:00h. [menos de 3 horas de intervalo] Vc acha que teremos tempo para pegar este voo? Estou preocupada que se atrasar 2h por exemplo, não tenhamos tempo de passar pela imigração e pegar este voo para Curaçao.

Gostaria de saber com o pessoal aqui do Fórum que tem pego este voo (TAM-Guarulhos/Caracas), principalmente após a adoção do horário de verão, que horário ele tem chego à Caracas?

 

 

Por favor, apesar de ja teres relatado o que te aconteceu, me indique o 'caminho as pedras' para eu tornar o menor tempo possível e não perder o voo para Bogotá-Curaçao.

 

minhas dúvidas:

 

1) teremos de pagar a taxa de saída da Venezuela?

 

2) que história é essa das malas? [como vamos em 3 pessoas, to pensando em levar tudo o que precisarmos em mochilas e uma malinha pequena, para não precisar pegar malas na esteira, economizando mais um tempinho]

 

3) na volta, nosso voo é as 19h de Curaçao. chegaremos em Caracas lá pela meia noite. Nosso voo para o Brasil será as 9:20h da manhã. Tamos pensando em ficar no aeroporto. Acho que desta vez não vamos nos livrar das taxas, né? onde que se paga? Como saber se precisaremos pagá-las? Criança de 11 anos é o mesmo preço de adulto?

 

4) até agora não entendi como que funciona este cambio de dolar para bolivares. Não tenho idéia de quanto terei de trocar.

 

 

Muito obrigada pela atenção!

 

Nadjanara

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Colaboradores

Salve conterranea!!!

 

É complicado esse aeroporto de Caracas né naum? Bem disse o André, o melhor caminho para as antilhas, por mais que não pareça lógico, é via Bogotá, evitando as chatices de Caracas. Melhor ainda é o vôo da gol que tem agora que faz escala em caracas mas nem precisa descer do avião!!!

 

Mas deixa eu ver se consigo te ajudar de alguma forma:

 

4) Câmbio:

 

É simples. Pense da seguinte forma: aqui no Brasil há a cotação comercial do dólar e há a cotação do dólar paralelo certo? Por exemplo, o dólar comercial está cotado a R$ 1,73 (essa é a cotação usada pelos cartões de crédito por exemplo, e para todas as transações que não envolvam o papel moeda). Já se você tem dólar em notas e vai trocar utilizam a cotação doo dolar paralelo que por exemplo vale R$ 1,65 para compra e R$ 1,85 para venda.

 

Na Venezuela é exatamente a mesma coisa, mas o tio Hugo proibiu o cambio no paralelo e fixou um valor surreal para o dolar comercial. Consequentemente o cambio paralelo é feito meio que às escondidas (conatndo com a vista grossa de todos pois acontece na verdade escancaradamente) e o valor no paralelo acaba condizendo com o real valor da moeda, fazendo com que a moeda venezuelana seja cotada a cerca de 1/3 da cotação oficial.

 

Resumindo: Se você trocar seus dólares em uma casa de cambio ou fizer compras com o cartão de crédito na venezuela, seu dólar valerá apenas BsF 2,15 (cotação oficial). Se levar tudo em espécie, conseguirá trocar cada dólar por BsF 4,5 a 6 mais ou menos com os cambistas que contam com as vistas grossas. Há um tópico por aqui que indica um site que atualiza diariamente a cotação do dólar paralelo na venezuela para ter como referencia pois este valor varia muito todos os dias.

 

1) Taxas de saída internacionais:

 

Quando o nosso colega andré que disse que a taxa era de U$ 140 por pessoa, devia estar se referindo a soma da taxa de saida de caracas para curaçao e da taxa de saída para o Brasil depois. Conferi no site do aeroporto de Caracas (http://www.aeropuerto-maiquetia.com.ve/) que diz: Tasa Aeroportuaria Internacional BS.F. 137,50 ($63,96).

 

Na prática você pagará esta taxa toda vez que sair do país. Se não ocorrer a sua entrada, caso do André, não terá saída também, e por isso não pagará. Porém, essa taxa exorbitante poderá ser reduzida para valores razoáveis se ao invés de pagar com dólares (US$ 63,96), pagar com bolivares, comprados no cambio extra oficial, onde BsF 137,50 poderão ser comprados com cerca de US$ 30

 

2) Levar tudo como bagagem de mão realmente é uma grande sacada se você conseguir viabilizar. Facilitará incrivelmente a sua tentativa de não dar entrada na Venezuela e caso ainda assim não consiga, agilizará o seu novo check in, além de evitar riscos de bagagem extraviadas, roubos, etc... Ainda mais nessa época em que a perca de uma conexão pode te fazer ter que mudar de roteiro em pleno primeiro dia de viagem!! É sempre bom ter um plano B! Na minha ida por pouco não tive que desistir das antilhas pois deixei pra comprar passagens lá e quase não consegui.... nesse caso eu iria pra Morrocoy ::putz::

 

3) Na volta você não escapa! Os guichês de pagamento são no saguão do térreo, bem fáceis de achar, e seu filho pagará integral! Agora não saberei te dizer o que é pior: ficar todo esse tempo naquele aeroporto xexelento ou se submeter a pagar BsF 160 por traslado aeroporto - hotel - aeroporto + uns BsF 200 por uma noite num muquifinho....

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Putz Glauber, eu tava mesmo querendo falar contigo! Achei que ainda estavas viajando!

Cara, mais descritivo impossível. Muito obrigada!

Gosto de entender o funcionamento das coisas antes de partir, mas sempre acontece algo surpresa, o que torna a viagem fascinante por sinal, pois teremos historias pra contar.

A gente tenta se programar é para nao perder mais dinheiro, [o meu maior mico de viagem foi nao ter convalidado os tickets do trem numa viagem de milão a verona, tendo que pagar 100 euros de multa, fazer oq? nao tinha pesquisado antes aqui! ::dãã2::ãã2::'> ::dãã2::ãã2::'> ] e neste caso se perdemos o voo pra bogotá perderemos dinheiro, né? [muito, por sinal! ::hein: ]

 

Ja fez os relatos da viagem? to curiosa pra ler!

Mandarei algumas dúvidas por pm, pode ser?

gde abraço

Nadjanara

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Colaboradores

Oi Nadjanara!

 

Fico feliz em poder te ajudar! Quero ver seu relato depois hein! E as fotos dos mergulhos em Bonaire também!!!!

 

O relato da minha ida às antilhas tá aqui no rodapé desta minha mensagem, acho que já leu, deve estar se referindo ao meu relato da viagem a colombia que recém retornei né? Esse ainda não deu tempo! Mas prometo para breve!!! Foi espetacular a viagem!!!

 

Fique a vontade para enviar-me mp, mas se for um assunto que possa interessar a outras pessoas futuramente, o fórum é mais adequado!!

 

Abraço!!!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Colaboradores

Nadjanara, só mais uma coisa, complementando a explicação do Glauber.

 

Eu tambem tenho filha pequena (5 a). No inicio do ano quando fizemos esta rota eu, esposa e filha, eu tambem li antes os perrengues da turma aqui no forum. Desta forma, a TAM permite embarcar como bagagem de mão dois volumes por pax. O que nós fizemos? compramos tres malas pequenas, destas de levar a bordo. Acomodamos nossas roupas ali dentro e no segundo volume por pax permitido levamos entao revistas, documentos, biscoitos para a menina, casacos, etc. Só não levamos xampú, perfume, essas frescuras que inventaram agora que acham que a gente vai fazer uma bomba a bordo....... Isso nós compramos lá.

 

Voce nao vai precisar de muita roupa nas ilhas, lá é sempre quente. Este casaco que a gente sempre leva a bordo quebra o teu galho lá. E no aeroporto de maiquetia que sempre tá com o ar condicionado ligado no máximo.

 

Mas tem uma coisa: O pessoal da TAM no check in ás vezes é chato e pede para pesar tambem a bagagem de mão. Gato escaldado que sou, quando fui para o check in em sao paulo, deixei nossas 3 malas em um carrinho um pouco longe, mas às nossas vistas. Quando o atendente te pede para mostrar a bagagem de mão, mostre somente as sacolas. As malas voce não menciona pois provavelmente elas estarão com mais de 10 kg. Se pesarem as malas e elas estiverem com + de 10 kg, nao tem choro: eles nao permitem ela a bordo. E depois do check in ninguem mais te dá bola para a bagagem de mão, nem o raio x do aeroporto.

 

Faz esse truque que não dá nada. E daí em maiquetia nem perde teu tempo e já segue direto pro avião de curaçao.

 

Ah, a DAE tambem permite 2 volumes por pax.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Colaboradores

Nadjanara,

 

sobre os valores de taxa de embarque, o que me falaram no aeroporto é que eram US$ 140 por pessoa, por saída, mesmo. Agora, não fui pagar lá e conferir, então confio na informação que o Glauber postou.

 

Levar só as malas de mão pode ser uma boa, mas mesmo assim, tem o problema do Check in. Caso não te deixem passar pela Imigração (afinal, você não terá destino final em Caracas pra ir), vá ao Balcão de Informações que fica atrás da fila do passaporte. Eles vão te encaminhar para um portão à esquerda, onde você descerá e irá a outro balcão. Lá, peá pra chamar o funcionário da Avianca, dê seus papéis do voo pra que ele faça o Check in.

 

Outra opção, que o funcionário da Gol me comentou é ir com ele até a Imigração, explicar que precisa fazer todo o processo e ver se ele libera. Nesse caso, apenas uma pessoa basta.

 

Caso você não saia da Imigração e fique na área interncaional do aeroporto, não precisa pagar taxa.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Oi meninos, obrigada mesmo pelas dicas. ::otemo::

Tenho certeza que serão muito bem aproveitadas! :wink:

 

Esta dica da mala do checkin eu ja apliquei várias vezes. e olha que se for pesar a minha mala nem vai pesar mais que 10k. Mochileiro que se preze tem que saber levar só o que vai usar e o mais pesado vai vestido [a unica calça jeans, 1 camiseta, o casaquinho pro ar condicionado e o tenis] na mala só vão as roupas leves de verao e as havaianas, lógico. pra que mais? [hummm pensando bem vai ter uma mala que terei que levar toalhas de banho e roupa de cama - vamos ficar no All west apartments e na cocopalm em Bonaire- eles nao fornecem toalhas, eu acho. alguém sabe?]

 

E ai meninos, gostaria de saber o palpite de vcs se devo arriscar pegar este voo das 6h da manhã [da Avianca] ou se tento mudar o horário do voo?

 

Valeu!

 

Nadjanara

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Colaboradores

André, como tú é diabólico!!!!!!!!!!! huahuahuahuahuahuuahhuahuahauhauha

 

Desde que eu fui barrado aqui em POA com uma mala com 15 kg no despacho da TAM com livros dentro mais computador, a minha ira com a "mocinha" tua colega é igual a tua com os "afrodescendentes" de Barbados.

 

Imagina a cena: eu, a mulher e a filha no check in, tendo que abrir a mala para tirar lá de dentro alguns livros e o computador: pronto, aliviei o peso para 10 kg num passe de mágica. Não ia dar o braço a torcer para a agente que queria porque queria despachar a minha mala, e depois lá no raio x coloquei tudo de volta na mala que voltou a pesar os 15 kg. Como a nadjara falou, a gente com o tempo pega as "manhas" de mochileiro e acaba aprendendo.

 

Esta da "mala morta" eu sempre apliquei depois deste evento aqui em POA e nunca mais fui incomodado....

 

André, alivia né: me diz qual a diferença que vai fazer 10 ou 20 kg no bin superior do airbus? fala sério.......essas empresas inventam cada coisa!!!!!!!!!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Colaboradores

Esse acidente da Aloha tu não está confundindo com o 737 que perdeu parte da fuselagem superior em vôo e conseguiu pousar depois?

 

É mais fácil a aeronave entrar em CAT (clear air turbulence) e os passageiros dar com a cabeça no bin do que o bin cair. Semelhante ao que ocorreu com o TAM vindo de MIA uns meses atrás e muitos outros já. O verdadeiro perigo é quando em voo de cruzeiro o piloto "acha" que nao tem turbulencia, libera o cinto... Eu sempre ando com cinto em todo o vôo....

 

Aeronave mais pesada gasta sim mais combustivel, entretanto no balanceamento pré vôo já inlcui peso medio por pax. Volto a afirmar que nao faz diferença alguma 5/10/15 kg no bin. Provavelmente ele já foi projetado para aguentar até 1 ton (exagerando) como tudo na aeronautica sempre é projetado para aguentar muito mais do que realmente se utiliza.

 

Enquanto isso vou fazendo meu truque da mala "escondida" até cair no teu check in....huahuahahuahuhuahuahuaaaa....

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Silnei unpinned this tópico

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.


×
×
  • Criar Novo...