Ir para conteúdo

Sozinho de Santiago a Puerto Varas


Posts Recomendados

  • Membros

Oi gente. Esse é meu primeiro relato de viagem aqui no site. Espero que gostem e possa ajudar outros viajantes.

Viajei ao Chile em Junho de 2017. Comprei minha passagem pela Latam em Fevereiro. Vôo saindo de Floripa até Guarulhos no A320 e depois de Guarulhos até Santiago no 767-8.

As passagens ida e volta saiu por 890 reais. Desde Floripa.

Dia 19/06. Embarquei em Floripa e cheguei em Santiago as 19hs. Surpresa ao chegar na esteira: -alça da mochila estourada. Mochilão sendo escaneado já no aeroporto. Abri reclamação e a Latam me deu uma mala nova (queria mesmo uma mochila). 

Peguei um transfer com a Transvip até o hostel. Já havia reservado desde o Brasil. Paguei 7mil pesos (35R$).

Dica: não troquem dinheiro no aeroporto. Pagam muito mal.

Cheguei ao hostel por volta das 20:30. Foquei no Che Lagarto. Bem no centro de Santiago. Reservei pelo booking. Quarto misto com 8 camas e banheiro privativo. Paguei 32mil pesos por 4 noites (cerca de 160 reais).

Dia 20. Dia livre pra conhecer Santiago. Caminhei pelo centro. Visitei o cerro Santa Lucia, plaza de armas, catedral, passeos. A noite fui curtir o Patio Bella Vista. Tipo um shopping, só que de bares e restaurantes. Muito legal.

Dia 21. Subi a montanha para Valle Nevado e Farellones. O passeio reservei desde o Brasil com a Agência Chile en Tours. Paguei 15mil pesos pelo transporte +5mil pelo aluguel de roupas + 20mil acesso livre ao parque de Farellones. Valle Nevado não tem graça alguma. Já Farellones super recomendo.

Dia 22. Dia de visitar o famoso Embalse el Yeso. Uma gigante represa no meio dos Andes. Fui com a mesma agência do dia anterior, custou 20mil pesos. No caminho passamos pelo túnel Tinoco e atravessamos ele a pé (tenebroso). Aluguei uma jaqueta impermeável no caminho pois tinha possibilidade de nevar. Paguei 5mil pesos no aluguel. Quando estávamos chegando próximo ao destino a neve começou a cair. Muita neve. Tanta que as vans não chegaram até o Embalse. Paramos em frente as construções abandonadas da guerra e seguimos a pé por Aprox uns 800 metros. Infelizmente não foi possível ver toda a beleza do lugar por estar nevando muito. Mas a aventura valeu a pena. A agência ainda oferece antes do retorno um pique-nique com vinhos, sucos e queijos. Sensacional.

Dia 23- Dia do meu aniversário. Aproveitei pra conhecer outras regiões de Santiago durante o dia. A noite se reuni com amigos que fiz durante a viagem pra comemorar o aniversário no Patio Bella Vista.

Dia 24. Último dia em Santiago. Fui conhecer Palácio La Moneda. Tem um espaço cultural muito legal no subsolo. Subi o Cerro San Cristóbal. Recomendo subir de teleférico e descer de funicular. Paguei 4mil pesos no ingresso.

Voltei ao hostel para arrumar as coisas e partir para a rodoviária. Embarco num ônibus da Buses Fierro para Puerto Varas. 12hs de Estrada. A passagem comprei ainda no Brasil por 8mil pesos. Ônibus super confortável e com wifi.

Dicas: pra quem quiser usar 3G recomendo a Entel. Funcionou bem em todos os lugares. Comprei chip na loja ( tem em toda esquina) e o próprio funcionário cadastrou pra mim.

Restaurantes no Chile são caros. Optei algumas vezes comprar no supermercado e cozinhar no hostel.

Segue fotos e logo mais público sobre a segunda parte da viagem.

 

 

20170619_131356.jpg

GOPR0525_1497977000725_high.JPG

GOPR0596_1498085753168_high.JPG

GOPR0687_1498086344383_high.JPG

20170624_141158.jpg

32C5CA677F87AB703359E356B07C54A9.jpg

GOPR0710_1498155801641_high.JPG

GOPR0692_1498156216967_high.JPG

20170624_192533.jpg

  • Gostei! 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Felipe, boa tarde!

Posta a segunda parte da viagem  rs  vou fazer praticamente o mesmo roteiro em Janeiro. Só estou na dúvida se fico 2 dias em Pucon e 2 em Puerto Varas, ou 4 dias só em Puerto Varas.

Você tem idéia de quanto gastou na viagem? Tirando a hospedagem e as passagens.

Obrigada!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 1 mês depois...
  • Colaboradores

 Não procurou direito,restaurante cobra entre 3000 a 5000 pesos por prato.Passou disso,vá para outro.

Aqui se anda em metro. Muito simples e cobre a imensa maioria dos pontos turísticos. Tenho experiência de muitas temporadas por este belo país e nunca pensei em carro.Contribuir para diminuir a poluição. 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

×
×
  • Criar Novo...