Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
pedrofreis

Pais mais fácil de entrar na Europa com Inglês básico?

Posts Recomendados

Boa Noite pessoal!

Gostaria de umas dicas em Abril pretendo fazer um mochilão pela Europa, pesquisando os destinos queria ir para Budapeste, Praga e Berlim porem meu inglês é básico e tenho receio de não conseguir entrar nesses países, gostaria de saber se Portugal seria uma possibilidade mais fácil ou outro pais ou se o nível seria igual a todos da Europa, essa será minha primeira viagem para Europa, em 2017 fui para Punta Canna não tive nenhum problema em entrar no Pais, se puderem me ajudar agradeço. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@pedrofreis : se você estiver saindo do Brasil, provavelmente vai chegar ao Espaço Schengen por um voo da TAP, Air France, KLM, Lufthansa... então sua entrada será por Lisboa, Paris, Amsterdam, Frankfurt... os funcionários da imigração nesses aeroportos é que vão decidir se você entra.

Por exemplo, se você fizer: Brasil - Praga pela TAP, sua conexão será em Lisboa. 

Fazendo: Brasil -> Lisboa -> Praga, o funcionário de Lisboa decide se você entra e o voo Lisboa - Praga conta como um voo interno. Você não faz imigração quando desembarcar em Praga.

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Hungria, Islândia, Itália, Letônia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Noruega, Países Baixos/Holanda, Polônia, Portugal, República Checa, Suécia e Suíça fazem parte do Espaço Schengen, e não há imigração para circular entre eles.

Ou seja, se você for para a Europa, no primeiro aeroporto que você chegar (com exceção de Londres),  você passa na imigração, e se for aprovado você pode circular livremente entre os países citado acima sem ter que passar uma nova imigração a cada fronteira.

Ou seja, como não existem voos diretos para Berlin, Praga e Budapeste saindo do Brasil, a imigração de entrada no Espaço Schengen será feita no aeroporto onde você fizer conexão, isto pode ser em Lisboa, Madri, Paris, Roma, Amsterdam, Frankfurt, etc...

Estendendo um pouco o cenário, se você for para Lisboa com um voo da Air France que faça conexão em Paris, a imigração será feita em Paris, e assim por diante, sempre no primeiro aeroporto em que você fizer conexão, com exceção de Londres, pois o Reino Unido não faz parte do Espaço Schengen.

As regras e exigências para passar na imigração em qualquer um destes países são exatamente iguais, você precisa apresentar passagens de volta compradas e marcadas, apresentar reservas de hospedagem, seguro-saúde com cobertura de 30 mil Euros, e dinheiro suficiente para se sustentar lá.

Entrar por Portugal, com um voo da TAP ou Azul, independente de qual seja o seu destino final na Europa, facilita um pouco pela questão do idioma, pois o policial irá fazer as perguntas em Português, mas se você tiver todos os comprovantes em mãos e com tudo certo, e dominar ao menos o básico de inglês, e não estiver indo fazer nada errado, dificilmente terá problemas para passar na imigração independente que qual país seja..

 

Edit: outra pessoa já respondeu antes, mas segue a resposta mesmo assim.

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Beleza, @798791 ! Sua resposta foi bem mais completa.

Uma possibilidade que vejo para ser diferente é se ele pegar um voo da Turkish ou da British. Ex: Brasil - Istambul - Budapeste. Nesse caso ele faria a entrada no espaço Schengen em Budapeste. Mas não me lembro de ter visto relatos de gente que viajou assim. As conexões da Turkish costumam ser longas e as passagens da British geralmente são bastante caras.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não existe país fácil ou difícil, se você tiver com a documentação em dia é só embarcar e ser feliz.
Algumas imigrações podem fazer revista na sua mala, em você, isto é impossível de prever.
Compre para onde é mais barato e viaje.

Experiência de quem passou por imigrações cabulosas (Ucrânia, Israel, Egito)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
17 horas atrás, LF Brasilia disse:

@pedrofreis : se você estiver saindo do Brasil, provavelmente vai chegar ao Espaço Schengen por um voo da TAP, Air France, KLM, Lufthansa... então sua entrada será por Lisboa, Paris, Amsterdam, Frankfurt... os funcionários da imigração nesses aeroportos é que vão decidir se você entra.

Por exemplo, se você fizer: Brasil - Praga pela TAP, sua conexão será em Lisboa. 

Fazendo: Brasil -> Lisboa -> Praga, o funcionário de Lisboa decide se você entra e o voo Lisboa - Praga conta como um voo interno. Você não faz imigração quando desembarcar em Praga.

Obrigado!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
17 horas atrás, 798791 disse:

Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Hungria, Islândia, Itália, Letônia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Noruega, Países Baixos/Holanda, Polônia, Portugal, República Checa, Suécia e Suíça fazem parte do Espaço Schengen, e não há imigração para circular entre eles.

Ou seja, se você for para a Europa, no primeiro aeroporto que você chegar (com exceção de Londres),  você passa na imigração, e se for aprovado você pode circular livremente entre os países citado acima sem ter que passar uma nova imigração a cada fronteira.

Ou seja, como não existem voos diretos para Berlin, Praga e Budapeste saindo do Brasil, a imigração de entrada no Espaço Schengen será feita no aeroporto onde você fizer conexão, isto pode ser em Lisboa, Madri, Paris, Roma, Amsterdam, Frankfurt, etc...

Estendendo um pouco o cenário, se você for para Lisboa com um voo da Air France que faça conexão em Paris, a imigração será feita em Paris, e assim por diante, sempre no primeiro aeroporto em que você fizer conexão, com exceção de Londres, pois o Reino Unido não faz parte do Espaço Schengen.

As regras e exigências para passar na imigração em qualquer um destes países são exatamente iguais, você precisa apresentar passagens de volta compradas e marcadas, apresentar reservas de hospedagem, seguro-saúde com cobertura de 30 mil Euros, e dinheiro suficiente para se sustentar lá.

Entrar por Portugal, com um voo da TAP ou Azul, independente de qual seja o seu destino final na Europa, facilita um pouco pela questão do idioma, pois o policial irá fazer as perguntas em Português, mas se você tiver todos os comprovantes em mãos e com tudo certo, e dominar ao menos o básico de inglês, e não estiver indo fazer nada errado, dificilmente terá problemas para passar na imigração independente que qual país seja..

 

Edit: outra pessoa já respondeu antes, mas segue a resposta mesmo assim.

Obrigado!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
7 horas atrás, peresosk disse:

Não existe país fácil ou difícil, se você tiver com a documentação em dia é só embarcar e ser feliz.
Algumas imigrações podem fazer revista na sua mala, em você, isto é impossível de prever.
Compre para onde é mais barato e viaje.

Experiência de quem passou por imigrações cabulosas (Ucrânia, Israel, Egito)

Obrigado!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora



×