Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

mariaelisa22

Pico da Bandeira - 26 de junho/Pra nunca mais voltar

Posts Recomendados

É Cacius:

 

Entendo que vc quando sugeriu dificultar o acesso não seria cobrar entradas proibitivas (nossas já são mais caras que as dos Parques Nacionais chilenos e argentinos) mas, por exemplo, não permitir que os carros cheguem até o local do camping. Ficariam na entrada do parque e de preferência, pelo menos 10 km de andada até o local do camping. A maior parte dos farofeiros não conseguiria chegar até lá!

Abs, peter

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Obrigado pela correção/complementação, Peter ::cool:::'>

Não é cobrando ingresso caro que se limita. Nem fechando trilhas. Aliás, aqui no RS prenderam gente caçando outro dia em área de preservação....

O que sou contra é chegar de carro em pontos chave, distantes da fiscalização, colocar asfalto até o atrativo...

Na verdade acho que os parques poderiam ter "níveis de acesso", ou seja, áreas de camping, fáceis, porém afastadas dos atrativos - de maneira que a bagunça seria na perifieria do parque, sob vigliância, e áreas de trilhas, próximas aos pontos de grande atração, de preservação, de acesso apenas à pé.

Como por exemplo, no Pico do Paraná: se chega de carro até o Dilson, e deu. Dali pra cima, é na sola do pé.

No Serra Geral, seria o caso de criar uma área de camping próximo à entrada, na guarita...

É difícil de fazer, mas seria a solução.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

cacius,

 

po mim eu descia com esses farofeitos todos algemados, a pé, e os fichava pra nunca mais entrarem no parque...

só punição certa e severa conserta essa gente.

 

a alguns meses eu estive lá com a patroa, ela não conseguiu dormir e acabou passando mau , um enjôo bravo, de ódio dessa gente... acabou encurtando o passeio.

 

e realmente, vc e o peter estão certos, farofeiro não anda... nunca ouvi falar de um na pedra da mina, por exemplo.

 

uma dica boa pra quem vai ficar no caparaó é acampar no terreirão, mas na direção de saída pro pico do cristal (lado oposto à saida pro bandeira). é bem mais tranquilo...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Foi exatamente onde eu e minha namorada acampamos, mas de nada adiantou, pois a bagunça era tão grande que era impossivel dormir em qualquer lugar de lá. Se eu tivesse um fuzil ou uma metralhadora teria acabado com a bagunça. Queria ver aquele bando de Filha da P... carregando corpo de amigo bagunceiro na trilha de volta.

Eles até poderiam usar aqueles colchões e cobertores de farofeiro pra enrolar os corpos. heheheh

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

putz...

 

esse cantinho era a minha última esperança.

 

pelo menos, o parque tem vários outros atrativos... sair do circuito "bandeira" vale a pena! quem já foi ao cristal (nem tão fora assim) entende do que eu to falando!

inclusive, um passeio "caparaó sem bandeira" é um excelente tópico pro fórum...

 

no bandeira, o jeito é ir de segunda a quinta mesmo, e fora das férias!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bem amigos.

Achei a postura do Well exemplar e entendo que este é o posicionamento que devemos tomar nestas situações.

O que ocorre é que geralmente estes "baderneiros" são bandos de adolescentes ou adultos bebados e drogados que só cometem estas transgressões quando estão em grupo e se sentem "fortes e poderosos" apenas no meio do grupo.

Precisamos sim, com jeito e educação, nos impos e fazer como o Well: Apagar as fogueiras e lembrá-los de levar o seu lixo. Já fiz isso e a reação deles, geralmente é a mesma. Ficam sem jeito, chateados, mas acabam se submetendo. Isso, porque sabem que estão agindo errado, são covardes e não esperam este tipo de reação. Ou seja, ficam sem defesa.

Vamos cuidar do que é nosso!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sou de Vitória e cheguei do lado mineiro domingo.

Quando montei a barraca no sábado, estava tudo na paz, eu, mais um casal de amigos e 5 malucos de Viçosa nas barracas ao lado, chegando a hora de subir o pico de madrugada, chegaram mais de 40 pessoas em kombis e Jipes gritando e fazendo uma zona!!!

Aceleramos a nossa subida para não ficar no congestionamento da trilha e quando olhavamos para trás durante a subida, parecia que tinha um loteamento com postes acesos um pouco atrás.

No dia seguinte quando chegamos de volta ao camping da tronqueira, nos deparamos com brigadas de incendio correndo em nossa direção contrária!

http://gazetaonline.globo.com/_conteudo/2010/09/667811-incendio+continua+na+reserva.html

Fecharam o Parque e ouvi o chefe falando em chamar o helicóptero p/ lançar água.

Na segunda-feira já em Vitória, vi nos jornais que estavam suspeitando que o incendio era criminoso e estava se alastrando pelo parque!

 

Acho que nós que respeitamos o meio ambiente, não deveriamos deixar de frequentar o parque e sim, ficarmos de olho e denunciar-mos sempre que deparar com situações criminosas, pois um dia as coisas mudam!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Beleza... mas acho que você está confundindo o local com o pessoal que frequenta. Minha família é de Manhumirim e Alto Jequitibá. Seja cidadã.... denuncie esse pessoal escroto ao IBAMA, fiscais etc.... a Lei 9.605 até criminaliza algumas condutas desses imbecis. ::carai::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu estive la com um grupo em torno de 14 pessoas pelo lado de MG em agosto de 2011. Fomos na sexta e voltamos domingo. Sendo assim, de sexta pra sabado, haviam poucas pessoas alem desse nosso grupo. Resolvemos subir nessa propria madrugada para nao ter "congestionamento" no pico. A escolha foi certa, pois ao longo do sabado chegaram muitas pessoas. De ruim foi o fato do frio de zero grau e simplismente nao ter agua quente nos chuveiros ( nao tinha o aquecedor solar, algum imbecil jogou pedra no telhado e quebrou), para nos q ficamos 2 dias, tivemos q levar muita coisa nas mochilas, e tomar um banhozim era meio importante, e o fato do banheiro estar um nojo, dava nem vontade de entrar.

Por outro lado, o grande numero de pessoas que chegaram ao longo do sabado, nao vi ninguem se comportando como descrito aqui. La naquela casinha q tem la ( sem ser a do guarda), o pessoal pegou um violao e ficou tocando la de boa, numa roda la dentro, conversando, tomando umas, mas nao vi ninguem caindo de bebado, nem desreipeitando ninguem, tanto que quando deu umas 22h o pessoal pediu silencio pq tinha gente ja dormindo e o pessoal acabou de boa, acabaram indo dormir. Foi bem tranquilo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.




×
×
  • Criar Novo...