Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

mipocione

24 dias:Chile(Atacama),Bolívia(Uyuni,La Paz,Copacabana,Coroico),Peru(Arequipa,Nazca) de-16C a 28C

Posts Recomendados

Roteiro final e mochila

 

Desde quando comecei a planejar esta viagem, houveram algumas mudanças pois, pela primeira vez não iria sozinha. O namorado se juntou no meio da viagem. E, enquanto estavamos por lá, também mudamos o roteiro pré-definido pra incluirmos outra cidade.

 

de 23/07 a 15/08

Santiago (2 dias)

San Pedro do Atacama (5 dias)

Passeio pelo Salar de Uyuni (3 dias)

Copacabana (1 dia)

Puno (1 dia)

Arequipa e Cañon del Coca (3 dias)

Nazca (1 dia)

La Paz (7 dias)

Coroico (1 dia)

 

Levei uma mochila de 48 litros + 5 litros com:

- anorak com fleece interno

- underwear

- fleece de 500, fleece de 100 e fleece de 400

- 1 calça e 1 par de meias de fleece

- gorro e cachecol de fleece

- 3 calças de moleton (mais confortáveis), 1 jeans e 1 bermuda

- kit de medicamentos (band-aid, salonpas, ibuprofeno, pomada p/ cicatrização)

- bota e chinelo

- shampoo, condicionador, gel higienizante e lenços umedecidos

 

Passagem aérea: R$ 865 via TAM, chegando em Santiago e voltando de La Paz. Inicialmente, retornaria em 08/08 mas mudei a data para 15/08 pagando uma taxa de remarcação de R$ 132,00

 

Levei R$ 1.600,00 no VTM + 2 cartões de crédito com R$ 800,00 e R$ 1.400 de limite

No final, gastei todo o valor do VTM + cerca de R$ 600 reais no cartão de crédito.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Santiago

 

Reservei o albergue Eco Hostel (http://www.ecohostel.cl/) na General Jofré.

Albergue bom, bem localizado e atendentes simpáticos. Não curti muito o café da manhã. Ainda no Brasil, liguei pra eles pra confirmar a reserva, pois o vôo estava atrasado, mas ainda sim, quando cheguei lá, o quarto compartilhado que tinha reservado não estava mais disponível. Eles me deram então um quarto individual pela primeira noite, cobrando o mesmo preço do quarto compartilhado.

A segunda noite, optei por ficar no mesmo quarto e me cobraram o valor total.

 

Do aeroporto para o albergue, preferi ir de táxi oficial pois já era madrugada quando cheguei e estava chovendo.

 

20100816235349.JPG

 

Durante o dia fui ao Cerro Santa Lucía, Cerro San Cristóbal, Plaza de Armas, Catedral e Palácio de La Moneda(a pé) e ao shopping Parque Arauco de metrô, descendo na estação Escuela Militar e andando cerca de 15 minutos pra chegar lá. Na volta fui de táxi até o hotel.

 

20100816234839.JPG

 

Ver as cordilheiras rodeando a cidade é fantástico. Imagino que, quando o tempo esteja aberto, a visão deva ser mais espetacular ainda. Adorei Santiago, cidade bonita, organizada, limpa e de pessoas simpáticas. O mapa que é oferecido no aeroporto, logo antes de entrar na imigração é muito bom, o que tornou minha orientação pela cidade sem nenhum problema.

 

Comprei algumas coisas (tripé, pilhas recarregáveis e CD's) e fui de transfer até o aeroporto para pegar o vôo para Calama. O pessoal do albergue que agendou o transfer pra mim.

 

Gastos:

Táxi aeroporto x alberque: 15 mil

Albergue: 2 diárias (quarto compartilhado 6.500 + quarto privado 18 mil)

Almoço no McDonalds + café: 2.650 + 3.200

Compras: 9.980 + 48.500

Transfer compartilhado aeroporto: 5.000

Mercado p/ jantar no albergue: 1.500

Adaptador p/ tomada: 100

 

Total: 95.445 (R$ 286,00)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Atacama

 

Peguei um vôo pela Lan Chile até Calama. O horário original era as 07h00, mas houve atraso.

Havia reservado o Hi Hostel que fica na Caracoles. Cheguei por volta das 11h00 e peguei o transfer da Lincancabur pra ir pra San Pedro. Dá pra pegar na hora, pedindo no guichê que fica ao lado da esteira de bagagem.

San Pedro é pequena e tudo fica perto, então não faz muita diferença ficar nas ruas principais ou não. A cidade é muito cara, comidas, passeios, lembrancinhas...

 

Cheguei no albergue e fui direto fechar os passeios.

Fui primeiro da Desert Adventures e me ofereceram 3 tours (Valle de La Luna, Laguna Cejar e Lagunas Altiplânicas) por 74 mil.

Depois fui na Colque, onde acabei fechando todos + Salar de Uyuni (preços finais abaixo).

Não tive problema nenhum com eles, fui bem atendida e todos os passeios foram conforme o combinado. Como fechei todos e ainda Uyuni, rolou um desconto.

Fechei: Valle de La Muerte, Laguna Cejar, Lagunas Altiplânicas e El Tatio.

 

20100818214307.JPG

 

O albergue definitivamente foi o pior que já fiquei. É barulhento a noite, pois os quartos ficam em volta do pátio, o banheiro fica do lado de fora, o que torna impossível sair caso haja alguma incotinência no meio da madrugada e o colchão é péssimo, acordei com uma puta dor nas costas ::bruuu::

 

Como o namorado ia chegar, acabei trocando pro hotel onde ficaríamos quando ele chegasse. Mudei pro outro dia para o hotel Geyser El Tatio, que também fica na Caracoles. Comparando com os outros hotéis, valeu a pena o preço. Quarto e banheiro privativo e TV a cabo.

 

Dos passeios, o que eu mais gostei foi o das Lagunas Altiplânicas. Nesse passeio se visita as Lagunas Miñiques e Miscanti, que são bem bonitas, Laguna Chaxa, que fica dentro do Salar de Atacama e dois povoados. Se sai por volta das 08h00 e volta-se por volta das 17h00. Inclui almoço.

 

20100818214832.jpg

 

20100818215255.JPG

 

O frio do El Tatio (pegamos -13C) é totalmente desnecessário, ainda mais comparando com os geysers de Uyuni (sobre isso falo depois). Saimos as 4h00 e voltamos ao meio dia. É legal a volta, passando pelo rio Putana, que estava congeladíssimo e a estrada com o cañon (que esqueci o nome). Também se passa pelo povoado de Machuca. Inclui café da manhã.

 

O passeio para o Valle de La Luna é COMPLETAMENTE dispensável. É qualquer coisa pra tirar dinheiro de turista. Sai as 15h00 e volta as 19h00.

 

Último dia, com namorado junto, alugamos uma bicicleta e fomos para Pukara de Quitor e entramos nas cavernas. Fica há uns 3km de San Pedro e depois fomos para a Laguna Cejar que é muito gelada. Não tive coragem de entrar, tenho que admitir. Botei o pezinho lá e pronto. Um cara malucão me tira uma gaita escocesa e começa a tocar. Bizarro. Depois fomos pros Ojos del Salar e outra laguna, que tbm esqueci o nome pra ver o por do sol e comer snacks com Pisco Sauer, que é incluído. Passeio sai as 15h00 e volta as 19h00.

 

20100818215735.JPG

 

20100818220206.JPG

 

No último dia, a noite, fomos ao Space Tour. É legal, principalmente pelo astrônomo francês que é muito engraçado.

 

Para comer,é bom:

La Estaka, na Caracoles

Café Adobe, na Caracoles (é caro, só vale a pena conhecer pelo ambiente descolado)

Restaurante do albergue na Plaza de Armas

Não recomendo: o restaurante que fica do lado do Hi Hostel. Veio praticamente uma peruca no meu prato.

 

Hoje, não teria feito o tour do Tatio e Valle de La Luna.

 

Gastos:

Transfer Lincancabur: 10 mil

Diária Hi Hostel: 6 mil

Tours (4 passeios, sendo o um deles para duas pessoas): 48 mil

Entrada Valle de La Luna: 2 mil

Entrada Geyser: 5 mil

Entrada Lagunas Altiplanicas: 6 mil

Comprinhas Mercado: 1450 + 1600 + 3500 = 6550

Aluguel de Bicicleta: 3 mil

Space Tour: 15 mil

Diárias Hotel El Tatio: 30 mil x 3 = 90 mil

Salar de Uyuni por 3 dias: 125 USD

 

Total: R$ 890,00 (((recalculado)))

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá,

 

Parabens seu relato ta ficando Show de Bola!!!!

 

 

Mas me conta como conseguiu esse esquema de ir por santiago e voltar pela bolivia La Paz? (quando olhei no site da tam ficava bem mais caro do que ida e volta por santiago?

 

Você comprou a passagem Santiago pra Calama, Lá na Hora?? quanto foi??

 

To indo agora pra santiago dia seis de setembro, to empolgadão! só que meu roteiro ta assim:

 

Santiago, San Pedro, uyuni, La Paz, Copacabana, Cuzco, MP, Arequipa, Calama, Santiago - volto pra BH.

 

 

Obrigado

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Oi Beto,

 

A passagem comprei no Decolar.com

Vai lá e clica em múltiplos destinos. Fica mais barato pq se encara como ida e volta.

Esqueci de colocar o preço da passagem de Calama né rs. Foi 139 USD comprando ida e volta (e perdendo a volta). Comprei mais de um mês antes no site da Lan, me colocando como comprando no Chile, pq se não fica mais caro.

 

 

 

 

Galera,

Tô demorando pra escrever o relato por falta de tempo, voltei de férias e já com a bola toda no trabalho e faculdade, mas vou colocando aos pouquinhos aqui ;)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Reserva Eduardo Avaroa (atravessando a fronteira Chile - Bolívia)

 

Quando entrei na Bolívia e vi a Laguna Blanca, logo na primeira parada para o café da manhã, toda congelada e ainda assim, linda, pensei: "Que perda de dinheiro o que fiz no Atacama..." e quanto mais adentrava na reserva, mais eu pensava nisso.

Opinião pessoal e intransferível rs.

 

Como já falei, fechei com a Colque Tours o passeio de 3 dias e gostei bastante da empresa. O motorista foi o Donato (já vi alguns elogios pra ele por aí) e o grupo que foi com a gente não poderia ser melhor. Outra vantagem da empresa é o refúgio próprio en San Juan, na borda do Salar. Quartos bons, com camas boas e banheiro dentro do quarto. Cada grupo compartilha um quarto.

 

Saímos do Atacama as 07h30.

Trocamos dólar por bolivianos na agência com a pior cotação da história. Se na Bolívia se troca 1USDx7BOL, lá trocamos por 5BOL.

Leve água, papel higiênico, comidinhas pro caminho, protetor solar e lencinhos umedecidos.

 

Ficamos numa fila gigante na aduana do Chile e, cerca de 01h30 depois estávamos na Bolívia. Pagamos a entrada no parque (guarde o comprovante, pois no segundo dia, na hora de sair do parque você precisa apresentar), paramos na Laguna Blanca, tomamos café e partimos.

Passamos na Laguna Verde, pedras do Salvador Dalí, piscina termal e paramos na Laguna Colorada para dormir.

Um vento absurdo nos acompanhando pelo caminho.

 

20100818211734.jpg

 

20100818212145.JPG

 

Todo mundo sempre falou sobre esse primeiro dia como o mais frio, o mais tenso, o mais podre... é verdade rs

O acampamento é tenso. O banheiro um HORROR! O sistema de descarga é um balde com água, que deixa o chão molhado e um nojo depois de certo tempo. A minha roupa de cama tinha manchas de sangue. Ainda bem que segui o conselho da Gabi Tallamo e levei um lençol que foi essencial.

 

Pra não passar frio, dormi com o namorado, com quatro cobertores e roupas. De madrugada chegou a -16 e... passei calor! ::lol4::

 

A comida é bem servida todos os dias. Não dá pra reclamar. Sempre com entrada, salada, prato principal e bebida.

 

Segundo dia, saímos por volta das 08h00, passamos pelo Deserto Siloli e a famosa Árbol de Piedra; Sol de La Mañana, os geysers bolivianos que são incrivelmente mais legais que o do El Tatio (lá você vê os vapores saindo até que se extinguem por volta das 10h00, na Bolívia são crateras onde dá pra se ver as águas borbulhantes, sente aquele cheiro horrível de enxofre e não passa tanto frio assim, resumindo: vale mais a pena!); alguns povoados, como o de Julaca que é quase deserto (impressionante ver a areia quase cobrindo a porta das casas abandonadas) e chega-se no refúgio da Colque em San Juan, na borda do Salar.

 

20100818212610.JPG

 

No outro dia você pode optar por ir mais cedo e ver o nascer do sol no Salar, mas a vista do refúgio é bem bacana pra isso e preferimos sair no horário normal.

 

Não preciso falar que o Salar é fantástico. Chegamos na Isla Incahuasi (conhecida como El Pescado). Em torno da ilha o chão está bem sujo, pelos carros e pedestres que andam. O Donato disse pra gente que fica mais limpo na época de chuvas e quero muito voltar só pra essa parte pra ver como é nessa época.

 

20100818212951.JPG

 

Paramos no meio pra tirar umas fotos, num dos hotéis de sal que estava fechado e numa cidadezinha que vive da extração de sal e do artesanato e chegamos em Uyuni por volta das 13h00.

 

Gastos:

Entrada Reserva Eduardo Avaroa: 150 bolivianos

Entrada Isla Incahuasi: 15 bolivianos

Total: 165 bolivianos (R$ 43,00 com câmbio diferenciado)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

de Uyuni à Copacabana

 

Chegamos em Uyuni por volta das 13h00 e fomos almoçar. A idéia era ir de trem pra Oruro e de lá pegar um ônibus para La Paz, mas quando fui ver, os trens já estavam parados por causa daquela manifestação que houve em Potosí (só soube depois, na hora não havia explicação alguma, só que não haveria serviço aquele dia).

 

Como fomos ver isso somente quase as 17h00, não achamos mais passagem de ônibus para La Paz direto e tivemos que ir por Oruro.

 

Uyuni não tem muita coisa pra fazer. Almoçamos com calma e depois fui ver os ônibus para nossa ida. Compramos com a empresa 11 de Julio. Ônibus ok, saindo as 19h35 e chegando em Oruro as 03h30. Pelo menos o ônibus tinha calefação. Mas, que estrada é aquela? Não deve nem se chamar estrada, é um caminho de terra no meio do nada e que chacoalha de forma brutal. As coisas caem do porta embrulho em cima das pessoas que estão dormindo no assoalho do ônibus. Foi tensa a viagem.

 

Chegamos em Oruro e fomos informados que o Terminal de ônibus só abriria as 04h00. Tinha um saindo naquele momento (quer dizer, foi sair mesmo só lá pras 04h15), mas pegamos este. A estrada era ótima, mas o motorista não ligou a calefação, resultado: o PIOR frio de toda a viagem, quando chegamos em La Paz estavamos congelando e, o ônibus também congelou. Paramos em El Alto para algumas pessoas descerem e o ônibus não saia mais porque congelou algum cano que não vou lembrar qual é rs

 

Aí um outro parou no caminho e nos levou até o Terminal.

 

De lá, fomos correndo e conseguimos pegar um saindo pra Copacabana as 06h00 pela 18 de Febrero. No meio do caminho o pneu estorou. Puta susto! Ficamos uns 30 minutos parados pra colocarem o step e vi todos os pneus mais carecas que Herbet Vianna, inclusive o step...

 

20100819205400.JPG

 

Chegamos no estreito de Tiquina por volta das 10h00. Descemos do ônibus, pegamos o barquinho e atravessamos para o outro lado do Titicaca.

Tente se sentar do lado direito do ônibus, pois a visão que se tem do lago indo pra Copacabana é MARAVILHOSA!

Esperamos o ônibus passar na balsa, compramos umas guloseimas e depois esperamos acabar uma corrida de motocross que tinha fechado algumas ruas. Entramos no ônibus e fomos, finalmente rumo a Copacabana.

 

20100819210248.JPG

 

20100819210855.JPG

 

Chegamos na cidade por volta das 11h00 e fomos direto pro Hotel La Cúpula (Calle Michel Pérez, 1 http://www.hotelcupula.com/). Nossa reserva, na verdade seria pro dia seguinte, mas adiantamos um dia pois chegamos mais cedo que o previsto em La Paz. Conseguimos um quarto e ficamos por lá. O hotel é muito bom e tem uma vista fantástica. Ficamos em uma suíte com varanda e uma rede que foi essencial pro nosso descanso rs

 

Como um dia só acaba quando você dorme, dormimos um pouco pois a viagem tinha sido extremamente longa e muito cansativa.

 

Gastos:

Almoço: 80Bs (para dois)

Ônibus para Oruro: 35Bs

Ônibus para La Paz: 25Bs

Ônibus para Copacabana: 25Bs

Guloseimas em Uyuni: 30Bs

Guloseimas em Tiquina: 32Bs

Hotel La Cúpula: 35USD a diária em suíte com varanda

 

Total: R$ 121,00

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

de Copacabana à Arequipa

 

A cidade tem um clima diferente e o Lago Titicaca é fenomenal. Aquela imensidão e aquela cor, inesquecível...

Como é pequena, dá pra se fazer tudo a pé.

 

Indo à Igreja vê-se as Chalas, a "benção" que se é dada aos carros novos. Se coloca alguns apetrechos coloridos, vem o padre e dá a benção. Interessante.

 

Almocei um sanduíche com brócolis e cenoura que nunca achei que ia ser tão gostoso!

 

A principal mudança no roteiro aconteceu aí. Decidimos ir até Nazca e por isso, compramos as passagens pra continuarmos adentro do Peru no outro dia (valores acima). Jantamos no Maka Uta que fica na 6 de Agosto... Bem mais ou menos. Em Copa, as lembrancinhas e roupas são mais caras que em La Paz, portanto, se você ainda for pra lá, vale mais comprar na capital.

 

A noite, fizemos um lual (com violão que está disponível pros hóspedes) a dois na nossa varanda privativa com vista privilegiadíssima. Foi muito bom! Ah, outro ponto legal é o restaurante do hotel. Incrível! Mesmo se você não se hospedar lá, vale a pena ir pra almoçar ou jantar.

 

20100821205255.JPG

 

No outro dia, saímos com a empresa Titicaca Bolívia, as 09h00 com direção à Arequipa, trocando de ônibus em Puno.

 

A imigração foi tranquila (apesar de demorada pro Maurício, pois eles tem que verificar algumas coisas pra quem é boliviano) e chegamos em Puno as 11h30. A diferença de fuso é de -1 em relação a Bolívia. O ônibus em direção a Arequipa foi pela empresa Julsa. NÃO RECOMENDO! Ida e volta com um PÉSSIMO serviço. Muito atraso, parando em todos os lugares possíveis, pessoas entrando, ficando em pé, um horror. (na Bolívia isso é normal, mas nunca tinha visto no Peru)

 

Dica: se você já for comprar a passagem de Copa pra Arequipa, confirme se o ônibus vai via Juliaca. Se for, evite, pois a viagem demora muito mais.

 

Chegamos em Arequipa por volta das 18h30 no Terminal Terrestre e fomos de táxi para a Calle Jerusalém, onde sabia que havia algumas agências. Seguindo novamente uma dica da Gabi Tallamo, fomos a Eco Tours. Chegando lá, quando falei que era do Brasil, o dono de nome estranho, Ludovigh eu acho, me solta: "Eu tô famoso no Brasil por causa do Mochileiros" :lol: ]

Lembro que ele fez um desconto pra gente na hora da conversão, porque pagamos em dólares, mas não me lembro quanto foi (e não anotei ::putz:: )

 

Fechamos o Cañon de duas noites pro outro dia, sobrevôo de Nazca e passagens pra lá. Íamos ficar no Hotel Real, mas novamente, a reserva seria pra depois. Estávamos muito cansados e ficamos no hotel que fica na frente da agência dele, o Casa Blanca. Foi bem caro pelo que tinha, pois o único quarto disponível era pra quatro pessoas. Deram um desconto, mas ainda sim foi salgadinho. Pelo menos o banheiro era muito bom e a recepção nos emprestou um laptop pra usarmos internet.

 

20100821205701.JPG

 

Na hora de fechar o Cañon, ele te mostra várias opções de hotel. O que gostamos não tinha quarto duplo então escolhemos um em Yanque, não em Chivay, o que encareceu um pouco. No próximo post falo sobre ele, mas já adianto que SUPER recomendo.

 

Jantamos em uma pizzaria que tem na mesma rua, uma quadra acima (não tenho o nome) e cama.

 

Gastos:

Hotel Casa Blanca: 100 soles

Cañon del Coca (dois dias): 130 soles cada um

Vôo de Nazca: 85 USD cada um pelo Aeroparacas

Ônibus para Nazca pela Cruz del Sur: (ida em regular) 90 soles (volta em VIP) 135 soles cada um

Jantar: 35 soles

Total: 455 soles + U$ 85,00 (R$ 438,00)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Atacama

 

Gastos:

Transfer Lincancabur: 10 mil

Diária Hi Hostel: 6 mil

Tours (4 passeios, sendo o um deles para duas pessoas): 194 mil

Entrada Valle de La Luna: 2 mil

Entrada Geyser: 5 mil

Entrada Lagunas Altiplanicas: 6 mil

Comprinhas Mercado: 1450 + 1600 + 3500 = 6550

Aluguel de Bicicleta: 3 mil

Space Tour: 15 mil

Diárias Hotel El Tatio: 30 mil x 3 = 90 mil

Salar de Uyuni por 3 dias: 125 USD

 

Total: 337.500 (R$1012,50 + R$ 222,00)

 

É realmente R$ 1012,50 (um mil e doze reais e cincoenta centavos) ? ? ?

 

Maria Emília

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

 

É realmente R$ 1012,50 (um mil e doze reais e cincoenta centavos) ? ? ?

 

Maria Emília

 

É isso mesmo Maria... 5 dias no Atacama sairam por essa bagatela! A cidade é extremamente cara. Os mais caros da história foram o hotel e os passeios. Os passeios achei mais caro que a média de qualquer outro lugar. ::bruuu::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.




×
×
  • Criar Novo...