Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Posts Recomendados

Vamos animar uma trip em 2019 ? 

Junho ou julho

pretendo comecar por Milão, Roma e Napoles.

ou podemos montar algo em cima também..

[editado] 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Em 18/06/2018 em 07:05, _lucianowillian disse:

Vamos animar uma trip em 2019 ? 

Junho ou setembro

pretendo comecar por Paris descer ate Zurique, Milão, Roma e Napoles.

ou podemos montar algo em cima também..

Oii Luciano algo ja programado?? Pretendo ir em Junho/19 França,  Bélgica e Holanda.

  • Gostei! 1
  • Obrigad@! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 09/10/2018 em 21:41, ThaisGuimaraes disse:

Oii Luciano algo ja programado?? Pretendo ir em Junho/19 França,  Bélgica e Holanda.

Oi Thais, vai ser em junho mesmo, ainda nao sei se faço só Italia, mas Belgica e um sonho também e Holanda, podemos ir trocando ideias. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 11/10/2018 em 08:09, _lucianowillian disse:

Oi Thais, vai ser em junho mesmo, ainda nao sei se faço só Italia, mas Belgica e um sonho também e Holanda, podemos ir 

Então será ótimo se a gente conciliar pelo menos parte da trip, cia é sempre bem vinda

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Agora, ThaisGuimaraes disse:

Então será ótimo se a gente conciliar pelo menos parte da trip, cia é sempre bem vinda

Meu mês tbm será junho, bem difícil conseguir trocar o mês de férias,  pensou em começar pela França??

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
5 horas atrás, ThaisGuimaraes disse:

Meu mês tbm será junho, bem difícil conseguir trocar o mês de férias,  pensou em começar pela França??

Na verdade, eu fui pra Paris ano passado, mas nao descarto, to animado pra fazer Italia. Tem um amigo que conheci aqui que ta animado também.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Agora, _lucianowillian disse:

Na verdade, eu fui pra Paris ano passado, mas nao descarto, to animado pra fazer Italia. Tem um amigo que conheci aqui que ta animado também.

Ah entendi,  meu foco maior é Françaps outros países serão meio que consequência rsrs

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Agora, _lucianowillian disse:

Na verdade, eu fui pra Paris ano passado, mas nao descarto, to animado pra fazer Italia. Tem um amigo que conheci aqui que ta animado também.

Quando fomos pra Europa em 2017, formamos um grupo por aqui, nao fomos todps juntos mas consegui encontrar todos, e nos tornamos grandes amigos e nos falamos ate hoje... cia e sempre bem vinda 😌

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

  • Conteúdo Similar

    • Por l3andro
      Olá a todos ,será que me podem esclarecer sobre o "e-visa" ? Tenho pesquisado sobre os vistos para alguns países da asia e deparo-me com o tal "e-visa" e ainda não percebi o que significa ,agradeço a quem me ajudar .
      Obrigado
    • Por Raphael Lettrari
      Boa tarde, 
      Irei subir o Pico Paraná sábado dia 15/12/2018 pela primeira vez, a ideia é subir e descer no mesmo dia! alguém se anima nessa jornada?
    • Por Felipe Fidelis Aguiar
      Olá,
      Tenho pretensões de fazer uma trip pelo Paraguai ou Bonito no MS em julho de 2019 e procuro companhia. Quem tiver interesse, entrar em contato. Tô com pouca grana... O intuito é ficar em Hostel ou lugar bem barato e ir de carona. Ah, sou iniciante ainda, por isso quero planejar melhor a viagem...
    • Por FABIOLA ZUCKERT
      Oláá!! Consegui uma promoção muito boa e então decidi ir pra Chapada dos Veadeiros novamente!! Estou a procura de parcerias para que a gente divida as despesas com aluguel de carro e acima de tudo façamos uma viagem incrível e inesquecível!! Já conheço lá, mas quero ir novamente em todos os lugares que já fui e fazer render muito mais a viagem indo nos tantos outros lugares que faltaram.. Chego dia 22/12 logo cedo e retorno dia 01/01 fim de tarde, se conseguíssemos alinhar as datas seria perfeito, aproveitaríamos muito!! A idéia também é ficar hospedado os dias suficientes para cada região, assim a gente aproveita muito melhor de cada uma e não perde tempo, passando por São João d'Aliança, Alto Paraíso, Cavalcante e o restante dos dias em São Jorge!! A quem interessar, fale comigo para que possamos conversar melhor no whatsapp, deixe seu contato  garanto que astral e risadas não vão faltar!!
      Segue o roteiro que montei, claro que não vai dar pra fazer tuuudo, quem dera, mas dá pra ter uma base e aproveitar intensamente cada lugarzinho mágico da Chapada:
      ROTEIRO CHAPADA DOS VEADEIROS
      São João D'Aliança - 3 dias, 22 a 24/12
      - Cachoeira do Label (maior da Chapada, saindo do aeroporto)
      - Cataratas dos Couros + Cachoeira da Muralha + Cachoeira do Papagaio
      - Bocaina do Farias (lugar incrível)
      - Cachoeira do Macacão + Cachoeira dos Macaquinhos
      - Cachoeira do Dragão (mais maravilhosa, vai um dia todo)
      Alto Paraíso - 2 dias, 25 e 26/12
      - Cachoeiras Loquinhas + Cachoeira dos Anjos e Arcanjos
      - Cachoeira dos Cristais + Cachoeira Água Fria
      - Cachoeira do Sertão Zen (vai um dia todo, mirante incrível)
      Cavalcante - 2 dias, 27 e 28/12
      - Cachoeira Poço Encantado (passadinha, beira da rodovia)
      - Cachoeira Ave Maria + Cachoeira Capivara + Cachoeira Santa Bárbara + Cachoeira Candaru
      - Cachoeiras do Prata (distantes, mas valem a pena)
      - Fazenda Veredas (Cachoeiras Veredas + Veredinhas + Véu da Noiva + Cobiçada + Toca da Onça + Poço Encantado + Cânion)
      São Jorge - 4 dias (tudo muito perto), 29/12 a 01/01
      - Cachoeira São Bento + Cachoeiras Almécegas I e II
      - Morro da Baleia + Jardim de Maytrea + Cachoeira da Bailarina
      - Fazenda Volta da Serra (Cachoeiras Cordovil + Encontro + Rodeador + Poço das Esmeraldas)
      - Vale da Lua
      - Mirante da Janela + Cachoeira do Abismo
      - Cachoeira Morada do Sol + Cachoeira Raizama (pequenas, mas pertinho)
      - Cachoeira do Segredo (maravilhosa, vai um dia todo)
      - Águas Termais (perfeito pra relaxar anoitecendo)
      - Praia das Pedras + Encontro das Águas (distantes, não compensa)
      Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros (São Jorge)
      - Cachoeira dos Saltos + Cachoeira do Garimpão + Corredeiras + Cachoeira do Carrossel
      - Cachoeira Carioquinhas + Cânions I e II
      - Cachoeira das 7 Quedas (travessia, vai um dia todo, fica pra próxima)


    • Por Edu1379
      Alone in Floripa
                    Fala galera, fiz uma trip solo barateza para Floripa esse mês e gostaria de compartilhar com vocês essa experiência, foi tudo meio que de última hora e improviso, mas são dessas viagens que vêm as melhores experiências. Vou aqui separar pelos dias em que fiquei por lá, qualquer nova informação sobre passeios ou valores vocês podem solicitar aqui ou no meu Instagram, que terá o link ao final e terei prazer em responder. Minha ideia era fazer mais trekking do que visitar praias visto que a previsão do tempo não estava muito ao meu favor, apesar da chuva e dos incríveis 5 minutos de sol nos 4 dias em que estive lá, aproveitei cada segundo da viagem, o lado bom é que voltei com meu protetor solar praticamente cheio.
       
      31/10- Dia 1 (Muita chuva e amizades inesperadas)
                        Cheguei bem cedo na ilha e fui para o Mercado Municipal comer alguma coisa, pois estava no ônibus há bastante tempo e a essa hora já estava morrendo de fome. Eu nunca tinha ido em um Mercado Municipal, mas não me impressionei não, porém o lugar é bem organizado, vale a pena visitar se você estiver nas redondezas, pois a rodoviária, o mercado e o TICEN (terminal central dos ônibus) ficam praticamente juntos. Comi uma coxinha de massa de mandioca muito boa, cara pra cacete e sumi, já serviu para desgrudar as paredes do meu estômago e sobreviver até o miojão do almoço.
                         Peguei um busão e segui rumo a Lagoa da Conceição onde ficaria hospedado. Eu costumo sempre andar de ônibus onde vou viajar, Uber é muito bom mas só uso em caso de extrema necessidade, sem contar a economia, e o sistema de ônibus de Floripa é muito bom e fácil de se localizar. Fiquei hospedado no Geckos Hostel,  recomendo muito pois o ambiente é agradável e o povo que trabalha lá é extremamente prestativo, eu o escolhi principalmente pela ótima localização, fica a uns 5 minutos de caminhada do centro da lagoa, deu R$41 por dia sem café da manhã, se quiser o café tem um custo adicional de R$12 se não me engano, eu achei melhor não pegar e fazer o meu próprio café nesse caso.
                        Como cheguei um pouco antes do horário de check-in, resolvi deixar minhas coisas por ali e procurar uma trilha pequena e por perto para fazer já que a chuvinha deu uma trégua. A moça da recepção me indicou a trilha da “Costa da Lagoa”, disse que era pertinho e tranquila. Pois bem, fiz meu banquete (miojão, banana e umas bolachas), peguei minha mochila, minha bota e na saída encontrei outra hospede do hostel querendo sair, convidei ela e fomos juntos. Duas quadras depois do hostel encontrei uma cachorrinha toda molhada e andando sem rumo, como eu adoro cachorro fui lá brincar um pouco com ela e ela resolveu me seguir, pensei que apenas por uns quarteirões mas para a minha surpresa ela não nos abandonou até o final da trilha, como não sabia seu nome comecei a chamá-la de Luna. A costa da lagoa é um bairro que realmente fica na costa da lagoa (ah sério?) então você vai andar com a lagoa de um lado e na maioria do tempo um penhasco do outro, e o único jeito de se chegar lá é pelos barcos que passam de 1 em 1 hora ou então por esta trilha, a maioria do pessoal vai até o fim da trilha andando e volta de barco, era o que eu planejava fazer mas acabou não dando muito certo, mas logo chegamos lá. No caminho tem várias casas e paisagens bem diferentes, como uma floresta de bambu onde fazia um barulho que até dava medo devido ao vento forte, mas para mim que adoro a natureza foi bom demais ficar um tempo ali aproveitando essa beleza, as paisagens são lindas e tem uma cachoeira bem bonita quase no fim da trilha, se estivesse um pouco mais calor eu me jogaria nela mas com o frio que estava achei melhor seguir em frente. 
                          O caminho parece ser decorado pelos moradores que ali residem, as vezes a trilha meio que parece acabar e temos que passar pela casa de alguém, mas isso é tranquilo pois os moradores, pelo menos todos os que eu encontrei, ajudam os turistas perdidos por ali. Então eu fui até o final, eu acho que era o Ponto 23, os barcos paravam nestes pontos para pegar o povo. Chegando no final, depois de quase 3 horas e 11km de caminhada, fui esperar o barco e lá fui informado que cachorros não podem embarcar. Isso já era quase 5 da tarde e nesse dia anoitecia perto das 6 h. Eu não poderia deixar minha companheirinha lá. Ela podia se virar e voltar embora, como também poderia se perder, e no caminho tinham muitos cachorros que poderiam assustar ela. Me senti responsável pelo que cativei, como diz o "Pequeno Príncipe", então sentei no chão, descansei um pouco, comi o que eu ainda tinha de comida, consegui um pouco de ração e água para a Luninha e voltamos, um pouco mais rápidos desta vez. Eu tenho um pouco de medo de ficar na trilha quando anoitece, e para ajudar, meu celular ficou sem bateria e das 2 lanternas que eu havia levado para a viagem, nenhuma delas eu tinha trazido para a trilha. Um pouco de falta de planejamento e de experiência que poderiam ter custado bem caro, pois virar um pé ou se perder na trilha (não neste caso pois era bem sinalizado) por estar sem luz podem acabar se tornando problemas bem sérios em situações como esta.
                         Mas apertei o passo e voltamos bem rápido, com sorte acabamos chegando ao começo da trilha com o sol já se pondo (a última foto mostra a vista de quando saí da trilha), tive muita sorte, mas isso serviu como um aprendizado para as próximas. Por isso uma dica: por menor que seja a trilha tente se planejar antes com o horário, no meio do mato acaba anoitecendo mais cedo por conta das árvores e se você se desesperar ao ver que está longe do fim e com a luz diminuindo, pode acabar se machucando pela pressa ou pela falta de visibilidade e o que era para ser uma aventura acaba se transformando em um pesadelo. Pelo menos eu não estava sozinho dessa vez, diferente do próximo dia que foi outro sufoco, mas depois eu chego lá. Chegamos no hostel, mais exaustos do que o planejado, e veio a parte ruim: me despedir da Luninha. Eu acabo me apegando demais aos cachorros de rua, eles gostam de estar perto de nós, apenas por gostar de nossa companhia, pelo carinho, sem pedir nada em troca e eu valorizo muito isso, me sinto melhor com um cachorro me acompanhando. Depois me disseram que os cachorros da ilha são assim, saem atrás do povo e rodam a ilha caminhando, mas de qualquer jeito foi um pouco triste ver ela indo embora depois de todo esse tempo juntos.
                        Então, depois desse primeiro dia regado de fortes e diferentes emoções, tomei um merecido banho saí para dar uma volta, a Lagoa da Conceição é um lugar muito bom, tem opções para todos os gostos, desde barzinhos, baladas de todos os tipos, restaurantes ou a própria lagoa no meu caso que gosto de andar e tomar uma cervejinha pra rua mesmo, e foi aí que terminei meu dia, apreciando as belezas da Lagoa da Conceição.
                      Bom pessoal, esse foi o relato do primeiro dia, seguem as fotos deste dia e posteriormente digo como foram os outros.
       
      Forte abraço.
       
       
       
       
      https://www.instagram.com/edu_penteado/  
       
       











×