Ir para conteúdo

Foz do Iguaçu no Feriadão de 15/nov! (com fotos)


Posts Recomendados

  • Membros

Este feriadão eu estive em Foz e gostaria de compartilhar com os amigos do fórum minha experiência, já que o sucesso da minha viagem definitivamente foi resultado de todas as informações e relatos que eu colhi aqui. Tentarei fazer este relato da forma mais detalhista possível, apontando todas as dicas que eu achar pertinente. Os custos estão listados no fim do post. Então, vamos lá:

Dia 13/nov - Sábado - Chegada, Zoo Guarani, Templo Budista e Planetário Itaipu

O avião da GOL saía do aeroporto do Galeão no Rio de Janeiro as 10:00. Como o Galeão é muito longe (e o Santos Dumont é muito perto), peguei um bus regular até o Santos Dumont, e lá embarquei no 2145, que liga os dois aeroportos. Existe também o ônibus 2018 que vai da Zona Sul até o Galeão. Eu e minha mochila, taxi pra quê? O 2145 é um ônibus tipo executivo, com poltronas confortáveis e tudo mais.

 

Cheguei em Foz 13h30m, conforme planejado. Logo na chegada, me surpreendi com a quantidade de propaganda do Paraguai, presente inclusive na esteira de retirar bagagem.

 

O ônibus para o TTU do centro chegou rápido. No caminho, vários outdoors de lojas do Paraguai. Use o GPS do celular para ver em que altura da Av. JK eu tinha que descer.

13112010304.th.jpg13112010305.th.jpg

 

Fiquei em um quarto individual sem banheiro na pousada El Shaddai. Na hora que eu cheguei a pousada estava meio bagunçada, mas nos dias posteriores estava tudo OK. Acredito que era somente por causa do feriado. A cama era de mola, e o quarto tinha ar condicionado configurado em 20º, só podia ligar e desligar. Fez muito calor, e o ar condicionado teria feito muita falta. Mas com essa temperatura fixa, o quarto ficava que nem o Pólo Norte. Cheguei a pedir na recepção para diminuir mas informaram que não era possível, pois os aparelhos eram programados daquela forma (Era tipo um split). O quarto era limpo diariamente. A localização também é ótima, próximo ao terminal e com alguns restaurantes na AV. JK. (Embora os famosos como Pizza Hut e Mc Donalds fiquem mais pra baixo, na AV. Jorge Schimmelpfeng)

 

img0032jb.th.jpgimg0033mm.th.jpgimg0117tj.th.jpgimg0119zr.th.jpgimg0121p.th.jpgimg0123id.th.jpg

 

Larguei a mochila na Pousada. No caminho para o ponto de onibus passei pelo Zoo Municipal Guarani (que não estava nos meus planos originalmente) e resolvi entrar. Infelizmente ele tem uma aparencia meio de abandonado, e é bem pequeno:

 

13112010306.th.jpg13112010309.th.jpg13112010311.th.jpg

 

Então fui esperar o ônibus Porto Belo rumo ao templo Budista. O Templo na verdade não é longe, o problema é que o ônibus dá muita volta (constatei isso pelo GPS do celular). Mas vale a pena, o templo é realmente magnífico. Uma pena que o salão principal fica fechado, espiei pela Janela e haviam mais esculturas fantásticas lá dentro. Na volta, como queria ir para Itaipu, verifiquei que podia caminhar 1,5 km e voltar a Av. Tancredo Neves, onde passava o Onibus para Itaipu (Vila "C"). Fui caminhando normalmente, e não vi nada de estranho no caminho. É um bairro de pessoas humildes, mas não vi nada suspeito ou que lembrasse criminalidade.

 

13112010316.th.jpg13112010319.th.jpg13112010320k.th.jpg13112010323.th.jpg13112010324.th.jpg13112010328.th.jpg

 

Em Itaipu, minha idéia inicial era ver a iluminação noturna, mas eram ainda 18h e teria que esperar até as 21h. Acabei optando pelo Planetário as 19h, mas me arrependi depois. Não que o planetário deles não seja legalzinho, mas eu já tinha ido no do Rio de Janeiro que tem muito mais recursos. Lição aprendida: se estiver viajando sozinho e for ficar um tempo grande sem fazer nada, leve isso em conta, carregando um livro ou outra coisa para passar o tempo.

 

Saí de Itaipu 21h30m, e peguei o onibus de volta pro centro.

 

Dia 14/nov - Domingo - Cataratas Argentinas e Puerto Iguazú

Acordei cedo para pegar o Bus de 8h. O café da manhã da pousada estava excelente e disponível antes do horário (6h50m abriram a porta do refeitório). Ao chegar no ponto, descobri que o horário na verdade era 8h30m, e o bendito só apareceu mesmo as 9h30m. Foi legal que deu para conversar com um grupo de japoneses fazendo intercambio em Ciudad del Este. Fiquei próximo a porta de saída do onibus, para não perdê-lo na aduana brasileira (ele realmente só espera alguns minutos). Como sabia que não teria tempo de comprar pesos para a entrada do parque em Foz, havia comprado aqui mesmo no Rio de Janeiro. Obviamente paguei mais caro (0,52 contra 0,45 da cotação Oficial Argentina) mas compensou. Comprei 200 Pesos, mas na verdade só mesmo a entrada do parque (50 pesos) precisa ser paga em pesos, todas as outras coisas aceitam reais.

 

Com o atraso do ônibus, cheguei no parque quase 11h da manhã, e vi que ia ter que correr se quisesse ver tudo. Acho que vale a pena pagar um Taxi até a rodoviária de Puerto Iguazu, os onibus para as cataratas começam as 8h10m e saem de 20 em 20 min (as vezes até menos). Cheguei, fui direto pro trenzinho que para minha infelicidade só ia até a a estação intermediária Cataratas (e tinha muita gente já na espera pelo próximo). Optei por fazer logo os circuitos inferior e superior (assim como a Aventura Nautica que sai do circuito inferior). Foi ótimo, porque quando terminei e fui pegar o trem novamente para a estação final não tinha quase ninguém esperando. Então recomendo fazer assim: se o trem for até o final fique nele, se parar na primeira estação faça as trilhas desta e retorne depois.

 

A fila pra Aventura Nautica estava pequena, e eu nem teria que esperar exceto porque... A Lancha quebrou. Mais meia hora perdida esperando a próxima.

 

O Parque tem várias lanchonetes que vendem todas mais ou menos a mesma coisa. Os sanduíches custam em torno de 20 pesos. Existe também um restaurante com comida, mas não vi os preços. Optei por um sanduba de salame e queijo que levei e fui comendo na trilha para não perder tempo.

14112010344.th.jpg14112010347.th.jpg14112010349.th.jpg14112010351.th.jpg14112010358.th.jpg14112010360.th.jpg14112010361.th.jpg

 

Consegui terminar tudo às 17h, embarquei no onibus El Pratico de novo e voltei para Puerto Iguazu. O Onibus do El Pratico vai até o marco de Três Fronteiras Argentino, e de lá é possível ir andando até a feira de acordo com o motorista. Eu fiquei com medo de não dar tempo de ir na feira e desci na rodoviária mesmo, mas é uma opção interessante visto que o Marco de Três fronteiras Brasileiro é difícil de chegar de ônibus. Em Puerto Iguazu, passeie pela cidade, comprei Dolce de Leche e Alfajores na feira, e fui pegar o onibus de volta que passa em uma rua ao lado da feira. Segundo um motorista o horário dele era 19h15, mas só apareceu quase uma hora depois.

 

14112010343.th.jpg14112010364.th.jpg14112010365.th.jpg

 

Como não tinha almoçado nem sábado nem domingo, achei que era bom pelo menos jantar. Fui em um restaurante chinês muito legal no centro de Foz. Era chines autentico, tanto os donos como 90% dos fregueses eram chineses. Pedi um Yakisoba de R$ 15 que dava para duas pessoas, muita coisa mesmo.

 

De volta a pousada, exausto, sabia que no dia seguinte um novo desafio me aguardava...

 

Dia 15/nov - Segunda - Paraguai, Cataratas BR e Parque da Aves

Saí 7h10m da pousada achando que ia ser tranquilo no Paraguai. Afinal estava cedo, certo? Errado! O engarrafamento começava no viaduto que liga a AV. JK até a rua que vai para a ponte. Algumas pessoas já desceram ali e foram andando, mas eu relutei inicialmente seguindo o conselho de uma senhora sacoleira que estava conversando comigo. Depois de mais uns 30 min de engarrafamento, perdi a paciência e fui também, me infiltrando na multidão desesperada por compras. Foi uma experiência única, era muita gente mesmo andando a pé, o trânsito completamente parado. Uns 2 ou 3 km de caminhada, atravessei a ponte e cheguei no Paraguai. É totalmente chocante a absurda poluição visual. Eu queria ir em 2 lojas do lado esquerdo (e voltar rápido pra declarar), mas tinha tanta coisa na frente que eu andando pelo lado direito da rua, não vi as ruas! Acabei passando direto, pedi informação em um hotel e achei o local. Nas lojas (Dien e Compubras) foi super tranquilo comprar. Testei a camera exaustivamente, afinal embora tenha garantia eu não teria como voltar lá pra trocar.

 

15112010367.th.jpg15112010369l.th.jpgimg0001gc.th.jpgimg0010mg.th.jpg

 

Peguei o onibus de volta as 9h30m, a pista de retorno da Ponte da Amizade estava vazia. E fui declarar. Só desceu do ônibus quem quis. Prenchi o formulário com os valores corretos que paguei, o fiscal não questionou nada, apenas revistou minha mochila pra ver se tinha mais alguma coisa. Para pagar o DARF existe uma máquina do BB, mas se vc não tem conta, precisa esperar até as 11h para abrir o caixa normal (um absurdo). Acabei pagando o DARF de algumas pessoas que lá estavam (elas me davam o dinheiro e eu pagava). Aqui cabe uma dica: a fila para declarar sem pagar imposto é enorme (muito grande mesmo) e para pagar... Não tinha fila. Então se não quiser perder tempo, simplesmente gaste algo como USD 310. Mesmo se não for comprar isso tudo, veja se alguém na família precisa de alguma coisa. Perder 3h na fila seria um desperdício de tempo descomunal em uma viagem, fora o cansaço.

 

Almocei em um Buffet de R$ 6 na rua da Pousada (Eng. Rebouças) e aproveitei para comprar lembranças na feirinha desta mesma rua e lojas adjacentes que vendem artesanato.

 

Peguei o bus rumo as cataratas à tarde, e conheci uns chilenos muito gente boa que me acompanharam neste passeio. Foi legal, o conforto é muito maior que o Parque Argentino, mas definitivamente este te permite ver mais de perto, então achei mais interessante o Parque Argentino mesmo. O Parque das Aves fica praticamente do lado das Cataratas e também é super legal, tinha um tucano artista, um papagaio que assoviava fiu-fiu e muitas outros animais interessantes. Vale a pena.

 

img0047xs.th.jpgimg0058ru.th.jpgimg0068po.th.jpgimg0089wu.th.jpgimg0097x.th.jpgimg0108ph.th.jpgimg0109d.th.jpgimg0110mf.th.jpg

 

 

Eu me despedi dos chilenos, e voltei para a pousada. Tomei banho e fui experimentar o tal Shawarma em uma lanchonete árabe. Não vi muita graça no negócio não, achei muito seco, mas pode ter sido a lanchonete.

 

Dia 16/nov - Terça - Itaipu e Retorno

Fui cedinho para o Circuito Especial da Itaipu, 8h da manhâ. É recomendável comprar esse passeio com antecedencia no site (eu tinha comprado sabado), são apenas 20 vagas por horário. Foi caro, mas valeu a pena. Itaipu é uma obra de monstruosa, não dá pra questionar que mereceu o posto de uma das 7 maravilhas de engenharia do mundo. Para terem uma idéia, a vazão de água de apenas 2 das 20 turbinas de itaipu equivale a vazão de todas as cataratas do Iguaçu juntas.

 

img0124l.th.jpgimg0137hq.th.jpgimg0144eo.th.jpgimg0152xt.th.jpgimg0165ie.th.jpgimg0191ra.th.jpgimg0201lg.th.jpg

 

Voltei para a pousada, peguei minha mochila previamente arrumada, e parti para almoçar e pegar o bus para o aeroporto. A volta foi bem tranquila. Acabou que o fiscal no Aeroporto revistou minha mochila, mas não pediu a Declaração. De qualquer forma, acho que valeu a pena evitar o risco.

 

Gastos:

R$ 368 - Passagem ida e volta Rio ->Foz do Iguaçu pela GOL na promoção

R$ 135 - 3 diárias na pousada El Shaddai, Quarto Individual sem banheiro

R$ 20 - Aproximado, garrafinhas de água mineral

R$ 13 - Onibus 2145 ida e volta

R$ 7,80 - (15 Pesos) Passagem de ida e volta do Parque pela El Pratico

R$ 11,25 - Lanches

R$ 37,30 - "Transfers" de ônibus ::lol4:: (Passagens)

R$ 32,50 - Pólo Astronomico e Circuito Especial Itaipu (Meia Entrada)

R$ 80,60 - (45 + 110 Pesos) Entrada do Parque Argentino e Aventura Nautica

R$ 42 - 4 Refeições

R$ 22 - Entrada Cataratas BR

R$ 18 - Entrada Parque das Aves

 

Total: R$ 787,45

 

É isso aí pessoal. Qualquer dúvida, estamos aí!

Editado por Visitante
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Amigo gostei muito do seu relato, ano passado iria visitar foz, ja estava em curitiba porem estava com aquela gripe suína, entao estava difícil encarar, fiquei com medó essa é a verdade

mas adorei eu relato mesmo, ja tem 1 ano que estou com meu roteiro para Foz montado, agora esperando aparecer um $$, pq ai vou atualziar algumas coisas no meu roteiro e irei realizar a minha vontade de conehcer essa cidade maravilhosa.

abraços

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 8 meses depois...
  • 2 meses depois...
  • Membros de Honra

mto bom o relato, tem infos mto uteis

 

mas, lá vao umas perguntas:

 

p/ ir ao templo budista, qdo vc desce do ônibus, tem q andar muito?

É q vi algumas pessoas dizendo q era melhor ir de taxi, q o bairro não é legal p/ ficar andando...

 

Se fizer o passeio de iluminação da barragem dá p/ voltar tranqüilo de ônibus?

É q alguém postou numa mensagem q na volta o bus não para em frente, tem q andar até um trevo, se não me engano.

durante o dia deve ser tranquilo, mas à noite, eu fico um pouco mais preocupada...

 

obrigada

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

p/ ir ao templo budista, qdo vc desce do ônibus, tem q andar muito?

É q vi algumas pessoas dizendo q era melhor ir de taxi, q o bairro não é legal p/ ficar andando...

Não precisa andar muito não. Também não vi nada demais no bairro, é um bairro humilde mas nada comparável as favelas do rio de Janeiro por exemplo.

Se fizer o passeio de iluminação da barragem dá p/ voltar tranqüilo de ônibus?

 

É q alguém postou numa mensagem q na volta o bus não para em frente, tem q andar até um trevo, se não me engano.

durante o dia deve ser tranquilo, mas à noite, eu fico um pouco mais preocupada...

Sim. Eu acabei não fazendo esse passeio mas voltei tipo 20h e foi tranquilo. Se me lembro bem o ponto de onibus é bem em frente a Itaipu.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Olá, morei em Foz do Iguaçu por pouco mais de um ano, e posso te dizer o seguinte; a região onde fica o Templo Budista é bastante mal afamada na cidade, por via das dúvidas eu iria de táxi. Um lugar de Foz que eu acho que vale a pena conhecer (e que poucos comentam) é a mesquita, dizem que é a maior da América Latina, e é muito bonita mesmo. Foz tem uma comunidade árabe expressiva, se vc for ao centro da cidade vai poder ver bem isso.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

×
×
  • Criar Novo...