Ir para conteúdo

Saúde libera 3ª dose para quem tomou Coronavac e vai viajar


Posts Recomendados

  • Membros

O Ministério da Saúde orientou a aplicação da terceira dose dos imunizantes contra a covid-19 da Pfizer ou da AstraZeneca para qualquer pessoa vacinada com a Coronavac que irá fazer viagens internacionais a países que não aceitam o produto fabricado pelo Instituto Butantan.

Foi autorizada também a redução do intervalo entre a primeira e a segunda dose da vacina da AstraZeneca para 28 dias, e da Pfizer para 21 dias. Os métodos de comprovação de viagem ficam a cargo de cada Estado e município.

Mais informações:

https://valor.globo.com/brasil/noticia/2021/11/05/ministerio-da-saude-libera-3a-dose-de-astra-ou-pfizer-para-quem-tomou-coronavac-e-vai-viajar.ghtml

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 2 semanas depois...
  • Membros

Vou postar aqui pois nao achei outro local para tal.... seria sobre a segurança de usar onibus em viagens ou aviao... segundo noticias que vi falam que aviao tem um otimo filtro no ar condicionado que segura os virus da covid...  entao o negocio eh confiar, mas mesmo assim nao ha distanciamento social, visto que os avioes saem lotados....

Outra questao seria o onibus, quem garante que o ar condicionado do onibus tem filtro na recirculacao?  eu sei que em carro de passeio o filtro so funciona quando o ar vem de fora.  Ja na recirculacao o ar eh direto nao passa pelo filtro.  Se no onibus for assim, entao tem que pedir ao motorista nao colocar no modo "recircular".       Geralmente os motoristas colocam na posicao recircular para aumentar a eficiencia do AR,  ou para evitar entrar algum cheiro ruim ou poluicao de fora.....

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

  • Conteúdo Similar

    • Por Roberto Brandão
      Com mais de 50% da população com esquema vacinal completo contra a Covid-19, o Brasil vê cada vez mais fronteiras se abrirem para seus turistas. Em São Paulo, por exemplo, a imunização tem sido tão eficiente quanto em países ricos com alta cobertura vacinal.
      Veja aqui uma lista dos 27 países da União Europeia e alguns dos principais da América Latina que autorizam ou não a entrada de turistas brasileiros atualmente.
      Veja no link abaixo mais informações:
      https://www.jornaldeturismo.tur.br/noticias/62-internacional/86264-saiba-o-que-os-27-paises-da-uniao-europeia-exigem-atualmente-dos-turistas-brasileiros
    • Por Roberto Brandão
      Canadá passa a aceitar viajantes com Coronavac e mais 2 vacinas
      19/11/2021 21:38:00  | Artur Luiz Andrade
      A partir de 30 de novembro, o Canadá passa a aceitar visitantes que tenham tomado mais três vacinas, além das já aceitas: a Sinovac/Coronavac, aplicada no Brasil; a Covaxin; e a Sinopharm/Covilo.
      Todos os viajantes devem estar completamente vacinados para entrarem no país.
      Também a partir de 30/11, para viagens curtas de até 72 horas ou para quem sai e retorna em menos de 72 horas, os viajantes 100% vacinados e que estejam qualificados não precisarão apresentar um teste molecular negativo para covid-19. Crianças até 12 anos acompanhando esses adultos também não precisarão mostrar o teste, sendo ou não vacinadas.
      Mais informações:
      https://m.panrotas.com.br/mercado/destinos/2021/11/canada-passa-a-aceitar-viajantes-com-coronavac-e-mais-2-vacinas/185760
       
    • Por Roberto Brandão
      09/11/2021 11:05:00  | Rodrigo Vieira     Rovena Rosa/Agência Brasil Coronavac será aceita na Inglaterra
      A partir de 22 de novembro, o Reino Unido vai aceitar visitantes internacionais vacinados com Coronavac e todos os outros imunizantes aplicados no Brasil. O secretário de Transportes britânico, Grant Shapps, comunicou que todas as vacinas aprovadas na lista emergencial da Organização Mundial da Saúde (OMS) serão reconhecidas pelo seu governo.

      Coronavac (Sinovac), Pfizer, Janssen e AstraZeneca, portanto estarão liberadas no Reino Unido a partir de 22 de novembro. "Este será mais um grande passo na reabertura de nosso Turismo globalmente", afirmou Shapps, de carona na comemoração da reabertura do Reino Unido para os norte-americanos.
      Mais informações:
      https://m.panrotas.com.br/mercado/destinos/2021/11/reino-unido-aceitara-todas-as-vacinas-aplicadas-no-brasil/185510
    • Por Roberto Brandão
      Como parte da reabertura do Turismo para a entrada em Israel, o “Gabinete Corona” aprovou ontem à noite (7), em um referendo por telefone, novas diretrizes para o Turismo em grupo iniciado pelo ministro da Saúde, Nitzan Horowitz, e pelo ministro do Turismo, Yoel Razvozov.
      De acordo com o novo esquema que entrará em vigor amanhã (9), grupos de turistas com duas vacinas podem entrar em Israel mesmo que tenham se passado mais de seis meses da data de recebimento da vacina, desde que atendam às seguintes condições:
      A permissão de entrada foi recebida do Ministério do Turismo antes da chegada do grupo em Israel;
      Todos os membros do grupo foram vacinados com vacinas aprovadas pela Organização Mundial de Saúde (mesmo que tenham se passado mais de seis meses desde a vacina);
      Todos os membros do grupo devem vir de países “verdes” e “amarelos” de acordo com a classificação do Ministério da Saúde de Israel;
      O grupo viajará em “cápsula”, com restrição de locomoção em locais com maior risco de infecção;
      O grupo deve ter entre cinco e 40 turistas;
      Durante os primeiros sete dias de sua estada, os turistas não protegidos estarão sempre em posse de um teste PCR negativo feito nas 72 horas anteriores ou um teste de antígeno negativo feito nas 24 horas anteriores;
      O líder do grupo reportará ao Ministério do Turismo de Israel sobre a realização dos testes conforme necessidade e fornecerá informações, se necessário, sobre a conduta do grupo, contatos, locais e horários de visita, ao investigador epidemiológico, no caso de um do grupo teste positivo para covid-19.
      O Brasil, por enquanto, permanece na lista de países “laranja”.
      Mais informações:
      https://m.panrotas.com.br/mercado/destinos/2021/11/israel-derruba-restricao-de-tempo-de-aplicacao-da-vacina/185503
    • Por Rafaelafreitas
      Oi pessoal, eu pretendia viajar para o japão no ano que vem, mas pelo jeito não vai abrir, por isso, estou mudando meu roteiro para a Europa.
      Minha vontade é ir para Portugal, depois ir para a França e talvez ir para Itália, caso eles abram.
      Minha dúvida é, vou fazer o teste do covid no Brasil para ir até Portugal. Pretendo ficar três dias, depois vou ir para a França... Preciso fazer outro teste de covid para entrar na França? Tomei a coronavac, pelo que eu li em algumas notícias, quem tomou essa vacina é considerado como se nem tivesse tomado...
      Vou ficar cinco dias na França, aí devo fazer mais um teste para ir até a Itália?
      Estou confusa, na minha mente eu achava que se eu estivesse em Portugal por primeiro não haveria problema transitar nos outros países sem precisar fazer o teste....
      Eles pedem terceira dose para quem tomou coronavac, mas eu acho inviável fazer isso no Brasil, já que somente os idosos estão tomando o reforço, não seria justo.
×
×
  • Criar Novo...