Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Pesquisar na Comunidade

Mostrando resultados para as tags ''bonaire''.



Mais opções de pesquisa

  • Pesquisar por Tags

    Digite tags separadas por vírgulas
  • Pesquisar por Autor

Tipo de Conteúdo


Mochileiros.com

  • Perguntas e Respostas
    • Perguntas e Respostas
    • Destinos
  • Companhia para Viajar
    • Companhia para Viajar
  • Relatos de Viagem
  • Equipamentos
  • Trilhas e Travessias
  • Viajar sem dinheiro
  • Viagem de Carro
  • Viagem de Moto
  • Cicloturismo
  • Outros Fóruns

Categorias

  • América do Norte
  • América do Sul
  • Ásia
  • Brasil
  • Europa
  • Oceania
  • Oriente Médio

Encontrar resultados em...

Encontrar resultados que...


Data de Criação

  • Início

    FIM


Data de Atualização

  • Início

    FIM


Filtrar pelo número de...

Data de Registro

  • Início

    FIM


Grupo


Sobre mim


Lugares que já visitei


Próximo Destino


Tópicos que recomendo


Ocupação

Encontrado 1 registro

  1. Dia 1: Esse será meu primeiro diário de bordo de uma viagem internacional. Fiz essa viagem com uma amiga (Fabiana) e passamos 14 dias conhecendo as famosas ilhas ABC no Caribe. Na época já pensava em fazer um blog e sempre que viajava tentava fazer um relato da viagem. Essa foi uma das viagens que, por minha sorte, consegui fazer o relato diário durante a viagem. Vamos lá, dois anos se passaram e agora sim vou publicar as minhas experiências nesta viagem. Antecipo que o lugar é lindo, mas isso não é novidade, basta pesquisar por ilhas ABC na internet que todos vão entender do que estou falando. Comecei a viagem na noite do dia 25, esse trecho fiz sozinho pois passei o natal com minha família em Resende e a Fabiana com a família dela em São Paulo. Encontrei com a Fabiana no aeroporto de Guarulhos e de lá voamos com destino à Curaçao, mas antes uma pequena parada em Bogotá (Colômbia) de apenas 8h. Optamos por ficar esse tempo todo no aeroporto pois a passagem saiu por quase a metade do preço. Aí vai uma dica, para nós cariocas, antes de comprar as passagens saindo do aeroporto do Galeão, vale a pena pesquisar saindo por Guarulhos, em alguns casos sai bem mais em conta. O aeroporto de Bogotá tem uma ótima infra estrutura e bons "free shops". Com 8 horas de espera rodamos todas as lojas, tomamos café, dormimos no banco do aeroporto (tipo o filme "O Terminal"), almoçamos e quando não aguentávamos mais uma simpática funcionária da United chamada Carolina nos deu algumas dicas de compras e passeios por Bogotá, mas optamos por ficar no aeroporto mesmo. A hora chegou e embarcamos para Curaçao, não tivemos atraso no voo. Depois de algumas horas de sono durante o voo, pra variar..rs.. pousamos no aeroporto internacional de Hato, na capital de Curaçao, Willemstad. Chegamos a tarde e, ainda no aeroporto, ficou nítido que a infra estrutura da ilha era bem simples, apesar de tudo funcionar perfeitamente, inclusive a internet wifi livre no aeroporto. Esse é o tipo de coisa que me faz pensar: Porque o Brasil, um país tão prospero, não consegue implantar ferramentas para facilitar o cidadão local e o turista? Mas esse é um blog de viagem e não de política, vamos voltar ao tema. Aeroporto Internacional de Hato Curaçao é a maior ilha do antigo arquipélago das Antilhas Holandesas e hoje é um país autônomo dentro do Reino dos Países Baixos. O nome "Curaçao" vem de "arte de curar" e a ilha produzia um licor a partir de cascas de laranja da terra, cravo e canela que muitos portugueses encontravam a cura dos doentes atacados pelo escorbuto, provavelmente pela ingestão de vitaminas existentes na ilha. Curaçao também já se chamou "ilha do gigantes" devido à estatura dos indígenas que a habitavam na época que foi descoberta (1499). A população local fala pelo menos 3 línguas, aprendem na escola o papiamento (língua local), o holandês (por fazerem parte da colônia holandesa) e o inglês. Isso é o básico deles. O país tem a presença muito forte dos holandeses que moram e fazem turismo por lá. Sofremos um pouco para utilizar o terminal eletrônico e sacar dinheiro na moeda local, mas conseguimos. Recomendo que façam isso pois os taxistas só aceitam pagamento em dinheiro e se pagar em dólar o câmbio não é favorável. Pegamos um táxi e fomos em direção ao Ritz Studios, o visual da cidade de dentro do táxi já nos deixava com vontade de descer e rodar por tudo. O Ritz Studios fica no bairro histórico de Scharloo na área de Punda. Fomos recebido por uma holandesa muita atenciosa que fez nossa ficha e nos apresentou o hotel. Nosso quarto era limpo, novo e bem organizado, mas só com um detalhe, o banho é frio..rs.. Ritz Studios A cidade é dividida em duas áreas: Punda e Otrobanda, do nosso hotel até a ponte "Queen Emma" são 10 minutos de caminhada pelas ruas históricas. As principais atividades na cidade são o turismo, as atividades portuárias e o comércio com uma vasta opção de lojas de grife e bons preços. Para quem gosta de compras, vale a pena passear pelo centro histórico, pois das 3 ilhas ABC, Curaçao foi a que encontramos o melhor preço. A zona histórica de Willemstad, cidade antiga e porto, é Patrimônio Mundial da Humanidade, incluído pela UNESCO em 1997. A noite saímos para conhecer um pouco o centro da cidade e jantar por lá. As construções no estilo colonial holandês e o povo bem amistoso são algumas atrações a parte. Jantamos em um bar na beira do canal que separa as áreas da cidade, o bar se chama Iguana Bar e com boa comida e música ao vivo o bar retrata a animação do povo de Curaçao. Iguana Bar O centro histórico estava vazio, acho que ainda devido as comemorações natalinas. Depois do jantar passeamos pelas ruas principais e voltamos para o hotel. Iguana Bar - Otrobanda ao fundo Gastos do dia: café da manhã Orleans (aeroporto Bogotá) - 12.325 pesos colombianos adaptador tomada - 1600 pesos colombianos almoço - 26100 pesos colombianos compras free shop Bogotá - U$209 The Ritz Studios - U$160 (6 diárias) Táxi aeroporto p/ hotel - 50 florins Iguana Bar - U$15,83 Câmbio: 1 Real = 833,33 Pesos colombianos 1 Real = 0,80 Florim das Antilhas holandesas
×
×
  • Criar Novo...