Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Pesquisar na Comunidade

Mostrando resultados para as tags ''haia''.



Mais opções de pesquisa

  • Pesquisar por Tags

    Digite tags separadas por vírgulas
  • Pesquisar por Autor

Tipo de Conteúdo


Mochileiros.com

  • Perguntas e Respostas
    • Perguntas e Respostas
    • Destinos
  • Companhia para Viajar
    • Companhia para Viajar
  • Relatos de Viagem
  • Equipamentos
  • Trilhas e Travessias
  • Nomadismo
  • Outras Formas de Viajar
  • Outros Fóruns

Encontrar resultados em...

Encontrar resultados que...


Data de Criação

  • Início

    FIM


Data de Atualização

  • Início

    FIM


Filtrar pelo número de...

Data de Registro

  • Início

    FIM


Grupo


Sobre mim


Lugares que já visitei


Próximo Destino


Ocupação

Encontrado 2 registros

  1. Por qual motivo fazer um bate e volta saindo de Amsterdam até Haia? Na qualidade de terceira maior cidade do país Den Haag ostenta o título de cidade sede da Justiça Internacional. Motivo que por si só justifica um bate e volta saindo de Amsterdam. Dentre outras razões, saibam que desde o ano de 1907 que os brasileiros fazem “festa” por lá. Ou será que vocês pensam que nosso nobre Rui Barbosa ficou conhecido como “O águia de Haia” a toa?? É uma cidade moderna e sofisticada, com cerca de 500.000 habitantes e mundialmente conhecida. Além disso, estamos falando da capital oficial do país. Por fim, podemos destacar a facilidade de acesso através de transporte público, durante todo o dia e boa parte da noite também. Confira aqui o conteúdo completo: https://naviagemdeviajar.com.br/bate-e-volta-amsterdam-ate-haia/
  2. Bom galera, frequento o mochileiros há muito tempo e outro dia me toquei que nunca havia publicado um relato de viagem. Vou tentar começar um série compartilhando minhas experiencias e espero que curtam bastante!! Hoje vou mostrar um pouco de uma cidade de adorei, Haia. Na verdade Den Haag, esse é o nome da cidade e será exibindo assim na maquininha da Centraal Station em que irá comprar sua passagem de trem para conhecer esta maravilha de lugar. Portanto acorde bem cedinho e dirija-se rumo a Estação central ... A viagem dura em torno de 50 min e custa por volta de 23 euros ida e volta, na segunda classe (Nada de sentar na primeira classe hein!! pode ter que pagar uma multa se rolar uma fiscalização... Certifique-se onde esta sentando...). A primeira atração que visitei na cidade foi o um antigo palácio onde viveu a Rainha Consorte Emma, e hoje é um museu muito legal dedicado ao "Mestre do Impossível", Escher. Nunca ouviu falar em Escher? Mas talvez já tenham visto algum de seus desenho que brincam com a nossa percepção de realidade... Com os miolos retorcidos e a percepção totalmente alterada (rs), resolvi dar um rolé pela cidade e conhecer a casa em que viveu Maurício de Nassau. Aquele mesmo da Companhia das Índias Ocidentais que tentou invadir a Bahia e depois se instalou em Pernambuco. Adivinha o que aconteceu com a casa do Maurício? Virou um museu chamado Mauritshuis! Bem ao estilo Holandês... Obviamente entrei para dar uma conferida e para a minha surpresa descobri um dos quadros mais perfeito que já vi na vida: Old Woman And A Boy With Candles de Peter Paul Rubens... simplesmente o efeito de iluminação da vela na face do Sr e do garoto são perfeitos, só vendo ao vivo para crer. Claro que não posso deixar de mostrar a masterpeace do museu: A menina do Brinco de Perola de Vermeer... Também tem The Laughing Man de Rembrandt e outras maravilhas... o museus é recheado de clássicos. Para quem curte artes é um prato cheio. Vou mostrar só mais uma telinha para estimular a curiosidade de vocês: Dirck van der Lisse, A Hunting Nymph, Asleep. É demais ou não é?? Depois do almoço era o momento de fazer a digestão batendo perna pelo centro da cidade, curtindo aquele clima de uma cidade tranquila e apreciando o jeito Nórdico de vier a vida... Binnenhof, ou o parlamento Holandês, já que a sede do Governo é aqui, foi para obrigatória. Rola até um sorvetinho de pistache... Para finalizar o dia tive uma grata surpresa ao retornar a praça central da cidade. Era meio da tarde, por volta das 17:00, o sol brilhava e os bares e restaurantes estavam completamente lotado de pessoas tomando cerveja e curtindo o sol... Happy Hour em Haia plena terça-feira de um ano qualquer! Pronto, me senti em casa... E assim foi mais um dia da série "Um dia volto ai..." Espero que tenham curtido!!
×
×
  • Criar Novo...