Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Pesquisar na Comunidade

Mostrando resultados para as tags ''europa''.



Mais opções de pesquisa

  • Pesquisar por Tags

    Digite tags separadas por vírgulas
  • Pesquisar por Autor

Tipo de Conteúdo


Mochileiros.com

  • Perguntas e Respostas
    • Perguntas e Respostas
    • Destinos
  • Companhia para Viajar
    • Companhia para Viajar
  • Relatos de Viagem
  • Equipamentos
  • Trilhas e Travessias
  • Nomadismo
  • Outras Formas de Viajar
  • Outros Fóruns

Encontrar resultados em...

Encontrar resultados que...


Data de Criação

  • Início

    FIM


Data de Atualização

  • Início

    FIM


Filtrar pelo número de...

Data de Registro

  • Início

    FIM


Grupo


Sobre mim


Lugares que já visitei


Próximo Destino


Ocupação

Encontrado 66 registros

  1. Olá pessoal, Venho pedir ajuda rsrs estou com 3 dúvidas na minha primeira viagem a Europa, com a carta convite consigo sair e entrar no tratados de schengen ? Vou visitar 8 países em 26 dias Meu amigo Vai me mandar a carta de Portugal tenho que levar ela em inglês para entrar nos países? E outra em Português para Portugal ? Mesmo com a carta convite tenho que mostrar os hotéis que vou ficar ? pois vou ficar na casa dele só durante 5 dias.
  2. 📷 Texto original com fotos aqui: http://www.queroirla.com.br/ilheu-de-vila-franca-do-campo/ Na Costa Sul da Ilha de São Miguel, entre as deslumbrantes paisagens dos Açores, está o famoso e pitoresco Ilhéu de Vila Franca do Campo, um dos lugares mais incríveis de Portugal! A pequena ilha é resultado de um vulcão submarino, sua cratera inundada formou um círculo quase perfeito chamado de “Anel da Princesa”. Há uma pequena abertura para o mar, mas como fica em sua maior parte protegida, a água é calma e sem ondas (mas bem gelada!). No quiosque de venda dos bilhetes é possível alugar equipamento para praticar snorkel. Há oito anos o Ilhéu de Vila Franca é também cenário para a etapa açoriana do Red Bull Cliff Diving, campeonato de saltos para água que atrai amantes de esportes radicais! Como chegar ao Ilhéu de Vila Franca do Campo? Para chegar no Ilhéu de Vila Franca é preciso ir até a cidadezinha de Vila Franca do Campo, a mais ou menos 25 minutos de carro de Ponta Delgada. Os barcos que fazem a travessia até a ilha saem da Marina de Vila Franca do Campo a cada uma hora entre as 10:00 e as 18:00. No dia em que estivemos lá os barcos estavam saindo com mais regularidade, mas nos dias de mais afluência pode haver fila de espera. O trajeto dura menos de 10 minutos. Os regressos costumam ser 10 minutos após a hora cheia, também de hora em hora. Há vagas públicas para estacionar o carro próximo à Marina. Só é possível visitar o Ilhéu no Verão (consulte as datas exatas no site) e com o barco oficial. Outros barcos até podem se aproximar, mas as pessoas não podem desembarcar na ilha. Quanto custa e como comprar o bilhete? O valor do bilhete para viagem de ida e volta para o Ilhéu custa 8€ para não residentes nos Açores e 6€ para residentes. É possível comprar o bilhete pela internet através do site oficial, porém não para o mesmo dia. A venda online é limitada a 200 bilhetes por dia. A outra opção é comprar no próprio quiosque de vendas na Marina de Vila Franca do Campo, que abre pontualmente às 09:45 (já conte com uma pequena fila neste horário). A entrada no Ilhéu de Vila Franca é limitada a 400 pessoas por dia, por isso é melhor garantir o bilhete com antecedência. O que esperar do Ilhéu de Vila Franca? O Ilhéu de Vila Franca do Campo é classificado como Reserva Natural, então requer total cuidado e respeito dos visitantes. Como infra estrutura há um banheiro e algumas áreas pavimentadas para facilitar a circulação, porém há também muitas áreas de terreno irregular onde é preciso ter atenção. Dois salva-vidas ficam na ilha para emergências. Não há quiosques ou vendedores então leve tudo o que precisar (e um saquinho para levar o lixo de volta). Na maré baixa há uma pequena faixa de areia descoberta, mas como a maior parte da ilha é de pedra, uma toalha de praia é bastante útil! Alguns dos “habitantes da ilha” são os graciosos garajaus, uma ave marinha que parece andar mascarada e os avermelhados carangueijos-fidalgo, que podem ser vistos bem na chegada ao Ilhéu. Em relação ao clima, nos Açores em geral é sempre muito instável, então as precauções podem incluir tanto um protetor solar quanto uma capa de chuva. A temperatura em Julho é de agradável à muito quente. Ah, e aproveite a sua passagem por Vila Franca do Campo para visitar a incrível Ermida de Nossa Senhora da Paz (de onde se avista o Ilhéu) e experimentar as deliciosas Queijadas da Vila! 📷 Texto original com fotos aqui: http://www.queroirla.com.br/ilheu-de-vila-franca-do-campo/
  3. Aqui fica o meu primeiro post sobre a Sérvia, focando-se um pouco sobre a história do país e na sua capital, Belgrado. Espero que gostem https://realidadeextraordinaria.wordpress.com/2019/07/21/servia-belgrado-1-serbia-belgrade-1/ https://www.instagram.com/ruiadamasioalvites_/?hl=pt
  4. Olá, pessoal, tudo bem? Então, eu e minha namorada estamos organizando um mochilão para Europa em baixa temporada, por volta de fevereiro ou março, pensamos em um roteiro que seria Brasil para Roma, Roma para Berlim, depois Amsterdam, França e acabar com Inglaterra e de lá voltamos para o Brasil. Pretendemos passar cerca de 21 dias, passando de 3 a 5 dias em cada país. Primeiramente queremos saber se é de boa esse roteiro nesse tempo, e mais ou menos quanto iremos gastar. Gostaríamos de gastar cerca de 14 mil (Eu e ela). Além disso, queremos saber se pelo fato de ser no mês de fevereiro a março, o clima tornará nossa viagem inviável ou algo do tipo. Também seria maravilhoso se vocês pudessem dar dicas em geral para a gente porque vai ser nossa primeira viagem internacional, e qual seria a melhor forma de nos locomovermos de um país a outro.
  5. Oiii gente. Tudo bem? Gostaria da opinião de vocês. Em maio de 2020 pretendo passar uns 20/25 dias mochilando sozinha pelos seguintes países: Itália(Não irei ficar muito, passarei por lá para pegar ônibus de Roma para Eslovênia), Eslovênia, Hungria, Eslováquia, Polônia e Alemanha). Vocês acham que R$10 mil dá para tudo? Pretendo ficar em hostel barato e fazer as minhas refeições nos hostels. Irei de um país para o outro de ônibus, vi que os preços desse roteiros são em conta. O que vocês acham?
  6. Ola´, sou novata por aqui. Dentro de alguns meses me aposentarei e pretendo me dar de presente o grande sonho da minha vida: fazer uma viagem à Europa. Foram muitos anos de trabalho e dedicação à família. Agora não tenho mais coragem de fazer um verdadeiro "mochilão" pois a saúde já não está 100%] mas energia e vontade há de sobra. Gostaria que me dessem sua opinião sobre a ideia de visitar capitais do Leste Europeu e ficar em hostels para economizar nas hospedagens ( porém com o conforto de ter uma cozinha a dispoisção ) e aproveitar passeios culturais. Agradeço o suporte recebido.
  7. Eu e minha namorada estamos planejando nossa primeira viagem para Europa, 25 dias com as seguintes paradas. - 3 dias Londres - 2 dias Amsterdã - 3 dias Berlim - 5 dias Veneza, Verona e Toscana - 5 dias Barcelona - 2 dias Madrid - 2 dias Lisboa Acham viável?
  8. Olá pessoal. Mês que vem estaremos indo para 20 dias na Europa e minha dúvida é se precisa despachar mochilas de 50l / 60l. Iremoa pegar 5 voos ao todos e minha preocupação é com a Latam, já que nas demais paguei pela bagagem. Desde já agradeço.
  9. Estou querendo ir passar um tempo em Londres(6 meses), mas não estou afim de ir sozinho. Se alguém tiver pretendendo ir, entre em contato comigo pra gente trocar uma idéia. Qualquer data eu topo, pois ainda não comprei passagem nem reservei hospedagem. Eu realmente só quero ir caso encontre alguém. Telefone: 55 64 9 8408-7122 E-mail: [email protected]
  10. Olá, boa tarde, sou novo no fórum e gostaria de tirar algumas dúvidas, se possível com vocês aqui do grupo. Estou planejando uma viagem em Setembro de 2020 e planejo ficar 15 dias viajando pela Europa, no caso seria eu e mais uma pessoa do sexo feminino. Nossa rota seria Londres, Paris, Berlin e Madri, com base vossas experiências, vocês poderiam me dizer uma média de gastos? E se esse tempo é suficiente para transitarmos sem muita correria por lá. Gostaria de saber também se vocês tem alguma indicação de agência de viagens, com um preço acessível, ou se é melhor se virar sozinho (eu não tenho problemas em relação a isso). obs: já fiquei 23 dias em Londres, e não me importo em qual tipo de estadia ficar. Desde já agradeço a atenção de vocês.
  11. Olá pessoal como estão? Bem há um tempo que venho me planejando para viajar e vi diversos mochilões pela internet, até que descobri esse site e gostei como tem muitas informações. Como todos nós amamos viajar nada melhor que pagar barato e conhecer novas culturas, novos países, novas línguas, e esse é o meu objetivo, conhecer o maior numero de lugares com o meu orçamento. Gostaria de ajuda e opiniões de como eu posso usar o dinheiro que tenho no momento para viajar para EUROPA. No momento tenho a possibilidade de gastar de 6 a 7 mil reais, seria uma boa grana para viajar e conhecer lugares bacanas por lá ? Desde já agradeço e estou no aguardo de opiniões e sugestões.
  12. to Tenho apto em Santos/Brasil, frente ao mar, predio mais moderno da orla, com piscina aquecida e lazer completo, procuro troca por hospedagem de alguns dias.
  13. Olá, mochileiros! É bom estar de volta, postando e planejando uma viagem para fora novamente. Em 2016 e 2017 fiz mochilões para Europa sozinho, cujos relatos estão na minha assinatura (conheço Budapeste, Viena, Praga, Berlim, Paris e Londres). Jà em 2018 a situação mudou. No final de 2017 conheci a minha Mônica 😍... Viajamos para Gramado, Tiradentes (onde noivamos no final do ano🤩), Caldas Novas, e no início do ano fomos para a incrível Paraty. Estávamos pensando em celebrar nossa união fazendo um casamento com festa e etc. Porém, finalmente decidimos não mexer com isso. Vamos é curtir nosso relacionamento juntos, "mochilando" pela Europa. Já comprei as passagens: chegada em Amsterdam no dia 12/07/19 e saída por Paris no dia 29/07/19. Importante: ela ainda não sabe nenhum dos nossos destinos. Eu montarei o roteiro e ela só vai saber para onde iremos na hora do embarque. Absolutamente a viagem será uma surpresa do início ao fim (e ela nunca viajou para fora). Pretendo, sim, ficar uns 3 ou 4 dias em Amsterdam, assim como uns 4 dias em Paris (no final da viagem). Então aí vem uma dúvida: o que sugerem de cidades e passeios para fazer um roteiro "redondo"? Pensei em sair de Amsterdam, ficar umas 2 noites em Bruxelas (conhecendo essas redondezas). À princípio pensei em fazer: Amsterdam > Bruxelas > Londres > Paris. Eu sei que Londres é fantástico! Aliás, se hoje me perguntarem "qual cidade vc gostaria de visitar agora", prontamente responderia Londres. Foi a cidade que mais curti na vida!!! Mas gostaria muuuito de visitar Lauterbrunnen na Suíça, bem como Chamonix na França. Acho que são destinos com cara "romântica", embora estejam relativamente longe. E eu não gosto de fazer maratona de cidades. Gosto de realmente aproveitar e sentir o clima da cidade. Para tal, pensei em pegar um voo de Amsterdam (ou Bruxelas) para Zurique, e dali arrumar um jeito de ir a Lauterbrunnen. Depois pensei em ir para Chamonix e finalizar em Paris. E então, o que acham? Vale a pena esses translados até Lauterbrunnen? Ou deveria deixá-la para outra oportunidade (assim como Chamonix)? Sugerem algum outro destino bacana para um casal em lua de mel? 😀 Ahhh, e é claro. Farei um novo relato assim que voltarmos. 😉
  14. Alguem aqui programando Intercambio em Dublin nesse ano ou no ano que vem??? VAmos conversar?
  15. Pessoal, Alguem interessado em ir no St. Patricks em Dublin em 2020? Os preços das passagens pela TAP estão bem interessantes media menor que 2k ida e volta. Estou indo sozinho partindo de BH, caso alguem tenha interesse entre em contato. Atc, Carlos Lima
  16. Eai galera Em julho 2019 irei fazer um intercâmbio de 1 mês em Malta,logo após o intercâmbio irei fazer um mochilao de 12 dias para Roma > Viena Escolhi só 2 países pra ter bastante tempo e não ficar muito corrido,é minha primeira viagem internacional tô bem preocupado RS,meu roteiro inicial ficou assim: Dia 01. Malta>Roma Dia 02 Roma Dia 03 Roma Dia 04 Roma Dia 05 Roma Dia 06 Roma>Viena Dia 07 Viena Dia 08 Viena Dia 09 Viena Dia 10 Viena Dia 11 Viena>Malta Dia 12 Malta>Brasil Estou bem desorientado em relação a quantos euros levar,dei uma pesquisada e durante esses dias vou gastar uns 650 euros incluindo (passagens de avião de malta>Roma>Viena>malta), alimentação,passeios e hospedagens. Gostaria de saber se está bom meu roteiro e a quantidade de euro que irei levar... Obrigado 😁
  17. Entre Setembro e Outubro de 2018 viajei para a Turquia, Balcãs e Europa Central. Meu roteiro foi esse: Goreme - Istambul - Bucareste - Sófia - Belgrado - Budapeste - Varsóvia - Cracóvia - Praga. Farei o relato de toda viagem, mas em partes. Neste falarei de GOREME/CAPADÓCIA. LEGENDA USD - Dólar Americano EUR - Euro BRL - Real Brasileiro TRY - Lira Turca Goreme é uma linda e simpática cidade localizada na região da Capadócia, Turquia. Muito viajantes usam essa cidade como ponto de apoio para realizar seus passeios na região. A cidade possui uma boa infra estrutura: vasta rede de hotéis e pousadas, restaurantes, bares, casas de câmbio e agências de turismo. Contratei a empresa Happy Capadócia que fez tudo pra mim: dos transfers, passeios às pernoites num Cave Hotel. A Roseli (brasileira que vive lá há 5 anos) foi quem me atendeu e ela foi super legal e atenciosa. Quem for pra lá, recomendo entrar em contato com eles e pedir um orçamento. Fechei tudo por 320EUR 1º Dia de Viagem: SP -> Istanbul -> Goreme (7 a 8 de Setembro de 2018) Meu vôo saiu de SP e fiz uma escala em Roma antes de chegar no aeroporto de Ataturk, em Istanbul. Goreme fica à 750km de Istanbul. Até dá pra ir de ônibus, mas é melhor pegar um vôo até a cidade de Kayseri, que fica à 70km de Goreme. Eu paguei 694TRY nos vôos de ida e volta (Ataturk - Kayseri) pela Turkish Airways. Fui chegar em Kayseri às 23h do dia 8 de Setembro. Havia uma van me esperando que também levou outros passageiros Me deixaram no Eliseé Cave Hotel era mais de 1h da manhã. Tomei banho e dormi. 2º dia de viagem: Goreme (9 de Setembro de 2018) Acordei às 4h45 da manhã e às 5h10 a van da agência Urgup já estava na porta do meu hotel para fazer o passeio de balão. Nos levaram até um lugar que os grupos que iam em cada balão e nos serviram um café da manhã café, chá, fatias de bolo pronto e pão. Simples mas muito gostoso. Deixamos a agência às 5h45 e fomos até o local da decolagem dos balões. Decolamos às 6h éramos em 17 pessoas: 16 passageiros e o piloto. Foi sem dúvida um dos passeios mais incríveis que eu já fiz em toda a minha vida. É impressionante ver toda aquela quantidade de balões decolando ao mesmo tempo, subindo devagar de forma organizada. A vista fica ainda mais linda quando o sol nasce e ilumina as montanhas e os outros balões que nos acompanhavam. Depois de 1h10 aterrizamos e nos serviram um champagne pra brindar o final do passeio. PASSEIO DE BALÃO Por volta das 8h me deixaram de volta em meu hotel. Fui tomar um café da manhã mais “reforçado”: queijos, salsicha, um tipo de “mortadela” que eu não sei o nome mas é muito boa, ovos, pães, coalhada… Tb tinha cereais, frutas e até salada de pepino e tomate. Tomei tb um café com creme e suco de laranja. Por volta das 9h30 passaram pra me levar ao GREEN TOUR. Éramos em umas 10 pessoas em uma van. Fizemos a primeira parada num mirante com um vale e várias lojas de artesanato local. Por volta das 10h30 seguimos para a CIDADE SUBTERRÂNEA. MIRANTE DO VALE A Cidade Subterrânea foi encontrada por acidente pelos fazendeiros da região nos anos 60. Ela tem vários túneis, salas, quartos e até estábulos debaixo da terra e 10% está aberto ao público. Descemos por mais de 100 degraus e 40 metros. Havia lugares que mal passava uma pessoa. CIDADE SUBTERRÂNEA ***Dica: se vc tem claustrofobia ou qualquer tipo de incômodo de lugares fechados NÃO FAÇA esse passeio. Também não aconselho pessoas que têm qualquer tipo de dificuldade ao se movimentar a fazer uma vez que há muitas escadas.😵 Deixamos a Cidade Subterrânea e passamos pelo MONASTÉRIO, que são salas construídas em uma montanha. Na verdade a gente não ia passar lá, mas um italiano do nosso grupo disse que no programa do passeio mencionava esse monastério. Então a nossa guia resolveu nos levar lá. Mas pelo jeito ela não sabia muito sobre o lugar pq não houve explicação alguma… Depois caminhamos por uns 15 minutos numa trilha. Passamos por pontes, riachos e um pouco de mata. Ao final da trilha estava nosso restaurante. O almoço (que já estava pago) foi: sopa de lentilha, salada e prato principal (almôndega, frango ou peixe). As bebidas não estavam inclusas e eu paguei 6TRY numa coca-cola. Depois do almoço passamos por um lago e pelo mirante do PIGEON VALLEY. Depois o tour nos levou a uma loja de doces e artesanatos locais. Houve uma degustação dos doces mas eu não gostei muito (não sou muito fã de doces). Por fim passamos numa joalheria que faz o beneficiamento da pedra ONYX. Além da pedra onyx, havia também jóias de pedra turquesa. Mas era tudo muito caro. Voltei ao meu hotel as 17h30 e descansei até as 20h, quando fui encontrar com a Roseli (da agência Happy Capadócia) e uma amiga dela inglesa que era professora lá. Fomos ao restaurante FAT BOY onde comemos porções de batata, nachos e bebemos a cerveja turca EFES. Fomos muito bem atendidos pelo Nuri, simpatico garçom do restaurante. Fiquei lá até 1h quando voltei para dormir. Distância caminhada no dia: 5km 🚶‍♂️ 3º dia de viagem: Goreme (10 de Setembro de 2018) Acordei as 8h30 e fui tomar café. Às 9h20 vieram me buscar para o RED TOUR. Primeiro passamos no OPEN AIR MUSEUM que é um conjunto de cavernas onde pessoas moravam. Estimam que cerca de 300 pessoas viviam naquele lugar. Esse cálculo foi feito pelos lugares nas mesas de jantar. Há também igrejas e capelas, todas elas com referências à Jesus e seus apóstolos. Uma dessas igrejas, a DARK CHURCH, tem que pagar 10TRY para entrar. OPEN AIR MUSEUM De lá nos levaram a uma loja de cerâmica onde nos mostraram o processo de fazer os potes, vasos, etc. Deixamos a loja e fomos a um restaurante almoçar, que também já estava incluso no tour. O restaurante era bem melhor que o anterior e era buffet: havia muitas opções de pratos quentes, saladas e doces. Paguei a bebida à parte: 7TRY a pepsi lata. Do lado de fora do restaurante tomamos um chá turco (2,50TRY). Seguimos para o IMAGINATION VALLEY que tem esse vale pq vc precisa usar a sua imaginação para ver alguns formatos nas formações rochosas. Tem “camelo”, “chapéu do Napoleão”, etc… IMAGINATION VALLEY Depois fomos ao FAIRY CHIMNEY que são formações rochosas tão peculiares que os antigos achavam que foram feitas por fadas. FAIRY CHIMNEY ***DICA: Não esqueça de passar protetor solar! Esses passeios são todos ao ar livre e o sol lá é muito forte!🌞 Por fim passamos no CASTLE que são mais moradias esculpidas nas montanhas e seu formato lembra um castelo. Voltamos as 15h45 pra Goreme. Me deixaram no centro da cidade e passei num mercado pra comprar uma cerveja EFES (lata 500ml) por 9TRY.🍻 Voltei ao meu hotel e descansei até as 17h30, quando passaram pra me levar ao ATV TOUR, ou “passeio de quadriciclo”. Nos levaram até a saída da cidade, onde estavam os quadriciclos. ATV - ALL TERRAIN VEHICLE Haviam vários grupos, cada um com seu guia. Alguns tinham 10 ou 15 pessoas. Mas no meu só tinha eu e um casal de italianos. Cheguei a pegar 60km/h e fomos seguindo um guia que pilotava uma moto tradicional. Primeiro paramos no SWORD VALLEY, que leva esse nome pq lá os soldados treinavam lutas com espadas. Depois seguimos para o ROSE VALLEY onde havia um belo mirante e uma loja de comida, bebida e artesanatos. ROSE VALLEY Por fim fomos até outro mirante onde haviam muitos turistas, todos se “acotovelando” para ver o pôr do sol. Por volta das 19h seguimos de volta à cidade. Chegando lá passei novamente no mercado e comprei 2 cervejas: 1 Bomonti (7TRY) e 1 Efes Malte (8TRY). Cheguei ao meu quarto, tomei as cervejas e comi um salgadinho que tinha comprado no aeroporto. Descansei até umas 21h e fui para o bar ONE WAY. Lá encontrei novamente a Roseli e tomei 3 cervejas TOUBORG (22TRY cada). A Zoey (inglesa amiga da Roseli) chegou mais tarde e vimos na TV a seleção de futebol da Turquia vencer a Suécia por 3x2 de virada. Fechamos o bar as 1h e no caminho de volta ao hotel passei novamente no mercado pra comprar as “últimas” da noite: 1 EFES EXTRA e 1 EFES FIÇI (10TRY cada). Tomei as 2 cervejas e fui dormir as 2h. Distância caminhada no dia: 7,5km 🚶‍♂️ 4º dia de viagem: Goreme -> Kayseri -> Istanbul (11 de Setembro de 2018) Acordei com batidas na porta do quarto. Tinha esquecido de colocar meu relógio pra despertar e era o pessoal do transfer que ia me levar ao aeroporto! Era 9h e meu vôo saía as 11h30. Arrumei minhas coisas VOANDO e em 5min já estava dentro da VAN. Gostei muito do Eliseé Cave Hotel. Fica a menos de 10min caminhando do centro da cidade. Os quartos estavam bem limpos e o staff era muito simpático. Altamente recomendado! Já na estrada, no caminho para o aeroporto, o motorista foi informado que 2 passageiros ficaram para trás. Paramos no acostamento e depois de uns 10 minutos alguém apareceu trazendo eles. Chegamos ao aeroporto as 10h35 e fiz o check-in. Às 11h30 estava decolando e 13h30 estava chegando em Istambul. FIM DA CAPADÓCIA. Próximo relato: Istanbul
  18. Na primeira semana de julho (01.07.2019) farei o caminho portugues (partindo do Porto) até Santigo de Compostela. Gostaria de pedir dicas, informações, quais albergues vocês indicam.. Também procuro companhia para o percurso.
  19. Oi gente, vou sair para o meu primeiro mochilão e preciso da ajuda de vocês. Eu não tenho data pra voltar para o Brasil, pois quero viajar lentamente e conhecer o máximo de lugares possíveis. Quero começar pela Europa e meu primeiro destino será Portugal. Qual a melhor estratégia pra comprar a passagem sem me dar mal com a imigração ? Eu devo comprar a passagem de ida e a de volta pro Brasil, perco a passagem de volta e lá de Portugal eu compro outra passagem pra outro país? Quantos dias eu devo considerar de intervalo dessas passagens para ser factível na imigração? Ou eu compro só a passagem de ida pra Portugal e já compro uma passagem pra algum outro país (mas não sei quanto tempo vou ficar em Portugal) Ou há outra estratégia melhor pra ir para Europa? Pode parecer loucura, mas a ideia é viajar deixando o roteiro meio aberto. A viagem vai ser final de abril ou começo de maio dependendo dos valores das passagens.
  20. Olá pessoal, agora em Março de 2019 iniciei minha primeira viagem para fora do Brasil, especificamente para a Europa. Ainda estou me acostumando ao frio por aqui, bolandando diversos artigos e já tenho muita coisa pra contar, se quiserem saber como foi minha chegada, desde a imigração acessem www.cidadaodoworld.com tenho certeza que vão amar.
  21. Oi pessoal!!! Acabo de voltar da Turquia. Eu tive uma escala por lá e acabei decidindo fazer um stopover e ficar uma semana. Como já conhecia Istambul, eu fui pra Capadócia dessa vez. Apesar de ter ido no inverno (fevereiro-2019) e estar extremamente frio, eu gostei muito do lugar. Como estava menos lotado de turistas, tive uma experiência super agradável por lá e vi até neve! Eu estava na dúvida se valia a pena fazer o voo de balão por ser inverno, já que essa é uma atividade bem carinha. Como não acho que irei pra lá novamente, acabei me arriscando e não me arrependi. Foi sensacional mesmo assim, as paisagens são incríveis e pude ver os picos nevados das montanhas. Estava nublado mas mesmo assim, as paisagens estavam lindas. Eu até escrevi um post no meu blog listando todas as vantagens e desvantagens de se voar de balão no inverno (já aviso que é bem mais barato rs). Se alguém tiver interesse em ler para mais informações: https://www.mochilaoadois.com.br/balao-capadocia/
  22. Boa noite pessoal, Pretendo fazer uma viagem para a Europa, mas estou com dúvida no roteiro, ao total da viagem, desde a saída até a volta ao Brasil irão ser 15 dias, estou querendo conhecer Madri, Barcelona e Paris, dedicando 3 dias inteiros para elas, sem contar os deslocamentos. Vendo posts aqui no blog mesmo, me surgiu a dúvida se é viável ou são poucos dias para cada cidade, será minha primeira vez a Europa e estou cheio de dúvidas, segue roteiro: Dia 01 - SP > Madri Dia 02 - Chegada em Madri Dia 03 - Madri Dia 04 - Madri Dia 05 - Madri Dia 06 - Madri > Barcelona Dia 07 - Barcelona Dia 08 - Barcelona Dia 09 - Barcelona Dia 10 - Barcelona > Paris Dia 11 - Paris Dia 12 - Paris Dia 13 - Paris Dia 14 - Paris > SP Agradeço a ajuda, obrigado! **Ainda não sei as datas de viagem, estou cotando para setembro/2019.
  23. Galera, sou novo aqui no fórum e minha dúvida é a seguinte. Irei viajar para a Europa em Junho, irei ficar do dia 31/05 até 13/06, irei para Madri, Barcelona e Paris. Eu estou pensando em levar 1500 euros para esses dias, isso não inclui as passagens, hospedagens nem transporte entre as 3 cidades. Mas em Madri gostaria de comprar alguns eletrônicos (xiaomi), de acordo com o site deles eu gastaria 410 euros sobrando 1090 euros para os 14 dias, uma média de 70 euros por dia, será que isso é suficiente?
  24. RViana10

    Primeiro mochilão

    Fala, galera! Tudo bom? Me chamo Rafael e estava em busca do máximo de informações possíveis sobre mochilão na Europa. Li diversos tópicos aqui e vi que o custo varia muito de pessoa para pessoa, do tempo que vai ficar por lá, onde vai ficar, onde vai comer, etc... Estou planejando esse mochilão para março de 2020 com um amigo, já fiz alguns roteirinhos e gostaria de saber a opinião de vocês. Temos um orçamento entre 6.000~7.000 reais cada, para utilizarmos em toda a viagem com propósitos turísticos mesmo (e quem sabe umas comprinhas/lembrancinhas), incluindo passagens ida e volta. Seria suficiente? Pretendemos ficar no mínimo 15 dias e no máximo 25 dias. Obs.: Não seria necessariamente nessa ordem, estamos pesquisando onde encontramos a passagem mais barata para montarmos o roteiro certinho! Opção 1 - 15 dias Itália - Roma (Vaticano)/Florença/Milão - 6 dias Alemanha - Munique/Berlim/Colônia - 5 dias Holanda - Amsterdã - 4 dias Opção 2 - 20 dias Itália - Roma (Vaticano)/Florença/Milão - 8 dias Alemanha - Munique/Berlim/Colônia - 7 dias Holanda - Amsterdã - 5 dias Opção 3 - 25 dias Itália - Roma (Vaticano)/Florença/Milão - 9 dias Alemanha - Munique/Berlim/Colônia - 9 dias Holanda - Amsterdã - 7 dias A estadia em todos os lugares seriam em hostels, um lugarzinho só pra dormir mesmo. Sobre comida estávamos pensando ir em alguns lugares para provar comidas típicas, mas bem de vez em quando, sempre priorizando algo mais em conta, fazendo nossa própria comida, etc... Sobre transporte estávamos pensando em utilizar mais ônibus e trem, e logicamente a boa e velha caminhada hahahaha Gostaríamos de conhecer outros países, mas com nosso orçamento no momento fica meio difícil. Gostaria de saber o que acham, o que eu poderia mudar, retirar, acrescentar, se além desses R$7.000 eu ainda precisaria levar mais dinheiro, essas coisas. Desculpe por não dar mais informações, é a primeira vez que planejo uma viagem deste porte e estou um pouco perdido, pensei até em ir ver alguns pacotes em agências de turismo, mas acredito que quando planejamos podemos enxugar alguns custos que as agências não conseguem. Desde já, agradeço de coração toda e qualquer ajuda!
  25. olá mochileiros, Acabei de comprar uma promo (GRU - FRANKFURT - GRU) no período do reveillon, chegada dia 27 de Dezembro e retorno 16/01/2019. Serão 20 dias de viagem. Será minha primeira vez na Europa, e realmente estou um pouco perdida, ando lendo relatos aqui no Mochileiros para ver se clareia um pouco a minha mente na hora do planejamento low cost da viagem. Estou indo em casal. Foco da viagem: queremos muito conhecer Kiev e fazer o tour Chernobyl (pesquisamos e terá tour , com a empresa responsável, disponível nessa época )Amsterdã (3 dias), Bruxelas (1 dia), Berlim (1 a dois dias), Dubrovinik e Split. minhas duvidas: 1- eu sei que incluir Kiev é totalmente contra-mão da viagem, mas andamos pesquisando e há passagens no app do jetcost das empresas aéreas bem baratas, ( voo de media 2h), então acreditamos que para realizar isso, temos que deixar disponível +- 3 dias ( cogitamos e vimos no site, chegar em frankfurt [chegaremos 12h] e ir direto para kiev pela noite , chegando lá por volta das 22h , e considerando o desembarque, alfandega, chegada ao hostel etc, enfim chegaríamos por volta da madrugada, no dia seguinte teriamos o dia para conhecer kiev, e no segundo dia para conhecer chernobyl, e iriamos para outra cidade no dia seguinte.) 2- cogitamos sair de KIEV - BERLIM - AMSTERDÃ - BRUXELAS - CROACIA - FRANKFURT. Vocês acham que está muito inviável esse roteiro ? cansativo ? caro ? 3- Onde vocês sugerem passar o reveillon? 🍺 Obrigada pela ajuda !
×
×
  • Criar Novo...