Ir para conteúdo
Mochileiros.com
Kathleen

Como viajar sem saber falar nenhuma língua estrangeira?

Posts Recomendados

Kathleen    0

Bom dia!!

 

A partir de Janeiro, estou querendo fazer a minha primeira viagem como mochileira, para Buenos Aires. Mais eu não sei falar Espanhol e arranho um pouquinho do Inglês (bem pouco mesmo!!).

Queria que vocês compartilhassem esperiências, de quem também viajou para fora e não tem muita noção de outras linguas!!!

 

Obrigada!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
robram    0

Minha primeira experiencia com a lingua espanhola foi em 2008, quando fui ate San Pedro de Atacama de carro com a familia, eu nao conhecia nenhuma palavra ou termo do idioma espanhol.

Viajei por 20 dias, rodei 13 mil km, por Argentina, Chile e Uruguai, e me sai muito bem, aprendi muito.

Quando chegava em um lugar um hotel por exemplo, prestava atencao no q os outros clientes estavam pedindo e tentava usar no meu contexto, quase sempre deu certo.

O grande problema é qdo vc esta em um lugar com muita gente, com fila e tal, dai geralmente o interlocutor nao tem muita paciencia.

Claro q hoje faria diferente, tentaria levar frases prontas, conhecer o basico, mas na epoca a viagem foi definida em uma semana.

 

Desde aquela epoca faco curso de espanhol com minha vizinha q é Argentina, e toda vez q vou a uma regiao daqui da America do Sul, aprendo algo novo, ha muita diferenca nos sotaques entre diferentes povos hispano-hablantes.

 

Boa viagem,

 

Robson

 

ps: Em Buenos Aires, El Calafate e Bariloche, muita gente fala ou compreende bem o portugues.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
lowpower    0

Cara, na Belgica tinha um coreano no meu quarto que só falava coreano.

Ele me foi me mostrando no mapa os lugares que já havia passado ou que iria passar.

Conversamos mais por mimica do que por palavras, mais conseguimos nos comunicar.

 

Pode ser dificil, mais não impossivel. :)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

É possível sim! E melhor ainda, se esforçando um pouquinho você vai até aprender outras líguas viajando!

 

Eu nunca estudei espanhol, o pouco que sei aprendi viajando. Começei falando o bom e vellho portunhol, e de depois de 3 viagens pela América Latina já considero que falo um espanhol básico.

 

O inglês ajuda muito para se comunicar com outros viajantes, mas dependendo do local ele é até de pouca serventia. Eu acho legal sempre tentar usar a língua local, vai facilitar sua vida, além de aprender um pouquinho e ganhar a simpatia dos habitantes locais. Nada que um bom livrinho de línguas para viagens não resolva.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Minha primeira viagem foi em 2008 para o Peru, foi pedreira mais consegui me virà com meu portunhol, esses dias no Hostel Florida em BA fiquei conversando com um grupo de senhores da Venezuela e para minha surpresa elogiaram o meu espanhol ::lol4::::lol4::::lol4::::lol4:: e vc vai para BA o q mais vai ver è Brasileiro ::lol4::::lol4::::lol4::::lol4::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Doug_Ju    0

Leve um bloco de notas e uma caneta. Se vc sabe desenhar o básico pelo menos, já ajuda bastante. Ou já leve uns desenhos impressos baixados da internet.

 

Por exemplo, na Tailândia o recepcionista dizia que a roupa que mandamos para a lavanderia ficaria pronta as 10, mas nosso check-out era as 8. o ingles dele era bem fraquinho, ele não sabia os numeros. Falamos que era impossível pq sairíamos antes das 10 e ele não entendia.

Depois de meia hora tentando combinar o horário de pegar a roupa que o hotel levou para a lavanderia, simplesmente desenhamos um relógio com 10 horas e apontamos para ele. Depois desenhamos outro relógio com 8 horas e apontamos para nós e fizemos gestos do tipo "vamos embora". Pronto, problema resolvido...

 

O mesmo vale pra outras coisas. Desenhe uma cama, um carro, um prato, um computador e faça mímicas. Se vcs não se entenderem, pelo menos a diversão está garantida...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
untamed    0

Eu acho que em Buenos Aires você não terá problemas. Além da relativa semelhança entre os idiomas (fale devagar, eles deverão entender pelo menos o básico), o número de turistas brasileiros na cidade vai facilitar muito, já que os argentinos estão bastante acostumados com o português.

 

Vá, não se preocupe, e aproveite muito!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Doug_Ju    0

Sim, em Buenos Aires não há problemas mesmo. A pergunta é específica de Buenos Aires, mas acabei respondendo em geral mesmo, pensando em outros destinos com idiomas bem diferentes.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Ram_Alen    0

Você não precisa necessariamente saber falar o idioma do país que vai visitar, mas acho que ao menos o mínimo necessário( por uma questão de educação até), deve-se saber, como palavras de saudação e ou cumprimento. Afinal, um ''bom dia'' e um ''obrigado'' são bem recebidos em qualquer país.

No mais, um bom dicionário para viagens de bolso é de muita serventia, pois além de você ter uma fonte para uma rápida consulta sempre em mãos, você ainda pode mostrar a frase específica para a pessoa nativa, em caso de um trava lingua daqueles :lol:

 

Outra dica é o livemocha.com. Um ótimo site gratuito para aprendizado auto-didata de vários idiomas.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
danielpiaui    0

Passei 34 dias na europa em julho sem nunca ter estudado inglês ou espanhol, sem exageros, não sabia criar uma simples frase do tipo "eu quero agua", "eu quero comida", eu sabia apenas uns 50 substantivos e verbos, mas sou muito desenrolado e nao me intimidei, procurei fazer amizades, paguei muito mico e me diverti muito com isso, foi bem tranquilo apesar de isso algumas vezes te deixar isolado pois vc nao pode aprofundar num relacionamento, conhecer alguem melhor ou algo do tipo...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
leandroedom    0

Definitivamente você não precisa falar a língua do país para o qual vai viajar, especialmente em se tratando de Argentina. Todo mundo se entende bem no português/espanhol latino. Recentemente fui pra França e encontramos um casal de brasileiros já com certa idade se virando lá só no português! Se na França dá, imagina na Argentina... A única coisa em que você perde um pouco é no menu dos restaurantes.. Algumas coisas específicas você não entende. Mas, normalmente, os garçons sabem o equivalente em português, é só perguntar.

 

Sobre essa coisa de falar a língua estrangeira, aprender e tal, tem um post engraçado no meu blog, que fiz recentemente.. Recomendo um tempinho para diversão.. ehhehe.. http://www.turismoadois.com/je-ne-parle-pas-francais

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Oi pessoal!

 

Eu estou planejando passar o Carnaval no Perú, mais propriamente em Lima, gostaria muito de ir pra Machu Picchu, mas soube que em março é época de chuva. Falo inglês intermediário e nada de espanhol, sei que existem gírias e algumas palavras que para nós o significado é diferente.

Alguém teria alguma dica para me dar?

 

Obrigada

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
danielrmt    0

Eu não tenho fluência nem em inglês nem em espanhol e consegui me virar bem no Peru. A única coisa q eu achei difícil é entender o inglês britânico.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
lucas-rs    0

Pessoal, acredito que não precisam ter o idioma local fluente, não é um impeditivo para viajar, mas o que custa comprar um pequeno guia de inglês, espanhol, italiano ou algum outro idioma? muitos guias básicos de viagem possuem cds e a forma correta da pronuncia, então eu acho totalmente valido investir nisto. Para mim os principais motivos são:

 

- As pessoas em qualquer pais, preferem que você fale o idioma deles, serão mais receptivos, notarão que você valoriza e respeita a cultura deles;

 

- Obrigado, por favor, desculpa, com licença, bom dia, boa noite, as "palavras magicas" são importantes saber, por educação ao menos;

 

- Evitar comprar gato por lebre;

 

- Entender melhor o que te oferecem, ir viajar e só comer pão com queijo, porque não sabe pedir outra coisas ou pior, ser alérgico a algo e acabar comendo por não saber o que pediu;

 

- Geralmente mochileiros vão viajar e querem imergir na cultura local, conhecer lugares diferentes, pratos diferentes, coisas que somente em contato com nativos vão ter acesso, então POXA, tu quer conhecer a fundo a cultura local, mas não sabe falar "oi", "como chego la" no idioma local?? :shock:

 

Acho que é isto, a dica é aprendam o básico, 2 semanas estudando, não matam ninguém e podem transformar sua viagem em uma experiencia totalmente diferente!! ::otemo::

 

:D

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sou a favor de que saber o básico ajuda, mas não saber não impossibilita. Na última viagem conheci um casal beirando a terceira idade que já tinha rodado o mundo falando apenas português. Era engraçado, eles chegavam em qualquer lugar e iam falando português... lojas, restaurantes, ninguém entendia nada do que eles diziam, hahauaha... na imigração da Suiça eu ouvi eles dizendo pro agente "TURISMO, FÉRIAS" e bom... eles passaram, seja lá o que o agente perguntou pra eles, eles não responderam. E eu me divertia horrores vendo eles negociando preços com os locais, cada um no seu idioma!!! hahauaha

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
ncgd    0

Ter um pouco de noção do idioma ajuda porque quando o interlocutor fala devagar, fala pausadamente, acaba sendo mais fácil pra gente entender, e até mesmo aprender mais da língua, dependendo da duração da viagem... Em especial no caso dos idiomas latinos, que devido à similaridade com o português, nosso ouvido acaba acostumando com o tempo...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
psemple    0

Para os países latinos dá para se virar bem mesmo. Mas para outros países é mais difícil se virar sem saber um pouco de inglês. Uma coisa que ajuda é ter um celular com GPS e comprar um chip local, vc não precisa pedir quase informação alguma para ninguém. O que é mais complicado é transporte público conseguir sem se comunicar direito, especialmente ônibus, metrô normalmente é tranquilo, se vc erra dá para voltar. Mesmo em restaurante vc pode ir traduzindo com a ajuda do celular.

 

O mais difícil mesmo é se virar sem saber inglês se estiver em países com alfabeto diferente, tipo China, até para descobrir onde você está é complicado.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
juliad    0

dá pra se virar super na argentina. o que mais tem por lá são brasileiros...você sempre tromba com algum garçom que arranha o português.

pessoalmente, tenho pavor de portunhol e tento falar em espanhol mesmo. acho que é uma questão de respeito com as pessoas. não basta cantar uma palavra e achar que tá arrasando.

muitas palavras são diferentes e o sentido muda bem. e o espanhol tem muitas nuances. na argentina o pessoal fala mega rápido com um sotaque diferente. no chile, o povo carrega trocentas girias ou palavras que só existem lá e isso complica. no méxico eles cantam super, fica dificil entender. no peru eu achei muito pausado, super simples. no sul da espanha nego fala tão rápido e enrolado que cê não entende nada!

 

enfim, como disseram, acho válido saber palavras básicas e carregar sempre um dicionário - principalmente pra ler os cardápios. viajar é uma imersão na cultura, e o idioma faz parte =)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
jls_junior    0

quando comecei a pensar em viajar pra fora do país há pouco menos de 5 anos tremi as pernas sobre como seria ir pra uma terra distante sem saber falar uma lingua estrangeira e tal... a primeira coisa que fiz foi estudar e aprender alguns idiomas (alguns só o básico outros me apaixonei e aprendi de verdade...hehehe). Foi legal pro meu crescimento pessoal e pra minha auto-estima aprender outros idiomas e realmente me ajudou muito nas minhas viagens, mas posso afirmar pra vc que mais importante do que aprender o idioma local pra viajar (especialmente pra Europa que é onde eu tenho um pouquinho de conhecimento) é ser simpático, estar de bem com a vida e com as novas experiencias que podem surgir, estar feliz, sorrir mesmo com saudades de casa, tentar se comunicar (mesmo que seja com um russo, tcheco...risos...pois nada vale mais que a linguagem dos sinais e um pouco de "cara dura")... Morri de medo quando fui pra Praga pois todo mundo comentava que quase ninguem fala inglês por lá e eu n falo nadinha de tcheco e nem nada de linguas slavas... eu n tive nenhum problema... o sorriso, a boa vontade a mente aberta pra novas experiencias foi o suficiente pra que eu comesse em restaurantes deliciosos, alugasse um ótimo quarto de hotel e encontrasse todos os pontos turisticos possiveis em praga....it was amazing!!! qualquer ajuda entra em contato que passo um pouco mais de minhas poucas experiências...um abraço

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Oi Amiga fui de buenos aires,ate ushuaia depois el calafate e voltei para buenos aires antes de retornar ao rio.e vou ser sincera eu nao falo nada eles entendem bem o que tu fala e na duvida compre aqueles livrinhos de viagem que no perrengue vai te salvar. ::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora


×