Ir para conteúdo
milamguerra

Acampando em Tiradentes, MG

Posts Recomendados

Olá amigos,

 

Como encontrei pouquíssima coisa aqui sobre Tiradentes, resolvi fazer um relato da minha curta visita à cidade.

 

Eu já havia visitado Tiradentes antes cerca de 7 anos atrás. A cidade está bastante igual, nenhuma mudança significativa desde que fui.

 

Muito artesanato, muita gastronomia bacana, muita natureza. Preço? Bem... nada muito barato, mas compensa. A cidade é pequena, romântica e muito bonitinha. As construções antigas estão muito bem mantidas e rendem excelentes fotos.

 

Sexta feira 22/06/2012

 

Chegamos na hora do almoço e encontramos na pracinha (Largos das Forras) um restaurante que servia prato executivo a R$ 15,80. Filé de frango, farofa, arroz, feijão manteiga, batata frita, alface e tomate. Comida simples mas foi a mais barata que encontramos.

 

Fomos então para o Camping Tiradentes. Como fomos num fim de semana comum, sem eventos férias ou feriado, não fizemos reserva nem depósito antecipado. O pagamento é feito na hora que fazemos o check-in no camping. R$15,00 a diária por pessoa. Eles não aceitam cartão de crédito.

20120714140638.jpg

 

Terminamos de montar a barraca e voltamos para a cidade. Fomos na secretaria de turismo (na pracinha) pedir informações sobre agências pois queríamos fazer a trilha do carteiro. Lá na secretaria você pode pegar mapas e vários panfletos de restaurantes, lojas, serviços, etc. Contratamos com a agência Uai Trip a trilha do carteiro para o dia seguinte e fomos rodar a cidade aproveitando o restante da tarde. O tempo não estava ajudando muito, havia muitas nuvens e o tempo estava estranho, mas mesmo assim conseguimos algumas fotos.

20120714120152.jpg

 

O ambiente histórico dá o charme à cidade. São MUITAS igrejas. Para quem gosta delas, dá pra passar um dia inteiro só visitando as variadas igrejas da cidade. Todas elas cobram entrada. Como eu já havia feito isso anos atrás, dessa vez não entramos em nenhuma. Mas, quem nunca foi, vale a visita. Elas têm muito ouro em seu interior. Não é permitido tirar fotos (por causa do flash), mas, você pode tentar filmá-las por dentro.

 

A ladeira da Igreja Matriz de Santo Antônio serviu de cenário para o filme "Chico Xavier", e tem um charme especial:

20120714120730.jpg

 

Já à noite, depois de subir e descer ladeiras e tirar muitas fotos, estávamos famintos. Escolhemos um dos vários restaurantes do Largo das Forras e pedimos uma picanha na chapa com palmito no Mandalum Restaurante. R$ 70,00 bem servida para 2 pessoas. Também fazem uma caipirinha muito boa.

 

Jantamos e voltamos para o acampamento.

 

Sábado 23/06/2012

 

Acordamos cedo e ficamos frustrados com o tempo ruim. Ruço, frio e havia chovido. Quase desistimos da trilha, mas a agência nos disse que naquela época do ano em Tiradentes é comum o tempo amanhecer ruim e ir melhorando ao longo do dia. Reanimamos, engolimos um pão seco às pressas e fomos nos encontrar com o guia Vinícius na porta da agência. De lá partimos em grupo para a trilha, que é muito bonita.

Passamos pela Calçada dos Escravos, construida por eles no período das explorações do ouro, quando se buscava vias de escoamento para facilitar o transporte de alimentos e outros produtos. Impressiona.

 

Em seguida chegamos no mirante, de onde vemos ao longe a cidade de Tiradentes:

20120714135522.jpg

 

A trilha passa por trechos muito interessantes. Passa também pelo túmulo do carteiro, lenda que deu origem ao nome da trilha. No túmulo jogamos uma pedra e fazemos um pedido.

 

Após a trilha o guia nos levou para almoçar no restaurante da Mercês. Pedimos o tradicional frango com quiabo. Caro e ruim. Aliás, tudo estava bom, menos o frango. Atendimento ruim, quase tivemos que agarrar os atendentes pelo pescoço para pedir alguma coisa. Não recomendo.

 

Depois do almoço fomos para o camping. Banho, chazinho para esquentar e fomos de volta para a cidade. Tomamos caldo com vinho no San Felice. Caro, mas bom! A pêra caramelada deles é divina! Meu marido também adorou o doce de laranja da terra com sorvete.

 

Chegando no camping vimos que tínhamos companhia. Alguns jovens montaram suas barracas e colocaram o som do carro na maior altura. Procuramos algum responsável pelo camping, mas não havia ninguém. A dona do camping havia nos dito que tinha um vigia, mas não o encontramos. Pedi então ao dono do carro para baixar o som e, felizmente, ele era muito educado e desligou o som na hora. Ficaram tocando violão e cantando até altas horas, mas não atrapalhou pois nossa barraca estava distante da deles.

 

Domingo 24/06/2012

 

Acordamos com tempo ruim, fizemos nosso lanche, desmontamos acampamento e fomos para a cidade. Não deu para andar muito pois eu estava com um pé machucado, mas compramos umas lembrancinhas, andamos um pouquinho pelo centro e tiramos mais umas fotos. Achamos uma loja de doces e bebidas e deu vontade de comprar a loja toda! :)

Vendem trufa por quilo, diversos sabores. Vendem também um fondue de chocolate com frutas, em copinho R$ 5,00. Compramos uns doces em compota, licor, trufas e fomos almoçar. Não resistimos e retornamos ao restaurante da Picanha.

 

Também há diversão para a criançada: charretes enfeitadas com detalhes infantis, pôneis e a própria pracinha, com bom espaço para brincadeiras.

 

Por R$ 20,00 um artista desenha seu rosto à lapis. Ele fica na pracinha sempre à tarde.

 

 

Outras considerações:

 

Saímos de Petrópolis e a estrada até Tiradentes é excelente. O trecho mais confuso é no trevo de Barbacena, fique atento pois a sinalização não é das melhores.

De Petrópolis até Tiradentes, pagamos 2 pedágios.

 

Sobre o camping, têm uma área excelente, bem grande, gramado super bem cuidado, muito bonito. O lugar é tranquilo, um pouco afastado da cidade, mas de carro é um pulinho. A estrutura do camping podia ser melhor. Por exemplo, é um banheiro para cada sexo e isso pode render dor de cabeça em alta temporada. Também não tem cozinha para o campista, mas deixam usar a da casa principal em horário comercial. O camping tambem aluga quartos simples por preços baixos. Diponibilizam pontos de luz, tomadas e água, o que é muito bom!

 

À noite no Largo das Forras você encontra vários bares com música ao vivo. Alguns sem. Restaurantes são inúmeros, espalhados pela cidade toda.

 

Na estrada de acesso a Tiradentes o forte é móveis e decoração, para todos os gostos. São MUITAS lojas ao longo da estrada, cada coisa mais linda que a outra. Foco em móveis rústicos.

 

Doces, queijos e cachaças estão também em toda parte. Várias lojas com variedade imensa.

 

O passeio de Maria Fumaça leva os turistas até a vizinha São João del Rei. Quem se interessar em ir tem que ficar de olho pois são só 2 hrários por dia.

 

Tiredentes hospeda vários festivais e encontros ao longo do ano. Informe-se antes de ir.

 

Fizmos três artigos sobre a viagem:

Tiradentes - geral: http://www.viagenseandancas.com.br/2012/06/acampando-em-tiradentes-mg/

Trilha do Carteiro: http://www.viagenseandancas.com.br/2012/07/trilha-carteiro-tiradentes-mg/

Camping Tiradentes: http://www.viagenseandancas.com.br/2012/07/camping-tiradentes-tiradentes-mg/

 

Vale a pena visitar Tirdentes! ::otemo::

 

[]'s,

Camila

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá Camila!

 

 

Bacana o relato, belas fotos, parabéns por compartilhar. Realmente Tiradentes é mais conhecida por sua arquitetura típica colonial e como cidade histórica, pouco procurada para trekking, mas tem trilhas muito interessantes e bonitas, como esta do Carteiro que você relatou, uma das mais conhecidas.

 

Estive lá duas vezes, anos atrás e não consegui fazer o passeio de Maria Fumaça, o que até hoje me frustra um pouco. Uma vez porque não tinha me planejado, parei lá de passagem e no dia em que fiquei lá não tinha passeio. Na outra vez era um feriado e estava tudo esgotado. :evil:

 

Abraço!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Olá Camila!

Bacana o relato, belas fotos, parabéns por compartilhar. Realmente Tiradentes é mais conhecida por sua arquitetura típica colonial e como cidade histórica, pouco procurada para trekking, mas tem trilhas muito interessantes e bonitas, como esta do Carteiro que você relatou, uma das mais conhecidas.

Estive lá duas vezes, anos atrás e não consegui fazer o passeio de Maria Fumaça, o que até hoje me frustra um pouco. Uma vez porque não tinha me planejado, parei lá de passagem e no dia em que fiquei lá não tinha passeio. Na outra vez era um feriado e estava tudo esgotado. :evil:

Abraço!

 

Pois é, Getulio. Lá em Tiradentes tem várias opções de trilhas, bike, espeleologia e muita coisa bacana. Adoramos a trilha do Carteiro e pretendo voltar para explorar mais a região.

Quanto ao passeio de Maria Fumaça, nós não fomos dessa vez por causa de tempo... tudo muito corrido. Meu marido já havia ido numa outra época. Espero poder ir numa próxima visita. Já me disseram que é bacana. Só achei o preço um pouco salgado, mas faz parte. :)

 

[]'s,

Camila

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
[...] Só achei o preço um pouco salgado, mas faz parte. :)

 

Então Camila,

 

As cidades históricas de Minas realmente andam beem salgadinhas em questão de preços... Para tudo, da alimentação aos passeios, e mesmo assim os seviços em muitas delas têm deixado bastante a desejar, e não é de hoje, como você mesma percebeu (situação de um dos restaurantes no seu relato). Já tem alguns anos que ando por MG e infelizmente é uma situação crônica em alguns lugares. :evil:

 

Abs!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
[...] Só achei o preço um pouco salgado, mas faz parte. :)

 

Então Camila,

As cidades históricas de Minas realmente andam beem salgadinhas em questão de preços... Para tudo, da alimentação aos passeios, e mesmo assim os seviços em muitas delas têm deixado bastante a desejar, e não é de hoje, como você mesma percebeu (situação de um dos restaurantes no seu relato). Já tem alguns anos que ando por MG e infelizmente é uma situação crônica em alguns lugares. :evil:

Abs!

 

Em Tiradentes achamos o atendimento em geral bem ruim. A maioria (não todas) as pessoas do comércio atendem com má vontade. Em um dos restaurantes no Largo das Forras nós sentamos, esperamos, pegamos o cadápio da mesa ao lado, escolhemos, conversamos e ninguém veio nos servir. Achamos tão antipático que levantamos e fomos para outro restaurante. Não se vê alegria, simpatia e boa vontade no rosto das pessoas.... isso é ruim! ::bruuu::

 

O atendimento da agência com a qual fizemos o passeio foi muito bom.

 

Vivo repetindo para as pessoas da minha cidade (Petrópolis) que é também uma cidade turística.... quem depende do turismo TEM QUE TRATAR BEM O TURISTA. É tão lógico.... ::prestessao::

 

[]'s,

Camila

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Muito bom seu relato me ajudou a encontrar este camping com preço bem em conta (pretendo ficar no quarto já que nunca acampei e vou sozinha). Você considera perigoso uma mulher ficar hospedada sozinha no camping mesmo que no quarto?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Muito bom seu relato me ajudou a encontrar este camping com preço bem em conta (pretendo ficar no quarto já que nunca acampei e vou sozinha). Você considera perigoso uma mulher ficar hospedada sozinha no camping mesmo que no quarto?

 

Oi Raquel,

 

O Camping Tiradentes não me pareceu perigoso não. Não acho que terá problemas no quarto. A cidade em si é bem tranquila também. A dona nos disse que há um vigia à noite que fica de olho no camping, mas não o vimos.

O Camping Tiradentes não é exatamente perto da cidade não. Então à noite é sempre bom "ficar de olho". Se for de carro, melhor ainda. ;)

 

[]'s

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Camila,

Tens o contato do camping pra me passar? Tô ligando num número que tem no site, mas ninguém atende.

Obrigada!

 

Mariana, quando fui, se não me engano, falei com eles por e-mail. Demoram um pouco a responder.

Os telefones que tenho são os mesmos do site. Achei esse aqui na Internet, mas não sei se está correto: (32) 8805-0880

Já tentou contato pelo Facebook deles? https://www.facebook.com/camping.tiradentes

[]'s,

Camila

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá, Camila!! Como vai?

 

Estou indo para Tiradentes no dia 24 e gostaria de saber a distância do camping até o centro da cidade... Um tempo médio de carro e o tempo se for a pé.

Agradeço desde já! :)::otemo::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Olá, Camila!! Como vai?

 

Estou indo para Tiradentes no dia 24 e gostaria de saber a distância do camping até o centro da cidade... Um tempo médio de carro e o tempo se for a pé.

Agradeço desde já! :)::otemo::

 

Ih, Débora! Não sei o tempo que dá a pé não, mas se eu fosse chutar, diria que uns 20 a 30 minutos, dependendo da passada. :)

 

De carro, acho que uns 5 minutos mais ou menos. São cerca de 3km até o Largo dos Forras, no centrinho de Tiradentes.

 

Sinceramente achei longe pra ir andando, mas isso depende da disposição de cada um. ::otemo::

 

[]'s,

Camila

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora


×