Ir para conteúdo

Ilha de Marajó e Belém - Julho 2012!!


Wesley Fortes

Posts Recomendados

  • Membros

Como tenho férias no meio do ano decidi fugir do frio de São Paulo e junto com um amigo decidimos ir conhecer a Ilha de Marajó. Destino decidido quis assegurar que não teria problemas com hospedagem e já reservei a Pousada do Fonte, no Marajó, (R$ 50,00 a diária p/ 2 pessoas c/ ventilador, tel: 91-3765-1207) e um hostel bacaninha em Belém, o Residência B&B (R$ 35,00 a diária p/ pessoa c/ ar, tel: 91- 3087-0330). A passagem mais em conta que encontrei foi pela TAM, saindo do aeroporto de Congonhas com conexão em Brasília (R$ 556,04). Reservas feitas bora viajar.

 

07-07 - Saímos de casa umas 11:30 rumo ao aeroporto de Congonhas. Ônibus (R$ 3,00), trem (R$ 3,00) e ônibus (R$ 3,00). Partimos por volta de 16hs e depois da conexão em Brasília chegamos em Belém por volta das 22:30. Eu tinha pesquisado que há um microobinus que faz a linha aeroporto-centro, mas nos informaram que a essa hora já não tinha mais. Fomos pra rotatória, à esquerda do aeroporto esperar um outro coletivo, nos disseram que demoraria muito. Um cara muito gente boa agilizou um taxi pra gente até o hostel (R$ 25,00 /2). Como chegamos na noite do sábado pernoitamos em Belém pra ir cedo ao terminal hidroviário comprar passagem pro Marajó. De domingo há apenas uma saída às 10hs.

 

Gasto do dia: R$ 21,50

 

08/07 - Acertamos a pernoite no hostel (R$ 35,00) e fomos pro terminal hidroviário; compramos a passagem pra sala vip que custa R$ 25,50, 2 águas (R$1,25 cada). São 3hs de viagem até o porto de Camará. A Pousada do Fonte fica em Salvaterra, então ao chegar em Camará entramos numa Kombi (R$ 5,00) e fomos. É só pedir pra deixar na pousada... o motorista te deixa na porta. Nos apresentamos pra D. Ruth, a dona da pousada, subimos, deixamos as coisas e voltamos pra almoçar um PF de peixe na chapa com suquinho de cupuaçú (R$ 11,00 c/ suco). Depois fomos conhecer a Praia Grande, pertinho da pousada, e à noite um passeio pela Praça das Comunicações, onde fui de cara provar um tacacá (R$ 6,00) e no fim da noite um refri pra rebater o calor (R$ 3,00).

 

Gasto do dia: R$ 88,00

 

20120722171447.JPG

 

20120722171602.JPG

 

20120722171711.JPG

 

09/07 - Dia de conhecer a Praia do Pesqueiro, rumamos pro "portinho" de Salvaterra pra pegar o bote pra Soure (R$ 2,50). Chegando em Soure compramos uma água (R$ 1,50) nos informamos e fomos para a travessa 17 de onde sai o ônibus (R$ 3,00). Um detalhe é que o ônibus só sai quando tem um número razoável de pessoas, então é esperar, ou procurar uma kombi q tem lotação menor e pode sair mais rápido. A praia é bacana demais, areia fininha, água ótima pra banho, nem se vê o tempo passar. Curtimos a praia, depois fomos almoçar (R$ 15,00) enquanto caía a famosa chuva da tarde... Depois fomos curtir um pouco mais da praia, tirar fotos e antes de ir embora uma boa água de coco (R$ 2,00). Pegamos a van pra Soure (R$ 3,00) e o bote de volta pra Salvaterra (R$ 2,50). À noite voltamos pra praça de Salvaterra e como estava tendo uma programação de verão toda noite tinha alguma coisa rolando, então ficamos por aí e voltamos sempre na mesma barraca pra repor um pouco de energias. Dessa vez fui de caruru (R$ 6,00) e uma sobremesa recheada com cupuaçú (R$ 3,00).

 

Gasto do dia: R$ 38,50

 

20120722174821.JPG

 

20120722174934.JPG

 

20120722175041.JPG

 

20120722175152.JPG

 

10/07 - Fomos mais uma vez a Soure, dessa vez pra Praia da Barra Velha. Atravessamos de bote pra Soure (R$ 2,50), compramos uma água (R$ 1,50) e perguntamos como chegar à praia. Bastante fácil, é só seguir direto pela rua à frente do porto; é desembarcar do bote e seguir em frente. O acesso à praia se dá por uma ponte-trilha ao fim da estrada do lado direito. No caminho vimos uma manada de búfalos se refrescando. É uma praia também bonita... bastante frequentada, areia fininha, água boa... Na hora de repor às energias fui experimentar um caranguejo (R$ 4,00), deu trabalho mas é bem gostoso ::otemo:: . Andamos mais pela praia, fotos e tals, aguinha de coco (R$ 2,50). Dica: não economize no protetor solar... o caminho até à praia e da praia de volta ao centro de Soure é exposição total ao sol. Depois de aproveitar bastante, voltamos para Salvaterra (R$ 2,50). À noite, praça de Salvaterra e um vatapá (R$ 6,00).

 

Gasto do dia: R$ 19,00

 

20120722192851.JPG

 

20120722193008.JPG

 

20120722193115.JPG

 

20120722193219.JPG

 

20120722193352.JPG

 

11/07 - Esse foi o dia de fazer uma das coisas talvez mais diferentes no Marajó: andar de búfalo. Daí fomos fazer o passeio na Fazenda São Jerônimo, que custa R$ 50,00 p/ pessoa e inclui passeio de búfalo, uma trilha sobre o mangue e um relaxante passeio de canoa pelo igarapé. Para chegar à fazenda é só pegar o ônibus ou uma kombi/van sentido praia do pesqueiro (R$ 3,00) e pedir pra ficar na fazenda. O passeio tem horários pré-definidos que não recordo agora, mas demos sorte e conseguimos nos encaixar no passeio das 11hs, que já tinha uma família agendada. Demos uma andada pela fazenda enquanto esperávamos, compramos uma água (R$ 1,50) e pouco depois das 11hs saímos. O passeio dura em média 2hs e é bem gostoso... Fomos de búfalo até a trilha do mangue e no final da trillha saímos numa praia deserta, de uma beleza ímpar... da praia partimos de canoa pelo igarapé até voltar à sede da fazenda. O cara da kombi foi nos buscar na fazenda pra voltarmos pra Soure (R$ 3,00). Fomos almoçar no Restaurante Ilha Bela, quase em frente ao portinho, do lado direito (R$ 14,00 c/ suco), uma comida bem saborosa, e depois voltamos pra Salvaterra (R$ 2,50). À noite experimentei a maniçoba (R$ 8,00), feita com uma folha venenosa (maniva) que é cozida por uma semana inteira para eliminar o veneno...rsrs. É uma delícia!!!

 

Gasto do dia: R$ 84,50

 

20120722195718.JPG

 

20120722195812.JPG

 

20120722195906.JPG

 

20120722200001.JPG

 

20120722200153.JPG

 

20120722200248.JPG

 

20120722200411.JPG

 

12/07 - Como não poderia deixar de ser, toda viagem tem algum perrenguezinho... e esse foi o dia do nosso...kkk. Fomos a Joanes. Os ôniibus e vans saem por volta das 9hs perto da prefeitura de Salvaterra (R$ 2,50). Pedimos ao motorista para nos avisar perto da Praia, tudo tranquilo. Descemos pra praia, tomamos uma água de coco (R$ 2,00) e fomos ver as ruínas; depois voltamos pra tomar um banho nas águas calmas de Joanes. Bem, águas calmas e cheias de plástico..rsrs.. um pouco suja a praia. Almoçamos (R$ 15,00 c/ suco) e fomos andar pela praia, tirar mais fotos... Na hora de voltar pra Salvaterra a surpresa: não tem ônibus, nem van, nem nada à tarde de volta pra Salvaterra ::sos:: . Compramos uma água (R$ 1,00) e perguntamos se tinha algum transporte, falaram que só moto-taxi. Andamos, andamos e nada... resumindo, fomos voltando à pé, andamos por uns 8km até que um senhor nos chamou, ofereceu água e depois nos deu uma carona de volta pra Salvaterra... sr. Geraldo, salvou o dia rsrs. Ajudamos com a gasolina (R$ 2,50 cada um). Depois, já em Savaterra, fomos na lan-house (R$ 1,00) e à noite o de sempre, praça das comunicações. Pra comer: um caruru (R$ 6,00) e depois um refri (R$ 3,00).

 

Gasto do dia: R$ 33,00

 

20120722202659.JPG

 

20120722202809.JPG

 

20120722202909.JPG

 

20120722203013.JPG

 

20120722203106.JPG

 

13/07 - Último dia pra curtir o Marajó, por algum motivo não lembramos de ir conhecer a praia de Água Boa, e fomos pra Soure conhecer a Praia do Araruna. Mas antes fomos comprar nossas passagens de volta pra Belém (R$ 25,50 sala vip) e meu protetor solar (R$ 26,35). Lembre-se de fazer isso pela manhã, pois à tarde fica fechado o local que vende as passagens. Atravessamos pra Soure (R$ 2,50) e pegamos o mesmo caminho para a Praia da Barra Velha, a diferença é que a do Araruna está na ponte à esquerda, mas a ponte estava quebrada e repetimos a Barra Velha. Então, nada de novidades; almoçamos (R$ 20,00 c/ uma breja), e depois voltamos pra Salvaterra (R$ 2,50). Nossa última noite ganhamos presentes da Kedma, uma das filhas da dona da barraca que foi nosso "QG" nesses dias... comi o que ficou sendo meu prato favorito lá, a maniçoba (R$ 8,00), e um refri (R$ 3,00).

 

Gasto do dia: R$ 88,85

 

14/07 - Dia mais burocrático digamos. Acordamos cedo pra ver o nascente, muito bonito por sinal, depois, um pouco mais tarde, fomos acertar as diárias (R$ 150,00 cada um = 6 diárias), arrumamos as coisas, almoçamos (R$ 11,00 c/ suco). Depois ficamos esperando a van passar na pousada pra nos pegar e levar até o porto de Camará (R$ 5,00). É só falar com a D. Ruth na véspera da sua viagem de volta que ela tem um contato que sempre pega gente lá. Embarcamos às 15hs e lá pelas 18hs estávamos em Belém. Fomos para o hostel em que havíamos ficado na chegada deixamos as coisas, nos arrumamos e fomos jantar num shopping perto (R$ 24,50).

 

Gasto do dia: R$ 190,50

 

20120723153235.JPG

 

15/07 - Dia de conhecer um pouco da capital paraense. Começamos pela Estação das Docas, um dos cartões postais da cidade, continuamos em direção ao mercado Ver-O-Peso, outro cartão postal, onde tomamos um açaí (R$ 5,00). Dali seguimos rumo ao Mangal da Garças, passamos antes no Forte do Presépio (R$ 1,00) que além da própria construção histórica tem uma "sala-museu" bem interessante sobre a os povos originários da região e a fundação de Belém. Compramos água (R$ 1,00) e saímos, então, para o Mangal das Garças que é um parque bem bonito onde pode-se avistar bem de perto garças, guarás, flamingos e tuiuiús. Há outras várias espécies de pássaros no viveiro (R$ 3,00). Voltamos à tarde para o hostel, conversamos bastante com uma amapaense gente boa, a Andreia, e combinamos de ir jantar mais tarde em outro shopping (R$ 17,10).

 

Gasto do dia: R$ 26,10

 

16/07 - Último dia de Pará. Fomos andar um pouco mais por Belém, começando pelo Complexo "Ver-o-Rio", nada de excepcional, mas é bonitinho...rsr... Depois voltamos passando pela Estação das Docas, Ver-o-Peso, onde tomamos um suco de bacuri (R$ 3,00) que parece mais uma vitamina rsrsrs... Subimos para a Praça da República, onde está o Theatro da Paz, e fomos conhecer a Basílica Santuário de Nossa Senhora de Nazaré, famosa pela festa do Círio. Almoçamos (R$ 10,00 c/ suco) e voltamos pro hostel. Arrumamos as coisas e depois fomos jantar (R$ 22,00 c/ refri). Na volta acertamos as diárias do hostel (R$ 100,00 *ganhamos um desconto de R$ 5,00 cada um..rsrs) e fomos para a Av. Pres. Vargas, perto do hostel, pegar o ônibus (Pratinha-Pres. Vargas) para o aeroporto de Belém (R$ 2,00) e depois esperar até às 02:20 quando sairia nosso voo para Brasília onde faríamos conexão para São Paulo.

 

Gasto do dia: R$ 137,00

 

20120722212251.JPG

 

20120722212412.JPG

 

20120722212509.JPG

 

20120722212628.JPG

 

20120722212750.JPG

 

Ir à Ilha de Marajó é bastante fácil e tranquilo. Portanto, se estiver pensando em ir, vá!!! Em julho há mais movimento pelo que me disseram, principalmente depois do dia 15!!

Eu curti muito o passeio e espero que esse relato ajude a quem quiser aventurar-se por lá!!!

Abraços!!

Editado por Visitante
Link para o comentário
  • Membros

Opa...eae cara.. Que bom que curtiu o relato!!!

Eu fiz reserva sim, vi o telefone da pousada na foto da Paula, liguei e reservei, achei mais seguro. Tem bastantes pousadas até, mas já ter onde ficar quando chegar agiliza bastante. Você entra na van em Camará e já diz onde vai ficar. Eu recomendo a Pousada do Fonte, é bem familiar, fica bem localizada e tem um bom custo-benefício!!

 

Vlw... e boa viagem!!!!

Link para o comentário
  • Membros

Oi Wesley!

Show demais sua viagem hein?

Que bom que gostou do hotel da dna Ruth: a relação custo x benefício salvou né? rs

Putz, e vc foi pra n lugares shooow!

Pena que o modem aqui em Manaus tá difícil, então não consegui ver suas fotos.... Amanhã eu tento ir num lugar de melhor sinal... ::carai::

 

Bom, dentro de 1 mês espero estar em Fortaleza, mas vamos trocando viagens! ::lol4::

Onde vc mora em SP?

 

Bjs,

Paulinha.

Link para o comentário
  • Membros de Honra

Muito legal mesmo seu relato... tambem estive recentemente nos dois lugares, confesso que me senti viajando de novo!

Parabéns! Os Relatos são como livros que sempre é bom ler!

 

Pra mim a pessoa mais conhecida da Ilha é o Edgar que faz transporte tanto em Soure quanto em Salvaterra.

Ele busca na saída da barca e não cobra caro. Apanha de volta na pousada e ainda vende ingresso para as Barcas.

 

Fiquei hospedada no Canto do Francês. Tudo muito limpo... só refeição carinha. Proximo a pousada tem onde comer barato: principalmente o bife de búfalo que é uma delícia. Ganha da carne argentina de 10 x 0. Dá para ir a pé pro centrinho.

 

A Pousada dos Guarás é contra-mão e em baixa temporada fica às moscas!

 

Pena que não pude aproveitar o banquete mararajoara muito famoso em Soure no restaurante Delícias da Nalva. Vale muito a pena ir quando estiver com bastante fome!

 

Entre Salvaterra e Soure, sem duvida Soure é bem melhor!!

Link para o comentário
  • Membros

Paulinha..

Eu sou de Jandira, região metropolitana de SP, fica a uns 32km da capital!!! Trocar experiências de viagens é um barato... eu viajo nos relatos!!! rsrs

 

Dete...

Também experimentei o bife de búfalo e é mesmo mais gostoso que a famosa carne argentina, que pude experimentar em janeiro. Achei também Soure melhor que Salvaterra, tem mais opções, uma estrutura melhor, apesar de ter sido bacana ficar em Salvaterra, e acho que ficaria lá outra vez!!!

Link para o comentário
  • Membros

Wesley,parabéns pelo relato.

Simples,bem redigido e o mais importante;OBJETIVO!

Conhecer Belém é um dos meus próximos projetos,ano que vem no máximo,se Deus quiser!

Mês que vem farei a Rota das Emoções,saindo de São Luís/Ma até Fortaleza,com uma esticadinha ao Recife!

Você já conhece Minas Gerais?As nossas lindas Cidades Históricas como Ouro Preto,Mariana,Tiradentes,Sabará,e tantas outras?

Abração e obrigado pelo relato tão preciso!

Link para o comentário
  • 2 semanas depois...
  • Membros

Fala Ricardo..blz?

 

O hostel que ficamos foi o Residência B&B, praticamente em frente à Praça da República. Achei boa a localização, andamos por Belém tudo a pé a partir do hostel, e o terminal hidroviário fica a uns 10 ou 15 minutos de caminhada, bem facinho. O café da manhã é muito bom...rsrs.

Vou deixar o link: http://www.residenciabeb.com/

 

Os horários de saída do navio de Belém para Camará são os seguintes:

Segunda a Sábado: 06:30 e 14:30;

Domingo: só às 10hs;

 

Qualquer outra dúvida tamo ae...

Abraço!

Editado por Visitante
Link para o comentário

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

×
×
  • Criar Novo...