Use o menu Tags para buscar informações sobre destinos! - Clique aqui e confira outras mudanças!

Ir para conteúdo
MINEIRENSE

Viñas em Santiago - Perguntas e Respostas

Posts Recomendados

[info]O objetivo deste tópico é trocar informações e reunir depoimentos e dicas sobre vinho em Santiago e arredores. Bodegas, vinícolas e vinhos típicos. Se você já bebeu algum vinho ou conheceu alguma vinícola da região conte para nós como foi sua experiência, seja ela negativa ou positiva. Para isso basta clicar no Botão Responder![/info]

 

 

[linkbox]Guia de Santiago por Mochileiros.com

Escreva seu Relato sobre Santiago

Procurando companhia para viajar para Santiago? Crie seu Tópico aqui!

Santiago - Tópico de Perguntas e Respostas

Troque informações sobre Hospedagem em Santiago

Troque informações sobre Noitadas e Baladas em Santiago

Vinhos - Guia de Informações

Chile - Regiões vinícolas - Guia de Informações

Espanha - Regiões vinícolas - Guia de Informações

Portugal - Regiões vinícolas - Guia de Informações

Itália - Regiões vinícolas - Guia de Informações

França - Regiões vinícolas - Guia de Informações

 

Relatos sobre Santiago:

Relato sobre viagem de treze dias ao Chile, incluindo Santiago pelo mochileiro Leo Caetano

Relato sobre viagem de dezenove dias ao Chile, incluindo Santiago pelo mochileiro Xunfos

Relato sobre viagem de carro ao Chile, incluindo Santiago pelo mochileiro Marioluc

Relato sobre viagem de ônibus ao Chile, incluindo Santiago pelo mochileiro Robson César

Relato sobre viagem de dezessete dias ao Chile, incluindo Santiago pelo mochileiro apmontemor

Relato sobre viagem ao Chile, incluindo Santiago pelo mochileiro Leandro Monção[/linkbox]

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

mineirense a mais conhecida é a concha y toro, nos tópicos sobre santiago vc achará boas informações sobre o assunto, inclusive telefones e preços.

 

abs

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

No tópico de "Santiago, Valparaíso e Viña del Mar tem um post de Carlanog:

Concordo com o amigo de cima, mas não recomendo Concha y Toro... Muito rápido, não vemos a produção do vinho, o guia tem pressa e ainda por cima é caro. Prefira fazer o passeio para outra vinícola...

Litoral é ótimo... Tem que ir para dar uma pisadinha no Oceano Pacífico...

Valeu!!!

Qual seria esta vinícula?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

ai já num sei...rs... faz a mesma pergunta naquele tópico a chance de resposta é maior.

 

Estou indo essa semana pra santiago e pretendo ir na concha y toro, meu irmão foi e gostou.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Matéria da revista "Viagem e Turismo" sobre a vinícola concha y toro:

Se você tiver uma manhã (ou uma tarde)

 

O Chile produz vinhos desde a época dos colonizadores espanhóis - a desculpa era seu uso em missas católicas. Mas a industrialização só começou há 150 anos, no Vale do Maipo, nos arredores de Santiago. Visitar Pirque, onde está a veneranda Concha y Toro (Avenida Virginia Subercaseaux, 210, 56-2/476-5269, conchaytoro.com; nove tours diários entre 10h30 e 16h10; $ 7 000; Cc: todos), a maior vinícola do país, é bacana: degustam-se três vinhos (incluído o superior Don Melchor), anda-se pelos jardins da linda propriedade e entra-se nas caves - tudo num roteirinho rápido e bem montado. O ápice é a chegada a uma adega com uma pequena cela, a do Casillero del Diablo. Para sustar os frequentes roubos de seus melhores vinhos justamente naquele recinto, Don Melchor, fundador da empresa, espalhou entre os funcionários a história de que era o coisa-ruim em pessoa o responsável pelos sinistros. A lenda, tempos depois, virou um dos rótulos famosos da empresa, mas não se sabe se funcionou na época. Quando o tour chega ao local, o guia silencia, as luzes se apagam e um locutor de voz troante passa a contar a história. Pessoas impressionáveis podem se assustar. O visitante fica com sua taça no fim do tour. Para chegar à vinícola, tome o metrô (linha 4) até Puente Alto e depois uma curta corrida de táxi (que custa cerca de 3 500 pesos chilenos).

 

Ao sair da visita, pare no restaurante típico La Vaquita Echá (Avenida Ramón Subercaseaux, 3355, 56-2/854-6025, lavaquitaecha.cl; Cc: todos), a poucas quadras de distância, que tem enorme área ao ar livre. No almoço há sempre música e dança folclóricas - muito agradáveis, acredite. A parrilla e as empanadas são uma delícia.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Recomendo a vinicula Concha y Toro, passeei por lá e foi bem divertido

Nao sei se rola ainda mas na praça Baquedano é aonde partem as excursões para a vinivula, partem em horários especificos e dura mais ou menos uma hora a viagem.

 

Recomendo levar cartao de crédito também, os preços sao muitos atrativos!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fui na Concha y Toro em Nov/08.

Gostei bastante e recomendo a todos. Nao esperem que vocês verão toda produção, como se faz e etc... mas como fã da marca, me senti extremamente feliz em visitar a vinícola.

 

Fui de metro + onibus, sem problemas e os preços la dentro da lojinha são mto bons... principalmente do Marques de Casa Concha (CS), que aqui em SP vc acha por R$ 100,00 e lá você compra por no máximo R$ 40,00 (fazendo todas as conversoes).

 

Eu ia visitar outras (Cousiño Macul e Santa Carolina) mas nao deu tempo.

 

Abraço

 

Fernando

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Estive em Pucon, em agosto de 2008, e comprei o Casa Concha por CLP 9.000,00. Trouxe umas 12 garrafas (estávamos em 3 adultos).

Alguém sabe o limite, por pessoa, para trazer garrafas do Chile para Brasil?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Mineirense,

 

São doze garrafas de vinho por pessoa. Acredito que possa comprar ainda mais doze no Free Shop com limite de US$500.

 

Abraço!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá amigos!

Segundo a recomendação do nosso amigo Mineirense, vou postar minha visita à Vinícola Concha y Toro:

Fiz pela Touristik Tour, por causa de um folder que peguei no aeroporto logo que cheguei em Santiago. É a mais famosa vinícola do Chile, muito respeitada, "chique" e cara! Mas infelizmente o passeio não vale o quanto custa! Só para se ter uma idéia, o tempo que se perde para ir e voltar à vinícola é maior que a própria visita dentro de suas instalações. A visita é rápida e os guias tem tempo contado pra fazer o roteiro, pois assim que nos deixam já pegam outra turma para fazer... Houve apenas 2 degustações de vinho e ganhamos as taças em que degustamos. O passeio custou PC$ 20.000.

Meu depoimento na integra deste dia está aqui:

 

12º dia: 27/01/09

- Saímos também as 8 da manhã do Parque Bella Vista rumo ao passeio mais FULERO de todos: Concha y Toro. Não por causa da Santiago Turistik (que aliás o nosso guia/motorista explicou as formações de San Pedro de Atacama melhor que os próprios guias de lá) mas sim por causa da própria vinícola.

- O parreiral onde fomos é minúsculo, em formação e não se tem noção do que realmente é uma plantação de uva.

- O guia mal explicava as coisas e saía correndo para o próximo ponto...

- Não vimos a área industrial, nem o processo de fabricação do vinho. Isso foi mostrado apenas em um vídeo comercial ridículo.

- Sobre a degustação nos ofereceram 2 tipos de vinhos: branco e tinto seco (que na minha santa ignorância sobre vinhos, eram ruins, pois só gosto de vinho tinto suave ou rose e não dos secos).

- Outro absurdo são os preços dos vinhos... Muito mais caros que nos mercados, ou melhor, quase o mesmo preço do Brasil (o Cassillero Del Diablo custa no Brasil R$ 25,00 e lá U$ 9,00).

- NÃO RECOMENDO ESSE PASSEIO, parece que para a vinícola Santa Carolina é melhor e se faz esse passeio a tarde.

- Chegamos na hora do almoço e ficamos no Shopping Parque Arauco. Lindo lugar. Ficamos lá a tarde toda passeando e comendo...

- Voltamos ao Hostal, foi a última noite...

 

Bjs e até

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Puxa, Carla, zuado mesmo esta tal de Touristik Tour. O guia encarte fornecido por eles é muito bom mas deixam a desejar em alguns serviços. Vi uma galera brasileira reclamando do serviço deles, era relacionado ao city tour pela cidade.

 

Me diverti muito no passeio a Concha y Toro... fomos, em três caras, na raça. Tudo iniciou com uma conversa com um taxista na praça Baquedamo que cobrou 6000 pesos para nos deixar a uma hora da vinicula, hahahahaha, quando disse a ele que sou brasileiro o taxista perguntou: "Es cierto que Ronaldo(atual jogador do curinthias) convirtió maricon y las fechas con un travecon?" hahahahahaha, chorei de rir

Pensamos que seria loucura mas foi legal depois caminhar pela "estrada", iamos vendo a cidade acabar e o campo começar... varias fotos maneras!

Chegamos lá às 16h40 e disseram que nao poderiamos entrar devido a ultima visita ser as 16h30 naquele dia, pensavamos que era ás 17hs... mas nada que um bom bate-papo com os seguranças. Um deles se prontifiou em ajudar, era nascido lá e resolveu levar-nos as instalaçoes... visitamos quase tudo, degustamos 3 vinhos e esperamos o por do sol enfrente aquele jardim que possui uma bela casa grande que está fechada, depois fomos na toca do Casillero del Diablo. No final o cara cobrou 5000 pesos por tudo e ainda comprou 9 vinhos para a gente, ganhamos desconto em cima de desconto. Diziamos que eramos palmeirenses, pois o cara era fanático pelo Valdivia e doente pelo Colo Colo.

Voltamos a pé até a cidade começar, chegamos em uma garagem de onibus e pedimos informação de como chegar ao metrô mais proximo, um fiscal liberou nossa entrada gratuita em um onibus articulado que iria sair em poucos minutos, no caminho percebemos que ele era um "n° 402" e nos deixaria no metrô Los Heros, bem próx ao Hostel!

Demais tudo!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Estive ontem na Concha y Toro - Pirque. Foi um passeio interessante. Saí do centro (hotel vegas), levei uma hora e quinze, pegando o metrô na Universidad de Chile até Puente Alto, e alí peguei um taxi por CLP 2.000. Paguei 7.000 para o tour à viña e degustação de 2 vinhos (Marquês de Casa Concha Cabernet e Chardonay). Lá no lojinha tinha uma promoções interessantes (ex: Marquês a R$ 28,00). Vi gente saindo com umas 4 Caixas de vinhos. Talvez possa ter problemas com a alfandega no Brasil, pois são permitidos 12 garrafas por pessoa.

Foi-me indicado, por um somelier do Mundo del Vino, ir a viña Santa Rita, porém não consegui reservar, tampouco encontrar o caminho.

Aliás, em Santiago, foi-me recomendado comprar vinho no "supermercado Jumbo" e "Mundo del Vino". Comprei algumas garrafas de vinhos de 2ª e 3ª linha no Mundo del Vino da Isidora Goynochea, em Las Condes.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Cara, pode ir como falaram ai em cima! Voltei de lá agora dia 04 de julho. É só pegar o metro até plaza puente alto, e lá pegar um taxi, ou se quiser ainda mais um onibus. Eles passam de 2 em 2 minutos e custam 400 pesos por pessoa, e todos q passam na praça, passam pela concha y toro

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Permitam-me postar a minha experiência sobre a Concha Y Toro.

Eu achei excelente por ser uma vinícula que produz em grande quantidade e exporta tanto para outros países.

Fui de metrô e ônibus, sozinha, sem nenhum problema e só paguei a entrada de 7 mil pesos.

 

Não dá pra comparar a Santa Helena com a Concha Y Toro. É só ver o volume de produção de um e de outro. A Santa Helena é mais artesanal, enquanto a Concha é mais produção industrial.

No passeio, o único vinhedo que o tour mostra é de Cabernet-Sauvignon e, mesmo assim, para venda local.

Os vinhedos que produzem as outras uvas ficam em diversas regiões do Chile.

 

A degustação é de um Pinot Noir, um Merlot e um Casilero Del Diablo que agora não lembro a uva.

Realmente, os preços na adega de lá não compensam. Aqui no Brasil os valores são praticamente os mesmos...

O que é bom é que o guia explica como se portar ao tomar um vinho. Dei muita risada porque a maioria que tava lá assistindo parecia que tava mais pra lá que pra cá, rsss, sem nem ter tomado a terceira taça.

 

É o nectar dos Deuses, minha gente! ai ai ai...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pesquisando sobre a vinícula Santa Rita que o Mineirense citou, achei um mapa que ensina como se faz para chegar nela. Coloquei em anexo para quem estivar interessado.

mapa.jpg.67610f67753d1e5d1da00cb7ae1442c1.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Galera,

 

Pelo que andei lendo, achei essa visita a Concha Y Toro muito "CVC", rsrs... Devo pular essa. Alguém sabe se tem alguma saída de agências que englobem mais de uma vinícola, estilo "rota do vinho"? Alguém visitou as vinícolas Haras de Pirque e Almaviva? Em Santiago tem alguma loja multimarcas onde dá pra comprar a preços razoáveis vinhos de vinícolas e regiões diferentes?

 

Valeu!

Abs

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Além da Concha y Toro, que é muito legal, tem também a vinícola de Santa Carolina e a de Undurraga.

Essa última me pareceu bem famosa dentro do Chile com propagandas na t.v. e tudo o mais.

Todas elas dá pra ir de ónibus e trem.

Só marque antes de ir pra náo perder a viagem...

 

Até!

::otemo::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Galera,

 

Pelo que andei lendo, achei essa visita a Concha Y Toro muito "CVC", rsrs... Devo pular essa. Alguém sabe se tem alguma saída de agências que englobem mais de uma vinícola, estilo "rota do vinho"? Alguém visitou as vinícolas Haras de Pirque e Almaviva? Em Santiago tem alguma loja multimarcas onde dá pra comprar a preços razoáveis vinhos de vinícolas e regiões diferentes?

 

Valeu!

Abs

 

 

O lugar mais barato para se comprar vinho com bastante variadades e bom preço é no Carrefour mesmo...

 

Abs,

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Só para atualizar um pouco as informações, estive na Concha y Toro esta semana e adorei o passeio. Me foram apresentados 2 tours:

 

1) Passeio com explicações + Degustação de 1 vinho. Aprox,. 50 min. por CLP 6.000 pesos.

2) Passeio como explicações + Degustação de 4 vinhos + Queijos + explicações de um especialista. Aprox. 1:30 min. por CLP 16.000 pesos.

 

Eu optei pelo segundo, pois achei o primeiro muito rápido.

 

O passeio foi basicamente o seguinte:

 

1) Videozinho institucional sobre a Concha y Toro de aprox. uns 10 minutos.

2) Passeio pelo casarão com explicações sobre quem foi Don Melchor dentre outras coisas.

3) Passeio com avistamento de um parreiral de uvas. Não andamos pelo parreiral, apenas avistamos.

4) Passeio por uma das adegas com um monte de barris + adega Casilleiro del Diabo.

5) Neste momento as turmas se dividem para degustação. Quem pagou 6.000 fica em um local e experimenta somente 1 vinho e quem pagou 16.000 vai para uma outra sala para degustação dos 4 vinhos + queijos + explicações sobre a combinação dos vinhos + queijos e etc, o que achei bem legal.

 

Como chegar:

 

Fiz a ida de Metrô e Taxi e a volta de ônibus e Metrô.

 

IDA:

 

1) Eu peguei o metrô em Providência na estação "Baquedano" linha 1 sentido "Escuela Militar". Paguei CLP 400 pesos pela passagem.

2) Parei na estação "Tobalaba" e fiz a combinação com a "linha 4" sentido "Plaza de Puente Alto".

3) Parei na "Plaza de Puente Alto" e peguei um taxi até Concha y Toro. Saiu por CLP 1.700 pesos.

 

VOLTA:

 

1) Peguei um ônibus a uma quadra e meia da Concha y Toro para "Plaza de Puente Alto". Acredito que no ponto a uma quadra e meia da vinicula, todos os buses param próximo a Plaza de Puente Alto. Então não justifica muito pegar um taxi. Paguei CLP 400 pesos pela passagem de ônibus.

2) Pequei o metro na "Plaza de Puente Alto" sentido "Tobalaba". Paguei CLP 400 pesos pela passagem.

3) Em "Tobalaba" fiz a combinação com a linha 1 sentido "San Pablo".

2) Parei na estação "Baquedano" e fui tomar sorvete. rsrsrsrsrsrsrs.

 

Eu recomendo o passeio, mas não espere muito dele. É bem basicão mas como eu sou leigo em vinhos achei muito legal. Curti muito as explicações da especialista sobre os vinhos + combinações com queijos, etc.

 

Abs.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora


×